SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
GRANDE COMÍCIO NA FLORESTA! BEM NO MEIO DA
CLAREIRA, DEBAIXO DA BANANEIRA.
DONA FORMIGA CONVOCOU A REUNIÃO:
— ISSO NÃO PODE CONTINUAR!
— NÃO PODE, NÃO. – APOIAVA O CAMALEÃO.
— É UM DESAFORO! – A FORMIGA GRITAVA.
— É MESMO! – O CAMALEÃO CONCORDAVA.
A JOANINHA, QUE VINHA CHEGANDO
NAQUELE INSTANTE, PERGUNTAVA:
— QUAL É O DESAFORO, HEIN?
— É UM DESAFORO, O QUE A LAGARTA FAZ!
– DIZIA A FORMIGA.
— COME TUDO QUE É FOLHA! – RECLAMAVA
O LOUVA-A-DEUS.
— NÃO HÁ COMIDA QUE CHEGUE! –
CONTINUAVA A FORMIGA.
A LAGARTIXA NÃO CONCORDAVA:
— POR ISSO NÃO, QUE AS SENHORAS
FORMIGAS TAMBÉM COMEM...
— É ISSO MESMO! – APOIOU O CAMALEÃO,
QUE VIVIA MUDANDO DE OPINIÃO.
— É MUITO DIFERENTE – DISSE A FORMIGA.
— DEPOIS, A LAGARTA É UMA PREGUIÇOSA.
VIVE LAGARTEANDO POR AÍ...
— VAI VER QUE A LAGARTIXA É PARENTE DA
LAGARTA – DISSE O CAMALEÃO, QUE JÁ
TINHA MUDADO DE OPINIÃO.
— PARENTE, NÃO – FALOU A LAGARTIXA. — É
SÓ UMA COINCIDÊNCIA DE NOME.
— ENTÃO NÃO SE META! – DISSE A FORMIGA.
— ABAIXO A LAGARTA! – DISSE O
GAFANHOTO. – VAMOS ACABAR COM ELA!
— VAMOS, SIM! – GRITOU A LIBÉLULA. — ELA
É MUITO FEIA!
O SENHOR CARACOL AINDA QUIS FAZER UM
DISCURSO:
— MINHAS SENHORAS E MEUS SENHORES,
COMO É PARA O BEM GERAL E PARA A
FELICIDADE NACIONAL, EM MEU NOME E EM
NOME DE TODO MUNDO INTERESSADO,
COMO DIRIA O CONSELHEIRO FURTADO,
QUERO DEIXAR CONSIGNADO QUE ESTÁ
TUDO ERRADO...
MAS COMO O CARACOL ERA MUITO
ENROLADO, NINGUÉM PRESTAVA ATENÇÃO
NO COITADO. JÁ ESTAVAM TODOS SE
PREPARANDO PARA CAÇAR A LAGARTA.
— ABAIXO A FEIÚRA! – GRITAVA A ARANHA –
COMO SE ELA FOSSE MUITO BONITA
— MORRA COMILONA! – EXCLAMAVA O
LOUVA-A-DEUS – COMO SE ELE NÃO FOSSE
COMILÃO TAMBÉM.
— VAMOS ACABAR COM A PREGUIÇOSA! –
BERRAVA A CIGARRA – ESQUECENDO SUA
FAMA DE BOA-VIDA.
E LÁ SE FORAM ELES CANTANDO E
MARCHANDO:
— UM, DOIS, FEIJÃO COM ARROZ... TRÊS ,
QUATRO FEIJÃO NO PRATO...
MAS A PRIMAVERA HAVIA CHEGADO. POR
