SlideShare uma empresa Scribd logo
REVISÃO ESTADUAIS
PROF FÁBIO OISIOVICI
01. A utilização do isótopo 92U235, na obtenção de energia,voltou a ser
tema de discussão, após a detecção deelevados níveis de radiação
provocados pelo vazamentode radionuclídeos53I131 e 55Cs137, produtos da
fissãonuclear do urânio 235, na usina nuclear de Fukushima,no Japão,
atingida por um terremoto e por uma tsunami.Considerando-se essas
informações, as propriedadese a posição desses elementos químicos na
Tabela Periódica, é correto afirmar:
a) O radionuclídeo urânio 235 tem o dobro de nêutronsdo isótopo iodo
131.
b ) O raio covalente doradionuclídeo iodo 131 é maior do que o do isótopo
urânio 235.
c) O núcleo do urânio 235 tem menor número de partículas do que a soma
das partículas nucleares dos radionuclídeos césio 137 e iodo 131.
d) As configurações eletrônicas dos radionuclídeos iodo 131 e césio 137
são representadas, respectivamente, por [Kr] 5s2 5p5 e [Kr] 6s2.
e) A energia necessária para retirar os elétrons da camada de valência do
radionuclídeo urânio 235 está relacionada à sua utilização como
combustível nuclear.
02.
A afinidade eletrônica e a energia de ionização são propriedades
periódicas dos elementos químicos relacionadas com a energia envolvida,
na adição e na retirada de elétrons de átomos gasosos, isolados e no
estado fundamental. Os gráficos representam a variação dos valores de
afinidade eletrônica e de energia de ionização com o número atômico. De
acordo com a análise dessas informações e desses gráficos é correto
afirmar:
a) O átomo gasoso de rubídio perde mais facilmente um
elétron do que o átomo de xenônio.
b) O número de níveis eletrônicos influencia diretamente
no valor da afinidade eletrônica em um mesmo período.
c) A adição de elétron à maioria dos átomos de elementos
químicos está associada à absorção de energia.
d) A primeira energia de ionização no terceiro período
decresce com o aumento do número atômico para
todos os elementos químicos.
e) O valor da afinidade eletrônica e o da energia de ionização
são diretamente proporcionais aos números atômicos dos elementos
químicos.
03.
As propriedades físicas intensivas das substâncias independem da massa
da amostra analisada e servem para identificá-las. Porém, em muitos
casos, é preciso determinar mais de uma propriedade para se ter certeza
na identificação de espécies químicas. Considerando-se essas
informações, os dados apresentados na tabela e os conhecimentos sobre
interações intermoleculares, é correto concluir.
a) As moléculas da trimetilamina apresentam o mesmo tipo de interação
intermolecular que as moléculas do butano.
b) O maior valor numérico do ponto de ebulição é justificado pela
presença de ligações de hidrogênio entre as moléculas da propilamina.
c) O tamanho da molécula e a massa molar de cada um desses compostos
interferem diretamente no valor numérico do ponto de ebulição.
d) O tipo de ligação química existente entre os átomos que formam as
substâncias químicas é um fator decisivo para o valor numérico do ponto
ebulição.
e) A diferença nos valores numéricos do ponto de ebulição se deve ao fato
de que as substâncias orgânicas apresentadas pertencem a diferentes
classes funcionais.
04.
O saquinavir é um antiviral indicado no tratamento do vírus da imunodefi
ciência adquirida, HIV. Estudos in vitrodemonstraram que esse
medicamento é eficaz tanto em infecções agudas quanto crônicas e
apresenta uma maior ação antiviral em combinação com outros
medicamentos. Porém, deve ser utilizado com precaução e
acompanhamento médico devido aos efeitos colaterais que causa.
Considerando-se essas informações e a estrutura química desse
medicamento, é correto afirmar:
a) A cadeia carbônica ligada ao anel é heterogênea e insaturada.
b) A fórmula molecular que representa o saquinavir é C9H13O2N5.
c) O antiviral, em meio aquoso, comporta-se como uma base forte.
d) A interação entre as moléculas do medicamento é apenas do tipo
dipolo induzido-dipolo instantâneo.
e) Os grupos funcionais da classe das amidas e dos álcoois estão presentes
na estrutura do saquinavir.
05.

