SlideShare uma empresa Scribd logo
SIMULADO DE QUÍMICA – PROF FÁBIO OISIOVICI
Envie o gabaritopara: fabioprojetogaleao@hotmail.com
Não Esqueça: NOME COMPLETO, IDENTIDADE E LOCAL ONDE ESTUDA(colégioou cursinho)
01. O mergulhoé umaprática antiga,a princípioutilizadaprincipalmenteparaa obtençãode
alimento.Nomergulhoemapneiaopraticante mantémoar em seuspulmõesdurante a
imersãosemouso de equipamentos,ocorrendoasuspensãovoluntáriadarespiração.
Considerandoumpraticante dessetipode mergulho,comumacapacidade pulmonarde 4,5L e
inicialmente aonível domar,e que durante o mergulhoatemperaturapermanece constante,
é corretofirmarque:
A) O componente maisabundante damisturaconfinadanospulmõesdomergulhadorquando
este retornado mergulhoé ogás oxigênio.
B) Em uma profundidadede 10m a misturagasosadentrodos pulmõesé menosdensadoque
ao nível do mar.
C) Aumentando-seaprofundidade,apressãoexercidasobre oar dentrodos pulmõesaumenta
e,consequentemente,ovolumeocupadopelogásaumentanamesmaproporção.
D) Aochegar a 30m de profundidade,onde apressãoé de 4 atm, o volume de ar dentrodos
seuspulmõesocupa25% do volume ocupadoaonível domar.
E) O volume de ar dentrodospulmõesdomergulhadornãodepende daprofundidadeemque
ele esteja.
02. O Planode Negóciose Gestão2014-2018 da PETROBRAS prevê investimentosde US$220,6
bilhões(US$206,8 bilhõesparaprojetosemimplantaçãoe emprocessode licitação).Desse
total,a área de Exploraçãoe ProduçãoreceberáUS$ 153,9 bilhões,principalmente para
desenvolveraproduçãono pré-sal e no pós-sal.A áreade Abastecimentoé outrodestaque,
com investimentosde US$ 38,7 bilhõesparaa ampliaçãodoparque de refino,melhorias
operacionais,entre outros.
A respeitodopetróleo,é corretoafirmarque:
A) É uma misturamuitocomplexaque pode serseparadaemseusconstituintesporprocessos
mecânicos,comopor exemplo, adestilaçãofracionada.
B) A queimacompletadosseusderivadosé umprocessode naturezafísicaque ocorre com
liberaçãode energiae semcontribuirparaa poluiçãodoar atmosférico.
C) É constituído basicamente porsubstânciasque apresentam, entre asmoléculas,noestado
sólidooulíquido,interaçõesconhecidascomo dipoloinstantâneo-dipoloinduzido.
D) É formadobasicamente porcompostosiônicos,oque explicaasua baixasolubilidade em
água e tambéma suabaixadensidade.
E) Uma amostra de meiolitro apresentamassade 0,425g, admitindoparao petróleo uma
densidade médiade 0,85g/mL.
03. O usode substânciasquímicasparatratamentodo câncer surgiude um fatocurioso.
Durante as duas grandesGuerrasMundiais,observou-se que ogásmostarda;usadocomo
arma química; eracapaz de levarà reduçãodosglóbulosbrancossanguíneosdosexpostosa
ele.Então,surgiua idéiaque estasubstânciapudessesercapazde inibirocrescimentodas
célulascancerígenas.A substânciapassouaser usadana década de 1940 empacientescom
Linfoma(câncerdo sistemalinfático) e mostrouefeitossurpreendentes.Namesmadécada,
SidneyFarberobservouque oÁcidoFólico(umatipode vitamina) eracapaz de estimularo
crescimentode célulasdaLeucemia(câncerdosglóbulosbrancosdosangue).Então,passou-se
a desenvolversubstânciassimilaresaoÁcidoFólico,mascoma capacidade contrária,a de
inibirocrescimentodaLeucemia.Estassubstânciaseramdirecionadasaatrapalharas viasdo
metabolismodascélulascancerígenase consequentemente matá-las.Desdeentão,surge a
prática da quimioterapiacontraocâncer.
Tendocomo base as fórmulasdassubstânciascitadas,verifica-secorretamente que:
A) O gás mostarda difunde-semaisrapidamente que ogás cloro, Cl2,que tambémfoi utilizado
como arma química,admitindomesmascondiçõesde temperatura.
B) Na moléculadoácidofólicosóexistemátomosde carbonoque apresentam, entre assuas
ligaçõescovalentes,ângulosiguaisa109°28’ e 180°.
C) A fórmulamoleculardogás mostardaé C4SCl2.
D) A cadeiacarbônicado gás mostarda pode serclassificadacomonormal, heterogêneae
alicíclica.
E) Na moléculadoácidofólicoestãopresentesgruposque caracterizamasclassesfuncionais
dos ácidoscarboxílicos,dasaminase das amidas.
04. O monóxidode carbonoé um gás incolor,inodoro,de densidade,aumatemperaturaT e
pressãoP, igual a 0,09g/L e dotadode grande poderde difusibilidade.Resultadacombustão
incompletadocarvãoou de materiaisricosemcarbono,produzindo-sesobmúltiplas
circunstâncias. Uma concentraçãode monóxidode carbononoambiente de cercade
10ppm(v/v) pode determinarefeitostóxicosapósumahorade exposiçãoe aconcentraçãode
40ppm(v/v),ouseja,40mL de COem cada metrocúbico de ar, pode serfatal neste mesmo
intervalode tempo.
Com relaçãoao monóxidode carbonoe seusefeitosnoorganismohumano,e admitindoa
constante de Avogadroigual a 6x1023
e massasmolares,emg/mol,C(12) e O(16), e que a
pressãoP e a temperaturaTpermanecemconstantes, pode-se afirmarque:
A) Em um ambiente de 20m3
,a quantidade mínimade monóxidoparaprovocara morte em
uma hora de exposiçãoé de 72mg.
B) A inalaçãode monóxidode carbono nasgrandesáreasurbanas independe dovolumede
tráfego.
C) O monóxidode carbonopode serconsideradocomoantimetabólitodo oxigêniodevidoao
fatode seruma substânciaincapazde se ligarà hemoglobinadosangue.
D) Uma amostra de 14mg de monóxidode carbonoé constituídapor 3x1023
moléculas.
E) Em uma moléculade monóxidode carbonooátomo de oxigênioadquire eletrosferade gás
nobre por transferênciade elétrons.
05. Considere oesquemade umaestaçãode tratamentode água as seguir:
01- Represa02- Captação e Bombeamento 03- Pré cloração 04- Floculação05- Decantação
06- Filtração 07- Cloraçãoe Fluoretação08- Reservatório 09- Distribuição
10- Redesde distribuição 11- Cidade
Analisando afiguraverifica-se que até ficaradequadaparao consumoa água percorre um
longocaminho.De acordo com o esquemaapresentado,é corretoafirmarque
A) Ao fimde todasas etapasa água estaráquimicamente pura,oque a torna adequadaparao
consumoda população.
B) Em 05 há um processode análise imediataemque partículasmenosdensassãodepositadas
no fundodorecipiente.
C) A etapa 06 é realizadacomo objetivode eliminarosmicro-organismosnocivos.