TODA PARTE HAVIA FLORES NA FLORESTA,
ATÉ PARECIA FESTA...
OS PASSARINHOS CANTAVAM... E AS
BORBOLETAS, QUANTAS BORBOLETAS! DE
TODAS AS CORES, DE TODOS OS
TAMANHOS, BORBOLETEAVAM PELA MATA.
E AS BORBOLETAS, QUANTAS BORBOLETAS!
DE TODAS AS CORES, DE TODOS OS
TAMANHOS, BORBOLETEAVAM PELA MATA
E OS CAÇADORES PROCURAVAM PELA LAGARTA.
— UM, DOIS, UM DOIS, FEIJÃO COM ARROZ... TRÊS ,
QUATRO FEIJÃO NO PRATO...
E PERGUNTAVAM ÀS BORBOLETAS QUE
PASSAVAM:
— VOCÊS VIRAM A LAGARTA QUE MORAVA NA
AMOREIRA? AQUELA PREGUIÇOSA, COMILONA,
HORROROSA?
AS BORBOLETAS RIAM, RIAM... IAM PASSANDO E
NEM RESPONDIAM.
ATÉ QUE VEIO CHEGANDO UMA LINDA
BORBOLETA:
— ESTÃO PROCURANDO A LAGARTA DA
AMOREIRA?
— ESTAMOS, SIM! AQUELA HORROROSA!
COMILONA!
E A BORBOLETA BATEU AS ASAS E FALOU:
— POIS SOU EU...
— NÃO É POSSÍVEL! NÃO PODE SER VERDADE!
VOCÊ É LINDA!
E A BORBOLETA, SORRINDO, EXPLICOU:
— TODA LAGARTA TEM SEU DIA DE BORBOLETA. É
SÓ ESPERAR PELA PRIMAVERA...
DONA FORMIGA FICOU ESPANTADA:
— NÃO É POSSÍVEL! SÓ ACREDITO VENDO!
E A BORBOLETA FALOU:
— VENHA VER. ISSO ACONTECE COM TODAS AS
LAGARTAS.
EU TENHO UMA IRMÃ QUE ESTÁ ACABANDO DE
VIRAR BORBOLETA.
E TODOS CORRERAM PARA VER. E FICARAM
QUIETINHOS, ESPIANDO...
E A LAGARTA FOI SE TRANSFORMANDO... FOI SE
TRANSFORMANDO... ATÉ QUE , DE DENTRO DO
CASULO, NASCEU UMA BORBOLETA.
OS INIMIGOS DA LAGARTA FICARAM ADMIRADOS.
— É UM MILAGRE! – DISSE A FORMIGA,
ENVERGONHADA.
— BEM QUE EU FALEI! – DISSE O CAMALEÃO, QUE
JÁ TINHA MUDADO DE OPINIÃO.
E A BORBOLETA FALOU:
— BEM QUE EU FALEI! – DISSE O CAMALEÃO, QUE
JÁ TINHA MUDADO DE OPINIÃO.
E A BORBOLETA FALOU:
— É PRECISO TER PACIÊNCIA COM AS LAGARTAS,
SE QUISERMOS CONHECER AS BORBOLETAS!
— É PRECISO TER PACIÊNCIA COM AS
LAGARTAS, SE QUISERMOS CONHECER AS
BORBOLETAS!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tuti, o peixinho dourado
Tuti, o peixinho douradoTuti, o peixinho dourado
Tuti, o peixinho douradoIsa ...
 
