SlideShare uma empresa Scribd logo
PORTO DE PEMBA:
NOVO CENÁRIO, NOVOS DESAFIOS
Miguel José Matabel, Eng.
Presidente do Conselho de Administração dos CFM
CONTEÚDO DE APRESENTAÇÃO
1. Porto de Pemba e sua classificação;
2. Capacidade de atracação de Navios
3. Características da Ponte Cais;
4. Acondicionamento das Mercadorias;
5. Cargas Manuseadas no Porto de Pemba 2010-2018
6. Potencialidades da Região Norte
7. Acções nas Infraestruturas e Equipamentos;
8. Projecto de Expansão do Porto de Pemba;
9. Considerações finais.
O Porto de Pemba está situado na
magnífica baia do mesmo nome, a
uma Latitude de 12° 57’ Sul e
Longitude de 40º 30’ Este;
O canal de acesso tem 1800m de
Largura navegáveis e 50m de
Profundidade;
Foi aberto à exploração em Janeiro
de 1957;
É classificado como Porto
Secundário.
A ponte Cais é em forma de T assimétrico com um ramo de acesso de
79m de comprimento e 12,5m de largura;
A acostagem é feita em duas zonas:
Uma frontal com 183m de comprimento e 17m de largura;
Outra do lado de terra com 25m de comprimento e 17m de largura.
ACONDICIONAMENTO DAS MERCADORIAS
• Área não coberta de 15.000m² com capacidade de armazenamento de 800
contentores excluindo a área de expansão (ex-PTS);
• Armazém coberto com uma área de 1.700m² com capacidade de armazenar
3.500 toneladas de carga diversa.
TERMINAIS EXISTENTES
• Carga geral, com capacidade de
64.000 tons/ano
• Carga contentorizada, com
capacidade instalada de
18.000 TEU's/ano;
• Descarga de combustíveis líquidos,
com capacidade instalada de 7.300
m³ e operacional de 5.600 m³
localizado fora do recinto portuário
(tanques da Petromoc).
Equilíbrio – Carga
contentorizada e
carga geral
1. Infra - Estruturas Portuárias
Reabilitação da Ponte Cais,
Reforço e Identificação da área de
circulação da Grua do Cais para
manuseamento de cargas,
Instalação de novo Sistema de iluminação
(para permitir operações nocturnas);
Modernização do Sistema de atracação dos
navios através de substituição das Defensas
de madeira em Defensas de borracha na
face principal de acostagem,
incluindo cabeços de amaração;
Instalação de uma vedação
industrial anti-vandalização, no
âmbito do cumprimento do ISPS
Code;
Substituição do Pavimento e
Reparação das valas de drenagem
ao longo do recinto Portuário
incluindo a substituição das grelhas.
2. Equipamento
Foram reabilitados e adquiridos os
seguintes equipamentos:
• Reabilitação de uma Reach Stacker
FANTUZZI 45 ton
• Aquisição de um Forklift 40 ton
• Aquisição de um Reacch Stacker 45
Ton
• Atrelados de 3 eixos para ser
acoplado na Tugmaster (2
unidades)
• Aquisição de dois Tractores de reboque
• Aquisição de 2 Spreaders; um de 20‘ e
outro de 40’
• Aquisição de Camião Bombeiro para
Combate á Incêndios
3. Formação
Para o melhoramento do Sistema de atracação e desatracação de Navios estão em curso as
seguintes actividades:
i) Formação dos Auxiliares de Máquinas e do Mestre Costeiro para o Rebocador e Barco
Piloto;
ii) Contratação dos Mestres Costeiro e Mestre de Máquinas para Rebocador e Barco
Piloto.
iii) Formação e treinamento dos Operadores de equipamento e técnicos de
manutenção
iv) Treinamento em intervenção de emergência em caso de combate a incêndios
pela SENSAP
Com o projecto desenvolvido a profundidade
mínima será de 15 metros e com capacidade de
atracação de 2 navios de grande porte em
simultâneo.
Os custos do Projecto de Expansão estão
estimados em USD 115M.
Obrigado