D) A etapa07 é realizadacomo objetivoexclusivode retirarsubstâncias que estãodando
cheiroa água.
E) Em 08 a água é uma soluçãoisentade micro-organismosnocivos.
06. Algumasusinasutilizamoprocessoaseguirpara gerar eletricidade,porémeste tipode
usinapossui elevadosriscos,masemcontrapartidatambémtrazbenefícios.
Sobre o funcionamentodesse tipode usinageradorade eletricidade e oprocesso
esquematizadoacima, pode-se afirmarcorretamente que:
A) O processomostraa modificaçãodacomposiçãodaeletrosfera atômicade umelemento
gerandoíons estáveisdesseelemento.
B) O processomostraa uniãode núcleosatômicospequenos gerandonúcleosatômicos
maiores,liberandoassimumagrande quantidade de energia devidoaobombardeamentodo
núcleo“pai”com nêutrons.
C) Tal como nas centraisque usamcombustíveisfosseis, aenergialiberadanoprocessoé
usada para produzirvaporde água a elevadapressão,que porsuaveziráfazerfuncionaruma
turbina,conseguindoassimgerarenergiaelétrica.
D) A usinaque utilizaesse processopode afetaropotencial pesqueirode umaregiãopois
lança na água dorio ou do lagomaterial radioativo.
E) A geraçãode eletricidade poresse tipode usinalançanaatmosferagasesque podem
intensificaroefeitoestufae aumentaraacidezda água da chuva.
07. Aoatingira corrente sanguínea umasubstânciairáse distribuirpeloorganismoe durante
estaetapa ele atingiráoseulocal de ação, logo,percebe-seque avelocidadecomque a
substânciaatinge oseulocal de ação dependerádaabsorçãoe da distribuição.Pode-se definir,
resumidamente,aabsorçãocomosendoa passagemdofármaco do local onde foi
administradoparaa corrente sanguínea,porsua vez,a distribuiçãoseriacaracterizadapelo
transporte reversível do compostoparaoutros sítiosdo organismo.Emambosos casos há a
necessidadede transporamembranaplasmática. A distribuiçãodoscompostosé influenciada
por diversosfatores,dentre eles:
Afinidade por lipídios– a afinidade porlipídios confere àfacilidade ematravessarbarreiras
biológicas(substânciaslipossolúveis).
Afinidade pelaágua – a afinidade do compostopelaágua(hidrossolúvel) temefeitoinverso
dos lipossolúveis:dificultaatravessiade barreiras(membranas) biológicase facilitaaexcreção.
Com base nas informaçõesacimae nas estruturasda morfinae da heroína,verifica-seque:
A) A morfinapossui maiorafinidadeporlipídios que aheroína.
B) A heroínafaz com moléculasde águaum maiornúmerode ligaçõesde hidrogênioque a
morfina.
C) A morfinaé capaz de gerar umasoluçãoaquosa com pH maiordo que 7 pelofatode possuir
na moléculaogrupo –OH.
D) A heroínaatravessabarreirasbiológicascommaisfacilidade que amorfina.
E) O heteroátomoligadoaoradical metil, -CH3,namoléculadaheroínaé incapazde fazeruma
ligaçãocoordenada.
08. O velhosonhodosalquimistas,atransmutação,pode serrealizado atravésde processosde
decaimentoradiativoouporreaçõesnucleares. Essesprocessosmodificamonúcleoatômico,
e porisso,geramelementosquímicosdiferentesdosiniciais.
Com base nastransformaçõesa seguir
é corretoafirmarque:
A) Um únicoátomode 198
Ptapresentamassaigual a198g.
B) A transformaçãodaplatinaemouro ocorre por emissãode umelétronque sai da camada
de valênciadoátomo de menornúmeroatômico.
C) Natransformaçãodo 198
Ptem199
Ptverifica-se alteraçãonaquantidade de cargaspositivas
presentesnonúcleo doisótopo 198
Pt.
D) O núcleode ouroque se forma quandoa platinasofre transmutação apresentaaotodo199
partículas,sendoque,dentre elas, 120 não possuemcarga.
E) A radiaçãoemitidapor199
Pté constituídaporondaseletromagnéticas que se propagamcom
a velocidade daluz.
09. A fabricaçãoda cal e o seuempregosãoconhecidospelo homemhámaisde 2.000 anos.
Suas primeirasaplicaçõesconstamde construçõesde cais,de pavimentose edificações.Na
AméricaColonial,asimplescalcinaçãodocalcáriofoi umdos processosprimitivosde
fabricaçãoadotada peloscolonizadores. (...) Noprocessode fabricaçãodocimento,o
carbonato de cálcioemsuspensãonaágua, dissolve-sepelapassagemde umacorrente de gás
carbônico,emvirtude de formaçãode bicarbonatode cálciosolúvel:
E reage com ácidos com formaçãode saisde cálciocorrespondentese desprendimentode gás
carbônico:
Adotandopara oselementosseguintesasmassasmolares,emg/mol,Ca(40),C(12),O(16),
H(1),Cl(35,5),volume molarde umgásnas CNTPigual a 22,4L e a constante de Avogadroigual
a 6x1023
, assinale aalternativacorreta:
A) Devidoà naturezadasligaçõesquímicas,a temperaturanormal de fusãodo CaCl2 é menor
do que a temperaturanormal de fusãodoHCl.
B) 200g de CaCO3 reagemcompletamente com 1,2x1024
moléculasde CO2 paraformar 162g de
bicarbonatode cálcio.
C) Naformação de um mol bicarbonatode cálcio,6x1024
moléculasde águareagemcom 44g
de CO2.
D) 26.880L de gás carbônico,nas CNTP,serãoproduzidosapartir de 146Kg de HCl,admitindo
para a reaçãoum rendimentode 60%.
E) Asmoléculasde CO2 apresentamgeometrialineare entre asligaçõesângulosiguaisa120°.
10. A seguirtemosuma“piada”divulgadanainternetcomparandodoissuperheróis;oSuper
Homem,o Homemde Aço, com o IronMan, o Homemde Ferro.
(http://piadasnerds.etc.br/quimica-31/)
Com base na Classificaçãoperiódicadoselementose nosconhecimentossobre aclassificação
da matéria,é correto afirmar:
A) A temperaturapermanece constante duranteafusãoe a ebuliçãodoaço poistrata-se de
um exemplode matériaconstituídoporátomosde umsó tipo.
B) Dentre osconstituintesmaisimportantesdoaço,oferroforma cátionsmaisfacilmente pois
apresentaumamaiorenergiade ionizaçãoque ocarbono.
C) O carbonoé um elementorepresentativoque emumaligaçãoquímica,apresenta maior
capacidade de atrair elétronsque oferro.
D) O tamanhodo íons Fe3+
é maiordo que o tamanhodos íons Fe2+
.
E) Ferroe carbonosão elementosde transiçãoque podemfazerligaçõesiônicase ligações
covalentes.
Não Esqueça:NOMECOMPLETO, IDENTIDADEELOCAL ONDEESTUDA
(colégioou cursinho)
Envie o gabarito para: fabioprojetogaleao@hotmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pilha2013
Pilha2013Pilha2013
Pilha2013
Fábio Oisiovici
 