A escolinha do mar, ruth rocha
A escolinha do mar, ruth rochaA escolinha do mar, ruth rocha
A escolinha do mar, ruth rochaemeicantinhodoceu
 
Livro o coelhinho que não era da páscoa
Livro o coelhinho que não era da páscoaLivro o coelhinho que não era da páscoa
Livro o coelhinho que não era da páscoatlfleite
 
Eu sou assim e vou te mostrar
 Eu sou assim e vou te mostrar Eu sou assim e vou te mostrar
Eu sou assim e vou te mostrarmeloand
 
História infantil- A Amizade
História infantil- A AmizadeHistória infantil- A Amizade
História infantil- A Amizadefprc
 
O menino que não gostava de sopa
O menino que não gostava de sopaO menino que não gostava de sopa
O menino que não gostava de sopaDébora Frazao
 
A HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVOREA HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVOREMarisa Seara
 
Aniversário do sr. alfabeto
Aniversário do sr. alfabetoAniversário do sr. alfabeto
Aniversário do sr. alfabetoCélia Reis
 
O segredo da onça pintada
O segredo da onça pintadaO segredo da onça pintada
O segredo da onça pintadaSandrastos
 
A laranja colorida
A laranja coloridaA laranja colorida
A laranja coloridaBruno Célio
 

Mais procurados (20)

O girassol solitario
O girassol solitarioO girassol solitario
O girassol solitario
 
Chapeuzinho amarelo
Chapeuzinho amareloChapeuzinho amarelo
Chapeuzinho amarelo
 
Tuti, o peixinho dourado
Tuti, o peixinho douradoTuti, o peixinho dourado
Tuti, o peixinho dourado
 
A escolinha do mar, ruth rocha
A escolinha do mar, ruth rochaA escolinha do mar, ruth rocha
A escolinha do mar, ruth rocha
 
Um amor de família
Um amor de famíliaUm amor de família
Um amor de família
 
Livro o coelhinho que não era da páscoa
Livro o coelhinho que não era da páscoaLivro o coelhinho que não era da páscoa
Livro o coelhinho que não era da páscoa
 
O mundinho
O mundinhoO mundinho
O mundinho
 
Eu sou assim e vou te mostrar
 Eu sou assim e vou te mostrar Eu sou assim e vou te mostrar
Eu sou assim e vou te mostrar
 
História infantil- A Amizade
História infantil- A AmizadeHistória infantil- A Amizade
História infantil- A Amizade
 
Eva furnari - Não confunda
Eva furnari  - Não confundaEva furnari  - Não confunda
Eva furnari - Não confunda
 
O menino que não gostava de sopa
O menino que não gostava de sopaO menino que não gostava de sopa
O menino que não gostava de sopa
 
Os três jacarezinhos
Os três jacarezinhosOs três jacarezinhos
Os três jacarezinhos
 
O livro da família
O livro da famíliaO livro da família
O livro da família
 
A HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVOREA HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVORE
 
Aniversário do sr. alfabeto
Aniversário do sr. alfabetoAniversário do sr. alfabeto
Aniversário do sr. alfabeto
 
A familia do marcelo
A familia do marceloA familia do marcelo
A familia do marcelo
 
Meninas Negras
Meninas NegrasMeninas Negras
Meninas Negras
 
O segredo da onça pintada
O segredo da onça pintadaO segredo da onça pintada
O segredo da onça pintada
 
A laranja colorida
A laranja coloridaA laranja colorida
A laranja colorida
 
O cabelo de lele
O cabelo de leleO cabelo de lele
O cabelo de lele
 

Destaque

Projeto o pulo do girino claudia monteiro 2 b
Projeto o pulo do girino  claudia monteiro 2 bProjeto o pulo do girino  claudia monteiro 2 b
Projeto o pulo do girino claudia monteiro 2 breporteresboasaude
 
Projeto Borboletas- PDF
Projeto Borboletas- PDFProjeto Borboletas- PDF
Projeto Borboletas- PDFBeatriz
 
Como Ler Um Livro
Como Ler Um LivroComo Ler Um Livro
Como Ler Um Livrothegold
 
A Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do Adolescente
A Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do AdolescenteA Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do Adolescente
A Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do AdolescenteValéria Barreto
 
Chua, chua, tchibum. um livro sobre a água
Chua, chua, tchibum. um livro sobre a águaChua, chua, tchibum. um livro sobre a água
Chua, chua, tchibum. um livro sobre a águaemeicantinhodoceu
 
Livro dos medos
Livro dos medosLivro dos medos
Livro dos medossusanama
 
Avaliação do dia 1704 gisele
Avaliação do dia 1704   giseleAvaliação do dia 1704   gisele
Avaliação do dia 1704 giseleRosemary Batista
 
Semana pedagógica: 13 dicas valiosas
Semana pedagógica: 13 dicas valiosasSemana pedagógica: 13 dicas valiosas
Semana pedagógica: 13 dicas valiosasAugusto Bertotto
 
