SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 35
Doenças Sexualmente Transmissíveis
Introdução
 As DST’s são doenças transmitidas pela relação
sexual feita sem a devida proteção.
 Muitas delas podem ser transmitidas por outros
meios.
 Algumas não possuem cura.
No mundo, são185,7 milhões de pessoas
contaminadas pelas diversas DTS’s
 Sífilis: 937.000
 Gonorréia: 1.541.800
 Clamídia: 1.967.200
 Herpes genital: 640.900
 HPV: 685.400
 AIDS: 592.914
HIV – Vírus da
Imunodeficiência
Humana
AIDS
 Doença causada pelo Vírus da Imunodeficiência
Humana (HIV), que ataca células do sistema imune.
 Quando se manifesta, a pessoa fica debilitada e
incapaz de se defender contra infecções.
 Nas primeiras semanas manifesta-se como um quadro
gripal (febre, mal estar, dores pelo corpo), que pode
estar acompanhada de manchas vermelhas e íngua.
AIDS
 Transmissão: sangue e líquidos grosseiramente
contaminados por sangue, sêmen, secreções vaginais e
leite materno. Transfusão de sangue.
 Beijo seco e aperto de mão não oferecem risco de
contágio. Beijo molhado (de língua) são de baixo risco.
 Tratamento: uso de um coquetel de drogas (AZT), mas
que não mata o vírus. Não tem cura.
 Prevenção: uso de camisinha, não compartilhamento
de agulhas e seringas.
Se educar, dá para evitar
Neisseria gonorrhoeae
Gonorreia
 Doença causada por uma bactéria.
 Se caracteriza pela liberação de uma secreção
purulenta (clara e espessa) pela uretra e vagina, e por
dor ao urinar. Pode haver febre.
 Transmissão: relação sexual sem proteção.
 Tratamento: antibióticos.
 Prevenção: uso de camisinha, escolha do(a)
parceiro(a), higiene pós-coito.
Gonorreia
Corrimento uretral
abundante em paciente
com gonorreia
Treponema
pallidum
Sífilis
 Causada por uma bactéria.
 No local de entrada da bactéria surge uma ferida lisa,
dura, vermelha e brilhante, chamada de cancro duro.
 O cancro duro desparece em algumas semanas mas a
doença pode se manifestar por toda a pele.
 Se tratada inadequadamente pode se manifestar, após
anos, no sistema ósseo, nervoso, cardiovascular, etc.
Sífilis
 Transmissão: relação sexual sem proteção, transfusão
de sangue, transplacentária.
 Tratamento: antibióticos. Tem cura completa, se
tratada precoce e adequadamente.
 Prevenção: uso de camisinha, escolha do(a)
parceiro(a).
Sífilis
 Lesão primária – Cancro Duro – no pênis.
Sífilis
 Lesão secundária –
cutânea – mas mãos e na
face.
Sífilis
 Lesão terciária – tratada inadequadamente.
Haemophilus
ducreyi
Cancro Mole
 Ferida dolorosa, com base mole, avermelhada, com
fundo purulento e forma irregular.
 São altamente contagiosas e auto-inoculáveis.
 Transmissão: relação sexual.
 Tratamento: antibióticos.
 Prevenção: uso de camisinha, escolha do(a)
parceiro(a), higiene pós-coito.
Cancro Mole
 Lesões de Cancro
mole em glande e
sulco balanoprepucial
acompanhadas de
adenopatia inguinal
inflamatória em único
orifício.
Cancro Mole
 Lesões vulvares de Cancro Mole.
Hepatites B e C
 Infecção viral que ataca o fígado.
 Os sintomas são falta de apetite, febre, náuseas,
vômitos, diarreia, dores articulares e icterícia
(amarelamento da pele e mucosas e escurecimento da
urina).
 Pode causar cirrose hepática e até câncer de fígado.
Hepatites B e C
 Transmissão: relação sexual, materiais ou
instrumentos contaminados (seringas, agulhas,
perfuração de orelha, tatuagem, procedimentos
odontológicos ou cirúrgicos, procedimentos de
manicure ou pedicura), transfusão de sangue, durante
o parto.
 Tratamento: tratam-se apenas os sintomas e as
complicações.
 Prevenção: vacina, uso de camisinha, escolha do(a)
parceiro(a), não compartilhar material que entra em
contato com o sangue.
HPV – Vírus
Papiloma
Humano
Condiloma
 Causado pelo HPV – Vírus Papiloma Humano.
 Se caracteriza pela formação de lesões verrucosas, com
aspecto de couve-flor.
 As lesões podem estar presentes no pênis, na vagina,
