Turismo de
Natureza
Disciplina de Turismo
1º Ano TAV – Albertina Lima
Introdução
• Este trabalho irá retratar um pouco do produto
turístico, classificado pelo PENT (Plano Estratégico
Nacional ...
O que é o Turismo de Natureza
• Este segmento turístico, é frequentemente invocado para
designar todas as modalidades que ...
O que é o Turismo de Natureza
• O Turismo de Natureza pode ser classificado como:
• Natureza soft (representando 80% do to...
Turismo de Natureza em Portugal
• Portugal oferece ao Turista amante da natureza e
das atividades ao ar livre, inúmeras pr...
Turismo de Natureza em Portugal
Percursos de Natureza
• Os percursos na natureza ocorrem regra geral nos
Parques e Reservas Naturais, onde são marcados os...
Percursos de Natureza
Percursos de Natureza
• Na zona de Setúbal, poderá o Turista escolher variados
percursos, existindo várias entidades ligad...
Percursos de Natureza
Observação de Aves
• Ficando Portugal situado numa região mediterrânica, é
considerada uma das mais importantes para a
bio...
Observação de Aves
Observação de Aves
• De entre os variadíssimos locais em
Portugal, indicados para a observação de aves, irei
seguidamente ...
Observação de Aves
Mergulhão de pescoço preto (podiceps nigricollis)
• Ave aquática de pequeno porte, da família dos
mergu...
Observação de Aves
Íbis preta (plegadis falcinellus)
• Ave de aspeto exótico, com reflexos esverdeados nas
asas, produz im...
Observação de Aves
Alfaiate (recurvirrostra avosetta)
• De bico curvo, é uma das aves aquáticas mais
curiosas que podem se...
Observação de Aves
Coruja-do-nabal (asio flammeus)
• Ave pouco comum, com uma distribuição muito
localizada, podendo ser o...
Observação de Aves
Escrevedeira-dos-caniços (emberiza schoeniclus)
• Esta espécie é discreta e pousa por vezes no topo de ...
Observação de Aves
Abibe (vanellus vanellus)
• Uma das aves mais emblemáticas da nossa avifauna
invernante, com a sua dist...
Observação de Aves
Colhereiro (platelea leucorodia)
• Ave detentora de um dos bicos mais estranhos e
chamativos da nossa a...
Observação de Aves
Pernilongo (himantopus himantopus)
• De silhueta elegante e vocalizações ruidosas, dificilmente passa
d...
Observação de Aves
Mobelha pequena (gavea stellata)
• É a mais pequena das mobelhas e também a que
apresenta a plumagem ma...
Observação de Aves
Pato rabilongo (clangula hyemalis)
• A fêmea tem o dorso acastanhado e identifica-se pelas faces
branca...
Observação de Aves
Marrequinha americana (anas carolinensis)
• Pequeno pato de tamanho semelhante ao de uma
marrequinha-co...
Observação de Aves
Petinha de Richard (anthus richardi)
• Ave vista muitas vezes, como um prémio para os ornitólogos
(biól...
Observação de Aves
• De referir a existência de um observatório de aves, no Moinho
de Maré da Mourisca, localizado a cerca...
Dias de Aventura
• Para passar uns dias animados e experimentar
sensações fortes e de contacto com a natureza, a
canoagem,...
Dias de Aventura - Canoagem
Dias de Aventura - Canoagem
• A Barragem do Alqueva, ou Grande Lago, é um dos locais apropriados para a
prática da canoage...
Dias de Aventura - Canoagem
• A canoagem é um desporto que se pratica remando numa embarcação, que pode
ser uma canoa ou u...
Dias de Aventura - Rafting
Dias de Aventura - Rafting
• O rafting é a prática de descida em equipa, de rios com cursos de água
rápidos, utilizando bo...
Dias de Aventura - Canyonning
Dias de Aventura - Canyonning
• O canyonning está a crescer rapidamente em Portugal, existindo diversos rios, que
proporci...
Conclusão
• Com a realização deste trabalho, pude constatar a importância de promover novos
produtos turísticos, sendo que...
Webgrafia consultada
http://www.turismodeportugal.pt/Portugu%C3%AAs/turismodeportugal/publicacoes
/Documents/Birdwatching%...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Turismo de natureza

2.018 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Turismo de natureza

  1. 1. Turismo de Natureza Disciplina de Turismo 1º Ano TAV – Albertina Lima
  2. 2. Introdução • Este trabalho irá retratar um pouco do produto turístico, classificado pelo PENT (Plano Estratégico Nacional do Turismo) como Turismo de Natureza. • Embora este tipo de turismo possa estar ligado a inúmeras atividades, irão ser referidos apenas três atividades nele inseridas: • Percursos na natureza • Observação de aves • Dias de aventura
  3. 3. O que é o Turismo de Natureza • Este segmento turístico, é frequentemente invocado para designar todas as modalidades que se baseiam num contacto, mais ou menos direto, com o meio ambiente, com prática de atividades desportivas ao ar livre, contemplação da natureza e outras atividades de interesse especial. • A motivação do turista que escolhe este tipo de turismo é a vivência de experiências de grande valor simbólico, interagindo e usufruindo da natureza. • Contudo, este segmento turístico deverá ser complementado com outras valências da região onde está inserido, como uma boa gastronomia, um bom vinho e o património cultural.
