Apresentação Antonio Borges

256 visualizações

Publicada em

Sobre a FecomercioSP

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
256
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação Antonio Borges

  1. 1. Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) REPRESENTAÇÃO 156 sindicatos 1,8 milhão 11% principal entidade sindical paulista dos setores do comércio de bens, serviços e turismo congrega 156 sindicatos patronais de empresas representadas, correspondendo a do PIB paulista responsável por administrar o Sesc-SP e o Senac-SP
  2. 2. FÓRUNS DE DISCUSSÃO conselhos temáticos ÿ Comércio Eletrônico ÿ Desenvolvimento Local ÿ IT Compliance e Educação Digital. ÿ Emprego e relações do trabalho. ÿ Superior de Direito ÿ Sustentabilidade ÿ Viagens e Eventos Corporativos conselhos estatutários ÿ Ética ÿ Arbitral conselhos tradicionais ÿ Assuntos Sindicais ÿ Assuntos Tributários ÿ Comércio Atacadista ÿ Comércio Externo ÿ Comércio Varejista ÿ Serviços
  3. 3. INFLUÊNCIA E MOBILIZAÇÃO assessoria econômica e jurídica comunicaçãodebates e seminários articulação com o poder público
  4. 4. assessorias
  5. 5. ASSESSORIAS assessoria econômica Desenvolvimento de pesquisas, sondagens, projeções econômicas, pareceres técnicos, estudos econômicos, análises conjunturais e fornecimento de material técnico de relevância à sociedade e aos seus sindicatos filiados.
  6. 6. INDICADORES ECONÔMICOS FecomercioSP desenvolve pesquisas regulares, sendo as principais: ipv Índice de Preços do Varejo ips Índice de Preços de Serviços pesp Pesquisa de Emprego e Salário no Estado de São Paulo pccv Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista cvcs Custo de Vida por Classe Social icf Intenção de Consumo das Famílias icc Índice de Confiança do Consumidor peic Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor icec Índice de Confiança do Empresário do Comércio prie Pesquisa de Risco e Intenção de Endividamento índice de estoques Apresenta a percepção dos comerciantes em relação aos seus estoques pcce Pesquisa Conjuntural do Comércio Eletrônico pesve Pesquisa de Emprego no setor de Viagens e Eventos no Estado de São Paulo
  7. 7. ASSESSORIAS assessoria jurídica Visa atender o caráter institucional da Entidade e produzir todo o conteúdo técnico jurídico referente a assuntos de interesse das categorias representadas, tais como pareceres, pastas técnicas, informativos, relatórios, cartilhas e atas.
  8. 8. debates e seminários
  9. 9. DEBATES E SEMINÁRIOS
  10. 10. comunicação
  11. 11. REVISTAS 40 9 771983 139001 00040 revista comércio & serviços publicação da federação do comércio de bens, serviços e turismo do estado de são paulo ANO 24 • Nº 40 • SETEMBRO/OUTUBRO • 2015 ISSN 1983-1390 Um passeio pelo TURISMO PAULISTA No ano passado, a cidade de São Paulo recebeu mais de 15 milhões de visitantes, boa parte veio a negócio. No interior, os diversos circuitos turísticos atraem visitantes de todo o Brasil e do exterior PRINCESA TECEL Ã A cidade de Americana e a Guerra de Secessão PEC DAS DOMÉSTICAS Novas oportunidades em serviços de limpeza SUSTENTABILIDADE PAR A TODOS Ações unem a cadeia da construção civil MOSTEIRO DE SÃO BENTO História, cultura e delícias dos monges beneditinos PUBLICAÇÃO DA FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DE BENS, SERVIÇOS E TURISMO DO ESTADO DE SÃO PAULO | 33 | OUT/NOV 2015CONSELHOS R$ 18,90 9772178158005 00033 INOVAÇÃO VIROU MODA Fábio Hering, presidente da Cia. Hering, conta os altos e baixos que o grupo enfrentou nos 135 anos de sua história. O segredo do sucesso foi saber se reinventar nos períodos de crise. Análises: revista conselhos Dirigida a presidentes, CEOs e CFOs, aborda grandes temas nacionais em macroeconomia, política e mobilização social. Periodicidade | bimestral Tiragem | 15 mil exemplares revista comércio & serviços (c&s) Dirigida ao público empreendedor, foca em oportunidades, gestão e tendências de mercado para a micro e a pequena empresa. Periodicidade | bimestral Tiragem | 25 mil exemplares
