SlideShare uma empresa Scribd logo
10 gafes que você não pode cometer numa entrevista de emprego
A entrevista é um momento importantíssimo no processo de seleção para uma
vaga de emprego. Todos os seus movimentos são observados e avaliados.
Portanto, concentre-se para permanecer focado no seu futuro profissional e
Vender bem a sua imagem, por meio das habilidades e conhecimentos que
domina.
Chegar atrasado, falar mal do chefe ou emprego anterior, não saber nada
sobre a empresa contratante e demonstrar falta de energia podem arruinar
completamente a busca por uma nova oportunidade de trabalho.
Confira 10 gafes que devem ser evitadas na hora da entrevista:
1. Falar mal do chefe ou emprego anterior. Muitas vezes, o candidato está
sob pressão no emprego atual, ou foi demitido e sente-se injustiçado, e acaba
utilizando a entrevista para desabafar. Isso é péssimo, pois passa a imagem de
uma pessoa imatura, que guarda rancor e não sabe reconhecer o que
aprendeu em experiências anteriores.
2. Deixar celulares ou iPods à vista e ligados. A entrevista é um momento
importantíssimo para o candidato. Ele deve se portar de forma adequada. É
preciso se concentrar para entrar na entrevista focado no seu futuro
profissional. Nada de atender celulares, mandar e receber torpedos ou ficar
ouvindo música com fone de ouvido. Comportamentos como esses
demonstram descaso e falta de capacidade de concentração.
3. Fazer comentário sem pensar. Alguns candidatos, na tentativa de agradar
e serem aceitos pela empresa, acabam confundindo a entrevista com um bate-
papo no barzinho. Há aqueles que chegam a comentar que têm dificuldade
para acordar cedo, não gostam de ler ou que simularam uma doença para
participar da entrevista de emprego e justificar a falta no trabalho atual.
4.Não saber nada sobre a empresa contratante. Esse, infelizmente, é um
erro muito comum dos candidatos. Muitos não se dão ao trabalho de pesquisar
sobre a respectiva companhia. Não conhecem o mercado nem sabem em que
área a empresa atua e, por conta disso, não sabem como poderiam agregar
valor a empresa. A falta de interesse em buscar mais informações demonstra
falta de iniciativa, o que, com certeza, terá um efeito negativo na imagem do
candidato.
5.Chegar atrasado. À falta de capacidade de chegar no horário combinado
passa a impressão de falta de interesse e desleixo (sugere que a pessoa não
dá a devida importância ao trabalho). Pode sugerir também falta de capacidade
de planejamento (não consegue calcular o trajeto e o tempo para chegar à
empresa). Em outras palavras: se não consegue fazer isso em um trajeto
simples, o que dirá das atividades da empresa?
6. Mostrar pouca energia. Alguns candidatos demonstram falta de energia na
hora da entrevista. Falam em monossílabos, não desenvolvem as respostas,
falam baixo, etc. A expressão corporal e facial é responsável por 55% das
informações que emitimos durante a comunicação, enquanto o tom de voz
soma mais 38%. Sendo assim, se o candidato demonstra uma postura
desleixada, cansada e um tom de voz cansado e sem energia, ele demonstra
não estar interessado na vaga e no trabalho, apesar de participar da entrevista.
Empresas buscam pessoas motivadas, com energia para trabalhar, e não
funcionários dispostos a apenas receber o salário no final do mês.
7.Não manter contato visual com o entrevistador. Olhar nos olhos é
importante no momento da entrevista. O ditado diz: os olhos são espelhos da
alma. Isso significa que, através do olhar, passamos informações que não são
ditas de forma oral. Por exemplo, sinceridade, brilho dos olhos ao falar de
projetos que o motivam, e também inseguranças, receios, mentiras, etc. Se
você se preparou para a entrevista e deseja realmente fazer parte da empresa,
não tenha medo de mostrar quem você é. Confie na sua vontade, no seu
desejo de trabalhar e conquistar os seus sonhos através do seu trabalho.
8. Falar sobre problemas pessoais. Alguns candidatos confundem a
entrevista com sessão de análise e começam a falar sobre os problemas
familiares, falta de dinheiro, etc. Isso provoca uma imagem negativa ao
candidato porque demonstra que ele não consegue separar problemas
profissionais e problemas pessoais. Indica que o candidato, provavelmente, é
do tipo de pessoa que traz os problemas pessoais para resolver durante o
trabalho. Como? Fazendo inúmeras pausas durante o expediente para ficar
tricotando ou desabafando problemas pessoais para os colegas de trabalho.
9.Falta de visão de futuro. Atualmente, as empresas buscam colaboradores
que sabem o que querem. Muitos profissionais, infelizmente, não têm a mínima
ideia do que buscam através do trabalho. Sendo assim, a relação com a
empresa se limitaria a apenas mão de obra em troca de salário. Profissional
que não tem perspectiva raramente conseguirá enxergar o valor que poderá
agregar ao empregador e também o inverso, o valor que a empresa agregará
em sua vida profissional.
10.Falta de preparo para a entrevista. Muitos profissionais esquecem que a
entrevista é um momento para eles venderem a sua imagem, por meio das
habilidades e conhecimentos. Não saber responder a perguntas do tipo quais
são seus pontos fortes, ou me fale de suas realizações, ou comente sobre
pontos que você sente que precisa melhorar, etc., mostra uma grande
deficiência em planejamento, preparo, cuidado e falta de autoconhecimento.
Como se comportar durante uma entrevista de emprego
Nos processos seletivos realizados nas empresas, geralmente são realizadas
entrevistas, dinâmicas de grupo, provas e/ou testes com a finalidade de avaliar
o perfil dos candidatos.
Em resumo, um empregador quer saber:
 Quem é você?
 O que você já fez?
 O que sei fazer?
 O que gosto de fazer?
 Em que posso melhorar?
 Por que você saiu do último emprego?
 Por que você deveria ser contratado para esta vaga?
A entrevista
O selecionador está apenas interessado em saber como você pode beneficiar a
empresa.
São feitas muitas perguntas e o candidato precisa estar preparado para
respondê-la com total confiança, para assim fazer com que o entrevistador
acredite nas respostas.
Antes de ir para entrevista, o candidato deve se preparar.
Seguem algumas dicas:
• Procure conhecer a empresa antes da entrevista;
• Nunca se atrase e nem chegue muito antes do horário marcado;
• Boa apresentação (boa higiene, cabelos e barbas feitos; unhas cortadas e
limpas); roupas discretas (mulheres sem decote e homens sem boné); jamais
use óculos escuros;
• Fale com clareza e seja objetivo;
• Evite vícios de linguagem e erros de português e nunca use gírias;
• Não fale mal de seus patrões e empresas anteriores;
• Esteja preparado para responder sua pretensão salarial, horário de trabalho,
disponibilidade de mudar de cidade, etc.;
• Procure enfatizar além dos cargos ocupados, as contribuições que você
trouxe para a empresa;
• Evite dar respostas curtas (ex. sim, não e é);
• Não faça piadas, mastigue chicletes ou balas e não fume;
• Não minta;
• Não leve outra pessoa com você;
• Cuide do seu hálito;
• Desligue o celular;
• Não demonstre impaciência;
• Não mexa nas coisas do entrevistador e nem crie intimidade com o mesmo.
• Contato visual: Seja firme, olhe nos olhos;
• Atitude (não mascar chicletes, não usar boné, seja simpático, tanto com o
porteiro, quanto com o selecionador;
• Tom de voz (não fale muito alto nem muito baixo);
• Conhecer seu currículo (leia-o);
O que esperar de uma entrevista?
O que o empregador espera:
 Confirmar os dados já apresentados no currículo;
 Recolher outras informações;
 Verificar o perfil do candidato.
O que o entrevistado pretende: Demonstrar as suas competências e
capacidades;
 Convencer o empregador;
 Verificar se a vaga corresponde àquilo que esperava.
Perguntas frequentes nas entrevistas:
 Fale sobre você (responda apenas o que for perguntado)
 Quanto quer ganhar?
 Por que deixou o último emprego?
 Quais são seus objetivos?
 O que você procura num emprego?
 Por que acha que devemos contratá-lo?
 Diga seus pontos fortes e seus pontos fracos.
 Com que tipo de pessoa você tem dificuldade para trabalhar?
 O que você pode contribuir para nossa empresa?
Dinâmica de grupo:
 Usada para identificar certas características das pessoas e como se
relacionam com os outros;
 O que será analisado pelo selecionador é, o seu comportamento e
posicionamento diante de uma situação teste;
 Não desanime! Não é porque você cometeu um erro que você não pode
consertá-lo durante o processo.
Competências geralmente analisadas na dinâmica de grupo:
 Iniciativa (evite falar em excesso ou impedir que os outros participem);
 Determinação;
 Trabalho em equipe.
 Preste atenção nas instruções do selecionador;
 Seja natural, interaja e seja o mais participativo possível;
 Não tente impor seu ponto de vista;
 Procure não ofuscar os outros membros da equipe;
 Tome cuidado com as gírias e os erros de português;
 Administre o tempo de cada atividade.
Tipos de dinâmica
Atividades lúdicas: servem para descontrair e deixar os candidatos se
comportarem da forma mais natural possível;
Perguntas do tipo "Que animal (sorvete, cidade, objeto) você gostaria de ser?"
Ou "Em que ano preferia ter nascido?" Têm como objetivo avaliar a
criatividade, a originalidade, a velocidade de raciocínio dos candidatos e para
revelar a forma como o profissional se vê;
Como garantir a sobrevivência do grupo após um naufrágio? O que levar em
uma expedição ao deserto do Saara? Nesse tipo de atividade, não existe
resposta certa ou errada. A prova avalia bom poder de argumentação, a
coerência e a capacidade de estratégia do profissional;
Provas situacionais são bastante comuns em dinâmicas de grupo. Resumem-
se a simulações de situações de trabalho, o mais próximo possível do real. O
objetivo é analisar de que forma os candidatos exerceriam funções específicas
do cargo pretendido. Podem ser aplicadas individual ou coletivamente.
O resultado é esta lista de 50 perguntas. Entre questões óbvias e
perguntas mais inusitadas, confira o que os recrutadores têm perguntado
aos candidatos:
1. Quais são os seus pontos fortes?
2. Quais são os seus pontos fracos?
3. Por que você está interessado em trabalhar para esta empresa?
4. Onde você se vê em cinco anos? E em 10?
5. Por que você quer deixar o seu emprego atual?
6. Por que há uma lacuna na sua trajetória profissional entre (data) e (data)?
7. O que só você pode nos oferecer?
8. Cite três pontos em que seu ex-chefe gostaria que você melhorasse.
9. Você busca uma recolocação no mercado?
10. Você tem planos de viajar?
11. Conte sobre a realização de carreira da qual mais se orgulha.
12. Conte sobre alguma vez em que você tenha cometido um erro.
13. Qual o seu emprego dos sonhos?
14. Como você ficou sabendo desta vaga?
15. O que você espera realizar nos primeiros 30 dias, 60 dias e 90 dias de
trabalho?
16. Fale um pouco sobre o seu currículo.
17. Fale um pouco sobre sua formação acadêmica.
18. Descreva-se.
19. Conte-me como lidou com uma situação difícil.
20. Por que deveríamos contratá-lo?
21. Por que você está procurando um novo emprego?
22. Você trabalharia em fins de semana e feriados?
23. Como você lidaria com um cliente bravo?
24. Qual a sua pretensão salarial?
25. Conte-me sobre alguma vez em que foi além e também abaixo do que era
esperado para um projeto.
26. Quem são seus concorrentes?
27. Qual o seu maior fracasso?
28. O que te motiva?
29. Qual a sua disponibilidade?
30. Quem é o seu mentor?
31. Conte-me sobre alguma vez em que discordou do seu chefe.
32. Como você lida com a pressão?
33. Qual o nome do seu CEO?
34. Quais as suas metas de carreira?
35. O que o motiva para se levantar todos os dias?
36. Quais eram os pontos fortes e fracos dos seus chefes?
37. O que as pessoas que se reportam diretamente a você diriam sobre você?
38. Se eu ligasse agora para o seu chefe e perguntasse em quais pontos você
precisa melhorar o que ele diria?
39. Você é um líder ou um seguidor?
40. Qual o último livro que você leu por diversão?
41. Quais são os hábitos irritantes dos seus colegas?
42. Quais são os seus hobbies?
43. Qual o seu site favorito?
44. O que o deixa desconfortável?
45. Quais foram as suas experiências de liderança
46. Como você demitiria alguém?