  4. 4. O que é o Turismo de Natureza • O Turismo de Natureza pode ser classificado como: • Natureza soft (representando 80% do total das viagens de natureza) • Prática de atividades ao ar livre de baixa intensidade, nomeadamente: • Passeios • Excursões • Percursos pedestres • Observação da flora e da fauna • Etc. • Natureza hard (representando 20% do total das viagens de natureza) • Prática de desportos na natureza • Rafting • Kayaking • Hiking • Climbing, • Etc. • Atividades que requerem um elevado grau de conhecimento • Birdwatching (observação de aves) • Etc.
  5. 5. Turismo de Natureza em Portugal • Portugal oferece ao Turista amante da natureza e das atividades ao ar livre, inúmeras propostas que proporcionam momentos de absoluta descontração. • Dentro das inúmeras propostas, existem as seguintes: • Percursos na natureza • Observação de aves • Dias de aventura
  6. 6. Turismo de Natureza em Portugal
  7. 7. Percursos de Natureza • Os percursos na natureza ocorrem regra geral nos Parques e Reservas Naturais, onde são marcados os respetivos trilhos para os trajetos a pé ou de bicicleta. • A Via Algarviana, no Algarve, percorre o interior da região, destacando os pontos de maior interesse. • Na Madeira, seguindo os regueiros de água, proporciona ao turista uma forma única de conhecer a ilha e de contacto com a natureza.
  8. 8. Percursos de Natureza
  9. 9. Percursos de Natureza • Na zona de Setúbal, poderá o Turista escolher variados percursos, existindo várias entidades ligadas ao movimento associativo, empresas de Turismo e grupos dedicados ao pedestrianismo, que promovem este tipo de atividades, nomeadamente passeios pedestres, passeios de BTT, escalada, rapel, entre outros. • Para a prática destas atividades, poderá o Turista escolher a belíssima Serra da Arrábida ou o Estuário do Sado, que oferecem percursos da rara beleza e tranquilidade.
  10. 10. Percursos de Natureza
  11. 11. Observação de Aves • Ficando Portugal situado numa região mediterrânica, é considerada uma das mais importantes para a biodiversidade à escala mundial, sendo dotado de variadas paisagens, com uma grande variedade de habitats, apresentando uma das maiores diversidades de aves da Europa, com cerca de 360 espécies. • A observação de aves em Portugal é facilitada devidos a diversos fatores: • Pequena dimensão do território • Qualidade da rede rodoviária • Clima ameno • Segurança pública
  12. 12. Observação de Aves
  13. 13. Observação de Aves • De entre os variadíssimos locais em Portugal, indicados para a observação de aves, irei seguidamente aprofundar um pouco o Estuário do Sado, uma das maiores zonas húmidas do país, considerado um dos melhores locais para esta prática, em qualquer época do ano. • Visitando os principais locais, os observadores poderão observar entre 80 a 100 espécies num dia.
  14. 14. Observação de Aves Mergulhão de pescoço preto (podiceps nigricollis) • Ave aquática de pequeno porte, da família dos mergulhões. O mergulhão de pescoço preto é bastante ativo na busca de alimento, executando mergulhos sucessivos, sendo um excelente nadador.
  15. 15. Observação de Aves Íbis preta (plegadis falcinellus) • Ave de aspeto exótico, com reflexos esverdeados nas asas, produz imagens inesquecíveis quando exposta a condições de luz ideais. A observação de bandos desta ave, em voo sobre os arrozais, proporciona um espetáculo a não perder.
  16. 16. Observação de Aves Alfaiate (recurvirrostra avosetta) • De bico curvo, é uma das aves aquáticas mais curiosas que podem ser observadas no nosso país. É uma ave invernante.
  17. 17. Observação de Aves Coruja-do-nabal (asio flammeus) • Ave pouco comum, com uma distribuição muito localizada, podendo ser observada entre os meses de outubro a março. Nenhum observador de aves ficará indiferente ao observar esta enorme coruja a caçar de dia, e a fixar os seus olhos enormes em nós.
  18. 18. Observação de Aves Escrevedeira-dos-caniços (emberiza schoeniclus) • Esta espécie é discreta e pousa por vezes no topo de um caniço ou de um arbusto, deixando-se observar bem. O característico “psiu” monossilábico denuncia a presença de uma escrevedeira-dos-caniços.
  19. 19. Observação de Aves Abibe (vanellus vanellus) • Uma das aves mais emblemáticas da nossa avifauna invernante, com a sua distintiva poupa, o padrão colorido da plumagem e o seu canto característico.
  20. 20. Observação de Aves Colhereiro (platelea leucorodia) • Ave detentora de um dos bicos mais estranhos e chamativos da nossa avifauna, em forma de «espátula» para varrer os lodos e fundos aquáticos em busca de alimento.