no colo do útero e na região perianal, mas não está
relacionada ao sexo anal.
 Pode causar câncer no colo do útero e vulva.
Condiloma
 Transmissão: relação sexual, pode ocorrer mesmo que
não haja penetração, durante o parto, contato indireto
(roupas íntimas, toalha, banheiros, saunas).
 Tratamento: remoção das verrugas cirurgicamente ou
por cauterização. A doença pode voltar a se manifestar,
mesmo com tratamento adequado.
 Prevenção: uso de camisinha do início ao fim da
relação, escolha do(a) parceiro(a), de preferência fixo,
exame ginecológico anual para rastrear doenças pré-
invasivas no colo do útero.
Herpes genital
 Infecção recorrente causada por um vírus que
determina uma lesão em forma de pequenas bolhas
que sofrem erosão de 4 a 5 dias e cicatrizam
espontaneamente.
 As crises podem ser desencadeadas por estresse
emocional, exposição ao sol, febre, baixa imunidade,
etc.
 Pode ocorrer em outras partes do corpo, como lábios,
bochechas e olhos.
Herpes genital
 Transmissão: relação sexual, durante o parto.
 Tratamento: visa reduzir as lesões e aumentar o tempo
entre as crises. Não tem cura.
 Prevenção: não há comprovação de que a camisinha
reduza o contágio, escolha do(a) parceiro(a),
higienização pessoal antes e após o coito.
Herpes genital
 Lesões genitais causadas
pela herpes.
Candida albicans – fungo
Candidíase
 Caracteriza-se por coceira, ardor, dor na relação,
eliminação de corrimento vaginal em grumos
brancacento, semelhantes à nata do leite.
 Na maioria das vezes não é uma doença de transmissão
sexual. Em geral está relacionada com a diminuição da
resistência do organismo da pessoa acometida.
 Alguns fatores predispõem o aparecimento da infecção:
diabetis melitus, gravidez, uso de contraceptivos orais,
antibióticos e medicamentos imunodepressivos,
obesidade, uso de roupas justas, etc.
Candidíase
 Pode acometer a boca, é chamada de sapinho.
 Transmissão: contato de secreções da boca, pele,
vagina e objetos de doentes e portadores, durante o
parto.
 Tratamento: medicamentos locais e/ou sistêmicos.
 Prevenção: uso de camisinha, escolha do(a)
parceiro(a), higienização pessoal antes e após o coito,
evitar vestimentas muito justas, tratar doenças
predisponentes.
Atividades
1. “O HIV só pode ser transmitido por meio de relação sexual”. Você
concorda com essa afirmativa? Por quê?
2. Identifique as principais formas de prevenção contra a Aids.
3. Considerando as doenças sexualmente transmissíveis, responda:
a) Os microrganismos causadores da gonorreia, da sífilis, das
hepatites B e C e do condiloma genital são todos incluídos no
grupo das bactérias? Explique.
b) Quais os principais sintomas da gonorreia no homem?
c) Quais delas podem provocar cirrose no fígado e favorecer a
ocorrência de câncer nesse órgão?
d) Cite duas doenças sexualmente transmissíveis que também
podem ser adquiridas por sangue contaminado em transfusões.
e) Numa mulher, os problemas causados pelo condiloma genital
restringem-se às lesões provocadas na vagina, no pudendo
feminino e no colo do útero? Explique.
Atividades
4. Leia esta manchete e o texto que segue:
Milhares são infectados por DST’s a cada ano
São registrados oficialmente cerca de 300 mil novos casos de
DST’s (doenças sexualmente transmissíveis) por ano no Brasil.
Segundo estimativa do Ministério da Saúde, porém, esse número é
muito mais alto – sugerem cerca de 10 milhões de novos casos
anualmente.
Folha de São Paulo, 19/02/2004.
(Texto adaptado para fins didáticos.)
a) Quais devem ser as atitudes de uma pessoa que suspeita ter sido
contaminada por uma doença sexualmente transmissível?
b) Há uma enorme diferença entre os 300 mil novos casos de DST’s
registrados por ano e os 10 milhões de novos casos que o Ministério
da Saúde estima que surjam anualmente. Como isso pode ser
explicado?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Imunização
Imunização Imunização
Imunização
 
