Gestão pessoal

859 visualizações

Publicada em

Conteúdo: Módulo de Gestão Pessoal
Fontes: Google
Este material não é de minha autoria sendo usado somente para estudos no curso de administração.
Para mais informações:
andressa.stos91@gmail.com
A/c: Dressa Maya

Publicada em: Carreiras
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
859
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestão pessoal

  1. 1. Gestão Pessoal
  2. 2. Itens básicos da apostila • Currículo • Entrevista de Emprego • Dinâmica de grupo • Brainstorming • Inteligência Emocional • Trabalho em Equipe • Empregabilidade • Quebra de Paradigma • Automotivação • Marketing Pessoal • Etiqueta Profissional • Plano de carreira
  3. 3. Curriculo
  4. 4. Orientações • Conte Somente a verdade • Muito cuidado com o português • Pode-se enviar o currículo por e-mail? • Currículo mestre • Video 1 • http://www.youtube.com/watch?v=glofSn7xLDw&f eature=youtu.be • Video 2 • http://www.youtube.com/watch?v=n37UvxRQn4o& feature=youtu.be
  5. 5. Conte Somente a verdade • Não coloque em seu currículo informações falsas, pois se descobertas, colocam sua reputação e fazem com que a sua chance e a vaga fiquem cada vez mais distantes. Seja sempre transparentes. Hoje, muitas empresas também procuram as redes sociais para verificar o perfil social do candidato. Portanto, fique atento ao que anda escrevendo por lá e em quais comunidades está inserido.
  6. 6. Muito cuidado com o português • Com tantas abreviações no mundo virtual, muita gente anda se complicando na hora de escrever o bom Português. Revise seu currículo antes de enviar para qualquer empresa.
  7. 7. Pode-se enviar o currículo por e-mail? • Não há um consenso de qual é a melhor forma, se no corpo do e-mail ou anexo. De qualquer forma, envie conforme solicitado. No assunto do mensagem, é preciso escrever algo como ―Apresentação de currículo‖ ou especificar sua área de interesse ou posição. No corpo do e-mail, seja objetivo, apresente-se brevemente, em apenas uma ou duas linhas.
  8. 8. Currículo mestre • Tenha um currículo mestre onde você possa inserir todos os cursos que já fez as palestras a que assistiu, os projetos que desenvolveu, os resultados que atingiu em determinada empresa. Assim, você estará sempre atualizando seu currículo com estas informações tão importantes que , dia a dia, acabam passando despercebidas por conta da correria.
  9. 9. Entrevista de emprego
  10. 10. Impacto Positivo O QUE FAZER DURANTE A ENTREVISTA DE EMPREGO  Entrar com confiança.  Apresentação.  Buscar a sintonia.  Comunicar com clareza.  Permitir-se errar e sobreviver.  Ter atenção às piadas.  Escutar com sabedoria.  Responder com sabedoria.  Fazer perguntas.  Despedida com cortesia.
  11. 11. Entrar com confiança. • Existem algumas regras essências que devemos cumprir quando vamos a uma entrevista de emprego, a confiança é um ponto chave na seleção de candidatos por parte dos entrevistadores. Apresentamos a seguir algumas regras simples que ajudam o candidato a transmitir confiança e a marcar uma presença firme perante as pessoas que a estão a avaliar. • Aperto de mão firme com seu entrevistador, mesmo que seja do sexo oposto. • Se estiver sentado quando o entrevistador entra na sala, levantar para apertar a sua mão. • Se for uma secretária e tiver até 3 pessoas, aperte a mão de todas quando chegar à sala. • Evitar apertos de mão ―mole‖, e também não apertar em excesso, ser firme, apenas.
  12. 12. Apresentação. • A apresentação é a primeira imagem que transmitimos da pessoa e profissional que somos, é um ponto-chave a ter em conta porque pode definir desde logo uma empatia entre ambas as partes na entrevista de emprego. • Evitar prolongar demasiado o aperto de mão. • Aproveitar a sequência do momento fazer uma clara apresentação. • Manter o contato visual. • Prestar atenção ao que o entrevistador responder. • Não esquecer o nome do apresentador, muito menos pedir que ele repita o seu nome. • Fuja de fórmulas prontas, seja cordial. ―Bom dia, meu nome é António Silva, como vai?‖ é uma frase muito melhor do que as inúmeras frases decoradas que já ouvi de candidatos. • Lembrar que o entrevistador procura não apenas um profissional competente, mas também uma pessoa agradável de conviver e de ter na sua equipe. • Não passar uma sensação de desânimo ou abatimento. Se lhe oferecerem café ou água, aceite, e tome ao longo da entrevista, com naturalidade.
  13. 13. Buscar a sintonia. • Depois da apresentação, a comunicação quer verbal quer corporal é uma ferramenta chave para criar uma empatia com o entrevistador. Para que tal aconteça deve prestar o máximo de atenção a: • Dar o máximo de atenção à comunicação do entrevistador. • Manter o contato visual com o entrevistador. • Subtilmente podemos copiar algumas posições corporais e a respiração do entrevistador para que a mente dele nos identifique como aliados. A melhor maneira de se sentir aceite é discretamente copiar algumas posições e palavras do entrevistador, sem que dê imagem de ―macaquinho de imitação‖. • Não olhar para a janela ou para o relógio, ou dar quaisquer sinais de distração ou de aborrecimento. • É importante realizar todos estes aspectos com o máximo de naturalidade e não transmitir rigidez e inflexibilidade.
  14. 14. Comunicar com clareza. • A nossa forma de comunicar diz tudo sobre nós, assim é muito importante prestar atenção à forma como comunicamos a fim de transmitirmos uma imagem correta de acordo com o nosso objetivo pré-definido. • Ter atenção ao volume da comunicação, tente igualar o entrevistador. • Pronunciar todas as palavras devidamente. • Transmitir as respostas com frases completas, sem reticências. • Usar a voz ativa e com frases afirmativas (não suscitar climas de dúvidas?). • Transmitir confiança, determinação e certezas. • Mostre que você é de confiança usando uma comunicação clara, transparente e bem fundamentada.
