SlideShare uma empresa Scribd logo
DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10
TESTES DE AVALIAÇÃO
© Areal Editores
1
FÍSICA E QUÍMICA A
Escola: ___________________________________________________________________________
Teste de Avaliação
10.° Ano de Escolaridade
Duração do Teste: 90 minutos
Data: ___________________________________________________________________________
Indique de forma legível a versão do teste.
Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta.
É permitida a utilização de régua, esquadro, transferidor e calculadora gráfica.
Não é permitido o uso de corretor. Deve riscar aquilo que pretende que não seja classificado.
Para cada resposta, identifique o grupo e o item.
Apresente as suas respostas de forma legível.
Apresente apenas uma resposta para cada item.
As cotações dos itens encontram-se no final do enunciado do teste.
É permitido o uso da tabela de constantes, do formulário e da Tabela Periódica.
Nas respostas aos itens de escolha múltipla, selecione a opção correta.
Escreva, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida.
Nas respostas aos itens em que é pedida a apresentação de todas as etapas de resolução,
explicite todos os cálculos efetuados e apresente todas as justificações ou conclusões solicitadas.
Utilize unicamente valores numéricos das grandezas referidas no teste (no enunciado dos itens)
ou na tabela de constantes e na Tabela Periódica.
DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10
TESTES DE AVALIAÇÃO
© Areal Editores
2
CARACTERIZAÇÃO DA PROVA
Quadro 1 – Valorização dos conteúdos
Conteúdos Cotação (em pontos)
Domínio:
Energia e sua
conservação
Subdomínio 1: Energia e movimentos 80
Subdomínio 2: Energia e fenómenos elétricos 120
Subdomínio 3: Energia, fenómenos térmicos e radiação –
Domínio:
Propriedades e
transformações da
matéria
Subdomínio 1: Ligação química –
Subdomínio 2: Gases e dispersões –
Subdomínio 3: Transformações químicas –
Quadro 2 – Tipologia, número de itens e cotação
Tipologia dos itens Número de itens Cotação por item (em
pontos)
Itens de seleção Escolha múltipla 7 8
Itens de construção Resposta curta 5 8
Resposta restrita 6 12
2 16
TESTE DE AVALIAÇÃO 1
DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10
TESTES DE AVALIAÇÃO
© Areal Editores
3
CARACTERIZAÇÃO DA PROVA
Quadro 1 – Valorização dos conteúdos
Conteúdos Cotação (em pontos)
Domínio:
Elementos químicos e
sua organização
Subdomínio 1: Massa e tamanho dos átomos 16
Subdomínio 2: Energia dos eletrões nos átomos 20
Subdomínio 3: Tabela Periódica 28
Domínio:
Propriedades e
transformações da
matéria
Subdomínio 1: Ligação química 28
Subdomínio 2: Gases e dispersões 52
Subdomínio 3: Transformações químicas 56
Quadro 2 – Tipologia, número de itens e cotação
Tipologia dos itens Número de itens Cotação por item (em
pontos)
Itens de seleção Escolha múltipla 8 8
Itens de construção Resposta curta 6 8
Resposta restrita 6 12
1 16
TESTE DE AVALIAÇÃO 3
DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10
TESTES DE AVALIAÇÃO
© Areal Editores
4
GRUPO I
O quarto prémio Nobel da Química foi atribuído, em 1904, a Sir William Ramsay pelo reconhecimento
do seu trabalho na descoberta dos elementos dos gases nobres no ar e na determinação da sua
posição na Tabela Periódica. O primeiro dos gases inertes a ser descoberto na Terra foi o árgon (Ar).
Na tabela seguinte encontram-se a abundância relativa e a massa isotópica dos isótopos mais estáveis
do árgon.
Isótopo Abundância relativa / % Massa isotópica / u
Árgon-36 0,337 35,967545
Árgon-38 0,063 37,962732
Árgon-40 99,6 39,962384
1. Com base nos valores presentes na tabela, é de prever que a massa atómica relativa do elemento
químico árgon seja, aproximadamente,…
(A) 36 porque é o valor mais baixo das massas isotópicas.
(B) 40 porque é o valor mais alto das massas isotópicas.
(C) 38 porque é o valor da média aritmética das massas isotópicas.
(D) 40 porque é o valor da média ponderada das massas isotópicas.
2. O árgon é o elemento do seu período que apresenta __________ raio atómico uma vez que,
possuindo o mesmo número de níveis de energia, o raio atómico __________ com o aumento da carga
nuclear.
(A) maior … aumenta
(B) maior … diminui
(C) menor … diminui
(D) menor … aumenta