Slide Seminário Hanseníase
Slide Seminário HanseníaseSlide Seminário Hanseníase
Slide Seminário Hanseníase
 
Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveis
 
DST-SÍFILIS
DST-SÍFILISDST-SÍFILIS
DST-SÍFILIS
 
O que é HIV ? Como se contrai o vírus? O que é AIDS?
O que é HIV ? Como se contrai o vírus?  O que é AIDS?O que é HIV ? Como se contrai o vírus?  O que é AIDS?
O que é HIV ? Como se contrai o vírus? O que é AIDS?
 
Vacinas: mitos e verdades
Vacinas: mitos e verdadesVacinas: mitos e verdades
Vacinas: mitos e verdades
 
Compreensão Textual
Compreensão TextualCompreensão Textual
Compreensão Textual
 
Hepatite
HepatiteHepatite
Hepatite
 
Ist 01
Ist 01Ist 01
Ist 01
 
Infecções Sexualmente Transmissíveis
Infecções Sexualmente TransmissíveisInfecções Sexualmente Transmissíveis
Infecções Sexualmente Transmissíveis
 
ComunicaçãO E ExpressãO
ComunicaçãO E ExpressãOComunicaçãO E ExpressãO
ComunicaçãO E ExpressãO
 
Aula Hanseníase
Aula Hanseníase Aula Hanseníase
Aula Hanseníase
 
DST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
DST / IST - Infecções Sexualmente TransmissívesDST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
DST / IST - Infecções Sexualmente Transmissíves
 
Raiva.
Raiva.Raiva.
Raiva.
 
Seminário de Microbiologia - Candidíase
Seminário de Microbiologia - CandidíaseSeminário de Microbiologia - Candidíase
Seminário de Microbiologia - Candidíase
 
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saberIMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
IMUNIZAÇÃO - tudo o que voce sempre quis saber
 
Leptospirose
LeptospiroseLeptospirose
Leptospirose
 
InfecçõEs%20 Sexualmente%20 TransmissíVeis[1]
InfecçõEs%20 Sexualmente%20 TransmissíVeis[1]InfecçõEs%20 Sexualmente%20 TransmissíVeis[1]
InfecçõEs%20 Sexualmente%20 TransmissíVeis[1]
 
Queimaduras
QueimadurasQueimaduras
Queimaduras
 
Varicela
VaricelaVaricela
Varicela
 

Semelhante a Dst

Doenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa Gobbi
Doenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa GobbiDoenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa Gobbi
Doenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa GobbiEduarda Gobbi
 
8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis
8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis
8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveisNathalia Pietrani
 
Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisMarina
 
Hiv mario martins pereira
Hiv  mario martins pereiraHiv  mario martins pereira
Hiv mario martins pereiraSANTOS Odirley
 
aula de Doenças Sexualmente Transmissíveis
aula de Doenças Sexualmente Transmissíveisaula de Doenças Sexualmente Transmissíveis
aula de Doenças Sexualmente Transmissíveisadriano silva
 
DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)
DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)
DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)Fernanda Gonçalves
 
Sociedade tecnologia e ciência doenças contagiosas
Sociedade tecnologia e ciência doenças contagiosasSociedade tecnologia e ciência doenças contagiosas
Sociedade tecnologia e ciência doenças contagiosasstcnsaidjv
 
dst parte 1. DOENÇA SEXUALEMTE TRANSMISSIVEL
dst parte 1. DOENÇA SEXUALEMTE TRANSMISSIVELdst parte 1. DOENÇA SEXUALEMTE TRANSMISSIVEL
dst parte 1. DOENÇA SEXUALEMTE TRANSMISSIVELLuanMiguelCosta
 
Comportamentos de risco
Comportamentos de riscoComportamentos de risco
Comportamentos de riscoFilipe Eros
 
ApresentaçãO1
ApresentaçãO1ApresentaçãO1
ApresentaçãO1kassiarios
 

Semelhante a Dst (20)

Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveis
 
Doenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa Gobbi
Doenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa GobbiDoenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa Gobbi
Doenças Sexualmente Transmissiveis - por Eduarda Minassa Gobbi
 