  15. 15. Permitir-se errar e sobreviver. • Uma questão essencial é, em primeiro lugar, não tentar abordar questões que não domine e que não tem segurança para defender e fundamentar o seu ponto de vista. No entanto não é grave cometer um erro ou dizer algo errado desde que se saiba lidar com essa questão. Assim, caso sinta que cometeu um erro ou gafe na entrevista de emprego permita-se: • Assumir o erro com naturalidade. • Corrigir o erro com classe. • Assuma que está um pouco ―acelerado‖ devido ao entusiasmo e interesse pelo emprego, o que o levou a precipitar-se. • Respire fundo e mantenha a calma. • O bom entrevistador ira valorizar a forma sábia como assumiu o seu erro e se permitiu corrigir. • É um ponto a favor mostrar que se sabe lidar com situações adversas com classe.
  16. 16. Ter atenção às piadas. • Evite fazer piadas, e apesar de que o entrevistador deva também evitar fazer piadas ou dizer graçolas, se ele o fizer mostre que compreendeu e por cortesia não ria de modo artificial. Dê um sorriso e deixar a conversa prosseguir.
  17. 17. Escutar com sabedoria. • Muitas vezes o nosso cérebro está tão acelerado com a necessidade de provar a nossa competência que deixamos de escutar. É fundamental prestar grande atenção à comunicação do entrevistador e entregar-se de corpo e alma enquanto ele comunica. Para que esse processo seja bem sucedido tente: • Escutar as perguntas até ao fim, sem interromper. • Se não entendermos, devemos pedir ao entrevistador que esclareça e só depois devemos responder. • Quando não for clara, a comunicação do entrevistador, pedir tranquilamente que especifique a sua questão, para assim evitar responder erradamente à questão colocada.
  18. 18. Responder com sabedoria. • Não responda apenas por responder, tente adicionar valor ás respostas que dá. Na entrevista de emprego as suas capacidades serão testadas de diversas formas, tente ser prático nas respostas mas evite ser demasiado seco, um ―sim‖ ou um ―não‖ deverá ser sempre alongado. • Evitar fugir a qualquer resposta, enrolar ou tentar confundir o entrevistador. • Ser claro, direto e sucinto na forma de comunicar e no tipo de respostas a questões. • Não exagerar, se uma pergunta poder ser respondida com um ―sim‖ ou um ―não‖, elabore o suficiente para esclarecer o motivo ou complementar a resposta. • Demonstrar interesse e iniciativa. • Fazer jogo limpo. • Dizer sempre a verdade, sob pena de se confundir. • Não fugir a temas que o intimidem. • Jamais falar mal da antiga empresa e empregadores da empresa onde trabalhou anteriormente.
  19. 19. Fazer perguntas. • Geralmente no final de cada entrevista é aberto um pequeno espaço para perguntas. O entrevistador espera ouvir questões sobre o salário, horários e benefícios. É importante que o surpreendamos positivamente com perguntas objetivas sobre: • A atividade ou cargo desempenhado. • A situação do mercado. • Até mesmo como o entrevistador começou a sua carreira nessa mesma empresa, caso se identifique com o cargo da área à qual se candidata. • Mesmo que não seja aberto espaço a perguntas, pode faze-las com segurança desde que não seja invasivo.
  20. 20. Despedida com cortesia. • A despedida é uma última oportunidade de marcar a sua presença de uma forma positiva na entrevista de emprego. O sorriso genuíno é uma demonstração de segurança e tranquilidade. Pode também: • Cumprimentar o entrevistador. • Agradecer o tempo e a disponibilidade. • Não procurar confirmar os contatos a não ser que o entrevistador solicite, eles devem estar já corretos no currículo apresentado previamente, e o qual devemos ter cópias também no momento caso seja solicitado como forma de consulta e confirmação de algum dado.
  21. 21. Entrevista de emprego Parte 2 – Perguntas e Respostas
  22. 22. Fale-nos sobre si. • Acima de tudo deve ser honesto, a resposta deve ser rápida, sucinta e acima de tudo como se o trabalho fosse a coisa mais importante na sua vida. • Sou uma pessoa sociável com grande facilidade nas relações inter e intra pessoais. • Sou bastante paciente. • Enorme capacidade de comunicação. • Sou um bom ouvinte. • Uma excelente capacidade de liderança e entendo a liderança como uma extraordinária oportunidade de crescimento, fazendo de mim uma pessoa fácil de liderar. • Para mim o investimento e crescimento pessoal uma das minhas e principais realizações. • Sou uma pessoa dinâmica e perfeccionista.
  23. 23. Quais as suas perspectivas/objetivos a curto e a longo prazo? • Tente entender quais são os objectivos da empresa e tente que os seus objectivos se enquadrem um pouco nos objectivos da empresa, especialmente dos objectivos do cargo ao qual se está a propor. As respostas que tenham a ver com ―ganhar bem‖ ou ―reformar-se‖ estão completamente proibidas.
  24. 24. O que o levou a enviar o currículo à nossa empresa? • Estude a empresa antes de ir à entrevista, faça uma demonstração dos seus conhecimentos relativamente à empresa onde se apresenta e o ramo empresarial onde se enquadra. Se tiver alguma dificuldade faça documentos escritos que o ajudem a estruturar o seu estudo sobre o assunto. Mostre-se interessado e sabedor sobre: • A actividade da empresa. • O posicionamento da empresa é importante para o percurso de qualquer profissional. • Informe-se detalhadamente sobre essa empresa e o seu mercado e desenvolva esse conhecimento como uma ferramenta para a sua auto-promoção.
  25. 25. Qual a decisão mais difícil que tomou até hoje? • Esta questão é uma forma de perceber qual a sua capacidade de agir sobre pressão, de como age quando é confrontado com desafios, dúvidas e qual a sua capacidade de acção tendo em conta as consequências e o resultado das suas decisões. A sua capacidade de análise e de resposta em momentos de tensão reflecte a confiança que tem na sua capacidade de tomar decisões e agir da melhor maneira, no momento certo e obter os melhores resultados.
