SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
“Pequenos poetas, grandes escritores!”
JUSTIFICATIVA:
Projeto Didático
O trabalho com poesias possibilita o contato do aluno com diferentes textos do gênero e seus
diferentes autores. A leitura ou declamação de poesias favorece o aflorar de emoções e
sentimentos, a reflexão sobre a própria vivência, a interpretação da realidade através de uma
óptica privilegiada e a solução de conflitos. As poesias oferecem momentos de grande emoção,
descontração, descoberta e prazer. Os textos rimados e declamados com a entonação própria
desse gênero textual soam como suave melodia que encanta o público infantil e possibilita a
utilização de diferentes estratégias de leitura o que gera grandes avanços na construção do
conhecimento.
Por que, trabalhar com projetos didáticos?
As atividades realizadas em sala passam a ter um maior significado para os alunos, pois todas
elas estão articuladas visando a um “produto final” , que é desejado e compartilhado por todo o
grupo
A perspectiva de alcancar um produto final gera uma maior motivação e interesse por parte dos
alunos.
Assim, em geral, o projeto resulta numa aprendizagem signiticativa (ou seja, prazerosa, que tem
significado para os aluno, que tem relação com sua vida, que lhe desafia, que traz, de fato, uma
ampliação de conhecimentos ...)
Promove o estabelecimento de estratégias de organização e distribuição de tarefas entre os
alunos, bem como de administração de espaço e tempo, em função das etapas previstas para o
desenvolvimento do projeto.
Estimula os alunos a fazer escolhas e comprometer-se com suas escolhas, assumindo
responsabilidades.
Possibilita a realização de um trabalho coletivo e interdisciplinar.
O que o aluno poderá aprender com este projeto?
Conhecer as características de um poema: organização textual, rimas, ritmo;
Desenvolver habilidades de leitura, interpretação, reflexão e expressão oral;
Produzir textos a partir de releitura de um poema;
Reconhecer a finalidade do texto;
Conhecer sobre os animais retratados nos poemas;
Desenvolver a atitude de colaboração.
O que trabalhar em cada disciplina?
Língua Portuguesa
-Promover a reflexão e problematização sobre a construção da escrita oportunizando e
incentivando tais produções.
-Conhecer, reconhecer e identificar diferentes estilos de textos.
-Promover a elaboração de hipóteses e registros.
-Experimentar e participar da elaboração de textos e listas.
- Participar das interações cotidianas em sala de aula: escutando com atenção e compreensão,
respondendo às questões propostas pelo professor e expondo opiniões nos debates com os
colegas e com o professor.
- Desenvolver a consciência fonológica.
Conteúdos
Linguagem oral e escrita
Interpretação do texto;
Texto lacunado;
Texto fatiado;
Escrita de palavras do texto;
Trabalho com rima;
Ortografia: regularidade e irregularidades ortográficas;
Escrita do texto de memória;
Caça palavras.
Bingo de palavras
Cruzadinhas
Ciências
Trabalhar as características dos animais e das plantas que são citados no poema Leilão de
Jardim.
Artes
Experimentar, selecionar e utilizar diversos suportes, materiais e técnicas artísticas a fim de
expressar e comunicar em artes visuais.
Matemática
Resolver situações problema envolvendo adição e subtração.
Desenvolvimento
SENSIBILIZAÇÃO E INTRODUÇÃO
Inicialmente prepare um cartaz com o poema “Leilão de jardim”, de Cecília Meireles:
Fazer a leitura em voz alta do poema para as crianças;
Conversa na rodinha:
Pergunte às crianças se elas sabem o que é um leilão. Se necessário peça aos alunos para
consultar o dicionário. Após as falas, reapresente o poema para a turma num cartaz bem bonito e
decorado; diga que ali está escrito algo sobre um leilão e que eles devem tentar ler. Leia o texto
para a sala passando o dedo embaixo das palavras para que eles possam acompanhar a leitura e
tentem identificar algumas delas. Explique que se trata de um poema e diga o nome da autora.
Você pode também apresentar como a poesia Leilão de Jardim de Cecília Meireles, através de
um vídeo animado que você encontra no sítio:
http://www.youtube.com/watch?v=f4z1b9ol3Og
Vídeo da TV Cultura, onde a poesia de Cecília Meireles, Leilão de Jardim é declamada pelos
personagens do programa Quintal da Cultura. Acesso 22/03/2014.
Perguntar às crianças se eles já ouviram o poema antes? Se gostaram? Se sabem quem o
escreveu? Se já ouviram falar de Cecília Meireles?
Faça a leitura em voz alta da biografia da autora e conversar com elas sobre quem foi Cecília
Meireles (Bibliografia), apresentar uma fotografia da escritora; e dizer a elas que por um período
estaremos trabalhando com o poema Leilão de Jardim.
Depois de conhecerem o texto e a biografia da autora questione se entenderam o que é um leilão,
o que a autora quer “vender” naquele jardim, o que é um jardim, onde podemos encontrar um,
etc. Em seguida peça para fecharem os olhos e se imaginarem em um lindo jardim... ele pode ser
em uma praça ou encantado, mas que eles deverão escolher algo desse lugar para ser leiloado.
Assim, fale para desenharem o que irão leiloar e cole ao redor do cartaz para exporem na escola,
com o título: No nosso leilão de jardim vamos leiloar...
Trabalhando com o poema lacunado
Trazer para a classe um cartaz com o título: poema lacunado: Leilão de Jardim (as lacunas
devem ser nos nomes dos elementos: bichos e flores, etc. (fazer os nomes desses elementos, em
papel cartolina colorido em tiras; fazer a leitura do poema com as crianças em voz alta apontando
as palavras e questionando quais as palavras que estão faltando e solicitando que as crianças
peguem a palavra sobre a mesa e a fixe no local da lacuna.
De posse do cartaz – ler coletivamente o mesmo, várias vezes – apontando as palavras no
cartaz, chamando à atenção para as rimas e jogando com as palavras
Linguagem oral