O petróleo é um produto da decomposição lenta e anaeróbica
sob ação de micro-organismos, na presença de calor e de pressão, de
matéria orgânica, soterrada há, pelo menos, 10 milhões de anos. Além de
combustíveis, a destilação do petróleo fornece, à nafta, matéria-prima
para indústria petroquímica. Um dos produtos obtidos a partir da nafta é
o etileno, usado na fabricação do polietileno, polímero de alta resistência
à umidade e à ação de substâncias químicas. Considerando-se essas
informações e a equação química resumida de formação do polietileno, é
correto afirmar:
a) O polietileno é obtido da hidrogenação catalítica do etileno.
b) A estrutura do átomo de carbono no etileno é trigonal plana.
c) O polímero formado é um hidrocarboneto alifático de cadeia
insaturada.
d) A utilização do polietileno na fabricação de embalagens de
medicamentos é desaconselhada.
e) O petróleo é uma fonte inesgotável de materiais porque
é obtido a partir da decomposição de matéria orgânica
06.
A absorção de compostos nitrogenados pelas plantas é essencial ao seu
desenvolvimento, já que o nitrogênio está presente em compostos, como
aminoácidos e proteínas. Em geral, a planta utiliza-se de íons nitratos,
NO3-(aq) presentes no solo e obtido em uma das etapas do ciclo do
nitrogênio, pela ação de bactérias nitrificantes. Essas bactérias captam o
nitrogênio como N2(g) diretamente da atmosfera e, quando morrem,
liberam no solo a amônia, NH3(aq), que é transformada em íons nitrito,
NO2-(aq) e, posteriormente, em íons nitrato, NO3-(aq) Considerando-se as
informações do texto, é correto afirmar:
a) A transformação de íons nitrito em íons nitrato deve ser realizada na
ausência de oxigênio.
b) A absorção do N2(g) e sua transformação em NH3(aq), pelas bactérias, é
uma das etapas do ciclo do nitrogênio.
c) A produção de íons nitrito a partir da amônia envolve, inicialmente, a
diminuição do número de oxidação do átomo de nitrogênio.
d) Os aminoácidos são compostos orgânicos que apresentam ligações
peptídicas e o grupo funcional característico dos ésteres.
e) Os ácidos carboxílicos de cadeia longa reagem com as aminas alifáticas
e formam as proteínas utilizadas na constituição dos seres vivos.
07.
Considerando-se os modelos utilizados para explicar a estrutura química
das substâncias, é correto afirmar:
a) O íon nitrato, NO3- apresenta três ligações covalentes simples na sua
estrutura.
b) A molécula da amônia, NH3, é tetraédrica com o nitrogênio como
elemento central.
c) O gás nitrogênio, N2, é uma substância simples que apresenta uma
ligação sigma e uma ligação pi.
d) O íon nitrito, NO2-, é representado por uma estrutura angular com um
par de elétrons não ligantes sobre o átomo central.
questões 08 e 09
A indústria química produz mais de 70 mil diferentes produtos, de
plásticos e fertilizantes a detergentes e medicamentos. Essa indústria
mudou drasticamente e melhora a vida das pessoas. É impossível pensar
em civilização moderna sem essa industrialização.
Depois de uma história de sucesso de um século, a indústria química,
automatizada, foi a causa de um crescentenúmero de problemas
ecológicos. Ela consome uma enormidade de recursos e de energia,
muitos solventes e catalisadores tóxicos. A eliminação de resíduos é
complicada porque esse processo, além de caro, produz substâncias
tóxicas e cancerígenas, que contaminam o ar e a água. O descarte de
resíduos sem cuidados foi por um longo tempo tolerado, porém, nos anos
1980 e 1990, as empresas do setor químico foram obrigadas a seguir
exigências ambientais cada vez mais rigorosas. Em 1990, a Agência
Proteção Ambiental dos Estados Unidos, EPA, conseguiu aprovar a Lei de
Prevenção à Poluição, a qual determina que os processos de manufatura e
produtos precisam se tornar sustentáveis e a poluição evitada. Começava
a surgir então a “química verde”, cujo primeiro princípio diz que “é melhor
prevenir resíduos do que tratar ou limpá-los após serem criados”. Além
disso, alternativas inofensivas devem ser encontradas para produtos
químicos tóxicos e solventes. Outros objetivos da química verde são
reduzir o consumo de energia, melhorar a eficiência de processos de
produção e optar por recursos renováveis. Afinal, a indústria química
depende do petróleo – consome 10% da produção mundial para fazer
entre 80% e 90% de seus produtos. (LUBBADEH, 2011, p. 75 a 77).
08.
Sobre os compostos obtidos pela indústria química, é correto afirmar:
a) A matéria-prima utilizada na petroquímica é originária de recurso
natural renovável.
b) Os processos químicos industriais não produzem resíduos e, por isso,
não poluem o ambiente.
c) As substâncias produzidas pela indústria química são sempre
prejudiciais à saúde do ser humano.
d) O consumo de energia para a purificação de minérios e para produção
de ácido sulfúrico é baixo, se comparado a outras atividades comerciais.
e) A síntese da amônia realizada pela indústria química permite a
produção de adubos químicos nitrogenados, importante suprimento de
macronutriente essencial às plantas.
09.
Dentre os objetivos da “química verde”, é correto destacar
a) o uso de solventes, como o benzeno e o querosene, que são
biodegradáveis.
b) o aproveitamento de subprodutos que seriam descartados como
efluentes nos rios e mares.
c) a extração e a purificação de minérios e de petróleo como matériaprima na produção de novos materiais.
d) a fabricação de agrotóxicos organoclorados, que são produtos químicos
inócuos para o ser humano e o ambiente.
e) a utilização de combustíveis que não liberam gases de efeito estufa
durante a combustão, como o etanol e o carvão vegetal
10.
O tecnécio não ocorre na natureza, foi o primeiro elemento
químico obtido artificialmente, e todos os seus isótopos são radioativos.
O 99Tc é um dos produtos da fissão nuclear do urânio.
A partir dessas informações e com base nos conhecimentos de estrutura
atômica e das propriedades periódicas dos elementos químicos, é correto
afirmar:
a) O 99Tc tem configuração eletrônica diferente do 98Tc.
b) O tecnécio tem o maior raio covalente do quinto período da Tabela
Periódica.
c) A configuração dos elétrons mais externos do tecnécioé representada
por 5s2.
d) O tecnécio tem a maior densidade e o maior ponto de fusão de seu
grupo periódico.
e) A configuração eletrônica do tecnécio, em ordem crescente de energia,
é representada por [Kr]4d55s2.
11.
A forma como os átomos se unem influencia as propriedades de metais de
espécies iônicas, de moléculas, de agregados iônicos e moleculares, o que
põe em evidência a relação entre propriedades físicas e químicas de
substâncias com as ligações químicas e a natureza de interações
interpartículas. Considerando-se essas informações sobre a relação
entre as propriedades físicas e químicas com as ligações químicas, é
correto afirmar:
a) As substâncias simples alotrópicas, como o enxofre rômbico, S8, e o
fósforo branco, P4, possuem átomos unidos por ligações covalentes e
interações intermoleculares de natureza dipolo instantâneo-dipolo
induzido.
b) As substâncias químicas que possuem retículos cristalinoscovalentes,
como o diamante e o dióxido de silício, são classificadas como
moleculares.
c) Os retículos cristalinos iônicos, a exemplo dos que existem no Al2O3 e no
LiCl, evidenciam a natureza polar dessas substâncias.
d) O quartzo, (SiO2)n, e agrafi te, Cn, possuem ponto de ebulição e de
fusão muito baixos em relação aos do CaCO3(s) e do NaCl(s).
e) Os metais são sólidos que possuem retículos cristalinos nos quais os
átomos se encontram unidos por ligações iônicas.
12.A chuva ácida não é mais um problema pontual dasáreas urbanas, os
seus impactos se estendem até as áreas virgens das montanhas
Adirondack e Apalaches. Também se tornou um grande problema na
Escandinávia,no norte da Europa, e na Serra do Mar, no Brasil. Embora a
construção de chaminés altas nas usinas que utilizam carvão mineral,
como as termoelétricas, tenha reduzido a poluição atmosférica local, o
problema foi agravado porque os óxidos de nitrogênio e de enxofre,
NO2(g) eSO2(g), provenientes da queima de combustíveis fósseis,
perduram por mais tempo nas camadas de nuvens e formam maior
quantidade de ácidos. Considerando-se a problemática causada pelo
fenômeno da chuva ácida, é correto afirmar:
a) A chuva ácida causa menor impacto a lagos e a riachos de águas
alcalinas e a solos ácidos.
b) Os peixes e os micro-organismos de lagos e de rios não são afetados
pelo aumento de pH causado pela chuva ácida.
c) A remoção de compostos de enxofre dos combustíveis e de suas
emissões diminui os impactos causados pela chuva ácida.
d) O dióxido de nitrogênio, NO2(g), mantém inalterado o pH do vapor de
água das nuvens, o que provoca maior impacto da chuva ácida sobre as
florestas e as montanhas de todo o Planeta.
e) O dióxido de enxofre, ao interagir com vapor de água das nuvens, é
transformado no íon SO42-(aq), base conjugada do ácido H2SO3(aq),
responsável pelos efeitos danosos da chuva ácida.

