Etica, valores

204 visualizações

Publicada em

ementa e proposta de trabalho para trabalhar a disciplina etica e educação

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Segue proposta de trabalho para a disciplina Etica e Educação.Espero que gostem!!! Telma Marcelo.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
204
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Etica, valores

  1. 1. EDUCAÇÃO: ÉTICA,MORAL E VALORES ÉTICA NO CONTEXTO EDUCACIONAL A escola é um ambiente propício para o exercício e aprendizado da ética. Através dela, professores, alunos e funcionários podem obter resultados positivos no processo educacional, melhorando o ambiente de trabalho e aprendizado. Em suma, se todos agirem de forma ética na escola todos sairão ganhando, pois os resultados serão positivos. OS PROFESSORES Os professores desempenham papéis fundamentais no que se refere à ética na escola. As crianças e jovens aprendem mais com exemplos do que com palavras. O professor que age de forma ética com alunos, professores e funcionários escolares passam aos alunos um importante modelo de comportamento ético. Exemplos de atitudes éticas dos professores: - Ensinar aos alunos o que é ética e sua importância nos diversos níveis como, por exemplo, ambiente de trabalho, família, escola, grupo de amigos e etc. - Esclarecer e cumprir com clareza aos alunos os métodos de ensino e avaliações. - Ouvir e respeitar as opiniões dos alunos. - Buscar a qualidade no processo educacional. - Cumprir prazos na entrega de documentações, diários, avaliações, notas e etc. - Não expor erros ou deficiências de alunos na frente de toda classe. Conversar com o aluno em particular. - Ser justo na correção e avaliação de provas e trabalhos escolares. - Respeitar e ser educado no relacionamento com outros professores, alunos, pais de alunos e profissionais da escola. - Não fazer comentários em sala de aula sobre o comportamento ou métodos de ensino de outros professores. - Seguir a proposta educacional da escola, assim como seus métodos de avaliação. - Agir de forma proativa no que se refere à integração de alunos com deficiência física ou transtorno psicológico. OS ALUNOS As crianças e jovens estão no processo de aprendizagem e, portanto, a ética deve-lhes ser ensinada e cobrada. Sabemos que muito do comportamento ético do aluno tem como origem a família, principalmente os pais. Porém, cabe à escola trabalhar a ética no ambiente escolar para que resulte em melhor qualidade de ensino. Exemplos de atitudes éticas dos alunos: FACULDADE INTEGRADA DO BRASIL- FAIBRA DISCIPLINA: ÉTICA e EDUCAÇÃO PROFESSORA: TELMA SOUSA DE JESUS MARCELO tgsvida@hotmail.com – (75) 8818 8744
  2. 2. - Respeitar o trabalho dos professores e funcionários da escola. Respeitar também o direito de aprender dos outros alunos. Na prática, isso significa não conversar, brincar ou atrapalhar de qualquer forma os momentos em que o professor está explicando ou tirando dúvidas de outros colegas. - Não colar em avaliações ou elaboração de trabalhos escolares. - Não usar trabalhos prontos, disponíveis na Internet, para entregar aos professores. - Não praticar bullying. - Buscar ter um comportamento que crie um ambiente positivo e agradável na escola. - Não pagar para outros alunos ou “profissionais” para que elaborem trabalhos (comportamento antiético mais comum no ensino superior). - Não colocar apelidos em colegas e professores que possam causar mágoas, ferir sentimentos ou a autoestima. - Seguir as regras e normas de funcionamento da escola. - Tratar com respeito e educação colegas que possuam algum tipo de deficiência motora ou transtorno psicológico. Se possível, ajudar no processo de integração destes alunos. DIRETORES, COORDENADORES E ASSISTENTES Estes funcionários também desempenham um papel fundamental na construção de um ambiente educacional ético. Exemplos de atitudes éticas destes profissionais: - Todos devem tratar com respeito e educação os alunos, professores e demais funcionários da escola. - Os coordenadores devem orientar de forma positiva e eficiente os professores e alunos. - Os diretores devem criar as condições físicas e pedagógicas para que o processo educacional ocorra da melhor forma possível. - Os diretores e coordenadores não devem expor os erros ou deficiências de um professor na frente dos outros profissionais. Conversar com o professor em particular. VALOR Valores são as