Primeiro Reinado (1822-1831)

28.873 visualizações

Publicada em

Primeiro Reinado (1822-1831)

Publicada em: Educação
3 comentários
30 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
28.873
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9.089
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
509
Comentários
3
Gostaram
30
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Primeiro Reinado (1822-1831)

  1. 1. Primeiro Reinado (1822-1831)
  2. 4. Províncias brasileiras na época da independência.
  3. 6. Após a Independência <ul><li>Manutenção da estrutura social e econômica herdada do período colonial; </li></ul><ul><li>Monocultura, latifúndio e escravidão; </li></ul><ul><li>Centralização administrativa; </li></ul>
  4. 7. Tela a óleo sobre a Independência do Brasil, de François-René Moreaux.
  5. 9. A consolidação da Independência <ul><li>Estabelecimento da organização política; </li></ul><ul><li>Lutas pela independência no Nordeste e na Província Cisplatina; </li></ul><ul><li>Reconhecimento externo da Independência; </li></ul>
  6. 10. Bandeira do Império
  7. 11. Coroação Pedro I  Artista: Jean-Baptiste Debret.
  8. 12. Lutas pela Independência <ul><li>Ocorridas nas províncias da Bahia, Grão-Pará, Piauí e Cisplatina; </li></ul><ul><li>Ação de tropas militares brasileiras e de tropas mercenárias inglesas; </li></ul><ul><li>Decisiva atuação de forças populares; </li></ul>
  9. 14. O reconhecimento externo da Independência brasileira <ul><li>EUA: primeiro país a reconhecer a Independência brasileira, apoiada na Doutrina Monroe; </li></ul><ul><li>Portugal: reconhecimento mediante o pagamento de indenização; </li></ul><ul><li>Inglaterra: celebração de acordos comerciais com o Brasil; </li></ul>
  10. 16. D. Pedro I, por volta do mesmo período da Constituinte de 1823.
  11. 17. A Constituinte – Grupos políticos pós-independência <ul><li>Partido português: favoráveis à recolonização brasileira; </li></ul><ul><li>Partido brasileiro: favoráveis ao liberalismo econômico e à autonomia administrativa; </li></ul><ul><li>Liberais radicais (democrátas): republicanos, defensores de transformações sócio-econômicas; </li></ul>
  12. 18. Vista do Paço Imperial (a esq.) onde D. Pedro assistia de longe os trabalhos da Constituinte que se realizava em um prédio próximo.
  13. 19. A Assembleia Nacional Constituinte <ul><li>Convocada para elaborar a primeira Constituição brasileira; </li></ul><ul><li>Apresentação do projeto constitucional de 1823, apelidada de “Constituição da Mandioca”; </li></ul>
  14. 20. “Constituição da Mandioca”; <ul><li>Tentativa de limitação aos poderes do Imperador e de exclusão dos portugueses da vida política no Brasil; </li></ul><ul><li>Características: anticolonialista, antiabsolutista, antidemocrática e aristocrática; </li></ul><ul><li>Em 1823, o Imperador dissolveu a Assembleia Constituinte; </li></ul>
  15. 22. Alegoria do juramento da Constituição de 1824. D. Pedro salva a índia (que representa o Brasil) da ameaça do absolutismo.
  16. 23. A Constituição de 1824 <ul><li>Outorgada pelo imperador em 25 de março de 1824; </li></ul><ul><li>Estabelecia a monarquia constitucional e hereditária; </li></ul><ul><li>Instituição do poder moderador; </li></ul><ul><li>Voto Censitário; </li></ul><ul><li>Controle do Estado sobre a Igreja Católica; </li></ul>
  17. 28. D. Pedro I compondo o Hino Nacional (hoje Hino da Independência), em 1822. Artista: Augusto Braga. 
  18. 29. Conflitos no Primeiro Reinado <ul><li>D. Pedro I contra as elites brasileiras; </li></ul><ul><li>Centralismo político; </li></ul><ul><li>Imposição do Poder Moderador; </li></ul><ul><li>Estabelecimento do Senado vitalício; </li></ul><ul><li>Concessão de privilégios aos portugueses; </li></ul>
  19. 31. A Confederação do Equador <ul><li>Ocorrida na província de Pernambuco; </li></ul><ul><li>Oposição ao autoritarismo de D. Pedro I; </li></ul><ul><li>Movimento separatista e republicano; </li></ul><ul><li>Sofreu violenta repressão; </li></ul><ul><li>Líderes principais: Frei Caneca e Cipriano Barata; </li></ul>
  20. 32. Confederação do Equador
  21. 33. A Guerra da Cisplatina <ul><li>Violenta e onerosa guerra para o Brasil; </li></ul><ul><li>Contribuiu para o aumento da dívida externa; </li></ul><ul><li>Aumentou a impopularidade do imperador D. Pedro I; </li></ul><ul><li>Derrota brasileira nesse conflito que foi intermediado pela Inglaterra; </li></ul><ul><li>Declaração da independência do Uruguai; </li></ul>
  22. 34. Tropas brasileiras partindo para Montevidéu. Artista:Debret.
  23. 35. Terceiro batalhão do Exército brasileiro em treinamento em São Cristóvão, Rio de Janeiro. Artista: Johann Moritz Rugendas .
  24. 36. A abdicação de D. Pedro I (1831) <ul><li>Crise política; </li></ul><ul><li>Autoritarismo do imperador; </li></ul><ul><li>Impopularidade de D. Pedro I; </li></ul><ul><li>Violenta repressão da Confederação do Equador; </li></ul><ul><li>Predomínio do partido português no governo; </li></ul>
  25. 38. A abdicação de D. Pedro I (1831) <ul><li>Derrota brasileira na Guerra da Cisplatina; </li></ul><ul><li>Assassinato do jornalista Líbero Badaró em São Paulo; </li></ul><ul><li>Envolvimento de D. Pedro I na sucessão do trono português; </li></ul><ul><li>Noite das Garrafadas; </li></ul>
  26. 39. Noite das garrafadas
  27. 41. Carta de abdicação de D. Pedro I
  28. 42. Abdicação do Imperador D. Pedro I, 1831. Artista: Aurélio de Figueiredo.

×