Questionar às crianças quanto:
- Qual é o título do poema?
- Quem é o seu autor ou autora?
- Sobre o que fala o mesmo?
- Se já visitaram um ou mais jardins?
- Quais jardins já visitaram? Tinha o que?
- Era igual ou diferente do jardim do poema? Em que?
- Na comunidade tem jardim? Como é o nome? Tem o que?
- Solicite que os alunos leiam novamente a poesia, para tanto os oriente a lerem da seguinte
forma: meninos leiam a primeira estrofe, meninas a segunda, todos juntos a terceira. Observe a
entonação da voz dos alunos durante a leitura.
Questione-os sobre o que eles perceberam no poema:
Como ele está escrito?
Suas frases vão até o final da linha?
Como são chamadas as partes que compõem um poema?
Qual o nome das palavras que terminam com o mesmo som?
O que havia no jardim retratado na poema?
Trabalhando com lista
Declamação coletiva do poema com as crianças apontando as palavras;
Questionar com as crianças: quais elementos estão sendo leiloados juntamente com o jardim? E
na medida em que elas forem citando ir listando os nomes na lousa;
FLORES
BORBOLETAS
LAVADEIRAS
PASSARINHOS
OVOS
NINHOS
CARACOL
SOL
LAGARTO
ESTÁTUA
FORMIGUEIRO
SAPO
CIGARRA
GRILINHO
Escrever a lista numa cartolina e afixá-la na classe. Fazer a reflexão sobre escrita das palavras
da lista.
Consciência Fonológica
Jogando com as palavras do poema
Leitura coletiva do poema completo com as crianças.Criar outras rimas com as palavras do
poema:
JARDIM RIMA COM ...Por exemplo: CAPIM;
FLORES rima com…
BORBOLETAS rim com…
LAVADEIRAS rima com …
PASSARINHOS rima com…
OVOS rima com…
CARACOL rima com….
LAGARTO rima com…
ESTÁTUA rima com…
FORMIGUEIRO rima com…
SAPO rima com…
CIGARRA rima com…
GRILINHO rima com….
Confeccionar um bingo com as palavras do poema e brincar com as crianças.
Montando as palavras do poema
Leitura coletiva do poema completo;
Confeccionar cartelas 5 ou 6 (com as palavras do poemas em letras garrafais);
Dividir a turma em grupos, entregar as letras móveis às crianças e colicitar que os grupos
montem as palavras das cartelas usando as letras móveis;
Sair de grupo em grupo e pedir para que cada criança leia uma ou duas das palavras montadas
por elas.
Outras práticas de leituras e escrita
Faça atividades que envolvam tentativas de leitura e escrita, como por exemplo: retome o cartaz
com o poema “Leilão de Jardim” e entregue folhas em que ele esteja escrito; peça aos alunos que
procurem determinadas palavras no texto, circulando-as e que tentem escrever o nome dos
animais do poema.
Produção escrita
Produzindo um texto poético a partir da (re) leitura da poesia
- Educadora, o objetivo dessa atividade é que os alunos (re)leiam o poema e construam em grupo
(coletivamente) um novo poema, tendo como ponto de partida o tema Leilão, que foi abordado no
poema trabalhada na sala.
- Peça às crianças que imaginem um leilão e criem um poema (com a sua ajuda, seja o escriba)
tendo como modelo aquele que trabalhamos. Eles poderão leiloar o que quiserem: brinquedos,
objetos escolares, animais, dentre outros.
- Peça para observarem a estrutura do poema.
Releia e reescreva com as crianças até que eles considerem o poema como pronto
Ciências
Plantando um jardim na instituição.
Providenciar e solicitar às mães mudas de plantas e flores; pedras decorativas, terra, regador,
garrafas pet para fazer os canteiros, pá; escolher um local na área da instituição e construir junto
um pequeno jardim que deverá ser visitado e cuidado pela turma todos os dias durante todo o
ano. (registros com fotos e desenhos feitos pelas crianças).
Trabalhando com o Poema Leilão de Jardim de Cecília Meireles.
No poema de Cecília Meireles é falado de um jardim, coloque no quadro abaixo as categorias que
estão à venda no jardim:
Plantas Animais
2. Coloque no quadro abaixo de acordo com a característica de locomoção, o nome dos animais
que aparecem no poema.
Voam Pulam Andam Rastejam
Matemática
Problematizando com o poema
Proponha uma PROBLEMATOTECA, na qual você poderá trabalhar operações de subtração e
adição com as crianças a partir da poesia.
Veja uma sugestão:
1- Quantos animais de jardim aparecem na poesia?
Resolvendo:
2- Quantas letras há no título da poesia?
Resolvendo?
3- Quantos animais que aparecem na poesia voam?
Resolvendo:
4- Se somarmos todas as coisas que estão à venda no jardim qual seria o resultado?
Resolvendo:
5- Observe a segunda estrofe da poesia. Se alguém comprasse o caracol e o lagarto, quantos
elementos restariam para serem vendidos nessa estrofe?
Resolvendo:
Artes
Colocar os alunos em contato com a linguagem do desenho, da pintura, da modelagem, da
colagem, da fotografia e permitir-lhe a utilização de diversos instrumentos, materiais e suportes
necessários para o fazer artístico.
Criando um jardim na sala
Sugira às crianças a criação de um Jardim na sala de aula. Faça dobraduras em forma de flor e
deixe-as expostas decorando o ambiente.
Abaixo link do site origami-club que tem vários modelos bem explicadinhos:
http://www.origami-club.com/en/flowers/index.html
Aqui nesse link (site www.lendorelendogabi.com) mais algumas sugestões:
http://www.lendorelendogabi.com/fazendo_arte/dobradura_flor.htm
No caderno ou em folhas separadas:
Dividir a poesia em frases e imprimir cada frase em uma folha A3 e entregar cada uma para um
grupo de 4 a 5 alunos ilustrarem com recortes ou dobraduras;
Ilustrar individualmente nos cadernos;
Pintar, dentre outros.
- Esse momento é importante, pois os alunos poderão expressar artisticamente o que
compreenderam sobre a poesia, e ainda, ao socializar as ilustrações eles poderão fazer leitura de
imagens, que também é um tipo de leitura importante.
Fazer um grande painel com um jardim (com os elementos que aparecem no poema e elementos
colhidos (caídos) na natureza ou desenhados e ilustrados pelas crianças) e escrever o poema
com letras garrafais (na classe, junto com as crianças); (usar pedrinhas, pó de cerra colorido,