  21. 21. Observação de Aves Pernilongo (himantopus himantopus) • De silhueta elegante e vocalizações ruidosas, dificilmente passa despercebido, devido ao forte contraste da plumagem: o corpo, a cabeça e o pescoço brancos contrastam com as asas pretas. As longas pernas rosadas conferem-lhe um aspeto de pernalta.
  22. 22. Observação de Aves Mobelha pequena (gavea stellata) • É a mais pequena das mobelhas e também a que apresenta a plumagem mais clara. Distingue-se pela plumagem quase branca no pescoço e pelo bico fino, que é frequentemente inclinado para cima.
  23. 23. Observação de Aves Pato rabilongo (clangula hyemalis) • A fêmea tem o dorso acastanhado e identifica-se pelas faces brancas com uma mancha preta. O macho carateriza-se pela plumagem preta e branca, especialmente no Inverno, e pela mancha rosada no bico.
  24. 24. Observação de Aves Marrequinha americana (anas carolinensis) • Pequeno pato de tamanho semelhante ao de uma marrequinha-comum. O macho distingue-se pela linha vertical branca ao longo do peito e pela ausência de linha horizontal ao longo do corpo e de linhas amarelas na cabeça.
  25. 25. Observação de Aves Petinha de Richard (anthus richardi) • Ave vista muitas vezes, como um prémio para os ornitólogos (biólogos que estudam as aves a partir da sua distribuição na superfície do globo). Já foi considerada uma raridade em Portugal, tratando-se de uma ave que percorre um longo caminho desde a Sibéria até ao nosso país.
  26. 26. Observação de Aves • De referir a existência de um observatório de aves, no Moinho de Maré da Mourisca, localizado a cerca de 6 Km de Setúbal, inserido na Reserva Natural do Estuário do Sado, local conhecido pela sua diversidade biológica.
  27. 27. Dias de Aventura • Para passar uns dias animados e experimentar sensações fortes e de contacto com a natureza, a canoagem, o rafting ou o canyonning é o ideal, pois a água é uma fonte de energia!
  28. 28. Dias de Aventura - Canoagem
  29. 29. Dias de Aventura - Canoagem • A Barragem do Alqueva, ou Grande Lago, é um dos locais apropriados para a prática da canoagem, onde a calma das suas águas alentejanas permitem um contacto bastante agradável com a natureza.
  30. 30. Dias de Aventura - Canoagem • A canoagem é um desporto que se pratica remando numa embarcação, que pode ser uma canoa ou um caiaque. Canoa – Rema-se sentado ou ajoelhado, com um remo de apenas uma pá; Caiaque – Rema-se sentado com remos de duas pás.
  31. 31. Dias de Aventura - Rafting
  32. 32. Dias de Aventura - Rafting • O rafting é a prática de descida em equipa, de rios com cursos de água rápidos, utilizando botes insufláveis e equipamentos de segurança. • O Rio Paiva é considerado o melhor do país, devido à sua configuração, para a prática do desporto radical rafting. • Esta prática consegue despertar em simultâneo a adrenalina de uma aventura radical e a calma relaxante da descida do rio. • A melhor época para a prática deste desporto é durante o outono, com a chegada das primeiras chuvas.
  33. 33. Dias de Aventura - Canyonning
  34. 34. Dias de Aventura - Canyonning • O canyonning está a crescer rapidamente em Portugal, existindo diversos rios, que proporcionam esta prática desportiva. • A emoção e a adrenalina são a maior atração para os praticantes. • Na Masdeira esta modalidade teve início no final do ano de 1989, por um grupo de franceses. • O canyonning é um desporto extremamente seguro, utilizando equipamentos de alta tecnologia e desempenho.
  35. 35. Conclusão • Com a realização deste trabalho, pude constatar a importância de promover novos produtos turísticos, sendo que o turismo de natureza é considerado um produto potenciador de estratégias de desenvolvimento sustentável, a nível regional, possibilitando a utilização racional dos recursos naturais e em simultâneo a sua preservação para gerações futuras. • Este tipo de produto turístico apresenta uma procura com um crescimento regular, fazendo o turista, atualmente, as suas escolhas pela qualidade e originalidade, sendo a oferta mais forte se englobar diferentes atividades integradas no espaço envolvente, nomeadamente: • Acolhimento hospitaleiro e personalizado • Gastronomia regional • Oferta vitivinícola • Artesanato • Arquitetura • Cultura popular • História • Venda de produtos tradicionais • Entre outros…
  36. 36. Webgrafia consultada http://www.turismodeportugal.pt/Portugu%C3%AAs/turismodeportugal/publicacoes /Documents/Birdwatching%20pt%202012.pdf http://www.turismodeportugal.pt/Portugu%C3%AAs/turismodeportugal/publicacoes /Documents/Portugal%20Natureza.pdf http://www.avesdeportugal.info/sitestuariosado.html http://www.alqueva.eu/ http://escape.expresso.sapo.pt/boa-vida/experiencias/rafting-outono-radical-no-rio- 7947531 http://pt.wikipedia.org/wiki/Canyoning http://www.cmcalheta.pt/wordpress/?p=1296

×