Quando o Sol encoberto vai Mostrando - Sonetos de Camões

7.124 visualizações

Publicada em

Feito por Gustavo Cassiano

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.124
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quando o Sol encoberto vai Mostrando - Sonetos de Camões

  1. 1. Sonetos de Camões´´Quando o sol encoberto vai mostrando´´
  2. 2. Análise da rima do SonetoAs rimas obedecem a um esquema que contém ABBA, ABBA, CDE, CDE.ANDO = AOSA = BOSA = BANDO = AANDO = AOSA = BOSA = BANDO = AIU = COS = DURA = EIU = COS= DURA = EAs rimas geralmente são definidas pelas ultimas 3 letras da palavra.
  3. 3. Análise Geral do SonetoGênero Lírico Amoroso(O cavalheiro se dirige à mulher amada como uma figura idealizada, distante.)
  4. 4. Soneto decassílaboSão sonetos que contém 10 sílabas poéticas emtodos os versos.
  5. 5. Quartetos InterpoladosQuartetos:Estrofes que contém quatro versos.Interpolados:Liga o primeiro e último verso,quando existem três ou mais entre as ligações. A A B B B C B D A A
  6. 6. Quartetos Emparelhados em BLigando versos seguidos. A A B B
  7. 7. Tercetos CruzadosTercetos:Estrofes com três versosCruzados:Versos rimados se alternam A B C
  8. 8. Figuras de LinguagemMetáfora: "luz quieta e duvidosa", "praia deleitosa".Personificação: "o sol encoberto vai mostrando"; "luzquieta e duvidosa".Enumeração: "Aqui a vi… se riu".Antítese: "alegre/cuidosa, queda/andando,comovida/segura, entristeceu/riu".
  9. 9. Caracterização da Amada"os cabelos concertando; face tão fermosa; falando alegre,cuidosa; queda, andando, sentada, me viu, olhos tãoisentos; Comovida, segura; entristeceu, riu."
  10. 10. TemaAusência; Separação da Amada; Saudade.
  11. 11. Vocabulário
  12. 12. Comentários do Soneto por Estrofe Introdução: 1ª. parte: 1ª. quadra: - Vai pensando na amada durante a sua ausência. 2ª. parte: 2ª. quadra e 2 tercetos: Descrição das suas recordações, de como a viu ali.
  13. 13. ´´Quando o sol encoberto vai mostrando Ao mundo a luz quieta e duvidosa, Ao longo de ũa praia deleitosa Vou na minha inimiga imaginando. ´´O soneto aborda a ausência da mulher e as lembranças que dela tem o poeta.Surge organizado numa forma tripartida, começando com uma localização noespaço “uma praia deleitosa” e no tempo “mostrando ao mundo a luz”, ou seja,ao nascer do dia.
  14. 14. ´´ Aqui a vi, os cabelos concertando; Ali, coa mão na face tão, formosa; Aqui falando alegre, ali cuidosa; Agora estando queda, agora andando.´´ ´´ Aqui esteve sentada, ali me viu, Erguendo aqueles olhos, tão isentos; Aqui movida um pouco, ali segura.´´No segundo quarteto e na terceira estrofe o poeta, que se perde em lembranças demulher amada, alterna momentos utilizando expressões disjuntivas (aqui/ali) e(agora/agora), que transmitem liricamente a recordação de uma série decomportamentos que ajudam a traçar o retrato da amada e a proximidade que nopassado existiu entre os dois: “Aqui a vi, os cabelos concertando;/ Ali, coa mão naface tão, formosa; / Aqui falando alegre, ali cuidosa;”. Estas lembranças causamsofrimento no poeta, que vai surgir expresso no último terceto.
  15. 15. ´´Aqui se entristeceu, ali se riu. E, enfim, nestes cansados pensamentos Passo esta vida vã, que sempre dura.´´Finalmente, na quarta estrofe, nos últimos dois versos, a chave de ouro, “enfim”éuma expressão de síntese conclusiva, pois o poeta reúne o seu sofrimento edesgaste psicológico numa expressão globalizante: “cansados pensamento”, que oacompanham de forma duradoura ao longo de uma vida “vâ”, ou seja, semesperança, que, para infelicidade do sujeito poético, “sempre dura”
  16. 16. Feito por : Gustavo CassianoAgradecimentos: Ana Laura Gabriela Jefferson Leonardo GCProdução(Todos Direitos Reservados)

×