  12. 12. BOLETINS 5+20+37+38+t62+5+16+14+3+t DEVOLUÇÃO DE CHEQUES CRESCE COM A CRISE i n f o r m a t i v o e m p r e s a r i a l | s e t e m b r o d e 2 0 1 5 | e d i ç ã o n º 6 6 no primeiro semestre do ano, porcentual ficou em 2,19%, o segundo pior resultado do período, perdendo apenas para 2009, quando atingiu 2,3% pág.04pág.02 pág.03 VAREJOECONOMIA INVESTIMENTO Redução das tarifas bancárias Queda nos preços de imóveis chama a atenção Aumentam reclamações por problemas em promoções período de 2014, quando foram compensa- dos 378,44 milhões de cheques. No primeiro semestre de 2015, o total de cheques devolvidos por insuficiência de fundos foi de 7,453 milhões de cheques, também representando queda em relação ao mesmo período do ano passado, 7,906 milhões de cheques. Essa queda no total de cheques compen- sados e devolvidos está relacionada ao cres- cimento da utilização dos cartões de crédito e débito [veja gráfico]. A alta apresentada no porcentual de cheques devolvidos por insuficiência de fun- dos no primeiro semestre de 2015 se deve aos reflexos da crise econômica atual, em que a alta da inflação e os aumentos dos juros e do desemprego têm impactado na capaci- dade de pagamento das famílias. [ ] No primeiro semestre, o porcentual de de- voluções de cheques por insuficiência de fundos ficou em 2,19%, superando o mesmo período do ano passado, que foi de 2,09%. O resultado é o segundo maior para o período de toda a série histórica, iniciada em 1991, da Serasa Experian. O maior foi em 2009, quando o resultado alcançou 2,3%. Em relação a junho, o porcentual de devolução de cheques sem fundos foi de 2,02%, superando o mesmo período do ano passado, de 1,92%. Em comparação ao mês anterior, o resultado de junho de 2015 apre- sentou queda, uma vez que o porcentual de cheques devolvidos em maio foi de 2,29%. Em relação ao total de cheques compen- sados, o acumulado do primeiro semestre de 2015 foi de 340,32 milhões, representando uma queda em comparação com o mesmo cheque transf. de crédito interbancária cartão de crédito cartão de débitodébito direto *Fonte: Banco Central Uso dos instrumentos de pagamento* (quantidade) diagnóstico do sistema de pagamentos de varejo do brasil – 2014 1999 2014 38% 37% 20% 5% 62% 3% 5% 16% 14% economix Boletim mensal que aborda temas relacionados à macro e à microeconomia, destinado a comerciantes e prestadores de serviços. Tiragem | 11,7 mil exemplares projeto de lei nº 106/2011, que tramita na comissão de constituição e justiça e de cidadania (ccjc), irá facilitar o acesso das micro e pequenas empresas ao crédito CRÉDITO FÁCIL E BARATO PARA AS MPES pág. 04pág. 02 pág. 03 SUSTENTABILIDADEENTIDADE LEGISLAÇÃO Projeto cria Conselho da indústria e do comércio Flexibilização do intervalo intrajornada Empresa sustentável pagará menos imposto aprofundado, vislumbrou no Projeto de Lei Complementar (PLP) nº 106/2011, do depu- tado Esperidião Amim (PP/SC), a oportuni- dade de reeditar as Sociedades de Garantia Solidária, em um formato evoluído, ao en- contro dos fins desejados. A Federação acredita que as Socieda- des de Garantia Solidária, nos moldes do i n f o r m a t i v o e m p r e s a r i a l | s e t e m b r o d e 2 0 1 5 | e d i ç ã o n º 6 6 Com o objetivo de facilitar o acesso ao cré- dito pelas micro e pequenas empresas, a So- ciedade de Garantia Solidária (SGS) foi cria- da em razão da edição da Lei nº 9.841/1999, responsável por instituir o Estatuto da Mi- croempresa e da Empresa de Pequeno Porte. Com a promulgação da Lei Complementar nº 123/2006, o novo Estatuto revogou a SGS e estabeleceu a Sociedade de Garan- tia de Crédito, formato que teria a mesma finalidade – facilitar o acesso ao crédito –, mediante prestação de garantias em favor das MPEs, mas que não atende plenamente essa necessidade por suas limitações jurídi- cas, como quadro social e impedimento de captação de recursos por meio de emissão de títulos. Assim, considerando as características do modelo atualmente em vigor e conscien- te da importância das MPEs para a econo- mia, a FecomercioSP, por meio de um estudo PLP nº 106/2011, representam importante e oportuna ferramenta de facilitação de acesso ao capital, capaz de somar gran- des esforços para o desenvolvimento das MPEs e ainda de estimular a diversifica- ção de investimentos, por essa razão, a Entidade se posiciona absolutamente fa- vorável à aprovação. [ ] mixlegal Boletim mensal sobre questões jurídicas que impactam o cotidiano dos negócios do setor de comércio e serviços. Tiragem | 11,7 mil exemplares | b o l e t i m j u r í d i c o | a g o s t o / s e t e m b r o d e 2 0 1 5 | n ú m e r o 2 7 | em recentes entendimentos do tst, verificaram-se duas decisões, em parte contraditórias, no tocante à indivisibilidade do bem imóvel página 5fato em análise EXECUÇÃO TRABALHISTA E O BEM DE FAMÍLIA: QUAL O LIMITE? PRECEDENTES DA JUSTIÇA DO TRABALHO TÊM AUTORIZADO A EXECUÇÃO DE BENS DE EMPRESÁRIOS MALSUCEDIDOS volta-se a falar na introdução do imposto sobre grandes fortunas no “esclerosado” sistema tributário brasileiro. página 8visão açõ e s de p e n h o ra n a j u st i ç a do t ra ba l h o tome nota Boletim mensal focado em assuntos contábeis e destinado a contabilistas e entidades sindicais. Tiragem | 25,2 mil exemplares Como funciona o Plano de Proteção ao Emprego TIRE SUAS DÚVIDAS 2 Vínculo empregatício é negado a gerente DIRETO DO TRIBUNAL 4 MP 685 traz nova obrigação acessória TRIBUNA CONTÁBIL 5 i n f o r m a t i v o e m p r e s a r i a l a o s c o n t a b i l i s t a s | s e t e m b r o d e 2 0 1 5 | e d i ç ã o n º 1 4 4 eSocial – Sistema de Escrituração Di- gital das Obrigações Fiscais, Previ- denciárias e Trabalhistas – é um instrumen- toparaunificaraprestaçãodasinformações referentes à escrituração das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas, que padroniza sua transmissão, validação, ar- mazenamento e distribuição, constituindo Ambiente Nacional. Tal instrumento será composto pelas seguintes informações: • dados cadastrais dos empregadores, in- clusive domésticos, da empresa e equi- parados e dos segurados especiais; • dados cadastrais e contratuais de tra- balhadores, incluídos os relacionados ao registro de empregados; • dados cadastrais, funcionais e remu- neratórios dos servidores titulares de cargos efetivos amparados em regime próprio de previdência social, de todos os poderes, órgãos e entidades do res- pectivo ente federativo, suas autar- quias e fundações, dos magistrados, dos membros do Tribunal de Contas, dos membros do Ministério Público e dos militares; • dados cadastrais dos dependentes dos empregados,inclusivedomésticos,dos trabalhadores avulsos e dos segurados dos regimes geral e próprios de previ- dência social; DIVULGADO CRONOGRAMA DE IMPLANTAÇÃO DO ESOCIAL • dados relacionados às comunicações de acidente de trabalho, às condições ambientais do trabalho e do monitora- mento da saúde do trabalhador e dos segurados do regime próprio; • dados relacionados à folha de paga- mento e outros fatos geradores, bases de cálculo e valores devidos de contri- buições previdenciárias, contribuições sociais de que trata a Lei Complemen- tar nº 110/2001, contribuições sindi- cais, FGTS e imposto sobre renda retido na fonte; • outras informações de interesse dos órgãos e entidades integrantes do Co- mitê Gestor do eSocial, no âmbito de suas competências. As micros e pequenas empresas terão à disposição, no ambiente do eSocial, sistema eletrônico online gratuito para inserção de dados, geração