  26. 26. O que procura num emprego? • Nesta resposta é essencial focar pontos chave que irão ser fundamentais para a sua auto promoção. Mostrar sempre que é importante para si estar em constante evolução e que o crescimento pessoal, o desenvolvimento profissional, novos desafios, envolvimento com novos profissionais, a participação em diferentes projectos ou organizações de sucesso, serão sempre uma enorme realização. E que esta interacção e intercambio pessoal e profissional entre ambas as partes contribuem para a sua evolução enquanto ser e para o crescimento e sucesso da empresa em que estiver inserido.
  27. 27. Você é capaz de trabalhar sob pressão e com prazos definidos? • Uma empresa busca sempre pessoas dinâmicas e auto-confiantes e que saibam responder positivamente em momentos de desafio, logo responder um ―NÃO‖ significa que está a reduzir as suas hipóteses de ser eleitos para o cargo ao qual se está a candidatar. • É muito importante que demonstre habilidade e agilidade de decisão e acção, pode também ilustrar essa sua habilidade com exemplos de experiências já vivenciadas.
  28. 28. Dê-nos um motivo para o escolhermos a si em vez de outro profissional? • Muitas pessoas sentem dificuldade em evidenciar e falar sobre as suas qualidades, no entanto é muito importante saber destacar o seu potencial e saber valoriza-lo porque significa que tem consciência das suas qualidades. Aqui é onde o empregador vai entender qual a sua consciência sobre si mesmo e qual a sua auto-estima. Neste momento vai ter de ―vender‖ o seu ―produto‖ e para que tal aconteça é essencial que saiba destacar as suas qualidades. • Pode então focar: • Quais as suas competências (especialmente as que se enquadram no perfil da função que pretende nesta empresa) • O seu perfil profissional (o que se destaca em si como mais valia para a função que se está a candidatar) • Que benefícios e lucros poderá a empresa obter com a sua colaboração.
  29. 29. O que faz no seu tempo livre? • Nesta resposta é necessário que seja totalmente sincero, no entanto é importante que tenha a consciência que o tipo de hobbies que faz diz tudo sobre quem é. Se é dinâmico, se gasta o seu tempo com coisas fúteis, se as actividades que faz são didácticas e ajudam no seu desenvolvimento, físico, psíquico e emocional. Sobretudo demonstram não só a sua capacidade de gerir o tempo, quais as suas preocupações com o seu desenvolvimento pessoal e facilidade que tem no relacionamento interpessoal.
  30. 30. Quais são as suas maiores qualidades? • Dinamismo • Empenho. • Responsabilidade. • Entusiasmo. • Criatividade. • Persistência. • Dedicação. • Iniciativa. • Competência. • Capacidade de liderança. • Boa comunicação inter e intra pessoal.
  31. 31. E pontos negativos/defeitos? • Neste ponto é preciso ter muita atenção para não minar o seu caminho na conquista do cargo ao qual se candidatou. Jamais referir aspectos como, desorganizado, desmotivado ou dificuldade em cumprir tarefas. A sua resposta aqui pode ser manipulada a seu favor, assim o truque é transmitir uma resposta partindo de aspectos que normalmente são considerados uma qualidade mas agravando-os de forma a parecer um ―defeito‖. Ou seja: • Ser exigente demais. • Ser perfeccionista. • Muito auto-crítico. • Demasiado persistente.
  32. 32. Que avaliação faz da sua última (ou atual) experiência profissional? • Uma dica extremamente importante, jamais se deve queixar e criticar a empresa ou os seus colaboradores. É muito importante que sejam apresentados aspectos positivos sobre a empresa, ambiente de trabalho, ou o produto/serviço da empresa. Se começar a referir aspectos negativos o entrevistador pode concluir que irá fazer o mesmo posteriormente relativamente a esta empresa. Pode referir que a empresa anterior era uma excelente empresa no entanto você aspira a novos desafios e oportunidades para colocar o seu máximo potencial ao serviço do desenvolvimento de uma empresa bem colocada no mercado e com uma visão de mercado superior.
  33. 33. Até hoje, quais foram as experiências profissionais que lhe deram maior satisfação? • É importante que seja sincero, no entanto deve justificar bem os motivos. Deve referir as experiências mais recentes e as que se enquadram melhor nos objectivos do cargo ou da empresa. • Seleccionar as experiências que: • Proporcionaram grandes desafios e crescimento pessoal e profissional. • Representem pontos-chave na ascensão profissional. • Façam referência a profissionais ou empresas reconhecidas nessa área de trabalho.
  34. 34. Dinâmica de grupo
  35. 35. vídeo • https://www.youtube.com/watch?v=i3xIm38WZDQ • Jornal Hoje - dinâmica de grupo • https://www.youtube.com/watch?v=RjFufr1Yc2w • Dicas – IBM
  36. 36. Dicas • Iniciativa - Candidatos que deixam para falar por último, passam a impressão de serem muito cautelosos ou terem pouca iniciativa. Mas se essa não é uma característica da sua personalidade, não se force a falar antes de todos só porque sabe que isso é um ponto de avaliação importante. O recrutador perceberá rapidamente se a atitude estiver sendo forçada. • Determinação - Essa qualidade não deve ser confundida com obsessão. Cuidado para não exagerar quando quiser demonstrar que sabe perseguir um objetivo. • Criatividade - Candidatos criativos são geralmente observados com atenção pelos recrutadores. Saber usar a criatividade nas horas certas é uma grande qualidade. Apenas fique atento para não abusar desse recurso e transmitir a impressão errada. • Conhecimento - Embora sejam mais bem analisados na entrevista individual, mostrar conhecimentos gerais durante a dinâmica de grupo impressiona bastante. E para isso você pode se preparar. Leia bastante, atualize-se sobre o que se passa no mundo. Tome cuidado apenas para não parecer esnobe e arrogante. • Habilidades de relacionamento - Esta é definitivamente uma das características mais avaliadas em uma dinâmica de grupo. Enfatizamos: não tente ser o que você não é, aja naturalmente.
  37. 37. Brainstorming https://www.youtube.com/watch?v=RIXwHQ4NpNw &feature=youtu.be https://www.youtube.com/watch?v=ICxBDZDQ7LQ
  38. 38. 1. Comece com o problema • Toda reunião deve começar com a definição clara do problema. Ela determina o propósito do brainstorming. Ao longo do encontro, as pessoas devem se ater a esse assunto sem perder o foco.
