Redes Sociais e Identidades Culturais Brasileiras

634 visualizações

Publicada em

Projeto de aprendizagem sobre diversidade étnico-cultural que explora as dimensões de construção de identidade das redes sociais.

Desenvolvido pela equipe do projeto Escola Criativa Digital.

www.casadaarvore.art.br
www.facebook.com.br

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
634
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Redes Sociais e Identidades Culturais Brasileiras

  1. 1. Atividade: Redes e Identidades Culturais Brasileiras Elaboração: Aluísio Cavalcante, Danielle do Carmo e Erick Ungarelli Ambientes de mediação: Sala de aula, laboratório de informática Principais recursos didáticos: Computadores, netbooks, tabletes, celulares, data show e internet Carga horária: 4 horas Objetivos > Fortalecer o projeto de valorização e respeito a diversidade ético- racial; > Ampliar a compreensão dos alunos quanto a constituição plural da população brasileira; > Estimular o uso das redes sociais como instrumento de engajamento e transformação social; > Estimular a cultura da autoria entre alunos e professores. Abordagem curricular e tecnológica A presente proposta baseia-se no Projeto Político Pedagógico da Escola, que prece em sua base curricular o tema da diversidade étnico racial. De acordo com o documento do Ministério da Educação, a vida democrática em uma sociedade plural só é possível com o respeito e a valorização da diversidade ética e cultural que a constitui. A Lei nº10.639/03 estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional, essa lei torna obrigatório a inclusão na Rede de ensino a temática História e Cultura Afro- Brasileira. O PPP da escola nos diz que apesar dos livros didáticos já terem se adaptado a essa necessidade, a escola ainda é carente de material e apoio para tratar essa temática. Na nossa proposta para essa oficina buscamos criar um material de apoio para escola que promova a valorização da diversidade ética cultural brasileira, abordando a cultura brasileira contemporânea como resultado de um longo processo de integração cultural entre os povos indígenas, os portugueses, os africanos e outras etnias que influenciaram historicamente a construção da cultura e identidade nacional. Estratégias didáticas -> Estimular a apropriação das redes sociais e internet para trabalhar a temática da diversidade étnico racial brasileira; -> Produção colaborativa baseada em redes de aprendizagem e situações-problemas. Resumo Todos os anos a equipe pedagógica da Escola Marechal Ribas Junior enfrenta o desafio de abordar a temática da diversidade étnico-cultural brasileira. Nessa oficina, docentes e alunos puderam experimentar a abordagem dessa temática de uma forma diferente. Lançaremos mão de diversos elementos da cultura digital como as redes sociais, a pesquisa na internet e os mapas digitais. Para mobilizar a comunidade escolar a participar e apoiar a oficina, realizamos encontros com a equipe pedagógica da escola apresentando essa proposta e suas possibilidades.
  2. 2. Sequência didática Preparação Como preparação para esta atividade, realizamos reuniões com os professores para a apresentação da proposta. Após a reunião adaptamos nossa sequencia didática com base nas observações e ideias dos professores. Também foi feita uma imagem para divulgação da oficina pelas redes sociais, que foram transferidas para os telefones celulares dos alunos que foram incentivados a compartilhar com o maior numero de colegas. 1° passo: Explique aos participantes que, nessa atividade, o grupo “Identidades Culturais - Marechal Ribas” será a plataforma para o desenvolvimento das atividades. Peça para que os alunos que possuem uma conta no Facebook façam o login e a solicitação de entrada no grupo. Previamente, faça o mapeamento dos alunos que não possuem uma conta no Facebook e peça por meio de recado a autorização dos pais para a criação de um perfil com objetivos pedagógicos. Peça aos participantes que já fizeram o login e entraram no grupo, que ajudem os colegas a criar um perfil. 2º passo: Depois de realizado os preparativos com a turma, faça a projeção do grupo no telão e inicie a discussão com a pergunta “O que é identidade cultural?”, escute os participantes e faça outras perguntas indutoras para que seja possível identificar a familiaridade que os alunos possuem com o tema. Essas perguntas podem, além de serem feitas verbalmente, também postada no grupo para um exercício prévio para a turma de pesquisa e comentário no grupo com a resposta encontrada. 