e transmissão de arquivos. Já o Microempreendedor Individual (MEI) terá módulo específico. Segue abaixo cronograma de implanta- ção e prazo de envio das informações. As informações prestadas substituirão, na forma e no prazo a serem divulgados, a entrega das mesmas informações na Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (GFIP) e em outros for- mulários e declarações a que estão sujeitos os empregadores. Informações poderão ser conferidas no portal eletrônico www.esocial.gov.br. [ ] O empregador informações competência prazo de envio Empregador com faturamento acima de R$ 78 milhões em 2014 Informações em geral, exceto os dados sobre ambiente, saúde e acidente do trabalhador 9/2016 7/10/2016 Tabela de ambientes de trabalho, comunicação de acidente de trabalho, monitoramento da saúde do trabalhador e condições ambientais do trabalho 1/2017 7/2/2017 Demais empregadores, inclusive MEI, ME, EPP, empregador doméstico, segurado especial e produtor rural Informações em geral, exceto os dados sobre ambiente, saúde e acidente do trabalhador 1/2017 7/2/2017 Tabela de ambientes de trabalho, comunicação de acidente de trabalho, monitoramento da saúde do trabalhador e condições ambientais do trabalho 7/2017 7/8/2017 veredicto Distribuído bimestralmente para o judiciário trabalhista, o boletim analisa as relações entre capital e trabalho. Tiragem | 5 mil exemplares
  13. 13. CARTILHAS SIMPLES NACIONAL L LLLEI ANTICORRUPÇÃO 1 RESÍDUOS SÓLIDOS REVERSA LOGÍSTICA O QUE O EMPRESÁRIO DO COMÉRCIO E SERVIÇOS PRECISA SABER E FAZER RESÍDUOSSÓLIDOSLOGÍSTICAREVERSA><<> ÁGUA O QUE O EMPRESÁRIO DO COMÉRCIO E SERVIÇOS PRECISA SABER E FAZER PARA PRESERVAR ESTE PRECIOSO RECURSO Dedicadas à analise de temas específicos e estratégicos para a Entidade.
  14. 14. UM BRASIL Plataforma multimídia composta por entrevistas, debates e documentários com grandes nomes do meio acadêmico, intelectual e empresarial.
  15. 15. COLEÇÃO UM BRASIL marco antonio Villa | pAulo FeldmAnn | José GoldemberG | roberto Damatta | renAto opice blum | laurentino Gomes | JorGe duArte denis rosenField | ives GAndrA mArtins | Demétrio maGnoli | luiz Flávio Gomes | luis Felipe pondé | roberto mAcedo | cláuDio abramo um brasil umbrasil|AnálisesediscussõessobreumpovoembuscAdeumAidentidAde Análises e discussões sobre um povo em buscA de umA identidAde um brasil #1 1º semestre de 2014 um brasil roberto romano | mary Del Priore | Jorge Forbes | Luiz FeLipe d’aviLa | Mário SpineLLi | ricardo SaLLeS | Dias toFolli | BoriS FauSto | marco aurélio mello | Gaudêncio torquato | FáBio BarBoSa | Marco antônio viLLa | LuiS FeLipe pondé | roBerto LuiS troSter | WáLter Maierovitch | adriano pireS | cLáudio aBraMo | édiSon carLoS Análises e discussões sobre um povo em buscA de umA identidAde #2 Livro + 2 BLu-rays um brasil #2 2º semestre de 2014 um brasil #3 1º semestre de 2015 ISBN978-85-65274-08-1 9788565274081 O Brasil paga um preçO altO pelO privilégiO de alguns grupOs #3 OtavianO CanutO | arturO POrzeCanski | Hussein ali kalOut | MattHew taylOr | tHOMas trebat | FernandO sOtelinO | FiliPe CaMPante | rObert kauFMan | PaulO sOterO | Peter HakiM | rita raMalHO | CaiO blinder | FabiO GiaMbiaGi Livro + 2 BLu-rays 2 o u rios GastOs PúbliCOs | burOCraCia trilíngue POrtuGuês | enGlisH | esPañOl análises e discussões sOBre um pOvO em Busca de uma identidade um BrasiL série de entrevistas Gravadas nOs eua COM aCadêMiCOs de Harvard, COluMbia, aMeriCan university, rutGers, interaMeriCan dialOGue, wilsOn Center e banCO Mundial uBrasiLanálisesedisCussõessObreuMPOvOeMbusCadeuMaidentidade#3
  16. 16. ASSESSORIA DE IMPRENSA Responsável pelo gerenciamento e projeção da imagem institucional da Entidade, com foco no relacionamento com a mídia, a fim de que esta se torne um canal estratégico na divulgação dos interesses da Federação com a sociedade.
