SlideShare uma empresa Scribd logo
TERMINAL DE CRUZEIROS
DO PORTO GRANDE
Mindelo, 27 de Novembro de 2015
Rogério Soulé
AGENDA
• PROJECTO TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE;
• ESTUDO DE MERCADO;
• ESTUDOS DE IMPACTO SOCIAL E ECONÓMICO;
• PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO DESTINO DE CRUZEIRO.
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
OBJECTIVO ESTRATÉGICO:
Manter e desenvolver Cabo Verde como um atractivo destino de
cruzeiros, pelo investimento no desenvolvimento de um Terminal
de Cruzeiros e desenho de um programa para desenvolvimento
do destino de cruzeiros, como Parte da Política de Cabo Verde
de Aumento Sustentável dos Ganhos com o Turismo.
OBJECTIVOS ESPECÍFICOS:
 Contribuir para o crescimento do movimento de cruzeiros em S.
Vicente e Santo Antão;
 Estimular a economia local, proporcionar mais negócios e
empregos;
 Regeneração do existente espaço urbano-portuário.
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
COMPONENTES DO PROJECTO:
1. Estudo do Mercado
1. Avaliação do mercado de cruzeiros;
2. Análise do tráfego portuário de cruzeiros e infra-estruturas existentes;
3. Avaliação das tendências da industria do cruzeiro a nível mundial;
4. Concorrentes regionais;
5. Recolha de dados sobre as linhas de cruzeiros;
6. Projecções e tendências do crescimento do tráfego.
2. Estudos e Projecto de Engenharia
1. Avaliação das necessidades e levantamentos técnicos;
2. Avaliação dos estudos e dados existentes;
3. Projecto de execução;
4. Estimativa de custos;
5. Estudos de Impacte Social e Ambiental;
6. Análise de Riscos.
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
COMPONENTES DO PROJECTO:
3. Estudos de Impacto Social e Económico
Análise e cálculo do impacto social e económico que este Projecto é capaz de
gerar em Cabo Verde com base em critérios da ORIO.
4. Desenho do Programa de Desenvolvimento do Destino de Cruzeiros em
S.Vicente/Santo Antão;
5. Implementação do Projecto;
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO DE MERCADO
1. Avaliação do Mercado de Cruzeiros
20,000
15,000
10,000
5,000
0
Ranking do Mercado de Cruzeiros
Crescimento do Mercado Mundial de Cruzeiros
Ásia Europa América do Norte
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
Passageiros('000)
ESTUDO DE MERCADO
2. Análise do Tráfego Portuário de Cruzeiros e Infra-estruturas Existentes.
• Infra-estruturas marítimas não adequadas ao tráfego de cruzeiros;
• Inexistência de terminal de embarque e desembarque de passageiros de
cruzeiros.
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
3. Avaliação das Tendências da Indústria do Cruzeiro a Nível Mundial
Construção de navios maiores e mais
sumptuosos .
• Melhoraria contínua da qualidade e da
quantidade de experiências a bordo.
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO
GRANDE
ESTUDO DE MERCADO
5. Recolha de Dados Sobre as Linhas de Cruzeiros
Maiores companhias do mundo. Companhias Europeias chaves
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO
GRANDE
ESTUDO DE MERCADO
5. Recolha de Dados Sobre as Linhas de Cruzeiros
Crescimento do mercado de cruzeiros norte-americano e europeu
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO
GRANDE
ESTUDO DE MERCADO
Passageiros
6. Projecções e Tendências do Crescimento do Tráfego
Passageiros em trânsito no Atlântico
1,800,000
1,600,000
1,400,000
1,200,000
1,000,000
800,000
600,000
400,000
200,000
Projecção do mercado de captura de passageiros
120,000
100,000
80,000
60,000
40,000
20,000
180,000
160,000
140,000
120,000
100,000
80,000
60,000
40,000
20,000
0
Projecção de crescimento histórico de passageiros
600,000
500,000
400,000
300,000
200,000
100,000
Projecção de passageiros por cenários das deslocações
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO
GRANDE
ESTUDO DE MERCADO
6. Projecções e Tendências do Crescimento do Tráfego
Passageiros por país de origem para Mindelo
Evolução de passageiros nas ilhas Canárias
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO
GRANDE
ESTUDO DE MERCADO
Satisfação do Passageiro
1. Mindelo é um destino OK. O número e a qualidade dos autocarros é
insuficiente;
2. O número de guias que falam alemão podia ser melhorado e outras
atracções turísticas deviam ser desenvolvidas;
3. O porto oferece muito pouco aos passageiros para ver e fazer. As
capacidades de excursão em terra não estão à escala de lidar com navios
maiores (2.000 passageiros);
4. A expectativa dos hóspedes é geralmente excedida em Cabo Verde. O
destino é percebido como seguro, autêntico e virgem. Quanto mais
pequenas as ilhas, mais seguro o destino parece;
5. A área à volta do porto parece um pouco “descuidada”, por isso é
necessário um autocarro até a cidade;
6. É uma boa paragem e dá uma boa impressão das ilhas;
7. Santo Antão que é ao lado, é um dos lugares que geralmente visitamos.
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO
GRANDE
ESTUDO DE MERCADO
ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA
• Levantamentos hidrográfico, topográfico e geotécnico
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA
• Estudos em Modelos Matemáticos em Regime das Ondas
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA
• Definição do layout dos berços do Terminal de Cruzeiros
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA
• Simulação de Manobras de Atracação em Computador
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA
• Exercícios de atracação em simuladores, com pilotos da ENAPOR
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA
• Layout do Terminal - infra-estruturas marítimas
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA
• Estrutura do molhe de atracação
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA
• Layout do Terminal – infra-estruturas terrestres
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA
• Gare de Acolhimento de Passageiros de Cruzeiro
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA
• Rearranjos Urbano-Portuário
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
Orçamento Previsional
Designação Total (Euros)
Infra-estruturas Marítimas 27 000 000,00
Gare de Acolhimento de passageiros e
infra-estruturas terrestres 1 500 000,00
Procurement, Projectos e Estudos 1 000 000,00
Custos Financeiros 2 500 000,00
TOTAL 32 000 000,00
ESTUDO DE IMPACTE SOCIAL E AMBIENTAL
Itens do EISA
Sensibilidade do clima;
Clima, Mudanças Climáticas;
Geologia, Geomorfologia, Recursos Minerais;
Riscos Naturais e Fenómenos Costeiros;
Solos e uso efectivo dos solos;
Os Recursos Hídricos;
A qualidade da água do mar;
Ecologia Terrestre e Biodiversidade;
Ecologia Marinha e Biodiversidade;
Cultura e Património Cultural (arqueologia e arquitectura);
Paisagem / Visual;
Segurança;
Barulho;
Tráfego;
Qualidade do ar;
Tratamento do lixo.
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO DE IMPACTO SOCIAL E ECONÓMICO
Análise e cálculo do impacto social e económico que este Projecto é capaz de
gerar em Cabo Verde, com base em critérios da ORIO.
Assume-se que cerca de 70% dos gastos acabam por reflectir
directamente na manutenção e crescimento do emprego local.
Designação Escalas
Visita on Shore
Shore
Média Gastos
(Euros) TOTAL (Euros)
PAX 37 600 28 800 (77%) 30 864 000
TRIPULANTES 18 000 (50%) 5 400 (30%) 22,5 (75%) 121 500
Sub-Total 54 000 34 200 28,8 985 500
Serviços Marítimos e
e Portuários 57 4 000 228 000
Bunkering 17
225 MT/Navio =
3825 MT 3 049 985
TOTAL 5 248 985
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO DE IMPACTO SOCIAL E ECONÓMICO
Estatísticas do Porto Grande
Os dados e a expectativa das análises feitas indicam que sem infra-estruturas
adequadas, o mercado de cruzeiros pode estagnar-se ou mesmo diminuir nos
próximos anos.
Para se competir no mercado internacional é preciso oferecer serviços de qualidade
para escalas de Trânsito e Turn Around.
Estima-se um crescimento até 75.000 pax em 2020 e cerca de 150.000 pax em 2030.
ANO ESCALAS PASSAGEIROS
2008 31 22 114
2009 22 18 247
2010 20 14 445
2011 27 17 308
2012 39 27 612
2013 57 40 224
2014 55 38 812
2015 60 42 340
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
ESTUDO DE IMPACTO SOCIAL E ECONÓMICO
Oportunidades de Negócio e Emprego
•Transporte Terrestre (bus e táxis)
•Transporte Marítimo inter-ilhas
•Transporte Aéreo – Voos charter
•Fornecimento de combustível
•Shipchandler
•Shopping
•Bar / Restauração
•Recrutamento de tripulantes
•Guias turísticos
•Artesanato local
•Entretenimento local
•Tour Operator (Franchising)
• Imobiliária turística
• Turismo náutico
• Turismo desportivo
• Cervejaria
• Parques de diversão
• Ecoturismo
• Turismo rural
• Agências
• Catering
• Churrascaria
• Pastelaria
• Confeitarias
• Restaurantes
• Artesanato
• Organização e promoção de eventos,
etc.
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
DESENHO DO PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO
DE DESTINO DE CRUZEIROS EM S. VICENTE/S. ANTÃO
1. Inventários dos operadores cabo-verdianos envolvidos no negócio de
turismo/cruzeiros/shipping;
2. Avaliação da capacidade existente neste subsector e do nível de serviço
prestado;
3. Definição de capacidades que deverão ser desenvolvidas/melhoradas;
4. Desenho de um programa de reforço de capacidades e de formação para
os operadores públicos e privados nas duas ilhas;
5. Desenvolvimento de campanhas de sensibilização nos destinos gémeos
de cruzeiros (S.Vicente/S. Antão);
6. Definição de uma estratégia de marketing para um destino de cruzeiros
adequado às ilhas de S. Vicente e S. Antão.
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
IMPLEMENTAÇÃO DO PROJECTO
1. Plano de Procurement;
2. Desenho da estrutura legal;
3. Planeamento financeiro para preparação e implementação do
Projecto;
4. Plano de exploração e manutenção;
5. Desenho da estrutura de gestão e organizacional do Projecto;
6. Estrutura da empresa;
7. Estratégia comercial e de marketing.
TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
Obrigado
pela Atenção