13.
A tecnologia de “concreto de PVC” é uma forma de construção que utiliza
placas leves e modulares de policloretode vinil, de simples encaixe,
preenchidas com concreto e aço. A estrutura tem alta resistência e
garantia de trinta anos sem descolorir. As vantagens apontadas pelos
fabricantes são a imunidade a cupins e a fungos, a facilidade de limpeza
com água e sabão e o isolamento acústico e térmico. A principal
desvantagem é o custo 20% mais caro que as construções convencionais.
Considerando-se as equações químicas I e II, as informações do texto, a
origem da matéria-prima usada na produção de PVC e as consequências
da utilização na construção civil, é correto afirmar:
a) As placas de PVC, um material poroso, dúctil e bom condutor de calor,
permitem a propagação sonora.
b) A combinação química entre o aço e o concreto dá origem à ferrugem,
que descora as placas de PVC.
c) A imunidade do PVC a cupins e a fungos, que resulta da resistência
mecânica desse material ao desgaste, constitui vantagem para o
ambiente.
d) O PVC produzido a partir de etileno proveniente de bioetanol não é
sustentável porque permanece no ambiente por muitos séculos sem ser
biodegradado.
e) O PVC é representado pela fórmula

.
14.
O material estrutural utilizado pelas abelhas na construção da colmeia e
dos favos de mel, rico em glicídios, é o palmitato de merecila,
representado pela fórmula estrutural, um dos principais constituintes da
cera de abelhas. A partir dessas informações, é correto afirmar:
a) O mel é um solvente natural da cera de abelhas.
b) O palmitato de merecila é um lipídio natural insaponificável.
c) A cadeia carbônica do álcool que deu origem ao palmitatode merecilaé
normal, saturada, homogênea e acíclica.
d) A estrutura da colmeia é resistente à ação da água porque o palmitato
de merecila é um sal orgânico insolúvel nesse líquido.
e) A hidrólise, em meio ácido, do palmitato de merecila, produz um álcool
primário com uma cadeia carbônica normal de dezesseis átomos de
carbono.
15.
A prática da medicina tem um aspecto bem sherlockiano: a arte do
diagnóstico. Munido de pistas relatadas pelo paciente e provas fornecidas
pelos exames físicos e de laboratório, o médico tem que desvendar o
enigma, resolver o caso e, em, última instância, salvar uma vida.
(SANDERS, 2010, p. 10-11).
As radiações emitidas por radioisótopos empregados com o propósito de
diagnóstico fornecem informações sobre disfunções e doenças, a exemplo
das apresentadas na tabela. Entretanto, é necessário que o paciente
receba orientação sobre procedimentos porque, para a realização de
exames, é preciso a ingestão ou a aplicação intravenosa de substâncias
que contenham esses radionuclídeos. Considerando as informações do
texto e da tabela e os conhecimentos sobre as propriedades periódicas
dos elementos químicos, é correto afirmar:
REVISÃO - QUÍMICA
a) O radioisótopo 99mTc43 emite radiação γ e se torna 99Tc43, átomo mais
estável.
b) A escolha adequada do radioisótopo está associada apenas ao tipo de
radiação emitida.
c) O raio iônico do cátion 24Na+ é maior do que o do ânion 32P3–, o que
permite a sua maior mobilidade no sistema circulatório.
d) O átomo de cromo 51 é isóbaro do átomo de sódio 24 e apresenta o
dobro do número de nêutrons do átomo desse elemento químico.
e) A energia de ionização do iodo 131 é menor do que a do tecnécio 99 m,
o que possibilita a formação da tiroxina, hormônio secretado pela tireoide.
Gaba 01.C 02.A 03.B 04.E 05.B 06.B 07.D 08.E 09.B 10.C 11.A 12.C 13.D
14.C 15.A

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

revisão enem radioatividade
revisão enem radioatividaderevisão enem radioatividade
revisão enem radioatividade
Fábio Oisiovici
 
revisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicosrevisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicos
Fábio Oisiovici
 
Simulado enem
Simulado enem Simulado enem
Simulado enem
Fábio Oisiovici
 
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARESREVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
Rodrigo Sampaio
 
Lista 2 recuperacao
Lista 2   recuperacaoLista 2   recuperacao
Lista 2 recuperacao
Rodrigo Sampaio
 
Eletrolise exercícios
Eletrolise exercíciosEletrolise exercícios
Eletrolise exercícios
Fábio Oisiovici
 
Simulado de química face
Simulado de química faceSimulado de química face
Simulado de química face
Fábio Oisiovici
 
Simulado qui02
Simulado qui02Simulado qui02
Simulado qui02
Fábio Oisiovici
 
1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 - Referente aulas 1 a 6
1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 -  Referente aulas 1 a 61º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 -  Referente aulas 1 a 6
1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 - Referente aulas 1 a 6
Maiquel Vieira
 
Simulado ENEM Química
Simulado ENEM QuímicaSimulado ENEM Química
Simulado ENEM Química
Fábio Oisiovici
 