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Decret code ism
  Decret   code  ism  Decret   code  ism
Decret code ism
Rabah HELAL
 
Responsabilité et obligations du chargeur en conteneur
Responsabilité et obligations du chargeur en conteneurResponsabilité et obligations du chargeur en conteneur
Responsabilité et obligations du chargeur en conteneur
Rabah HELAL
 
Comboios de Mercadorias em Portugal
Comboios de Mercadorias em PortugalComboios de Mercadorias em Portugal
Comboios de Mercadorias em Portugal
Cláudio Carneiro
 
Responsabilité et obligations du chargeur en conteneurs
  Responsabilité et obligations du chargeur en conteneurs  Responsabilité et obligations du chargeur en conteneurs
Responsabilité et obligations du chargeur en conteneurs
Rabah HELAL
 
LA SITUACIÓN DEL REGISTRO DE BUQUES DE PANAMÁ.docx
LA SITUACIÓN DEL REGISTRO DE BUQUES DE PANAMÁ.docxLA SITUACIÓN DEL REGISTRO DE BUQUES DE PANAMÁ.docx
LA SITUACIÓN DEL REGISTRO DE BUQUES DE PANAMÁ.docx
Carlos Campos - Supervisor en Contenedores, Docente
 
Arrimage conteneurs memoire mdmt_
  Arrimage conteneurs   memoire mdmt_  Arrimage conteneurs   memoire mdmt_
Arrimage conteneurs memoire mdmt_
Rabah HELAL
 
Force majeure-en-droit
Force majeure-en-droitForce majeure-en-droit
Force majeure-en-droit
Rabah HELAL
 
Apresentacao Acidentes Litorais Portugueses
Apresentacao Acidentes Litorais PortuguesesApresentacao Acidentes Litorais Portugueses
Apresentacao Acidentes Litorais Portugueses
Rui Marques
 
Transportes marítimos, 9º1
Transportes marítimos, 9º1Transportes marítimos, 9º1
Transportes marítimos, 9º1
Mayjö .
 
Transportes marítimos
Transportes marítimosTransportes marítimos
Transportes marítimos
Mayjö .
 
Litiges entre freteurs
Litiges entre freteursLitiges entre freteurs
Litiges entre freteurs
Rabah HELAL
 
Avarie commune memoire cdmt
  Avarie commune memoire cdmt  Avarie commune memoire cdmt
Avarie commune memoire cdmt
Rabah HELAL
 

Mais procurados (20)

Decret code ism
  Decret   code  ism  Decret   code  ism
Decret code ism
 
VoLTE Service Monitoring - VoLTE Voice Call
VoLTE Service Monitoring - VoLTE Voice CallVoLTE Service Monitoring - VoLTE Voice Call
VoLTE Service Monitoring - VoLTE Voice Call
 
Container Strategy, benchmarking and viability Ngqura Container Terminal
Container Strategy, benchmarking and viability  Ngqura Container TerminalContainer Strategy, benchmarking and viability  Ngqura Container Terminal
Container Strategy, benchmarking and viability Ngqura Container Terminal
 
Responsabilité et obligations du chargeur en conteneur
Responsabilité et obligations du chargeur en conteneurResponsabilité et obligations du chargeur en conteneur
Responsabilité et obligations du chargeur en conteneur
 
Présentation GSM
Présentation GSMPrésentation GSM
Présentation GSM
 
Comboios de Mercadorias em Portugal
Comboios de Mercadorias em PortugalComboios de Mercadorias em Portugal
Comboios de Mercadorias em Portugal
 
Responsabilité et obligations du chargeur en conteneurs
  Responsabilité et obligations du chargeur en conteneurs  Responsabilité et obligations du chargeur en conteneurs
Responsabilité et obligations du chargeur en conteneurs
 
LA SITUACIÓN DEL REGISTRO DE BUQUES DE PANAMÁ.docx
LA SITUACIÓN DEL REGISTRO DE BUQUES DE PANAMÁ.docxLA SITUACIÓN DEL REGISTRO DE BUQUES DE PANAMÁ.docx
LA SITUACIÓN DEL REGISTRO DE BUQUES DE PANAMÁ.docx
 
