SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA
   UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL
        CURSO DE PEDAGOGIA




       ANA PAULA GONÇALVES
  ELIANE APARECIDA MOREIRA ALVIM
 JOSIANE DOLORES DE SOUZA DUARTE
   PAULO SÉRGIO COIMBRA DA SILVA
    ROSILAINE FREGUGLIA ESTROPA
         SONIA RIBEIRO APIO




     PROJETO INTERDISCIPLINAR
    MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM




            JUIZ DE FORA
           JUNHO DE 2012
LILIANE ROSA
LUCIANA CRISTINA TAGLIATE TEIXEIRA




    PROJETO INTERDISCIPLINAR
   MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM




                 Projeto interdisciplinar apresentado como
                 requisito parcial à conclusão do Curso de
                 Temas transversais nos PCN’s, da
                 Faculdade de Educação, Universidade
                 Federal de Juiz de Fora.




           JUIZ DE FORA
          JUNHO DE 2012
TÍTULO: MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM

INSTITUIÇÃO: Escola Municipal Professora Edith Merhey

ANO: 5º ano do Ensino Fundamental

DURAÇÃO: 4 A 5 aulas

INTRODUÇÃO

       A função deste projeto é trabalhar com o tema Meio Ambiente visando à
formação de cidadãos atuantes e participativos na sociedade da qual fazem parte.
De modo que, possam interferir positivamente em sua realidade socioambiental,
contribuindo de forma responsável para o bem estar desta sociedade, bem como do
Planeta de modo geral. Assim, serão trabalhadas questões de valores e atitudes,
buscando despertar nos alunos a consciência ecológica de maneira que os mesmos
possam direcionar suas ações para a preservação do meio ambiente, assim como,
compartilhar os conhecimentos adquiridos com os seus pares.




QUESTÃO-PROBLEMA

       O tema objeto de investigação do presente trabalho é reciclagem. A escolha
deste assunto se deve ao fato de vivermos uma era limítrofe em relação ao
consumo, a dos descartáveis. O “Ter”, está muito atrelado a “ser”, filosofia imposta
pelo capitalismo, haja vista as insinuações contidas nas propagandas e marketings
de produtos, principalmente dos grandes grupos empresariais, amplamente
veiculadas nas diversas mídias. O PCN faz referência a este fenômeno desenfreado:
“o atual modelo econômico estimula um consumo crescente e irresponsável de bens
materiais, mas se depara com a constatação de que há um limite para esse
consumo que de fato condena a vida na Terra a uma rápida destruição” (BRASIL.
PCN-MEIO AMBIENTE. 1997.p.36).

       Este tema está inserido no bloco “Manejo e Conservação Ambiental”, a
saber, no item “a necessidade e as formas de coleta e destino do lixo; reciclagem; os
comportamentos responsáveis de “produção” e “destino” do lixo em casa, na escola
e nos espaços de uso comum” e no item “alguns processos simples de reciclagem e
reaproveitamento de materiais”.

        Para tanto, optou-se por trabalhar com a Escola Municipal Professora Edith
Merhey, no Bairro Santo Antônio, em Juiz de Fora, que atende a uma população
carente, onde se observa a necessidade de um trabalho voltado para a questão
ambiental, pois segundo relato de um dos membros do grupo é uma região
abandonada pela prefeitura, com poucas coletas de lixo e locais adequados para
seu depósito, gerando um acúmulo de lixo nas ruas, em especial sacolinhas e
embalagens. Associada à questão acima mencionada, ainda existe outro agravante;
o bairro teve seu crescimento desordenado e, portanto sem acompanhamento
técnico. Uma parte denominada Alta Santo Antônio foi ocupada pela invasão de
terrenos. Por ser uma área alta sujeita às intempéries do tempo, especialmente as
águas das chuvas que vem trazendo para a parte baixa do bairro todo o lixo que
encontra pelo caminho. As bocas de lobo como estão sempre entupidas com lixo,
não deixam a água escoar causando inundações nas lojas do comércio. Fora do
período da chuva o bairro encontra-se ignorado, pois não há pessoas para cuidar da
limpeza das ruas. A comunidade também peca, pois a maioria das pessoas,
crianças e adultos jogam lixo na rua. A ideia de trabalhar este tema nesta escola é
promover mudança de postura da comunidade, através dos alunos, para que eles,
independente do que o setor público vem ofertando, possam criar alternativas para
cuidarem de seu ambiente.

        Serão levadas em consideração as características, fenômenos próprios,
relações sociais e aspectos culturais desta escola. O público alvo serão os alunos de
uma turma do 5º ano, possibilitando-lhes questionar e refletir a respeito das atitudes
e posturas do homem frente ao meio ambiente, bem como, dos reflexos e
consequências destas atitudes na natureza.

        O foco do trabalho será, portanto, a realidade local desses alunos. Uma
forma de ajudá-los a ter atitudes que promovam a mudança nesta comunidade e em
seus lares, além de servir como base para que encaixem o que acontece localmente
com as outras instâncias, desde regional até o global.
O trabalho com a realidade local possui a qualidade de oferecer um
                      universo acessível e conhecido e, por isso, passível de ser campo
                      de aplicação do conhecimento. Grande parte dos assuntos mais
                      significativos para os alunos estão circunscritos à realidade mais
                      próxima, ou seja, sua comunidade, sua região. E isso faz com que,
                      para a Educação Ambiental, o trabalho com a realidade local seja de
                      importância vital. Mas, por outro lado, a apreensão do mundo por
                      parte da criança não se dá de forma linear, do mais próximo ao mais
                      distante. (BRASIL. PCN-MEIO AMBIENTE. 1997.p.36).


        O educador deverá, por conseguinte, valorizar o conhecimento prévio do
aluno a partir do seu contexto. Conforme a proposta curricular contida no PCN para
o Meio Ambiente, é possível capacitar o indivíduo a ter seu desenvolvimento global.
Nele o aluno vai além dos muros da escola, pois o ensino é ministrado de forma
interdisciplinar, promovendo uma interação de informações que permitem ao aluno e
ao educador terem um novo olhar da Educação, uma nova postura, surgimento de
novos paradigmas. Podem começar analisar suas ações em todos os meios que
convivem. O espaço escolar, sua casa, comunidade. E podem questionar o que
fazer para conservar o meio-ambiente.




JUSTIFICATIVA

        São vários os aspectos envolvendo a questão ambiental e como seria
incabível elaborar um Projeto Pedagógico que contemplasse esta diversidade de
abordagens, optou-se neste trabalho por tratar do tema Reciclagem, uma vez ser ele
de fácil compreensão para as crianças do quinto ano, além de estarem presentes no
seu cotidiano os elementos embutidos nela. A proposta de projetos de trabalho
dialoga com a ideia de uma “atitude interdisciplinar”. Desta forma, o presente projeto
de trabalho pedagógico no contexto escolar, possibilita a reflexão sobre seu
planejamento e sobre a abordagem dos temas transversais, no caso o tema “Meio
Ambiente”.