Cálculos químicos share
Cálculos químicos shareCálculos químicos share
Cálculos químicos share
Fábio Oisiovici
 
mol, massa molar,etc
mol, massa molar,etcmol, massa molar,etc
mol, massa molar,etc
Fábio Oisiovici
 
cáculos com mol
cáculos com molcáculos com mol
cáculos com mol
Fábio Oisiovici
 
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boaEstequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Rodrigo Sampaio
 
Inor parte 2
Inor parte 2Inor parte 2
Inor parte 2
Fábio Oisiovici
 
Combustão
Combustão Combustão
Combustão
Fábio Oisiovici
 
Simulado01share
Simulado01shareSimulado01share
Simulado01share
Fábio Oisiovici
 
Bioquimica revisão
Bioquimica revisãoBioquimica revisão
Bioquimica revisão
Rodrigo Sampaio
 
Nox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido ReduçãoNox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido Redução
Fábio Oisiovici
 
alotropia
alotropiaalotropia
alotropia
Fábio Oisiovici
 

Mais procurados (20)

revisão enem radioatividade
revisão enem radioatividaderevisão enem radioatividade
revisão enem radioatividade
 
revisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicosrevisão enem cálculos químicos
revisão enem cálculos químicos
 
Simulado enem
Simulado enem Simulado enem
Simulado enem
 
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARESREVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
REVISÃO COC POLARIDADE E FORÇAS INTERMOLECULARES
 
Lista 2 recuperacao
Lista 2   recuperacaoLista 2   recuperacao
Lista 2 recuperacao
 
Eletrolise exercícios
Eletrolise exercíciosEletrolise exercícios
Eletrolise exercícios
 
Simulado de química face
Simulado de química faceSimulado de química face
Simulado de química face
 
Simulado qui02
Simulado qui02Simulado qui02
Simulado qui02
 
1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 - Referente aulas 1 a 6
1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 -  Referente aulas 1 a 61º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 -  Referente aulas 1 a 6
1º Simulado Revisão ENEM QUIMICA 2013 - Referente aulas 1 a 6
 
Simulado ENEM Química
Simulado ENEM QuímicaSimulado ENEM Química
Simulado ENEM Química
 
Cálculos químicos share
Cálculos químicos shareCálculos químicos share
Cálculos químicos share
 
mol, massa molar,etc
mol, massa molar,etcmol, massa molar,etc
mol, massa molar,etc
 
cáculos com mol
cáculos com molcáculos com mol
cáculos com mol
 
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boaEstequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
Estequiometria - casos simples Rodriguinho Química de boa
 
Inor parte 2
Inor parte 2Inor parte 2
Inor parte 2
 
Combustão
Combustão Combustão
Combustão
 
Simulado01share
Simulado01shareSimulado01share
Simulado01share
 
Bioquimica revisão
Bioquimica revisãoBioquimica revisão
Bioquimica revisão
 
Nox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido ReduçãoNox e Reações de Óxido Redução
Nox e Reações de Óxido Redução
 
alotropia
alotropiaalotropia
alotropia
 

Destaque

Classificação e Propriedades da Matéria
Classificação e Propriedades da MatériaClassificação e Propriedades da Matéria
Classificação e Propriedades da Matéria
Fábio Oisiovici
 
Listadeslocamento
ListadeslocamentoListadeslocamento
Listadeslocamento
Fábio Oisiovici
 
Soluções lista
Soluções lista Soluções lista
Soluções lista
Fábio Oisiovici
 
Bioquímica teoria
Bioquímica teoriaBioquímica teoria
Bioquímica teoria
Fábio Oisiovici
 
Capítulo01 combustãoenem2013share
Capítulo01 combustãoenem2013shareCapítulo01 combustãoenem2013share
Capítulo01 combustãoenem2013share
Fábio Oisiovici
 
Termoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermedTermoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermed
Fábio Oisiovici
 
concentração soluções
concentração soluçõesconcentração soluções
concentração soluções
Fábio Oisiovici
 
Oxidos
OxidosOxidos
Radio coc share
Radio coc shareRadio coc share
Radio coc share
Fábio Oisiovici
 
polímeros exercícios
polímeros exercíciospolímeros exercícios
polímeros exercícios
Fábio Oisiovici
 
Bioquímica questões
Bioquímica questõesBioquímica questões
Bioquímica questões
Fábio Oisiovici
 
Capítilo02 orgânica2013share
Capítilo02 orgânica2013shareCapítilo02 orgânica2013share
Capítilo02 orgânica2013share
Fábio Oisiovici
 
Quim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostosQuim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostos
Fábio Oisiovici
 
DISPERSÕES REVISÃO ENEM
DISPERSÕES REVISÃO ENEMDISPERSÕES REVISÃO ENEM
DISPERSÕES REVISÃO ENEM
Fábio Oisiovici
 
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEMEQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
Fábio Oisiovici
 
Gases exercícios
Gases exercíciosGases exercícios
Gases exercícios
Fábio Oisiovici
 
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEMELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
Fábio Oisiovici
 
dupla troca share
dupla troca sharedupla troca share
dupla troca share
Fábio Oisiovici
 
Gaba termo super med/exatas
Gaba termo super med/exatasGaba termo super med/exatas
Gaba termo super med/exatas
Fábio Oisiovici
 
cálculos análise
cálculos análisecálculos análise
cálculos análise
Fábio Oisiovici
 

Destaque (20)

Classificação e Propriedades da Matéria
Classificação e Propriedades da MatériaClassificação e Propriedades da Matéria
Classificação e Propriedades da Matéria
 
Listadeslocamento
ListadeslocamentoListadeslocamento
Listadeslocamento
 
Soluções lista
Soluções lista Soluções lista
Soluções lista
 
Bioquímica teoria
Bioquímica teoriaBioquímica teoria
Bioquímica teoria
 
Capítulo01 combustãoenem2013share
Capítulo01 combustãoenem2013shareCapítulo01 combustãoenem2013share
Capítulo01 combustãoenem2013share
 
Termoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermedTermoquimicaparte01 supermed
Termoquimicaparte01 supermed
 
concentração soluções
concentração soluçõesconcentração soluções
concentração soluções
 
Oxidos
OxidosOxidos
Oxidos
 
Radio coc share
Radio coc shareRadio coc share
Radio coc share
 
polímeros exercícios
polímeros exercíciospolímeros exercícios
polímeros exercícios
 