3º passo: Peça para que os alunos pesquisem sobre a formação do povo brasileiro na internet e que descubram quais nacionalidades e/ou etnias foram fundamentais para a criação da identidade cultural no Brasil. Faça e ssa pergunta no grupo e incentive o compartilhamento dos resultados das pesquisas por meio de comentários. 4º passo: Promova um breve momento expositivo utilizando mapas virtuais para a visualização das rotas diaspóricas das populações que migraram para o Brasil. Fale sobre a colonização portuguesa e mostre no mapa os países que tem como língua oficial o português. 5º Passo: A língua portuguesa Fale sobre a imposição do português como a língua oficial do Brasil e como essa língua foi modifi cada em detrimento da formação heterogênea da população brasileira. Estima-se que havia no Brasil, em ocasião da chegada dos portugueses, mais de 1.200 povos falantes de mil línguas diferentes. Além disso, a língua portuguesa também foi influenciada pelo contato com os povos africanos oriundos de diferentes países do continente africano. Sabendo que o léxico de uma língua não é fixo e está aberto a novas incorporações, peça para que os alunos pesquisem expressões ou palavras da atual língua portuguesa brasi leira que mostrem a influência do povos africanos e indígenas. 6º Passo: Das línguas pra língua Proponha um exercício de produção textual onde os participantes, em grupo, deverão compor um diálogo fictício entre todos os participantes, utilizando palavras e expressões de influência indígena e africana. Finalizados os diálogos, os participantes poderão encenar a leitura destes diálogos. A produção deve ser postada no grupo.
  3. 3. Como discussão, após cada leitura, procure saber se a turma compreendeu todos os te rmos que foram utilizados, pedindo para o grupo que compôs o diálogo para explicar as palavras que não foram entendidas pela turma. As dúvidas e os esclarecimentos das mesmas serão comentadas nos posts do grupo. 7º Passo: Hábitos e culinária A temática a ser trabalhada neste passo são os hábitos e a culinária que recebemos influência africana, indígena e européia. Nesta atividade, peça para que os participantes pesquisem os hábitos e as comidas de hoje que foram herdadas pelas influências culturais portuguesas, indígenas e africanas. Peçam que os alunos fotografem e postem suas refeições no grupo e que comentem a origem tradicional de alguns ingredientes utilizados na feitura do alimento. Referências: Vídeo Brasil- África: histórias cruzadas https://www.youtube.com/watch?v=eaQ8uw9sIPs Livro História e Cultura Africana e Afro - brasileira na Educação Infantil : http://unesdoc.unesco.org/images/0022/002270/227009POR.pdf Livro Síntese da Coleção História Geral da Africa: Vol I : http://unesdoc.unesco.org/images/0022/002270/227007POR.pdf Vol II: http://unesdoc.unesco.org/images/0022/002270/227008POR.pdf Projeto: http://unesdoc.unesco.org/images/0019/001916/191694por.pdf Videos: Brasil e África: Histórias Cruzadas http://www.unesco.org/archives/multimedia/index.php?s=films_details&id_page=33&id_film=2144#. VCsBZvldVg0 Slides: http://pt.slideshare.net/EmyliaRodrigues/africanidade-28137875 http://pt.slideshare.net/maryalvarenga2/relatorio-do-projeto-arte-e-culinria-afrobrasileira-conhecer-para-valorizar http://pt.slideshare.net/AlineSestiCerutti/africanidades-brasileiras http://pt.slideshare.net/querjogar/tera- ldica-jogos-africanos http://pt.slideshare.net/ReginaCeliRocha/princesas-africanas- livros http://pt.slideshare.net/AlexandredaRosa1/seminrio-educao-diversidade-e-relaes-interculturais-profs-eduardo- e-vanusa-africana Pesquisas sites:
  4. 4. Plano de aula africanidades: http://www.rioeduca.net/blogViews.php?id=1220 http://www.africaeafricanidades.com.br/documentos/ESP13-04052011.pdf http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=41539 Vencedores do “Curta Histórias”: http://curtahistorias.mec.gov.br/vencedores http://www.africaeafricanidades.com.br/educacao.html http://africanidadenaeducacaoinfantil.blogspot.com.br/ http://leoni.spaceblog.com.br/714313/AFRICANIDADE/ http://rangelnovellino.blogspot.com.br/2009/08/africanidade.html

×