        Pensando assim, o professor necessita reconhecer a relevância existente na
interferência do homem no meio ambiente. Promover a reflexão por parte dos alunos
quanto à conservação dos recursos naturais sua utilidade bem como do uso
consciente dos mesmos. Esta reflexão leva os alunos a levantar hipóteses a respeito
de suas posturas e atitudes frente ao meio ambiente, assim como, os danos
causados no meio ambiente no decorrer dos anos pela interferência humana. E para
que ocorra tal processo, conforme descrição do próprio PCN:

                    É necessário que, mais do que informações e conceitos, a escola se
                    proponha a trabalhar com atitudes, com formação de valores, com o
                    ensino e a aprendizagem de habilidades e procedimentos. E esse é
                    um    grande    desafio   para    a   educação.     Comportamentos
                    “ambientalmente corretos” serão aprendidos na prática do dia-a-dia na
                    escol a : gestos de solidariedade, hábitos de higiene pessoal e dos
                    diversos ambientes, participação em pequenas negociações podem
                    ser exemplos disso” (BRASIL. PCN/ MEIO-AMBIENTE. p.25)


       Desta feita, espera-se com esta intervenção, que os alunos tenham posturas
na escola, em casa e em sua comunidade que os leve a interações construtivas,
justas e ambientalmente sustentáveis, assim como serem capazes de questionar,
sugerir e denunciar qualquer fato que vá de encontro com os princípios aprendidos
com este projeto.




CARACTERIZAÇÃO GERAL DO TEMA

       A Educação Ambiental é uma área da educação que tem como objetivo
promover o conhecimento sobre o ambiente, com a intenção de ajudar à sua
preservação e também uma utilização sustentável dos seus recursos. O
entendimento desta análise se fez necessário a partir do crescente interesse do ser
humano com o ambiente, devido às grandes tragédias naturais pelas quais o
Planeta Terra tem se deparado nas últimas décadas. De acordo com os PCN’s
(Parâmetros Curriculares Nacionais), “a Educação Ambiental leva às mudanças de
comportamento pessoal e a atitudes de valores de cidadania”. Desta forma, é
interessante que se trabalhe pedagogicamente o comportamento do homem em
relação ao espaço que ocupa, suas necessidades e interesses.
A principal função do trabalho com o tema meio ambiente é contribuir
                   para formação dos cidadãos conscientes, aptos para decidirem e
                   atuarem na realidade sócio-ambiental de um modo comprometido com
                   a vida, com o bem-estar de cada um e da sociedade, local e global.
                   (PCN’s, 2000, p.59)


       Conforme explicitado nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), mais
especificamente no tema transversal Meio Ambiente, a necessidade de trabalhar
com esta temática é urgente, isto porque a manutenção dos recursos naturais e sua
utilização pelas gerações futuras dependem de um trabalho dos diversos agentes,
indo desde medidas imediatas para redução dos atuais problemas, passando por
planejamentos e legislações que zelem pela preservação do sistema, até o processo
de prevenção e conscientização das novas gerações. É neste contexto que se faz
necessário um trabalho contínuo e eficaz nas Escolas. Como explicitado no referido
documento, sobre o panorama acima: “a questão ambiental vem sendo considerada
como cada vez mais urgente e importante para a sociedade, pois o futuro da
humanidade depende da relação estabelecida entre a natureza e o uso pelo homem
dos recursos naturais disponíveis” (BRASIL. PCN-Meio Ambiente. 1997.p.15).

       É,    portanto,    de    suma        importância         trabalhar     rotineiramente    e
incansavelmente, novos valores de consumo com os alunos, onde eles entendam
que o uso consciente, que perpassa inclusive pela reciclagem de muitos utensílios, é
uma atitude cidadã e preservacionista do nosso ambiente.

                   Os bens da Terra são um patrimônio de toda a humanidade. Seu uso
                   deve estar sujeito a regras de respeito às condições básicas da vida
                   no mundo, dentre elas a qualidade de vida de quantos dependam
                   desses bens e do espaço do entorno em que eles são extraídos ou
                   processados. Deve-se cuidar portanto, para que esse uso pelos seres
                   humanos seja conservativo isto é, que gere o menor impacto possível
                   e     respeite   as     condições      de     sustentabilidade,     de   máxima
                   renovabilidade        possível   dos        recursos     (BRASIL.    PCN-MEIO
                   AMBIENTE. 1997.p.36).
Trabalhar o tema consumo consciente inserido na questão da reciclagem é
uma forma de permitir aos alunos intervir no seu cotidiano de forma positiva, com
atitudes valorizadoras e respeitosas em relação ao seu meio.

                   Fica evidente a importância de se educar os futuros cidadãos
                   brasileiros para que, como empreendedores, venham a agir de modo
                   responsável e com sensibilidade, conservando o ambiente saudável
                   no presente e para o futuro; como participantes do governo ou da
                   sociedade civil, saibam cumprir suas obrigações, exigir e respeitar os
                   direitos próprios e os de toda a comunidade, tanto local como
                   internacional; e, como pessoas, encontrem acolhida para ampliar a
                   qualidade de suas relações intra e interpessoais com o ambiente tanto
                   físico quanto social. (BRASIL. PCN-MEIO AMBIENTE. 1997.p.23).


       Seguindo o pensamento da conscientização, não se pode negar a
importância da reciclagem para diminuirmos os efeitos ambientais do lixo, mas não
podemos considerá-la como única medida para resolvermos problemas para a
nossa sociedade, devendo sempre salientar a importância para a redução e o
consumo consciente.

       Ao contrário do que infelizmente percebemos dos meios de comunicação
que sustentam um discurso que incentiva o consumo inconsciente, dificultando a
reflexão sobre o que é realmente necessário, funcional e principalmente a
consequência do lixo gerado pelo nosso consumismo exacerbado.

       Dessa forma, ao invés de se reduzir o consumo, cria-se a oportunidade de
manter o padrão convencional de consumo, pois a ameaça torna-se relativamente
controlada, e reciclagem passa a desempenhar a função de compensação do risco
do consumismo. Contudo, trata-se de uma falsa segurança que significa a alienação
da realidade, a qual cumpre a função de gerar a sensação de que um
comportamento ambientalmente correto (reciclagem) contribuirá para a resolução de
um problema, quando na verdade camufla a crítica ao consumismo (...)
(LAYRARGUES, 2002 apud LOPES 2006, p18).
Nesse mesmo sentido é importante também que o professor conscientize
seus alunos no cotidiano escolar sobre a importância do controle do lixo como é
mostrado na citação do PCN, a seguir:

                    Assim, a grande tarefa da escola é proporcionar um ambiente escolar
                    saudável coerente com aquilo que ela pretende que seus alunos
                    apreendam, para que possa, de fato, contribuir para a formação da
                    identidade como cidadãos conscientes de suas responsabilidades com
                    o meio ambiente e capazes de atitudes de proteção e melhoria em
                    relação a ele. (PCN, p.187).


        Pela breve exposição feita, é fato a urgência de se trabalhar com o uso
consciente dos recursos por nós utilizados no cotidiano. Neste ínterim, trabalhar a
conscientização nas escolas é um caminho primordial para preparar as novas
gerações para o uso sustentável.