Bioquímica questões
Bioquímica questõesBioquímica questões
Bioquímica questões
 
Capítilo02 orgânica2013share
Capítilo02 orgânica2013shareCapítilo02 orgânica2013share
Capítilo02 orgânica2013share
 
Quim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostosQuim04 livro-propostos
Quim04 livro-propostos
 
DISPERSÕES REVISÃO ENEM
DISPERSÕES REVISÃO ENEMDISPERSÕES REVISÃO ENEM
DISPERSÕES REVISÃO ENEM
 
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEMEQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
EQUILÍBRIO REVISÃO ENEM
 
Gases exercícios
Gases exercíciosGases exercícios
Gases exercícios
 
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEMELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
ELETROQUIMICA REVISÃO ENEM
 
dupla troca share
dupla troca sharedupla troca share
dupla troca share
 
Gaba termo super med/exatas
Gaba termo super med/exatasGaba termo super med/exatas
Gaba termo super med/exatas
 
cálculos análise
cálculos análisecálculos análise
cálculos análise
 

Semelhante a Estaduais2014

LISTA DE QUESTÕES DO ENEM SOBRE POLIMEROS
LISTA DE QUESTÕES DO ENEM SOBRE POLIMEROSLISTA DE QUESTÕES DO ENEM SOBRE POLIMEROS
LISTA DE QUESTÕES DO ENEM SOBRE POLIMEROS
PauloLopes420972
 
Enem2009 ciencias da_natureza
Enem2009 ciencias da_naturezaEnem2009 ciencias da_natureza
Enem2009 ciencias da_natureza
quimicadacla
 
Simu enem inep 2009 cn e suas tecnologias
Simu enem   inep 2009 cn e suas tecnologiasSimu enem   inep 2009 cn e suas tecnologias
Simu enem inep 2009 cn e suas tecnologias
tioivys
 
Simulado Enem 2009 CiêNcias Da Natureza 30 07 09
Simulado Enem 2009 CiêNcias Da Natureza 30 07 09Simulado Enem 2009 CiêNcias Da Natureza 30 07 09
Simulado Enem 2009 CiêNcias Da Natureza 30 07 09
BIOLOGO TOTAL
 
Simuladoenem2009 Cienciasda Natureza
Simuladoenem2009 Cienciasda NaturezaSimuladoenem2009 Cienciasda Natureza
Simuladoenem2009 Cienciasda Natureza
Colégio Adventista de Planaltina CEAP
 
2009 simulado cienciasdanatureza
2009 simulado cienciasdanatureza2009 simulado cienciasdanatureza
2009 simulado cienciasdanatureza
newsevoce
 
Ciencias da natureza
Ciencias da naturezaCiencias da natureza
Ciencias da natureza
rafael
 
Simulado Enem química
Simulado Enem químicaSimulado Enem química
Simulado Enem química
Maiquel Vieira
 
Ciências - 9º ano
Ciências -  9º anoCiências -  9º ano
Ciências - 9º ano
Patrícia Costa Grigório
 
3º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova1
3º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova13º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova1
3º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova1
Eduardo Rocha
 
Prof. adão marcos ciclos biogeoquimicos
Prof. adão marcos ciclos biogeoquimicosProf. adão marcos ciclos biogeoquimicos
Prof. adão marcos ciclos biogeoquimicos
ADÃO Graciano
 
Química Jefferson
Química   JeffersonQuímica   Jefferson
Química Jefferson
Pré-Enem Seduc
 
Exercícios cinética química
Exercícios cinética químicaExercícios cinética química
Exercícios cinética química
fabioquimico
 
Nitrogênio amônia-etanol-biodiesel (salvo automaticamente)
Nitrogênio amônia-etanol-biodiesel (salvo automaticamente)Nitrogênio amônia-etanol-biodiesel (salvo automaticamente)
Nitrogênio amônia-etanol-biodiesel (salvo automaticamente)
Natan Pires
 
Lista 2 ano final nox
Lista 2 ano final noxLista 2 ano final nox
Lista 2 ano final nox
Renato Souza
 
Revisão prova 1 unidade 1 ano
Revisão prova 1 unidade 1 anoRevisão prova 1 unidade 1 ano
Revisão prova 1 unidade 1 ano
Rodrigo Sampaio
 
8ano energia
8ano energia8ano energia
8ano energia
Solange Ferreira
 
Biologia e quimica
Biologia e quimicaBiologia e quimica
Biologia e quimica
Guadalupe Plus
 
Turma avançada - Química Orgânica
Turma avançada - Química OrgânicaTurma avançada - Química Orgânica
Turma avançada - Química Orgânica
Karol Maia
 
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro anoRevisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
AlessandraRaiolDasNe
 

Semelhante a Estaduais2014 (20)

LISTA DE QUESTÕES DO ENEM SOBRE POLIMEROS
LISTA DE QUESTÕES DO ENEM SOBRE POLIMEROSLISTA DE QUESTÕES DO ENEM SOBRE POLIMEROS
LISTA DE QUESTÕES DO ENEM SOBRE POLIMEROS
 
Enem2009 ciencias da_natureza
Enem2009 ciencias da_naturezaEnem2009 ciencias da_natureza
Enem2009 ciencias da_natureza
 
Simu enem inep 2009 cn e suas tecnologias
Simu enem   inep 2009 cn e suas tecnologiasSimu enem   inep 2009 cn e suas tecnologias
Simu enem inep 2009 cn e suas tecnologias
 
Simulado Enem 2009 CiêNcias Da Natureza 30 07 09
Simulado Enem 2009 CiêNcias Da Natureza 30 07 09Simulado Enem 2009 CiêNcias Da Natureza 30 07 09
Simulado Enem 2009 CiêNcias Da Natureza 30 07 09
 
Simuladoenem2009 Cienciasda Natureza
Simuladoenem2009 Cienciasda NaturezaSimuladoenem2009 Cienciasda Natureza
Simuladoenem2009 Cienciasda Natureza
 
2009 simulado cienciasdanatureza
2009 simulado cienciasdanatureza2009 simulado cienciasdanatureza
2009 simulado cienciasdanatureza
 