capim, folhinhas, florezinhas, areia colorida, cascas de caules de árvores,gravetos, etc.).
Teste diagnósticos
Deverão ser realizados no início dos trabalhos.
Distribuir a quadrinha (texto) para cada aluno.
Teste 01
Você encontra as fichas para o teste nos anexos.
Pedir para que leiam.
Ir de carteira em carteira para ouvir a leitura.
Marcar discretamente no canto da folha: LF – Lê com fluência, LSF – Lê sem fluência, LS - Lê
silabando, NL- Não lê.
Durante a leitura faça algumas perguntas referentes ao texto como:
Qual é o título do poema?
Quem é o seu autor ou autora?
Sobre o que o texto fala?
Pintar de vermelho os espaços entre as palavras do texto;
Circular a 1ª e a última palavra do texto;
Contar quantas palavras tem na 1ª linha do poema e escrever o numeral.
Fazer um X na silaba inicial da palavra JARDIM;
Grifar uma palavra com DUAS sílabas;
Teste 02
Sistematização do trabalho
Eixo: Apropriação do sistema de escrita
Use a sua criatividade para deixar os cartazes bem atrativos.
Trabalhando com o 1º cartaz
Dominar convenções gráficas:
(i) Compreender a orientação e o alinhamento da escrita da
língua portuguesa.
Mostre o 1º cartaz com o texto escrito em letra imprensa maiúscula;
Leia o texto pausadamente, passando o dedo em cima de cada palavra;
Repita a leitura até que os alunos estejam familiarizados com as palavras do mesmo a ponto de
saber repeti-la sozinhos; Você também pode cantá-la e/ou encená-la (fazendo gestos).
Peça então para que os alunos leiam o texto (enquanto eles leem, vá passando a régua em cima
de cada palavra lida, mostrando que a leitura é feita da esquerda para direita e de cima para
baixo);
Peça também para que um aluno (ou um aluno de cada vez) vá até o cartaz e leia o texto.
Oriente-os a ir passando a régua em cada palavra como você fez.
Peçam para que identifiquem a primeira e a última palavra do texto e/ou de cada frase (falando
em voz alta ou apontando no texto).
Dominar convenções gráficas: (ii) Compreender a função de
segmentação dos espaços em branco e da pontuação.
Distribua o texto para cada aluno e peça para que eles coloram de lápis verde os espaços em
branco;
Leve o aluno a perceber que após cada espaço temos uma nova palavra;
Peça para que eles contem o número de palavras encontradas na primeira linha;
Repita o procedimento com as demais linhas. Atenção: verifique o número encontrado por cada
aluno. Caso haja divergências (erros), discuta sobre palavras x espaçamento.
Proponha a contagem do número de letras que compõe cada palavra. Se for o caso, mostre que
existem palavras que são representadas por poucas letras (“um”; “do”; são exemplos nesse
texto).
Questionar: “Nesse texto tem alguma palavra repetida?
(Deixar que os alunos descubram). Vamos sublinhá-las? Agora, vamos contar quantas vezes
cada uma delas aparece no texto?”
Trabalhando com o 2º cartaz
Compreender diferenças entre a escrita alfabética e outras
formas gráficas.
Apresente o 2º cartaz (desenhos no lugar de palavras);
Peça para que os alunos comparem com o 1º cartaz (letra imprensa maiúscula);
Faça perguntas que induzam a pensar na diferença do 1º para o 2º cartaz;
Atenção! Observe se os alunos já diferenciam desenhos x escrita.
Mostre que os objetos podem ser representados através de DESENHOS ou através de um
conjunto de LETRAS:
Aponte para os desenho e peça para que os alunos digam seus nomes;
Em seguida, mostre a escrita correspondente às palavras no outro cartaz.
Agora faça o contrário: aponte para a palavra escrita e peça para que digam seu desenho
correspondente. Professor: Nomeie também os outros símbolos que aparecem no texto (sinais de
pontuação).
Trabalhando com o 3º cartaz
Conhecer e utilizar diferentes tipos de letras (de fôrma e
cursiva).
Introduza agora o 3º cartaz (letra de imprensa minúscula);
Compare-o com o 1º cartaz (letra imprensa maiúscula);
Faça perguntas que induzam a pensar na diferença do 3º para o 1º cartaz;
Mostre que podemos representar letras e palavras com diferentes tipos de letras;
Apresente o alfabeto (imprensa minúsculo) letra por letra, nomeando-as;
OBS: Releia as dicas que foram dadas sobre o alfabeto anteriormente.
Ofereça um modelo (em folha avulsa) para cada aluno e peça para que colem no caderno.
Distribua fichinhas sobre a mesa com palavras do texto escritas com os diferentes tipos de letras
apresentados (imprensa maiúscula e minúscula) e peça para que os alunos unam os pares.
Apresente posteriormente o 4º cartaz com letra cursiva;
Trabalhando com o 4º cartaz
Conhecer e utilizar diferentes tipos de letras (de fôrma e
cursiva).
Repetir os mesmos procedimentos informados acima.(3º CARTAZ)
Atenção! Se achar oportuno e produtivo, apresente o 3º e o 4º cartaz no mesmo dia. Isso porque,
alguns alunos já devem conhecer os diferentes tipos de letras, portanto, podem ter facilidade no
desenvolvimento das atividades. Mas tenha certeza de que isso não prejudicará a
assimilação/aprendizagem.
Professor: mostre, problematize e discuta com os alunos o porquê de algumas letras aparecerem
em letra maiúscula (tanto no 3º quanto no 4º cartaz). Conclua que é porque estão no início de
frase.
ANEXOS
Atividades auxiliares
1º cartaz
2º CARTAZ
3º Cartaz
4º cartaz
Teste diagnóstico
Observação
O restante das atividades estão na pasta 2
Referências Leilão de Jardim
http://aprenderpelaexperiencia.blogspot.com.br/2013/11/sequencia-de-atividades-de.html
http://misturadealegria.blogspot.com.br/2010/04/poesia-leijao-de-jardim.html
www. Pragentemiuda.org
http://guejane.blogspot.com.br/2013/07/atividades-poema-leilao-de-jardim_7.
htmlhttp://mgss2gracinha.blogspot.com.br/2011/09/primavera-leilao-de-jardim-texto.html
http://alfabetizacaoecia-regina.blogspot.com.br/2012/03/leilao-de-jardim.html
http://marciacruzcoordenacaopassoapasso.blogspot.com.br/2012/08/pequenos-poetas-grandes-escritores_20.html