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Terminal de Cruzeiros do Porto Grande - Cabo Verde

Turismo e logística portuária (SANTOS, SP)
Turismo e logística portuária (SANTOS, SP)Turismo e logística portuária (SANTOS, SP)
Turismo e logística portuária (SANTOS, SP)
Aristides Faria
 
Apresentação Turismo Náutico IX Congresso da Geografia Portuguesa
Apresentação Turismo Náutico IX Congresso da Geografia PortuguesaApresentação Turismo Náutico IX Congresso da Geografia Portuguesa
Apresentação Turismo Náutico IX Congresso da Geografia Portuguesa
Rui Santos Camelo
 
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo VerdeNovo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
aplop
 
Rt&d 13-id10
Rt&d 13-id10Rt&d 13-id10
Porto Atlantico - Hotel, Lojas e Salas Comerciais - Centro - Rio de Janeiro
Porto Atlantico - Hotel, Lojas e Salas Comerciais - Centro - Rio de JaneiroPorto Atlantico - Hotel, Lojas e Salas Comerciais - Centro - Rio de Janeiro
Porto Atlantico - Hotel, Lojas e Salas Comerciais - Centro - Rio de Janeiro
Lançamentos RJ Rio
 
Terminal de Cruzeiros Marítimos de Salvador
Terminal de Cruzeiros Marítimos de SalvadorTerminal de Cruzeiros Marítimos de Salvador
Terminal de Cruzeiros Marítimos de Salvador
Nelt Logística e Tecnologias
 
Transportes marítimos em portugal
Transportes marítimos em portugalTransportes marítimos em portugal
Transportes marítimos em portugal
Mayjö .
 
