Análise de usabilidade do Facebook com base naheurística de Jakob Nielsen<br />Nailson Cunha<br />KássioKiarelly<br />Nata...
Introdução<br /><ul><li>Checar a eficiência e eficácia da rede de social Facebook é o objetivo principal deste trabalho.  ...
Ao fim veremos quais dessas heurísticas são seguidas pelo Facebook e, assim, verificar o grau de satisfação do usuário des...
Definições<br />O Facebook<br />Usabilidade<br />Heurística<br />Eficácia<br />Eficiência <br />Satisfação<br />
As 10 Heurísticas de Nielsen<br /><ul><li>Feedback
Falar a linguagem do usuário
Saídas claramente demarcadas
Consistência
Prevenir erros
Minimizar a sobrecarga de memória do usuário
Atalhos
Diálogos simples e naturais
Boas mensagens de erro
Ajuda e documentação</li></li></ul><li>Feedback<br />O sistema deve informar continuamente ao usuário sobre o que ele está...
FeedBack<br />
Falar a linguagem do usuário<br />A terminologia deve ser baseada na linguagem do usuário e não orientada ao sistema. As i...
Falar a linguagem do usuário<br />
Saídas claramente demarcadas<br />O usuário controla o sistema, ele pode, a qualquer momento, abortar uma tarefa, ou desfa...
Saídas claramente demarcadas<br />
Consistência<br />Um mesmo comando ou ação deve ter sempre o mesmo efeito.<br />A mesma operação deve ser apresentada na m...
Consistência<br />
Prevenir erros<br />Evitar situações de erro.<br />Conhecer as situações que mais provocam erros e modificar a interface p...
Prevenir erros<br />
Prevenir erros<br />
Minimizar a sobrecarga de memória do usuário<br />O sistema deve mostrar os elementos de diálogo e permitir que o usuário ...
Minimizar a sobrecarga de memória do usuário<br />
Atalhos<br />Para usuários experientes executarem as operações mais rapidamente. <br />Abreviações, teclas de função, dupl...
Atalhos<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Análise de usabilidade do Facebook com base na heurística de Jakob Nielsen

6.376 visualizações

Publicada em

Análise de usabilidade do Facebook com base na heurística de Jakob Nielsen.
Apresentação da 3 avalição da cadeira de IHC, ministrada pelo prof. Lafayetty, no curso de Sistemas para Internet do IFPB

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.376
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
169
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Análise de usabilidade do Facebook com base na heurística de Jakob Nielsen

  1. 1. Análise de usabilidade do Facebook com base naheurística de Jakob Nielsen<br />Nailson Cunha<br />KássioKiarelly<br />NatanBrasileiro<br />Wagner Souza <br />Tália de Almeida<br />
  2. 2. Introdução<br /><ul><li>Checar a eficiência e eficácia da rede de social Facebook é o objetivo principal deste trabalho. Para isso utilizaremos a abordagem da análise heurística, tomando como base as propostas por Jakob Nielsen.
  3. 3. Ao fim veremos quais dessas heurísticas são seguidas pelo Facebook e, assim, verificar o grau de satisfação do usuário dessa rede social e se o Facebook pode ser considerado um site com boa usabilidade.</li></li></ul><li>Jakob Nielsen<br />Nascido em 1957 <br />Cidade: Copenhague<br />País: Dinamarca <br />É um cientista alemão da computação com PhD <br />em Interação homem-máquina. <br />Nielsen trabalhou para várias empresas ligadas ao <br />ramo da Informática como a Bellcore, a IBM, <br />Sun Microsystems, onde desempenhou as funções de <br />investigador sénior.Em 1990 publicou o seu primeiro livro dedicado ao <br />hipertexto, intitulado "Hypertext andHypermedia", onde<br />tecia um número de previsões relativas ao futuro <br />próximo, compreendido num espaço de três a cinco<br />anos, da utilização da Internet.<br />
  4. 4. Definições<br />O Facebook<br />Usabilidade<br />Heurística<br />Eficácia<br />Eficiência <br />Satisfação<br />
  5. 5. As 10 Heurísticas de Nielsen<br /><ul><li>Feedback
  6. 6. Falar a linguagem do usuário
  7. 7. Saídas claramente demarcadas
  8. 8. Consistência
  9. 9. Prevenir erros
  10. 10. Minimizar a sobrecarga de memória do usuário
  11. 11. Atalhos
  12. 12. Diálogos simples e naturais
  13. 13. Boas mensagens de erro
  14. 14. Ajuda e documentação</li></li></ul><li>Feedback<br />O sistema deve informar continuamente ao usuário sobre o que ele está fazendo<br />10 segundos é o limite para manter a atenção do usuário focalizada no diálogo. <br />
  15. 15. FeedBack<br />
  16. 16. Falar a linguagem do usuário<br />A terminologia deve ser baseada na linguagem do usuário e não orientada ao sistema. As informações devem ser organizadas conforme o modelo mental do usuário.<br />
  17. 17. Falar a linguagem do usuário<br />
  18. 18. Saídas claramente demarcadas<br />O usuário controla o sistema, ele pode, a qualquer momento, abortar uma tarefa, ou desfazer uma operação e retornar ao estado anterior. <br />
  19. 19. Saídas claramente demarcadas<br />
  20. 20. Consistência<br />Um mesmo comando ou ação deve ter sempre o mesmo efeito.<br />A mesma operação deve ser apresentada na mesma localização e deve ser formatada/apresentada da mesma maneira para facilitar o reconhecimento.<br />
  21. 21. Consistência<br />
  22. 22. Prevenir erros<br />Evitar situações de erro.<br />Conhecer as situações que mais provocam erros e modificar a interface para que estes erros não ocorram.<br />
  23. 23. Prevenir erros<br />
  24. 24. Prevenir erros<br />
  25. 25. Minimizar a sobrecarga de memória do usuário<br />O sistema deve mostrar os elementos de diálogo e permitir que o usuário faça suas escolhas, sem a necessidade de lembrar um comando específico. <br />
  26. 26. Minimizar a sobrecarga de memória do usuário<br />
  27. 27. Atalhos<br />Para usuários experientes executarem as operações mais rapidamente. <br />Abreviações, teclas de função, duplo clique no mouse, função de volta em sistemas hipertexto.<br />Atalhos também servem para recuperar informações que estão numa profundidade na árvore navegacional a partir da interface principal.<br />
  28. 28. Atalhos<br />
  29. 29. Diálogos Simples<br />Deve-se apresentar exatamente a informação que o usuário precisa no momento, nem mais nem menos.<br />A seqüência da interação e o acesso aos objetos e operações devem ser compatíveis com o modo pelo qual o usuário realiza suas tarefas.<br />
  30. 30. Diálogos Simples<br />
  31. 31. Boas mensagens de erro<br />Linguagem clara e sem códigos.<br />Devem ajudar o usuário a entender e resolver o problema.<br />Não devem culpar ou intimidar o usuário. <br />
  32. 32. Boas mensagens de erro<br />
  33. 33. Ajuda e documentação<br />O ideal é que um software seja tão fácil de usar (intuitivo) que não necessite de ajuda ou documentação. <br />Se for necessária a ajuda deve estar facilmente acessível on-line.<br />
  34. 34. Ajuda e documentação<br />
  35. 35. Conclusão<br />Possui alguns problemas de inconsistência de menu e feedback.<br />Apresenta-se ineficiente em alguns pontos<br />Com poucas falhas é um site eficaz e eficiente para seus utilizadores.<br />Possui boa documentação, que mesmo assim o usuário dificilmente irá precisar.<br />
  36. 36. Obrigado!<br />

×