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sequência didática -_gênero_convite
Sequência didática -_gênero_conviteSequência didática -_gênero_convite
Sequência didática -_gênero_conviteAngela Silva
 
Bom dia todas as cores
Bom dia todas as coresBom dia todas as cores
Bom dia todas as coresweleslima
 
ProjetFábula: Projeto fábulas
ProjetFábula: Projeto  fábulas ProjetFábula: Projeto  fábulas
ProjetFábula: Projeto fábulas Salomé Rocha
 
Poema o menino azul de Cecília Meireles - Análise e entendimento
Poema  o menino azul de  Cecília Meireles - Análise e entendimento Poema  o menino azul de  Cecília Meireles - Análise e entendimento
Poema o menino azul de Cecília Meireles - Análise e entendimento Mary Alvarenga
 
Apostila para trabalhar textos variados
Apostila para trabalhar  textos variadosApostila para trabalhar  textos variados
Apostila para trabalhar textos variadosIsa ...
 
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Professora Cida
 
Sequencia didatica poesia
Sequencia didatica poesiaSequencia didatica poesia
Sequencia didatica poesiaKeila Arruda
 
Fichas de Avaliação Ed. Infantil
Fichas de Avaliação  Ed. InfantilFichas de Avaliação  Ed. Infantil
Fichas de Avaliação Ed. InfantilAlinemmoliveira
 
Sequencia didatica dia dos pais 2º ano
Sequencia didatica dia dos pais   2º anoSequencia didatica dia dos pais   2º ano
Sequencia didatica dia dos pais 2º anoAndré Moraes
 
SEQUÊNCIA DIDÁTICA - ALIMENTOS SAUDÁVEIS
SEQUÊNCIA DIDÁTICA - ALIMENTOS SAUDÁVEISSEQUÊNCIA DIDÁTICA - ALIMENTOS SAUDÁVEIS
SEQUÊNCIA DIDÁTICA - ALIMENTOS SAUDÁVEISeducacaodetodos
 
Projeto Brincando com Poesias
Projeto Brincando com PoesiasProjeto Brincando com Poesias
Projeto Brincando com PoesiasProfrochedo
 
PLANEJAMENTO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL 5 ANOS.pdf
PLANEJAMENTO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL 5 ANOS.pdfPLANEJAMENTO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL 5 ANOS.pdf
PLANEJAMENTO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL 5 ANOS.pdfMarcos Cost
 
Apostila quem canta seus males espanta vol1
Apostila quem canta seus males espanta vol1Apostila quem canta seus males espanta vol1
Apostila quem canta seus males espanta vol1SimoneHelenDrumond
 
Sequencia didática o coelhinho que não era de páscoa
Sequencia didática o coelhinho que não era de páscoaSequencia didática o coelhinho que não era de páscoa
Sequencia didática o coelhinho que não era de páscoaJuliana Almeida
 
Projeto "Quem sou eu"
Projeto "Quem sou eu"Projeto "Quem sou eu"
Projeto "Quem sou eu"Graça Sousa
 
Sequência Didática - Bruxa,bruxa venha a minha festa
Sequência Didática - Bruxa,bruxa venha a minha festaSequência Didática - Bruxa,bruxa venha a minha festa
Sequência Didática - Bruxa,bruxa venha a minha festaSuzy Santana
 

Mais procurados (20)

Sequência didática -_gênero_convite
Sequência didática -_gênero_conviteSequência didática -_gênero_convite
Sequência didática -_gênero_convite
 
Bom dia todas as cores
Bom dia todas as coresBom dia todas as cores
Bom dia todas as cores
 
ProjetFábula: Projeto fábulas
ProjetFábula: Projeto  fábulas ProjetFábula: Projeto  fábulas
ProjetFábula: Projeto fábulas
 
Viviana a rainha do pijama
Viviana a rainha do pijamaViviana a rainha do pijama
Viviana a rainha do pijama
 
Poema o menino azul de Cecília Meireles - Análise e entendimento
Poema  o menino azul de  Cecília Meireles - Análise e entendimento Poema  o menino azul de  Cecília Meireles - Análise e entendimento
Poema o menino azul de Cecília Meireles - Análise e entendimento
 
Apostila para trabalhar textos variados
Apostila para trabalhar  textos variadosApostila para trabalhar  textos variados
Apostila para trabalhar textos variados
 
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012
 
Sequencia didatica poesia
Sequencia didatica poesiaSequencia didatica poesia
Sequencia didatica poesia
 
Fichas de Avaliação Ed. Infantil
Fichas de Avaliação  Ed. InfantilFichas de Avaliação  Ed. Infantil
Fichas de Avaliação Ed. Infantil
 
Sequencia didatica dia dos pais 2º ano
Sequencia didatica dia dos pais   2º anoSequencia didatica dia dos pais   2º ano
Sequencia didatica dia dos pais 2º ano
 
SEQUÊNCIA DIDÁTICA - ALIMENTOS SAUDÁVEIS
SEQUÊNCIA DIDÁTICA - ALIMENTOS SAUDÁVEISSEQUÊNCIA DIDÁTICA - ALIMENTOS SAUDÁVEIS
SEQUÊNCIA DIDÁTICA - ALIMENTOS SAUDÁVEIS
 
Atividades avaliativas para o 2º ano
Atividades avaliativas para o 2º anoAtividades avaliativas para o 2º ano
Atividades avaliativas para o 2º ano
 
Projeto Brincando com Poesias
Projeto Brincando com PoesiasProjeto Brincando com Poesias
Projeto Brincando com Poesias
 
PLANEJAMENTO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL 5 ANOS.pdf
PLANEJAMENTO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL 5 ANOS.pdfPLANEJAMENTO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL 5 ANOS.pdf
PLANEJAMENTO ANUAL EDUCAÇÃO INFANTIL 5 ANOS.pdf
 
Sequência Didática PARLENDA
Sequência Didática PARLENDASequência Didática PARLENDA
Sequência Didática PARLENDA
 
Apostila quem canta seus males espanta vol1
Apostila quem canta seus males espanta vol1Apostila quem canta seus males espanta vol1
Apostila quem canta seus males espanta vol1
 
Sequencia didática o coelhinho que não era de páscoa
Sequencia didática o coelhinho que não era de páscoaSequencia didática o coelhinho que não era de páscoa
Sequencia didática o coelhinho que não era de páscoa
 
Projeto "Quem sou eu"
Projeto "Quem sou eu"Projeto "Quem sou eu"
Projeto "Quem sou eu"
 
Produzindo texto
Produzindo textoProduzindo texto
Produzindo texto
 
Sequência Didática - Bruxa,bruxa venha a minha festa
Sequência Didática - Bruxa,bruxa venha a minha festaSequência Didática - Bruxa,bruxa venha a minha festa
Sequência Didática - Bruxa,bruxa venha a minha festa
 

Destaque

Leilão de jardim - Cecilia Meireles
Leilão de jardim - Cecilia MeirelesLeilão de jardim - Cecilia Meireles
Leilão de jardim - Cecilia MeirelesCamila Araújo
 
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de CaxiasPnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de CaxiasFabiana Esteves
 
Atividade 3 5_eunice slides a formiga e a neve c
Atividade 3 5_eunice slides a formiga e  a neve   cAtividade 3 5_eunice slides a formiga e  a neve   c
Atividade 3 5_eunice slides a formiga e a neve cEunice Mendes de Oliveira
 
Corrigido planejando as visitas às salas de aula -
Corrigido planejando as visitas às salas de aula -Corrigido planejando as visitas às salas de aula -
Corrigido planejando as visitas às salas de aula -Eunice Mendes de Oliveira
 
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas geraisExpandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas geraisEunice Mendes de Oliveira
 
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2Eunice Mendes de Oliveira
 
PNAIC - Ano 3 unidade 3
PNAIC - Ano 3 unidade 3PNAIC - Ano 3 unidade 3
PNAIC - Ano 3 unidade 3ElieneDias
 
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2miesbella
 
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01pedagogia para licenciados
 

Destaque (20)

Leilão de jardim - Cecilia Meireles
Leilão de jardim - Cecilia MeirelesLeilão de jardim - Cecilia Meireles
Leilão de jardim - Cecilia Meireles
 
Trabahando com crianças do berçário
Trabahando com crianças do berçárioTrabahando com crianças do berçário
Trabahando com crianças do berçário
 
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de CaxiasPnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
Pnaic oficial encontro 5 Fabiana Esteves Duque de Caxias
 
