SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 16
Sociedade Tecnologia e Ciência Patologias e prevenções Trabalho realizado por Edite silva
Doenças Sexualmente Transmissíveis Sífilis. A sida. Herpes genital. Cândidas. Gonorreia.  Hepatite B.
Causas e Sintomas da Sida A SIDA é provocada pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), Relações sexuais. Contacto com o sangue contaminado. Gravidez. Pela amamentação.     Febre, transpiração, debilidade geral e em cerca de 30%  dos  	casos verifica-se também um inchaço dos gânglios do pescoço, axilas e virilhas.
Causas e Sintomas da Sífilis  Contacto sexual Esta bactéria penetra no organismo através das membranas mucosas, como as da vagina ou da boca, ou então através da pele  Inicia-se 3 semanas após o contágio, no local da infecção, na região genital, um pequeno nódulo rosado que evolui para uma úlcera indolor. Na segunda fase da doença, há uma erupção cutânea com sintomas de mal-estar, fadiga, dores de cabeça e nos ossos. Até esta altura a doença é muito contagiosa, mas curável.
Causas e Sintomas do herpes genital É um vírus. Contacto sexual. Mãos que estejam infectadas .  O herpes caracteriza-se por vesículas, em forma de cacho, que aparecem 4 - 5 dias após o contágio, que acabam por rebentar e deixar a carne a descoberto. São acompanhadas por um ardor intenso.
[object Object],É um fungo cândida albicans Uso de antibióticos Dietas alimentares. Stress. Privação de sono. Uso de cremes e produtos na área vaginal. Este fungo é transmissível da mulher para o homem.     No homem verifica-se uma inflamação acompanhada de pontinhos vermelhos no pénis e ardor. A mulher sofre de inflamação e irritação nos lábios da vulva, acompanhado de um fluxo espesso e esbranquiçado.
Praticas sociais de risco   Pessoa que pratica sexo desprotegido. Toxicodependentes .  Habitantes de bairro de latas. Prostituição. Homossexuais. Heterossexuais.
Condições de vida de grupos sociais específicos Toxicodependência; Pobreza; Prostituição; Exclusão social.
Evolução das DST no mundo África continua a ser o continente  mais infectado,  com 10% da população, a que na Europa.  Nas últimas décadas, houve uma evolução crescente das DST causada por factores como os grandes deslocamentos da população (turismo, comércio, cultura e trabalho) e as mudanças frequentes de parceiro sexual.
Modos de transmissão do vírus da sida  Via sexual Contacto com sangue Contacto com seringas infectadas.  Pela gravidez. Amamentação.
Princípios de prevenção de transmissão do vírus de DST  Estar bem informado;  Lavar as mãos; Desinfectar todos os locais assim como todos os objectos.
Técnicas improvisadas de protecção Saco plástico; O sabão azul; A lixívia;  o álcool.
Doenças emergentes  Doenças emergentes são doenças cuja incidência em humanos foi aumentada durante as últimas duas décadas ou que poderão ameaçar a humanidade num futuro próximo. Exemplos: a sida,haemophilus,hepatite c, encefalite espongiforme  Doenças reemergentes são aquelas devidas ao reaparecimento ou, aumento do número de infecções por uma doença já conhecida, mas que, por ter vindo causando tão poucas infecções, já não estava sendo considerada um problema de saúde  pública.     Exemplos: Tuberculose, febre amarela, febre rift vally, difeteria,colera.
Papel das mutações  Doseamento inadequado de medicamentos. Resistência cruzada. O HIV está sempre tentando alterar seu material genético. Essas alterações são chamadas mutações permitem que o vírus escape do efeito das drogas.
Estáticas no planeamento de programas  As estatísticas servem para controlar as epidemias; Consultas Planeamento familiar;  Consultas de vacinação.
Procedimento a adoptar em caso de infecções virais Seguir á risca as regras de segurança no trabalho.  Primeiros socorros básicos. vacinas, exames médicos.  Mãos sempre muito bem limpas.  Quartos de isolamento  Evitar o contacto com o material infectado. Protecção do pessoal adequada.                                     FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho de STC grupo paulo sonia sonia
Trabalho de STC grupo paulo sonia soniaTrabalho de STC grupo paulo sonia sonia
Trabalho de STC grupo paulo sonia soniasonia
 
Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisEdvaldo S. Júnior
 
C.L.C. 6 Imigração em Portugal
C.L.C.  6   Imigração em PortugalC.L.C.  6   Imigração em Portugal
C.L.C. 6 Imigração em PortugalI.Braz Slideshares
 
Utilização das tic no âmbito profissional2
Utilização das tic no âmbito profissional2Utilização das tic no âmbito profissional2
Utilização das tic no âmbito profissional2José Guimarães
 
DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DSTs
DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DSTsDOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DSTs
DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DSTsSaúde Hervalense
 
Mobilidades Locais e Globais
Mobilidades Locais e GlobaisMobilidades Locais e Globais
Mobilidades Locais e GlobaisFernando de Sá
 
Na real Gravidez na Adolescência não é LEGAL! Aprenda a se prevenir, uso corr...
Na real Gravidez na Adolescência não é LEGAL! Aprenda a se prevenir, uso corr...Na real Gravidez na Adolescência não é LEGAL! Aprenda a se prevenir, uso corr...
Na real Gravidez na Adolescência não é LEGAL! Aprenda a se prevenir, uso corr...Daniela Moreira Ramos
 
Energia limpa uma questão de necessidade
Energia limpa   uma questão de necessidadeEnergia limpa   uma questão de necessidade
Energia limpa uma questão de necessidadeNataliana Cabral
 
Poluição Atmosférica
Poluição Atmosférica Poluição Atmosférica
Poluição Atmosférica kyzinha
 
Impactos do homem sobre o meio ambiente
Impactos do homem sobre o meio ambienteImpactos do homem sobre o meio ambiente
Impactos do homem sobre o meio ambientelaiszanatta
 
Trabalho De Grupo GlobalizaçãO José, Marco E Valdemar
Trabalho De Grupo GlobalizaçãO José, Marco E ValdemarTrabalho De Grupo GlobalizaçãO José, Marco E Valdemar
Trabalho De Grupo GlobalizaçãO José, Marco E Valdemaranaluisacvieira
 

Mais procurados (20)

Trabalho de STC grupo paulo sonia sonia
Trabalho de STC grupo paulo sonia soniaTrabalho de STC grupo paulo sonia sonia
Trabalho de STC grupo paulo sonia sonia
 
Infecções sexualmente transmissíveis
Infecções sexualmente transmissíveisInfecções sexualmente transmissíveis
Infecções sexualmente transmissíveis
 
Tudo Sobre Dst
Tudo Sobre DstTudo Sobre Dst
Tudo Sobre Dst
 
Apresentação dst
Apresentação dstApresentação dst
Apresentação dst
 
Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveis
 
C.L.C. 6 Imigração em Portugal
C.L.C.  6   Imigração em PortugalC.L.C.  6   Imigração em Portugal
C.L.C. 6 Imigração em Portugal
 
Tecnologia
Tecnologia Tecnologia
Tecnologia
 
Utilização das tic no âmbito profissional2
Utilização das tic no âmbito profissional2Utilização das tic no âmbito profissional2
Utilização das tic no âmbito profissional2
 
DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DSTs
DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DSTsDOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DSTs
DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS - DSTs
 
Ong
OngOng
Ong
 
Meio ambiente
Meio ambienteMeio ambiente
Meio ambiente
 
Mobilidades Locais e Globais
Mobilidades Locais e GlobaisMobilidades Locais e Globais
Mobilidades Locais e Globais
 
Puberdade
PuberdadePuberdade
Puberdade
 
Cidades sustentáveis
Cidades sustentáveis  Cidades sustentáveis
Cidades sustentáveis
 
Na real Gravidez na Adolescência não é LEGAL! Aprenda a se prevenir, uso corr...
Na real Gravidez na Adolescência não é LEGAL! Aprenda a se prevenir, uso corr...Na real Gravidez na Adolescência não é LEGAL! Aprenda a se prevenir, uso corr...
Na real Gravidez na Adolescência não é LEGAL! Aprenda a se prevenir, uso corr...
 