Ciencias da natureza
Ciencias da naturezaCiencias da natureza
Ciencias da natureza
 
Simulado Enem química
Simulado Enem químicaSimulado Enem química
Simulado Enem química
 
Ciências - 9º ano
Ciências -  9º anoCiências -  9º ano
Ciências - 9º ano
 
3º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova1
3º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova13º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova1
3º simulado -_2012_estilo_enem_-_prova1
 
Prof. adão marcos ciclos biogeoquimicos
Prof. adão marcos ciclos biogeoquimicosProf. adão marcos ciclos biogeoquimicos
Prof. adão marcos ciclos biogeoquimicos
 
Química Jefferson
Química   JeffersonQuímica   Jefferson
Química Jefferson
 
Exercícios cinética química
Exercícios cinética químicaExercícios cinética química
Exercícios cinética química
 
Nitrogênio amônia-etanol-biodiesel (salvo automaticamente)
Nitrogênio amônia-etanol-biodiesel (salvo automaticamente)Nitrogênio amônia-etanol-biodiesel (salvo automaticamente)
Nitrogênio amônia-etanol-biodiesel (salvo automaticamente)
 
Lista 2 ano final nox
Lista 2 ano final noxLista 2 ano final nox
Lista 2 ano final nox
 
Revisão prova 1 unidade 1 ano
Revisão prova 1 unidade 1 anoRevisão prova 1 unidade 1 ano
Revisão prova 1 unidade 1 ano
 
8ano energia
8ano energia8ano energia
8ano energia
 
Biologia e quimica
Biologia e quimicaBiologia e quimica
Biologia e quimica
 
Turma avançada - Química Orgânica
Turma avançada - Química OrgânicaTurma avançada - Química Orgânica
Turma avançada - Química Orgânica
 
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro anoRevisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
Revisão ENEM ensino médio 2024 para o terceiro ano
 