47. O que você mais gosta e o que menos gosta de trabalhar neste setor?
48. Você trabalharia 40 horas ou mais por semana?
49. Quais perguntas eu não fiz para você?
50. Quais perguntas você quer fazer para mim?
1. VOCÊ SE CONSIDERA A MELHOR PESSOA PARA ESSE
TRABALHO? POR QUÊ?
A melhor maneira de responder é oferecendo exemplos concretos das suas
conquistas e habilidades. Compare as exigências da vaga com o seu perfil para
que o recrutador veja que você é o mais indicado para a vaga.
2. Você é bom demais para esse trabalho?
Você pode responder mais ou menos assim: "bom demais? Alguns diriam que
eu não sou bom demais, mas tenho todas as habilidades necessárias para este
trabalho. E, mesmo que eu fosse bom demais, tem algum problema de
contratar quem trabalhar melhor do que o esperado?"
3. Descreva uma experiência difícil no seu trabalho e como você lidou
com ela.
Dê exemplos concretos do que já aconteceu no seu trabalho, depois discuta
como você resolveu o problema. Seja positivo, o problema tem que acabar
bem.
4. Descreva-se.
O recrutador não quer uma resposta de 10 minutos. Ofereça frases que te
destaquem entre os outros candidatos e que abram espaço para outras
discussões.
5. Descreva o melhor e o pior chefe.
Diga que você aprendeu algo, não importa com qual chefe você teve. Você
pode, inclusive, afirmar que, com os bons chefes, você aprendeu o que fazer e,
com os ruins, o que não fazer.
6. Fale sobre seus objetivos profissionais.
Com essa pergunta, o recrutador quer saber sobre as duas decisões. Quer
saber se você não entrou no seu campo por acaso e está ali também por
acaso. Alguém que saiba tomar bem decisões será um ótimo chefe.
7. Fale sobre seu estilo de trabalho.
Não adianta só falar que vocêé rápido. Os recrutadores não procuram isso. É
melhor dizer que você é eficiente, organizado, focado e, devido a isso, você
termina as suas atividades mais rapidamente.
8. Você prefere trabalhar sozinho ou em equipe?
Responda que está apto e se sente bem de realizar os dois tipos. Ofereça
situações que sustentem sua afirmação.
9. Você leva trabalho para casa?
"Quando necessário, sem problema. Eu entendo a importância trabalhos que
precisam ser realizados até tal dia impreterivelmente."
10. Dê alguns exemplos de trabalho em grupo.
O recrutador quer saber como você trabalharia com a equipe do lugar no qual
você está prestes a integrar. Dê exemplos válidos de trabalho em grupo, nem
que tenha que ser da faculdade.
11. Você já teve dificuldade para trabalhar com algum gestor?
Esta pergunta é complicada e deve ser respondida com atenção. Nunca diga
que vocês não se davam por motivos banais e, sim, porque vocês tinham
opiniões e expectativas diferentes. Um bom modo de resolver isso é sentar e
conversar. Mas não exagere na crítica ao seu antigo chefe.
12. Você já ficou bravo no trabalho? O que houve?
"Bravo para mim é perda de controle, algo que nunca acontece comigo.
Quando estou estressado, paro, respiro fundo e começo a pensar em como
vou resolver o problema."
13. Como você lida com a pressão?
Uma boa forma de responder é: "eu lido com situações, não com pressão ou
estresse. Desta forma, eu batalho e resolvo o problema, não o estresse."
14. Como você mede sucesso?
"Eu avalio sucesso de várias formas. No trabalho, é cumprir as metas que me
foram passadas e quando a empresa inteira cumpre seu objetivo. Também
acho que uma boa empresa é aquela que, não somente gratifica o sucesso,
mas que oferece oportunidades de crescimento pessoal e profissiona."
15. Por quanto tempo você espera trabalhar aqui?
Responda que até quando você tiver a oportunidade de continuar ou até
quando seus serviços forem necessários.
16. Quais são suas aspirações de salário?
Primeiramente, pesquise qual é a média de salário para a sua profissão, para o
que você fará na empresa e balanceando o seu valor. Uma vez feito isso, você
tem várias opções. Citar o salário base da sua ocupação e espera uma
proposta, daí você pode dizer que vai pensar ou, simplesmente, não. A
resposta negativa pode oferecer um salário mais alto, porém é mais arriscada.
Aja de acordo com as suas necessidades.
17. Descreva o seu ritmo de trabalho.
Novamente, não adianta dizer que você é rápido. Responda que você trabalha
num ritmo equilibrado e mediano, mas que sempre termina os afazeres antes
do que foi combinado.
18. Como você se descreveria?
Neste caso, as variáveis são você mesmo, a companhia para a qual você
trabalhará e a posição à qual você está se candidatando. Considere tudo isso e
ofereça seus pontos fortes em poucas frases.
19. O que você faria se seu chefe estivesse errado?
Diga que depende da situação e da personalidade do chefe. Se possível, dê
exemplos concretos.
20. Se eu perguntasse às pessoas que você conhece por que você
deveria ser contratado, o que elas diriam?
"Seguramente, eles justificariam minha contratação pelo fato de eu ter as
qualidades necessárias para este emprego e pela minha experiência neste
ramo."
21. Qual o tipo de ambiente de trabalho no qual você prefere trabalhar?
Diga que você pode ser flexível e pergunte como é o ambiente de trabalho na
empresa. Depois, responda qual você prefere usando as palavras chaves
proferidas pelo recrutador.
22. Existe algo mais que você gostaria de saber sobre o trabalho e a
companhia?
É a hora do recrutador escutar você. Faça perguntas pertinentes. Aqui estão
alguns exemplos do que NÃO perguntar: "eu consegui o emprego?", "quando
são minhas férias?", "eu posso mudar meu horário de trabalho?" e o pior "o que
esta empresa faz?".
23. Conte por que você quer trabalhar aqui.
É importante que você tenha pesquisado antes sobre a empresa. Uma vez que
você a conhece, compare o que ela e pode oferecer com as suas habilidades,
objetivos e metas futuras.
24. O que você busca na sua próxima posição?
Você pode perguntar "qual é o caminho normal de alguém que trabalha na
minha posição?" A partir desta resposta, a partir das palavras-chaves que o
recrutador tenha mencionado.
25. Quais são as suas paixões?
Com esta pergunta, o entrevistador quer saber um pouco da sua vida. Não
precisa necessariamente citar algo relacionado ao trabalho, mas certifique-se
de que você não citou nada que possa atrapalhar seu futuro emprego.
26. Quais são suas metas para o futuro?
Relacione suas metas com a empresa e com a sua profissão. Ou seja, você
gostaria de aprender e contribuir para uma empresa deste porte e crescer
dentro da minha área.
27. Quais são seus requerimentos salariais?
Isso depende da situação na qual você se encontra na vida pessoal e na
própria entrevista. Se você estiver precisando, não arrisque fazer muitos
requerimentos. Em contraposição, se você sentir que a empresa quer muito
você, renegocie seu salário.
28. O que você pode fazer para esta companhia?
Assumindo que você tenha pesquisado sobre a empresa, junte suas
habilidades, metas, objetivos e competências com o que você conhece sobre a
companhia e faça a sua resposta pessoal.
29. No que você pode contribuir para esta empresa?
Dê exemplos concretos das suas antigas contribuições com a sua antiga
empresa e relacione-as com o que você pode oferecer no futuro.
30. Quais desafios você busca no próximo trabalho?
Responda que você procura desafios que façam você crescer e que você
resolva com as habilidades que possui. Não esqueça de dizer que você se
sente motivado por desafios, não assustado.
31. O que te agradava e o que você não gostava no seu último emprego?
Não exagere ao falar mal demais na sua antiga empresa, porque o recrutador
pode achar que você pode fazer o mesmo no futuro. Considere falar sobre
você e seu estilo para que o próprio entrevistador perceba que você se
adaptará bem ao emprego no qual você está se candidatando.
32. O que você espera de um supervisor?
"Eu aprecio ambientes de trabalho nos quais os supervisores têm um contato
mais próximo e pessoal com seus colegas, longe de favoritismo e conscientes
das necessidades e facilidades de cada funcionário.
33. Quais são as decisões mais difíceis de tomar?
Esta pergunta é comportamental e, por isso, não há um certo ou errado para
ela. Você será avaliado pela lógica com que as enumera e a forma como
resolveu esses problemas.
34. O que você aprendeu a partir dos seus erros?
Neste caso, dê exemplos de algo que deu errado e que você você corrigiu
depois.
35. O que te interessa neste trabalho?
A melhor forma de responder a esta questão é descrever a própria vaga. Se
você está interessado mesmo na vaga, isso funcionará como saída.
36. Qual é sua maior força?
Descreva qualidades que te façam apto para preencher o perfil que a empresa
procura.
37. Qual é sua maior fraqueza?
Ofereça exemplos de defeitos não tão ruins assim. Como urgência para
terminar o mais rápido possível os projetos, ou necessidade de checar 3, 4
vezes uma tarefa.
38. Quais foram os maiores desafios pelos quais você passou?
Certifique-se de oferecer exemplos concretos de como você lidou uma situação
complicada e particular.
39. Quais foram os maiores problemas que você encontrou nos antigos
empregos?
Descreva algum problema, mas não seja exagerado demais. Não se esqueça
de citar algo que, embora desafiador, foi resolvido.
40. Qual foi sua maior contribuição (e fracasso) na última posição em que
se encontrava?
Se você trabalhava bem, não terá problema em falar sobre contribuição. Mas
não esqueça de citar mais de uma, exemplos são sempre válidos.
41. O que foi mais (e menos) gratificante na sua última posição?
Novamente, dê exemplos concretos; mas, na hora de falar sobre o que era
pouco gratificante, tire vantagem disso: explique como você foi paciente,
persistente e inteligente para lidar com essas situações e ainda trabalhar com
eficiência.
42. Suas experiências são relevantes para este trabalho?
Neste caso, seja específico na sua experiência. A melhor forma de responder é
descrever suas antigas responsabilidades e conectá-las com o trabalho no qual
está se candidatando.
43. O que você faria se não conseguisse mais ofertas de emprego?
É importante responder que você se comprometerá a essa empresa se
conseguir o emprego e, se não achar mais nenhum, refletiria se estava no
campo certo e, após a reflexão, decidiria o que fazer.
44. Por que você está deixando seu trabalho?
Se sua saída foi tumultuada, seja honesto e tente concentrar a conversa no
futuro. Mas não fale mal do seu chefe, não justifique sua saída porque ele não
era carismático ou algo assim.
45. Por que você quer este emprego?
"Esta empresa é o lugar onde minhas qualificações podem fazer a diferença.
Por exemplo, na outra empresa..." e conte um caso onde você fez a diferença.
46. Por que você se demitiu?
Em geral, a melhor saída é explicar que você não tinha mais o que aprender e
que as suas chances de crescimento eram mínimas e você queria ir adiante.
47. Por que você foi demitido?
Primeiramente, diga que suas competências não batiam com o lugar onde você
trabalha e, em seguida, explique que é nesta empresa onde você poderá
explorar melhor suas qualidades e interesses.
48. Por que você largou este emprego?
Esclareça que você enxergou esta empresa como lugar correto para crescer e
dar o seu melhor, em vez da última na qual estava.
49. Por que deveríamos te contratar?
Dê exemplos concretos do que você fez e do que pode fazer. Na hora de
explicar como será útil para a empresa, fale sobre seu conhecimento na área e
da sua experiência no assunto.
50. O que você sabe sobre esta empresa?
Não seja pego desprevenido. Pesquise sobre a empresa antes e não
reproduza fofocas sobre a companhia, como "ouvi dizer que ganham bem
aqui", ou "ouvi dizer que se trabalhar até tarde aqui". Mesmo se essas fofocas
forem verdade, se você está numa entrevista para trabalhar lá, é porque ou
está de acordo com o que se comenta ou porque não acredita nos rumores.
Dividir isso com o recrutador não será útil a você.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Preparando-se para uma entrevista de emprego / seleção de pós-graduação.
Preparando-se para uma entrevista de emprego / seleção de pós-graduação.Preparando-se para uma entrevista de emprego / seleção de pós-graduação.
Preparando-se para uma entrevista de emprego / seleção de pós-graduação.
Paulo Fonseca
 