Dst
DstDst
Dst
 
8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis
8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis
8ano exercicio doencas_sexualmente_transmissiveis
 
Dst’s
Dst’s Dst’s
Dst’s
 
Doenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveisDoenças sexualmente transmissíveis
Doenças sexualmente transmissíveis
 
Hiv mario martins pereira
Hiv  mario martins pereiraHiv  mario martins pereira
Hiv mario martins pereira
 
DSTs
DSTsDSTs
DSTs
 
aula de Doenças Sexualmente Transmissíveis
aula de Doenças Sexualmente Transmissíveisaula de Doenças Sexualmente Transmissíveis
aula de Doenças Sexualmente Transmissíveis
 
DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)
DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)
DoençAs Sexualmente Transmissiveis (2)
 
Apresentaotrabalho 120526001155-phpapp01
Apresentaotrabalho 120526001155-phpapp01Apresentaotrabalho 120526001155-phpapp01
Apresentaotrabalho 120526001155-phpapp01
 
O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DST
O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DSTO QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DST
O QUE PRECISAMOS SABER SOBRE DST
 
DST
DSTDST
DST
 
Sociedade tecnologia e ciência doenças contagiosas
Sociedade tecnologia e ciência doenças contagiosasSociedade tecnologia e ciência doenças contagiosas
Sociedade tecnologia e ciência doenças contagiosas
 
dst parte 1. DOENÇA SEXUALEMTE TRANSMISSIVEL
dst parte 1. DOENÇA SEXUALEMTE TRANSMISSIVELdst parte 1. DOENÇA SEXUALEMTE TRANSMISSIVEL
dst parte 1. DOENÇA SEXUALEMTE TRANSMISSIVEL
 
Turma 3002
Turma 3002Turma 3002
Turma 3002
 
Comportamentos de risco
Comportamentos de riscoComportamentos de risco
Comportamentos de risco
 
Tudo Sobre Dst
Tudo Sobre DstTudo Sobre Dst
Tudo Sobre Dst
 
Ds ts
Ds tsDs ts
Ds ts
 
ApresentaçãO1
ApresentaçãO1ApresentaçãO1
ApresentaçãO1
 

Mais de Joao Antonio Castro

Prof. bruno soares caderno de exercicio - artes
Prof. bruno soares  caderno de exercicio - artesProf. bruno soares  caderno de exercicio - artes
Prof. bruno soares caderno de exercicio - artesJoao Antonio Castro
 
Bncc apresentacao atualizada em 06 10
Bncc apresentacao atualizada em 06 10Bncc apresentacao atualizada em 06 10
Bncc apresentacao atualizada em 06 10Joao Antonio Castro
 
Garoto e garota estudantil godoy
Garoto e garota estudantil godoyGaroto e garota estudantil godoy
Garoto e garota estudantil godoyJoao Antonio Castro
 
Análise da auto avaliação realizada na reunião de pais
Análise da auto avaliação realizada na reunião de paisAnálise da auto avaliação realizada na reunião de pais
Análise da auto avaliação realizada na reunião de paisJoao Antonio Castro
 

Mais de Joao Antonio Castro (8)

Prof. bruno soares caderno de exercicio - artes
Prof. bruno soares  caderno de exercicio - artesProf. bruno soares  caderno de exercicio - artes
Prof. bruno soares caderno de exercicio - artes
 
Bncc apresentacao atualizada em 06 10
Bncc apresentacao atualizada em 06 10Bncc apresentacao atualizada em 06 10
Bncc apresentacao atualizada em 06 10
 
Reunião dos pais
Reunião dos paisReunião dos pais
Reunião dos pais
 
Garoto e garota estudantil godoy
Garoto e garota estudantil godoyGaroto e garota estudantil godoy
Garoto e garota estudantil godoy
 
Mostra brasileira de foguetes
Mostra brasileira de foguetesMostra brasileira de foguetes
Mostra brasileira de foguetes
 
Caderno duvidas jozieli
Caderno duvidas jozieliCaderno duvidas jozieli
Caderno duvidas jozieli
 
Análise da auto avaliação realizada na reunião de pais
Análise da auto avaliação realizada na reunião de paisAnálise da auto avaliação realizada na reunião de pais
Análise da auto avaliação realizada na reunião de pais
 