Energia limpa uma questão de necessidade
Energia limpa   uma questão de necessidadeEnergia limpa   uma questão de necessidade
Energia limpa uma questão de necessidade
 
Poluição Atmosférica
Poluição Atmosférica Poluição Atmosférica
Poluição Atmosférica
 
Impactos do homem sobre o meio ambiente
Impactos do homem sobre o meio ambienteImpactos do homem sobre o meio ambiente
Impactos do homem sobre o meio ambiente
 
Internet
InternetInternet
Internet
 
Trabalho De Grupo GlobalizaçãO José, Marco E Valdemar
Trabalho De Grupo GlobalizaçãO José, Marco E ValdemarTrabalho De Grupo GlobalizaçãO José, Marco E Valdemar
Trabalho De Grupo GlobalizaçãO José, Marco E Valdemar
 

Destaque

Doenças reemergentes são as que reaparecem
Doenças reemergentes são as que reaparecemDoenças reemergentes são as que reaparecem
Doenças reemergentes são as que reaparecemEverton Lima
 
Doenças emergentes e reemergentes
Doenças emergentes e reemergentesDoenças emergentes e reemergentes
Doenças emergentes e reemergentesalforreca567
 
Dst – doenças sexualmente transmissíveis
Dst – doenças sexualmente transmissíveisDst – doenças sexualmente transmissíveis
Dst – doenças sexualmente transmissíveisstcnsaidjv
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente Transmissíveislipe98
 
Trabalho dsp doenças sexualmente transmissíveis
Trabalho  dsp doenças sexualmente transmissíveisTrabalho  dsp doenças sexualmente transmissíveis
Trabalho dsp doenças sexualmente transmissíveisR C
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisTCHOKAN
 
Modelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meio
Modelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meioModelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meio
Modelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meioDanillo Rodrigues
 
Doenças sexualmente transmissíveis e sida
Doenças sexualmente transmissíveis e sidaDoenças sexualmente transmissíveis e sida
Doenças sexualmente transmissíveis e sidaRicardo Pais
 
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novo
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novoDoencas emergentes e reemergentes 2008-novo
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novobhbiohorrores
 
Trabalho Sobre DST's
Trabalho Sobre DST'sTrabalho Sobre DST's
Trabalho Sobre DST'sguest2e51e6
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisMichele Pó
 
DoençAs Sexualmente TransmissíVeis Power Poit
DoençAs Sexualmente TransmissíVeis Power PoitDoençAs Sexualmente TransmissíVeis Power Poit
DoençAs Sexualmente TransmissíVeis Power Poitedsaude
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis ( Aula Professora Zilmara)
Doenças Sexualmente Transmissíveis ( Aula Professora Zilmara)Doenças Sexualmente Transmissíveis ( Aula Professora Zilmara)
Doenças Sexualmente Transmissíveis ( Aula Professora Zilmara)xandaobyte
 
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSORIA
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSORIADOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSORIA
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSORIAAna Carolina Costa
 
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...SlideShare
 

Destaque (20)

Doenças reemergentes são as que reaparecem
Doenças reemergentes são as que reaparecemDoenças reemergentes são as que reaparecem
Doenças reemergentes são as que reaparecem
 
Doenças emergentes e reemergentes
Doenças emergentes e reemergentesDoenças emergentes e reemergentes
Doenças emergentes e reemergentes
 
Doenças emergentes
Doenças emergentesDoenças emergentes
Doenças emergentes
 
Dst – doenças sexualmente transmissíveis
Dst – doenças sexualmente transmissíveisDst – doenças sexualmente transmissíveis
Dst – doenças sexualmente transmissíveis
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente Transmissíveis
 
DST
DSTDST
DST
 
Trabalho dsp doenças sexualmente transmissíveis
Trabalho  dsp doenças sexualmente transmissíveisTrabalho  dsp doenças sexualmente transmissíveis
Trabalho dsp doenças sexualmente transmissíveis
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente Transmissíveis
 
Modelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meio
Modelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meioModelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meio
Modelo de panfleto editável (DST's) Frente e verso. Dobrar ao meio
 
Doenças sexualmente transmissíveis e sida
Doenças sexualmente transmissíveis e sidaDoenças sexualmente transmissíveis e sida
Doenças sexualmente transmissíveis e sida
 
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novo
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novoDoencas emergentes e reemergentes 2008-novo
Doencas emergentes e reemergentes 2008-novo
 
Trabalho Sobre DST's
Trabalho Sobre DST'sTrabalho Sobre DST's
Trabalho Sobre DST's
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente TransmissíveisDoenças Sexualmente Transmissíveis
Doenças Sexualmente Transmissíveis
 
Dst pronto mesmo2
Dst pronto mesmo2Dst pronto mesmo2
Dst pronto mesmo2
 
DoençAs Sexualmente TransmissíVeis Power Poit
DoençAs Sexualmente TransmissíVeis Power PoitDoençAs Sexualmente TransmissíVeis Power Poit
DoençAs Sexualmente TransmissíVeis Power Poit
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis ( Aula Professora Zilmara)
Doenças Sexualmente Transmissíveis ( Aula Professora Zilmara)Doenças Sexualmente Transmissíveis ( Aula Professora Zilmara)
Doenças Sexualmente Transmissíveis ( Aula Professora Zilmara)
 
Dst aids para adolescentes
Dst   aids para adolescentesDst   aids para adolescentes
Dst aids para adolescentes
 
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSORIA
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSORIADOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSORIA
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSORIA
 
DST
DSTDST
DST
 
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
A Guide to SlideShare Analytics - Excerpts from Hubspot's Step by Step Guide ...
 

Semelhante a Sociedade tecnologia e ciência doenças contagiosas

Semelhante a Sociedade tecnologia e ciência doenças contagiosas (20)

Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveis
 
Patologias e prevenções
Patologias e prevençõesPatologias e prevenções
Patologias e prevenções
 
As doenças sexualmente transmíssíveis
As doenças sexualmente transmíssíveisAs doenças sexualmente transmíssíveis
As doenças sexualmente transmíssíveis
 
DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)
DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)
DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)
 
Turma 3002
Turma 3002Turma 3002
Turma 3002
 
Dst
DstDst
Dst
 
As Doenças Sexualmente transmitidas
As Doenças Sexualmente transmitidasAs Doenças Sexualmente transmitidas
As Doenças Sexualmente transmitidas
 
Dst
DstDst
Dst
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis e Métodos Contracetivos
Doenças Sexualmente Transmissíveis e Métodos ContracetivosDoenças Sexualmente Transmissíveis e Métodos Contracetivos
Doenças Sexualmente Transmissíveis e Métodos Contracetivos
 
Ist inês e carla
Ist inês e carlaIst inês e carla
Ist inês e carla
 
Dst
DstDst
Dst
 
Trabalholll
TrabalholllTrabalholll
Trabalholll
 
DST
DSTDST
DST
 
DST
DSTDST
DST
 
Trabalholll
TrabalholllTrabalholll
Trabalholll
 
Sida nascimento
Sida nascimentoSida nascimento
Sida nascimento
 
Doenças infeciosas
Doenças infeciosas Doenças infeciosas
Doenças infeciosas
 
DST
DSTDST
DST
 
DoençAs Sexualmente..
DoençAs Sexualmente..DoençAs Sexualmente..
DoençAs Sexualmente..
 
DoençAs Sexualmente..
DoençAs Sexualmente..DoençAs Sexualmente..
DoençAs Sexualmente..
 