Arrimage conteneurs memoire mdmt_
  Arrimage conteneurs   memoire mdmt_  Arrimage conteneurs   memoire mdmt_
Arrimage conteneurs memoire mdmt_
 
391823580-Presentation4-1.pptx
391823580-Presentation4-1.pptx391823580-Presentation4-1.pptx
391823580-Presentation4-1.pptx
 
Marine vhf radio
Marine vhf radioMarine vhf radio
Marine vhf radio
 
Force majeure-en-droit
Force majeure-en-droitForce majeure-en-droit
Force majeure-en-droit
 
Apresentacao Acidentes Litorais Portugueses
Apresentacao Acidentes Litorais PortuguesesApresentacao Acidentes Litorais Portugueses
Apresentacao Acidentes Litorais Portugueses
 
Transportes marítimos, 9º1
Transportes marítimos, 9º1Transportes marítimos, 9º1
Transportes marítimos, 9º1
 
La technique de transmission OFDM
La technique de transmission OFDMLa technique de transmission OFDM
La technique de transmission OFDM
 
Transportes marítimos
Transportes marítimosTransportes marítimos
Transportes marítimos
 
Litiges entre freteurs
Litiges entre freteursLitiges entre freteurs
Litiges entre freteurs
 
Chuong 3 man e
Chuong 3   man eChuong 3   man e
Chuong 3 man e
 
Avarie commune memoire cdmt
  Avarie commune memoire cdmt  Avarie commune memoire cdmt
Avarie commune memoire cdmt
 
Bacias hidrográficas 2
Bacias hidrográficas 2Bacias hidrográficas 2
Bacias hidrográficas 2
 

Semelhante a Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique

I Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de Sines
I Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de SinesI Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de Sines
I Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de Sines
aplop
 
Catálogo de Obras Portuarias da Etermar Catalogue des Ouvrages Portuaires d'E...
Catálogo de Obras Portuarias da Etermar Catalogue des Ouvrages Portuaires d'E...Catálogo de Obras Portuarias da Etermar Catalogue des Ouvrages Portuaires d'E...
Catálogo de Obras Portuarias da Etermar Catalogue des Ouvrages Portuaires d'E...
Cláudio Carneiro
 
Anexo 43 mm rima-bamim_ago2009
Anexo 43   mm rima-bamim_ago2009Anexo 43   mm rima-bamim_ago2009
Anexo 43 mm rima-bamim_ago2009
Emilio Gusmão
 
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do BrasilO Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
aplop
 
Luciano Lisbao Junior - Licenciamento Ambiental Aracruz Celulose
Luciano Lisbao Junior - Licenciamento Ambiental Aracruz CeluloseLuciano Lisbao Junior - Licenciamento Ambiental Aracruz Celulose
Luciano Lisbao Junior - Licenciamento Ambiental Aracruz Celulose
LCA promo
 

Semelhante a Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique (20)

Porto da Figueira da Foz – Apresentação – Setembro 2005
Porto da Figueira da Foz – Apresentação – Setembro 2005Porto da Figueira da Foz – Apresentação – Setembro 2005
Porto da Figueira da Foz – Apresentação – Setembro 2005
 
Barragem de enrocamento com núcleo asfáltico
Barragem de enrocamento com núcleo asfálticoBarragem de enrocamento com núcleo asfáltico
Barragem de enrocamento com núcleo asfáltico
 
I Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de Sines
I Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de SinesI Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de Sines
I Encontro de Portos da CPLP – Apresentação do Porto de Sines
 
Barragens de mineracao_Vale
Barragens de mineracao_ValeBarragens de mineracao_Vale
Barragens de mineracao_Vale
 
Rio Oil&Gas 2010 - O Papel da Tecnologia na evolução do Mercado de GNL
Rio Oil&Gas 2010 - O Papel da Tecnologia na evolução do Mercado de GNLRio Oil&Gas 2010 - O Papel da Tecnologia na evolução do Mercado de GNL
Rio Oil&Gas 2010 - O Papel da Tecnologia na evolução do Mercado de GNL
 