  39. 39. 2. Quem e para quê • Antes de começar, tenha certeza de que o grupo tem conhecimento profundo sobre as necessidades dos interessados em encontrar uma solução. Essa é uma das mudanças do novo modelo: saber exatamente quais são os objetivos.
  40. 40. 3. Ambiente favorável • Garanta que as pessoas se sintam confortáveis no local em que o brainstorming será realizado. Considere, até, conduzir o processo fora do contexto do ambiente de trabalho — isso pode levar as pessoas a pensar de maneira diferente.
  41. 41. 4. Inspire-se • Minutos antes do início, é importante orientar os participantes a "alimentar a mente". Revisar tudo o que se sabe sobre o problema ou ler um estudo de caso sobre a solução. O intuito é inspirar.
  42. 42. 5. Ideias nascem na mente • Grupos não têm mente. Portanto, antes de iniciar, é interessante que cada participante desenvolva suas próprias propostas para o problema — e que sejam anotadas e registradas. Pode-se, por exemplo, instigar os participantes a pensar sobre alternativas para cada objetivo do brainstorming, pedindo que eles indiquem qual é a melhor delas.
  43. 43. 6. Discussão coletiva • Para evitar que uma ou duas pessoas dominem a conversa, deixando ideias de lado, a recomendação é que sejam usadas todas as anotações dos participantes envolvidos, feitas na etapa anterior. "Isso garante que ninguém fique sem voz", diz o professor Ralph Keeney. • Outra ideia é que o moderador do brainstorming nunca deixe uma pessoa apresentar todas as suas alternativas de uma vez. Ele deve circular perguntando se há alguma sugestão que não foi discutida, para que todos participem.
  44. 44. 7. Abra a torneira de ideias • Quantidade produz qualidade. É preciso acumular o máximo de ideias para que se • possa descartar as ruins e medianas e ficar com as boas.
  45. 45. DESAFIO! • https://www.youtube.com/watch?v=_VUUFfFC11Y& feature=youtu.be
  46. 46. Inteligência Emocional Janela de Johari
  47. 47. Janela de Johari
  48. 48. Trabalho em Equipe https://www.youtube.com/watch?v=TK6Z JUGdm5g
  49. 49. A importância de se trabalhar em equipe • O que fortalece o trabalho em equipe? • ENTUSIASMO • COOPERAÇÃO • SOMA DE HABILIDADES E CONHECIMENTOS • COMPARTILHAMENTO DE OBJETIVOS • SUPERAR DIFICULDADES JUNTOS
  50. 50. Pontos Positivos de se trabalhar em grupo • Aumento da aceitação de uma decisão; • Espaço para aumentar seu networking; • Geração de novas ideias; • Variedade de pontos de vista;
  51. 51. O que NÃO fazer numa equipe • Criticar constantemente as ideais e as pessoas; • Exibir exageradamente os próprios feitos e problemas; • Se apropriar da ideia dos outros; • Ter ego forte e ser descontrolado; • Ser indiferente ao bem estar dos outros; • Invadir o espaço pessoal; • Ser ríspido com as pessoas; • Ser intransigente em tomar atitudes em beneficio geral; • Ser intolerante a criticas; • Ser apático e não ter iniciativa; • Ter pouca dedicação as tarefas que dizem respeito ao grupo; • Ser evasivo para fugir de responsabilidades; • Ser descontrolado emocionalmente diante dificuldades
  52. 52. O que SIM deve ser feito em grupo • Ter prontidão para cooperar; • Ter capacidade de apoiar os outros em momentos difíceis; • Ser cortês e manter sempre o bom humor; • Ser educado ao tratar os outros; • Manter as expectativas sintonizadas com as da equipe; • Não gerar e nem alimentar polêmicas inúteis; • Controlar a ansiedade de falar ou agir, para não sair atropelando os outros; • Tentar sempre resolver os conflitos, sem fingir que eles não existem; • Tratar todos iguais, sem discriminação, • Não exagerar na gravidade dos problemas; • Saber ceder em favor do grupo; • Aceitar restrições tendo em vista os objetivos do grupo; • Ser flexível par se ajustar ou chegar a um meio termo • Ter interesse nos outros como fonte de informação ou aprendizado
  53. 53. Empregabilidade https://www.youtube.com/watch?v=8Sm y6CZYyyI
  54. 54. O que faz diferença na hora de DEMITIR alguém?
  55. 55. Empregabilidade • É o conjunto de competências e habilidades necessárias para uma pessoa manter-se empregada.
  56. 56. Dicas p/ não errar: • Faça o seu trabalho, sendo proativo sempre que puder porém com itens que geram valor a empresa; • Desenvolva um bom relacionamento interpessoal; • Demonstre motivação e interesse na sua função; • Gerencie seu tempo a seu favor; • Faça comentários positivos; • Resolva sempre seus problemas, principalmente os de relacionamento com outros colaboradores; • Cuidado com os comentários fora da empresa;
  57. 57. O que fazer para alavancar sua carreira • Mantenha-se atualizado; • Participe de eventos, aumente seu network; • Melhore sua comunicação e abra as portas para novas ideias; • Proponha alternativas quando estiverem com um grande problema; • CONTINUE ESTUDANDO; • Seja flexível; • Não desperdice seu tempo; • Mantenha-se informado; • Seja pontual; • Seja focado;
  58. 58. O que fazer para alavancar sua carreira • Trabalhe como se a empresa fosse sua; • Mostre desejo por aprender; • Seja sempre apresentável; • Compartilhe conhecimento; • Seja organizado; • Tenha atos empreendedores; • Seja humilde e simples; • Seja interessado por aquilo que faz; • Assuma novas responsabilidades; • Cuidado com imprevistos; • Tenha sempre bom humor; • Aceite as criticas; • Seja um lider
  59. 59. Quebra de Paradgima https://www.youtube.com/watch?v=kDa E3I3S8qY
  60. 60. Conceito de paradigma • É a forma como você percebe o mundo. É aquilo que acreditamos como verdade, INCONTESTAVEL.
