«QUANDO O COMPUTADORTRABALHA PENSA-SE NA CABEÇA»REPRESENTAÇÕES DE CRIANÇAS EM IDADE PRÉ-ESCOLARticEDUCA2012II Congresso In...
O que é ocomputador?Para que serve ocomputador?objetivoCriançasPré-Escolar
Metodologia
o Idades compreendidasentre os 5 (62%) e os 6anos (38%)o A maioria do sexomasculino (62%).50 crianças de umjardim de infân...
(…)I - Quando fores para o 1º ano, achas que vais usar o computador?C.42- Sim.I - Vai ajudar a fazer o quê?C.42- A jogar. ...
Resultados
O QUE É UM COMPUTADOR?
É a forma de retângulo.[figuras geométricas]É uma máquina elétrica.O computador parece umaNintendo, só que não tem os botõ...
PARA QUE SERVE UM COMPUTADOR?
Podemos tirar fotografias, passarpara a internet que é para a seguirpodermos tirar mais fotografias.[gestão e transferênci...
Balanço
Tiveram experiência TICna salaNão tiveram experiênciaTIC na salaO que é o computador?A vivência das crianças fora da escol...
Para que serve o computador?Tiveram experiência TICna salaNão tiveram experiênciaTIC na salaJogar! Verfilmes!Ouvirmúsica!A...
A modo de conclusão
As criançasconhecem outrasvertentes utilitáriasdo computador.Todas as criançasdevem ter aoportunidade deutilizar o computa...
Amante, L. (2007). Infância, escolar e novas tecnologias. In F. A. Costa; H. Peralta & S. Viseu (Orgs.). As TIC na Educaçã...
«QUANDO O COMPUTADORTRABALHA PENSA-SE NA CABEÇA»REPRESENTAÇÕES DE CRIANÇAS EM IDADE PRÉ-ESCOLARticEDUCA2012II Congresso In...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

“QUANDO O COMPUTADOR TRABALHA PENSA-SE NA CABEÇA”: REPRESENTAÇÕES DE CRIANÇAS EM IDADE PRÉ-ESCOLAR

532 visualizações

Publicada em

Os estudos que propõem estudar as representações das crianças sobre os computadores vêm contribuindo para uma reflexão que tem salientado, por um lado, o papel e a visibilidade social da criança no chamado mundo adulto e, por outro lado, a necessidade de melhorar a compreensão sobre o que elas próprias têm a dizer sobre si mesmas e sobre o mundo que as rodeia. Procurando contribuir para ampliar esta reflexão, o estudo que aqui apresentamos, de natureza exploratória, foi desenvolvido com a pretensão de descortinar o que significa e para que serve o computador na perspetiva de crianças em idade pré-escolar. Tratando-se de uma primeira abordagem, a entrevista foi a técnica escolhida para recolha de dados. Foram inquiridas 50 crianças de duas salas (sala azul e sala verde) de um jardim-de-infância pertencente à rede pública de ensino, situado no distrito de Setúbal. Todas as crianças tinham alguma experiência de utilização do computador em contexto familiar, mas somente metade possuía experiência de utilização em contexto formal de aprendizagem (crianças da sala azul). Em termos muito gerais, os resultados sublinham a importância do contexto familiar no processo de construção de significados pelas crianças, revelando que mesmo aquelas que não tiveram a oportunidade de utilizar o computador em contexto formal de aprendizagem detêm um conhecimento básico do que é o computador e das funções que ele pode desempenhar em vários planos da atividade humana.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
532
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

