Parkinson

513 visualizações

Publicada em

Slides desenvolvidos para a apresentação de seminário para a matéria de Gerontologia da Etec Carlos De Campos.

Publicada em: Saúde
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
513
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Parkinson

  1. 1. DOENÇA DE PARKINSON
  2. 2.  É uma doença neurológica, que afeta os movimentos da pessoa. Causa tremores, lentidão de movimentos, rigidez muscular, desequilíbrio além de alterações na fala e na escrita.
  3. 3. OS FATORES QUE PODEM DESENCADEAR A SÍNDROME PARKINSONIANA OU PARKINSONISMO, SÃO:  Uso exagerado e contínuo de medicamentos;  Trauma craniano repetitivo;  Isquemia cerebral;  Frequentar ambientes tóxicos.
  4. 4. SINAIS E SINTOMAS
  5. 5. SINAIS E SINTOMAS  Bradicinésia;  Rigidez
  6. 6. SINAIS E SINTOMAS  Tremor;  Instabilidade postural
  7. 7.  Transtorno do fluxo salivar;  Dificuldade na execução de tarefas motoras finas;  Expressão facial;  Escrita.
  8. 8. SINAIS E SINTOMAS  Marcha;  Alterações posturais;  Distonia;  Disartria;
  9. 9. TRATAMENTO  O tratamento medicamentoso é feito à base de drogas neuroprotetoras que visam a evitar a diminuição progressiva de dopamina.
  10. 10. TRATAMENTO  A Estimulação profunda do cérebro (DBS) é um procedimento cirúrgico que pode ajudar pacientes com a doença;  A DBS usa um dispositivo semelhante a um marca- passo para fornecer estimulação elétrica a regiões precisamente almejadas dentro do cérebro.
  11. 11. UM SISTEMA DE DBS CONSISTE DE TRÊS COMPONENTES IMPLANTADOS:  1: Eletrodo – É instalado na parte do cérebro onde ocorre o problema;  2: Neurotransmissor – É uma bateria implantada geralmente no ombro que libera impulsos elétricos rumo ao cérebro;  3: Cabo conector – Faz a conexão dos Eletrodos com o Neurotransmissor.
  12. 12. CUIDADOS ESPECIAIS
  13. 13. CUIDADOS ESPECIAIS  Todo idoso precisa de alguns cuidados, porém, quando este se encontra nas condições do Parkinson carece de uma assistência um pouco mais específica e meticulosa.
  14. 14. ESTIMULAR E FACILITAR A MOTILIDADE  Manter o ambiente livre de empecilhos que possam dificultar a deambulação;  Orientar quanto à importância da fisioterapia adequada.
  15. 15. ESTIMULAR E FACILITAR A MOTILIDADE  Explicar que banhos mornos e massagens podem aliviar os espasmos que acompanham a rigidez muscular.
  16. 16.  Ouvir atentamente as angústias, os sentimentos de rejeição, solidão ou outras queixas, auxiliando o paciente a encontrar novas formas de ver as situações vivenciadas.  Dar atenção às angústias dos familiares, auxiliando-os na busca de soluções aos possíveis problemas encontrados.
  17. 17. NUTRIÇÃO E ALIMENTAÇÃO ADEQUADA  Orienta-se que sejam evitados alimentos ricos em vitamina B6, como carne de porco, fígado, bananas e gema de ovo;  Estimular a ingestão de fibras e água.
  18. 18. DEMAIS ORIENTAÇÕES  Orientar quanto ao descanso entre uma atividade e uma atividade e outra, porém, não recomendar o sono durante o dia;  Orientar e auxiliar no uso dos medicamentos sempre observando quaisquer alterações.  Estimular a realização de exercícios físicos, o lazer e o convívio social
  19. 19. O idoso com Parkinson pode levar uma vida normal, com algumas limitações, é claro, mas se cuidado da maneira correta, pode aproveitar o melhor dela. É papel da enfermagem, do cuidador e, principalmente da família, lembrá-lo disso. Estimulá- lo a socializar com novas pessoas e a realizar suas atividades cotidianas sozinho mostra que ele ainda pode viver bem. A atenção dispensada a ele afasta a angústia e a depressão. Cuidar de idosos, independente se ele tem alguma patologia ou não, e seja esta qual for, exige atenção, paciência, carinho e principalmente amor.
  20. 20. BIBLIOGRAFIA
  21. 21. TRATAMENTO  http://www.einstein.br/einstein-saude/em-dia-com- a-saude/paginas/cirurgia-reduz-sintomas-de- parkinson.aspx  http://drauziovarella.com.br/envelhecimento/doenca -de-parkinson/  http://noticias.r7.com/videos/conheca-os-sintomas- e-tratamento-do-mal-de- parkinson/idmedia/4e5e9809fc9ba6ca5f4e66ba.ht ml
  22. 22. TRATAMENTO  http://www2.uol.com.br/sciam/reportagens/estimula cao_cerebral_profunda_realidade_por_tras_da_ficc ao.html  http://centromedicoathenas.com.br/detalhe-das- noticias-do-centro-medico- athenas.asp?cod_noticia=26&titulo=materia-da- revista-Epoca-sobre-Estimulacao-Magnetica- Transcraniana-na-neurologia-e-psiquiatria.-Avanco- disponivel-na-Clinica-Higashi-Rio-de-Janeiro-e- Londrina
  23. 23.  http://www.medtronicbrasil.com.br/your- health/parkinsons-disease/device/what-is- it/index.htm  http://www2.uol.com.br/sciam/reportagens/estimula cao_cerebral_profunda_realidade_por_tras_da_ficc ao.html  http://revistapesquisa.fapesp.br/2011/05/24/a- fraqueza-das-c%C3%A9lulas-tronco/

×