Reforma religiosa.moderna

427 visualizações

Publicada em

Reforma religiosa.moderna

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
427
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
25
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Explicar sobre o surgimento dos valores burguesa, o lucro, a individualidade. E por outro lado o desgaste moral e político da Igreja Católica com a existências de privilégios (não pagava impostos, o poder sobre latifúndios, etc..) e a venda de indulgências sagradas.
  • Identificar as diferenças e semelhanças entre as correntes protestantes.
  • Ler e analisar com os alunos os princípios da reforma luterana e calvinista
  • Destacar as causas e a busca da autonomia do Estado inglês diante do Vaticano.
  • Observar o predomínio católico e a presença de luteranos no norte e nordeste da Europa.
  • Pontuar o Concílio de Trento convocado pelo papa como o instrumento oficial da Igreja no combate as chamadas heresias. Refletir com os alunos a presença conservadora da Igreja diante de um mundo em mudanças.
  • Analisar e refletir sobre as três ações estabelecidas no Concílio de Trento .
  • Comentar sobre a obra e os efeitos desastrosos da contra reforma, que demonstra o conservadorismo da Igreja. As ações da Contra reforma foram marcadas por violência física e cultural.
  • Reforma religiosa.moderna

    1. 1. Divisão da cristandade História Caderno 3 | Capítulo 3Atualizado em 14 de dezembro de 2011
    2. 2. História Índice Clique sobre tema desejado: Caderno 3 | Capítulo 3Atualizado em 14 de dezembro de 2011
    3. 3. História Reformas religiosas Questionamento dos valores, dogmas e doutrinas católicas. Precursores Causas Venda de indulgências Simonia Doutrinas e práticas ultrapassadas Teoria do justo preço. Interesse do rei e da nobreza nos bens da igreja Conflito entre o pensamento econômico da igreja e o da burguesia Tentativa de diminuição do poder temporal do papa Expansão do absolutismo monárquico Crise feudal (séx. XIV) Huss (Boêmia) Wycliff (Inglaterra) Religiosas Econômicas Políticas Caderno 3 | Capítulo 3Atualizado em 14 de dezembro de 2011
    4. 4. História Reformas religiosas Movimentos religiosos que questionavam a ordem religiosa dominante na Europa da Idade Média. REFORMAS RELIGIOSAS MARTINHO LUTERO • A salvação deve-se somente à fé, e não as boas obras. • Livre interpretação da Bíblia. • Negação do dogma católico. • Única fonte da verdade são os textos sagrados. • Batismo e a Eucaristia:únicos sacramentos verdadeiros. • Negação da autoridade papal. • Negação do culto aos santos e a Virgem. • Condenação das indulgências. JOÃO CALVINO • Teoria da predestinação absoluta. • Doutrina burguesa. • Aboliu todos os “misticismos” religiosos. • A riqueza era sinal de benção e a pobreza um sinal de ausência de graça divina. • Condenação eterna. Caderno 3 | Capítulo 3Atualizado em 14 de dezembro de 2011
    5. 5. História Reformas religiosas Fragmentos das Teses de Lutero Sobre a Teoria da Predestinação Absoluta 1. Dizendo “Fazei penitência...”, nosso Senhor e mestre Jesus Cristo quis que toda a vida dos fiéis seja uma penitência. 2. O papa não quer, nem pode, perdoar alguma pena, exceto aquelas que ele tenha imposto por sua própria vontade [...] 21.Erram, pois, os pregadores das indulgências que dizem que, pelas indulgências do papa, o homem fica livre de toda a pena e fica salvo. 27.Pregam doutrina puramente humana os que dizem que “logo que o dinheiro cai na caixa a alma se liberta (do purgatório)”. 36.Qualquer cristão, verdadeiramente arrependido, tem plena remissão da pena e da falta; ela é lhe devida mesmo sem cartas de indulgências. LUTERO, Martinho. Obras. In: FREITAS, Gustavo de. 900 textos e documentos de história. São Paulo: Contexto, 1989. Aqueles do gênero humano que estão predestinados à vida foram escolhidos para a glória com Cristo por Deus, antes de efetuada a criação do mundo, segundo sua finalidade eterna e imutável, e secreta deliberação e arbítrio de sua vontade, por manifestação de sua livre graça e amor, sem qualquer previsão de fé ou boas obras, ou de perseverança em ambas, ou qualquer outra coisa na criatura como condições ou causas que o levassem a isso, e tudo para louvor de sua gloriosa graça. WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo: Pioneira/Thomson Learning, 2001. Caderno 3 | Capítulo 3Atualizado em 14 de dezembro de 2011
    6. 6. História Inglaterra e a reforma anglicana CAUSAS Política: ingerências políticas da Igreja Católica Econômica: disputa por mercados coloniais com a Espanha Pessoais: divórcio com Catarina de Aragão • 1534 - Ato de Supremacia: rompimento com o Vaticano. • O rei da Inglaterra torna-se chefe da Igreja Anglicana. • Confisco de terras e bens da Igreja Católica. • Novos princípios religiosos: Extinção do culto aos santos Manutenção da liturgia católica. Salvação apela predestinação. Manutenção da hierarquia eclesiástica. • Reinado de Elizabeth I: consolidação do anglicanismo e fortalecimento da economia. Histórico e características: Caderno 3 | Capítulo 3Atualizado em 14 de dezembro de 2011
    7. 7. História Inglaterra e a reforma anglicana Caderno 3 | Capítulo 3Atualizado em 14 de dezembro de 2011
    8. 8. História Contrarreforma católica CONTRARREFORMA Movimento de reforma realizado dentro da Igreja Católica para conter o avanço do protestantismo. Ação CONCÍLIO DE TRENTO Manutenção dos dogmas católicos e negação dos preceitos protestantes Transubstanciação A salvação da alma pela fé e pelas boas obras A veneração dos santos Os sacramentos completos Celibato clerical Proibição da venda de indulgências e cargos Fundação de seminários Determinou Índice de livros proibidos Tribunais do Santo Ofício Companhia de Jesus Atuação católica no mundo Caderno 3 | Capítulo 3Atualizado em 14 de dezembro de 2011
    9. 9. História Contrarreforma católica COMPANHIA DE JESUS – Ordem religiosa missionária. – Fundador: Inácio de Loyola – Função: expandir o catolicismo pelo mundo. – Ações: Catequização e conversão de índios e colonos. TRIBUNAL DA SANTA INQUISIÇÃO – Instrumento de censura e punição. – Investigava e punia crimes contra a Igreja católica. Perseguia judeus, hereges, protestantes, cristãos-novos e suspeitos de bruxaria. INDEX – Lista de livros proibidos considerados contrários aos ofensivos à fé. Caderno 3 | Capítulo 3Atualizado em 14 de dezembro de 2011
    10. 10. História Consequências da contrarreforma católica – Transformações religiosas e políticas no ocidente e oriente. – Fortalecimento do poder real e enfraquecimento do poder da Igreja católica. – Fortalecimento e expansão da burguesia. – Difusão das correntes do cristianismo por meio da Bíblia e da valorização da língua nacional. – Guerras de religião – séculos XVI e XVII. 1572: França Noite de São Bartolomeu: massacre de protestantes huguenotes por católicos. Caderno 3 | Capítulo 3Atualizado em 14 de dezembro de 2011

    ×