  61. 61. Paradigmas do trabalho ANTIGO NOVO O emprego nunca irá acabar O empregado hoje é quem precisa cuidar da sua empregabilidade Empregados são subalternos Empregados são colaboradores e parceiros Só trabalho com carteira assinada É preciso fugir das ideias antigas e quebrar paradigmas Quem sabe mais, ganha mais Quem sabe antes. Ganha mais Saber fazer é mais importante Saber fazer é mais importante A empresa maior vence a menor A empresa mais ágil vence a mais lenta O importante é ter opinião forte O importante é ser flexível Fuja das ameaças Transforme as ameaças em oportunidades Conhecimento é poder Execução é poder O consumidor não perdoa o erro da empresa A empresa precisa aprender a lidar com os erros O gerente quem manda O gerente é um líder
  62. 62. Indicação de filme: • O show de Truman; • Inception; - a origem
  63. 63. Automotivação https://www.youtube.com/watch?v=LD7 xfw8IpD0
  64. 64. O que é automotivação? • É encontrar bons motivos para manter-se sempre motivado com seu trabalho, está diretamente ligado com seu desempenho e com sua autoestima também.
  65. 65. Busque novos desafios dentro de você • Muitas vezes achamos que o responsável pela nossa desmotivação é a empresa, ou nossa função. • As pessoas pensam que buscando um novo emprego estará tudo resolvido, e não é verdade. • Procure na sua própria empresa projetos internos, cursos internos ou maneiras de estar mais motivado com seu trabalho.
  66. 66. Desenvolva projetos em grupo • Quando desenvolvemos projetos que não são 100% nossos podemos descobrir novos desafios para nossa carreira e isso gera crescimento profissional.
  67. 67. Cresça sempre! • Aproveite todas as oportunidades de crescimento profissional: • Projetos paralelos; • Palestras; • Co-lab de trabalho; • Trabalho de pesquisa; • Cursos; • Viagens de trabalho; • Nunca se acomode pensando que já sabe demais sobre sua área; • Aproveite cada estágio da sua carreira profissional, mesmo as mais difíceis
  68. 68. Marketing Pessoal
  69. 69. 1ª O todo vale mais que a soma das partes • Um plano de marketing é como um cocktail, fácil de elaborar e os seus ingredientes juntos dão um resultado bem mais apreciado como um todo. Imagem pessoal Falar corretamente Autoestima
  70. 70. 2ª O impacto na vida social e profissional • Ter um plano estratégico de promoção pessoal é uma forma eficaz de aumentar a probabilidade de obter melhores resultados nos seus objetivos e realizações sejam elas pessoais ou profissionais.
  71. 71. 3ª Um impulso extra • Estar bem preparado e bem estruturado mais facilmente poderá passar à frente de outros elementos concorrentes da área profissional a que pretende propor.
  72. 72. 4ª Preparado para os desafios • Se tornar o Marketing pessoal estará sempre apto e cada vez mais bem preparado para enfrentar os desafios pessoais e profissional.
  73. 73. 5ª Estar preparado para as oportunidades • O marketing pessoal cria novas oportunidades pessoais, e novas oportunidades de negócios, geralmente, significam mais dinheiro. Então, tudo depende apenas de si.
  74. 74. 6ª A criação de relações • Um plano de organização pessoal e marketing implica a conquista de novos ciclos de amizade, o que a curto ou longo prazo irá ser uma mais valia na sua vida pessoal e profissional. Todas estas questões podem criar uma nova perspectiva de prazer, satisfação e realização.
  75. 75. 7ª Reconhecimento pelo valor obtido • O esforço de organização, mais uma boa estrutura suportada nos estudos e formação complementar, assim como a boa experiência profissional podem trazer um positivo reconhecimento pessoal, social e profissional.
  76. 76. 9ª A conquista dos sonhos “impossíveis” • Para além da realização como pessoa e como profissional, poderá estar a caminho e bem perto da realização dos seus sonhos pessoais, dos seus sonhos de viagens e de muitos outros sonhos, até então impossíveis, poderão ser conquistados através do sucesso obtido com o marketing pessoal
  77. 77. 8ª Status • O sucesso pessoal e profissional e respectivo reconhecimento facilmente se traduzem em status social.
  78. 78. 10ª Realização como um todo • A realização profissional é um elemento fundamental na realização como pessoa, quando conquistada promove uma sensação de fantástica de poder e satisfação. É como subir mais alto na montanha da realização e conquistar um lugar de sucesso. Inicie agora o seu processo pessoal de Marketing pessoal e seja a chave do seu sucesso.
  79. 79. Etiqueta Profissional https://www.youtube.com/watch?v=VQ9 PTdOn7jE
  80. 80. PONTUALIDADE • Uma regra básica que, apesar de indispensável, é uma das mais desrespeitadas; • Não se pode atrasar, salvo se ocorrer uma situação absolutamente imprevisível; • Uma das atitudes mais desagradáveis no ambiente de trabalho, são os atrasos; • Programa sua agenda com uma folga de 10 a 15 minutos, entre uma atividade e outra para compensar os imprevistos; • Chegue na hora marcada e, caso não consiga evitar o atraso, ligue avisando e se desculpando.
  81. 81. REUNIÕES • Você que convocou a reunião, chegue antes dos convidados. • É muito deselegante atrasar-se e deixá-los esperando. A não ser que haja um motivo realmente sério ou um imprevisto, o atraso é injustificável; • Lembre-se que várias pessoas esperam por você! Assuma o compromisso com o horário marcado; • Cada participante deve esperar a sua vez para falar. Não faça interpelação no meio de uma conversa. Aguarde o momento em que possa falar sem interromper, se não conseguir peça licença, faça um sinal e espere a sua vez. • OBS: Sirva água para todos os participantes da reunião .
  82. 82. AO CUMPRIMENTAR • Na saudação, jamais cumprimentar alguém com a mão mole ou tocando somente as pontas dos dedos. O aperto de mão deve ser firme, sem ser agressivo ou exagerado, com três sacudidas compassadas. A intenção não é estraçalhar os dedos da outra pessoa. Sorria e olhe nos olhos da pessoa enquanto a cumprimenta; • O ―tapinha nas costas‖ e ―os beijinhos‖ devem ser evitados, a menos que haja grande intimidade entre essas pessoas e que a ocasião permita esse tipo de carinho; • Se a pessoa apresentada não esticar a mão para receber o cumprimento (por descortesia), retire a mão, mas continue a apresentação.