3. Com base na sua posição na Tabela Periódica, apresente uma justificação para os gases nobres
também serem frequentemente designados por “gases inertes”, como se refere no texto.
TESTE DE AVALIAÇÃO 3
Nome:___________________________________________________ N.º______ Turma_____
Data: ____/____/____ Avaliação: ____________________ Professor: ____________________
DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10
TESTES DE AVALIAÇÃO
© Areal Editores
5
GRUPO II
Na simulação “Scale of the Universe”, encontrada em http://htwins.net/scale2/lang.html, podemos
observar tamanhos muito variados e informações de diferentes estruturas na Natureza.
A figura seguinte mostra dois exemplos.
1. Comparando, em termos das respetivas ordens de grandeza, a relação do diâmetro de um átomo de
carbono com o diâmetro da Terra é…
(A) 1010
(B) 107
(C) 1017
(D) 1017
2. Indique o grupo, o período e o bloco em que se localiza o carbono na Tabela Periódica.
3. Tendo em conta a configuração eletrónica do carbono, é correto afirmar-se que os eletrões estão
distribuídos por __________ orbitais e por __________ níveis de energia.
(A) quatro … dois
(B) quatro … três
(C) três … três
(D) três … dois
4. O átomo de carbono apresenta três valores de energia de remoção diferentes: 1,80 × 1018
J,
2,40 × 1018
J e 45,5 × 1018
J.Com base nesses valores, indique a energia de um eletrão que ocupa a
orbital 1s e a energia do fotão que esse eletrão deverá absorver para poder transitar para uma das
orbitais 2p.
5. Na informação referente ao átomo de carbono pode ler-se que o carbono é a base de toda a vida na
Terra pois pode fazer ligações de milhares de formas diferentes. Como se designam os compostos que
têm por base as ligações dos átomos de carbono com outros átomos de carbono ou com átomos de
outros elementos diferentes?
DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10
TESTES DE AVALIAÇÃO
© Areal Editores
6
6. A ampicilina, um antibiótico de amplo espetro de ação, é um dos exemplos de compostos que se
baseia nas ligações entre átomos de carbono. A figura seguinte mostra a estrutura do composto.
Identifique os grupos funcionais assinalados na figura pelos retângulos 1 e 2.
GRUPO III
Os cientistas podem medir, hoje, os níveis de CO2 presentes na atmosfera da Terra há centenas e
milhares de anos atrás. Não, eles não viajam fisicamente no tempo. Eles analisam bolhas de ar presas
no gelo sob a superfície da Terra. Quanto mais abaixo da superfície, mais eles recuam no tempo. Com
essa técnica, temos dados que mostram que a concentração atmosférica de CO2 registada era
aproximadamente de 280 ppm no ano de 1750, e havia permanecido razoavelmente constante durante
os anteriores 10 000 anos. A concentração de 365 ppm em 1997 fornece fortes evidências de que as
atividades humanas já causaram um aumento de mais de 25% do CO2 atmosférico.
Art Sussman, “Guia para o Planeta Terra – para terráqueos dos 12 aos 120 anos”,
Capítulo 4 - Teias da vida, Editora Cultrix, S. Paulo, Brasil, pág. 64
1. No ciclo do carbono, a dissolução de dióxido de carbono na água do mar é um dos processos que
leva à sua remoção da atmosfera. Atendendo à geometria das moléculas de dióxido de carbono e
água, conclua sobre a sua polaridade.
2. O dióxido de carbono é responsável pela manutenção de uma temperatura média na Terra adequada
à sobrevivência dos seres vivos. Como se designa o fenómeno no qual o dióxido de carbono participa e
que explica o valor dessa temperatura média.
3. A expressão que permite determinar a concentração de dióxido de carbono em 1997, expressa em
percentagem, é…
(A)
365 × 106
102
(B)
365 × 102
106
(C)
102
365 × 106
(D)
106
365 × 102
4. Qual seria o número de moléculas de dióxido de carbono presentes numa amostra de 20,0 L de ar
recolhido, em condições PTN, no ano de 1997?
DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10
TESTES DE AVALIAÇÃO
© Areal Editores
7
GRUPO IV
Apesar de uma elevada concentração de ozono ser importante a nível da estratosfera, onde se forma
uma camada que protege os seres vivos dos efeitos nocivos dos raios UV, a sua presença em níveis
inferiores da atmosfera - na troposfera - é prejudicial para a saúde humana. Na UE foi estabelecido
como concentração máxima desejável, tendo em vista a proteção da saúde humana, 120 microgramas