Reações orgânicas bahiana revisão
Reações orgânicas bahiana revisãoReações orgânicas bahiana revisão
Reações orgânicas bahiana revisão
Fábio Oisiovici
 
DISPERSÕES REVISÃO ENEM
DISPERSÕES REVISÃO ENEMDISPERSÕES REVISÃO ENEM
DISPERSÕES REVISÃO ENEM
Fábio Oisiovici
 
Lista 2 recuperacao
Lista 2   recuperacaoLista 2   recuperacao
Lista 2 recuperacao
Rodrigo Sampaio
 
mol, massa molar,etc
mol, massa molar,etcmol, massa molar,etc
mol, massa molar,etc
Fábio Oisiovici
 
Soluções lista
Soluções lista Soluções lista
Soluções lista
Fábio Oisiovici
 
revisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicosrevisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicos
Fábio Oisiovici
 
Simulado qui02
Simulado qui02Simulado qui02
Simulado qui02
Fábio Oisiovici
 
revisão enem radioatividade
revisão enem radioatividaderevisão enem radioatividade
revisão enem radioatividade
Fábio Oisiovici
 
Soluções share
Soluções shareSoluções share
Soluções share
Fábio Oisiovici
 
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEMEQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
Fábio Oisiovici
 
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Rodrigo Sampaio
 
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARESREVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
Rodrigo Sampaio
 
Revisao vieira
Revisao vieiraRevisao vieira
Revisao vieira
Rodrigo Sampaio
 
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boaEstequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Rodrigo Sampaio
 
Gases exercícios
Gases exercíciosGases exercícios
Gases exercícios
Fábio Oisiovici
 
CINÉTICA QUIMICA REVISÃO
CINÉTICA QUIMICA REVISÃOCINÉTICA QUIMICA REVISÃO
CINÉTICA QUIMICA REVISÃO
Fábio Oisiovici
 
Eletrolise exercícios
Eletrolise exercíciosEletrolise exercícios
Eletrolise exercícios
Fábio Oisiovici
 