Mensagem dia dos pais
Mensagem dia dos paisMensagem dia dos pais
Mensagem dia dos pais
 
Atividade 3 5_eunice slides a formiga e a neve c
Atividade 3 5_eunice slides a formiga e  a neve   cAtividade 3 5_eunice slides a formiga e  a neve   c
Atividade 3 5_eunice slides a formiga e a neve c
 
Dona Licinha conto1
Dona Licinha    conto1Dona Licinha    conto1
Dona Licinha conto1
 
Corrigido planejando as visitas às salas de aula -
Corrigido planejando as visitas às salas de aula -Corrigido planejando as visitas às salas de aula -
Corrigido planejando as visitas às salas de aula -
 
Letra uber
Letra uberLetra uber
Letra uber
 
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas geraisExpandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
Expandindo a qualidade da educação pública de minas gerais
 
Apresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricularApresentação flexibilização curricular
Apresentação flexibilização curricular
 
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
DIA D 2014 - A COMUNIDADE ESCOLAR - O dia d e o pip 2
 
1 power~1
1 power~11 power~1
1 power~1
 
Falarcomdeu sco
Falarcomdeu scoFalarcomdeu sco
Falarcomdeu sco
 
PNAIC - Ano 3 unidade 3
PNAIC - Ano 3 unidade 3PNAIC - Ano 3 unidade 3
PNAIC - Ano 3 unidade 3
 
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
Ano 2 pnaic 3º encontro blog2
 
A arte de contar histórias
A arte de contar históriasA arte de contar histórias
A arte de contar histórias
 
Devocional diario (1)
Devocional diario (1)Devocional diario (1)
Devocional diario (1)
 
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
Apresentaopsicognesedalnguaescrita 110616193411-phpapp01
 
Eunice
EuniceEunice
Eunice
 
Pacto nacional unidade 3 ano 1
Pacto nacional unidade 3 ano 1Pacto nacional unidade 3 ano 1
Pacto nacional unidade 3 ano 1
 

Semelhante a Sequência de atividades

Poesia projeto
Poesia projetoPoesia projeto
Poesia projetovanyeroger
 
O texto poético na escola e tirinhas
O texto poético na escola e tirinhasO texto poético na escola e tirinhas
O texto poético na escola e tirinhasShirley Lauria
 
Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1
Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1
Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1Josy867873
 
Práticas de produção de texto no primeiro ano
Práticas de produção de texto no primeiro anoPráticas de produção de texto no primeiro ano
Práticas de produção de texto no primeiro anoAprender com prazer
 
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2Graça Sousa
 
Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013
Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013
Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013Graça Sousa
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02moborba
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02moborba
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02moborba
 
Formação poesia
Formação poesiaFormação poesia
Formação poesiaKaren Kampa
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docCarolineWaitman
 

Semelhante a Sequência de atividades (20)

Plano outubro 2014 anamel
Plano outubro 2014 anamelPlano outubro 2014 anamel
Plano outubro 2014 anamel
 
Poesia projeto
Poesia projetoPoesia projeto
Poesia projeto
 
Unidade3 ativ 2_penha
Unidade3 ativ 2_penhaUnidade3 ativ 2_penha
Unidade3 ativ 2_penha
 
Unidade3 atividade2 plano de aula edna
Unidade3 atividade2 plano de aula ednaUnidade3 atividade2 plano de aula edna
Unidade3 atividade2 plano de aula edna
 
Unidade3 atividade2 plano de aula penha
Unidade3 atividade2 plano de aula penhaUnidade3 atividade2 plano de aula penha
Unidade3 atividade2 plano de aula penha
 
Unidade3 atividade2 plano de aula terezinha
Unidade3 atividade2 plano de aula terezinhaUnidade3 atividade2 plano de aula terezinha
Unidade3 atividade2 plano de aula terezinha
 
Unidade3 atividade2 plano_de_ aula _terezinha_2-3
Unidade3 atividade2 plano_de_ aula _terezinha_2-3Unidade3 atividade2 plano_de_ aula _terezinha_2-3
Unidade3 atividade2 plano_de_ aula _terezinha_2-3
 
O texto poético na escola e tirinhas
O texto poético na escola e tirinhasO texto poético na escola e tirinhas
O texto poético na escola e tirinhas
 
Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1
Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1
Arquivo para Vivência 2º ano - poema Fund 1
 
Práticas de produção de texto no primeiro ano
Práticas de produção de texto no primeiro anoPráticas de produção de texto no primeiro ano
Práticas de produção de texto no primeiro ano
 
Atividades sequenciadas
Atividades sequenciadas Atividades sequenciadas
Atividades sequenciadas
 
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
Para PNAIC - Atividades Sequenciadas-2
 
Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013
Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013
Atividades sequenciadas - 1º encontro 2013
 
Atividades sequenciadas para alfabetizar letrando
Atividades sequenciadas para alfabetizar letrandoAtividades sequenciadas para alfabetizar letrando
Atividades sequenciadas para alfabetizar letrando
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
 
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
Atividadessequenciadasiencontro2013 130711171714-phpapp02
 
Slide plano de aula
Slide plano de aulaSlide plano de aula
Slide plano de aula
 
Formação poesia
Formação poesiaFormação poesia
Formação poesia
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 

Mais de Fernanda Damm

Oficina para casa atividades de alfabetização e matemática
Oficina para casa   atividades de alfabetização e matemáticaOficina para casa   atividades de alfabetização e matemática
Oficina para casa atividades de alfabetização e matemáticaFernanda Damm
 
Ciranda das sílabas volume 6
Ciranda das sílabas   volume 6Ciranda das sílabas   volume 6
Ciranda das sílabas volume 6Fernanda Damm
 
Ciranda das sílabas volume 5
Ciranda das sílabas   volume 5Ciranda das sílabas   volume 5
Ciranda das sílabas volume 5Fernanda Damm
 
Ciranda das sílabas volume 4
Ciranda das sílabas   volume 4Ciranda das sílabas   volume 4
Ciranda das sílabas volume 4Fernanda Damm
 
Ciranda das sílabas volume 3
Ciranda das sílabas   volume 3Ciranda das sílabas   volume 3
Ciranda das sílabas volume 3Fernanda Damm
 
Ciranda das sílabas volume 2
Ciranda das sílabas   volume 2Ciranda das sílabas   volume 2
Ciranda das sílabas volume 2Fernanda Damm
 
Ciranda das sílabas volume 1
Ciranda das sílabas   volume 1Ciranda das sílabas   volume 1
Ciranda das sílabas volume 1Fernanda Damm
 
Biografia Cecília Meireles
Biografia   Cecília  MeirelesBiografia   Cecília  Meireles
Biografia Cecília MeirelesFernanda Damm
 
Poema LEILÃO DE JARDIM
Poema LEILÃO DE JARDIMPoema LEILÃO DE JARDIM
Poema LEILÃO DE JARDIMFernanda Damm
 