por metro cúbico, sendo que cada Estado-membro tem a obrigação de informar a Comissão Europeia e
a Agência Europeia do Ambiente sempre que forem ultrapassadas as concentrações de 180
microgramas por metro cúbico – limiar de informação ao público –, e de 240 microgramas por metro
cúbico – limiar de alerta.
O ozono não é emitido diretamente na atmosfera. Resulta de reações fotoquímicas complexas que
envolvem o monóxido de nitrogénio, NO, e o dióxido de nitrogénio, NO2, resultantes, por exemplo, dos
processos de combustão que ocorrem nos motores dos veículos motorizados.
Dados retirados do sítio da Agência Portuguesa do Ambiente
1. Atendendo a que, de acordo com o texto, “o ozono não é emitido diretamente na atmosfera”, como
se pode classificar este poluente?
2. A expressão que permite determinar a concentração máxima desejável de ozono troposférico,
expressa em mol dm- 3
, com vista à proteção da saúde pública é:
(A) 120 × 10
-6
× 48
10
3
(B) 120 × 10
-6
10
3
× 48
(C) 120 × 10
3
× 48
10
-6
(D)
120 × 103
10−6 × 48
3. Sabendo que a densidade do ar é, em determinadas condições de pressão e de temperatura,
1,292 g dm3
, apresente o valor da concentração limiar de alerta de ozono troposférico, expresso em
ppmM.
4. Quando o monóxido de nitrogénio é libertado, dos escapes dos veículos automóveis, rapidamente é
oxidado pelo oxigénio do ar a dióxido de nitrogénio. A equação termoquímica seguinte traduz a reação
em causa:
2 NO(g) + O2(g) → 2 NO2(g) ∆H = 114,1 kJ
4.1. A oxidação do monóxido de nitrogénio é uma transformação __________ em que a energia
envolvida na quebra de ligações químicas nos reagentes é __________ à energia envolvida na
formação de novas ligações químicas nos produtos da reação.
(A) endotérmica … inferior
(B) endotérmica … superior
(C) exotérmica … superior
(D) exotérmica … inferior
DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10
TESTES DE AVALIAÇÃO
© Areal Editores
8
4.2. Considerando que a energia de ligação oxigénio-oxigénio na molécula de oxigénio é 498 kJ mol1
e
que a energia da ligação nitrogénio-oxigénio na molécula de dióxido de nitrogénio é 469 kJ mol1
,
determine a energia da ligação nitrogénio-oxigénio na molécula de monóxido de nitrogénio.
GRUPO V
São boas notícias: após 30 anos de declínio, a “espessura” da camada de ozono está a aumentar.
O estudo foi publicado ontem pelo Programa Ambiental das Nações Unidas (UNEP) e coloca os valores
atuais numa tendência de recuperação a caminho dos registados em 1980, altura em que a camada de
ozono começou perigosamente a “perder espessura”.
O ozono distribui-se em volta do planeta Terra numa camada bastante fina que serve de filtro às
radiações ultravioleta, responsáveis por muitos efeitos nocivos para os seres vivos e em particular para
a saúde humana; o cancro da pele é o seu efeito mais nefasto – o melanoma é o nono tipo de cancro
mais comum na Europa, com 100 mil novos casos diagnosticados em 2012.
Observador: “Novo estudo revela que o buraco de ozono está a diminuir”, 11 de setembro de 2014
1. Os CFC, usados durante décadas em sprays e nos sistemas de refrigeração, foram apontados como
substâncias responsáveis pela degradação química do ozono. Que características apresentam os CFC
para contribuírem para a diminuição acentuada da concentração de ozono estratosférico?
2. A fotodissociação do oxigénio molecular é uma das reações, do mecanismo de
formação/decomposição do ozono, que ocorre por absorção de radiação UV, fazendo com que a
camada de ozono funcione de filtro para esta radiação. Escreva a equação química que traduz a
reação de fotodissociação do oxigénio.
3. Nas camadas mais altas da atmosfera são também possíveis processos de fotoionização das
moléculas mais abundantes na atmosfera, o nitrogénio e o oxigénio.
Associe, justificando, os valores de energia de ionização de 1505 kJ mol1
e 1144 kJ mol1
à ionização
de cada uma dessas moléculas, com base na sua estabilidade.
GRUPO I GRUPO II GRUPO III GRUPO IV GRUPO V
TOTAL1. 2. 3. 1. 2. 3. 4. 5. 6. 1. 2. 3. 4. 1. 2. 3. 4.1. 4.2. 1. 2. 3.
8 8 12 8 8 8 12 8 8 12 8 8 12 8 8 8 8 12 16 8 12
28 52 40 44 36 200
DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10
TESTES DE AVALIAÇÃO
© Areal Editores
9