comportamento em Entrevista de emprego
comportamento em Entrevista de empregocomportamento em Entrevista de emprego
01. Debora Miceli - Marketing Pessoal: Aula 01
01. Debora Miceli - Marketing Pessoal: Aula 0101. Debora Miceli - Marketing Pessoal: Aula 01
01. Debora Miceli - Marketing Pessoal: Aula 01
Debora Miceli
 
Como elaborar UM CURRICULO ATRATIVO
Como elaborar UM CURRICULO ATRATIVOComo elaborar UM CURRICULO ATRATIVO
Como elaborar UM CURRICULO ATRATIVO
Roberto Felipe
 
Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.
Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.
Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.
Juarez Junior
 
Palestra - Mercado de Trabalho
Palestra - Mercado de TrabalhoPalestra - Mercado de Trabalho
Palestra - Mercado de Trabalho
Daniela de Oliveira
 
Etiqueta profissional
Etiqueta profissionalEtiqueta profissional
Etiqueta profissional
Natali Carvalho
 
Oficina Elaboração De Currículo
Oficina Elaboração De CurrículoOficina Elaboração De Currículo
Oficina Elaboração De Currículo
marcelasb
 
Recrutamento e Seleção
Recrutamento e SeleçãoRecrutamento e Seleção
Recrutamento e Seleção
Julio Pascoal
 
Plano de Carreira
Plano de CarreiraPlano de Carreira
Plano de Carreira
Camila Falcão
 
Como fazer um Curriculum vitae
Como fazer um Curriculum vitaeComo fazer um Curriculum vitae
23 possiveis perguntas numa entrevista
23 possiveis perguntas numa entrevista23 possiveis perguntas numa entrevista
23 possiveis perguntas numa entrevista
ricelligoncalves
 
As 12 perguntas mais frequentes numa entrevista de Emprego
As 12 perguntas mais frequentes numa entrevista de Emprego As 12 perguntas mais frequentes numa entrevista de Emprego
As 12 perguntas mais frequentes numa entrevista de Emprego
Marcos Escatambulo
 