  17. 17. WEB portal de notícias Portal de notícias da FecomercioSP reúne os índices divulgados pela entidades, calendário de eventos, comunicados oficiais, conteúdo e trabalhos técnicos. www.fecomercio.com.br/ programa relaciona Portal com ferramentas que facilitam o dia a dia do empresário, com benefícios e fácil acesso a informações sobre assuntos contábeis e gestão sindical. www.programarelaciona.com.br
  18. 18. REDES SOCIAIS facebook twitter linkedin youtube
  19. 19. articulação com o poder público
  20. 20. ARTICULAÇÃO COM O PODER PÚBLICO Participação das discussões nos poderes executivo e legislativo locais, bem como em outros fóruns da sociedade civil, advogando os interesses da Entidade.
  21. 21. produtos e serviços
  22. 22. PRODUTOS E SERVIÇOS fecomercio internacional Orientação aos empresários estrangeiros interessados em fazer negócios com o Brasil e apoio aos empresários nacionais que buscam negócios no exterior. certificado de origem Documento exigido para exportação. Permite que as mercadorias se beneficiem do tratamento tarifário preferencial previsto em acordos comerciais.
  23. 23. fundação fecomercio de previdência associativa Entidade fechada de previdência complementar para empresários associados e seus familiares, administrada em parceria com a Mongeral Aegon. PRODUTOS E SERVIÇOS fecomercio arbitral Câmara de arbitragem destinada à rápida solução de conflitos entre pessoas físicas e/ou jurídicas, resultado de parceria com OAB-SP, Sebrae-SP, Sescon-SP e Câmara de Arbitragem Internacional de Paris.
  24. 24. pesquisas customizadas Estudos estatísticos e análises de mercado feitos sob encomenda. PRODUTOS E SERVIÇOS centro fecomercio-sp de eventos Espaços modulares para realização de congressos, feiras e exposições, incluindo o Teatro Raul Cortez, um dos grandes palcos da cidade, com 512 lugares. seguro-saúde e planos odontológicos Planos de assistência médica, planos odontológicos, seguros de vida e de acidentes pessoais, oferecidos em parceria com a Qualicorp. teatro raul cortez Há quase dez anos, o Teatro Raul Cortez é um dos grandes palcos da cidade, reunindo sofisticação e tecnologia a serviço da arte e do espetáculo. Com 512 lugares, o espaço é utilizado como auditório e como teatro, podendo ser locado nos períodos diurno e noturno.
  25. 25. ações institucionais
  26. 26. 5 AÇÕES INSTITUCIONAIS prêmio fecomercio de sustentabilidade Parceria com a Fundação Dom Cabral, reconhece iniciativas sustentáveis em quatro categorias: Empresa, Órgão Público, Academia e Reportagem Jornalística. O prêmio está na quarta edição. congresso fecomercio de crimes eletrônicos Debate sobre segurança e direito digital, reúne anualmente especialistas nacionais e internacionais em torno das principais tendências do tema.
  27. 27. rua dr. plínio barreto, 285 bela vista cep 01313-020 – são paulo www.fecomercio.com.br

×