Colégio Estadual São José  Tipos de Poesias Equipe:Socorro,Everlandia,Gardênia e Lidiane. Série: 1ºD Profª Mirla
Tipos de Poesias Haicaí Soneto Balada Rondó Vilancete Cordel
Haicaí Haicai é um poema de origem japonesa, que chegou ao  Brasil  no inicio do século 20 e hoje conta com muitos pratica...
Exemplo de Haicaí SÓ UM MOMENTO A  parede nem marrom nem laranja o som da frigideira à noite um poema incompreensível de P...
o conde de montecristo e sua vida tão difícil o nado errado que dá dor nas costas o mapa da lua que não servia pra nada eu...
Soneto O soneto é uma composição de forma fixa,com 14 versos,dispostos em 4 estrofes(ou estâncias),sendo dois quartetos e ...
Amor é fogo que arde sem se ver É ferida que dói e não se sente É um contentamento descontente  É dor que desatina sem doe...
É servir a quem vence, o vencedor É ter com quem nos mata lealdade; Mas como causar pode seu favor, nos corações humanos a...
Balada •   O termo vem do Francês  ballade  que por sua vez originou-se do Baixo Latim  ballare,  significando  dançar.  C...
Exemplo de Balada Amanhã talvez Amanhã talvez o sol volte a brilhar, meus lábios passem a sorrir, meu olhar se torne mais ...
Rondó É um poema de treze versos, distribuídos em três estrofes, sendo  duas quadras seguidas de uma quintilha , de forma ...
Exemplo de Rondó No calor da madrugada Quando chegar a madrugada E o meu corpo em ti buscar o amor Vou desenhar-me na tua ...
Vilancete Vilancete (ou Vilancico) era uma forma poética  comum na Península Ibérica, na época da  Renascença. Os vilancet...
EXEMPLO DE  VILANCETE Mote:) Enforquei minha Esperança;  Mas Amor foi tão madraço,  Que lhe cortou o baraço.  (Volta:) Foi...
Cordel <ul><li>O que é literatura de cordel </li></ul><ul><li>Literatura de Cordel é, como qualquer outra forma artística,...
Exemplo de Cordel <ul><ul><li>A CHEGADA DE LAMPIÃO NO CÉU </li></ul></ul><ul><ul><li>Autor: Guaipuan Vieira </li></ul></ul...
<ul><ul><li>São Jorge chegou na frente </li></ul></ul><ul><ul><li>Com sua lança afiada </li></ul></ul><ul><ul><li>Lampião ...
Obrigado pela atenção de todos!
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tipos De Poesias

11.703 visualizações

Publicada em

Trabalho sobre tipos de poesias elaborado por alunos do 1º Ano D - Colégio Estadual São José - Granja - Ce.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.703
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
128
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
57
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tipos De Poesias