Soluções
SoluçõesSoluções
Soluções
Fábio Oisiovici
 
Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
Rodrigo Sampaio
 

Mais procurados (20)

Pilha2013
Pilha2013Pilha2013
Pilha2013
 
Reações orgânicas bahiana revisão
Reações orgânicas bahiana revisãoReações orgânicas bahiana revisão
Reações orgânicas bahiana revisão
 
DISPERSÕES REVISÃO ENEM
DISPERSÕES REVISÃO ENEMDISPERSÕES REVISÃO ENEM
DISPERSÕES REVISÃO ENEM
 
Lista 2 recuperacao
Lista 2   recuperacaoLista 2   recuperacao
Lista 2 recuperacao
 
mol, massa molar,etc
mol, massa molar,etcmol, massa molar,etc
mol, massa molar,etc
 
Soluções lista
Soluções lista Soluções lista
Soluções lista
 
revisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicosrevisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicos
 
Simulado qui02
Simulado qui02Simulado qui02
Simulado qui02
 
revisão enem radioatividade
revisão enem radioatividaderevisão enem radioatividade
revisão enem radioatividade
 
Soluções share
Soluções shareSoluções share
Soluções share
 
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEMEQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
 
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
Lista geometria polaridade TERCEIRÃO SARTRE
 
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARESREVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
 
Revisao vieira
Revisao vieiraRevisao vieira
Revisao vieira
 
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boaEstequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
 
Gases exercícios
Gases exercíciosGases exercícios
Gases exercícios
 
CINÉTICA QUIMICA REVISÃO
CINÉTICA QUIMICA REVISÃOCINÉTICA QUIMICA REVISÃO
CINÉTICA QUIMICA REVISÃO
 
Eletrolise exercícios
Eletrolise exercíciosEletrolise exercícios
Eletrolise exercícios
 
Soluções
SoluçõesSoluções
Soluções
 
Cinética química
Cinética químicaCinética química
Cinética química
 

Destaque

Oxidos
OxidosOxidos
alotropia
alotropiaalotropia
alotropia
Fábio Oisiovici
 
Bioquímica teoria
Bioquímica teoriaBioquímica teoria
Bioquímica teoria
Fábio Oisiovici
 
Classificação e Propriedades da Matéria
Classificação e Propriedades da MatériaClassificação e Propriedades da Matéria
Classificação e Propriedades da Matéria
Fábio Oisiovici
 
Quim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostosQuim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostos
Fábio Oisiovici
 
Radio coc share
Radio coc shareRadio coc share
Radio coc share
Fábio Oisiovici
 
polímeros exercícios
polímeros exercíciospolímeros exercícios
polímeros exercícios
Fábio Oisiovici
 
Bioquímica questões
Bioquímica questõesBioquímica questões
Bioquímica questões
Fábio Oisiovici
 
Lista radioatividade
Lista radioatividadeLista radioatividade
Lista radioatividade
Fábio Oisiovici
 
Estequiometriaextensivo
EstequiometriaextensivoEstequiometriaextensivo
Estequiometriaextensivo
Fábio Oisiovici
 
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEMELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
Fábio Oisiovici
 
Simulado QUIMICA facebook
Simulado QUIMICA facebookSimulado QUIMICA facebook
Simulado QUIMICA facebook
Fábio Oisiovici
 
aula01 rev bahiana
aula01 rev bahianaaula01 rev bahiana
aula01 rev bahiana
Fábio Oisiovici
 
cálculos análise
cálculos análisecálculos análise
cálculos análise
Fábio Oisiovici
 
Orgânica curso módulo
Orgânica curso móduloOrgânica curso módulo
Orgânica curso módulo
Fábio Oisiovici
 
dupla troca share
dupla troca sharedupla troca share
dupla troca share
Fábio Oisiovici
 
Termo parte 02 gabarito
Termo parte 02 gabaritoTermo parte 02 gabarito
Termo parte 02 gabarito
Fábio Oisiovici
 
Alotropia share
Alotropia shareAlotropia share
Alotropia share
Fábio Oisiovici
 

Destaque (18)

Oxidos
OxidosOxidos
Oxidos
 
alotropia
alotropiaalotropia
alotropia
 
Bioquímica teoria
Bioquímica teoriaBioquímica teoria
Bioquímica teoria
 
Classificação e Propriedades da Matéria
Classificação e Propriedades da MatériaClassificação e Propriedades da Matéria
Classificação e Propriedades da Matéria
 
Quim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostosQuim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostos
 
Radio coc share
Radio coc shareRadio coc share
Radio coc share
 
polímeros exercícios
polímeros exercíciospolímeros exercícios
polímeros exercícios
 
Bioquímica questões
Bioquímica questõesBioquímica questões
Bioquímica questões
 
Lista radioatividade
Lista radioatividadeLista radioatividade
Lista radioatividade
 
Estequiometriaextensivo
EstequiometriaextensivoEstequiometriaextensivo
Estequiometriaextensivo
 
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEMELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
 
Simulado QUIMICA facebook
Simulado QUIMICA facebookSimulado QUIMICA facebook
Simulado QUIMICA facebook
 
aula01 rev bahiana
aula01 rev bahianaaula01 rev bahiana
aula01 rev bahiana
 
cálculos análise
cálculos análisecálculos análise
cálculos análise
 
Orgânica curso módulo
Orgânica curso móduloOrgânica curso módulo
Orgânica curso módulo
 
dupla troca share
dupla troca sharedupla troca share
dupla troca share
 
Termo parte 02 gabarito
Termo parte 02 gabaritoTermo parte 02 gabarito
Termo parte 02 gabarito
 