  83. 83. AO CUMPRIMENTAR • Para apresentar alguém a um grupo, aproveite o momento em que estiverem reunidos, lembrando que estão dispensados os apertos de mão; • Ao se apresentar a alguém, não se intitule doutor, professor ou mestre, todos saberão no momento oportuno. Você deve apenas dizer o seu nome e, se for o caso, a função que representa (gerente, supervisor, coordenador, etc); • O homem, se estiver sentado deve se levantar. Se não se levantar pode parecer que está desinteressado ou alheio; • A mulher, se estiver sentada só deve levantar-se se a pessoa apresentada for a anfitriã ou uma senhora de idade, e pode cumprimentar apertando as mãos.
  84. 84. TELEFONE • Procure atender no máximo até o terceiro toque; • Ao atender ao telefone, diga: SEFAZ, seu nome e bom dia ou boa tarde. Em seguida pergunte "em que posso ajudar?―; • Evite perguntar "quem fala?". Só faça esta pergunta se não conseguir identificar quem está falando; • Em hipótese alguma atenda o telefone na SEFAZ com as expressões: ― meu amor‖, ―querida‖, ―meu bem‖, ―amado‖, ―amiga‖, ―linda‖, etc.; • Tenha sempre papel e caneta e anote os recados; pergunte se a pessoa pode falar naquele momento;
  85. 85. TELEFONE • Use o telefone de forma objetiva e racional, não fique conversando assuntos corriqueiros ao telefone; • O recordista em gafes é o celular. Seu uso indiscriminado demonstra a mais elementar falta de educação; • A escolha do toque do seu celular é essencial. Evite os toques escandalosos demais no ambiente de trabalho que tira a concentração de todos; • Desligue o celular ou deixe na opção ―Silencioso‖, quando estiver em sala de aula, cursos, seminários, palestras, reuniões, encontros, eventos, e também em cinemas, teatros e restaurantes;
  86. 86. TELEFONE • Quando o interlocutor estender demais a conversa, não percebendo que está na hora de desligar, uma saída educada é interromper a conversa dizendo que alguém está chamando e precisa desligar; • Não deixe o telefone fora do gancho; • Não mastigue ao telefone. Mesmo o som de uma simples bala, chiclete ou pastilha é percebido pelo interlocutor e pode ser interpretado como pouco caso seu; • Se estiver aguardando uma ligação urgente e importante, deixe o celular com a recepcionista ou peça que lhe mandem mensagens, sendo uma emergência, peça licença, saia do recinto, fale baixo e não demore; • Se estiver aguardando uma ligação urgente e importante, deixe o celular com a recepcionista ou peça que lhe mandem mensagens, sendo uma emergência, peça licença, saia do recinto, fale baixo e não demore.
  87. 87. INTERNET • Acesse somente os sites que tenham relação com os serviços • prestados e/ou informações solicitadas; • Não repasse e-mails duvidosos, correntes, piadas, boatos e responda rapidamente todos os email’s; • Use a internet para aprimoramento pessoal e profissional. • Não acesse sites alheios às suas atividades, em seu ambiente de trabalho; • Evite usar o skype corporativo para diálogos particulares; • Não navegue enquanto estiver prestando atendimento, salvo se a informação solicitada for encontrada na internet.
  88. 88. E-MAIL • Preste atenção na gramática, ortografia e na pontuação. As palavras devem ser digitadas corretamente, e o ―internetês‖ deve ser abolido nas informações comerciais e institucionais, observe a correção ortográfica e gramatical; • Não use expressões de intimidade, do tipo ―querida‖, ―gato‖, ―amados‖, ou coisas do gênero em mensagens profissionais, mesmo que você seja íntimo do destinatário da mensagem; • A despedida deve ser de preferência: ―atenciosamente‖, ―saudações‖, nunca com ―beijos‖; • Por mais breve e simples que seja o email, é importante que tenha saudação e assinatura no início e no fim da mensagem;
  89. 89. E-MAIL • Faça o uso de arquivos anexados, deixando o email menos extenso. Seja claro e objetivo. Produza textos de leitura fácil e separe os parágrafos com linhas em branco. Use no máximo 70 toques por linha; • Nunca envie emails com temas e imagens eróticas, engraçadinhas ou algo do gênero no ambiente profissional; • Comunique o assunto, poupando que o destinatário abra mensagens com conteúdo impróprio em seu ambiente de trabalho, causando constrangimentos.
  90. 90. ELEVADOR • Quando você for subir ou descer no elevador aperte o respectivo botão somente uma vez! Ficar, batendo no botões não fará com que o elevador chegue mais rápido ou mude o seu trajeto; • Respeite a carga indicada no elevador. O uso inadequado certamente vai danificar o equipamento, prejudicando a todos os usuários; • Se você não tem restrições ou limitações, use escada quando puder, é bom para a saúde; • Os homens devem segurar a porta para a mulher. Da mesma forma, os idosos têm a preferência; • A pessoa que entrar deve cumprimentar aqueles que já estão no elevador
  91. 91. ESTACIONAMENTO/ TRÂNSITO • Não estacione em local que não seja permitido; • Quando estacionar, ocupe somente uma vaga; • Respeite o limite de velocidade!; • Não jogue papéis, latinhas ou quaisquer lixos pela janela, seja no estacionamento ou na rua; • Os pedestres tem a preferência para atravessar; • Seja educado e dê passagem ao outro veículo quando necessário; • Respeite as vagas privativas.
