165105080Escola Secundária Emídio GarciaDisciplina: Física e Química A – 10º AnoTeste de Avaliação SumativaAno Lectivo2009...
1 e 2 testes
1 e 2 testes
1 e 2 testes
1 e 2 testes
1 e 2 testes
1 e 2 testes
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1 e 2 testes

1.334 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

1 e 2 testes

  1. 1. 165105080Escola Secundária Emídio GarciaDisciplina: Física e Química A – 10º AnoTeste de Avaliação SumativaAno Lectivo2009/2010Nome: _______________________________________________________________Nº________Duração do teste: 90 minutos Versão 2 27/10/2009Classificação:___________________________ ______ valoresEncarregado de Educação:___________________________________________________________________________Professor:___________________________<br />Tabela de Iões<br />FORMULÁRIO<br />9404351802131<br />Questões1234.14.256789.19.210.110.210.311.111.211.3121314.114.2Cotações88881012,5101012813,5810158989988<br />Considere os diferentes sinais de perigo. Indique o significado de cada um deles.<br />80727557062470<br />No laboratório é muito importante atender às normas de segurança. Assinale quais dos procedimentos seguintes são incorrectos: <br />A Fazer uma experiência nova perguntando ao professor os cuidados de segurança a ter.E Comer no laboratório entre duas experiências.B Cheirar as substâncias indirectamente para as identificar.F Sempre que possível, usar uma bata para fazer as experiências.C Colocar o dedo em algumas soluções para avaliar a sua temperatura.D Os ácidos devem ser adicionados sempre sobre a água.G Juntar quaisquer substâncias para «ver o que dá».<br /> Complete o nome dos seguintes materiais de laboratório.<br />Considere as substâncias moleculares a seguir indicadas:<br />AmoníacoNH3EnxofreS8Ácido ClorídricoHClButanoC4H10<br />Classifique-as em substâncias elementares e compostas.<br />Descreva a composição qualitativa e quantitativa de uma molécula de cada substância.<br />Indique o número de protões, electrões, neutrões número atómico e número de massa dos seguintes átomos e iões.<br />Átomos e iõesNúmero atómicoNúmero de MassaProtõesElectrõesNeutrões<br />Considere o seguinte fragmento da Tabela Periódica, onde as letras representam elementos químicos, mas não são os verdadeiros símbolos químicos, indique:<br />ABCDEFG…………………………..…………………………..<br />Um elemento que seja metal alcalino terroso; __________<br />Um elemento que seja halogéneo; _____________<br />Um elemento que seja gás nobre; _____________<br />Um elemento do mesmo período de F; _________<br />Um elemento do mesmo grupo de A.___________<br />Dois isótopos do mesmo elemento podem representar-se por 3 x+8 10 xX e 6 x-4 10 x+ 2Y .<br />Determine os respectivos números atómicos e números de massa.<br />Recorrendo à tabela de iões, escreva:<br />a fórmula química das seguintes substâncias.os nomes dos compostos iónicos cujas fórmulas químicas são:Óxido de sódioCarbonato de cobre (I) Carbonato de alumínioAlCl3MgSO4 FeBr3<br />Os materiais que se usam no quotidiano são, na sua maioria, misturas. Mesmo os reagentes intitulados substâncias puras, possuem graus de pureza variáveis e contêm na sua composição impurezas que são discriminadas nos rótulos das embalagens. Assim as operações de separar e purificar componentes de uma mistura são tarefas importantes que requerem uma cuidada planificação e execução. <br />Numa aula laboratorial, três grupos de alunos pretendem separar os componentes de misturas que lhe foram fornecidas pelo professor. <br />A – Álcool etílico e água <br />B – Limalha de ferro, cloreto de sódio e areia <br />C – Água com azeite <br />De que tipo pode ser classificada a mistura C? Justifique. <br />Apresente uma sequência de processos de separação adequados para separar todos os componentes da mistura B.