Alotropia share
Alotropia shareAlotropia share
Alotropia share
 

Semelhante a Simulado de química face

Gabarito 26 50
Gabarito 26   50Gabarito 26   50
Gabarito 26 50
BriefCase
 
Gab
GabGab
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
emanuel
 
Palestra ucdb - campo grande
Palestra   ucdb - campo grandePalestra   ucdb - campo grande
Palestra ucdb - campo grande
Samara RH
 
Bg13 obtenodematria-fotossintesei-100419022030-phpapp01
Bg13 obtenodematria-fotossintesei-100419022030-phpapp01Bg13 obtenodematria-fotossintesei-100419022030-phpapp01
Bg13 obtenodematria-fotossintesei-100419022030-phpapp01
malikfasihabid
 
6.2 - 2 Trocas gasosas - animais.pptx
6.2 - 2 Trocas gasosas - animais.pptx6.2 - 2 Trocas gasosas - animais.pptx
6.2 - 2 Trocas gasosas - animais.pptx
Helio447445
 
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTREPara 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Mayara Bonifácio Rosa
 
Exerc 1 s membranas e metabolismo energético_4bim
Exerc  1 s membranas e metabolismo energético_4bimExerc  1 s membranas e metabolismo energético_4bim
Exerc 1 s membranas e metabolismo energético_4bim
Mayara Bonifácio Rosa
 
1S_Exerc . membranas e metabolismo energético_4bim
1S_Exerc . membranas e metabolismo energético_4bim1S_Exerc . membranas e metabolismo energético_4bim
1S_Exerc . membranas e metabolismo energético_4bim
Ionara Urrutia Moura
 
Fichatrabalho7 bg11
Fichatrabalho7 bg11Fichatrabalho7 bg11
Fichatrabalho7 bg11
Magda Charrua
 
Exercicios 2 biofísica
Exercicios 2 biofísica Exercicios 2 biofísica
Exercicios 2 biofísica
Biomedicina_
 
Questões de biologia
Questões de biologiaQuestões de biologia
Questões de biologia
Concurseiros Notadez
 
Telecurso 2000 aula 28 por qaue os peixes não se afogam
Telecurso 2000 aula 28   por qaue os peixes não se afogamTelecurso 2000 aula 28   por qaue os peixes não se afogam
Telecurso 2000 aula 28 por qaue os peixes não se afogam
netoalvirubro
 
Prova FUVEST 2014 1 fase
Prova FUVEST 2014 1 faseProva FUVEST 2014 1 fase
Prova FUVEST 2014 1 fase
Rafael Freitas
 
Bg8 obtenção de matéria - a membrana é selectiva
Bg8   obtenção de matéria - a membrana é selectivaBg8   obtenção de matéria - a membrana é selectiva
Bg8 obtenção de matéria - a membrana é selectiva
Nuno Correia
 
Bg8 obtenção de matéria - a membrana é selectiva
Bg8   obtenção de matéria - a membrana é selectivaBg8   obtenção de matéria - a membrana é selectiva
Bg8 obtenção de matéria - a membrana é selectiva
guestc5a341
 
Estudo dirigido 2 bim
Estudo dirigido 2 bimEstudo dirigido 2 bim
Estudo dirigido 2 bim
Estude Mais
 
AULÃO-ENEM CNT.pptx
AULÃO-ENEM CNT.pptxAULÃO-ENEM CNT.pptx
AULÃO-ENEM CNT.pptx
Karla Vilas Boas
 
B28 exercícios
B28   exercíciosB28   exercícios
B28 exercícios
Nuno Correia
 
Projeto enem biologia 30.10.2014
Projeto enem biologia 30.10.2014Projeto enem biologia 30.10.2014
Projeto enem biologia 30.10.2014
Nahya Paola Souza
 

Semelhante a Simulado de química face (20)

Gabarito 26 50
Gabarito 26   50Gabarito 26   50
Gabarito 26 50
 
Gab
GabGab
Gab
 
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais3º simulado enem -  ciencias humanas e naturais
3º simulado enem - ciencias humanas e naturais
 
Palestra ucdb - campo grande
Palestra   ucdb - campo grandePalestra   ucdb - campo grande
Palestra ucdb - campo grande
 
Bg13 obtenodematria-fotossintesei-100419022030-phpapp01
Bg13 obtenodematria-fotossintesei-100419022030-phpapp01Bg13 obtenodematria-fotossintesei-100419022030-phpapp01
Bg13 obtenodematria-fotossintesei-100419022030-phpapp01
 
6.2 - 2 Trocas gasosas - animais.pptx
6.2 - 2 Trocas gasosas - animais.pptx6.2 - 2 Trocas gasosas - animais.pptx
6.2 - 2 Trocas gasosas - animais.pptx
 
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTREPara 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
Para 1S_ EXERCÌCIOS PARA ESTUDAR PARA A PROVA DO QUARTO BIMESTRE
 
Exerc 1 s membranas e metabolismo energético_4bim
Exerc  1 s membranas e metabolismo energético_4bimExerc  1 s membranas e metabolismo energético_4bim
Exerc 1 s membranas e metabolismo energético_4bim
 