Mais de stcnsaidjv

Reportagem do haiti
Reportagem do haitiReportagem do haiti
Reportagem do haitistcnsaidjv
 
Residuos de reciclagem
Residuos de reciclagemResiduos de reciclagem
Residuos de reciclagemstcnsaidjv
 
O que é o adn
O que é o adnO que é o adn
O que é o adnstcnsaidjv
 
As causas da revolução francesa
As causas da revolução francesaAs causas da revolução francesa
As causas da revolução francesastcnsaidjv
 
Biografia eça de queiroz
Biografia  eça de queirozBiografia  eça de queiroz
Biografia eça de queirozstcnsaidjv
 
Exclusão social
Exclusão socialExclusão social
Exclusão socialstcnsaidjv
 
Patologias e prevenção
Patologias e prevençãoPatologias e prevenção
Patologias e prevençãostcnsaidjv
 
Direitos, liberdade e garantias da constituição da república portuguesa
Direitos, liberdade e garantias da constituição da república portuguesaDireitos, liberdade e garantias da constituição da república portuguesa
Direitos, liberdade e garantias da constituição da república portuguesastcnsaidjv
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturaisstcnsaidjv
 
Segurança no trabalho
Segurança no trabalhoSegurança no trabalho
Segurança no trabalhostcnsaidjv
 
Economia nacional
Economia nacionalEconomia nacional
Economia nacionalstcnsaidjv
 
Carta internacional dos direitos humanos
Carta internacional dos direitos humanosCarta internacional dos direitos humanos
Carta internacional dos direitos humanosstcnsaidjv
 
A origem do universo
A origem do universoA origem do universo
A origem do universostcnsaidjv
 
Prevenção e segurança no trabalho
Prevenção e segurança no trabalhoPrevenção e segurança no trabalho
Prevenção e segurança no trabalhostcnsaidjv
 
Mecanismo despositivo da concertação social
Mecanismo despositivo da concertação socialMecanismo despositivo da concertação social
Mecanismo despositivo da concertação socialstcnsaidjv
 
Tolerância reflexão
Tolerância   reflexãoTolerância   reflexão
Tolerância reflexãostcnsaidjv
 
Reflexão crítica das tic
Reflexão crítica das ticReflexão crítica das tic
Reflexão crítica das ticstcnsaidjv
 
O que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativasO que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativasstcnsaidjv
 
O que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativasO que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativasstcnsaidjv
 

Mais de stcnsaidjv (20)

Reportagem do haiti
Reportagem do haitiReportagem do haiti
Reportagem do haiti
 
Residuos de reciclagem
Residuos de reciclagemResiduos de reciclagem
Residuos de reciclagem
 
O que é o adn
O que é o adnO que é o adn
O que é o adn
 
As causas da revolução francesa
As causas da revolução francesaAs causas da revolução francesa
As causas da revolução francesa
 
Empresa cp
Empresa cpEmpresa cp
Empresa cp
 
Biografia eça de queiroz
Biografia  eça de queirozBiografia  eça de queiroz
Biografia eça de queiroz
 
Exclusão social
Exclusão socialExclusão social
Exclusão social
 
Patologias e prevenção
Patologias e prevençãoPatologias e prevenção
Patologias e prevenção
 
Direitos, liberdade e garantias da constituição da república portuguesa
Direitos, liberdade e garantias da constituição da república portuguesaDireitos, liberdade e garantias da constituição da república portuguesa
Direitos, liberdade e garantias da constituição da república portuguesa
 
Recursos naturais
Recursos naturaisRecursos naturais
Recursos naturais
 
Segurança no trabalho
Segurança no trabalhoSegurança no trabalho
Segurança no trabalho
 
Economia nacional
Economia nacionalEconomia nacional
Economia nacional
 
Carta internacional dos direitos humanos
Carta internacional dos direitos humanosCarta internacional dos direitos humanos
Carta internacional dos direitos humanos
 
A origem do universo
A origem do universoA origem do universo
A origem do universo
 
Prevenção e segurança no trabalho
Prevenção e segurança no trabalhoPrevenção e segurança no trabalho
Prevenção e segurança no trabalho
 
Mecanismo despositivo da concertação social
Mecanismo despositivo da concertação socialMecanismo despositivo da concertação social
Mecanismo despositivo da concertação social
 
Tolerância reflexão
Tolerância   reflexãoTolerância   reflexão
Tolerância reflexão
 
Reflexão crítica das tic
Reflexão crítica das ticReflexão crítica das tic
Reflexão crítica das tic
 
O que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativasO que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativas
 