Aula 3 - Etiqueta
Aula 3 - EtiquetaAula 3 - Etiqueta
Aula 3 - Etiqueta
Professor Cristiano Barreto
 
Testes para recrutamento e seleção
Testes para recrutamento e seleçãoTestes para recrutamento e seleção
Testes para recrutamento e seleção
Future Press, E-Press, Presentations,
 
Perfil do profissional para o mercado de trabalho
Perfil do profissional para o mercado de trabalhoPerfil do profissional para o mercado de trabalho
Perfil do profissional para o mercado de trabalho
Gleyciana Garrido
 
Postura entrevista
Postura   entrevistaPostura   entrevista
Postura entrevista
Washington Filho
 
Como se comportar em uma entrevista de emprego
Como se comportar em uma entrevista de empregoComo se comportar em uma entrevista de emprego
Como se comportar em uma entrevista de emprego
Sergio Queiroz
 
entrevista e currículo
entrevista e currículoentrevista e currículo
entrevista e currículo
Qualikadi Assessoria Técnica
 
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de TrabalhoCurrículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
Wandick Rocha de Aquino
 

Mais procurados (20)

Preparando-se para uma entrevista de emprego / seleção de pós-graduação.
Preparando-se para uma entrevista de emprego / seleção de pós-graduação.Preparando-se para uma entrevista de emprego / seleção de pós-graduação.
Preparando-se para uma entrevista de emprego / seleção de pós-graduação.
 
comportamento em Entrevista de emprego
comportamento em Entrevista de empregocomportamento em Entrevista de emprego
comportamento em Entrevista de emprego
 
01. Debora Miceli - Marketing Pessoal: Aula 01
01. Debora Miceli - Marketing Pessoal: Aula 0101. Debora Miceli - Marketing Pessoal: Aula 01
01. Debora Miceli - Marketing Pessoal: Aula 01
 
Como elaborar UM CURRICULO ATRATIVO
Como elaborar UM CURRICULO ATRATIVOComo elaborar UM CURRICULO ATRATIVO
Como elaborar UM CURRICULO ATRATIVO
 
Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.
Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.
Palestra mercado de trabalho, currículo e entrevista de emprego.
 
Palestra - Mercado de Trabalho
Palestra - Mercado de TrabalhoPalestra - Mercado de Trabalho
Palestra - Mercado de Trabalho
 
Etiqueta profissional
Etiqueta profissionalEtiqueta profissional
Etiqueta profissional
 
Oficina Elaboração De Currículo
Oficina Elaboração De CurrículoOficina Elaboração De Currículo
Oficina Elaboração De Currículo
 
Recrutamento e Seleção
Recrutamento e SeleçãoRecrutamento e Seleção
Recrutamento e Seleção
 
Plano de Carreira
Plano de CarreiraPlano de Carreira
Plano de Carreira
 
Como fazer um Curriculum vitae
Como fazer um Curriculum vitaeComo fazer um Curriculum vitae
Como fazer um Curriculum vitae
 
23 possiveis perguntas numa entrevista
23 possiveis perguntas numa entrevista23 possiveis perguntas numa entrevista
23 possiveis perguntas numa entrevista
 
As 12 perguntas mais frequentes numa entrevista de Emprego
As 12 perguntas mais frequentes numa entrevista de Emprego As 12 perguntas mais frequentes numa entrevista de Emprego
As 12 perguntas mais frequentes numa entrevista de Emprego
 
Aula 3 - Etiqueta
Aula 3 - EtiquetaAula 3 - Etiqueta
Aula 3 - Etiqueta
 
Testes para recrutamento e seleção
Testes para recrutamento e seleçãoTestes para recrutamento e seleção
Testes para recrutamento e seleção
 
Perfil do profissional para o mercado de trabalho
Perfil do profissional para o mercado de trabalhoPerfil do profissional para o mercado de trabalho
Perfil do profissional para o mercado de trabalho
 
Postura entrevista
Postura   entrevistaPostura   entrevista
Postura entrevista
 
Como se comportar em uma entrevista de emprego
Como se comportar em uma entrevista de empregoComo se comportar em uma entrevista de emprego
Como se comportar em uma entrevista de emprego
 
entrevista e currículo
entrevista e currículoentrevista e currículo
entrevista e currículo
 
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de TrabalhoCurrículo - A chave para o mercado de Trabalho
Currículo - A chave para o mercado de Trabalho
 

Destaque

Entrevistas formal e informal
Entrevistas formal e informalEntrevistas formal e informal
Entrevistas formal e informal
Cristina Sousa
 
7 sinais que você você está em um ambiente de trabalho invejável
7 sinais que você você está em um ambiente de trabalho invejável 7 sinais que você você está em um ambiente de trabalho invejável
7 sinais que você você está em um ambiente de trabalho invejável
Agendor
 
Exemplo de entrevista pingue
Exemplo de entrevista pingueExemplo de entrevista pingue
Exemplo de entrevista pingue
aulasdejornalismo
 
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Valmirleny Cavalcante
 
Como ter as pessoas certas no seu negócio
Como ter as pessoas certas no seu negócioComo ter as pessoas certas no seu negócio
Como ter as pessoas certas no seu negócio
Endeavor Brasil
 
Guiao Alemar Rev171209
Guiao Alemar Rev171209Guiao Alemar Rev171209
Técnicas de obtenção de requisitos - Entrevista
Técnicas de obtenção de requisitos - EntrevistaTécnicas de obtenção de requisitos - Entrevista
Técnicas de obtenção de requisitos - Entrevista
Fernanda Bauer
 
A etiqueta corporativa: o requisito básico para o profissional de secretariado
A etiqueta corporativa:   o requisito básico para o profissional de secretariadoA etiqueta corporativa:   o requisito básico para o profissional de secretariado
A etiqueta corporativa: o requisito básico para o profissional de secretariado
Starfish :)
 
Estudo de usuário: Biblioteca de São Paulo
Estudo de usuário: Biblioteca de São PauloEstudo de usuário: Biblioteca de São Paulo
Estudo de usuário: Biblioteca de São Paulo
Monitor Científico FaBCI
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
Lurdes Augusto
 
Aula oratória
Aula oratóriaAula oratória
Aula oratória
Felipe Pereira
 
Entrevista de emprego
Entrevista de empregoEntrevista de emprego
Entrevista de emprego
Vanderlei Moraes
 
Curso de Oratória-SENAC
Curso de Oratória-SENACCurso de Oratória-SENAC
Curso de Oratória-SENAC
Joao Balbi
 
Curso de oratoria
Curso de oratoriaCurso de oratoria
Curso de oratoria
Joao Balbi
 
Frases para SIPAT
Frases para SIPATFrases para SIPAT
Frases para SIPAT
Conceito Zen
 

Destaque (15)

Entrevistas formal e informal
Entrevistas formal e informalEntrevistas formal e informal
Entrevistas formal e informal
 
7 sinais que você você está em um ambiente de trabalho invejável
7 sinais que você você está em um ambiente de trabalho invejável 7 sinais que você você está em um ambiente de trabalho invejável
7 sinais que você você está em um ambiente de trabalho invejável
 
Exemplo de entrevista pingue
Exemplo de entrevista pingueExemplo de entrevista pingue
Exemplo de entrevista pingue
 
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
Apostila cef redacao_atualidades_zambeli_cassio-1
 
Como ter as pessoas certas no seu negócio
Como ter as pessoas certas no seu negócioComo ter as pessoas certas no seu negócio
Como ter as pessoas certas no seu negócio
 
Guiao Alemar Rev171209
Guiao Alemar Rev171209Guiao Alemar Rev171209
Guiao Alemar Rev171209
 
Técnicas de obtenção de requisitos - Entrevista
Técnicas de obtenção de requisitos - EntrevistaTécnicas de obtenção de requisitos - Entrevista
Técnicas de obtenção de requisitos - Entrevista
 
A etiqueta corporativa: o requisito básico para o profissional de secretariado
A etiqueta corporativa:   o requisito básico para o profissional de secretariadoA etiqueta corporativa:   o requisito básico para o profissional de secretariado
A etiqueta corporativa: o requisito básico para o profissional de secretariado
 
Estudo de usuário: Biblioteca de São Paulo
Estudo de usuário: Biblioteca de São PauloEstudo de usuário: Biblioteca de São Paulo
Estudo de usuário: Biblioteca de São Paulo
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
 
Aula oratória
Aula oratóriaAula oratória
Aula oratória
 
Entrevista de emprego
Entrevista de empregoEntrevista de emprego
Entrevista de emprego
 
Curso de Oratória-SENAC
Curso de Oratória-SENACCurso de Oratória-SENAC
Curso de Oratória-SENAC
 
Curso de oratoria
Curso de oratoriaCurso de oratoria
Curso de oratoria
 
Frases para SIPAT
Frases para SIPATFrases para SIPAT
Frases para SIPAT
 

Semelhante a 10 gafes que você não pode cometer numa entrevista de emprego

EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na entrevista
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na entrevistaEMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na entrevista
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na entrevista
Wandick Rocha de Aquino
 