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Exercícios tipo exame sismologia metodos estruturaExercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Exercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Andreia Carvalho
 
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoResumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Vitor Perfeito
 
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11ºRelatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Ricardo Dias
 
Modelo mitose trabpratico
Modelo mitose trabpraticoModelo mitose trabpratico
Modelo mitose trabpratico
Joana Margarida
 
Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
Paula Angelo
 
Ficha 2: massa e tamanho dos átomos
Ficha 2: massa e tamanho dos átomosFicha 2: massa e tamanho dos átomos
Ficha 2: massa e tamanho dos átomos
Raquel Antunes
 
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º AnoResumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Vitor Perfeito
 
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
AprenderIngls1
 
Exercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologiaExercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologia
Joana Maria
 
Medição em Química
Medição em Química Medição em Química
Medição em Química
Rui Barqueiro
 
Recursos geológicos
Recursos geológicosRecursos geológicos
Recursos geológicos
margaridabt
 
odis10_eNL_teste4.docx
odis10_eNL_teste4.docxodis10_eNL_teste4.docx
odis10_eNL_teste4.docx
MiguelMarques649382
 
Teste de Geologia (1º Período 2º Teste) Soluções
Teste de Geologia (1º Período 2º Teste) SoluçõesTeste de Geologia (1º Período 2º Teste) Soluções
Teste de Geologia (1º Período 2º Teste) Soluções
Isaura Mourão
 
Metodos Estudo Interior Geosfera (Meu)
Metodos Estudo Interior Geosfera (Meu)Metodos Estudo Interior Geosfera (Meu)
Metodos Estudo Interior Geosfera (Meu)
guest47596c16b
 
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoesBiologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
Fernando Bação
 
Exercícios de aplicação Geologia 10 ano
Exercícios de aplicação Geologia 10 anoExercícios de aplicação Geologia 10 ano
Exercícios de aplicação Geologia 10 ano
Catir
 
Ondas sísmicas e descontinuidades
Ondas sísmicas e descontinuidadesOndas sísmicas e descontinuidades
Ondas sísmicas e descontinuidades
Ana Castro
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluçõesTeste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Isaura Mourão
 
Camões Lírico (10.ºano/Português)
Camões Lírico (10.ºano/Português)Camões Lírico (10.ºano/Português)
Camões Lírico (10.ºano/Português)
Dina Baptista
 
caderno-de-apoio-ao-professor
caderno-de-apoio-ao-professorcaderno-de-apoio-ao-professor
caderno-de-apoio-ao-professor
anamuges
 

Mais procurados (20)

Exercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Exercícios tipo exame sismologia metodos estruturaExercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
Exercícios tipo exame sismologia metodos estrutura
 
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º AnoResumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
Resumos Biologia Geologia (GEOLOGIA) 10º Ano
 
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11ºRelatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
Relatório Atividades Laboratoriais 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 11º
 
Modelo mitose trabpratico
Modelo mitose trabpraticoModelo mitose trabpratico
Modelo mitose trabpratico
 
Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
 
Ficha 2: massa e tamanho dos átomos
Ficha 2: massa e tamanho dos átomosFicha 2: massa e tamanho dos átomos
Ficha 2: massa e tamanho dos átomos
 
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º AnoResumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
Resumos Biologia & Geologia (GEOLOGIA) 11º Ano
 
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
Ae bg10 teste_avaliacao_4_mar2021
 
Exercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologiaExercícios biologia geologia
Exercícios biologia geologia
 
Medição em Química
Medição em Química Medição em Química
Medição em Química
 
Recursos geológicos
Recursos geológicosRecursos geológicos
Recursos geológicos
 
odis10_eNL_teste4.docx
odis10_eNL_teste4.docxodis10_eNL_teste4.docx
odis10_eNL_teste4.docx
 
Teste de Geologia (1º Período 2º Teste) Soluções
Teste de Geologia (1º Período 2º Teste) SoluçõesTeste de Geologia (1º Período 2º Teste) Soluções
Teste de Geologia (1º Período 2º Teste) Soluções
 
Metodos Estudo Interior Geosfera (Meu)
Metodos Estudo Interior Geosfera (Meu)Metodos Estudo Interior Geosfera (Meu)
Metodos Estudo Interior Geosfera (Meu)
 
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoesBiologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
Biologia 10º Unidade inicial e Obtenção de matéria exercicios com solucoes
 
Exercícios de aplicação Geologia 10 ano
Exercícios de aplicação Geologia 10 anoExercícios de aplicação Geologia 10 ano
Exercícios de aplicação Geologia 10 ano
 
Ondas sísmicas e descontinuidades
Ondas sísmicas e descontinuidadesOndas sísmicas e descontinuidades
Ondas sísmicas e descontinuidades
 
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluçõesTeste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
Teste de Avaliação nr. 1 (Biologia 10º) soluções
 
Camões Lírico (10.ºano/Português)
Camões Lírico (10.ºano/Português)Camões Lírico (10.ºano/Português)
Camões Lírico (10.ºano/Português)
 
caderno-de-apoio-ao-professor
caderno-de-apoio-ao-professorcaderno-de-apoio-ao-professor
caderno-de-apoio-ao-professor
 

Semelhante a Teste avaliação Química 10_3

2019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v2
2019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v22019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v2
2019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v2
rasuanfe
 