OBJETIVOS

        * Conscientizar os alunos da importância de preservar seu meio ambiente,
como agentes participativos da sociedade na qual estão inseridos;

        * Despertar a iniciativa dos alunos, não somente na escola, mas também
conscientizando os familiares, amigos e comunidade na qual vivem, sobre a
necessidade de uma tomada de posição e realização de ações que reforcem e
efetivem as ações de preservação do meio ambiente em várias frentes;

        * Incluir sensibilidade e emoção na transmissão da educação ambiental para
que os alunos tenham mais prazer em aprender;

        * Mostrar aos alunos que a questão ambiental é de fundamental importância
em suas vidas, que dependemos dela para a manutenção da vida no planeta;

        * Levar os alunos a refletirem a respeito dos impactos que a interferência
humana pode causar no meio ambiente. E de que forma enquanto cidadãos podem
contribuir para melhorar a situação atual e futura de nosso planeta.
* Desenvolver nos alunos uma postura crítica acerca dos padrões de
consumo vivenciados pelas sociedades.

        * possibilitar à escola o oferecimento de uma educação para a cidadania,
com mudanças de posturas de alunos, pais e todos os envolvidos no projeto.




DESENVOLVIMENTO

        Para iniciar o projeto, será exibido o vídeo "A TERRA PEDE SOCORRO"
disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=kTILyund

        Em seguida, para iniciar um bate papo, será colocada aos alunos a seguinte
pergunta:

        Alguém saberia dizer o porquê do título do vídeo "A TERRA PEDE
SOCORRO"? O que podemos fazer para mudar essa realidade?

        A partir da conversa, poderemos trabalhar o consumo consciente,
abordando questões que os levam a reflexão acerca de atitudes sustentáveis, como:
redução da quantidade de lixo, reutilização de embalagens, recuperação de
materiais reutilização.

        Assim, antes de introduzirmos o conceito de reciclagem, os alunos
entenderão que deixar de consumir é algo impossível para a sociedade, porém é
importante ter consciência sobre o consumo exagerado e seus efeitos a longo prazo.

        Será pedido posteriormente que façam um desenho sobre o que entenderam
do filme. É uma forma de trabalharem com a memória, pois terão que revisitar a
memória para lembrar os episódios marcantes para eles, além de possibilitar o
registro da atividade. Estes trabalhos serão postados num mural.

        Dando continuidade ao projeto, a conversa com eles pode girar mais
especificamente sobre lixo e reciclagem, tendo como base o texto a seguir, que
poderá ser lido em conjunto.
"A   reciclagem   é   termo   genericamente   utilizado   para   designar   o
reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo
produto. Muitos materiais podem ser reciclados e os exemplos mais comuns são o
papel, o vidro, o metal e o plástico. As maiores vantagens da reciclagem são a
minimização da utilização de fontes naturais, muitas vezes não renováveis; e a
minimização da quantidade de resíduos que necessita de tratamento final, como
aterramento, ou incineração. O conceito de reciclagem serve apenas para os
materiais que podem voltar ao estado original e ser transformado novamente em um
produto igual em todas as suas características. O conceito de reciclagem é diferente
do de reutilização" (1).

           Em seguida conversaremos com os alunos sobre o tema. Pedir que sentem
em círculo no chão da sala, para então deixar que eles exponham suas impressões
sobre a leitura. Ao final da discussão, ressaltar que a reciclagem existe para evitar a
destruição do nosso meio ambiente.

           Para a segunda aula sobre o tema Reciclagem, o trabalho será pesquisa.
Pedir aos alunos que façam uma pesquisa sobre os possíveis usos dos produtos
descartados diariamente, se existe na cidade alguma Instituição ou empresa que
priorize o reaproveitamento dos materiais e por último, investigar se existe uma
organização ou associação de catadores de lixo em Juiz de Fora. Estas informações
devem ser registradas no caderno de Geografia.

           Já para a terceira aula sobre o tema Reciclagem, os alunos deverão
pesquisar a respeito do tempo de decomposição dos diversos materiais utilizados
em seu dia a dia, bem como as doenças que podem ser transmitidas através do lixo
mal acondicionado.

           Para finalizar o círculo de discussões, os alunos deverão anotar os
resultados encontrados em seu caderno de Ciências, com a finalidade de
compartilhar e debater a respeito. Com base nessas anotações, deixar que façam
uma redação sobre o tema, podendo ser dissertativa ou na forma de história em
quadrinhos. Posteriormente, montar com eles o Informativo “Cuidando do nosso
bairro”.
ATIVIDADE DE CULMINÂNCIA

         Dentre as inúmeras possibilidades para encerramento do projeto, far-se-á
 com os alunos uma visita de campo, com dois momentos:

         O primeiro constará de uma visita à Associação dos catadores de lixo para
 conhecerem o trabalho que fazem nas ruas da cidade, bem como para interagirem
 com este grupo tão marginalizado em nossa sociedade.

         Num segundo momento, ainda durante este passeio, visitar a Usina de
reciclagem de resíduos de Juiz de Fora, de forma que os alunos possam presenciar
todo o processo de elaboração e transformação do lixo e materiais recicláveis em
matéria prima possível de reaproveitamento para a indústria.




 CONCLUSÃO:

        Após todo o trabalho temático sobre Reciclagem e tendo perpassado todas as
 disciplinas para consolidação do mesmo, espera-se com esta proposta de trabalho,
 motivar os alunos a terem práticas ambientalmente corretas, e que estes sejam
 nossos porta-vozes na comunidade de Santo Antônio no sentido de orienta-los a
 tomar decisões para conter e retroceder o problema vivenciado atualmente, tanto
 com ações pessoais e coletivas enquanto comunidade, quanto com um trabalho
 mais articulado e legalizado de reivindicação.




 REFERÊNCIAS:

 Em http://www.dragteam.info/forum/reciclagem-residuos-inorganicos/101218-
 definicao-de-reciclagem.html. Acesso em junho de 2012

  LOPES, Alexandre Ferreira et al. Educação Ambiental. 2ª Edição. Rio de Janeiro,
 Fundação CECIERJ, 2006.


 PCN- Temas Transversais – Meio Ambiente

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...
CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...
CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...cefaprodematupa
 
Oficina 3 - Cidadania Sustentabilidade e Meio Ambiente
Oficina 3 - Cidadania Sustentabilidade e Meio Ambiente Oficina 3 - Cidadania Sustentabilidade e Meio Ambiente
Oficina 3 - Cidadania Sustentabilidade e Meio Ambiente eacpf
 
Sustentabilidade como tema de práticas pedagógicas na escola estadual de educ...
Sustentabilidade como tema de práticas pedagógicas na escola estadual de educ...Sustentabilidade como tema de práticas pedagógicas na escola estadual de educ...
Sustentabilidade como tema de práticas pedagógicas na escola estadual de educ...bio_fecli
 
Tcc - A Educação Ambiental dentro das disciplinas curriculares
Tcc - A Educação Ambiental dentro das disciplinas curricularesTcc - A Educação Ambiental dentro das disciplinas curriculares
Tcc - A Educação Ambiental dentro das disciplinas curriculareszbraz
 
Projeto Lixo Legal
Projeto Lixo LegalProjeto Lixo Legal
Projeto Lixo Legalguest8e8f2c
 
Educação Ambiental - TCC Modulo I - Projeto Curumim
Educação Ambiental - TCC Modulo I - Projeto CurumimEducação Ambiental - TCC Modulo I - Projeto Curumim
Educação Ambiental - TCC Modulo I - Projeto CurumimSenac
 