Sucesso na entrevista de emprego
Sucesso na entrevista de empregoSucesso na entrevista de emprego
Sucesso na entrevista de emprego
eudes7600
 
Aula 4 - Entrevista Emprego
Aula 4 -  Entrevista EmpregoAula 4 -  Entrevista Emprego
Aula 4 - Entrevista Emprego
Charles Lima
 
O que deve ser evitado em uma entrevista de emprego
O que deve ser evitado em uma entrevista de empregoO que deve ser evitado em uma entrevista de emprego
O que deve ser evitado em uma entrevista de emprego
Oportunidades Profissionais
 
Aula 7 - Curso Grátis Online de Currículo - Projeto Educa São Paulo
Aula 7 - Curso Grátis Online de Currículo - Projeto Educa São PauloAula 7 - Curso Grátis Online de Currículo - Projeto Educa São Paulo
Aula 7 - Curso Grátis Online de Currículo - Projeto Educa São Paulo
Projeto Meu Brasil
 
1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego
1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego
1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego
Pelo Siro
 
1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego
1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego
1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego
Pelo Siro
 
1073
10731073
1073
Pelo Siro
 
80
8080
Como fazer uma entrevista de seleção
Como fazer uma entrevista de seleçãoComo fazer uma entrevista de seleção
Como fazer uma entrevista de seleção
EstudoFacil.com
 
Trabalho comunicação empresarial sem.ii
Trabalho comunicação empresarial sem.iiTrabalho comunicação empresarial sem.ii
Trabalho comunicação empresarial sem.ii
DanielmendesGO
 
Candidatos a Emprego: do Currículo à Demissão
Candidatos a Emprego: do Currículo à DemissãoCandidatos a Emprego: do Currículo à Demissão
Candidatos a Emprego: do Currículo à Demissão
PROFIGESTÃO - Profissionais em Gestão de Empresas e Pessoas
 
Candidatos a emprego do curriculo a demissao
Candidatos a emprego do curriculo a demissaoCandidatos a emprego do curriculo a demissao
Candidatos a emprego do curriculo a demissao
Polo Educacional do Méier
 
A entrevista de_seleccao_profissional
A entrevista de_seleccao_profissionalA entrevista de_seleccao_profissional
A entrevista de_seleccao_profissional
Ana Diogo
 
15 dicas para sobreviver a uma entrevista
15 dicas para sobreviver a uma entrevista15 dicas para sobreviver a uma entrevista
15 dicas para sobreviver a uma entrevista
Fabio Scussolino
 
Dicas de como se comportar em entrevista
Dicas de como se comportar em entrevistaDicas de como se comportar em entrevista
Dicas de como se comportar em entrevista
Leandro Costa
 
Assistente Administrativo
Assistente AdministrativoAssistente Administrativo
Assistente Administrativo
Liberty Ensino
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
Claudia Finck
 
Cartilha do Trabalhador
Cartilha do TrabalhadorCartilha do Trabalhador
Cartilha do Trabalhador
Superintendência da Juventude
 
Dicas para Entrevistas Profissionais
Dicas para Entrevistas ProfissionaisDicas para Entrevistas Profissionais
Dicas para Entrevistas Profissionais
Michele Guarido
 

Semelhante a 10 gafes que você não pode cometer numa entrevista de emprego (20)

EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na entrevista
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na entrevistaEMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na entrevista
EMPREGABILIDADE - 20 dicas para se dar bem na entrevista
 
Sucesso na entrevista de emprego
Sucesso na entrevista de empregoSucesso na entrevista de emprego
Sucesso na entrevista de emprego
 
Aula 4 - Entrevista Emprego
Aula 4 -  Entrevista EmpregoAula 4 -  Entrevista Emprego
Aula 4 - Entrevista Emprego
 
O que deve ser evitado em uma entrevista de emprego
O que deve ser evitado em uma entrevista de empregoO que deve ser evitado em uma entrevista de emprego
O que deve ser evitado em uma entrevista de emprego
 
Aula 7 - Curso Grátis Online de Currículo - Projeto Educa São Paulo
Aula 7 - Curso Grátis Online de Currículo - Projeto Educa São PauloAula 7 - Curso Grátis Online de Currículo - Projeto Educa São Paulo
Aula 7 - Curso Grátis Online de Currículo - Projeto Educa São Paulo
 
1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego
1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego
1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego
 
1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego
1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego
1202421079 4 sessao-educacao_formacao_e_emprego
 
1073
10731073
1073
 
80
8080
80
 
Como fazer uma entrevista de seleção
Como fazer uma entrevista de seleçãoComo fazer uma entrevista de seleção
Como fazer uma entrevista de seleção
 
Trabalho comunicação empresarial sem.ii
Trabalho comunicação empresarial sem.iiTrabalho comunicação empresarial sem.ii
Trabalho comunicação empresarial sem.ii
 
Candidatos a Emprego: do Currículo à Demissão
Candidatos a Emprego: do Currículo à DemissãoCandidatos a Emprego: do Currículo à Demissão
Candidatos a Emprego: do Currículo à Demissão
 
Candidatos a emprego do curriculo a demissao
Candidatos a emprego do curriculo a demissaoCandidatos a emprego do curriculo a demissao
Candidatos a emprego do curriculo a demissao
 
A entrevista de_seleccao_profissional
A entrevista de_seleccao_profissionalA entrevista de_seleccao_profissional
A entrevista de_seleccao_profissional
 
15 dicas para sobreviver a uma entrevista
15 dicas para sobreviver a uma entrevista15 dicas para sobreviver a uma entrevista
15 dicas para sobreviver a uma entrevista
 
Dicas de como se comportar em entrevista
Dicas de como se comportar em entrevistaDicas de como se comportar em entrevista
Dicas de como se comportar em entrevista
 
Assistente Administrativo
Assistente AdministrativoAssistente Administrativo
Assistente Administrativo
 
Entrevista
EntrevistaEntrevista
Entrevista
 
Cartilha do Trabalhador
Cartilha do TrabalhadorCartilha do Trabalhador
Cartilha do Trabalhador
 
Dicas para Entrevistas Profissionais
Dicas para Entrevistas ProfissionaisDicas para Entrevistas Profissionais
Dicas para Entrevistas Profissionais
 

Mais de Ana Cunha

05
0505
2 aminoacidos
2 aminoacidos2 aminoacidos
2 aminoacidos
Ana Cunha
 
Acido hialuronico
Acido hialuronicoAcido hialuronico
Acido hialuronico
Ana Cunha
 
Fichadeavaliacao corporal editavel_word_antigo_mundoestetica
Fichadeavaliacao corporal editavel_word_antigo_mundoesteticaFichadeavaliacao corporal editavel_word_antigo_mundoestetica
Fichadeavaliacao corporal editavel_word_antigo_mundoestetica
Ana Cunha
 
Avaliação corporal explicad1
Avaliação corporal explicad1Avaliação corporal explicad1
Avaliação corporal explicad1
Ana Cunha
 
Afecções ungueais nas doenças sistêmicas
Afecções ungueais nas doenças sistêmicasAfecções ungueais nas doenças sistêmicas
Afecções ungueais nas doenças sistêmicas
Ana Cunha
 
2. folha rosto 2 vias (1)
2. folha rosto 2 vias (1)2. folha rosto 2 vias (1)
2. folha rosto 2 vias (1)
Ana Cunha
 
Cuidados com seus cílios fio a fio
Cuidados com seus cílios fio a fioCuidados com seus cílios fio a fio
Cuidados com seus cílios fio a fio
Ana Cunha
 
Apostilas completas-140308111409-phpapp01
Apostilas completas-140308111409-phpapp01Apostilas completas-140308111409-phpapp01
Apostilas completas-140308111409-phpapp01
Ana Cunha
 
Slides para o trabalho de intolerancia
Slides para  o trabalho de intoleranciaSlides para  o trabalho de intolerancia
Slides para o trabalho de intolerancia
Ana Cunha
 
Componentes de uma formulação cosmética.pptx
Componentes de uma formulação cosmética.pptxComponentes de uma formulação cosmética.pptx
Componentes de uma formulação cosmética.pptx
Ana Cunha
 
3 hipercromias
3 hipercromias3 hipercromias
3 hipercromias
Ana Cunha
 
Anaminese
AnamineseAnaminese
Anaminese
Ana Cunha
 
A pele humana
A pele humanaA pele humana
A pele humana
Ana Cunha
 
Atlasdocorpohumano
AtlasdocorpohumanoAtlasdocorpohumano
Atlasdocorpohumano
Ana Cunha
 
Aprendizagem organizacional
Aprendizagem organizacionalAprendizagem organizacional
Aprendizagem organizacional
Ana Cunha
 

Mais de Ana Cunha (16)