Teste1 10º out 015
Teste1 10º out 015Teste1 10º out 015
Teste1 10º out 015
Mara Dias
 
Átomo grama de um metal
Átomo grama de um metalÁtomo grama de um metal
Átomo grama de um metal
Erick Fernandes
 
1 e 2 testes
1 e 2 testes1 e 2 testes
Prova oqrj 1afase em2_2014_v_final
Prova oqrj 1afase em2_2014_v_finalProva oqrj 1afase em2_2014_v_final
Prova oqrj 1afase em2_2014_v_final
Leonardo Oliveira
 
AULÃO DE QUÍMICA 3º ano.pptx
AULÃO DE QUÍMICA 3º ano.pptxAULÃO DE QUÍMICA 3º ano.pptx
AULÃO DE QUÍMICA 3º ano.pptx
LarissaSilvaOliveira4
 
Exercícios cinética química
Exercícios cinética químicaExercícios cinética química
Exercícios cinética química
fabioquimico
 
Apost405 2006 final
Apost405 2006 finalApost405 2006 final
Apost405 2006 final
gagasinho
 
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape2904201115273 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
Gisah Silveira
 
Fotometria de-chama
Fotometria de-chamaFotometria de-chama
Fotometria de-chama
Drigo Santos
 
Fotometria de-chama
Fotometria de-chamaFotometria de-chama
Fotometria de-chama
Drigo Santos
 
Enem 2017 detento_2
Enem 2017 detento_2Enem 2017 detento_2
Enem 2017 detento_2
Dulcirley Jesus
 
1ºtcfq 8 a_12out_1011_v1
1ºtcfq 8 a_12out_1011_v11ºtcfq 8 a_12out_1011_v1
1ºtcfq 8 a_12out_1011_v1
Maria Goreti
 
Lista 1 2 e 3 gabarito
Lista 1 2 e 3 gabaritoLista 1 2 e 3 gabarito
Lista 1 2 e 3 gabarito
Anyzete Galdino
 
Enem 2017 2dia-prova_azul
Enem   2017 2dia-prova_azulEnem   2017 2dia-prova_azul
Enem 2017 2dia-prova_azul
Jorge Vidal
 
Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
Rodrigo Sampaio
 
Prova tipo exame
Prova tipo exameProva tipo exame
Prova tipo exame
NetCultus
 
Prova tipo exame
Prova tipo exameProva tipo exame
Prova tipo exame
Fisica-Quimica
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
Roberto Oliveira
 
Notas aula dosimetria_calculo_blindagem_2012
Notas aula dosimetria_calculo_blindagem_2012Notas aula dosimetria_calculo_blindagem_2012
Notas aula dosimetria_calculo_blindagem_2012
Cláudio Silva
 

Semelhante a Teste avaliação Química 10_3 (20)

2019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v2
2019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v22019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v2
2019 2020 eq10_02_teste_propriedades_transf_materia_v2
 
Teste1 10º out 015
Teste1 10º out 015Teste1 10º out 015
Teste1 10º out 015
 
Átomo grama de um metal
Átomo grama de um metalÁtomo grama de um metal
Átomo grama de um metal
 
1 e 2 testes
1 e 2 testes1 e 2 testes
1 e 2 testes
 
Prova oqrj 1afase em2_2014_v_final
Prova oqrj 1afase em2_2014_v_finalProva oqrj 1afase em2_2014_v_final
Prova oqrj 1afase em2_2014_v_final
 
AULÃO DE QUÍMICA 3º ano.pptx
AULÃO DE QUÍMICA 3º ano.pptxAULÃO DE QUÍMICA 3º ano.pptx
AULÃO DE QUÍMICA 3º ano.pptx
 
Exercícios cinética química
Exercícios cinética químicaExercícios cinética química
Exercícios cinética química
 
Apost405 2006 final
Apost405 2006 finalApost405 2006 final
Apost405 2006 final
 
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape2904201115273 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
3 em -1tri-lista_de_exercicios_ape290420111527
 
Fotometria de-chama
Fotometria de-chamaFotometria de-chama
Fotometria de-chama
 
Fotometria de-chama
Fotometria de-chamaFotometria de-chama
Fotometria de-chama
 
Enem 2017 detento_2
Enem 2017 detento_2Enem 2017 detento_2
Enem 2017 detento_2
 
1ºtcfq 8 a_12out_1011_v1
1ºtcfq 8 a_12out_1011_v11ºtcfq 8 a_12out_1011_v1
1ºtcfq 8 a_12out_1011_v1
 
Lista 1 2 e 3 gabarito
Lista 1 2 e 3 gabaritoLista 1 2 e 3 gabarito
Lista 1 2 e 3 gabarito
 