Projeto oficina emi 2º ano
Projeto oficina emi 2º anoProjeto oficina emi 2º ano
Projeto oficina emi 2º anowagneripo
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambienteelaniasf
 
A aplicabilidade da oficina de reciclagem como prática pedagógica diogo lui...
A aplicabilidade da oficina de reciclagem como prática pedagógica   diogo lui...A aplicabilidade da oficina de reciclagem como prática pedagógica   diogo lui...
A aplicabilidade da oficina de reciclagem como prática pedagógica diogo lui...bio_fecli
 
Apresentação Projeto "Educar para Preservar"
Apresentação Projeto "Educar para Preservar"Apresentação Projeto "Educar para Preservar"
Apresentação Projeto "Educar para Preservar"Cleiton10
 
Projeto educação ambiental
Projeto educação ambientalProjeto educação ambiental
Projeto educação ambientalLangoni
 
Projeto sustentabilidade e questões ambientais
Projeto sustentabilidade e questões ambientaisProjeto sustentabilidade e questões ambientais
Projeto sustentabilidade e questões ambientaisFatinhaMiglioranca
 
Projeto Meio Ambiente - Profª Cleide)
Projeto Meio Ambiente - Profª Cleide)Projeto Meio Ambiente - Profª Cleide)
Projeto Meio Ambiente - Profª Cleide)empeq
 
Sofia pacto-2013
Sofia pacto-2013Sofia pacto-2013
Sofia pacto-2013School
 
Desmatamento E Queimada
Desmatamento E QueimadaDesmatamento E Queimada
Desmatamento E Queimadaguest11c19
 
Matematica e o meio ambiente
Matematica e o meio ambienteMatematica e o meio ambiente
Matematica e o meio ambienteNívia Sales
 
Projeto Educação Ambiental Na Escola
Projeto Educação Ambiental Na EscolaProjeto Educação Ambiental Na Escola
Projeto Educação Ambiental Na EscolaEliana Olegario
 
Projeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúde
Projeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúdeProjeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúde
Projeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúderogeriodias77
 
Apresentação1 meio ambiente-substituto-3
Apresentação1 meio ambiente-substituto-3Apresentação1 meio ambiente-substituto-3
Apresentação1 meio ambiente-substituto-3CFiasqui
 

Mais procurados (20)

CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...
CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...
CONCIENTIZAÇÃO SOBRE A GERAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E ORGÂNICOS NO MEIO AMBIEN...
 
Oficina 3 - Cidadania Sustentabilidade e Meio Ambiente
Oficina 3 - Cidadania Sustentabilidade e Meio Ambiente Oficina 3 - Cidadania Sustentabilidade e Meio Ambiente
Oficina 3 - Cidadania Sustentabilidade e Meio Ambiente
 
Sustentabilidade como tema de práticas pedagógicas na escola estadual de educ...
Sustentabilidade como tema de práticas pedagógicas na escola estadual de educ...Sustentabilidade como tema de práticas pedagógicas na escola estadual de educ...
Sustentabilidade como tema de práticas pedagógicas na escola estadual de educ...
 
Tcc - A Educação Ambiental dentro das disciplinas curriculares
Tcc - A Educação Ambiental dentro das disciplinas curricularesTcc - A Educação Ambiental dentro das disciplinas curriculares
Tcc - A Educação Ambiental dentro das disciplinas curriculares
 
Projeto Lixo Legal
Projeto Lixo LegalProjeto Lixo Legal
Projeto Lixo Legal
 
Projeto impactos ambientais
Projeto impactos ambientaisProjeto impactos ambientais
Projeto impactos ambientais
 
Educação Ambiental - TCC Modulo I - Projeto Curumim
Educação Ambiental - TCC Modulo I - Projeto CurumimEducação Ambiental - TCC Modulo I - Projeto Curumim
Educação Ambiental - TCC Modulo I - Projeto Curumim
 
Projeto oficina emi 2º ano
Projeto oficina emi 2º anoProjeto oficina emi 2º ano
Projeto oficina emi 2º ano
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
A aplicabilidade da oficina de reciclagem como prática pedagógica diogo lui...
A aplicabilidade da oficina de reciclagem como prática pedagógica   diogo lui...A aplicabilidade da oficina de reciclagem como prática pedagógica   diogo lui...
A aplicabilidade da oficina de reciclagem como prática pedagógica diogo lui...
 
Apresentação Projeto "Educar para Preservar"
Apresentação Projeto "Educar para Preservar"Apresentação Projeto "Educar para Preservar"
Apresentação Projeto "Educar para Preservar"
 
Projeto educação ambiental
Projeto educação ambientalProjeto educação ambiental
Projeto educação ambiental
 
Projeto sustentabilidade e questões ambientais
Projeto sustentabilidade e questões ambientaisProjeto sustentabilidade e questões ambientais
Projeto sustentabilidade e questões ambientais
 
Projeto Meio Ambiente - Profª Cleide)
Projeto Meio Ambiente - Profª Cleide)Projeto Meio Ambiente - Profª Cleide)
Projeto Meio Ambiente - Profª Cleide)
 
Sofia pacto-2013
Sofia pacto-2013Sofia pacto-2013
Sofia pacto-2013
 
Desmatamento E Queimada
Desmatamento E QueimadaDesmatamento E Queimada
Desmatamento E Queimada
 
Matematica e o meio ambiente
Matematica e o meio ambienteMatematica e o meio ambiente
Matematica e o meio ambiente
 
Projeto Educação Ambiental Na Escola
Projeto Educação Ambiental Na EscolaProjeto Educação Ambiental Na Escola
Projeto Educação Ambiental Na Escola
 
Projeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúde
Projeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúdeProjeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúde
Projeto escola e comunidade de mãos dadas com a saúde
 
Apresentação1 meio ambiente-substituto-3
Apresentação1 meio ambiente-substituto-3Apresentação1 meio ambiente-substituto-3
Apresentação1 meio ambiente-substituto-3
 

Destaque

Projeto interdisciplinar "Preservando o meio ambiente através da reciclagem"
Projeto interdisciplinar "Preservando o meio ambiente através da reciclagem"Projeto interdisciplinar "Preservando o meio ambiente através da reciclagem"
Projeto interdisciplinar "Preservando o meio ambiente através da reciclagem"mbl2012
 
Mini Projeto de Meio Ambiente
Mini Projeto de Meio AmbienteMini Projeto de Meio Ambiente
Mini Projeto de Meio AmbienteRodger Rocha
 
Inserçao da criança na creche
Inserçao da criança na crecheInserçao da criança na creche
Inserçao da criança na crecheFatinha Bretas
 
Wallon - aula de psicologia
Wallon  -  aula de  psicologiaWallon  -  aula de  psicologia
Wallon - aula de psicologiaFatinha Bretas
 

Destaque (6)

Projeto interdisciplinar "Preservando o meio ambiente através da reciclagem"
Projeto interdisciplinar "Preservando o meio ambiente através da reciclagem"Projeto interdisciplinar "Preservando o meio ambiente através da reciclagem"
Projeto interdisciplinar "Preservando o meio ambiente através da reciclagem"
 
Projeto reciclagem
Projeto reciclagemProjeto reciclagem
Projeto reciclagem
 
Copia de plano_de_aula
Copia de plano_de_aulaCopia de plano_de_aula
Copia de plano_de_aula
 