normas, princípios ou padrões sociais aceitos ou mantidos por indivíduo, classe, sociedade. Valores são aqueles elementos conceituais subjetivos que conformam e guiam a conduta e os comportamentos explicitados. Fundados em crenças arraigadas vinda dos ancestrais, mais subjetivas e profundas, sem necessidade de justificativas lógicas e racionais que geralmente estão associadas aos valores gerados por fatos e situações. O conceito de valor freqüentemente está vinculado à noção de preferência ou de seleção. Não devemos, porém, considerar que alguma coisa tem valor apenas porque foi escolhida ou é preferível, podendo ela ter sido escolhida ou preferida por algum motivo específico. Valor como uma crença duradoura em um modelo específico de conduta ou estado de existência, que é pessoalmente ou socialmente adotado, e que está embasado em uma conduta preexistente. Os valores podem expressar os sentimentos e o propósito de nossas vidas, tornando-se muitas vezes a base de nossas lutas e dos nossos compromissos.
  3. 3. Como exemplos de valores culturais, cite-se o fato de ser o dinheiro, para os americanos, o maior valor, que tem seu equivalente na cultura para os europeus, e na honra para os orientas. Exemplos de valores individuais são a escolha profissional, a opção pela autonomia ou pelo paternalismo, e, como exemplo de valores universais, registrem-se a religião, o crime, a proibição ao incesto etc. MORAL Moral: Termo de origem latina que significa costume, hábitos, maneiras habituais de proceder. Entende-se em geral como o conjunto de princípios, das normas, dos juízos ou dos valores de caráter ético-normativo vigentes numa dada sociedade e aceites pelos seus membros, antes mesmo de qualquer reflexão sobre o seu significado, a sua importância e a sua necessidade. A moral tem assim um caráter social, visto que decorre da sociedade e responde às suas necessidades. A moral é por isso marcada por normas, obrigações e interdições. Podemos dizer ainda, que a moral é o conjunto de normas e regras que o individuo aprende como sendo algo que ele deva exercer de forma estática. São regras já previamente estabelecidas e tidas como certas. Padrão de comportamento a serem seguidos, em caráter incondicional para o bem estar, quer para um grupo ou para o bem estar de uma única pessoa. O que torna a educação singular de valores mais fascinante é justamente as variações que encontramos. Veja que tanto a ética como a moral são conjuntos de regras. Sendo que a moral é o conjunto de regras para serem executadas e obedecidas, e o conjunto de regras mencionado nos conceitos éticos é para serem repensados, refletidos e em alguns casos até reformulados mediante as necessidades da sociedade, as diferentes formas de se observar o mundo, os fatos e tecermos opiniões a respeito dos mais diversos assuntos. Segundo Rousseau, a consciência moral e o sentimento do dever são inatos, isto é, já nascem com o indivíduo. Não é que o homem já nasça moral, por que ele não nasce, mas o fato é que ele já vem ao mundo com a capacidade de valorizar as coisas, os seres, o que e bom e é mal. Ele nasce com a capacidade de aprender a respeito de tudo isso e essa capacidade vai se aperfeiçoando mediante aos estímulos que ele recebe. Deste modo, fica aqui mais do que claro, a importância que temos de buscar, pesquisar e definir muito bem os valores para que se possa alcançar êxito na educação destes mesmos valores éticos e morais. A moral é: autônoma pois é imposta pela consciência ao homem. Unilateral: por dizer respeito apenas ao indivíduo. Incoercível: o dever moral não é exigível por ninguém, reduzindo-se a dever de consciência. A lei moral ou os seus códigos caracterizam-se por uma ou mais normas, que usualmente têm por finalidade ordenar um conjunto de direitos ou deveres do indivíduo e da sociedade. Para que sejam exeqüíveis, sem uma legislação escrito. Enfim, Ética e Moral são os maiores valores do homem livre. Ambos significam "respeitar e venerar a vida". O homem, com seu livre arbítrio, vai formando seu meio ambiente ou o destruindo, ou ele apóia a natureza e suas criaturas ou ele subjuga tudo que pode dominar, e assim ele mesmo se torna no bem ou no mal deste planeta. Deste modo, Valor, Ética e a Moral se formam numa mesma realidade imprescindível ao bem está social. Referencias Bibliográfias: MADEU, Diógenes. Ética Geral e Jurídica. São Paulo: Saraiva, 2007. www.cfm.org.br

×