Gincana aluno nota 10
Gincana aluno nota 10Gincana aluno nota 10
Gincana aluno nota 10
 

Último

425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdfCarinaSofiaDiasBoteq
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leiteprofesfrancleite
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresAna Isabel Correia
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 

Último (20)

425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 

Dst

  • 2. Introdução  As DST’s são doenças transmitidas pela relação sexual feita sem a devida proteção.  Muitas delas podem ser transmitidas por outros meios.  Algumas não possuem cura.
  • 3. No mundo, são185,7 milhões de pessoas contaminadas pelas diversas DTS’s  Sífilis: 937.000  Gonorréia: 1.541.800  Clamídia: 1.967.200  Herpes genital: 640.900  HPV: 685.400  AIDS: 592.914
  • 4. HIV – Vírus da Imunodeficiência Humana
  • 5. AIDS  Doença causada pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV), que ataca células do sistema imune.  Quando se manifesta, a pessoa fica debilitada e incapaz de se defender contra infecções.  Nas primeiras semanas manifesta-se como um quadro gripal (febre, mal estar, dores pelo corpo), que pode estar acompanhada de manchas vermelhas e íngua.
  • 6. AIDS  Transmissão: sangue e líquidos grosseiramente contaminados por sangue, sêmen, secreções vaginais e leite materno. Transfusão de sangue.  Beijo seco e aperto de mão não oferecem risco de contágio. Beijo molhado (de língua) são de baixo risco.  Tratamento: uso de um coquetel de drogas (AZT), mas que não mata o vírus. Não tem cura.  Prevenção: uso de camisinha, não compartilhamento de agulhas e seringas.
  • 7. Se educar, dá para evitar
  • 9. Gonorreia  Doença causada por uma bactéria.  Se caracteriza pela liberação de uma secreção purulenta (clara e espessa) pela uretra e vagina, e por dor ao urinar. Pode haver febre.  Transmissão: relação sexual sem proteção.  Tratamento: antibióticos.  Prevenção: uso de camisinha, escolha do(a) parceiro(a), higiene pós-coito.
  • 12. Sífilis  Causada por uma bactéria.  No local de entrada da bactéria surge uma ferida lisa, dura, vermelha e brilhante, chamada de cancro duro.  O cancro duro desparece em algumas semanas mas a doença pode se manifestar por toda a pele.  Se tratada inadequadamente pode se manifestar, após anos, no sistema ósseo, nervoso, cardiovascular, etc.
  • 13. Sífilis  Transmissão: relação sexual sem proteção, transfusão de sangue, transplacentária.  Tratamento: antibióticos. Tem cura completa, se tratada precoce e adequadamente.  Prevenção: uso de camisinha, escolha do(a) parceiro(a).
  • 14. Sífilis  Lesão primária – Cancro Duro – no pênis.
  • 15. Sífilis  Lesão secundária – cutânea – mas mãos e na face.
  • 16. Sífilis  Lesão terciária – tratada inadequadamente.
  • 18. Cancro Mole  Ferida dolorosa, com base mole, avermelhada, com fundo purulento e forma irregular.  São altamente contagiosas e auto-inoculáveis.  Transmissão: relação sexual.  Tratamento: antibióticos.  Prevenção: uso de camisinha, escolha do(a) parceiro(a), higiene pós-coito.
  • 19. Cancro Mole  Lesões de Cancro mole em glande e sulco balanoprepucial acompanhadas de adenopatia inguinal inflamatória em único orifício.
  • 20. Cancro Mole  Lesões vulvares de Cancro Mole.
  • 21.
  • 22. Hepatites B e C  Infecção viral que ataca o fígado.  Os sintomas são falta de apetite, febre, náuseas, vômitos, diarreia, dores articulares e icterícia (amarelamento da pele e mucosas e escurecimento da urina).  Pode causar cirrose hepática e até câncer de fígado.
  • 23. Hepatites B e C  Transmissão: relação sexual, materiais ou instrumentos contaminados (seringas, agulhas, perfuração de orelha, tatuagem, procedimentos odontológicos ou cirúrgicos, procedimentos de manicure ou pedicura), transfusão de sangue, durante o parto.  Tratamento: tratam-se apenas os sintomas e as complicações.  Prevenção: vacina, uso de camisinha, escolha do(a) parceiro(a), não compartilhar material que entra em contato com o sangue.