Mini Projeto de Meio Ambiente
Mini Projeto de Meio AmbienteMini Projeto de Meio Ambiente
Mini Projeto de Meio Ambiente
 
Inserçao da criança na creche
Inserçao da criança na crecheInserçao da criança na creche
Inserçao da criança na creche
 
Wallon - aula de psicologia
Wallon  -  aula de  psicologiaWallon  -  aula de  psicologia
Wallon - aula de psicologia
 

Semelhante a MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM PROJETO

TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docxTRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docxAdrianaEspindola9
 
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docxTRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docxAdrianaEspindola9
 
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016Anderson Ramos
 
A importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciais
A importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciaisA importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciais
A importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciaisJunior Pereira
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aulaTais29
 
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2temastransversais
 
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2temastransversais
 
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2temastransversais
 
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLARchristianceapcursos
 
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR1
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR1A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR1
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR1christianceapcursos
 
Projeto meio-ambiente3136
Projeto meio-ambiente3136Projeto meio-ambiente3136
Projeto meio-ambiente3136cacau flamengo
 
Socializando experiencia com projeto
Socializando experiencia com projetoSocializando experiencia com projeto
Socializando experiencia com projetoElianacapimdourado
 
Socializando experiencia com projeto
Socializando experiencia com projetoSocializando experiencia com projeto
Socializando experiencia com projetoElianacapimdourado
 
A educação ambiental no contexto escolar Maria Ana Pereira da Silva
A educação ambiental no contexto escolar Maria Ana Pereira da Silva A educação ambiental no contexto escolar Maria Ana Pereira da Silva
A educação ambiental no contexto escolar Maria Ana Pereira da Silva christianceapcursos
 

Semelhante a MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM PROJETO (20)

TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docxTRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
 
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docxTRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
TRABALHO SOBRE EDUCAÇÃO AMBIENTAL.docx
 
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
Projeto Meio Ambiente - SESC Ler Goiana 2016
 
A importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciais
A importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciaisA importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciais
A importancia-da-educacao-ambiental-na-escola-nas-series-iniciais
 
Coromandel meio ambiente g3
Coromandel meio ambiente g3Coromandel meio ambiente g3
Coromandel meio ambiente g3
 
4403 14375-1-pb
4403 14375-1-pb4403 14375-1-pb
4403 14375-1-pb
 
Elisier e mayara
Elisier e mayaraElisier e mayara
Elisier e mayara
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
 
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
 
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
Ipanema durandé meio-ambiente_8.2
 
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLARA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR
 
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR1
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR1A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR1
A EDUCAÇÃO AMBIENTAL: NO CONTEXTO ESCOLAR1
 
Projeto luciane
Projeto lucianeProjeto luciane
Projeto luciane
 
Coromandel meio ambiente g6
Coromandel meio ambiente g6Coromandel meio ambiente g6
Coromandel meio ambiente g6
 
Projeto meio-ambiente3136
Projeto meio-ambiente3136Projeto meio-ambiente3136
Projeto meio-ambiente3136
 
Socializando experiencia com projeto
Socializando experiencia com projetoSocializando experiencia com projeto
Socializando experiencia com projeto
 
Socializando experiencia com projeto
Socializando experiencia com projetoSocializando experiencia com projeto
Socializando experiencia com projeto
 
Horta Pedagógica
Horta PedagógicaHorta Pedagógica
Horta Pedagógica
 
A educação ambiental no contexto escolar Maria Ana Pereira da Silva
A educação ambiental no contexto escolar Maria Ana Pereira da Silva A educação ambiental no contexto escolar Maria Ana Pereira da Silva
A educação ambiental no contexto escolar Maria Ana Pereira da Silva
 

Mais de temastransversais

Bicastiradentes saudeii higieneesaude
Bicastiradentes saudeii higieneesaudeBicastiradentes saudeii higieneesaude
Bicastiradentes saudeii higieneesaudetemastransversais
 
Bicastiradentes saudei obesidadeinfantil
Bicastiradentes saudei obesidadeinfantilBicastiradentes saudei obesidadeinfantil
Bicastiradentes saudei obesidadeinfantiltemastransversais
 
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etniasBicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etniastemastransversais
 
Bicastiradentes pluralidadeculturali afrodescendencia
Bicastiradentes pluralidadeculturali afrodescendenciaBicastiradentes pluralidadeculturali afrodescendencia
Bicastiradentes pluralidadeculturali afrodescendenciatemastransversais
 
Bicastiradentes orientacaosexual sexualidadenaadolescencia
Bicastiradentes orientacaosexual sexualidadenaadolescenciaBicastiradentes orientacaosexual sexualidadenaadolescencia
Bicastiradentes orientacaosexual sexualidadenaadolescenciatemastransversais
 
BicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscola
BicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscolaBicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscola
BicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscolatemastransversais
 
A plataforma moodle como exemplo de ambiente virtual
A plataforma moodle como exemplo de ambiente virtualA plataforma moodle como exemplo de ambiente virtual
A plataforma moodle como exemplo de ambiente virtualtemastransversais
 
Boa esperança.santa rita saúde.2.ppt
Boa esperança.santa rita saúde.2.pptBoa esperança.santa rita saúde.2.ppt
Boa esperança.santa rita saúde.2.ppttemastransversais
 
Ipanema durandé pluraridade cultural-5.1
Ipanema durandé pluraridade  cultural-5.1Ipanema durandé pluraridade  cultural-5.1
Ipanema durandé pluraridade cultural-5.1temastransversais
 
Ipanema durandé orientacao-sexual_3.1
Ipanema durandé orientacao-sexual_3.1Ipanema durandé orientacao-sexual_3.1
Ipanema durandé orientacao-sexual_3.1temastransversais
 
Ipanema durandé saúde-3.1ppt
Ipanema durandé saúde-3.1pptIpanema durandé saúde-3.1ppt
Ipanema durandé saúde-3.1ppttemastransversais
 
Boa esperança.santa rita orientação sexual_1.ppt
Boa esperança.santa rita orientação sexual_1.pptBoa esperança.santa rita orientação sexual_1.ppt
Boa esperança.santa rita orientação sexual_1.ppttemastransversais
 
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.pptBoa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppttemastransversais
 
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.pptBoa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppttemastransversais
 
Boa esperança.santa rita saúde 1.ppt
Boa esperança.santa rita saúde 1.pptBoa esperança.santa rita saúde 1.ppt
Boa esperança.santa rita saúde 1.ppttemastransversais
 
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.pptBoa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppttemastransversais
 
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 2.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 2.pptBoa esperança.santa rita pluralidade cultural 2.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 2.ppttemastransversais
 
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.pptBoa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppttemastransversais
 

Mais de temastransversais (20)

G6 agua
G6 aguaG6 agua
G6 agua
 
Bicastiradentes saudeii higieneesaude
Bicastiradentes saudeii higieneesaudeBicastiradentes saudeii higieneesaude
Bicastiradentes saudeii higieneesaude
 
Bicastiradentes saudei obesidadeinfantil
Bicastiradentes saudei obesidadeinfantilBicastiradentes saudei obesidadeinfantil
Bicastiradentes saudei obesidadeinfantil
 
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etniasBicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
Bicastiradentes pluralidadeculturalii etnias
 