Classes E Ordens
Classes E OrdensClasses E Ordens
Classes E Ordensguest9ba0ae
 
Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...
Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...
Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...Graça Sousa
 
Niveis de escrita
Niveis de escritaNiveis de escrita
Niveis de escritadaianabsf
 
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊLEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊMarisa Seara
 
Unidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências Didáticas
Unidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências DidáticasUnidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências Didáticas
Unidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências DidáticasElaine Cruz
 
Caderno1 reforço escolar
Caderno1 reforço escolarCaderno1 reforço escolar
Caderno1 reforço escolarIsa ...
 
1 pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
1  pra que serve o livro- LEITURA DELEITE1  pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
1 pra que serve o livro- LEITURA DELEITECris Siqueira
 

Destaque (20)

Projeto o pulo do girino claudia monteiro 2 b
Projeto o pulo do girino  claudia monteiro 2 bProjeto o pulo do girino  claudia monteiro 2 b
Projeto o pulo do girino claudia monteiro 2 b
 
Projeto Borboletas- PDF
Projeto Borboletas- PDFProjeto Borboletas- PDF
Projeto Borboletas- PDF
 
1° Silabario Actualizado
1° Silabario Actualizado1° Silabario Actualizado
1° Silabario Actualizado
 
Trabajar con la letra k
Trabajar con la letra kTrabajar con la letra k
Trabajar con la letra k
 
Como Ler Um Livro
Como Ler Um LivroComo Ler Um Livro
Como Ler Um Livro
 
A Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do Adolescente
A Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do AdolescenteA Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do Adolescente
A Turma da Monica em: O Estatuto da Criança e do Adolescente
 
A CASA SONOLENTA
A CASA SONOLENTAA CASA SONOLENTA
A CASA SONOLENTA
 
Chua, chua, tchibum. um livro sobre a água
Chua, chua, tchibum. um livro sobre a águaChua, chua, tchibum. um livro sobre a água
Chua, chua, tchibum. um livro sobre a água
 
Livro dos medos
Livro dos medosLivro dos medos
Livro dos medos
 
Avaliação do dia 1704 gisele
Avaliação do dia 1704   giseleAvaliação do dia 1704   gisele
Avaliação do dia 1704 gisele
 
Semana pedagógica: 13 dicas valiosas
Semana pedagógica: 13 dicas valiosasSemana pedagógica: 13 dicas valiosas
Semana pedagógica: 13 dicas valiosas
 
Classes E Ordens
Classes E OrdensClasses E Ordens
Classes E Ordens
 
Pequenas e grandes maneiras
Pequenas e grandes maneirasPequenas e grandes maneiras
Pequenas e grandes maneiras
 
Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...
Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...
Profª Graça:Leitura deleite Poemas Problemas.ppt-8º Encontro-QUANTIFICAÇÃO, R...
 
Niveis de escrita
Niveis de escritaNiveis de escrita
Niveis de escrita
 
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊLEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
LEITURA DELEITE - CADÊ, CADÊ
 
Unidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências Didáticas
Unidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências DidáticasUnidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências Didáticas
Unidade 6 - PNAIC - Projetos e Sequências Didáticas
 
Caderno1 reforço escolar
Caderno1 reforço escolarCaderno1 reforço escolar
Caderno1 reforço escolar
 
O que é um livro?
O que é um livro?O que é um livro?
O que é um livro?
 
1 pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
1  pra que serve o livro- LEITURA DELEITE1  pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
1 pra que serve o livro- LEITURA DELEITE
 

Semelhante a Grande comício na floresta termina em surpresa com transformação de lagarta em borboleta

Músicas de todos os tempos
Músicas de todos os temposMúsicas de todos os tempos
Músicas de todos os temposmaraisabb
 
Portugues Genero Textual Ortografia Gramatica 3º e 4º ano.pdf
Portugues Genero Textual Ortografia Gramatica 3º e 4º ano.pdfPortugues Genero Textual Ortografia Gramatica 3º e 4º ano.pdf
Portugues Genero Textual Ortografia Gramatica 3º e 4º ano.pdfAdryasophiaRochapied
 