ABCEM / CONSTRUMETAL - Museu do Amanhã: Uma Obra de Arte
ABCEM / CONSTRUMETAL - Museu do Amanhã: Uma Obra de Arte     ABCEM / CONSTRUMETAL - Museu do Amanhã: Uma Obra de Arte
ABCEM / CONSTRUMETAL - Museu do Amanhã: Uma Obra de Arte
 
Catálogo de Obras Portuarias da Etermar Catalogue des Ouvrages Portuaires d'E...
Catálogo de Obras Portuarias da Etermar Catalogue des Ouvrages Portuaires d'E...Catálogo de Obras Portuarias da Etermar Catalogue des Ouvrages Portuaires d'E...
Catálogo de Obras Portuarias da Etermar Catalogue des Ouvrages Portuaires d'E...
 
CAIS MAUÁ- PORTO ALEGRE X PORTO MARAVILHA -RIO DE JANEIRO
CAIS MAUÁ- PORTO ALEGRE X PORTO MARAVILHA -RIO DE JANEIROCAIS MAUÁ- PORTO ALEGRE X PORTO MARAVILHA -RIO DE JANEIRO
CAIS MAUÁ- PORTO ALEGRE X PORTO MARAVILHA -RIO DE JANEIRO
 
ATIVIDADE 2 - Pós Eng. Port..docx
ATIVIDADE 2 - Pós Eng. Port..docxATIVIDADE 2 - Pós Eng. Port..docx
ATIVIDADE 2 - Pós Eng. Port..docx
 
A ECONOMIA MARÍTIMA (AINDA) EXISTE?
A ECONOMIA MARÍTIMA (AINDA) EXISTE?A ECONOMIA MARÍTIMA (AINDA) EXISTE?
A ECONOMIA MARÍTIMA (AINDA) EXISTE?
 
Ministerio Dos Transportes
Ministerio Dos TransportesMinisterio Dos Transportes
Ministerio Dos Transportes
 
Ministério dos Transportes
Ministério dos TransportesMinistério dos Transportes
Ministério dos Transportes
 
Anexo 43 mm rima-bamim_ago2009
Anexo 43   mm rima-bamim_ago2009Anexo 43   mm rima-bamim_ago2009
Anexo 43 mm rima-bamim_ago2009
 
LOGISTICA RN VAGNER ARAUJO
LOGISTICA RN VAGNER ARAUJOLOGISTICA RN VAGNER ARAUJO
LOGISTICA RN VAGNER ARAUJO
 
Projeto da Defesa Civil de SC - Barragens
Projeto da Defesa Civil de SC - BarragensProjeto da Defesa Civil de SC - Barragens
Projeto da Defesa Civil de SC - Barragens
 
infraestrutura-portuaria_compress.pdf
infraestrutura-portuaria_compress.pdfinfraestrutura-portuaria_compress.pdf
infraestrutura-portuaria_compress.pdf
 
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do BrasilO Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
O Porto de Itaqui – O porto da região centro-norte do Brasil
 
O porto de manaus daq 04-04-2011 v-andré
O porto de manaus   daq 04-04-2011 v-andréO porto de manaus   daq 04-04-2011 v-andré
O porto de manaus daq 04-04-2011 v-andré
 
2009 copinaval 3
2009 copinaval 32009 copinaval 3
2009 copinaval 3
 
Luciano Lisbao Junior - Licenciamento Ambiental Aracruz Celulose
Luciano Lisbao Junior - Licenciamento Ambiental Aracruz CeluloseLuciano Lisbao Junior - Licenciamento Ambiental Aracruz Celulose
Luciano Lisbao Junior - Licenciamento Ambiental Aracruz Celulose
 

Mais de aplop

Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
aplop
 
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
aplop
 
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
aplop
 
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
aplop
 
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
aplop
 
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
aplop
 
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
aplop
 
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logísticaA estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
aplop
 
Janela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portuguesesJanela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portugueses
aplop
 
Direito portuário nos países membros da APLOP
Direito portuário nos países membros da APLOPDireito portuário nos países membros da APLOP
Direito portuário nos países membros da APLOP
aplop
 