Estaduais2014

  • 1. REVISÃO ESTADUAIS PROF FÁBIO OISIOVICI 01. A utilização do isótopo 92U235, na obtenção de energia,voltou a ser tema de discussão, após a detecção deelevados níveis de radiação provocados pelo vazamentode radionuclídeos53I131 e 55Cs137, produtos da fissãonuclear do urânio 235, na usina nuclear de Fukushima,no Japão, atingida por um terremoto e por uma tsunami.Considerando-se essas informações, as propriedadese a posição desses elementos químicos na Tabela Periódica, é correto afirmar: a) O radionuclídeo urânio 235 tem o dobro de nêutronsdo isótopo iodo 131. b ) O raio covalente doradionuclídeo iodo 131 é maior do que o do isótopo urânio 235. c) O núcleo do urânio 235 tem menor número de partículas do que a soma das partículas nucleares dos radionuclídeos césio 137 e iodo 131. d) As configurações eletrônicas dos radionuclídeos iodo 131 e césio 137 são representadas, respectivamente, por [Kr] 5s2 5p5 e [Kr] 6s2. e) A energia necessária para retirar os elétrons da camada de valência do radionuclídeo urânio 235 está relacionada à sua utilização como combustível nuclear. 02.
  • 2. A afinidade eletrônica e a energia de ionização são propriedades periódicas dos elementos químicos relacionadas com a energia envolvida, na adição e na retirada de elétrons de átomos gasosos, isolados e no estado fundamental. Os gráficos representam a variação dos valores de afinidade eletrônica e de energia de ionização com o número atômico. De acordo com a análise dessas informações e desses gráficos é correto afirmar: a) O átomo gasoso de rubídio perde mais facilmente um elétron do que o átomo de xenônio. b) O número de níveis eletrônicos influencia diretamente no valor da afinidade eletrônica em um mesmo período. c) A adição de elétron à maioria dos átomos de elementos químicos está associada à absorção de energia. d) A primeira energia de ionização no terceiro período decresce com o aumento do número atômico para todos os elementos químicos. e) O valor da afinidade eletrônica e o da energia de ionização são diretamente proporcionais aos números atômicos dos elementos químicos. 03.
  • 3. As propriedades físicas intensivas das substâncias independem da massa da amostra analisada e servem para identificá-las. Porém, em muitos casos, é preciso determinar mais de uma propriedade para se ter certeza na identificação de espécies químicas. Considerando-se essas informações, os dados apresentados na tabela e os conhecimentos sobre interações intermoleculares, é correto concluir. a) As moléculas da trimetilamina apresentam o mesmo tipo de interação intermolecular que as moléculas do butano. b) O maior valor numérico do ponto de ebulição é justificado pela presença de ligações de hidrogênio entre as moléculas da propilamina. c) O tamanho da molécula e a massa molar de cada um desses compostos interferem diretamente no valor numérico do ponto de ebulição. d) O tipo de ligação química existente entre os átomos que formam as substâncias químicas é um fator decisivo para o valor numérico do ponto ebulição. e) A diferença nos valores numéricos do ponto de ebulição se deve ao fato de que as substâncias orgânicas apresentadas pertencem a diferentes classes funcionais. 04.
  • 4. O saquinavir é um antiviral indicado no tratamento do vírus da imunodefi ciência adquirida, HIV. Estudos in vitrodemonstraram que esse medicamento é eficaz tanto em infecções agudas quanto crônicas e apresenta uma maior ação antiviral em combinação com outros medicamentos. Porém, deve ser utilizado com precaução e acompanhamento médico devido aos efeitos colaterais que causa. Considerando-se essas informações e a estrutura química desse medicamento, é correto afirmar: a) A cadeia carbônica ligada ao anel é heterogênea e insaturada. b) A fórmula molecular que representa o saquinavir é C9H13O2N5. c) O antiviral, em meio aquoso, comporta-se como uma base forte. d) A interação entre as moléculas do medicamento é apenas do tipo dipolo induzido-dipolo instantâneo. e) Os grupos funcionais da classe das amidas e dos álcoois estão presentes na estrutura do saquinavir. 05. O petróleo é um produto da decomposição lenta e anaeróbica sob ação de micro-organismos, na presença de calor e de pressão, de matéria orgânica, soterrada há, pelo menos, 10 milhões de anos. Além de combustíveis, a destilação do petróleo fornece, à nafta, matéria-prima para indústria petroquímica. Um dos produtos obtidos a partir da nafta é o etileno, usado na fabricação do polietileno, polímero de alta resistência à umidade e à ação de substâncias químicas. Considerando-se essas informações e a equação química resumida de formação do polietileno, é correto afirmar: a) O polietileno é obtido da hidrogenação catalítica do etileno. b) A estrutura do átomo de carbono no etileno é trigonal plana. c) O polímero formado é um hidrocarboneto alifático de cadeia insaturada. d) A utilização do polietileno na fabricação de embalagens de medicamentos é desaconselhada. e) O petróleo é uma fonte inesgotável de materiais porque é obtido a partir da decomposição de matéria orgânica 06.
  • 5. A absorção de compostos nitrogenados pelas plantas é essencial ao seu desenvolvimento, já que o nitrogênio está presente em compostos, como aminoácidos e proteínas. Em geral, a planta utiliza-se de íons nitratos, NO3-(aq) presentes no solo e obtido em uma das etapas do ciclo do nitrogênio, pela ação de bactérias nitrificantes. Essas bactérias captam o nitrogênio como N2(g) diretamente da atmosfera e, quando morrem, liberam no solo a amônia, NH3(aq), que é transformada em íons nitrito, NO2-(aq) e, posteriormente, em íons nitrato, NO3-(aq) Considerando-se as informações do texto, é correto afirmar: a) A transformação de íons nitrito em íons nitrato deve ser realizada na ausência de oxigênio. b) A absorção do N2(g) e sua transformação em NH3(aq), pelas bactérias, é uma das etapas do ciclo do nitrogênio. c) A produção de íons nitrito a partir da amônia envolve, inicialmente, a diminuição do número de oxidação do átomo de nitrogênio. d) Os aminoácidos são compostos orgânicos que apresentam ligações peptídicas e o grupo funcional característico dos ésteres. e) Os ácidos carboxílicos de cadeia longa reagem com as aminas alifáticas e formam as proteínas utilizadas na constituição dos seres vivos. 07. Considerando-se os modelos utilizados para explicar a estrutura química das substâncias, é correto afirmar: a) O íon nitrato, NO3- apresenta três ligações covalentes simples na sua estrutura. b) A molécula da amônia, NH3, é tetraédrica com o nitrogênio como elemento central. c) O gás nitrogênio, N2, é uma substância simples que apresenta uma ligação sigma e uma ligação pi. d) O íon nitrito, NO2-, é representado por uma estrutura angular com um par de elétrons não ligantes sobre o átomo central. questões 08 e 09 A indústria química produz mais de 70 mil diferentes produtos, de plásticos e fertilizantes a detergentes e medicamentos. Essa indústria mudou drasticamente e melhora a vida das pessoas. É impossível pensar em civilização moderna sem essa industrialização. Depois de uma história de sucesso de um século, a indústria química, automatizada, foi a causa de um crescentenúmero de problemas
  • 6. ecológicos. Ela consome uma enormidade de recursos e de energia, muitos solventes e catalisadores tóxicos. A eliminação de resíduos é complicada porque esse processo, além de caro, produz substâncias tóxicas e cancerígenas, que contaminam o ar e a água. O descarte de resíduos sem cuidados foi por um longo tempo tolerado, porém, nos anos 1980 e 1990, as empresas do setor químico foram obrigadas a seguir exigências ambientais cada vez mais rigorosas. Em 1990, a Agência Proteção Ambiental dos Estados Unidos, EPA, conseguiu aprovar a Lei de Prevenção à Poluição, a qual determina que os processos de manufatura e produtos precisam se tornar sustentáveis e a poluição evitada. Começava a surgir então a “química verde”, cujo primeiro princípio diz que “é melhor prevenir resíduos do que tratar ou limpá-los após serem criados”. Além disso, alternativas inofensivas devem ser encontradas para produtos químicos tóxicos e solventes. Outros objetivos da química verde são reduzir o consumo de energia, melhorar a eficiência de processos de produção e optar por recursos renováveis. Afinal, a indústria química depende do petróleo – consome 10% da produção mundial para fazer entre 80% e 90% de seus produtos. (LUBBADEH, 2011, p. 75 a 77). 08. Sobre os compostos obtidos pela indústria química, é correto afirmar: a) A matéria-prima utilizada na petroquímica é originária de recurso natural renovável. b) Os processos químicos industriais não produzem resíduos e, por isso, não poluem o ambiente. c) As substâncias produzidas pela indústria química são sempre prejudiciais à saúde do ser humano. d) O consumo de energia para a purificação de minérios e para produção de ácido sulfúrico é baixo, se comparado a outras atividades comerciais. e) A síntese da amônia realizada pela indústria química permite a produção de adubos químicos nitrogenados, importante suprimento de macronutriente essencial às plantas. 09. Dentre os objetivos da “química verde”, é correto destacar a) o uso de solventes, como o benzeno e o querosene, que são biodegradáveis.
