Esterilização por Peróxido de Hidrogênio [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]

9.507 visualizações

Publicada em

enfermagem
centro cirúrgico

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.507
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
214
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Esterilização por Peróxido de Hidrogênio [ETEC-CARLOS DE CAMPOS]

  1. 1. ESTERILIZAÇÃO POR PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO Etec Carlos de Campos 2º Semestre − 2013 Centro Cirúrgico – Professora Márcia Kátia Teresa, nº06 Michele Marega, nº12 Sara Vital, nº17 Vinicius Lopes, nº25 1º enf. B
  2. 2. ESTERILIZAÇÃO  Processo que promove a completa eliminação e destruição de todas as formas de microrganismos;
  3. 3. ESTERILIZAÇÃO Por meios físicos como Calor Seco e Vapor Saturado sob pressão, sendo o ultimo mais usado;  Por meios químicos com Óxido de Etileno e Peróxido de Hidrogênio. 
  4. 4. MODO DE AÇÃO Lesão dos ácidos nucleicos (DNA e/ou RNA);  Enfraquece o microrganismo desnaturando as proteínas;  Inibição do metabolismo;  Ruptura da membrana celular. 
  5. 5. PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO É um líquido incolor à temperatura ambiente, cuja fórmula química é H2O2;  É um oxidante poderoso e eficaz, com a vantagem de ser ambientalmente correto;  Também é conhecido como “Água Oxigenada” no popular. 
  6. 6. PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO  Possui diversas aplicações em várias áreas como: Agricultura; Alimentos e Bebidas; Água para consumo; Cosméticos.
  7. 7. ESTERILIZAÇÃO POR PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO  É o método de esterilização usando como principal agente o peróxido de hidrogênio na forma de Plasma;
  8. 8. O PLASMA O Plasma é conhecido como o “Quarto Estado da Matéria”;  É um estado gasoso aquecido em altas temperaturas fazendo as moléculas se romperem formando átomos livres. 
  9. 9. O PLASMA  Não podemos dizer que o Plasma é um estado igual ao gasoso pois o mesmo há algumas propriedades que diferenciam do gasoso como:  O Plasma é um condutor elétrico; Gera campos magnéticos graças aos seus elétrons livres 
  10. 10. O PLASMA E SUAS CURIOSIDADES  • • • o Está presente em: Auroras boreais; Na superfície do sol; No núcleo das estrelas. Acredita-se que o Plasma está presente em 99,9% de tudo que existe no universo.
  11. 11. ESTERILIZAÇÃO POR PERÓXIDO DE HIDROGÊNIO  O Processo ocorre entre 30 e 70 minutos de acordo com o tipo de ciclo escolhido podendo variar de acordo com o modelo do aparelho usado. Sterrad NX 30 Litros Cassete Sterrad 100S 100 Litros
  12. 12. ETAPAS DO CICLO DE ESTERILIZAÇÃO  A primeira fase é o vácuo. O ar é removido da câmara chegando à 0,3 mm/HG;  Geralmente na primeira fase o ciclo é cancelado por problemas de carga e/ou de presença de matéria orgânica.
  13. 13. ETAPAS DO CICLO DE ESTERILIZAÇÃO  Na segunda fase o Peróxido de Hidrogênio é injetado na câmara no estado liquido e rapidamente se torna gasoso nas condições do vácuo;
  14. 14. ETAPAS DO CICLO DE ESTERILIZAÇÃO  É na terceira fase onde o Peróxido de Hidrogênio passa do estado gasoso para o Plasma através de uma bomba do equipamento que emite ondas magnéticas assim permitindo a transição.
  15. 15. ETAPAS DO CICLO DE ESTERILIZAÇÃO  Na penúltima fase acontece a esterilização quando o Plasma age nos produtos a serem esterilizados;  Com uma duração de cerca de seis minutos o Plasma age sobre os microrganismos formando os radicais livres.
  16. 16. ETAPAS DO CICLO DE ESTERILIZAÇÃO  A ultima fase da esterilização é a normalização da câmara nivelando a pressão interna com a externa levando cerca de cinco minutos.
  17. 17. ETAPAS DO CICLO DE ESTERILIZAÇÃO  Após as etapas a maquina emite um relatório indicativo das etapas do ciclo que é lido e arquivado para eventuais comprovações;
  18. 18. CUIDADOS ESPECIAIS  O método Plasma é incompatível com celulose, ou seja, não será levado a câmara embalagens que use papeis.
  19. 19. Tyvek
  20. 20. CUIDADOS ESPECIAIS O artigo a ser esterilizado necessita de limpeza prévia;  O produto é corrosivo, portanto necessita de cuidados no manuseio;  Não deve ser usada em artigos de cobre, zinco, alumínio e bronze. 
  21. 21. CANCELAMENTO DO PROCESSO  Ocorrem por medida de segurança quando:  Há falha de equipamento; Sujidade no material; Umidade na câmara; Balanceamento Inadequado de carga;   
  22. 22. CANCELAMENTO DO PROCESSO Ciclos e cancelamentos da esterilização apresentados em valor numéricos de um Hospital Público da cidade de Fortaleza -CE, em Abril de 2001 a Janeiro de 2002.
  23. 23. CANCELAMENTO DO PROCESSO Fatores que determinaram os cancelamentos da esterilização num hospital público da cidade de Fortaleza - CE, no período de Abril de 2001 à Janeiro de 2012 .
  24. 24. FATORES DETERMINANTES PARA O CANCELAMENTO Fatores determinantes dos cancelamentos dos ciclos e as ações direcionadas para a resolução do problema, Fortaleza – CE, 2002.
  25. 25. ASP - STERRAD  Os equipamentos que esterilizam por este método são fabricados pela ASP (Advanced Sterilization Products) com o nome Sterrad;
  26. 26. TIPOS DE EQUIPAMENTOS E MATERIAIS ESTERILIZADOS O método por Plasma de Peróxido de Hidrogênio é indicado para:  Artigos termossensíveis;  Cateteres com no mínimo 1 mm de diâmetro interno, até 2 metros;  Artigos metálicos e perfuro cortantes;  Equipamentos elétricos e com motor;  Endoscópios Rígidos;  Equipamentos Pneumáticos. Endoscópio
  27. 27. VANTAGENS Não apresenta resíduo tóxico;  Ciclos mais rápidos;  O Plasma remove os resquícios de Peróxido de Hidrogênio dos materiais e artigos esterilizados;  Não causa a degradação significante dos materiais;  Segurança para o meio ambiente, pacientes e trabalhadores. 
  28. 28. DESVANTAGENS Alto custo do equipamento;  Câmara pequena;  Incompatível com celulose. 
  29. 29. BIBLIOGRAFIA Esterilização por plasma de Peróxido de Hidrogênio: Relato de Experiência de Maria Lígia, Eula Regina e Cristina Atten;  http://www.brasilescola.com/quimica/plasmaoutroestado-materia.htm;  http://www.endocirurgica.com.br/produtos_dados.a sp?codigo=50;  http://www.endocirurgica.com.br/produtos_dados.a sp?codigo=51  http://www.nascecme.com.br/index.php?mdl=faqs&i d=88 
  30. 30. BIBLIOGRAFIA http://www.sterradsterilityguide.com/  http://www.baumer.com.br/Hospitalar/Portugues/det Noticia.php?codnoticia=144 

×