Bicastiradentes pluralidadeculturali afrodescendencia
Bicastiradentes pluralidadeculturali afrodescendenciaBicastiradentes pluralidadeculturali afrodescendencia
Bicastiradentes pluralidadeculturali afrodescendencia
 
Bicastiradentes orientacaosexual sexualidadenaadolescencia
Bicastiradentes orientacaosexual sexualidadenaadolescenciaBicastiradentes orientacaosexual sexualidadenaadolescencia
Bicastiradentes orientacaosexual sexualidadenaadolescencia
 
BicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscola
BicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscolaBicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscola
BicasTiradentes_EticaI_ConvívioSocialFamíliaeEscola
 
A plataforma moodle como exemplo de ambiente virtual
A plataforma moodle como exemplo de ambiente virtualA plataforma moodle como exemplo de ambiente virtual
A plataforma moodle como exemplo de ambiente virtual
 
Ilicínea meioambinte 6
Ilicínea meioambinte 6Ilicínea meioambinte 6
Ilicínea meioambinte 6
 
Boa esperança.santa rita saúde.2.ppt
Boa esperança.santa rita saúde.2.pptBoa esperança.santa rita saúde.2.ppt
Boa esperança.santa rita saúde.2.ppt
 
Ipanema durandé pluraridade cultural-5.1
Ipanema durandé pluraridade  cultural-5.1Ipanema durandé pluraridade  cultural-5.1
Ipanema durandé pluraridade cultural-5.1
 
Ipanema durandé orientacao-sexual_3.1
Ipanema durandé orientacao-sexual_3.1Ipanema durandé orientacao-sexual_3.1
Ipanema durandé orientacao-sexual_3.1
 
Ipanema durandé saúde-3.1ppt
Ipanema durandé saúde-3.1pptIpanema durandé saúde-3.1ppt
Ipanema durandé saúde-3.1ppt
 
Boa esperança.santa rita orientação sexual_1.ppt
Boa esperança.santa rita orientação sexual_1.pptBoa esperança.santa rita orientação sexual_1.ppt
Boa esperança.santa rita orientação sexual_1.ppt
 
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.pptBoa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
 
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.pptBoa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
 
Boa esperança.santa rita saúde 1.ppt
Boa esperança.santa rita saúde 1.pptBoa esperança.santa rita saúde 1.ppt
Boa esperança.santa rita saúde 1.ppt
 
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.pptBoa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 2.ppt
 
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 2.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 2.pptBoa esperança.santa rita pluralidade cultural 2.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 2.ppt
 
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.pptBoa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
Boa esperança.santa rita pluralidade cultural 1.ppt
 

MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM PROJETO

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL CURSO DE PEDAGOGIA ANA PAULA GONÇALVES ELIANE APARECIDA MOREIRA ALVIM JOSIANE DOLORES DE SOUZA DUARTE PAULO SÉRGIO COIMBRA DA SILVA ROSILAINE FREGUGLIA ESTROPA SONIA RIBEIRO APIO PROJETO INTERDISCIPLINAR MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM JUIZ DE FORA JUNHO DE 2012
  • 2. LILIANE ROSA LUCIANA CRISTINA TAGLIATE TEIXEIRA PROJETO INTERDISCIPLINAR MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM Projeto interdisciplinar apresentado como requisito parcial à conclusão do Curso de Temas transversais nos PCN’s, da Faculdade de Educação, Universidade Federal de Juiz de Fora. JUIZ DE FORA JUNHO DE 2012
  • 3. TÍTULO: MEIO AMBIENTE E RECICLAGEM INSTITUIÇÃO: Escola Municipal Professora Edith Merhey ANO: 5º ano do Ensino Fundamental DURAÇÃO: 4 A 5 aulas INTRODUÇÃO A função deste projeto é trabalhar com o tema Meio Ambiente visando à formação de cidadãos atuantes e participativos na sociedade da qual fazem parte. De modo que, possam interferir positivamente em sua realidade socioambiental, contribuindo de forma responsável para o bem estar desta sociedade, bem como do Planeta de modo geral. Assim, serão trabalhadas questões de valores e atitudes, buscando despertar nos alunos a consciência ecológica de maneira que os mesmos possam direcionar suas ações para a preservação do meio ambiente, assim como, compartilhar os conhecimentos adquiridos com os seus pares. QUESTÃO-PROBLEMA O tema objeto de investigação do presente trabalho é reciclagem. A escolha deste assunto se deve ao fato de vivermos uma era limítrofe em relação ao consumo, a dos descartáveis. O “Ter”, está muito atrelado a “ser”, filosofia imposta pelo capitalismo, haja vista as insinuações contidas nas propagandas e marketings de produtos, principalmente dos grandes grupos empresariais, amplamente veiculadas nas diversas mídias. O PCN faz referência a este fenômeno desenfreado: “o atual modelo econômico estimula um consumo crescente e irresponsável de bens materiais, mas se depara com a constatação de que há um limite para esse consumo que de fato condena a vida na Terra a uma rápida destruição” (BRASIL. PCN-MEIO AMBIENTE. 1997.p.36). Este tema está inserido no bloco “Manejo e Conservação Ambiental”, a saber, no item “a necessidade e as formas de coleta e destino do lixo; reciclagem; os comportamentos responsáveis de “produção” e “destino” do lixo em casa, na escola
  • 4. e nos espaços de uso comum” e no item “alguns processos simples de reciclagem e reaproveitamento de materiais”. Para tanto, optou-se por trabalhar com a Escola Municipal Professora Edith Merhey, no Bairro Santo Antônio, em Juiz de Fora, que atende a uma população carente, onde se observa a necessidade de um trabalho voltado para a questão ambiental, pois segundo relato de um dos membros do grupo é uma região abandonada pela prefeitura, com poucas coletas de lixo e locais adequados para seu depósito, gerando um acúmulo de lixo nas ruas, em especial sacolinhas e embalagens. Associada à questão acima mencionada, ainda existe outro agravante; o bairro teve seu crescimento desordenado e, portanto sem acompanhamento técnico. Uma parte denominada Alta Santo Antônio foi ocupada pela invasão de terrenos. Por ser uma área alta sujeita às intempéries do tempo, especialmente as águas das chuvas que vem trazendo para a parte baixa do bairro todo o lixo que encontra pelo caminho. As bocas de lobo como estão sempre entupidas com lixo, não deixam a água escoar causando inundações nas lojas do comércio. Fora do período da chuva o bairro encontra-se ignorado, pois não há pessoas para cuidar da limpeza das ruas. A comunidade também peca, pois a maioria das pessoas, crianças e adultos jogam lixo na rua. A ideia de trabalhar este tema nesta escola é promover mudança de postura da comunidade, através dos alunos, para que eles, independente do que o setor público vem ofertando, possam criar alternativas para cuidarem de seu ambiente. Serão levadas em consideração as características, fenômenos próprios, relações sociais e aspectos culturais desta escola. O público alvo serão os alunos de uma turma do 5º ano, possibilitando-lhes questionar e refletir a respeito das atitudes e posturas do homem frente ao meio ambiente, bem como, dos reflexos e consequências destas atitudes na natureza. O foco do trabalho será, portanto, a realidade local desses alunos. Uma forma de ajudá-los a ter atitudes que promovam a mudança nesta comunidade e em seus lares, além de servir como base para que encaixem o que acontece localmente com as outras instâncias, desde regional até o global.
  • 5. O trabalho com a realidade local possui a qualidade de oferecer um universo acessível e conhecido e, por isso, passível de ser campo de aplicação do conhecimento. Grande parte dos assuntos mais significativos para os alunos estão circunscritos à realidade mais próxima, ou seja, sua comunidade, sua região. E isso faz com que, para a Educação Ambiental, o trabalho com a realidade local seja de importância vital. Mas, por outro lado, a apreensão do mundo por parte da criança não se dá de forma linear, do mais próximo ao mais distante. (BRASIL. PCN-MEIO AMBIENTE. 1997.p.36). O educador deverá, por conseguinte, valorizar o conhecimento prévio do aluno a partir do seu contexto. Conforme a proposta curricular contida no PCN para o Meio Ambiente, é possível capacitar o indivíduo a ter seu desenvolvimento global. Nele o aluno vai além dos muros da escola, pois o ensino é ministrado de forma interdisciplinar, promovendo uma interação de informações que permitem ao aluno e ao educador terem um novo olhar da Educação, uma nova postura, surgimento de novos paradigmas. Podem começar analisar suas ações em todos os meios que convivem. O espaço escolar, sua casa, comunidade. E podem questionar o que fazer para conservar o meio-ambiente. JUSTIFICATIVA São vários os aspectos envolvendo a questão ambiental e como seria incabível elaborar um Projeto Pedagógico que contemplasse esta diversidade de abordagens, optou-se neste trabalho por tratar do tema Reciclagem, uma vez ser ele de fácil compreensão para as crianças do quinto ano, além de estarem presentes no seu cotidiano os elementos embutidos nela. A proposta de projetos de trabalho dialoga com a ideia de uma “atitude interdisciplinar”. Desta forma, o presente projeto de trabalho pedagógico no contexto escolar, possibilita a reflexão sobre seu planejamento e sobre a abordagem dos temas transversais, no caso o tema “Meio Ambiente”. Pensando assim, o professor necessita reconhecer a relevância existente na interferência do homem no meio ambiente. Promover a reflexão por parte dos alunos
  • 6. quanto à conservação dos recursos naturais sua utilidade bem como do uso consciente dos mesmos. Esta reflexão leva os alunos a levantar hipóteses a respeito de suas posturas e atitudes frente ao meio ambiente, assim como, os danos causados no meio ambiente no decorrer dos anos pela interferência humana. E para que ocorra tal processo, conforme descrição do próprio PCN: É necessário que, mais do que informações e conceitos, a escola se proponha a trabalhar com atitudes, com formação de valores, com o ensino e a aprendizagem de habilidades e procedimentos. E esse é um grande desafio para a educação. Comportamentos “ambientalmente corretos” serão aprendidos na prática do dia-a-dia na escol a : gestos de solidariedade, hábitos de higiene pessoal e dos diversos ambientes, participação em pequenas negociações podem ser exemplos disso” (BRASIL. PCN/ MEIO-AMBIENTE. p.25) Desta feita, espera-se com esta intervenção, que os alunos tenham posturas na escola, em casa e em sua comunidade que os leve a interações construtivas, justas e ambientalmente sustentáveis, assim como serem capazes de questionar, sugerir e denunciar qualquer fato que vá de encontro com os princípios aprendidos com este projeto. CARACTERIZAÇÃO GERAL DO TEMA A Educação Ambiental é uma área da educação que tem como objetivo promover o conhecimento sobre o ambiente, com a intenção de ajudar à sua preservação e também uma utilização sustentável dos seus recursos. O entendimento desta análise se fez necessário a partir do crescente interesse do ser humano com o ambiente, devido às grandes tragédias naturais pelas quais o Planeta Terra tem se deparado nas últimas décadas. De acordo com os PCN’s (Parâmetros Curriculares Nacionais), “a Educação Ambiental leva às mudanças de comportamento pessoal e a atitudes de valores de cidadania”. Desta forma, é interessante que se trabalhe pedagogicamente o comportamento do homem em relação ao espaço que ocupa, suas necessidades e interesses.
  • 7. A principal função do trabalho com o tema meio ambiente é contribuir para formação dos cidadãos conscientes, aptos para decidirem e atuarem na realidade sócio-ambiental de um modo comprometido com a vida, com o bem-estar de cada um e da sociedade, local e global. (PCN’s, 2000, p.59) Conforme explicitado nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), mais especificamente no tema transversal Meio Ambiente, a necessidade de trabalhar com esta temática é urgente, isto porque a manutenção dos recursos naturais e sua utilização pelas gerações futuras dependem de um trabalho dos diversos agentes, indo desde medidas imediatas para redução dos atuais problemas, passando por planejamentos e legislações que zelem pela preservação do sistema, até o processo de prevenção e conscientização das novas gerações. É neste contexto que se faz necessário um trabalho contínuo e eficaz nas Escolas. Como explicitado no referido documento, sobre o panorama acima: “a questão ambiental vem sendo considerada como cada vez mais urgente e importante para a sociedade, pois o futuro da humanidade depende da relação estabelecida entre a natureza e o uso pelo homem dos recursos naturais disponíveis” (BRASIL. PCN-Meio Ambiente. 1997.p.15). É, portanto, de suma importância trabalhar rotineiramente e incansavelmente, novos valores de consumo com os alunos, onde eles entendam que o uso consciente, que perpassa inclusive pela reciclagem de muitos utensílios, é uma atitude cidadã e preservacionista do nosso ambiente. Os bens da Terra são um patrimônio de toda a humanidade. Seu uso deve estar sujeito a regras de respeito às condições básicas da vida no mundo, dentre elas a qualidade de vida de quantos dependam desses bens e do espaço do entorno em que eles são extraídos ou processados. Deve-se cuidar portanto, para que esse uso pelos seres humanos seja conservativo isto é, que gere o menor impacto possível e respeite as condições de sustentabilidade, de máxima renovabilidade possível dos recursos (BRASIL. PCN-MEIO AMBIENTE. 1997.p.36).