“QUANDO O COMPUTADOR TRABALHA PENSA-SE NA CABEÇA”: REPRESENTAÇÕES DE CRIANÇAS EM IDADE PRÉ-ESCOLAR

  1. 1. «QUANDO O COMPUTADORTRABALHA PENSA-SE NA CABEÇA»REPRESENTAÇÕES DE CRIANÇAS EM IDADE PRÉ-ESCOLARticEDUCA2012II Congresso Internacional TIC e EducaçãoLisboa. Portugal. 30 novembro–2 dezembroElisabete Cruz, INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA, ecruz@ie.ul.ptRita Brito, INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS EDUCATIVAS, britoarita@gmail.com
  2. 2. O que é ocomputador?Para que serve ocomputador?objetivoCriançasPré-Escolar
  3. 3. Metodologia
  4. 4. o Idades compreendidasentre os 5 (62%) e os 6anos (38%)o A maioria do sexomasculino (62%).50 crianças de umjardim de infância25 com experiênciaformal (sala azul)25 sem experiênciaformal (sala verde)Entrevistas nãoestruturadasAnálise deconteúdoprocedimentosparticipantesparticipantes
  5. 5. (…)I - Quando fores para o 1º ano, achas que vais usar o computador?C.42- Sim.I - Vai ajudar a fazer o quê?C.42- A jogar. A pensar na cabeça.I - Como é que ele vai ajudar a pensar na cabeça?C.42- Pensando.I - Como assim?C. 42- Vais ao computador e depois ligas a Internet, carregas na seta e depois háum jogo e pensa-se na cabeça.I - Como é que o computador vai ajudar a pensar a cabeça?C.42- Quando o computador trabalha pensa-se na cabeça.I - O computador põe a cabeça a pensar?C.42- Sim.I - Mas como assim?C.42- Eu já te disse. Tu pões a cabeça a pensar e depois escreves.(…)
  6. 6. Resultados
  7. 7. O QUE É UM COMPUTADOR?
  8. 8. É a forma de retângulo.[figuras geométricas]É uma máquina elétrica.O computador parece umaNintendo, só que não tem os botõesda Nintendo.É tipo uma caixa, mas fininha.[referência a outrosaparelhos/objetos]Parece uma coisa queconsegue fazer muitas coisasse nós carregarmos nosbotões. [característicasfuncionais]O computador tem fios (…) quedão ideias ao computador (…) efaz as coisas que tu queres.É para carregar nos botões e veralguma coisa, ou carregar assimno rato, para escrever e paramandar mensagens nos botões.[unidades/componentes docomputador]É uma tecnologia mais ou menosavançada. Uma tecnologia é assimcoisas que têm tipo pilhas ebateria. [ideia de sistematecnológico]
  9. 9. PARA QUE SERVE UM COMPUTADOR?
  10. 10. Podemos tirar fotografias, passarpara a internet que é para a seguirpodermos tirar mais fotografias.[gestão e transferência de dados]Serve paradesenhar, paraescrever, para pintar.[produção/criação]…a minha mãe usa ocomputador para falar com osamigos… vai ao Facebook.[socialização/comunicação]A mãe antes estava a mandar currículospara todos os trabalhos para ver searranjava trabalho e depois finalmentearranjou. [profissional]*…+ de vez em quando o professormanda-nos umas coisas para ler, tipoaprender a fazer assim umas rimasou fazer palavras. [escolar]O computador é uma coisa onde se podepesquisar coisas … que não temos bem acerteza... Nós não conseguíamos fazer umacoisa na PSP e vimos no computador eassim conseguimos. [descoberta]A minha mãe usa para comprarcompras *…+ senta-se no sofá… e temuma lista de coisas. A minha mãecompra, mas não vai mesmo comprarao minipreço ou ao Continente.[realização de compras]... quando estou aborrecidaeu tenho assim umasatividades que o meu paime põe para jogar.[diversão/entretenimento]Dá para carregara bateria… dostelefones.[gestão deenergia]
  11. 11. Balanço
  12. 12. Tiveram experiência TICna salaNão tiveram experiênciaTIC na salaO que é o computador?A vivência das crianças fora da escola é mais influente doque a vivência e as experiências proporcionadas pela escola
  13. 13. Para que serve o computador?Tiveram experiência TICna salaNão tiveram experiênciaTIC na salaJogar! Verfilmes!Ouvirmúsica!A vivência das crianças fora da escola é mais influente doque a vivência e as experiências proporcionadas pela escola
  14. 14. A modo de conclusão
  15. 15. As criançasconhecem outrasvertentes utilitáriasdo computador.Todas as criançasdevem ter aoportunidade deutilizar o computador.Não será tempo de se tomaruma posição clara a respeitoda integração das tecnologiasna educação pré-escolar?
  16. 16. Amante, L. (2007). Infância, escolar e novas tecnologias. In F. A. Costa; H. Peralta & S. Viseu (Orgs.). As TIC na Educação em Portugal.Concepções e Práticas. (pp. 102-123). Porto: Porto Editora.Bardin, L. (2004). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, LDA.Bogdan, R. & Biklen, S. (1994). Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora.Hammond, M., & Rogers, P. (2007). An investigation of children’s conceptualization of computers and how they work. Education andInformation Technologies, 12, 3–15.Hansen, L. I. (2009). “We just click!” ICT from preschool children’s perspectives. [Master thesis]. Norway: Oslo University College.Mavers, D., Somekh, B., & Restorick, J. (2002). Interpreting the externalised images of pupils’ conceptions of ICT: Methods for the analysisof concept maps. Computers and Education, 38, 187–207.Mawby, R., Clement, C. A., Pea, R. D., & Hawkins, J. (1984). Structured Interviews on Childrens. Conceptions of Computers. TechnicalReport, N.º. 19. New York: Bank Street College of Education, Center for Children and Technology.Mumtaz, S. (2002). Childrens Conceptions of Information Communications Technology. Education and InformationTechnologies, 7(2), 155-168.Papastergiou, M. (2005). Students’ mental models of the Internet and their didactical exploitation in informatics education. Education andInformation Technologies, 10(4), 341–360.Pearson, M., & Somekh, B. (2003). Concept-Mapping as a Research Tool: A Study of Primary Children’s Representations of Information andCommunication Technologies (ICT). Education and Information Technologies, 8(1), 5–22.Somekh, B., & Mavers, D. (2003). Mapping Learning Potential: students conceptions of ICT in their world. Assessment inEducation, 10(3), 409-420.Xu, D. Y., Read, J. C., Gavin, S., McManus, B., & Qualter, P. (2009). Children and smart technologies: can childrens experiences beinterpreted and coded? BCS-HCI 09 Proceedings of the 23rd British HCI Group Annual Conference on People, (pp. 224-231). UK: BritishComputer Society Swinton.
  17. 17. «QUANDO O COMPUTADORTRABALHA PENSA-SE NA CABEÇA»REPRESENTAÇÕES DE CRIANÇAS EM IDADE PRÉ-ESCOLARticEDUCA2012II Congresso Internacional TIC e EducaçãoLisboa. Portugal. 30 novembro–2 dezembroElisabete Cruz, INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE LISBOA, ecruz@ie.ul.ptRita Brito, INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS EDUCATIVAS, britoarita@gmail.com

×