20230720 - Faustino Goncalves - plano estrategico final.pptx
20230720 - Faustino Goncalves - plano estrategico final.pptx20230720 - Faustino Goncalves - plano estrategico final.pptx
20230720 - Faustino Goncalves - plano estrategico final.pptx
FaustinoGonalves
 
Gestão e valorização do litoral e do espaço marítimo (1)
Gestão e valorização do litoral e do espaço marítimo (1)Gestão e valorização do litoral e do espaço marítimo (1)
Gestão e valorização do litoral e do espaço marítimo (1)
Ilda Bicacro
 
Venha Viever a LIBERDADE Navegando pelo RIO CAÍ.
Venha Viever a LIBERDADE Navegando pelo RIO CAÍ.Venha Viever a LIBERDADE Navegando pelo RIO CAÍ.
Venha Viever a LIBERDADE Navegando pelo RIO CAÍ.
João Boos Boos
 
TMC the concept for a 10 years business plan.
TMC the concept for a 10 years business plan. TMC the concept for a 10 years business plan.
TMC the concept for a 10 years business plan.
Al Ornelas
 
Plano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos-os-Santos
Plano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos-os-SantosPlano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos-os-Santos
Plano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos-os-Santos
Secretaria de Turismo da Bahia
 
Plano Estratégico para a Margem Ribeirinha de Gondomar (POLIS de Gondomar)
Plano Estratégico para a Margem Ribeirinha de Gondomar (POLIS de Gondomar)Plano Estratégico para a Margem Ribeirinha de Gondomar (POLIS de Gondomar)
Plano Estratégico para a Margem Ribeirinha de Gondomar (POLIS de Gondomar)
Joaquim Flores
 
Carta Nautica abril 2021
Carta Nautica abril 2021Carta Nautica abril 2021
“INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - A...
“INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - A...“INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - A...
“INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - A...
aplop
 
Apresentação do projeto porto hidroviário
Apresentação do projeto   porto hidroviárioApresentação do projeto   porto hidroviário
Apresentação do projeto porto hidroviário
Ivoney Silva
 
SEPORT – Secretaria de Assuntos Portuários e Marítimos -
SEPORT – Secretaria de Assuntos  Portuários e Marítimos - SEPORT – Secretaria de Assuntos  Portuários e Marítimos -
SEPORT – Secretaria de Assuntos Portuários e Marítimos -
Fiesp Federação das Indústrias do Estado de SP
 
VENHA VIVER A LIBERDADE NAVEGANDO PELO RIO CAÍ.
VENHA  VIVER  A  LIBERDADE  NAVEGANDO  PELO  RIO CAÍ.VENHA  VIVER  A  LIBERDADE  NAVEGANDO  PELO  RIO CAÍ.
VENHA VIVER A LIBERDADE NAVEGANDO PELO RIO CAÍ.
João Boos Boos
 
Forum biodiversidade nautica_terceira_dram_10_2015
Forum biodiversidade nautica_terceira_dram_10_2015Forum biodiversidade nautica_terceira_dram_10_2015
Forum biodiversidade nautica_terceira_dram_10_2015
PTMacaronesia
 
Porto de Vitória: Uma porta aberta para o mundo e para a cidade
Porto de Vitória: Uma porta aberta para o mundo e para a cidadePorto de Vitória: Uma porta aberta para o mundo e para a cidade
Porto de Vitória: Uma porta aberta para o mundo e para a cidade
LCA promo
 

Semelhante a Terminal de Cruzeiros do Porto Grande - Cabo Verde (20)

Turismo e logística portuária (SANTOS, SP)
Turismo e logística portuária (SANTOS, SP)Turismo e logística portuária (SANTOS, SP)
Turismo e logística portuária (SANTOS, SP)
 
Apresentação Turismo Náutico IX Congresso da Geografia Portuguesa
Apresentação Turismo Náutico IX Congresso da Geografia PortuguesaApresentação Turismo Náutico IX Congresso da Geografia Portuguesa
Apresentação Turismo Náutico IX Congresso da Geografia Portuguesa
 
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo VerdeNovo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
 
Rt&d 13-id10
Rt&d 13-id10Rt&d 13-id10
Rt&d 13-id10
 
Porto Atlantico - Hotel, Lojas e Salas Comerciais - Centro - Rio de Janeiro
Porto Atlantico - Hotel, Lojas e Salas Comerciais - Centro - Rio de JaneiroPorto Atlantico - Hotel, Lojas e Salas Comerciais - Centro - Rio de Janeiro
Porto Atlantico - Hotel, Lojas e Salas Comerciais - Centro - Rio de Janeiro
 