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e EstratégiaO Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
aplop
 
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo VerdeNovo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
aplop
 
Porto de Sines - Porta Atlântica da Europa
Porto de Sines - Porta Atlântica da EuropaPorto de Sines - Porta Atlântica da Europa
Porto de Sines - Porta Atlântica da Europa
aplop
 
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófonoPortugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
aplop
 
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e IncertezasSHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
aplop
 
A JUL - Janela Única Logística
A JUL - Janela Única LogísticaA JUL - Janela Única Logística
A JUL - Janela Única Logística
aplop
 
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLPExportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
aplop
 
O Sistema Portuário em Marrocos
O Sistema Portuário em MarrocosO Sistema Portuário em Marrocos
O Sistema Portuário em Marrocos
aplop
 
O desenvolvimento do Porto de Tibar
O desenvolvimento do Porto de TibarO desenvolvimento do Porto de Tibar
O desenvolvimento do Porto de Tibar
aplop
 

Mais de aplop (20)

Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
Direito Portuário e Marítimo – Trabalho Portuário [Guilherme Dray]
 
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
Direito das Concessões e Licenças Portuárias – O Caso dos TUP [Murillo Barbosa]
 
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
O Direito das Concessões e Licenças Portuárias em Angola [Neusa Nascimento]
 
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
Concessões de Licenças Portuárias [Amadeu Rocha]
 
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
Portos Brasileiros – Impactos e riscos da mudança do clima nos portos público...
 
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
Portos Timorenses - O desenvolvimento do Projecto de PPP do Porto da Baía de ...
 
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
Portos Brasileiros – Porto do Suape - Estratégia de Crescimento do Porto do S...
 
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logísticaA estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
A estratégia do Porto de Maputo e a integração global logística
 
Janela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portuguesesJanela Única Logística dos portos portugueses
Janela Única Logística dos portos portugueses
 
Direito portuário nos países membros da APLOP
Direito portuário nos países membros da APLOPDireito portuário nos países membros da APLOP
Direito portuário nos países membros da APLOP
 
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e EstratégiaO Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
O Sector Portuário em Marrocos – Governança e Estratégia
 
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo VerdeNovo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
Novo Terminal de Cruzeiros do Mindelo – Cabo Verde
 
Porto de Sines - Porta Atlântica da Europa
Porto de Sines - Porta Atlântica da EuropaPorto de Sines - Porta Atlântica da Europa
Porto de Sines - Porta Atlântica da Europa
 
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófonoPortugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
Portugal: Novos desafios na formação marítima e portuária no espaço lusófono
 
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e IncertezasSHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
SHIPPING – Momentos de Interessantes Tendências e Incertezas
 
A JUL - Janela Única Logística
A JUL - Janela Única LogísticaA JUL - Janela Única Logística
A JUL - Janela Única Logística
 
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLPExportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
Exportações do Brasil e oportunidades para os portos da CPLP
 
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESESINVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
INVESTIMENTO NOS PORTOS PORTUGUESES
 
O Sistema Portuário em Marrocos
O Sistema Portuário em MarrocosO Sistema Portuário em Marrocos
O Sistema Portuário em Marrocos
 
O desenvolvimento do Porto de Tibar
O desenvolvimento do Porto de TibarO desenvolvimento do Porto de Tibar
O desenvolvimento do Porto de Tibar
 

Último

CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdfCRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
Senior Consultoria em Gestão e Marketing
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
Renandantas16
 

Último (6)

CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdfCRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
CRC e CRM - A Dupla Perfeita Para Atrair e Fidelizar Pacientes.pdf
 
GLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto Economico
GLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto EconomicoGLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto Economico
GLP ou GPT? A revolução Ozempic - O Impacto Economico
 
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
7 hábitos das pessoas altamente eficazes EMERSON EDUARDO RODRIGUES.pdf
 
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
018627000101011 (13).pdfdddddddddddddddddddddddddddddd
 
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptxProfissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
Profissional de Vendas - Funcao e Competencias.pptx
 
Opções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdfOpções estratégicas de competitividade.pdf
Opções estratégicas de competitividade.pdf
 