O jogo da parlenda
O jogo da parlendaO jogo da parlenda
O jogo da parlendaJozi Mares
 
Caracóis de ouro e os três ursos
Caracóis de ouro e os três ursosCaracóis de ouro e os três ursos
Caracóis de ouro e os três ursosAny Tabuada
 
Antigas profissões
Antigas profissõesAntigas profissões
Antigas profissõesJoão Couto
 
bRANCA DE NEVE E ROSA vERMELHA TEXTO.docx
bRANCA DE NEVE E ROSA vERMELHA TEXTO.docxbRANCA DE NEVE E ROSA vERMELHA TEXTO.docx
bRANCA DE NEVE E ROSA vERMELHA TEXTO.docxLUCIANAZIMABORSARI
 
João e Maria
João e MariaJoão e Maria
João e MariaZilma3e
 
Chapeuzinhos coloridos projeto
Chapeuzinhos coloridos   projetoChapeuzinhos coloridos   projeto
Chapeuzinhos coloridos projetoBlogoficial
 
Artur azevedo o badejo
Artur azevedo   o badejoArtur azevedo   o badejo
Artur azevedo o badejoTulipa Zoá
 
Musicas cifradas capoeira 02
Musicas cifradas capoeira 02Musicas cifradas capoeira 02
Musicas cifradas capoeira 02Elvis Live
 
"Perfeição" - Capítulo 3 - Carmélia rouba o cofre da mansão
"Perfeição" - Capítulo 3 - Carmélia rouba o cofre da mansão"Perfeição" - Capítulo 3 - Carmélia rouba o cofre da mansão
"Perfeição" - Capítulo 3 - Carmélia rouba o cofre da mansãolucas_vinicius2012
 

Semelhante a Grande comício na floresta termina em surpresa com transformação de lagarta em borboleta (20)

Músicas de todos os tempos
Músicas de todos os temposMúsicas de todos os tempos
Músicas de todos os tempos
 
Portugues Genero Textual Ortografia Gramatica 3º e 4º ano.pdf
Portugues Genero Textual Ortografia Gramatica 3º e 4º ano.pdfPortugues Genero Textual Ortografia Gramatica 3º e 4º ano.pdf
Portugues Genero Textual Ortografia Gramatica 3º e 4º ano.pdf
 
O jogo da parlenda
O jogo da parlendaO jogo da parlenda
O jogo da parlenda
 
O jogoda parlenda
O jogoda parlendaO jogoda parlenda
O jogoda parlenda
 
Coelhinho branco e a cabra cabrês
Coelhinho branco e a cabra cabrêsCoelhinho branco e a cabra cabrês
Coelhinho branco e a cabra cabrês
 
PARLENDAS.
PARLENDAS.PARLENDAS.
PARLENDAS.
 
Caracóis de ouro e os três ursos
Caracóis de ouro e os três ursosCaracóis de ouro e os três ursos
Caracóis de ouro e os três ursos
 
Fichas de-leitura
Fichas de-leituraFichas de-leitura
Fichas de-leitura
 
Fichas de-leitura
Fichas de-leituraFichas de-leitura
Fichas de-leitura
 
Antigas profissões
Antigas profissõesAntigas profissões
Antigas profissões
 
bRANCA DE NEVE E ROSA vERMELHA TEXTO.docx
bRANCA DE NEVE E ROSA vERMELHA TEXTO.docxbRANCA DE NEVE E ROSA vERMELHA TEXTO.docx
bRANCA DE NEVE E ROSA vERMELHA TEXTO.docx
 
E-book músicas infantis pdf
E-book músicas infantis pdfE-book músicas infantis pdf
E-book músicas infantis pdf
 
João e Maria
João e MariaJoão e Maria
João e Maria
 
Chapeuzinhos coloridos projeto
Chapeuzinhos coloridos   projetoChapeuzinhos coloridos   projeto
Chapeuzinhos coloridos projeto
 