Terminal de Cruzeiros Marítimos de Salvador
Terminal de Cruzeiros Marítimos de SalvadorTerminal de Cruzeiros Marítimos de Salvador
Terminal de Cruzeiros Marítimos de Salvador
 
Transportes marítimos em portugal
Transportes marítimos em portugalTransportes marítimos em portugal
Transportes marítimos em portugal
 
20230720 - Faustino Goncalves - plano estrategico final.pptx
20230720 - Faustino Goncalves - plano estrategico final.pptx20230720 - Faustino Goncalves - plano estrategico final.pptx
20230720 - Faustino Goncalves - plano estrategico final.pptx
 
Gestão e valorização do litoral e do espaço marítimo (1)
Gestão e valorização do litoral e do espaço marítimo (1)Gestão e valorização do litoral e do espaço marítimo (1)
Gestão e valorização do litoral e do espaço marítimo (1)
 
Venha Viever a LIBERDADE Navegando pelo RIO CAÍ.
Venha Viever a LIBERDADE Navegando pelo RIO CAÍ.Venha Viever a LIBERDADE Navegando pelo RIO CAÍ.
Venha Viever a LIBERDADE Navegando pelo RIO CAÍ.
 
TMC the concept for a 10 years business plan.
TMC the concept for a 10 years business plan. TMC the concept for a 10 years business plan.
TMC the concept for a 10 years business plan.
 
Plano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos-os-Santos
Plano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos-os-SantosPlano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos-os-Santos
Plano Estratégico do Turismo Náutico da Baía de Todos-os-Santos
 
Plano Estratégico para a Margem Ribeirinha de Gondomar (POLIS de Gondomar)
Plano Estratégico para a Margem Ribeirinha de Gondomar (POLIS de Gondomar)Plano Estratégico para a Margem Ribeirinha de Gondomar (POLIS de Gondomar)
Plano Estratégico para a Margem Ribeirinha de Gondomar (POLIS de Gondomar)
 
Carta Nautica abril 2021
Carta Nautica abril 2021Carta Nautica abril 2021
Carta Nautica abril 2021
 
“INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - A...
“INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - A...“INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - A...
“INTEGRAÇÃO DOS PORTOS DE TRANSHIPMENT NA AMÉRICA, ÁFRICA, EUROPA e ÁSIA” - A...
 
Apresentação do projeto porto hidroviário
Apresentação do projeto   porto hidroviárioApresentação do projeto   porto hidroviário
Apresentação do projeto porto hidroviário
 
SEPORT – Secretaria de Assuntos Portuários e Marítimos -
SEPORT – Secretaria de Assuntos  Portuários e Marítimos - SEPORT – Secretaria de Assuntos  Portuários e Marítimos -
SEPORT – Secretaria de Assuntos Portuários e Marítimos -
 
VENHA VIVER A LIBERDADE NAVEGANDO PELO RIO CAÍ.
VENHA  VIVER  A  LIBERDADE  NAVEGANDO  PELO  RIO CAÍ.VENHA  VIVER  A  LIBERDADE  NAVEGANDO  PELO  RIO CAÍ.
VENHA VIVER A LIBERDADE NAVEGANDO PELO RIO CAÍ.
 
Forum biodiversidade nautica_terceira_dram_10_2015
Forum biodiversidade nautica_terceira_dram_10_2015Forum biodiversidade nautica_terceira_dram_10_2015
Forum biodiversidade nautica_terceira_dram_10_2015
 
Porto de Vitória: Uma porta aberta para o mundo e para a cidade
Porto de Vitória: Uma porta aberta para o mundo e para a cidadePorto de Vitória: Uma porta aberta para o mundo e para a cidade
Porto de Vitória: Uma porta aberta para o mundo e para a cidade
 

Mais de aplop

Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
aplop
 
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
aplop
 
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
aplop
 
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
aplop
 
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
aplop
 
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
aplop
 
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
aplop
 
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logísticaA estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
aplop
 
Janela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portuguesesJanela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portugueses
aplop
 
Direito portuário nos países membros da APLOP
Direito portuário nos países membros da APLOPDireito portuário nos países membros da APLOP
Direito portuário nos países membros da APLOP
aplop
 
Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique
Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de MoçambiqueOs Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique
Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique
aplop
 
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e EstratégiaO Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
aplop
 
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do BrasilO Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
aplop
 
Porto de Sines - Porta Atlântica da Europa
Porto de Sines - Porta Atlântica da EuropaPorto de Sines - Porta Atlântica da Europa
Porto de Sines - Porta Atlântica da Europa
aplop
 
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófonoPortugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
aplop
 
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e IncertezasSHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
aplop
 
A JUL - Janela Única Logística
A JUL - Janela Única LogísticaA JUL - Janela Única Logística
A JUL - Janela Única Logística
aplop
 
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLPExportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
aplop
 
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESESINVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
aplop
 
O Sistema Portuário em Marrocos
O Sistema Portuário em MarrocosO Sistema Portuário em Marrocos
O Sistema Portuário em Marrocos
aplop
 

Mais de aplop (20)

Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
 
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
 
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
 
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
 
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
 
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
 
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
 
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logísticaA estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
 
Janela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portuguesesJanela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portugueses
 
Direito portuário nos países membros da APLOP
Direito portuário nos países membros da APLOPDireito portuário nos países membros da APLOP
Direito portuário nos países membros da APLOP
 
Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique
Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de MoçambiqueOs Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique
Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique
 
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e EstratégiaO Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
 
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do BrasilO Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
 
Porto de Sines - Porta Atlântica da Europa
Porto de Sines - Porta Atlântica da EuropaPorto de Sines - Porta Atlântica da Europa
Porto de Sines - Porta Atlântica da Europa
 
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófonoPortugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
 
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e IncertezasSHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
 
A JUL - Janela Única Logística
A JUL - Janela Única LogísticaA JUL - Janela Única Logística
A JUL - Janela Única Logística
 
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLPExportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
 
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESESINVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
 
O Sistema Portuário em Marrocos
O Sistema Portuário em MarrocosO Sistema Portuário em Marrocos
O Sistema Portuário em Marrocos
 