  • 8. Trabalhar o tema consumo consciente inserido na questão da reciclagem é uma forma de permitir aos alunos intervir no seu cotidiano de forma positiva, com atitudes valorizadoras e respeitosas em relação ao seu meio. Fica evidente a importância de se educar os futuros cidadãos brasileiros para que, como empreendedores, venham a agir de modo responsável e com sensibilidade, conservando o ambiente saudável no presente e para o futuro; como participantes do governo ou da sociedade civil, saibam cumprir suas obrigações, exigir e respeitar os direitos próprios e os de toda a comunidade, tanto local como internacional; e, como pessoas, encontrem acolhida para ampliar a qualidade de suas relações intra e interpessoais com o ambiente tanto físico quanto social. (BRASIL. PCN-MEIO AMBIENTE. 1997.p.23). Seguindo o pensamento da conscientização, não se pode negar a importância da reciclagem para diminuirmos os efeitos ambientais do lixo, mas não podemos considerá-la como única medida para resolvermos problemas para a nossa sociedade, devendo sempre salientar a importância para a redução e o consumo consciente. Ao contrário do que infelizmente percebemos dos meios de comunicação que sustentam um discurso que incentiva o consumo inconsciente, dificultando a reflexão sobre o que é realmente necessário, funcional e principalmente a consequência do lixo gerado pelo nosso consumismo exacerbado. Dessa forma, ao invés de se reduzir o consumo, cria-se a oportunidade de manter o padrão convencional de consumo, pois a ameaça torna-se relativamente controlada, e reciclagem passa a desempenhar a função de compensação do risco do consumismo. Contudo, trata-se de uma falsa segurança que significa a alienação da realidade, a qual cumpre a função de gerar a sensação de que um comportamento ambientalmente correto (reciclagem) contribuirá para a resolução de um problema, quando na verdade camufla a crítica ao consumismo (...) (LAYRARGUES, 2002 apud LOPES 2006, p18).
  • 9. Nesse mesmo sentido é importante também que o professor conscientize seus alunos no cotidiano escolar sobre a importância do controle do lixo como é mostrado na citação do PCN, a seguir: Assim, a grande tarefa da escola é proporcionar um ambiente escolar saudável coerente com aquilo que ela pretende que seus alunos apreendam, para que possa, de fato, contribuir para a formação da identidade como cidadãos conscientes de suas responsabilidades com o meio ambiente e capazes de atitudes de proteção e melhoria em relação a ele. (PCN, p.187). Pela breve exposição feita, é fato a urgência de se trabalhar com o uso consciente dos recursos por nós utilizados no cotidiano. Neste ínterim, trabalhar a conscientização nas escolas é um caminho primordial para preparar as novas gerações para o uso sustentável. OBJETIVOS * Conscientizar os alunos da importância de preservar seu meio ambiente, como agentes participativos da sociedade na qual estão inseridos; * Despertar a iniciativa dos alunos, não somente na escola, mas também conscientizando os familiares, amigos e comunidade na qual vivem, sobre a necessidade de uma tomada de posição e realização de ações que reforcem e efetivem as ações de preservação do meio ambiente em várias frentes; * Incluir sensibilidade e emoção na transmissão da educação ambiental para que os alunos tenham mais prazer em aprender; * Mostrar aos alunos que a questão ambiental é de fundamental importância em suas vidas, que dependemos dela para a manutenção da vida no planeta; * Levar os alunos a refletirem a respeito dos impactos que a interferência humana pode causar no meio ambiente. E de que forma enquanto cidadãos podem contribuir para melhorar a situação atual e futura de nosso planeta.
  • 10. * Desenvolver nos alunos uma postura crítica acerca dos padrões de consumo vivenciados pelas sociedades. * possibilitar à escola o oferecimento de uma educação para a cidadania, com mudanças de posturas de alunos, pais e todos os envolvidos no projeto. DESENVOLVIMENTO Para iniciar o projeto, será exibido o vídeo "A TERRA PEDE SOCORRO" disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=kTILyund Em seguida, para iniciar um bate papo, será colocada aos alunos a seguinte pergunta: Alguém saberia dizer o porquê do título do vídeo "A TERRA PEDE SOCORRO"? O que podemos fazer para mudar essa realidade? A partir da conversa, poderemos trabalhar o consumo consciente, abordando questões que os levam a reflexão acerca de atitudes sustentáveis, como: redução da quantidade de lixo, reutilização de embalagens, recuperação de materiais reutilização. Assim, antes de introduzirmos o conceito de reciclagem, os alunos entenderão que deixar de consumir é algo impossível para a sociedade, porém é importante ter consciência sobre o consumo exagerado e seus efeitos a longo prazo. Será pedido posteriormente que façam um desenho sobre o que entenderam do filme. É uma forma de trabalharem com a memória, pois terão que revisitar a memória para lembrar os episódios marcantes para eles, além de possibilitar o registro da atividade. Estes trabalhos serão postados num mural. Dando continuidade ao projeto, a conversa com eles pode girar mais especificamente sobre lixo e reciclagem, tendo como base o texto a seguir, que poderá ser lido em conjunto.
  • 11. "A reciclagem é termo genericamente utilizado para designar o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto. Muitos materiais podem ser reciclados e os exemplos mais comuns são o papel, o vidro, o metal e o plástico. As maiores vantagens da reciclagem são a minimização da utilização de fontes naturais, muitas vezes não renováveis; e a minimização da quantidade de resíduos que necessita de tratamento final, como aterramento, ou incineração. O conceito de reciclagem serve apenas para os materiais que podem voltar ao estado original e ser transformado novamente em um produto igual em todas as suas características. O conceito de reciclagem é diferente do de reutilização" (1). Em seguida conversaremos com os alunos sobre o tema. Pedir que sentem em círculo no chão da sala, para então deixar que eles exponham suas impressões sobre a leitura. Ao final da discussão, ressaltar que a reciclagem existe para evitar a destruição do nosso meio ambiente. Para a segunda aula sobre o tema Reciclagem, o trabalho será pesquisa. Pedir aos alunos que façam uma pesquisa sobre os possíveis usos dos produtos descartados diariamente, se existe na cidade alguma Instituição ou empresa que priorize o reaproveitamento dos materiais e por último, investigar se existe uma organização ou associação de catadores de lixo em Juiz de Fora. Estas informações devem ser registradas no caderno de Geografia. Já para a terceira aula sobre o tema Reciclagem, os alunos deverão pesquisar a respeito do tempo de decomposição dos diversos materiais utilizados em seu dia a dia, bem como as doenças que podem ser transmitidas através do lixo mal acondicionado. Para finalizar o círculo de discussões, os alunos deverão anotar os resultados encontrados em seu caderno de Ciências, com a finalidade de compartilhar e debater a respeito. Com base nessas anotações, deixar que façam uma redação sobre o tema, podendo ser dissertativa ou na forma de história em quadrinhos. Posteriormente, montar com eles o Informativo “Cuidando do nosso bairro”.
  • 12. ATIVIDADE DE CULMINÂNCIA Dentre as inúmeras possibilidades para encerramento do projeto, far-se-á com os alunos uma visita de campo, com dois momentos: O primeiro constará de uma visita à Associação dos catadores de lixo para conhecerem o trabalho que fazem nas ruas da cidade, bem como para interagirem com este grupo tão marginalizado em nossa sociedade. Num segundo momento, ainda durante este passeio, visitar a Usina de reciclagem de resíduos de Juiz de Fora, de forma que os alunos possam presenciar todo o processo de elaboração e transformação do lixo e materiais recicláveis em matéria prima possível de reaproveitamento para a indústria. CONCLUSÃO: Após todo o trabalho temático sobre Reciclagem e tendo perpassado todas as disciplinas para consolidação do mesmo, espera-se com esta proposta de trabalho, motivar os alunos a terem práticas ambientalmente corretas, e que estes sejam nossos porta-vozes na comunidade de Santo Antônio no sentido de orienta-los a tomar decisões para conter e retroceder o problema vivenciado atualmente, tanto com ações pessoais e coletivas enquanto comunidade, quanto com um trabalho mais articulado e legalizado de reivindicação. REFERÊNCIAS: Em http://www.dragteam.info/forum/reciclagem-residuos-inorganicos/101218- definicao-de-reciclagem.html. Acesso em junho de 2012 LOPES, Alexandre Ferreira et al. Educação Ambiental. 2ª Edição. Rio de Janeiro, Fundação CECIERJ, 2006. PCN- Temas Transversais – Meio Ambiente