05
0505
05
 
2 aminoacidos
2 aminoacidos2 aminoacidos
2 aminoacidos
 
Acido hialuronico
Acido hialuronicoAcido hialuronico
Acido hialuronico
 
Fichadeavaliacao corporal editavel_word_antigo_mundoestetica
Fichadeavaliacao corporal editavel_word_antigo_mundoesteticaFichadeavaliacao corporal editavel_word_antigo_mundoestetica
Fichadeavaliacao corporal editavel_word_antigo_mundoestetica
 
Avaliação corporal explicad1
Avaliação corporal explicad1Avaliação corporal explicad1
Avaliação corporal explicad1
 
Afecções ungueais nas doenças sistêmicas
Afecções ungueais nas doenças sistêmicasAfecções ungueais nas doenças sistêmicas
Afecções ungueais nas doenças sistêmicas
 
2. folha rosto 2 vias (1)
2. folha rosto 2 vias (1)2. folha rosto 2 vias (1)
2. folha rosto 2 vias (1)
 
Cuidados com seus cílios fio a fio
Cuidados com seus cílios fio a fioCuidados com seus cílios fio a fio
Cuidados com seus cílios fio a fio
 
Apostilas completas-140308111409-phpapp01
Apostilas completas-140308111409-phpapp01Apostilas completas-140308111409-phpapp01
Apostilas completas-140308111409-phpapp01
 
Slides para o trabalho de intolerancia
Slides para  o trabalho de intoleranciaSlides para  o trabalho de intolerancia
Slides para o trabalho de intolerancia
 
Componentes de uma formulação cosmética.pptx
Componentes de uma formulação cosmética.pptxComponentes de uma formulação cosmética.pptx
Componentes de uma formulação cosmética.pptx
 
3 hipercromias
3 hipercromias3 hipercromias
3 hipercromias
 
Anaminese
AnamineseAnaminese
Anaminese
 
A pele humana
A pele humanaA pele humana
A pele humana
 
Atlasdocorpohumano
AtlasdocorpohumanoAtlasdocorpohumano
Atlasdocorpohumano
 
Aprendizagem organizacional
Aprendizagem organizacionalAprendizagem organizacional
Aprendizagem organizacional
 

Último

Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdfConstrução Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Falcão Brasil
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdfDesafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Falcão Brasil
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
reforma trabalhista - direto e deveresss
reforma trabalhista - direto e deveresssreforma trabalhista - direto e deveresss
reforma trabalhista - direto e deveresss
adequacaocontabil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA- resumo
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS  DE ÉPOCA- resumoESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS  DE ÉPOCA- resumo
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA- resumo
SolangeWaltre
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdfConstrução Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdfDesafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
Desafios Contemporâneos para o Exército Brasileiro (EB).pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
reforma trabalhista - direto e deveresss
reforma trabalhista - direto e deveresssreforma trabalhista - direto e deveresss
reforma trabalhista - direto e deveresss
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA- resumo
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS  DE ÉPOCA- resumoESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS  DE ÉPOCA- resumo
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA- resumo
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 