  92. 92. RELACIONAMENTO PESSOAL/PROFISSIONAL • Cumprimente as pessoas. Nada mais antipático do que o profissional que ignora os subordinados e só cumprimenta os superiores; • Uma recomendação muito importante: ―Bom dia" ―Por favor‖, • ―Com licença‖, ―Obrigado‖(homem) e ―Obrigada‖ (mulher), palavras importantes para o relacionamento diário com os colegas de trabalho e demais pessoas que estejam a sua volta; • Se alguém lhe pedir um pequeno favor, uma ajuda no trabalho, e você puder atender, faça;
  93. 93. RELACIONAMENTO PESSOAL/PROFISSIONAL • A boa convivência depende da reciprocidade entre as pessoas, principalmente a empatia e a boa vontade, com seus colegas; • Procure falar a verdade. Mesmo as chamadas "mentiras brancas" podem complicar sua imagem profissional; • Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=8Smy6CZYyyI • Se por exemplo, você precisar faltar em razão de algum motivo pessoal, conte a verdade ao seu Gerente e não invente doenças ou lutos. Uma pequena mentira pode causar grandes problemas; • O Gerente deve ter convicções em suas decisões e ao disponibilizar um colaborador, deve especificar os motivos, que inclusive poderão propiciar o desenvolvimento dessa pessoa em outra gerência;
  94. 94. RELACIONAMENTO PESSOAL/PROFISSIONAL • Se você precisar criticar ou repreender alguém, sobretudo se for um subordinado, evite fazê-lo na frente dos outros. Chame a pessoa na sua sala ou a algum lugar privado e converse objetivamente sobre a falha; • Não misture críticas profissionais com pessoais; • Não agrida ou insulte o interlocutor com palavras grosseiras ou rudes; • Siga a regra universal: elogios públicos, críticas privadas; • Uma imagem pode levar muito tempo para ser construída, mas pode ser destruída em um minuto;
  95. 95. BOM COMPORTAMENTO • É necessário saber a hora de dizer ―SIM‖ e ―NÃO‖, com delicadeza, principalmente quando a situação pode gerar ações não éticas ou ainda ilegais, dentro da organização; • Cordialidade, sim. Intimidade, não; • Nas relações profissionais não é permitido chamar as pessoas de ―meu bem‖, ―amor‖, ―lindinha‖, e todas as variações do gênero; • Não fale pegando nas pessoas. Mantenha uma distância razoável, não gesticule demais; • Não dê gargalhadas ou fale alto em seu trabalho Você vai atrapalhar o seu colega ao lado ou da Unidade vizinha.
  96. 96. CONFRATERNIZAÇÃO • Não se deixe levar pelo clima de confraternização. Evite fazer declarações de amor, ter ataques de sinceridade ou dizer ao chefe que não gosta de como ele conduz o trabalho em equipe; • Lembre-se: Você vive em sociedade, portanto, seja contido em relação à bebida em público, pois a imagem e os seu atos estão sempre associados à empresa na qual trabalha. Qualquer atitude inadequada, mesmo fora de seu ambiente de trabalho, reflete como um espelho, na sua vida profissional; • Não leve acompanhantes, a não ser que tenha sido combinado antes.
  97. 97. BEBIDA E POSTURA • Para os eventos profissionais valem também as regras de boas maneiras anteriormente citadas e mais algumas recomendações: • Mantenha a postura. Beba pouco e tome dois goles de água antes de cada copo de álcool. Você beberá menos e sentirá menos os efeitos do álcool; • Em coquetéis e reuniões, evite a bebida e em último caso, seja bem moderado e controlado; • Poucas coisas podem ser tão destrutivas para a imagem do profissional quanto o hábito de misturar bebida e trabalho.
  98. 98. NAMORO • Se for inevitável e você estiver namorando um colega, discrição é o principal mandamento; • É preciso evitar as demonstrações de afeto e manter o relacionamento estritamente no campo profissional enquanto vocês estiverem dentro da Organização; • Respeite o seu horário de trabalho, não namore pelos corredores ou ao telefone, email, msn coorporativo e similares; • O namoro é para o final do expediente e em outros locais
  99. 99. CIGARRO • O cigarro faz mal ao ―Fumante‖ e às pessoas que estão por perto (Fumantes Passivos); • Mesmo que você esteja em um local onde possa fumar, não jogue as cinzas ou ―bituca‖ de cigarro nas plantas ou no chão/pátio; • Fumar em horário de trabalho, atrapalha o seu crescimento e desempenho profissional; • Durante o horário de trabalho, procure segurar a vontade de fumar e deixar para mais tarde. Não deixe o vício te dominar e prejudicar a sua imagem na organização; COMPROVADAMENTE O CIGARRO FAZ MAL À SAÚDE!
  100. 100. MATEMÁTICA DO TEMPO • 15 minutos de atraso pela manhã e mais 15 minutos no período da tarde = 30 minutos; • 05 minutos para tomar água e 10 minutos para uso do banheiro = 30 minutos; • 10 minutos para a conversa nos corredores com os colegas e uns 20 minutos ao telefone, representa mais 60 minutos; • 30 minutos de acesso na internet lendo as notícias e outros interesses = 60 minutos; • 180 minutos + 2 horas de almoço = total de 5 horas;
  101. 101. MATEMÁTICA DO FUMANTE • Se além dessas 5 horas... • Cada servidor sair da sua mesa de trabalho para fumar no pátio 3 vezes de manhã e 3 vezes à tarde, gastando 15 minutos a cada saída, representam 90 minutos + 300 minutos, o total gasto é = 6h, restando apenas 2h para trabalhar. • Multiplicando-se por 6h por 5 dias e 4 semanas, equivalem =120h mensais. • Considerando que na SEFAZ existem aproximadamente 2.200 (dois mil e duzentos servidores); • Representam 264.000h não trabalhadas.
  102. 102. APRESENTAÇÃO PESSOAL • A roupa de trabalho transmite conceitos e códigos de valores da organização; • A escolha da roupa é diferente para o final de semana ou lazer, situações em que a moda pode ser uma opção; • Você deve se sentir confortável, e a roupa adequada à ocasião. Opte por roupas que priorizem versatilidade, e não só a beleza; • Liberdade significa responsabilidade mesmo na forma de vestir. Use sempre o bom senso;
  103. 103. APRESENTAÇÃO PESSOAL • Se você lida com o público, sua imagem deve comunicar eficiência e gentileza; • A maneira como uma pessoa se veste pode ser uma pista para saber se ela respeita o ambiente, é desleixada, tem disciplina, é social ou introvertida, dinâmica, moderna ou clássica; • Profissionalmente, sempre é melhor chamar a atenção pela elegância porque a ousadia ou irreverência, são incompatíveis com o ambiente de trabalho; • Escolha peças práticas, econômicas e versáteis, que não interfiram no estilo individual e tipo de trabalho; • Adote tendências com critério, sem carregar na sobriedade e nem escorregar nos exageros.