Terminal de Cruzeiros do Porto Grande - Cabo Verde

  • 1. TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE Mindelo, 27 de Novembro de 2015 Rogério Soulé
  • 2. AGENDA • PROJECTO TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE; • ESTUDO DE MERCADO; • ESTUDOS DE IMPACTO SOCIAL E ECONÓMICO; • PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DO DESTINO DE CRUZEIRO.
  • 3. TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE OBJECTIVO ESTRATÉGICO: Manter e desenvolver Cabo Verde como um atractivo destino de cruzeiros, pelo investimento no desenvolvimento de um Terminal de Cruzeiros e desenho de um programa para desenvolvimento do destino de cruzeiros, como Parte da Política de Cabo Verde de Aumento Sustentável dos Ganhos com o Turismo.
  • 4. OBJECTIVOS ESPECÍFICOS:  Contribuir para o crescimento do movimento de cruzeiros em S. Vicente e Santo Antão;  Estimular a economia local, proporcionar mais negócios e empregos;  Regeneração do existente espaço urbano-portuário. TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 5. COMPONENTES DO PROJECTO: 1. Estudo do Mercado 1. Avaliação do mercado de cruzeiros; 2. Análise do tráfego portuário de cruzeiros e infra-estruturas existentes; 3. Avaliação das tendências da industria do cruzeiro a nível mundial; 4. Concorrentes regionais; 5. Recolha de dados sobre as linhas de cruzeiros; 6. Projecções e tendências do crescimento do tráfego. 2. Estudos e Projecto de Engenharia 1. Avaliação das necessidades e levantamentos técnicos; 2. Avaliação dos estudos e dados existentes; 3. Projecto de execução; 4. Estimativa de custos; 5. Estudos de Impacte Social e Ambiental; 6. Análise de Riscos. TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 6. COMPONENTES DO PROJECTO: 3. Estudos de Impacto Social e Económico Análise e cálculo do impacto social e económico que este Projecto é capaz de gerar em Cabo Verde com base em critérios da ORIO. 4. Desenho do Programa de Desenvolvimento do Destino de Cruzeiros em S.Vicente/Santo Antão; 5. Implementação do Projecto; TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 7. ESTUDO DE MERCADO 1. Avaliação do Mercado de Cruzeiros 20,000 15,000 10,000 5,000 0 Ranking do Mercado de Cruzeiros Crescimento do Mercado Mundial de Cruzeiros Ásia Europa América do Norte TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE Passageiros('000)
  • 8. ESTUDO DE MERCADO 2. Análise do Tráfego Portuário de Cruzeiros e Infra-estruturas Existentes. • Infra-estruturas marítimas não adequadas ao tráfego de cruzeiros; • Inexistência de terminal de embarque e desembarque de passageiros de cruzeiros. TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 9. 3. Avaliação das Tendências da Indústria do Cruzeiro a Nível Mundial Construção de navios maiores e mais sumptuosos . • Melhoraria contínua da qualidade e da quantidade de experiências a bordo. TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE ESTUDO DE MERCADO
  • 10. 5. Recolha de Dados Sobre as Linhas de Cruzeiros Maiores companhias do mundo. Companhias Europeias chaves TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE ESTUDO DE MERCADO
  • 11. 5. Recolha de Dados Sobre as Linhas de Cruzeiros Crescimento do mercado de cruzeiros norte-americano e europeu TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE ESTUDO DE MERCADO Passageiros
  • 12. 6. Projecções e Tendências do Crescimento do Tráfego Passageiros em trânsito no Atlântico 1,800,000 1,600,000 1,400,000 1,200,000 1,000,000 800,000 600,000 400,000 200,000 Projecção do mercado de captura de passageiros 120,000 100,000 80,000 60,000 40,000 20,000 180,000 160,000 140,000 120,000 100,000 80,000 60,000 40,000 20,000 0 Projecção de crescimento histórico de passageiros 600,000 500,000 400,000 300,000 200,000 100,000 Projecção de passageiros por cenários das deslocações TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE ESTUDO DE MERCADO
  • 13. 6. Projecções e Tendências do Crescimento do Tráfego Passageiros por país de origem para Mindelo Evolução de passageiros nas ilhas Canárias TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE ESTUDO DE MERCADO
  • 14. Satisfação do Passageiro 1. Mindelo é um destino OK. O número e a qualidade dos autocarros é insuficiente; 2. O número de guias que falam alemão podia ser melhorado e outras atracções turísticas deviam ser desenvolvidas; 3. O porto oferece muito pouco aos passageiros para ver e fazer. As capacidades de excursão em terra não estão à escala de lidar com navios maiores (2.000 passageiros); 4. A expectativa dos hóspedes é geralmente excedida em Cabo Verde. O destino é percebido como seguro, autêntico e virgem. Quanto mais pequenas as ilhas, mais seguro o destino parece; 5. A área à volta do porto parece um pouco “descuidada”, por isso é necessário um autocarro até a cidade; 6. É uma boa paragem e dá uma boa impressão das ilhas; 7. Santo Antão que é ao lado, é um dos lugares que geralmente visitamos. TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE ESTUDO DE MERCADO