Os Novos Desafios para os Portos e Caminhos-de-Ferro de Moçambique

  • 1. PORTO DE PEMBA: NOVO CENÁRIO, NOVOS DESAFIOS Miguel José Matabel, Eng. Presidente do Conselho de Administração dos CFM
  • 2. CONTEÚDO DE APRESENTAÇÃO 1. Porto de Pemba e sua classificação; 2. Capacidade de atracação de Navios 3. Características da Ponte Cais; 4. Acondicionamento das Mercadorias; 5. Cargas Manuseadas no Porto de Pemba 2010-2018 6. Potencialidades da Região Norte 7. Acções nas Infraestruturas e Equipamentos; 8. Projecto de Expansão do Porto de Pemba; 9. Considerações finais.
  • 3. O Porto de Pemba está situado na magnífica baia do mesmo nome, a uma Latitude de 12° 57’ Sul e Longitude de 40º 30’ Este; O canal de acesso tem 1800m de Largura navegáveis e 50m de Profundidade; Foi aberto à exploração em Janeiro de 1957; É classificado como Porto Secundário.
  • 4.
  • 5. A ponte Cais é em forma de T assimétrico com um ramo de acesso de 79m de comprimento e 12,5m de largura; A acostagem é feita em duas zonas: Uma frontal com 183m de comprimento e 17m de largura; Outra do lado de terra com 25m de comprimento e 17m de largura.
  • 6. ACONDICIONAMENTO DAS MERCADORIAS • Área não coberta de 15.000m² com capacidade de armazenamento de 800 contentores excluindo a área de expansão (ex-PTS); • Armazém coberto com uma área de 1.700m² com capacidade de armazenar 3.500 toneladas de carga diversa. TERMINAIS EXISTENTES • Carga geral, com capacidade de 64.000 tons/ano • Carga contentorizada, com capacidade instalada de 18.000 TEU's/ano; • Descarga de combustíveis líquidos, com capacidade instalada de 7.300 m³ e operacional de 5.600 m³ localizado fora do recinto portuário (tanques da Petromoc).
  • 8.
  • 9. 1. Infra - Estruturas Portuárias Reabilitação da Ponte Cais, Reforço e Identificação da área de circulação da Grua do Cais para manuseamento de cargas, Instalação de novo Sistema de iluminação (para permitir operações nocturnas); Modernização do Sistema de atracação dos navios através de substituição das Defensas de madeira em Defensas de borracha na face principal de acostagem, incluindo cabeços de amaração; Instalação de uma vedação industrial anti-vandalização, no âmbito do cumprimento do ISPS Code; Substituição do Pavimento e Reparação das valas de drenagem ao longo do recinto Portuário incluindo a substituição das grelhas.
  • 10.
  • 11. 2. Equipamento Foram reabilitados e adquiridos os seguintes equipamentos: • Reabilitação de uma Reach Stacker FANTUZZI 45 ton • Aquisição de um Forklift 40 ton • Aquisição de um Reacch Stacker 45 Ton • Atrelados de 3 eixos para ser acoplado na Tugmaster (2 unidades) • Aquisição de dois Tractores de reboque • Aquisição de 2 Spreaders; um de 20‘ e outro de 40’ • Aquisição de Camião Bombeiro para Combate á Incêndios
  • 12.
  • 13. 3. Formação Para o melhoramento do Sistema de atracação e desatracação de Navios estão em curso as seguintes actividades: i) Formação dos Auxiliares de Máquinas e do Mestre Costeiro para o Rebocador e Barco Piloto; ii) Contratação dos Mestres Costeiro e Mestre de Máquinas para Rebocador e Barco Piloto. iii) Formação e treinamento dos Operadores de equipamento e técnicos de manutenção iv) Treinamento em intervenção de emergência em caso de combate a incêndios pela SENSAP
  • 14.
  • 15.
  • 16. Com o projecto desenvolvido a profundidade mínima será de 15 metros e com capacidade de atracação de 2 navios de grande porte em simultâneo. Os custos do Projecto de Expansão estão estimados em USD 115M.