Cantigas de roda 2
Cantigas de roda 2Cantigas de roda 2
Cantigas de roda 2
 
Artur azevedo o badejo
Artur azevedo   o badejoArtur azevedo   o badejo
Artur azevedo o badejo
 
Musicas cifradas capoeira 02
Musicas cifradas capoeira 02Musicas cifradas capoeira 02
Musicas cifradas capoeira 02
 
Fichas De Poesia
Fichas De PoesiaFichas De Poesia
Fichas De Poesia
 
Fichas De Poesia
Fichas De PoesiaFichas De Poesia
Fichas De Poesia
 
"Perfeição" - Capítulo 3 - Carmélia rouba o cofre da mansão
"Perfeição" - Capítulo 3 - Carmélia rouba o cofre da mansão"Perfeição" - Capítulo 3 - Carmélia rouba o cofre da mansão
"Perfeição" - Capítulo 3 - Carmélia rouba o cofre da mansão
 

Mais de Fernanda Damm

Oficina para casa atividades de alfabetização e matemática
Oficina para casa   atividades de alfabetização e matemáticaOficina para casa   atividades de alfabetização e matemática
Oficina para casa atividades de alfabetização e matemáticaFernanda Damm
 
Ciranda das sílabas volume 6
Ciranda das sílabas   volume 6Ciranda das sílabas   volume 6
Ciranda das sílabas volume 6Fernanda Damm
 
Ciranda das sílabas volume 5
Ciranda das sílabas   volume 5Ciranda das sílabas   volume 5
Ciranda das sílabas volume 5Fernanda Damm
 
Ciranda das sílabas volume 4
Ciranda das sílabas   volume 4Ciranda das sílabas   volume 4
Ciranda das sílabas volume 4Fernanda Damm
 
Ciranda das sílabas volume 3
Ciranda das sílabas   volume 3Ciranda das sílabas   volume 3
Ciranda das sílabas volume 3Fernanda Damm
 
Ciranda das sílabas volume 2
Ciranda das sílabas   volume 2Ciranda das sílabas   volume 2
Ciranda das sílabas volume 2Fernanda Damm
 
Ciranda das sílabas volume 1
Ciranda das sílabas   volume 1Ciranda das sílabas   volume 1
Ciranda das sílabas volume 1Fernanda Damm
 
Sequência de atividades
Sequência de atividadesSequência de atividades
Sequência de atividadesFernanda Damm
 
Biografia Cecília Meireles
Biografia   Cecília  MeirelesBiografia   Cecília  Meireles
Biografia Cecília MeirelesFernanda Damm
 
Poema LEILÃO DE JARDIM
Poema LEILÃO DE JARDIMPoema LEILÃO DE JARDIM
Poema LEILÃO DE JARDIMFernanda Damm
 
Atividades referente ao livro A Primavera da Lagarta
Atividades referente ao livro A Primavera da LagartaAtividades referente ao livro A Primavera da Lagarta
Atividades referente ao livro A Primavera da LagartaFernanda Damm
 
Livro a árvore generosa
Livro a árvore generosaLivro a árvore generosa
Livro a árvore generosaFernanda Damm
 

Mais de Fernanda Damm (12)

Oficina para casa atividades de alfabetização e matemática
Oficina para casa   atividades de alfabetização e matemáticaOficina para casa   atividades de alfabetização e matemática
Oficina para casa atividades de alfabetização e matemática
 
Ciranda das sílabas volume 6
Ciranda das sílabas   volume 6Ciranda das sílabas   volume 6
Ciranda das sílabas volume 6
 
Ciranda das sílabas volume 5
Ciranda das sílabas   volume 5Ciranda das sílabas   volume 5
Ciranda das sílabas volume 5
 
Ciranda das sílabas volume 4
Ciranda das sílabas   volume 4Ciranda das sílabas   volume 4
Ciranda das sílabas volume 4
 
Ciranda das sílabas volume 3
Ciranda das sílabas   volume 3Ciranda das sílabas   volume 3
Ciranda das sílabas volume 3
 