  • 15. ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA • Levantamentos hidrográfico, topográfico e geotécnico TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 16. ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA • Estudos em Modelos Matemáticos em Regime das Ondas TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 17. ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA • Definição do layout dos berços do Terminal de Cruzeiros TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 18. ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA • Simulação de Manobras de Atracação em Computador TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 19. ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA • Exercícios de atracação em simuladores, com pilotos da ENAPOR TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 20. ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA • Layout do Terminal - infra-estruturas marítimas TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 21. ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA • Estrutura do molhe de atracação TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 22. ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA • Layout do Terminal – infra-estruturas terrestres TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 23. ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA • Gare de Acolhimento de Passageiros de Cruzeiro TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 24. ESTUDO E PROJECTOS DE ENGENHARIA • Rearranjos Urbano-Portuário TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE Orçamento Previsional Designação Total (Euros) Infra-estruturas Marítimas 27 000 000,00 Gare de Acolhimento de passageiros e infra-estruturas terrestres 1 500 000,00 Procurement, Projectos e Estudos 1 000 000,00 Custos Financeiros 2 500 000,00 TOTAL 32 000 000,00
  • 25. ESTUDO DE IMPACTE SOCIAL E AMBIENTAL Itens do EISA Sensibilidade do clima; Clima, Mudanças Climáticas; Geologia, Geomorfologia, Recursos Minerais; Riscos Naturais e Fenómenos Costeiros; Solos e uso efectivo dos solos; Os Recursos Hídricos; A qualidade da água do mar; Ecologia Terrestre e Biodiversidade; Ecologia Marinha e Biodiversidade; Cultura e Património Cultural (arqueologia e arquitectura); Paisagem / Visual; Segurança; Barulho; Tráfego; Qualidade do ar; Tratamento do lixo. TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 26. ESTUDO DE IMPACTO SOCIAL E ECONÓMICO Análise e cálculo do impacto social e económico que este Projecto é capaz de gerar em Cabo Verde, com base em critérios da ORIO. Assume-se que cerca de 70% dos gastos acabam por reflectir directamente na manutenção e crescimento do emprego local. Designação Escalas Visita on Shore Shore Média Gastos (Euros) TOTAL (Euros) PAX 37 600 28 800 (77%) 30 864 000 TRIPULANTES 18 000 (50%) 5 400 (30%) 22,5 (75%) 121 500 Sub-Total 54 000 34 200 28,8 985 500 Serviços Marítimos e e Portuários 57 4 000 228 000 Bunkering 17 225 MT/Navio = 3825 MT 3 049 985 TOTAL 5 248 985 TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 27. ESTUDO DE IMPACTO SOCIAL E ECONÓMICO Estatísticas do Porto Grande Os dados e a expectativa das análises feitas indicam que sem infra-estruturas adequadas, o mercado de cruzeiros pode estagnar-se ou mesmo diminuir nos próximos anos. Para se competir no mercado internacional é preciso oferecer serviços de qualidade para escalas de Trânsito e Turn Around. Estima-se um crescimento até 75.000 pax em 2020 e cerca de 150.000 pax em 2030. ANO ESCALAS PASSAGEIROS 2008 31 22 114 2009 22 18 247 2010 20 14 445 2011 27 17 308 2012 39 27 612 2013 57 40 224 2014 55 38 812 2015 60 42 340 TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 28. ESTUDO DE IMPACTO SOCIAL E ECONÓMICO Oportunidades de Negócio e Emprego •Transporte Terrestre (bus e táxis) •Transporte Marítimo inter-ilhas •Transporte Aéreo – Voos charter •Fornecimento de combustível •Shipchandler •Shopping •Bar / Restauração •Recrutamento de tripulantes •Guias turísticos •Artesanato local •Entretenimento local •Tour Operator (Franchising) • Imobiliária turística • Turismo náutico • Turismo desportivo • Cervejaria • Parques de diversão • Ecoturismo • Turismo rural • Agências • Catering • Churrascaria • Pastelaria • Confeitarias • Restaurantes • Artesanato • Organização e promoção de eventos, etc. TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 29. DESENHO DO PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE DESTINO DE CRUZEIROS EM S. VICENTE/S. ANTÃO 1. Inventários dos operadores cabo-verdianos envolvidos no negócio de turismo/cruzeiros/shipping; 2. Avaliação da capacidade existente neste subsector e do nível de serviço prestado; 3. Definição de capacidades que deverão ser desenvolvidas/melhoradas; 4. Desenho de um programa de reforço de capacidades e de formação para os operadores públicos e privados nas duas ilhas; 5. Desenvolvimento de campanhas de sensibilização nos destinos gémeos de cruzeiros (S.Vicente/S. Antão); 6. Definição de uma estratégia de marketing para um destino de cruzeiros adequado às ilhas de S. Vicente e S. Antão. TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE
  • 30. IMPLEMENTAÇÃO DO PROJECTO 1. Plano de Procurement; 2. Desenho da estrutura legal; 3. Planeamento financeiro para preparação e implementação do Projecto; 4. Plano de exploração e manutenção; 5. Desenho da estrutura de gestão e organizacional do Projecto; 6. Estrutura da empresa; 7. Estratégia comercial e de marketing. TERMINAL DE CRUZEIROS DO PORTO GRANDE