• Definição: movimento religioso que rompeu com  a autoridade da Igreja Católica, dando origem a  novas religiões cristãs;...
CONTEXTO:   Alguns dogmas da Igreja (ex. usura = cobrança de juros) estava   sendo obstáculos para a nova realidade econôm...
Divisão da Igreja entre as doutrinas Tomista ( livre arbítrio esalvação pelas obras) e Agostiniana ( pré-destinação e salv...
• O Luteranismo - ALE:   – Martinho Lutero , professor de teologia, monge     agostiniano, critica o clero e a corrupção d...
– Martinho Lutero
–AS 95 TESES DE LUTERO  Por amor à verdade e no empenho de elucidá-la, discutir-se-á o seguinte em Wittenberg, sob apresid...
–76. Afirmamos, pelo contrário, que as indulgências papais não podemanular sequer o menor dos pecados veniais no que se re...
• 80. Terão que prestar contas os bispos, curas e teólogos que permitem  que semelhantes conversas sejam difundidas entre ...
– Princípios básicos do luteranismo: salvação pela  fé, tradução, leitura e livre interpretação da Bíblia, eliminação  de ...
Em resumo as idéias de Lutero eram:1- A salvação só é alcançada pela fé.2- A relação entre Deus e o fiel é pessoal.3- Cada...
5- Supressão do clero regular e das imagens   religiosas.6- Manutenção de apenas dois sacramentos: batismoe casamento.7- U...
– Imperador (Carlos V) apóia o papa (ALE dividida entre  católicos e luteranos).– Após a derrota de Carlos V, assume Ferna...
• O Calvinismo - SUI:  – Ulrich Zwinglio (precursor).  – João Calvino (francês influenciado por    Lutero, radicado na Suí...
João Calvino.
– Apoio da burguesia.– Crescimento do capitalismo (valorização do  trabalho e da poupança).– Na ING = Puritanos, na FRA = ...
• O Anglicanismo - ING:   – Atrito entre o rei da Inglaterra e o papa.   – Henrique VIII* (ING) X Clemente VII (Papa).–Neg...
Catarina de Aragão
– Ana Bolena
– Terras da Igreja confiscadas e vendidas aos nobres  (fortalecimento político do rei).– Culto e hierarquia semelhantes ao...
• A Contra Reforma ou Reforma Católica:    Medidas da Igreja Católica para conter o avanço protestante na    Europa :     ...
Tribunais do Santo Ofício ou da Santa Inquisição:tribunais religiosos que julgavam e condenavam“hereges” ou “infiéis” (não...
AS RELIGIÕES PROTESTANTES NA EUROPA
Refoma Religiosa ou Reforma Protestante
Refoma Religiosa ou Reforma Protestante
Refoma Religiosa ou Reforma Protestante
Refoma Religiosa ou Reforma Protestante
Refoma Religiosa ou Reforma Protestante
Refoma Religiosa ou Reforma Protestante
Refoma Religiosa ou Reforma Protestante
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Refoma Religiosa ou Reforma Protestante

7.633 visualizações

Publicada em

Reforma Religiosa, Reforma Protestante

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.633
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
188
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Refoma Religiosa ou Reforma Protestante