1S_Exerc . membranas e metabolismo energético_4bim
1S_Exerc . membranas e metabolismo energético_4bim1S_Exerc . membranas e metabolismo energético_4bim
1S_Exerc . membranas e metabolismo energético_4bim
 
Fichatrabalho7 bg11
Fichatrabalho7 bg11Fichatrabalho7 bg11
Fichatrabalho7 bg11
 
Exercicios 2 biofísica
Exercicios 2 biofísica Exercicios 2 biofísica
Exercicios 2 biofísica
 
Questões de biologia
Questões de biologiaQuestões de biologia
Questões de biologia
 
Telecurso 2000 aula 28 por qaue os peixes não se afogam
Telecurso 2000 aula 28   por qaue os peixes não se afogamTelecurso 2000 aula 28   por qaue os peixes não se afogam
Telecurso 2000 aula 28 por qaue os peixes não se afogam
 
Prova FUVEST 2014 1 fase
Prova FUVEST 2014 1 faseProva FUVEST 2014 1 fase
Prova FUVEST 2014 1 fase
 
Bg8 obtenção de matéria - a membrana é selectiva
Bg8   obtenção de matéria - a membrana é selectivaBg8   obtenção de matéria - a membrana é selectiva
Bg8 obtenção de matéria - a membrana é selectiva
 
Bg8 obtenção de matéria - a membrana é selectiva
Bg8   obtenção de matéria - a membrana é selectivaBg8   obtenção de matéria - a membrana é selectiva
Bg8 obtenção de matéria - a membrana é selectiva
 
Estudo dirigido 2 bim
Estudo dirigido 2 bimEstudo dirigido 2 bim
Estudo dirigido 2 bim
 
AULÃO-ENEM CNT.pptx
AULÃO-ENEM CNT.pptxAULÃO-ENEM CNT.pptx
AULÃO-ENEM CNT.pptx
 
B28 exercícios
B28   exercíciosB28   exercícios
B28 exercícios
 
Projeto enem biologia 30.10.2014
Projeto enem biologia 30.10.2014Projeto enem biologia 30.10.2014
Projeto enem biologia 30.10.2014
 

Último

Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Mary Alvarenga
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 

Último (20)

Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.Texto e atividade -  O que fazemos com a água que usamos.
Texto e atividade - O que fazemos com a água que usamos.
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 