Atividades referente ao livro A Primavera da Lagarta
Atividades referente ao livro A Primavera da LagartaAtividades referente ao livro A Primavera da Lagarta
Atividades referente ao livro A Primavera da LagartaFernanda Damm
 
Livro a árvore generosa
Livro a árvore generosaLivro a árvore generosa
Livro a árvore generosaFernanda Damm
 

Mais de Fernanda Damm (11)

Oficina para casa atividades de alfabetização e matemática
Oficina para casa   atividades de alfabetização e matemáticaOficina para casa   atividades de alfabetização e matemática
Oficina para casa atividades de alfabetização e matemática
 
Ciranda das sílabas volume 6
Ciranda das sílabas   volume 6Ciranda das sílabas   volume 6
Ciranda das sílabas volume 6
 
Ciranda das sílabas volume 5
Ciranda das sílabas   volume 5Ciranda das sílabas   volume 5
Ciranda das sílabas volume 5
 
Ciranda das sílabas volume 4
Ciranda das sílabas   volume 4Ciranda das sílabas   volume 4
Ciranda das sílabas volume 4
 
Ciranda das sílabas volume 3
Ciranda das sílabas   volume 3Ciranda das sílabas   volume 3
Ciranda das sílabas volume 3
 
Ciranda das sílabas volume 2
Ciranda das sílabas   volume 2Ciranda das sílabas   volume 2
Ciranda das sílabas volume 2
 
Ciranda das sílabas volume 1
Ciranda das sílabas   volume 1Ciranda das sílabas   volume 1
Ciranda das sílabas volume 1
 
Biografia Cecília Meireles
Biografia   Cecília  MeirelesBiografia   Cecília  Meireles
Biografia Cecília Meireles
 
Poema LEILÃO DE JARDIM
Poema LEILÃO DE JARDIMPoema LEILÃO DE JARDIM
Poema LEILÃO DE JARDIM
 
Atividades referente ao livro A Primavera da Lagarta
Atividades referente ao livro A Primavera da LagartaAtividades referente ao livro A Primavera da Lagarta
Atividades referente ao livro A Primavera da Lagarta
 
Livro a árvore generosa
Livro a árvore generosaLivro a árvore generosa
Livro a árvore generosa
 

Último

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaLuanaAlves940822
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - FalamansaMary Alvarenga
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptParticular
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasnarayaskara215
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxMartin M Flynn
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfLUCASAUGUSTONASCENTE
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaIlda Bicacro
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 

Último (20)

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importânciaclubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
clubinho-bio-2.pdf vacinas saúde importância
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
Atividade com a música Xote  da  Alegria    -   FalamansaAtividade com a música Xote  da  Alegria    -   Falamansa
Atividade com a música Xote da Alegria - Falamansa
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em criançasSlide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
Slide - HIV (1) edit.pptx hiv em crianças
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptxSão Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
São Filipe Neri, fundador da a Congregação do Oratório 1515-1595.pptx
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdfPLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
PLANO DE ESTUDO TUTORADO COMPLEMENTAR 1 ANO 1 BIMESTRE.pdf
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 