O que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativasO que são medicinas alternativas
O que são medicinas alternativas
 

Último

EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )MayaraDaSilvaAssis
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfManuais Formação
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...marioeugenio8
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoVitor Vieira Vasconcelos
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 

Último (20)

EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 

Sociedade tecnologia e ciência doenças contagiosas

  • 1. Sociedade Tecnologia e Ciência Patologias e prevenções Trabalho realizado por Edite silva
  • 2. Doenças Sexualmente Transmissíveis Sífilis. A sida. Herpes genital. Cândidas. Gonorreia. Hepatite B.
  • 3. Causas e Sintomas da Sida A SIDA é provocada pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH), Relações sexuais. Contacto com o sangue contaminado. Gravidez. Pela amamentação. Febre, transpiração, debilidade geral e em cerca de 30% dos casos verifica-se também um inchaço dos gânglios do pescoço, axilas e virilhas.
  • 4. Causas e Sintomas da Sífilis Contacto sexual Esta bactéria penetra no organismo através das membranas mucosas, como as da vagina ou da boca, ou então através da pele Inicia-se 3 semanas após o contágio, no local da infecção, na região genital, um pequeno nódulo rosado que evolui para uma úlcera indolor. Na segunda fase da doença, há uma erupção cutânea com sintomas de mal-estar, fadiga, dores de cabeça e nos ossos. Até esta altura a doença é muito contagiosa, mas curável.
  • 5. Causas e Sintomas do herpes genital É um vírus. Contacto sexual. Mãos que estejam infectadas . O herpes caracteriza-se por vesículas, em forma de cacho, que aparecem 4 - 5 dias após o contágio, que acabam por rebentar e deixar a carne a descoberto. São acompanhadas por um ardor intenso.
  • 6.
  • 7. Praticas sociais de risco Pessoa que pratica sexo desprotegido. Toxicodependentes . Habitantes de bairro de latas. Prostituição. Homossexuais. Heterossexuais.
  • 8. Condições de vida de grupos sociais específicos Toxicodependência; Pobreza; Prostituição; Exclusão social.
  • 9. Evolução das DST no mundo África continua a ser o continente mais infectado, com 10% da população, a que na Europa. Nas últimas décadas, houve uma evolução crescente das DST causada por factores como os grandes deslocamentos da população (turismo, comércio, cultura e trabalho) e as mudanças frequentes de parceiro sexual.
  • 10. Modos de transmissão do vírus da sida Via sexual Contacto com sangue Contacto com seringas infectadas. Pela gravidez. Amamentação.
  • 11. Princípios de prevenção de transmissão do vírus de DST Estar bem informado; Lavar as mãos; Desinfectar todos os locais assim como todos os objectos.
  • 12. Técnicas improvisadas de protecção Saco plástico; O sabão azul; A lixívia; o álcool.
  • 13. Doenças emergentes Doenças emergentes são doenças cuja incidência em humanos foi aumentada durante as últimas duas décadas ou que poderão ameaçar a humanidade num futuro próximo. Exemplos: a sida,haemophilus,hepatite c, encefalite espongiforme Doenças reemergentes são aquelas devidas ao reaparecimento ou, aumento do número de infecções por uma doença já conhecida, mas que, por ter vindo causando tão poucas infecções, já não estava sendo considerada um problema de saúde pública. Exemplos: Tuberculose, febre amarela, febre rift vally, difeteria,colera.
  • 14. Papel das mutações Doseamento inadequado de medicamentos. Resistência cruzada. O HIV está sempre tentando alterar seu material genético. Essas alterações são chamadas mutações permitem que o vírus escape do efeito das drogas.
  • 15. Estáticas no planeamento de programas As estatísticas servem para controlar as epidemias; Consultas Planeamento familiar; Consultas de vacinação.
  • 16. Procedimento a adoptar em caso de infecções virais Seguir á risca as regras de segurança no trabalho.  Primeiros socorros básicos. vacinas, exames médicos. Mãos sempre muito bem limpas. Quartos de isolamento Evitar o contacto com o material infectado. Protecção do pessoal adequada. FIM