Simulado de química face

  • 1. SIMULADO DE QUÍMICA – PROF FÁBIO OISIOVICI Envie o gabaritopara: fabioprojetogaleao@hotmail.com Não Esqueça: NOME COMPLETO, IDENTIDADE E LOCAL ONDE ESTUDA(colégioou cursinho) 01. O mergulhoé umaprática antiga,a princípioutilizadaprincipalmenteparaa obtençãode alimento.Nomergulhoemapneiaopraticante mantémoar em seuspulmõesdurante a imersãosemouso de equipamentos,ocorrendoasuspensãovoluntáriadarespiração. Considerandoumpraticante dessetipode mergulho,comumacapacidade pulmonarde 4,5L e inicialmente aonível domar,e que durante o mergulhoatemperaturapermanece constante, é corretofirmarque: A) O componente maisabundante damisturaconfinadanospulmõesdomergulhadorquando este retornado mergulhoé ogás oxigênio. B) Em uma profundidadede 10m a misturagasosadentrodos pulmõesé menosdensadoque ao nível do mar. C) Aumentando-seaprofundidade,apressãoexercidasobre oar dentrodos pulmõesaumenta e,consequentemente,ovolumeocupadopelogásaumentanamesmaproporção. D) Aochegar a 30m de profundidade,onde apressãoé de 4 atm, o volume de ar dentrodos seuspulmõesocupa25% do volume ocupadoaonível domar. E) O volume de ar dentrodospulmõesdomergulhadornãodepende daprofundidadeemque ele esteja.
  • 2. 02. O Planode Negóciose Gestão2014-2018 da PETROBRAS prevê investimentosde US$220,6 bilhões(US$206,8 bilhõesparaprojetosemimplantaçãoe emprocessode licitação).Desse total,a área de Exploraçãoe ProduçãoreceberáUS$ 153,9 bilhões,principalmente para desenvolveraproduçãono pré-sal e no pós-sal.A áreade Abastecimentoé outrodestaque, com investimentosde US$ 38,7 bilhõesparaa ampliaçãodoparque de refino,melhorias operacionais,entre outros. A respeitodopetróleo,é corretoafirmarque: A) É uma misturamuitocomplexaque pode serseparadaemseusconstituintesporprocessos mecânicos,comopor exemplo, adestilaçãofracionada. B) A queimacompletadosseusderivadosé umprocessode naturezafísicaque ocorre com liberaçãode energiae semcontribuirparaa poluiçãodoar atmosférico. C) É constituído basicamente porsubstânciasque apresentam, entre asmoléculas,noestado sólidooulíquido,interaçõesconhecidascomo dipoloinstantâneo-dipoloinduzido. D) É formadobasicamente porcompostosiônicos,oque explicaasua baixasolubilidade em água e tambéma suabaixadensidade. E) Uma amostra de meiolitro apresentamassade 0,425g, admitindoparao petróleo uma densidade médiade 0,85g/mL. 03. O usode substânciasquímicasparatratamentodo câncer surgiude um fatocurioso. Durante as duas grandesGuerrasMundiais,observou-se que ogásmostarda;usadocomo arma química; eracapaz de levarà reduçãodosglóbulosbrancossanguíneosdosexpostosa ele.Então,surgiua idéiaque estasubstânciapudessesercapazde inibirocrescimentodas célulascancerígenas.A substânciapassouaser usadana década de 1940 empacientescom Linfoma(câncerdo sistemalinfático) e mostrouefeitossurpreendentes.Namesmadécada, SidneyFarberobservouque oÁcidoFólico(umatipode vitamina) eracapaz de estimularo crescimentode célulasdaLeucemia(câncerdosglóbulosbrancosdosangue).Então,passou-se a desenvolversubstânciassimilaresaoÁcidoFólico,mascoma capacidade contrária,a de inibirocrescimentodaLeucemia.Estassubstânciaseramdirecionadasaatrapalharas viasdo metabolismodascélulascancerígenase consequentemente matá-las.Desdeentão,surge a prática da quimioterapiacontraocâncer.
  • 3. Tendocomo base as fórmulasdassubstânciascitadas,verifica-secorretamente que: A) O gás mostarda difunde-semaisrapidamente que ogás cloro, Cl2,que tambémfoi utilizado como arma química,admitindomesmascondiçõesde temperatura. B) Na moléculadoácidofólicosóexistemátomosde carbonoque apresentam, entre assuas ligaçõescovalentes,ângulosiguaisa109°28’ e 180°. C) A fórmulamoleculardogás mostardaé C4SCl2. D) A cadeiacarbônicado gás mostarda pode serclassificadacomonormal, heterogêneae alicíclica. E) Na moléculadoácidofólicoestãopresentesgruposque caracterizamasclassesfuncionais dos ácidoscarboxílicos,dasaminase das amidas. 04. O monóxidode carbonoé um gás incolor,inodoro,de densidade,aumatemperaturaT e pressãoP, igual a 0,09g/L e dotadode grande poderde difusibilidade.Resultadacombustão incompletadocarvãoou de materiaisricosemcarbono,produzindo-sesobmúltiplas circunstâncias. Uma concentraçãode monóxidode carbononoambiente de cercade 10ppm(v/v) pode determinarefeitostóxicosapósumahorade exposiçãoe aconcentraçãode 40ppm(v/v),ouseja,40mL de COem cada metrocúbico de ar, pode serfatal neste mesmo intervalode tempo. Com relaçãoao monóxidode carbonoe seusefeitosnoorganismohumano,e admitindoa constante de Avogadroigual a 6x1023 e massasmolares,emg/mol,C(12) e O(16), e que a pressãoP e a temperaturaTpermanecemconstantes, pode-se afirmarque: A) Em um ambiente de 20m3 ,a quantidade mínimade monóxidoparaprovocara morte em uma hora de exposiçãoé de 72mg. B) A inalaçãode monóxidode carbono nasgrandesáreasurbanas independe dovolumede tráfego. C) O monóxidode carbonopode serconsideradocomoantimetabólitodo oxigêniodevidoao fatode seruma substânciaincapazde se ligarà hemoglobinadosangue. D) Uma amostra de 14mg de monóxidode carbonoé constituídapor 3x1023 moléculas. E) Em uma moléculade monóxidode carbonooátomo de oxigênioadquire eletrosferade gás nobre por transferênciade elétrons.
  • 4. 05. Considere oesquemade umaestaçãode tratamentode água as seguir: 01- Represa02- Captação e Bombeamento 03- Pré cloração 04- Floculação05- Decantação 06- Filtração 07- Cloraçãoe Fluoretação08- Reservatório 09- Distribuição 10- Redesde distribuição 11- Cidade Analisando afiguraverifica-se que até ficaradequadaparao consumoa água percorre um longocaminho.De acordo com o esquemaapresentado,é corretoafirmarque A) Ao fimde todasas etapasa água estaráquimicamente pura,oque a torna adequadaparao consumoda população. B) Em 05 há um processode análise imediataemque partículasmenosdensassãodepositadas no fundodorecipiente. C) A etapa 06 é realizadacomo objetivode eliminarosmicro-organismosnocivos. D) A etapa07 é realizadacomo objetivoexclusivode retirarsubstâncias que estãodando cheiroa água. E) Em 08 a água é uma soluçãoisentade micro-organismosnocivos.