Ciranda das sílabas volume 2
Ciranda das sílabas   volume 2Ciranda das sílabas   volume 2
Ciranda das sílabas volume 2
 
Ciranda das sílabas volume 1
Ciranda das sílabas   volume 1Ciranda das sílabas   volume 1
Ciranda das sílabas volume 1
 
Sequência de atividades
Sequência de atividadesSequência de atividades
Sequência de atividades
 
Biografia Cecília Meireles
Biografia   Cecília  MeirelesBiografia   Cecília  Meireles
Biografia Cecília Meireles
 
Poema LEILÃO DE JARDIM
Poema LEILÃO DE JARDIMPoema LEILÃO DE JARDIM
Poema LEILÃO DE JARDIM
 
Atividades referente ao livro A Primavera da Lagarta
Atividades referente ao livro A Primavera da LagartaAtividades referente ao livro A Primavera da Lagarta
Atividades referente ao livro A Primavera da Lagarta
 
Livro a árvore generosa
Livro a árvore generosaLivro a árvore generosa
Livro a árvore generosa
 

Último

Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 

Último (20)

Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 

Grande comício na floresta termina em surpresa com transformação de lagarta em borboleta

  • 1.
  • 2. GRANDE COMÍCIO NA FLORESTA! BEM NO MEIO DA CLAREIRA, DEBAIXO DA BANANEIRA. DONA FORMIGA CONVOCOU A REUNIÃO:
  • 3. — ISSO NÃO PODE CONTINUAR! — NÃO PODE, NÃO. – APOIAVA O CAMALEÃO. — É UM DESAFORO! – A FORMIGA GRITAVA. — É MESMO! – O CAMALEÃO CONCORDAVA. A JOANINHA, QUE VINHA CHEGANDO NAQUELE INSTANTE, PERGUNTAVA: — QUAL É O DESAFORO, HEIN? — É UM DESAFORO, O QUE A LAGARTA FAZ! – DIZIA A FORMIGA.
  • 4. — COME TUDO QUE É FOLHA! – RECLAMAVA O LOUVA-A-DEUS. — NÃO HÁ COMIDA QUE CHEGUE! – CONTINUAVA A FORMIGA. A LAGARTIXA NÃO CONCORDAVA: — POR ISSO NÃO, QUE AS SENHORAS FORMIGAS TAMBÉM COMEM... — É ISSO MESMO! – APOIOU O CAMALEÃO, QUE VIVIA MUDANDO DE OPINIÃO.
  • 5. — É MUITO DIFERENTE – DISSE A FORMIGA. — DEPOIS, A LAGARTA É UMA PREGUIÇOSA. VIVE LAGARTEANDO POR AÍ... — VAI VER QUE A LAGARTIXA É PARENTE DA LAGARTA – DISSE O CAMALEÃO, QUE JÁ TINHA MUDADO DE OPINIÃO. — PARENTE, NÃO – FALOU A LAGARTIXA. — É SÓ UMA COINCIDÊNCIA DE NOME. — ENTÃO NÃO SE META! – DISSE A FORMIGA. — ABAIXO A LAGARTA! – DISSE O GAFANHOTO. – VAMOS ACABAR COM ELA! — VAMOS, SIM! – GRITOU A LIBÉLULA. — ELA É MUITO FEIA! O SENHOR CARACOL AINDA QUIS FAZER UM DISCURSO: — MINHAS SENHORAS E MEUS SENHORES, COMO É PARA O BEM GERAL E PARA A FELICIDADE NACIONAL, EM MEU NOME E EM NOME DE TODO MUNDO INTERESSADO, COMO DIRIA O CONSELHEIRO FURTADO, QUERO DEIXAR CONSIGNADO QUE ESTÁ TUDO ERRADO...