  104. 104. APRESENTAÇÃO NO TRABALHO • MULHER: • Decotes e transparências devem ser abolidas; • Prefira batom e esmalte claros, saias na altura do joelho e tailleurs; • Cuidado com babados e rendas; nunca deixe as roupas íntimas visíveis; • Cuidado com o colo e costas à mostra, com o uso de decotes exagerados; • Não exagere no perfume, prefira colônia fresca ou lavanda;
  105. 105. APRESENTAÇÃO NO TRABALHO • MULHER: • Maquiagem deve ser discreta e funcional; • Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=XeUOzmifCPA • Para uma ocasião formal, tailleurs, terninhos e vestidos (desde que não sejam de alcinha) são os trajes mais adequados. DISCRIÇÃO NO TRABALHO É IMPRESCINDÍVEL: • Não se deve usar: lingerie aparecendo, saltos altíssimos, bainhas malfeitas, roupas manchadas ou amassadas, muita maquiagem, cabelos despenteados, unhas muito longas, perfume demais, meias desfiadas, excesso de bijuterias e roupas que ―marquem‖ as formas.
  106. 106. APRESENTAÇÃO NO TRABALHO • HOMEM: • Não usar meias claras e brancas com trajes escuros. A meia é uma extensão da calça e prolongamento do sapato; • Não usar bermudas ou calça caindo, camisa desabotoada, e/ou para fora da calça; • Não usar perfumes mais fortes, para o trabalho. Prefira colônias suaves; • Em regiões de clima quente, se a ocasião e/ou evento de • trabalho não exige formalidade, é ideal o uso de camisas sociais de mangas curtas ou compridas, que combinem com as calças; • Evite usar sandálias franciscanas.
  107. 107. APRESENTAÇÃO NO TRABALHO • Prefira roupas tradicionais, pesquise tecidos que melhor se adaptam à sua região e estilo pessoal; • Evite gravatas de bichinhos, de crochê ou frouxa no colarinho; • A barba deve ser feita todos os dias ou aparadas regularmente; • Cabelo cortado e bem cuidado, não exagere no perfume, use colônia fresca ou lavanda; • Cuidado com a combinação calçado e calça; • Não use camisas identificando times. • Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=yPNzqaFVN6g
  108. 108. Plano de carreira
  109. 109. Quando elaborar um plano de carreira? • 1º - Quando não se definiu o que almeja na vida, em que mercado trabalhar, qual curso fazer, qual profissão seguir para o resto da vida útil. Ou ainda, aquele que passou por uma decepção profissional e quer encontrar uma nova carreira ou busca ter seu negocio próprio...
  110. 110. Quando elaborar um plano de carreira? • 2º- Quando a pessoa que trabalhou por vários anos em um seguimento do mercado e perdeu o emprego por motivo de idade ou por ser uma profissão que esta a caminha da extinção; a pessoa que tenha dificuldade de se recolocar na mesma atividade e por isso busca uma nova profissão...
  111. 111. Quando elaborar um plano de carreira? • 3º- quando uma pessoa trabalhou algum tempo em uma empresa e pretende mudar de departamento ou cargo dentro da própria empresa e tem encontrado dificuldades para alcançar seus objetivos dentro da empresa ou organizar-se para abrir e administrar um negocio próprio paralelo à sua atividade na empresa, se preparar para mudar de emprego...
  112. 112. Quando elaborar um plano de carreira? • 4ª- Quando se tem seu próprio negocio, mas não esta progredindo como gostaria; quem tem sua empresa bem sucedida e pretende buscar uma segunda opção no mercado, ou, quando está deixando de trabalhar por conta própria e quer voltar ao mercado com carteira assinada...
  113. 113. Quando elaborar um plano de carreira? • 5º- Quando a pessoa se aposentou ou esta prestes a se aposentar e não quer ficar parado; quando esta fora do mercado de trabalho por motivo (particulares).
  114. 114. Plano de carreira funciona? • Sim. Se a pessoa tiver disciplina, determinação, paciência e abrir mão das facilidades em prol dos seus objetivos. Sempre encontro pessoas com um potencial enorme, mas não chega a lugar algum ou demora muito mais que deveria para alcançar seus objetivos e, às vezes, até perdem o emprego ou oportunidade de crescimento por não terem um plano de carreira.
  115. 115. É importante que a empresa saiba que o funcionário tem um plano de carreira? • Sim. Pois tanto o RH como as lideranças podem acompanhar, motivar e orientar o funcionário em seu plano de carreira ou ainda ajudá-lo a elaborar um, caso não o tenha. Quando isso acontece na empresa todos saem ganhado. O funcionário que tem um plano de carreira é mais focado nos seus objetivos: age mais rápido, é mais dedicado, busca maior conhecimento, trabalha melhor em equipe e tem melhor qualidade. Quando o funcionário tem um plano de carreira e não recebe apoio da empresa, a empresa corre o risco de perdê-lo para a concorrência. Portanto, é importante que a empresa tenha uma estrutura para acompanhar, motivar e orientar o plano de carreira dos seus funcionários.
  116. 116. Plano de carreira é difícil ser elaborado? • Não. No entanto, é necessário que se tenha conhecimento ou que haja um pessoa com conhecimento para ajudar na elaboração de um plano. • inclua os quatro pilares dos sonhos por entender que a pessoa não deve se preocupar só com o crescimento profissional, mas também pessoal, familiar e comunitário.
  117. 117. Para você refletir um pouco! De zero a cinco, que nota você dá para cada uma de suas realizações: Pessoal, profissional, familiar e comunitário?
  118. 118. Você já elaborou seu plano de carreira?
  119. 119. Pensamento: "Quem não sabe para onde navegar com seu barco a vela nenhum vento é favorável."

×