Sequência de atividades

  • 1. “Pequenos poetas, grandes escritores!” JUSTIFICATIVA: Projeto Didático
  • 2. O trabalho com poesias possibilita o contato do aluno com diferentes textos do gênero e seus diferentes autores. A leitura ou declamação de poesias favorece o aflorar de emoções e sentimentos, a reflexão sobre a própria vivência, a interpretação da realidade através de uma óptica privilegiada e a solução de conflitos. As poesias oferecem momentos de grande emoção, descontração, descoberta e prazer. Os textos rimados e declamados com a entonação própria desse gênero textual soam como suave melodia que encanta o público infantil e possibilita a utilização de diferentes estratégias de leitura o que gera grandes avanços na construção do conhecimento. Por que, trabalhar com projetos didáticos? As atividades realizadas em sala passam a ter um maior significado para os alunos, pois todas elas estão articuladas visando a um “produto final” , que é desejado e compartilhado por todo o grupo A perspectiva de alcancar um produto final gera uma maior motivação e interesse por parte dos alunos. Assim, em geral, o projeto resulta numa aprendizagem signiticativa (ou seja, prazerosa, que tem significado para os aluno, que tem relação com sua vida, que lhe desafia, que traz, de fato, uma ampliação de conhecimentos ...) Promove o estabelecimento de estratégias de organização e distribuição de tarefas entre os alunos, bem como de administração de espaço e tempo, em função das etapas previstas para o desenvolvimento do projeto. Estimula os alunos a fazer escolhas e comprometer-se com suas escolhas, assumindo responsabilidades. Possibilita a realização de um trabalho coletivo e interdisciplinar. O que o aluno poderá aprender com este projeto? Conhecer as características de um poema: organização textual, rimas, ritmo; Desenvolver habilidades de leitura, interpretação, reflexão e expressão oral; Produzir textos a partir de releitura de um poema; Reconhecer a finalidade do texto; Conhecer sobre os animais retratados nos poemas; Desenvolver a atitude de colaboração. O que trabalhar em cada disciplina? Língua Portuguesa
  • 3. -Promover a reflexão e problematização sobre a construção da escrita oportunizando e incentivando tais produções. -Conhecer, reconhecer e identificar diferentes estilos de textos. -Promover a elaboração de hipóteses e registros. -Experimentar e participar da elaboração de textos e listas. - Participar das interações cotidianas em sala de aula: escutando com atenção e compreensão, respondendo às questões propostas pelo professor e expondo opiniões nos debates com os colegas e com o professor. - Desenvolver a consciência fonológica. Conteúdos Linguagem oral e escrita Interpretação do texto; Texto lacunado; Texto fatiado; Escrita de palavras do texto; Trabalho com rima; Ortografia: regularidade e irregularidades ortográficas; Escrita do texto de memória; Caça palavras. Bingo de palavras Cruzadinhas Ciências Trabalhar as características dos animais e das plantas que são citados no poema Leilão de Jardim. Artes Experimentar, selecionar e utilizar diversos suportes, materiais e técnicas artísticas a fim de expressar e comunicar em artes visuais. Matemática Resolver situações problema envolvendo adição e subtração. Desenvolvimento
  • 4. SENSIBILIZAÇÃO E INTRODUÇÃO Inicialmente prepare um cartaz com o poema “Leilão de jardim”, de Cecília Meireles: Fazer a leitura em voz alta do poema para as crianças; Conversa na rodinha: Pergunte às crianças se elas sabem o que é um leilão. Se necessário peça aos alunos para consultar o dicionário. Após as falas, reapresente o poema para a turma num cartaz bem bonito e decorado; diga que ali está escrito algo sobre um leilão e que eles devem tentar ler. Leia o texto para a sala passando o dedo embaixo das palavras para que eles possam acompanhar a leitura e tentem identificar algumas delas. Explique que se trata de um poema e diga o nome da autora. Você pode também apresentar como a poesia Leilão de Jardim de Cecília Meireles, através de um vídeo animado que você encontra no sítio: http://www.youtube.com/watch?v=f4z1b9ol3Og Vídeo da TV Cultura, onde a poesia de Cecília Meireles, Leilão de Jardim é declamada pelos personagens do programa Quintal da Cultura. Acesso 22/03/2014. Perguntar às crianças se eles já ouviram o poema antes? Se gostaram? Se sabem quem o escreveu? Se já ouviram falar de Cecília Meireles? Faça a leitura em voz alta da biografia da autora e conversar com elas sobre quem foi Cecília Meireles (Bibliografia), apresentar uma fotografia da escritora; e dizer a elas que por um período estaremos trabalhando com o poema Leilão de Jardim.
  • 5.
  • 6. Depois de conhecerem o texto e a biografia da autora questione se entenderam o que é um leilão, o que a autora quer “vender” naquele jardim, o que é um jardim, onde podemos encontrar um, etc. Em seguida peça para fecharem os olhos e se imaginarem em um lindo jardim... ele pode ser em uma praça ou encantado, mas que eles deverão escolher algo desse lugar para ser leiloado.
  • 7. Assim, fale para desenharem o que irão leiloar e cole ao redor do cartaz para exporem na escola, com o título: No nosso leilão de jardim vamos leiloar... Trabalhando com o poema lacunado Trazer para a classe um cartaz com o título: poema lacunado: Leilão de Jardim (as lacunas devem ser nos nomes dos elementos: bichos e flores, etc. (fazer os nomes desses elementos, em papel cartolina colorido em tiras; fazer a leitura do poema com as crianças em voz alta apontando as palavras e questionando quais as palavras que estão faltando e solicitando que as crianças peguem a palavra sobre a mesa e a fixe no local da lacuna. De posse do cartaz – ler coletivamente o mesmo, várias vezes – apontando as palavras no cartaz, chamando à atenção para as rimas e jogando com as palavras Linguagem oral Questionar às crianças quanto: - Qual é o título do poema? - Quem é o seu autor ou autora? - Sobre o que fala o mesmo? - Se já visitaram um ou mais jardins? - Quais jardins já visitaram? Tinha o que? - Era igual ou diferente do jardim do poema? Em que? - Na comunidade tem jardim? Como é o nome? Tem o que? - Solicite que os alunos leiam novamente a poesia, para tanto os oriente a lerem da seguinte forma: meninos leiam a primeira estrofe, meninas a segunda, todos juntos a terceira. Observe a entonação da voz dos alunos durante a leitura. Questione-os sobre o que eles perceberam no poema: Como ele está escrito? Suas frases vão até o final da linha? Como são chamadas as partes que compõem um poema? Qual o nome das palavras que terminam com o mesmo som? O que havia no jardim retratado na poema? Trabalhando com lista Declamação coletiva do poema com as crianças apontando as palavras; Questionar com as crianças: quais elementos estão sendo leiloados juntamente com o jardim? E na medida em que elas forem citando ir listando os nomes na lousa; FLORES BORBOLETAS LAVADEIRAS PASSARINHOS
  • 8. OVOS NINHOS CARACOL SOL LAGARTO ESTÁTUA FORMIGUEIRO SAPO CIGARRA GRILINHO Escrever a lista numa cartolina e afixá-la na classe. Fazer a reflexão sobre escrita das palavras da lista. Consciência Fonológica Jogando com as palavras do poema Leitura coletiva do poema completo com as crianças.Criar outras rimas com as palavras do poema: JARDIM RIMA COM ...Por exemplo: CAPIM; FLORES rima com… BORBOLETAS rim com… LAVADEIRAS rima com … PASSARINHOS rima com… OVOS rima com… CARACOL rima com…. LAGARTO rima com… ESTÁTUA rima com… FORMIGUEIRO rima com… SAPO rima com… CIGARRA rima com… GRILINHO rima com…. Confeccionar um bingo com as palavras do poema e brincar com as crianças. Montando as palavras do poema Leitura coletiva do poema completo; Confeccionar cartelas 5 ou 6 (com as palavras do poemas em letras garrafais); Dividir a turma em grupos, entregar as letras móveis às crianças e colicitar que os grupos montem as palavras das cartelas usando as letras móveis;