  • 6. MAS COMO O CARACOL ERA MUITO ENROLADO, NINGUÉM PRESTAVA ATENÇÃO NO COITADO. JÁ ESTAVAM TODOS SE PREPARANDO PARA CAÇAR A LAGARTA. — ABAIXO A FEIÚRA! – GRITAVA A ARANHA – COMO SE ELA FOSSE MUITO BONITA — MORRA COMILONA! – EXCLAMAVA O LOUVA-A-DEUS – COMO SE ELE NÃO FOSSE COMILÃO TAMBÉM. — VAMOS ACABAR COM A PREGUIÇOSA! – BERRAVA A CIGARRA – ESQUECENDO SUA FAMA DE BOA-VIDA. E LÁ SE FORAM ELES CANTANDO E MARCHANDO: — UM, DOIS, FEIJÃO COM ARROZ... TRÊS , QUATRO FEIJÃO NO PRATO...
  • 7. MAS A PRIMAVERA HAVIA CHEGADO. POR TODA PARTE HAVIA FLORES NA FLORESTA, ATÉ PARECIA FESTA... OS PASSARINHOS CANTAVAM... E AS BORBOLETAS, QUANTAS BORBOLETAS! DE TODAS AS CORES, DE TODOS OS TAMANHOS, BORBOLETEAVAM PELA MATA.
  • 8. E AS BORBOLETAS, QUANTAS BORBOLETAS! DE TODAS AS CORES, DE TODOS OS TAMANHOS, BORBOLETEAVAM PELA MATA E OS CAÇADORES PROCURAVAM PELA LAGARTA. — UM, DOIS, UM DOIS, FEIJÃO COM ARROZ... TRÊS , QUATRO FEIJÃO NO PRATO... E PERGUNTAVAM ÀS BORBOLETAS QUE PASSAVAM: — VOCÊS VIRAM A LAGARTA QUE MORAVA NA AMOREIRA? AQUELA PREGUIÇOSA, COMILONA, HORROROSA? AS BORBOLETAS RIAM, RIAM... IAM PASSANDO E NEM RESPONDIAM.
  • 9. ATÉ QUE VEIO CHEGANDO UMA LINDA BORBOLETA: — ESTÃO PROCURANDO A LAGARTA DA AMOREIRA? — ESTAMOS, SIM! AQUELA HORROROSA! COMILONA! E A BORBOLETA BATEU AS ASAS E FALOU: — POIS SOU EU... — NÃO É POSSÍVEL! NÃO PODE SER VERDADE! VOCÊ É LINDA! E A BORBOLETA, SORRINDO, EXPLICOU: — TODA LAGARTA TEM SEU DIA DE BORBOLETA. É SÓ ESPERAR PELA PRIMAVERA... DONA FORMIGA FICOU ESPANTADA: — NÃO É POSSÍVEL! SÓ ACREDITO VENDO!
  • 10. E A BORBOLETA FALOU: — VENHA VER. ISSO ACONTECE COM TODAS AS LAGARTAS. EU TENHO UMA IRMÃ QUE ESTÁ ACABANDO DE VIRAR BORBOLETA. E TODOS CORRERAM PARA VER. E FICARAM QUIETINHOS, ESPIANDO...
  • 11. E A LAGARTA FOI SE TRANSFORMANDO... FOI SE TRANSFORMANDO... ATÉ QUE , DE DENTRO DO CASULO, NASCEU UMA BORBOLETA. OS INIMIGOS DA LAGARTA FICARAM ADMIRADOS. — É UM MILAGRE! – DISSE A FORMIGA, ENVERGONHADA. — BEM QUE EU FALEI! – DISSE O CAMALEÃO, QUE JÁ TINHA MUDADO DE OPINIÃO. E A BORBOLETA FALOU:
  • 12. — BEM QUE EU FALEI! – DISSE O CAMALEÃO, QUE JÁ TINHA MUDADO DE OPINIÃO. E A BORBOLETA FALOU: — É PRECISO TER PACIÊNCIA COM AS LAGARTAS, SE QUISERMOS CONHECER AS BORBOLETAS! — É PRECISO TER PACIÊNCIA COM AS LAGARTAS, SE QUISERMOS CONHECER AS BORBOLETAS!