Enem 2017 2dia-prova_azul
Enem   2017 2dia-prova_azulEnem   2017 2dia-prova_azul
Enem 2017 2dia-prova_azul
 
Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
 
Prova tipo exame
Prova tipo exameProva tipo exame
Prova tipo exame
 
Prova tipo exame
Prova tipo exameProva tipo exame
Prova tipo exame
 
Estequiometria
EstequiometriaEstequiometria
Estequiometria
 
Notas aula dosimetria_calculo_blindagem_2012
Notas aula dosimetria_calculo_blindagem_2012Notas aula dosimetria_calculo_blindagem_2012
Notas aula dosimetria_calculo_blindagem_2012
 

Último

cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 

Último (20)

cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 

Teste avaliação Química 10_3

  • 1. DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10 TESTES DE AVALIAÇÃO © Areal Editores 1 FÍSICA E QUÍMICA A Escola: ___________________________________________________________________________ Teste de Avaliação 10.° Ano de Escolaridade Duração do Teste: 90 minutos Data: ___________________________________________________________________________ Indique de forma legível a versão do teste. Utilize apenas caneta ou esferográfica de tinta indelével, azul ou preta. É permitida a utilização de régua, esquadro, transferidor e calculadora gráfica. Não é permitido o uso de corretor. Deve riscar aquilo que pretende que não seja classificado. Para cada resposta, identifique o grupo e o item. Apresente as suas respostas de forma legível. Apresente apenas uma resposta para cada item. As cotações dos itens encontram-se no final do enunciado do teste. É permitido o uso da tabela de constantes, do formulário e da Tabela Periódica. Nas respostas aos itens de escolha múltipla, selecione a opção correta. Escreva, na folha de respostas, o número do item e a letra que identifica a opção escolhida. Nas respostas aos itens em que é pedida a apresentação de todas as etapas de resolução, explicite todos os cálculos efetuados e apresente todas as justificações ou conclusões solicitadas. Utilize unicamente valores numéricos das grandezas referidas no teste (no enunciado dos itens) ou na tabela de constantes e na Tabela Periódica.
  • 2. DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10 TESTES DE AVALIAÇÃO © Areal Editores 2 CARACTERIZAÇÃO DA PROVA Quadro 1 – Valorização dos conteúdos Conteúdos Cotação (em pontos) Domínio: Energia e sua conservação Subdomínio 1: Energia e movimentos 80 Subdomínio 2: Energia e fenómenos elétricos 120 Subdomínio 3: Energia, fenómenos térmicos e radiação – Domínio: Propriedades e transformações da matéria Subdomínio 1: Ligação química – Subdomínio 2: Gases e dispersões – Subdomínio 3: Transformações químicas – Quadro 2 – Tipologia, número de itens e cotação Tipologia dos itens Número de itens Cotação por item (em pontos) Itens de seleção Escolha múltipla 7 8 Itens de construção Resposta curta 5 8 Resposta restrita 6 12 2 16 TESTE DE AVALIAÇÃO 1
  • 3. DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10 TESTES DE AVALIAÇÃO © Areal Editores 3 CARACTERIZAÇÃO DA PROVA Quadro 1 – Valorização dos conteúdos Conteúdos Cotação (em pontos) Domínio: Elementos químicos e sua organização Subdomínio 1: Massa e tamanho dos átomos 16 Subdomínio 2: Energia dos eletrões nos átomos 20 Subdomínio 3: Tabela Periódica 28 Domínio: Propriedades e transformações da matéria Subdomínio 1: Ligação química 28 Subdomínio 2: Gases e dispersões 52 Subdomínio 3: Transformações químicas 56 Quadro 2 – Tipologia, número de itens e cotação Tipologia dos itens Número de itens Cotação por item (em pontos) Itens de seleção Escolha múltipla 8 8 Itens de construção Resposta curta 6 8 Resposta restrita 6 12 1 16 TESTE DE AVALIAÇÃO 3
  • 4. DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10 TESTES DE AVALIAÇÃO © Areal Editores 4 GRUPO I O quarto prémio Nobel da Química foi atribuído, em 1904, a Sir William Ramsay pelo reconhecimento do seu trabalho na descoberta dos elementos dos gases nobres no ar e na determinação da sua posição na Tabela Periódica. O primeiro dos gases inertes a ser descoberto na Terra foi o árgon (Ar). Na tabela seguinte encontram-se a abundância relativa e a massa isotópica dos isótopos mais estáveis do árgon. Isótopo Abundância relativa / % Massa isotópica / u Árgon-36 0,337 35,967545 Árgon-38 0,063 37,962732 Árgon-40 99,6 39,962384 1. Com base nos valores presentes na tabela, é de prever que a massa atómica relativa do elemento químico árgon seja, aproximadamente,… (A) 36 porque é o valor mais baixo das massas isotópicas. (B) 40 porque é o valor mais alto das massas isotópicas. (C) 38 porque é o valor da média aritmética das massas isotópicas. (D) 40 porque é o valor da média ponderada das massas isotópicas. 