10 gafes que você não pode cometer numa entrevista de emprego

  • 1. 10 gafes que você não pode cometer numa entrevista de emprego A entrevista é um momento importantíssimo no processo de seleção para uma vaga de emprego. Todos os seus movimentos são observados e avaliados. Portanto, concentre-se para permanecer focado no seu futuro profissional e Vender bem a sua imagem, por meio das habilidades e conhecimentos que domina. Chegar atrasado, falar mal do chefe ou emprego anterior, não saber nada sobre a empresa contratante e demonstrar falta de energia podem arruinar completamente a busca por uma nova oportunidade de trabalho. Confira 10 gafes que devem ser evitadas na hora da entrevista: 1. Falar mal do chefe ou emprego anterior. Muitas vezes, o candidato está sob pressão no emprego atual, ou foi demitido e sente-se injustiçado, e acaba utilizando a entrevista para desabafar. Isso é péssimo, pois passa a imagem de uma pessoa imatura, que guarda rancor e não sabe reconhecer o que aprendeu em experiências anteriores. 2. Deixar celulares ou iPods à vista e ligados. A entrevista é um momento importantíssimo para o candidato. Ele deve se portar de forma adequada. É preciso se concentrar para entrar na entrevista focado no seu futuro profissional. Nada de atender celulares, mandar e receber torpedos ou ficar ouvindo música com fone de ouvido. Comportamentos como esses
  • 2. demonstram descaso e falta de capacidade de concentração. 3. Fazer comentário sem pensar. Alguns candidatos, na tentativa de agradar e serem aceitos pela empresa, acabam confundindo a entrevista com um bate- papo no barzinho. Há aqueles que chegam a comentar que têm dificuldade para acordar cedo, não gostam de ler ou que simularam uma doença para participar da entrevista de emprego e justificar a falta no trabalho atual. 4.Não saber nada sobre a empresa contratante. Esse, infelizmente, é um erro muito comum dos candidatos. Muitos não se dão ao trabalho de pesquisar sobre a respectiva companhia. Não conhecem o mercado nem sabem em que área a empresa atua e, por conta disso, não sabem como poderiam agregar valor a empresa. A falta de interesse em buscar mais informações demonstra falta de iniciativa, o que, com certeza, terá um efeito negativo na imagem do candidato. 5.Chegar atrasado. À falta de capacidade de chegar no horário combinado passa a impressão de falta de interesse e desleixo (sugere que a pessoa não dá a devida importância ao trabalho). Pode sugerir também falta de capacidade de planejamento (não consegue calcular o trajeto e o tempo para chegar à empresa). Em outras palavras: se não consegue fazer isso em um trajeto simples, o que dirá das atividades da empresa? 6. Mostrar pouca energia. Alguns candidatos demonstram falta de energia na hora da entrevista. Falam em monossílabos, não desenvolvem as respostas, falam baixo, etc. A expressão corporal e facial é responsável por 55% das informações que emitimos durante a comunicação, enquanto o tom de voz soma mais 38%. Sendo assim, se o candidato demonstra uma postura desleixada, cansada e um tom de voz cansado e sem energia, ele demonstra não estar interessado na vaga e no trabalho, apesar de participar da entrevista. Empresas buscam pessoas motivadas, com energia para trabalhar, e não funcionários dispostos a apenas receber o salário no final do mês. 7.Não manter contato visual com o entrevistador. Olhar nos olhos é importante no momento da entrevista. O ditado diz: os olhos são espelhos da alma. Isso significa que, através do olhar, passamos informações que não são ditas de forma oral. Por exemplo, sinceridade, brilho dos olhos ao falar de projetos que o motivam, e também inseguranças, receios, mentiras, etc. Se você se preparou para a entrevista e deseja realmente fazer parte da empresa, não tenha medo de mostrar quem você é. Confie na sua vontade, no seu desejo de trabalhar e conquistar os seus sonhos através do seu trabalho. 8. Falar sobre problemas pessoais. Alguns candidatos confundem a entrevista com sessão de análise e começam a falar sobre os problemas
  • 3. familiares, falta de dinheiro, etc. Isso provoca uma imagem negativa ao candidato porque demonstra que ele não consegue separar problemas profissionais e problemas pessoais. Indica que o candidato, provavelmente, é do tipo de pessoa que traz os problemas pessoais para resolver durante o trabalho. Como? Fazendo inúmeras pausas durante o expediente para ficar tricotando ou desabafando problemas pessoais para os colegas de trabalho. 9.Falta de visão de futuro. Atualmente, as empresas buscam colaboradores que sabem o que querem. Muitos profissionais, infelizmente, não têm a mínima ideia do que buscam através do trabalho. Sendo assim, a relação com a empresa se limitaria a apenas mão de obra em troca de salário. Profissional que não tem perspectiva raramente conseguirá enxergar o valor que poderá agregar ao empregador e também o inverso, o valor que a empresa agregará em sua vida profissional. 10.Falta de preparo para a entrevista. Muitos profissionais esquecem que a entrevista é um momento para eles venderem a sua imagem, por meio das habilidades e conhecimentos. Não saber responder a perguntas do tipo quais são seus pontos fortes, ou me fale de suas realizações, ou comente sobre pontos que você sente que precisa melhorar, etc., mostra uma grande deficiência em planejamento, preparo, cuidado e falta de autoconhecimento. Como se comportar durante uma entrevista de emprego Nos processos seletivos realizados nas empresas, geralmente são realizadas entrevistas, dinâmicas de grupo, provas e/ou testes com a finalidade de avaliar o perfil dos candidatos. Em resumo, um empregador quer saber:  Quem é você?  O que você já fez?  O que sei fazer?  O que gosto de fazer?  Em que posso melhorar?  Por que você saiu do último emprego?  Por que você deveria ser contratado para esta vaga?
  • 4. A entrevista O selecionador está apenas interessado em saber como você pode beneficiar a empresa. São feitas muitas perguntas e o candidato precisa estar preparado para respondê-la com total confiança, para assim fazer com que o entrevistador acredite nas respostas. Antes de ir para entrevista, o candidato deve se preparar. Seguem algumas dicas: • Procure conhecer a empresa antes da entrevista; • Nunca se atrase e nem chegue muito antes do horário marcado; • Boa apresentação (boa higiene, cabelos e barbas feitos; unhas cortadas e limpas); roupas discretas (mulheres sem decote e homens sem boné); jamais use óculos escuros; • Fale com clareza e seja objetivo; • Evite vícios de linguagem e erros de português e nunca use gírias; • Não fale mal de seus patrões e empresas anteriores; • Esteja preparado para responder sua pretensão salarial, horário de trabalho, disponibilidade de mudar de cidade, etc.; • Procure enfatizar além dos cargos ocupados, as contribuições que você trouxe para a empresa; • Evite dar respostas curtas (ex. sim, não e é); • Não faça piadas, mastigue chicletes ou balas e não fume; • Não minta; • Não leve outra pessoa com você; • Cuide do seu hálito; • Desligue o celular; • Não demonstre impaciência; • Não mexa nas coisas do entrevistador e nem crie intimidade com o mesmo. • Contato visual: Seja firme, olhe nos olhos; • Atitude (não mascar chicletes, não usar boné, seja simpático, tanto com o porteiro, quanto com o selecionador; • Tom de voz (não fale muito alto nem muito baixo); • Conhecer seu currículo (leia-o);
  • 5. O que esperar de uma entrevista? O que o empregador espera:  Confirmar os dados já apresentados no currículo;  Recolher outras informações;  Verificar o perfil do candidato. O que o entrevistado pretende: Demonstrar as suas competências e capacidades;  Convencer o empregador;  Verificar se a vaga corresponde àquilo que esperava. Perguntas frequentes nas entrevistas:  Fale sobre você (responda apenas o que for perguntado)  Quanto quer ganhar?  Por que deixou o último emprego?  Quais são seus objetivos?  O que você procura num emprego?  Por que acha que devemos contratá-lo?  Diga seus pontos fortes e seus pontos fracos.  Com que tipo de pessoa você tem dificuldade para trabalhar?  O que você pode contribuir para nossa empresa? Dinâmica de grupo:
  • 6.  Usada para identificar certas características das pessoas e como se relacionam com os outros;  O que será analisado pelo selecionador é, o seu comportamento e posicionamento diante de uma situação teste;  Não desanime! Não é porque você cometeu um erro que você não pode consertá-lo durante o processo. Competências geralmente analisadas na dinâmica de grupo:  Iniciativa (evite falar em excesso ou impedir que os outros participem);  Determinação;  Trabalho em equipe.  Preste atenção nas instruções do selecionador;  Seja natural, interaja e seja o mais participativo possível;  Não tente impor seu ponto de vista;  Procure não ofuscar os outros membros da equipe;  Tome cuidado com as gírias e os erros de português;  Administre o tempo de cada atividade. Tipos de dinâmica Atividades lúdicas: servem para descontrair e deixar os candidatos se comportarem da forma mais natural possível; Perguntas do tipo "Que animal (sorvete, cidade, objeto) você gostaria de ser?" Ou "Em que ano preferia ter nascido?" Têm como objetivo avaliar a criatividade, a originalidade, a velocidade de raciocínio dos candidatos e para revelar a forma como o profissional se vê;
  • 7. Como garantir a sobrevivência do grupo após um naufrágio? O que levar em uma expedição ao deserto do Saara? Nesse tipo de atividade, não existe resposta certa ou errada. A prova avalia bom poder de argumentação, a coerência e a capacidade de estratégia do profissional; Provas situacionais são bastante comuns em dinâmicas de grupo. Resumem- se a simulações de situações de trabalho, o mais próximo possível do real. O objetivo é analisar de que forma os candidatos exerceriam funções específicas do cargo pretendido. Podem ser aplicadas individual ou coletivamente. O resultado é esta lista de 50 perguntas. Entre questões óbvias e perguntas mais inusitadas, confira o que os recrutadores têm perguntado aos candidatos: 1. Quais são os seus pontos fortes? 2. Quais são os seus pontos fracos? 3. Por que você está interessado em trabalhar para esta empresa? 4. Onde você se vê em cinco anos? E em 10? 5. Por que você quer deixar o seu emprego atual? 6. Por que há uma lacuna na sua trajetória profissional entre (data) e (data)? 7. O que só você pode nos oferecer? 8. Cite três pontos em que seu ex-chefe gostaria que você melhorasse. 9. Você busca uma recolocação no mercado? 10. Você tem planos de viajar? 11. Conte sobre a realização de carreira da qual mais se orgulha. 12. Conte sobre alguma vez em que você tenha cometido um erro. 13. Qual o seu emprego dos sonhos? 14. Como você ficou sabendo desta vaga? 15. O que você espera realizar nos primeiros 30 dias, 60 dias e 90 dias de trabalho? 16. Fale um pouco sobre o seu currículo. 17. Fale um pouco sobre sua formação acadêmica. 18. Descreva-se. 19. Conte-me como lidou com uma situação difícil. 20. Por que deveríamos contratá-lo? 21. Por que você está procurando um novo emprego? 22. Você trabalharia em fins de semana e feriados? 23. Como você lidaria com um cliente bravo? 24. Qual a sua pretensão salarial?