  1. 1. • Definição: movimento religioso que rompeu com a autoridade da Igreja Católica, dando origem a novas religiões cristãs;• Quando: a partir do século XVI;• Onde: o movimento reformista teve mais força na ALE, SUI e ING;
  2. 2. CONTEXTO: Alguns dogmas da Igreja (ex. usura = cobrança de juros) estava sendo obstáculos para a nova realidade econômica européia. No plano político surgem as monarquias nacionais. Os novos governantes tinham interesse no enfraquecimento da Igreja. A crise gerada no campo pelo fim do feudalismo acabou por gerar graves crises sociais. A Igreja foi diretamente envolvida na medida em que tratava de justificar ideologicamente o domínio dos senhores sobre os camponenes. A invenção da imprensa permite a difusão da bíblia. No contexto do renascimento, alguns humanistas entendem que o acesso à Palavra de Deus deveria ser maior e a interpretação pessoal.
  3. 3. Divisão da Igreja entre as doutrinas Tomista ( livre arbítrio esalvação pelas obras) e Agostiniana ( pré-destinação e salvaçãopela fé.) Corrupção do clero e afastamento de seus membros dasconcepções originais do cristianismo(humildade, fraternidade, caridade). Venda de indulgências. Venda de relíquias sagradas. Venda de cargos no clero. John Wycliffe (ING) e Jan Huss (TCH) – precursores.
  4. 4. • O Luteranismo - ALE: – Martinho Lutero , professor de teologia, monge agostiniano, critica o clero e a corrupção da Igreja através de 95 teses ele prega na porta da catedral de Wittemberg em 1o de outubro de 1517 denunciando os abusos da Igreja. – É excomungado e condenado à morte – protegido em castelos de príncipes germânicos.
  5. 5. – Martinho Lutero
  6. 6. –AS 95 TESES DE LUTERO Por amor à verdade e no empenho de elucidá-la, discutir-se-á o seguinte em Wittenberg, sob apresidência do reverendo padre Martinho Lutero, mestrede Artes e de Santa Teologia e professor catedrático destaúltima, naquela localidade. Por esta razão, ele solicita queos que não puderem estar presentes e debater conoscooralmente o façam por escrito, mesmo que ausentes. Emnome do nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.
  7. 7. –76. Afirmamos, pelo contrário, que as indulgências papais não podemanular sequer o menor dos pecados veniais no que se refere à sua culpa. –77. A afirmação de que nem mesmo S. Pedro, caso fosse o papa atualmente, poderia conceder maiores graças é blasfêmia contra São Pedro e o papa. –78. Afirmamos, ao contrário, que também este, assim como qualquerpapa, tem graças maiores, quais sejam, o Evangelho, os poderes, os dons de curar, etc., como está escrito em 1 Co 12. –79. É blasfêmia dizer que a cruz com as armas do papa, insignemente erguida, equivale à cruz de Cristo.
  8. 8. • 80. Terão que prestar contas os bispos, curas e teólogos que permitem que semelhantes conversas sejam difundidas entre o povo.• 81. Essa licenciosa pregação de indulgências faz com que não seja fácil, nem para os homens doutos, defender a dignidade do papa contra calúnias ou perguntas, sem dúvida argutas, dos leigos.• 82. Por exemplo: por que o papa não evacua o purgatório por causa do santíssimo amor e da extrema necessidade das almas - o que seria a mais justa de todas as causas -, se redime um número infinito de almas por causa do funestíssimo dinheiro para a construção da basílica - que é uma causa tão insignificante?
  9. 9. – Princípios básicos do luteranismo: salvação pela fé, tradução, leitura e livre interpretação da Bíblia, eliminação de santos e imagens, fim do celibato para sacerdotes, não seguimento da autoridade papal, 2 sacramentos (batismo e eucaristia), submissão da Igreja ao Estado.– Apoio dos nobres (interessados em terras da Igreja).– Apoio de camponeses (também interessados em terras e no fim dos impostos feudais) – sem reconhecimento de Lutero.– Guerra civil: NOBRES* (Lutero – apoio ao massacre de camponeses) X CAMPONESES (Thomas Münzer – Anabatistas).
  10. 10. Em resumo as idéias de Lutero eram:1- A salvação só é alcançada pela fé.2- A relação entre Deus e o fiel é pessoal.3- Cada pessoa pode ler e interpretar a bíblia segundo sua própria consciência.4- A bíblia é a única fonte da palavra de Deus
  11. 11. 5- Supressão do clero regular e das imagens religiosas.6- Manutenção de apenas dois sacramentos: batismoe casamento.7- Utilização do alemão ao invés do latim nos cultos.8- submissão da Igreja ao Estado.
  12. 12. – Imperador (Carlos V) apóia o papa (ALE dividida entre católicos e luteranos).– Após a derrota de Carlos V, assume Fernando I. é assinada a PAZ DE AUGSBURGO (1555): cada governante (príncipe – nobre) escolhe a religião dos súditos.(Cujus regis ejus religio) ALE – luterana; AUS – católica .
  13. 13. • O Calvinismo - SUI: – Ulrich Zwinglio (precursor). – João Calvino (francês influenciado por Lutero, radicado na Suíça). – Culto ainda mais simples do que o Luterano – Moral rígida. – Teoria da Predestinação Total (trabalho, pureza, cumprimento de deveres e progresso econômico = sinais divinos).
  14. 14. João Calvino.
  15. 15. – Apoio da burguesia.– Crescimento do capitalismo (valorização do trabalho e da poupança).– Na ING = Puritanos, na FRA = Huguenotes, na ESC = Presbiterianos.
  16. 16. • O Anglicanismo - ING: – Atrito entre o rei da Inglaterra e o papa. – Henrique VIII* (ING) X Clemente VII (Papa).–Negação do papa para o rei conseguir anulação de seucasamento com Catarina de Aragão para casar-se com AnaBolena. – Interesse do rei em terras eclesiásticas. – Ato de Supremacia: Rei = chefe da Igreja na ING.
  17. 17. Catarina de Aragão
  18. 18. – Ana Bolena
  19. 19. – Terras da Igreja confiscadas e vendidas aos nobres (fortalecimento político do rei).– Culto e hierarquia semelhantes ao catolicismo.– Autoridade do papa não é aceita e latim é abolido dos cultos.– Fusão de elementos católicos com elementos calvinistas.
  20. 20. • A Contra Reforma ou Reforma Católica: Medidas da Igreja Católica para conter o avanço protestante na Europa : O Concílio de Trento (1545 – 63): reafirmação dos dogmas do catolicismo, criação de seminários e do catecismo, criação do INDEX, reativação dos Tribunais do Santo Ofício. Companhia de Jesus (Inácio de Loyola - ESP): ordem dos jesuítas, busca de novos fiéis (América), educação e catequese.
  21. 21. Tribunais do Santo Ofício ou da Santa Inquisição:tribunais religiosos que julgavam e condenavam“hereges” ou “infiéis” (não católicos) com extremaviolência. Atuaram principalmente na ESP, POR eITA.
  22. 22. AS RELIGIÕES PROTESTANTES NA EUROPA

×