2. O árgon é o elemento do seu período que apresenta __________ raio atómico uma vez que, possuindo o mesmo número de níveis de energia, o raio atómico __________ com o aumento da carga nuclear. (A) maior … aumenta (B) maior … diminui (C) menor … diminui (D) menor … aumenta 3. Com base na sua posição na Tabela Periódica, apresente uma justificação para os gases nobres também serem frequentemente designados por “gases inertes”, como se refere no texto. TESTE DE AVALIAÇÃO 3 Nome:___________________________________________________ N.º______ Turma_____ Data: ____/____/____ Avaliação: ____________________ Professor: ____________________
  • 5. DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10 TESTES DE AVALIAÇÃO © Areal Editores 5 GRUPO II Na simulação “Scale of the Universe”, encontrada em http://htwins.net/scale2/lang.html, podemos observar tamanhos muito variados e informações de diferentes estruturas na Natureza. A figura seguinte mostra dois exemplos. 1. Comparando, em termos das respetivas ordens de grandeza, a relação do diâmetro de um átomo de carbono com o diâmetro da Terra é… (A) 1010 (B) 107 (C) 1017 (D) 1017 2. Indique o grupo, o período e o bloco em que se localiza o carbono na Tabela Periódica. 3. Tendo em conta a configuração eletrónica do carbono, é correto afirmar-se que os eletrões estão distribuídos por __________ orbitais e por __________ níveis de energia. (A) quatro … dois (B) quatro … três (C) três … três (D) três … dois 4. O átomo de carbono apresenta três valores de energia de remoção diferentes: 1,80 × 1018 J, 2,40 × 1018 J e 45,5 × 1018 J.Com base nesses valores, indique a energia de um eletrão que ocupa a orbital 1s e a energia do fotão que esse eletrão deverá absorver para poder transitar para uma das orbitais 2p. 5. Na informação referente ao átomo de carbono pode ler-se que o carbono é a base de toda a vida na Terra pois pode fazer ligações de milhares de formas diferentes. Como se designam os compostos que têm por base as ligações dos átomos de carbono com outros átomos de carbono ou com átomos de outros elementos diferentes?
  • 6. DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10 TESTES DE AVALIAÇÃO © Areal Editores 6 6. A ampicilina, um antibiótico de amplo espetro de ação, é um dos exemplos de compostos que se baseia nas ligações entre átomos de carbono. A figura seguinte mostra a estrutura do composto. Identifique os grupos funcionais assinalados na figura pelos retângulos 1 e 2. GRUPO III Os cientistas podem medir, hoje, os níveis de CO2 presentes na atmosfera da Terra há centenas e milhares de anos atrás. Não, eles não viajam fisicamente no tempo. Eles analisam bolhas de ar presas no gelo sob a superfície da Terra. Quanto mais abaixo da superfície, mais eles recuam no tempo. Com essa técnica, temos dados que mostram que a concentração atmosférica de CO2 registada era aproximadamente de 280 ppm no ano de 1750, e havia permanecido razoavelmente constante durante os anteriores 10 000 anos. A concentração de 365 ppm em 1997 fornece fortes evidências de que as atividades humanas já causaram um aumento de mais de 25% do CO2 atmosférico. Art Sussman, “Guia para o Planeta Terra – para terráqueos dos 12 aos 120 anos”, Capítulo 4 - Teias da vida, Editora Cultrix, S. Paulo, Brasil, pág. 64 1. No ciclo do carbono, a dissolução de dióxido de carbono na água do mar é um dos processos que leva à sua remoção da atmosfera. Atendendo à geometria das moléculas de dióxido de carbono e água, conclua sobre a sua polaridade. 2. O dióxido de carbono é responsável pela manutenção de uma temperatura média na Terra adequada à sobrevivência dos seres vivos. Como se designa o fenómeno no qual o dióxido de carbono participa e que explica o valor dessa temperatura média. 3. A expressão que permite determinar a concentração de dióxido de carbono em 1997, expressa em percentagem, é… (A) 365 × 106 102 (B) 365 × 102 106 (C) 102 365 × 106 (D) 106 365 × 102 4. Qual seria o número de moléculas de dióxido de carbono presentes numa amostra de 20,0 L de ar recolhido, em condições PTN, no ano de 1997?