  • 5. 06. Algumasusinasutilizamoprocessoaseguirpara gerar eletricidade,porémeste tipode usinapossui elevadosriscos,masemcontrapartidatambémtrazbenefícios. Sobre o funcionamentodesse tipode usinageradorade eletricidade e oprocesso esquematizadoacima, pode-se afirmarcorretamente que: A) O processomostraa modificaçãodacomposiçãodaeletrosfera atômicade umelemento gerandoíons estáveisdesseelemento. B) O processomostraa uniãode núcleosatômicospequenos gerandonúcleosatômicos maiores,liberandoassimumagrande quantidade de energia devidoaobombardeamentodo núcleo“pai”com nêutrons. C) Tal como nas centraisque usamcombustíveisfosseis, aenergialiberadanoprocessoé usada para produzirvaporde água a elevadapressão,que porsuaveziráfazerfuncionaruma turbina,conseguindoassimgerarenergiaelétrica. D) A usinaque utilizaesse processopode afetaropotencial pesqueirode umaregiãopois lança na água dorio ou do lagomaterial radioativo. E) A geraçãode eletricidade poresse tipode usinalançanaatmosferagasesque podem intensificaroefeitoestufae aumentaraacidezda água da chuva. 07. Aoatingira corrente sanguínea umasubstânciairáse distribuirpeloorganismoe durante estaetapa ele atingiráoseulocal de ação, logo,percebe-seque avelocidadecomque a substânciaatinge oseulocal de ação dependerádaabsorçãoe da distribuição.Pode-se definir, resumidamente,aabsorçãocomosendoa passagemdofármaco do local onde foi administradoparaa corrente sanguínea,porsua vez,a distribuiçãoseriacaracterizadapelo transporte reversível do compostoparaoutros sítiosdo organismo.Emambosos casos há a necessidadede transporamembranaplasmática. A distribuiçãodoscompostosé influenciada por diversosfatores,dentre eles:
  • 6. Afinidade por lipídios– a afinidade porlipídios confere àfacilidade ematravessarbarreiras biológicas(substânciaslipossolúveis). Afinidade pelaágua – a afinidade do compostopelaágua(hidrossolúvel) temefeitoinverso dos lipossolúveis:dificultaatravessiade barreiras(membranas) biológicase facilitaaexcreção. Com base nas informaçõesacimae nas estruturasda morfinae da heroína,verifica-seque: A) A morfinapossui maiorafinidadeporlipídios que aheroína. B) A heroínafaz com moléculasde águaum maiornúmerode ligaçõesde hidrogênioque a morfina. C) A morfinaé capaz de gerar umasoluçãoaquosa com pH maiordo que 7 pelofatode possuir na moléculaogrupo –OH. D) A heroínaatravessabarreirasbiológicascommaisfacilidade que amorfina. E) O heteroátomoligadoaoradical metil, -CH3,namoléculadaheroínaé incapazde fazeruma ligaçãocoordenada. 08. O velhosonhodosalquimistas,atransmutação,pode serrealizado atravésde processosde decaimentoradiativoouporreaçõesnucleares. Essesprocessosmodificamonúcleoatômico, e porisso,geramelementosquímicosdiferentesdosiniciais. Com base nastransformaçõesa seguir é corretoafirmarque: A) Um únicoátomode 198 Ptapresentamassaigual a198g. B) A transformaçãodaplatinaemouro ocorre por emissãode umelétronque sai da camada de valênciadoátomo de menornúmeroatômico. C) Natransformaçãodo 198 Ptem199 Ptverifica-se alteraçãonaquantidade de cargaspositivas presentesnonúcleo doisótopo 198 Pt. D) O núcleode ouroque se forma quandoa platinasofre transmutação apresentaaotodo199 partículas,sendoque,dentre elas, 120 não possuemcarga. E) A radiaçãoemitidapor199 Pté constituídaporondaseletromagnéticas que se propagamcom a velocidade daluz.
  • 7. 09. A fabricaçãoda cal e o seuempregosãoconhecidospelo homemhámaisde 2.000 anos. Suas primeirasaplicaçõesconstamde construçõesde cais,de pavimentose edificações.Na AméricaColonial,asimplescalcinaçãodocalcáriofoi umdos processosprimitivosde fabricaçãoadotada peloscolonizadores. (...) Noprocessode fabricaçãodocimento,o carbonato de cálcioemsuspensãonaágua, dissolve-sepelapassagemde umacorrente de gás carbônico,emvirtude de formaçãode bicarbonatode cálciosolúvel: E reage com ácidos com formaçãode saisde cálciocorrespondentese desprendimentode gás carbônico: Adotandopara oselementosseguintesasmassasmolares,emg/mol,Ca(40),C(12),O(16), H(1),Cl(35,5),volume molarde umgásnas CNTPigual a 22,4L e a constante de Avogadroigual a 6x1023 , assinale aalternativacorreta: A) Devidoà naturezadasligaçõesquímicas,a temperaturanormal de fusãodo CaCl2 é menor do que a temperaturanormal de fusãodoHCl. B) 200g de CaCO3 reagemcompletamente com 1,2x1024 moléculasde CO2 paraformar 162g de bicarbonatode cálcio. C) Naformação de um mol bicarbonatode cálcio,6x1024 moléculasde águareagemcom 44g de CO2. D) 26.880L de gás carbônico,nas CNTP,serãoproduzidosapartir de 146Kg de HCl,admitindo para a reaçãoum rendimentode 60%. E) Asmoléculasde CO2 apresentamgeometrialineare entre asligaçõesângulosiguaisa120°.
  • 8. 10. A seguirtemosuma“piada”divulgadanainternetcomparandodoissuperheróis;oSuper Homem,o Homemde Aço, com o IronMan, o Homemde Ferro. (http://piadasnerds.etc.br/quimica-31/) Com base na Classificaçãoperiódicadoselementose nosconhecimentossobre aclassificação da matéria,é correto afirmar: A) A temperaturapermanece constante duranteafusãoe a ebuliçãodoaço poistrata-se de um exemplode matériaconstituídoporátomosde umsó tipo. B) Dentre osconstituintesmaisimportantesdoaço,oferroforma cátionsmaisfacilmente pois apresentaumamaiorenergiade ionizaçãoque ocarbono. C) O carbonoé um elementorepresentativoque emumaligaçãoquímica,apresenta maior capacidade de atrair elétronsque oferro. D) O tamanhodo íons Fe3+ é maiordo que o tamanhodos íons Fe2+ . E) Ferroe carbonosão elementosde transiçãoque podemfazerligaçõesiônicase ligações covalentes. Não Esqueça:NOMECOMPLETO, IDENTIDADEELOCAL ONDEESTUDA (colégioou cursinho) Envie o gabarito para: fabioprojetogaleao@hotmail.com