  • 9. Sair de grupo em grupo e pedir para que cada criança leia uma ou duas das palavras montadas por elas. Outras práticas de leituras e escrita Faça atividades que envolvam tentativas de leitura e escrita, como por exemplo: retome o cartaz com o poema “Leilão de Jardim” e entregue folhas em que ele esteja escrito; peça aos alunos que procurem determinadas palavras no texto, circulando-as e que tentem escrever o nome dos animais do poema. Produção escrita Produzindo um texto poético a partir da (re) leitura da poesia - Educadora, o objetivo dessa atividade é que os alunos (re)leiam o poema e construam em grupo (coletivamente) um novo poema, tendo como ponto de partida o tema Leilão, que foi abordado no poema trabalhada na sala. - Peça às crianças que imaginem um leilão e criem um poema (com a sua ajuda, seja o escriba) tendo como modelo aquele que trabalhamos. Eles poderão leiloar o que quiserem: brinquedos, objetos escolares, animais, dentre outros. - Peça para observarem a estrutura do poema. Releia e reescreva com as crianças até que eles considerem o poema como pronto Ciências Plantando um jardim na instituição. Providenciar e solicitar às mães mudas de plantas e flores; pedras decorativas, terra, regador, garrafas pet para fazer os canteiros, pá; escolher um local na área da instituição e construir junto um pequeno jardim que deverá ser visitado e cuidado pela turma todos os dias durante todo o ano. (registros com fotos e desenhos feitos pelas crianças). Trabalhando com o Poema Leilão de Jardim de Cecília Meireles. No poema de Cecília Meireles é falado de um jardim, coloque no quadro abaixo as categorias que estão à venda no jardim: Plantas Animais
  • 10. 2. Coloque no quadro abaixo de acordo com a característica de locomoção, o nome dos animais que aparecem no poema. Voam Pulam Andam Rastejam Matemática Problematizando com o poema Proponha uma PROBLEMATOTECA, na qual você poderá trabalhar operações de subtração e adição com as crianças a partir da poesia. Veja uma sugestão: 1- Quantos animais de jardim aparecem na poesia? Resolvendo: 2- Quantas letras há no título da poesia? Resolvendo? 3- Quantos animais que aparecem na poesia voam? Resolvendo: 4- Se somarmos todas as coisas que estão à venda no jardim qual seria o resultado? Resolvendo: 5- Observe a segunda estrofe da poesia. Se alguém comprasse o caracol e o lagarto, quantos elementos restariam para serem vendidos nessa estrofe? Resolvendo: Artes
  • 11. Colocar os alunos em contato com a linguagem do desenho, da pintura, da modelagem, da colagem, da fotografia e permitir-lhe a utilização de diversos instrumentos, materiais e suportes necessários para o fazer artístico. Criando um jardim na sala Sugira às crianças a criação de um Jardim na sala de aula. Faça dobraduras em forma de flor e deixe-as expostas decorando o ambiente. Abaixo link do site origami-club que tem vários modelos bem explicadinhos: http://www.origami-club.com/en/flowers/index.html Aqui nesse link (site www.lendorelendogabi.com) mais algumas sugestões: http://www.lendorelendogabi.com/fazendo_arte/dobradura_flor.htm No caderno ou em folhas separadas: Dividir a poesia em frases e imprimir cada frase em uma folha A3 e entregar cada uma para um grupo de 4 a 5 alunos ilustrarem com recortes ou dobraduras; Ilustrar individualmente nos cadernos; Pintar, dentre outros. - Esse momento é importante, pois os alunos poderão expressar artisticamente o que compreenderam sobre a poesia, e ainda, ao socializar as ilustrações eles poderão fazer leitura de imagens, que também é um tipo de leitura importante. Fazer um grande painel com um jardim (com os elementos que aparecem no poema e elementos colhidos (caídos) na natureza ou desenhados e ilustrados pelas crianças) e escrever o poema com letras garrafais (na classe, junto com as crianças); (usar pedrinhas, pó de cerra colorido, capim, folhinhas, florezinhas, areia colorida, cascas de caules de árvores,gravetos, etc.). Teste diagnósticos Deverão ser realizados no início dos trabalhos. Distribuir a quadrinha (texto) para cada aluno.
  • 12. Teste 01 Você encontra as fichas para o teste nos anexos. Pedir para que leiam. Ir de carteira em carteira para ouvir a leitura. Marcar discretamente no canto da folha: LF – Lê com fluência, LSF – Lê sem fluência, LS - Lê silabando, NL- Não lê. Durante a leitura faça algumas perguntas referentes ao texto como: Qual é o título do poema? Quem é o seu autor ou autora? Sobre o que o texto fala? Pintar de vermelho os espaços entre as palavras do texto; Circular a 1ª e a última palavra do texto; Contar quantas palavras tem na 1ª linha do poema e escrever o numeral. Fazer um X na silaba inicial da palavra JARDIM; Grifar uma palavra com DUAS sílabas; Teste 02 Sistematização do trabalho
  • 13. Eixo: Apropriação do sistema de escrita Use a sua criatividade para deixar os cartazes bem atrativos. Trabalhando com o 1º cartaz Dominar convenções gráficas: (i) Compreender a orientação e o alinhamento da escrita da língua portuguesa. Mostre o 1º cartaz com o texto escrito em letra imprensa maiúscula; Leia o texto pausadamente, passando o dedo em cima de cada palavra; Repita a leitura até que os alunos estejam familiarizados com as palavras do mesmo a ponto de saber repeti-la sozinhos; Você também pode cantá-la e/ou encená-la (fazendo gestos). Peça então para que os alunos leiam o texto (enquanto eles leem, vá passando a régua em cima de cada palavra lida, mostrando que a leitura é feita da esquerda para direita e de cima para baixo); Peça também para que um aluno (ou um aluno de cada vez) vá até o cartaz e leia o texto. Oriente-os a ir passando a régua em cada palavra como você fez. Peçam para que identifiquem a primeira e a última palavra do texto e/ou de cada frase (falando em voz alta ou apontando no texto). Dominar convenções gráficas: (ii) Compreender a função de segmentação dos espaços em branco e da pontuação.
  • 14. Distribua o texto para cada aluno e peça para que eles coloram de lápis verde os espaços em branco; Leve o aluno a perceber que após cada espaço temos uma nova palavra; Peça para que eles contem o número de palavras encontradas na primeira linha; Repita o procedimento com as demais linhas. Atenção: verifique o número encontrado por cada aluno. Caso haja divergências (erros), discuta sobre palavras x espaçamento. Proponha a contagem do número de letras que compõe cada palavra. Se for o caso, mostre que existem palavras que são representadas por poucas letras (“um”; “do”; são exemplos nesse texto). Questionar: “Nesse texto tem alguma palavra repetida? (Deixar que os alunos descubram). Vamos sublinhá-las? Agora, vamos contar quantas vezes cada uma delas aparece no texto?” Trabalhando com o 2º cartaz
  • 15. Compreender diferenças entre a escrita alfabética e outras formas gráficas. Apresente o 2º cartaz (desenhos no lugar de palavras); Peça para que os alunos comparem com o 1º cartaz (letra imprensa maiúscula); Faça perguntas que induzam a pensar na diferença do 1º para o 2º cartaz; Atenção! Observe se os alunos já diferenciam desenhos x escrita. Mostre que os objetos podem ser representados através de DESENHOS ou através de um conjunto de LETRAS: Aponte para os desenho e peça para que os alunos digam seus nomes; Em seguida, mostre a escrita correspondente às palavras no outro cartaz. Agora faça o contrário: aponte para a palavra escrita e peça para que digam seu desenho correspondente. Professor: Nomeie também os outros símbolos que aparecem no texto (sinais de pontuação). Trabalhando com o 3º cartaz Conhecer e utilizar diferentes tipos de letras (de fôrma e cursiva).
  • 16. Introduza agora o 3º cartaz (letra de imprensa minúscula); Compare-o com o 1º cartaz (letra imprensa maiúscula); Faça perguntas que induzam a pensar na diferença do 3º para o 1º cartaz; Mostre que podemos representar letras e palavras com diferentes tipos de letras; Apresente o alfabeto (imprensa minúsculo) letra por letra, nomeando-as; OBS: Releia as dicas que foram dadas sobre o alfabeto anteriormente. Ofereça um modelo (em folha avulsa) para cada aluno e peça para que colem no caderno. Distribua fichinhas sobre a mesa com palavras do texto escritas com os diferentes tipos de letras apresentados (imprensa maiúscula e minúscula) e peça para que os alunos unam os pares. Apresente posteriormente o 4º cartaz com letra cursiva; Trabalhando com o 4º cartaz Conhecer e utilizar diferentes tipos de letras (de fôrma e cursiva). Repetir os mesmos procedimentos informados acima.(3º CARTAZ) Atenção! Se achar oportuno e produtivo, apresente o 3º e o 4º cartaz no mesmo dia. Isso porque, alguns alunos já devem conhecer os diferentes tipos de letras, portanto, podem ter facilidade no desenvolvimento das atividades. Mas tenha certeza de que isso não prejudicará a assimilação/aprendizagem. Professor: mostre, problematize e discuta com os alunos o porquê de algumas letras aparecerem em letra maiúscula (tanto no 3º quanto no 4º cartaz). Conclua que é porque estão no início de frase.
  • 22. Observação O restante das atividades estão na pasta 2 Referências Leilão de Jardim