<br />Dissolveram-se 10,0 g de tiocianato de ferro (III) em água destilada, e transferiu-se a solução para um balão volumétrico de 200 cm3 de capacidade, o qual depois se completou com água até ao traço de aferição.<br />Qual a composição qualitativa da solução?<br />Qual a composição quantitativa da solução, em SI.<br />À solução anterior adicionou-se uma outra solução de tiocianato de ferro (III) de volume 250 cm3 com uma concentração mássica a 10 g/dm3. Qual o valor da concentração desta nova solução?<br />Leia atentamente o texto seguinte: <br />Sabemos agora que o nosso universo – ou, pelo menos, a sua encarnação mais recente – tem entre 15 a 20 mil milhões de anos. O tempo decorrido desde a Grande Explosão. No início deste universo não havia galáxias, nem estrelas, nem planetas, nem vida nem civilizações, apenas uma bola de fogo uniforme e radiante que preenchia todo o espaço. A passagem do caos da Grande Explosão para o cosmos que começamos a conhecer é a mais terrível transformação da matéria e da energia que tivemos o privilégio de vislumbrar. E, até que encontremos seres mais inteligentes noutras paragens, somos nós a mais espectacular de todas as transformações – os descendentes remotos da Grande Explosão, dedicados à compreensão e à posterior transformação do cosmos de que provimos.<br />In Cosmos by Carl Sagan - Gradiva <br /> De acordo com o texto e os seus conhecimentos seleccione a alternativa correcta. <br />A – O volume do Universo tem vindo a diminuir. <br />B – O Big Bang terá ocorrido há cerca de quinze mil milhões de anos. <br />C – A primeira matéria que se formou no Universo foram as estrelas. <br />D – Os seres humanos são descendentes das estrelas e não do Big Bang. <br /> Escolha, das afirmações seguintes, as que traduzem factos que levaram à construção da Teoria do Big Bang. <br />A – Desde os tempos mais remotos, se observou o movimento dos corpos celestes. <br />B – Verificou-se que a quantidade de hidrogénio e hélio é muito superior à dos outros elementos. <br />C – No início do séc. XX, verificou-se o afastamento das galáxias. <br />D – Na Terra é possível observar radiação de fundo. <br />E – Identificou-se a existência de novos planetas no sistema solar. <br />Os corpos celestes encontram-se a diferentes temperaturas e distâncias. A escolha de unidades adequadas à sua medição é fundamental. Ordene, por ordem crescente, as medidas: <br />(A) comprimento 160 km 1,3 × 10-7 UA 3,0 × 103 m <br />(B) temperatura 180 ºC 300 K 350 ºF<br />Dos números a seguir indicados, diga o número de algarismos significativos:<br />(A) 28,45 (B) 0,0042 (C) 563,00 (D) 3,0 (E) 6,00 (F) 1×103<br />Calcule as seguintes expressões, arredondando, os valores obtidos, de uma forma correcta.<br />(A) 3,03 + 56,805 = <br />(B) 3,035103 5,68 104 =<br />(C) 24,00 - 0,113 3,0 =<br />Núcleos de massa elevada, como o plutónio e o urânio, podem cindir-se noutros núcleos mais leves, por absorção de um neutrão. Nesse processo, libertam-se neutrões e uma quantidade muito elevada de energia. Essa energia é utilizada nas centrais nucleares para ser convertida em energia eléctrica.<br />Quando o plutónio-239 é usado num reactor nuclear, uma das reacções de fissão que pode ocorrer é:<br />Relativamente a esta reacção, indique que valor corresponde a x.<br /> Além da fissão, estes núcleos pesados também apresentam decaimento radioactivo.<br />O urânio - 238, 92238U decai por emissão α (24He).<br />Seleccione, de entre as alternativas de (A) a (D), a que corresponde ao nuclídeo produzido nesse decaimento.<br />

×