  • 7. DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10 TESTES DE AVALIAÇÃO © Areal Editores 7 GRUPO IV Apesar de uma elevada concentração de ozono ser importante a nível da estratosfera, onde se forma uma camada que protege os seres vivos dos efeitos nocivos dos raios UV, a sua presença em níveis inferiores da atmosfera - na troposfera - é prejudicial para a saúde humana. Na UE foi estabelecido como concentração máxima desejável, tendo em vista a proteção da saúde humana, 120 microgramas por metro cúbico, sendo que cada Estado-membro tem a obrigação de informar a Comissão Europeia e a Agência Europeia do Ambiente sempre que forem ultrapassadas as concentrações de 180 microgramas por metro cúbico – limiar de informação ao público –, e de 240 microgramas por metro cúbico – limiar de alerta. O ozono não é emitido diretamente na atmosfera. Resulta de reações fotoquímicas complexas que envolvem o monóxido de nitrogénio, NO, e o dióxido de nitrogénio, NO2, resultantes, por exemplo, dos processos de combustão que ocorrem nos motores dos veículos motorizados. Dados retirados do sítio da Agência Portuguesa do Ambiente 1. Atendendo a que, de acordo com o texto, “o ozono não é emitido diretamente na atmosfera”, como se pode classificar este poluente? 2. A expressão que permite determinar a concentração máxima desejável de ozono troposférico, expressa em mol dm- 3 , com vista à proteção da saúde pública é: (A) 120 × 10 -6 × 48 10 3 (B) 120 × 10 -6 10 3 × 48 (C) 120 × 10 3 × 48 10 -6 (D) 120 × 103 10−6 × 48 3. Sabendo que a densidade do ar é, em determinadas condições de pressão e de temperatura, 1,292 g dm3 , apresente o valor da concentração limiar de alerta de ozono troposférico, expresso em ppmM. 4. Quando o monóxido de nitrogénio é libertado, dos escapes dos veículos automóveis, rapidamente é oxidado pelo oxigénio do ar a dióxido de nitrogénio. A equação termoquímica seguinte traduz a reação em causa: 2 NO(g) + O2(g) → 2 NO2(g) ∆H = 114,1 kJ 4.1. A oxidação do monóxido de nitrogénio é uma transformação __________ em que a energia envolvida na quebra de ligações químicas nos reagentes é __________ à energia envolvida na formação de novas ligações químicas nos produtos da reação. (A) endotérmica … inferior (B) endotérmica … superior (C) exotérmica … superior (D) exotérmica … inferior
  • 8. DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10 TESTES DE AVALIAÇÃO © Areal Editores 8 4.2. Considerando que a energia de ligação oxigénio-oxigénio na molécula de oxigénio é 498 kJ mol1 e que a energia da ligação nitrogénio-oxigénio na molécula de dióxido de nitrogénio é 469 kJ mol1 , determine a energia da ligação nitrogénio-oxigénio na molécula de monóxido de nitrogénio. GRUPO V São boas notícias: após 30 anos de declínio, a “espessura” da camada de ozono está a aumentar. O estudo foi publicado ontem pelo Programa Ambiental das Nações Unidas (UNEP) e coloca os valores atuais numa tendência de recuperação a caminho dos registados em 1980, altura em que a camada de ozono começou perigosamente a “perder espessura”. O ozono distribui-se em volta do planeta Terra numa camada bastante fina que serve de filtro às radiações ultravioleta, responsáveis por muitos efeitos nocivos para os seres vivos e em particular para a saúde humana; o cancro da pele é o seu efeito mais nefasto – o melanoma é o nono tipo de cancro mais comum na Europa, com 100 mil novos casos diagnosticados em 2012. Observador: “Novo estudo revela que o buraco de ozono está a diminuir”, 11 de setembro de 2014 1. Os CFC, usados durante décadas em sprays e nos sistemas de refrigeração, foram apontados como substâncias responsáveis pela degradação química do ozono. Que características apresentam os CFC para contribuírem para a diminuição acentuada da concentração de ozono estratosférico? 2. A fotodissociação do oxigénio molecular é uma das reações, do mecanismo de formação/decomposição do ozono, que ocorre por absorção de radiação UV, fazendo com que a camada de ozono funcione de filtro para esta radiação. Escreva a equação química que traduz a reação de fotodissociação do oxigénio. 3. Nas camadas mais altas da atmosfera são também possíveis processos de fotoionização das moléculas mais abundantes na atmosfera, o nitrogénio e o oxigénio. Associe, justificando, os valores de energia de ionização de 1505 kJ mol1 e 1144 kJ mol1 à ionização de cada uma dessas moléculas, com base na sua estabilidade. GRUPO I GRUPO II GRUPO III GRUPO IV GRUPO V TOTAL1. 2. 3. 1. 2. 3. 4. 5. 6. 1. 2. 3. 4. 1. 2. 3. 4.1. 4.2. 1. 2. 3. 8 8 12 8 8 8 12 8 8 12 8 8 12 8 8 8 8 12 16 8 12 28 52 40 44 36 200
  • 9. DOSSIÊ DO PROFESSOR QUÍMICA A 10 TESTES DE AVALIAÇÃO © Areal Editores 9