  1. 1. Colégio Estadual São José Tipos de Poesias Equipe:Socorro,Everlandia,Gardênia e Lidiane. Série: 1ºD Profª Mirla
  2. 2. Tipos de Poesias Haicaí Soneto Balada Rondó Vilancete Cordel
  3. 3. Haicaí Haicai é um poema de origem japonesa, que chegou ao Brasil no inicio do século 20 e hoje conta com muitos praticantes e estudiosos brasileiros. No Japão, e na maioria dos paises do mundo, é conhecido como haiku . Segundo Harold G. Henderson, em Haiku in English , o haicai classico japones obedece a quatro regras: Consiste em 17 silabas japonesas, divididas em três versos de 5,6 e 7silabas ; Conta com alguma referência a natureza (diferente da natureza humana); Refere-se a um evento particular (ou seja, não é uma generalização); Apresenta tal evento como &quot;acontecendo agora&quot;, e não no passado.
  4. 4. Exemplo de Haicaí SÓ UM MOMENTO A parede nem marrom nem laranja o som da frigideira à noite um poema incompreensível de Pessoa eu uso fugaz esse é o meu narcótico mais ou menos como uma pedra de crack de haikai um samba do crioulo out um não me importo que eu já volto
  5. 5. o conde de montecristo e sua vida tão difícil o nado errado que dá dor nas costas o mapa da lua que não servia pra nada eu me dou minha quota em momentos momento é coisa das estampas de mim mesmo aqui-agora e realidade não tem nada a ver com momento por que momento é muito mais simples e mais legal e: é.
  6. 6. Soneto O soneto é uma composição de forma fixa,com 14 versos,dispostos em 4 estrofes(ou estâncias),sendo dois quartetos e dois tercetos.De origem controversa,o soneto teve em Petrarca(1304-1374),a organização do conteúdo em forma fixa,que serviu de modelo em toda a Europa.
  7. 7. Amor é fogo que arde sem se ver É ferida que dói e não se sente É um contentamento descontente É dor que desatina sem doer É um querer mais que bem querer É solitário andar por entre a gente É nunca contentar-se de contente É cuidar que se ganha em se perder É querer estar preso por vontade Exemplo de Soneto
  8. 8. É servir a quem vence, o vencedor É ter com quem nos mata lealdade; Mas como causar pode seu favor, nos corações humanos amizade, Se tão contràrio a si é o mesmo amor? LUIS DE CAMÕES
  9. 9. Balada • O termo vem do Francês ballade que por sua vez originou-se do Baixo Latim ballare, significando dançar. Como termo literário, ballade surgiu no século XIII, com o poeta Adam de La Hall. A balada envolve duas formas líricas convergentes e distintas que é preciso diferenciar.
  10. 10. Exemplo de Balada Amanhã talvez Amanhã talvez o sol volte a brilhar, meus lábios passem a sorrir, meu olhar se torne mais doce, meu coração passe a brilhar mais. Amanhã talvez eu consiga voltar a olhar em frente, ganhar forças, coragem para lutar e poder voar. No hoje, restam-me simplesmente as fraquezas do ontem. Amanhã talvez eu consiga caminhar em frente. Amanhã talvez eu consiga esquecer o hoje, o ontem, o passado; e voltar a fortalecer minhas asas já cansadas, para poder voltar a voar ao vento, ao frio, ao calor, ao sofrimento.
  11. 11. Rondó É um poema de treze versos, distribuídos em três estrofes, sendo duas quadras seguidas de uma quintilha , de forma que os dois primeiros versos da primeira quadra se repetem no final da segunda, e o primeiro verso da quadra inicial repete no fecho da quintilha, assim: ABab|abAB|abbaA. As maiúsculas representam os versos que são repetidos como estribilho. O rondel não obedece a esquema fixo de rimas nem de metro; entretanto utiliza, de preferência, versos de sete ou oito sílabas. Como exemplo, Bilac e as duas primeiras estrofes de Marinha (com uma ligeira variante na rima da segunda baAB):• Rondó vem do francês arcaico rondel, ronde que, por sua vez, originou-se do Latim rotundu , e significa redondo, em forma de roda. Foi Inventado ao mesmo tempo em que o rondó e, por isso mesmo, por ele confundido, sobretudo, no século XVI. Serve aos galanteios amorosos e aos sentimentos delicados. •
  12. 12. Exemplo de Rondó No calor da madrugada Quando chegar a madrugada E o meu corpo em ti buscar o amor Vou desenhar-me na tua pele E antes que a manhã se revele Sorverei o teu sabor Seremos além de amantes Comandados comandantes A caça e o caçador Quando chegar a madrugada Vou salpicar de estrelas Teu suor sobre o lençol E em suave melodia No encontro da noite com o dia
  13. 13. Vilancete Vilancete (ou Vilancico) era uma forma poética comum na Península Ibérica, na época da Renascença. Os vilancetes podiam também ser adaptados para música: muitos compositores ibéricos dos séculos XV e XVI, como Juan del Encina ou o português Pedro de Escobar compuseram vilancetes musicais. Este tipo de poema tem um mote - o início do poema que, na música, funciona como refrão - seguido de uma ou mais estrofes - as voltas, coplas ou glosas - cada uma com 7 versos. A diferença entre o vilancete e a cantiga depende do número de versos no mote: se houver 2 ou 3 é um vilancete, se houver 4 ou mais é uma cantiga. Cada verso de um vilancete está normalmente dividido em cinco ou sete sílabas métricas (&quot;medida velha&quot;).Se o último verso do mote se repetir no fim da estrofe, diz-se que o vilancete é perfeito.
  14. 14. EXEMPLO DE VILANCETE Mote:) Enforquei minha Esperança; Mas Amor foi tão madraço, Que lhe cortou o baraço. (Volta:) Foi a Esperança julgada Por setença da Ventura Que, pois me teve à pendura, Que fosse dependurada: Vem Cupido com a espada, Corta-lhe cerce o baraço. Cupido, foste madraço. LUIS DE CAMÕES
  15. 15. Cordel <ul><li>O que é literatura de cordel </li></ul><ul><li>Literatura de Cordel é, como qualquer outra forma artística, uma manifestação cultural. Por meio da escrita são transmitidas as cantigas, os poemas e as histórias do povo — pelo próprio povo. </li></ul><ul><li>O nome de Cordel teve origem em Portugal, onde os livretos, antigamente, eram expostos em barbantes, como roupas no varal. </li></ul>
  16. 16. Exemplo de Cordel <ul><ul><li>A CHEGADA DE LAMPIÃO NO CÉU </li></ul></ul><ul><ul><li>Autor: Guaipuan Vieira </li></ul></ul><ul><ul><li>Foi numa Semana Santa </li></ul></ul><ul><ul><li>Tava o céu em oração </li></ul></ul><ul><ul><li>São Pedro estava na porta </li></ul></ul><ul><ul><li>Refazendo anotação </li></ul></ul><ul><ul><li>Daqueles santos faltosos </li></ul></ul><ul><ul><li>Quando chegou Lampião. </li></ul></ul><ul><ul><li>Pedro pulou da cadeira </li></ul></ul><ul><ul><li>Do susto que recebeu </li></ul></ul><ul><ul><li>Puxou as cordas do sino </li></ul></ul><ul><ul><li>Bem forte nele bateu </li></ul></ul><ul><ul><li>Uma legião de santos </li></ul></ul><ul><ul><li>Ao seu lado apareceu. </li></ul></ul>
  17. 17. <ul><ul><li>São Jorge chegou na frente </li></ul></ul><ul><ul><li>Com sua lança afiada </li></ul></ul><ul><ul><li>Lampião baixou os óculos </li></ul></ul><ul><ul><li>Vendo aquilo deu risada </li></ul></ul><ul><ul><li>Pedro disse: Jorge expulse </li></ul></ul><ul><ul><li>Ele da santa morada.. </li></ul></ul><ul><ul><li>E tocou Jorge a corneta </li></ul></ul><ul><ul><li>Chamando sua guarnição </li></ul></ul><ul><ul><li>Numa corrente de força </li></ul></ul><ul><ul><li>Cada santo em oração </li></ul></ul><ul><ul><li>Pra que o santo Pai Celeste </li></ul></ul><ul><ul><li>Não ouvisse a confusão. </li></ul></ul>
  18. 18. Obrigado pela atenção de todos!

×