  • 8. 25. Conte-me sobre alguma vez em que foi além e também abaixo do que era esperado para um projeto. 26. Quem são seus concorrentes? 27. Qual o seu maior fracasso? 28. O que te motiva? 29. Qual a sua disponibilidade? 30. Quem é o seu mentor? 31. Conte-me sobre alguma vez em que discordou do seu chefe. 32. Como você lida com a pressão? 33. Qual o nome do seu CEO? 34. Quais as suas metas de carreira? 35. O que o motiva para se levantar todos os dias? 36. Quais eram os pontos fortes e fracos dos seus chefes? 37. O que as pessoas que se reportam diretamente a você diriam sobre você? 38. Se eu ligasse agora para o seu chefe e perguntasse em quais pontos você precisa melhorar o que ele diria? 39. Você é um líder ou um seguidor? 40. Qual o último livro que você leu por diversão? 41. Quais são os hábitos irritantes dos seus colegas? 42. Quais são os seus hobbies? 43. Qual o seu site favorito? 44. O que o deixa desconfortável? 45. Quais foram as suas experiências de liderança 46. Como você demitiria alguém? 47. O que você mais gosta e o que menos gosta de trabalhar neste setor? 48. Você trabalharia 40 horas ou mais por semana? 49. Quais perguntas eu não fiz para você? 50. Quais perguntas você quer fazer para mim? 1. VOCÊ SE CONSIDERA A MELHOR PESSOA PARA ESSE TRABALHO? POR QUÊ? A melhor maneira de responder é oferecendo exemplos concretos das suas conquistas e habilidades. Compare as exigências da vaga com o seu perfil para que o recrutador veja que você é o mais indicado para a vaga. 2. Você é bom demais para esse trabalho? Você pode responder mais ou menos assim: "bom demais? Alguns diriam que eu não sou bom demais, mas tenho todas as habilidades necessárias para este
  • 9. trabalho. E, mesmo que eu fosse bom demais, tem algum problema de contratar quem trabalhar melhor do que o esperado?" 3. Descreva uma experiência difícil no seu trabalho e como você lidou com ela. Dê exemplos concretos do que já aconteceu no seu trabalho, depois discuta como você resolveu o problema. Seja positivo, o problema tem que acabar bem. 4. Descreva-se. O recrutador não quer uma resposta de 10 minutos. Ofereça frases que te destaquem entre os outros candidatos e que abram espaço para outras discussões. 5. Descreva o melhor e o pior chefe. Diga que você aprendeu algo, não importa com qual chefe você teve. Você pode, inclusive, afirmar que, com os bons chefes, você aprendeu o que fazer e, com os ruins, o que não fazer. 6. Fale sobre seus objetivos profissionais. Com essa pergunta, o recrutador quer saber sobre as duas decisões. Quer saber se você não entrou no seu campo por acaso e está ali também por acaso. Alguém que saiba tomar bem decisões será um ótimo chefe. 7. Fale sobre seu estilo de trabalho. Não adianta só falar que vocêé rápido. Os recrutadores não procuram isso. É melhor dizer que você é eficiente, organizado, focado e, devido a isso, você termina as suas atividades mais rapidamente. 8. Você prefere trabalhar sozinho ou em equipe?
  • 10. Responda que está apto e se sente bem de realizar os dois tipos. Ofereça situações que sustentem sua afirmação. 9. Você leva trabalho para casa? "Quando necessário, sem problema. Eu entendo a importância trabalhos que precisam ser realizados até tal dia impreterivelmente." 10. Dê alguns exemplos de trabalho em grupo. O recrutador quer saber como você trabalharia com a equipe do lugar no qual você está prestes a integrar. Dê exemplos válidos de trabalho em grupo, nem que tenha que ser da faculdade. 11. Você já teve dificuldade para trabalhar com algum gestor? Esta pergunta é complicada e deve ser respondida com atenção. Nunca diga que vocês não se davam por motivos banais e, sim, porque vocês tinham opiniões e expectativas diferentes. Um bom modo de resolver isso é sentar e conversar. Mas não exagere na crítica ao seu antigo chefe. 12. Você já ficou bravo no trabalho? O que houve? "Bravo para mim é perda de controle, algo que nunca acontece comigo. Quando estou estressado, paro, respiro fundo e começo a pensar em como vou resolver o problema." 13. Como você lida com a pressão? Uma boa forma de responder é: "eu lido com situações, não com pressão ou estresse. Desta forma, eu batalho e resolvo o problema, não o estresse." 14. Como você mede sucesso? "Eu avalio sucesso de várias formas. No trabalho, é cumprir as metas que me foram passadas e quando a empresa inteira cumpre seu objetivo. Também acho que uma boa empresa é aquela que, não somente gratifica o sucesso, mas que oferece oportunidades de crescimento pessoal e profissiona."
  • 11. 15. Por quanto tempo você espera trabalhar aqui? Responda que até quando você tiver a oportunidade de continuar ou até quando seus serviços forem necessários. 16. Quais são suas aspirações de salário? Primeiramente, pesquise qual é a média de salário para a sua profissão, para o que você fará na empresa e balanceando o seu valor. Uma vez feito isso, você tem várias opções. Citar o salário base da sua ocupação e espera uma proposta, daí você pode dizer que vai pensar ou, simplesmente, não. A resposta negativa pode oferecer um salário mais alto, porém é mais arriscada. Aja de acordo com as suas necessidades. 17. Descreva o seu ritmo de trabalho. Novamente, não adianta dizer que você é rápido. Responda que você trabalha num ritmo equilibrado e mediano, mas que sempre termina os afazeres antes do que foi combinado. 18. Como você se descreveria? Neste caso, as variáveis são você mesmo, a companhia para a qual você trabalhará e a posição à qual você está se candidatando. Considere tudo isso e ofereça seus pontos fortes em poucas frases. 19. O que você faria se seu chefe estivesse errado? Diga que depende da situação e da personalidade do chefe. Se possível, dê exemplos concretos. 20. Se eu perguntasse às pessoas que você conhece por que você deveria ser contratado, o que elas diriam?
  • 12. "Seguramente, eles justificariam minha contratação pelo fato de eu ter as qualidades necessárias para este emprego e pela minha experiência neste ramo." 21. Qual o tipo de ambiente de trabalho no qual você prefere trabalhar? Diga que você pode ser flexível e pergunte como é o ambiente de trabalho na empresa. Depois, responda qual você prefere usando as palavras chaves proferidas pelo recrutador. 22. Existe algo mais que você gostaria de saber sobre o trabalho e a companhia? É a hora do recrutador escutar você. Faça perguntas pertinentes. Aqui estão alguns exemplos do que NÃO perguntar: "eu consegui o emprego?", "quando são minhas férias?", "eu posso mudar meu horário de trabalho?" e o pior "o que esta empresa faz?". 23. Conte por que você quer trabalhar aqui. É importante que você tenha pesquisado antes sobre a empresa. Uma vez que você a conhece, compare o que ela e pode oferecer com as suas habilidades, objetivos e metas futuras. 24. O que você busca na sua próxima posição? Você pode perguntar "qual é o caminho normal de alguém que trabalha na minha posição?" A partir desta resposta, a partir das palavras-chaves que o recrutador tenha mencionado. 25. Quais são as suas paixões? Com esta pergunta, o entrevistador quer saber um pouco da sua vida. Não precisa necessariamente citar algo relacionado ao trabalho, mas certifique-se de que você não citou nada que possa atrapalhar seu futuro emprego. 26. Quais são suas metas para o futuro?
  • 13. Relacione suas metas com a empresa e com a sua profissão. Ou seja, você gostaria de aprender e contribuir para uma empresa deste porte e crescer dentro da minha área. 27. Quais são seus requerimentos salariais? Isso depende da situação na qual você se encontra na vida pessoal e na própria entrevista. Se você estiver precisando, não arrisque fazer muitos requerimentos. Em contraposição, se você sentir que a empresa quer muito você, renegocie seu salário. 28. O que você pode fazer para esta companhia? Assumindo que você tenha pesquisado sobre a empresa, junte suas habilidades, metas, objetivos e competências com o que você conhece sobre a companhia e faça a sua resposta pessoal. 29. No que você pode contribuir para esta empresa? Dê exemplos concretos das suas antigas contribuições com a sua antiga empresa e relacione-as com o que você pode oferecer no futuro. 30. Quais desafios você busca no próximo trabalho? Responda que você procura desafios que façam você crescer e que você resolva com as habilidades que possui. Não esqueça de dizer que você se sente motivado por desafios, não assustado. 31. O que te agradava e o que você não gostava no seu último emprego? Não exagere ao falar mal demais na sua antiga empresa, porque o recrutador pode achar que você pode fazer o mesmo no futuro. Considere falar sobre você e seu estilo para que o próprio entrevistador perceba que você se adaptará bem ao emprego no qual você está se candidatando. 32. O que você espera de um supervisor?
  • 14. "Eu aprecio ambientes de trabalho nos quais os supervisores têm um contato mais próximo e pessoal com seus colegas, longe de favoritismo e conscientes das necessidades e facilidades de cada funcionário. 33. Quais são as decisões mais difíceis de tomar? Esta pergunta é comportamental e, por isso, não há um certo ou errado para ela. Você será avaliado pela lógica com que as enumera e a forma como resolveu esses problemas. 34. O que você aprendeu a partir dos seus erros? Neste caso, dê exemplos de algo que deu errado e que você você corrigiu depois. 35. O que te interessa neste trabalho? A melhor forma de responder a esta questão é descrever a própria vaga. Se você está interessado mesmo na vaga, isso funcionará como saída. 36. Qual é sua maior força? Descreva qualidades que te façam apto para preencher o perfil que a empresa procura. 37. Qual é sua maior fraqueza? Ofereça exemplos de defeitos não tão ruins assim. Como urgência para terminar o mais rápido possível os projetos, ou necessidade de checar 3, 4 vezes uma tarefa. 38. Quais foram os maiores desafios pelos quais você passou? Certifique-se de oferecer exemplos concretos de como você lidou uma situação complicada e particular.
  • 15. 39. Quais foram os maiores problemas que você encontrou nos antigos empregos? Descreva algum problema, mas não seja exagerado demais. Não se esqueça de citar algo que, embora desafiador, foi resolvido. 40. Qual foi sua maior contribuição (e fracasso) na última posição em que se encontrava? Se você trabalhava bem, não terá problema em falar sobre contribuição. Mas não esqueça de citar mais de uma, exemplos são sempre válidos. 41. O que foi mais (e menos) gratificante na sua última posição? Novamente, dê exemplos concretos; mas, na hora de falar sobre o que era pouco gratificante, tire vantagem disso: explique como você foi paciente, persistente e inteligente para lidar com essas situações e ainda trabalhar com eficiência. 42. Suas experiências são relevantes para este trabalho? Neste caso, seja específico na sua experiência. A melhor forma de responder é descrever suas antigas responsabilidades e conectá-las com o trabalho no qual está se candidatando. 43. O que você faria se não conseguisse mais ofertas de emprego? É importante responder que você se comprometerá a essa empresa se conseguir o emprego e, se não achar mais nenhum, refletiria se estava no campo certo e, após a reflexão, decidiria o que fazer. 44. Por que você está deixando seu trabalho? Se sua saída foi tumultuada, seja honesto e tente concentrar a conversa no futuro. Mas não fale mal do seu chefe, não justifique sua saída porque ele não era carismático ou algo assim. 45. Por que você quer este emprego?
  • 16. "Esta empresa é o lugar onde minhas qualificações podem fazer a diferença. Por exemplo, na outra empresa..." e conte um caso onde você fez a diferença. 46. Por que você se demitiu? Em geral, a melhor saída é explicar que você não tinha mais o que aprender e que as suas chances de crescimento eram mínimas e você queria ir adiante. 47. Por que você foi demitido? Primeiramente, diga que suas competências não batiam com o lugar onde você trabalha e, em seguida, explique que é nesta empresa onde você poderá explorar melhor suas qualidades e interesses. 48. Por que você largou este emprego? Esclareça que você enxergou esta empresa como lugar correto para crescer e dar o seu melhor, em vez da última na qual estava. 49. Por que deveríamos te contratar? Dê exemplos concretos do que você fez e do que pode fazer. Na hora de explicar como será útil para a empresa, fale sobre seu conhecimento na área e da sua experiência no assunto. 50. O que você sabe sobre esta empresa? Não seja pego desprevenido. Pesquise sobre a empresa antes e não reproduza fofocas sobre a companhia, como "ouvi dizer que ganham bem aqui", ou "ouvi dizer que se trabalhar até tarde aqui". Mesmo se essas fofocas forem verdade, se você está numa entrevista para trabalhar lá, é porque ou está de acordo com o que se comenta ou porque não acredita nos rumores. Dividir isso com o recrutador não será útil a você.