  • 7. b) o aproveitamento de subprodutos que seriam descartados como efluentes nos rios e mares. c) a extração e a purificação de minérios e de petróleo como matériaprima na produção de novos materiais. d) a fabricação de agrotóxicos organoclorados, que são produtos químicos inócuos para o ser humano e o ambiente. e) a utilização de combustíveis que não liberam gases de efeito estufa durante a combustão, como o etanol e o carvão vegetal 10. O tecnécio não ocorre na natureza, foi o primeiro elemento químico obtido artificialmente, e todos os seus isótopos são radioativos. O 99Tc é um dos produtos da fissão nuclear do urânio. A partir dessas informações e com base nos conhecimentos de estrutura atômica e das propriedades periódicas dos elementos químicos, é correto afirmar: a) O 99Tc tem configuração eletrônica diferente do 98Tc. b) O tecnécio tem o maior raio covalente do quinto período da Tabela Periódica. c) A configuração dos elétrons mais externos do tecnécioé representada por 5s2. d) O tecnécio tem a maior densidade e o maior ponto de fusão de seu grupo periódico. e) A configuração eletrônica do tecnécio, em ordem crescente de energia, é representada por [Kr]4d55s2. 11. A forma como os átomos se unem influencia as propriedades de metais de espécies iônicas, de moléculas, de agregados iônicos e moleculares, o que põe em evidência a relação entre propriedades físicas e químicas de substâncias com as ligações químicas e a natureza de interações interpartículas. Considerando-se essas informações sobre a relação entre as propriedades físicas e químicas com as ligações químicas, é correto afirmar: a) As substâncias simples alotrópicas, como o enxofre rômbico, S8, e o fósforo branco, P4, possuem átomos unidos por ligações covalentes e interações intermoleculares de natureza dipolo instantâneo-dipolo induzido.
  • 8. b) As substâncias químicas que possuem retículos cristalinoscovalentes, como o diamante e o dióxido de silício, são classificadas como moleculares. c) Os retículos cristalinos iônicos, a exemplo dos que existem no Al2O3 e no LiCl, evidenciam a natureza polar dessas substâncias. d) O quartzo, (SiO2)n, e agrafi te, Cn, possuem ponto de ebulição e de fusão muito baixos em relação aos do CaCO3(s) e do NaCl(s). e) Os metais são sólidos que possuem retículos cristalinos nos quais os átomos se encontram unidos por ligações iônicas. 12.A chuva ácida não é mais um problema pontual dasáreas urbanas, os seus impactos se estendem até as áreas virgens das montanhas Adirondack e Apalaches. Também se tornou um grande problema na Escandinávia,no norte da Europa, e na Serra do Mar, no Brasil. Embora a construção de chaminés altas nas usinas que utilizam carvão mineral, como as termoelétricas, tenha reduzido a poluição atmosférica local, o problema foi agravado porque os óxidos de nitrogênio e de enxofre, NO2(g) eSO2(g), provenientes da queima de combustíveis fósseis, perduram por mais tempo nas camadas de nuvens e formam maior quantidade de ácidos. Considerando-se a problemática causada pelo fenômeno da chuva ácida, é correto afirmar: a) A chuva ácida causa menor impacto a lagos e a riachos de águas alcalinas e a solos ácidos. b) Os peixes e os micro-organismos de lagos e de rios não são afetados pelo aumento de pH causado pela chuva ácida. c) A remoção de compostos de enxofre dos combustíveis e de suas emissões diminui os impactos causados pela chuva ácida. d) O dióxido de nitrogênio, NO2(g), mantém inalterado o pH do vapor de água das nuvens, o que provoca maior impacto da chuva ácida sobre as florestas e as montanhas de todo o Planeta. e) O dióxido de enxofre, ao interagir com vapor de água das nuvens, é transformado no íon SO42-(aq), base conjugada do ácido H2SO3(aq), responsável pelos efeitos danosos da chuva ácida. 13.
  • 9. A tecnologia de “concreto de PVC” é uma forma de construção que utiliza placas leves e modulares de policloretode vinil, de simples encaixe, preenchidas com concreto e aço. A estrutura tem alta resistência e garantia de trinta anos sem descolorir. As vantagens apontadas pelos fabricantes são a imunidade a cupins e a fungos, a facilidade de limpeza com água e sabão e o isolamento acústico e térmico. A principal desvantagem é o custo 20% mais caro que as construções convencionais. Considerando-se as equações químicas I e II, as informações do texto, a origem da matéria-prima usada na produção de PVC e as consequências da utilização na construção civil, é correto afirmar: a) As placas de PVC, um material poroso, dúctil e bom condutor de calor, permitem a propagação sonora. b) A combinação química entre o aço e o concreto dá origem à ferrugem, que descora as placas de PVC. c) A imunidade do PVC a cupins e a fungos, que resulta da resistência mecânica desse material ao desgaste, constitui vantagem para o ambiente. d) O PVC produzido a partir de etileno proveniente de bioetanol não é sustentável porque permanece no ambiente por muitos séculos sem ser biodegradado. e) O PVC é representado pela fórmula . 14.
  • 10. O material estrutural utilizado pelas abelhas na construção da colmeia e dos favos de mel, rico em glicídios, é o palmitato de merecila, representado pela fórmula estrutural, um dos principais constituintes da cera de abelhas. A partir dessas informações, é correto afirmar: a) O mel é um solvente natural da cera de abelhas. b) O palmitato de merecila é um lipídio natural insaponificável. c) A cadeia carbônica do álcool que deu origem ao palmitatode merecilaé normal, saturada, homogênea e acíclica. d) A estrutura da colmeia é resistente à ação da água porque o palmitato de merecila é um sal orgânico insolúvel nesse líquido. e) A hidrólise, em meio ácido, do palmitato de merecila, produz um álcool primário com uma cadeia carbônica normal de dezesseis átomos de carbono. 15. A prática da medicina tem um aspecto bem sherlockiano: a arte do diagnóstico. Munido de pistas relatadas pelo paciente e provas fornecidas pelos exames físicos e de laboratório, o médico tem que desvendar o enigma, resolver o caso e, em, última instância, salvar uma vida. (SANDERS, 2010, p. 10-11).
  • 11. As radiações emitidas por radioisótopos empregados com o propósito de diagnóstico fornecem informações sobre disfunções e doenças, a exemplo das apresentadas na tabela. Entretanto, é necessário que o paciente receba orientação sobre procedimentos porque, para a realização de exames, é preciso a ingestão ou a aplicação intravenosa de substâncias que contenham esses radionuclídeos. Considerando as informações do texto e da tabela e os conhecimentos sobre as propriedades periódicas dos elementos químicos, é correto afirmar: REVISÃO - QUÍMICA a) O radioisótopo 99mTc43 emite radiação γ e se torna 99Tc43, átomo mais estável. b) A escolha adequada do radioisótopo está associada apenas ao tipo de radiação emitida. c) O raio iônico do cátion 24Na+ é maior do que o do ânion 32P3–, o que permite a sua maior mobilidade no sistema circulatório. d) O átomo de cromo 51 é isóbaro do átomo de sódio 24 e apresenta o dobro do número de nêutrons do átomo desse elemento químico. e) A energia de ionização do iodo 131 é menor do que a do tecnécio 99 m, o que possibilita a formação da tiroxina, hormônio secretado pela tireoide. Gaba 01.C 02.A 03.B 04.E 05.B 06.B 07.D 08.E 09.B 10.C 11.A 12.C 13.D 14.C 15.A