  • 25. Condiloma  Causado pelo HPV – Vírus Papiloma Humano.  Se caracteriza pela formação de lesões verrucosas, com aspecto de couve-flor.  As lesões podem estar presentes no pênis, na vagina, no colo do útero e na região perianal, mas não está relacionada ao sexo anal.  Pode causar câncer no colo do útero e vulva.
  • 26. Condiloma  Transmissão: relação sexual, pode ocorrer mesmo que não haja penetração, durante o parto, contato indireto (roupas íntimas, toalha, banheiros, saunas).  Tratamento: remoção das verrugas cirurgicamente ou por cauterização. A doença pode voltar a se manifestar, mesmo com tratamento adequado.  Prevenção: uso de camisinha do início ao fim da relação, escolha do(a) parceiro(a), de preferência fixo, exame ginecológico anual para rastrear doenças pré- invasivas no colo do útero.
  • 27.
  • 28. Herpes genital  Infecção recorrente causada por um vírus que determina uma lesão em forma de pequenas bolhas que sofrem erosão de 4 a 5 dias e cicatrizam espontaneamente.  As crises podem ser desencadeadas por estresse emocional, exposição ao sol, febre, baixa imunidade, etc.  Pode ocorrer em outras partes do corpo, como lábios, bochechas e olhos.
  • 29. Herpes genital  Transmissão: relação sexual, durante o parto.  Tratamento: visa reduzir as lesões e aumentar o tempo entre as crises. Não tem cura.  Prevenção: não há comprovação de que a camisinha reduza o contágio, escolha do(a) parceiro(a), higienização pessoal antes e após o coito.
  • 30. Herpes genital  Lesões genitais causadas pela herpes.
  • 32. Candidíase  Caracteriza-se por coceira, ardor, dor na relação, eliminação de corrimento vaginal em grumos brancacento, semelhantes à nata do leite.  Na maioria das vezes não é uma doença de transmissão sexual. Em geral está relacionada com a diminuição da resistência do organismo da pessoa acometida.  Alguns fatores predispõem o aparecimento da infecção: diabetis melitus, gravidez, uso de contraceptivos orais, antibióticos e medicamentos imunodepressivos, obesidade, uso de roupas justas, etc.
  • 33. Candidíase  Pode acometer a boca, é chamada de sapinho.  Transmissão: contato de secreções da boca, pele, vagina e objetos de doentes e portadores, durante o parto.  Tratamento: medicamentos locais e/ou sistêmicos.  Prevenção: uso de camisinha, escolha do(a) parceiro(a), higienização pessoal antes e após o coito, evitar vestimentas muito justas, tratar doenças predisponentes.
  • 34. Atividades 1. “O HIV só pode ser transmitido por meio de relação sexual”. Você concorda com essa afirmativa? Por quê? 2. Identifique as principais formas de prevenção contra a Aids. 3. Considerando as doenças sexualmente transmissíveis, responda: a) Os microrganismos causadores da gonorreia, da sífilis, das hepatites B e C e do condiloma genital são todos incluídos no grupo das bactérias? Explique. b) Quais os principais sintomas da gonorreia no homem? c) Quais delas podem provocar cirrose no fígado e favorecer a ocorrência de câncer nesse órgão? d) Cite duas doenças sexualmente transmissíveis que também podem ser adquiridas por sangue contaminado em transfusões. e) Numa mulher, os problemas causados pelo condiloma genital restringem-se às lesões provocadas na vagina, no pudendo feminino e no colo do útero? Explique.
  • 35. Atividades 4. Leia esta manchete e o texto que segue: Milhares são infectados por DST’s a cada ano São registrados oficialmente cerca de 300 mil novos casos de DST’s (doenças sexualmente transmissíveis) por ano no Brasil. Segundo estimativa do Ministério da Saúde, porém, esse número é muito mais alto – sugerem cerca de 10 milhões de novos casos anualmente. Folha de São Paulo, 19/02/2004. (Texto adaptado para fins didáticos.) a) Quais devem ser as atitudes de uma pessoa que suspeita ter sido contaminada por uma doença sexualmente transmissível? b) Há uma enorme diferença entre os 300 mil novos casos de DST’s registrados por ano e os 10 milhões de novos casos que o Ministério da Saúde estima que surjam anualmente. Como isso pode ser explicado?