SlideShare uma empresa Scribd logo
Dr. Daniel Xavier
Pesquisador CNPQ e Autor
Doutor em Terapia Intensiva pelo Instituto Brasileiro de Terapia Intensiva- IBRATI/SP.
Mestre em Terapia intensiva pela IBRATI/SP.
Pós graduado em Fisioterapia em UTI pela Fundação A/C Camargo-Hospital do Câncer de São
Paulo,
pós-graduado e residência em Neurologia pela UMESP,
Fisioterapia Intensivista - SOBRATI/SP.
Fisioterapeuta da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas(FCECON),
atuando como responsável técnico da fisioterapia da UTI-Unidade de tratamento intensivo.
Responsável pela implantação do centro de reabilitação em fisioterapia onco-funcional da Liga
amazonense de combate ao câncer-LACC.
Coordenador regional do curso de pós-graduação em fisioterapia intensiva. Proprietário da
empresa FISIOCURSOS - Empresa de pós-graduação em fisioterapia e cursos de extensão e
aprimoramento profissional.
Membro ativo da ABFO - Associação Brasileira de Fisioterapia Onco-Fincional e da ABRAFI -
Associação Brasileira de Fisioterapia Intensiva e atualmente Diretor Presidente da ASSAFI-Associação
Amazonense de Fisioterapia Intensiva.
Autor dos livros: “Hands-On – Fisioterapia intensiva e Fisioterapia oncofuncional para a graduação
Dr. Daniel Xavier
PREPARATÓRIO CONCURSO
SUSAM 2014
QUESTÕES SELECIONADAS
Questões específicas
O sistema nervoso é composto de neurônios e
células gliais (gliócitos).Marque a opção correta
acerca da atividadedessas estruturas.
(A) Os gliócitos produzem e veiculam potenciais de ação
que funcionam como unidades de informação.
(B) Os gliócitos lidam com sinais químicos de orientação
do crescimento e de migração dos neurônios
durante o desenvolvimento.
(C) Os axônios correspondem a inúmeros
prolongamentos do corpo neuronal que se
ramificam múltiplas vezes.
(D) Cada neurônio tem um único dendrito de onde
emergem as informações eferentes dirigidas às
outras células de um circuitoneuronal
(polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
CÉLULAS DA GLIA
• São células capazes de exercer uma importância vital aos neurônios, sendo a principal função
a Nutrição.
• Não produzem potencial de ação.
ASTRÓCITOS ....................... Nutrição e metabolismo
MACRÓGLIA
CÉLULAS EPENDIMÁRIAS ........Revestimento dos
Ventrículos cerebrais e do canal espinhal
OLIGODENDRÓLIA .................. Síntese de mielina
MICRÓGLIA
HORTEGÁGLIA .................. Células de limpeza
Células do Sistema Nervoso: Glia
Oligodendrócitos
Bainha isolante
(Bainha de mielina) das
fibras nervosas no SNC
Células de Schwann
Bainha isolante
(Bainha de mielina) das
fibras nervosas no SNP
Astrócitos
Associado aos capilares
 Suporte nutricional e
físico aos neurônios
http://www.afh.bio.br/nervoso/nervoso2.asp#neurotransmissores
CÉLULAS DA GLIA
ESTRUTURA BÁSICA DO
NEURÔNIO
CORPO
CELULAR
Núcleo
DENDRITO
S AXÔNIO
Bainha
de
mielina
Célula de
Schwann
Axônio
Bainha
de
mielina
Nódulo
de
Ranvier
QUESTÕES SELECIONADAS
Neurociência
aula 01
DIVISÃO DO SISTEMA NERVOSO
Sistema
Nervoso
Central
Sistema
Nervoso
Periférico
encéfalo
medula espinhal
cérebro
cerebelo
tronco
encefálico
mesencéfalo
ponte
bulbo
nervos
gânglios
terminações nervosas
espinhais
cranianos
QUESTÕES SELECIONADAS
Questões específicas
São estruturas neuroanatômicas que
constituem o cérebro:
 (A)córtex cerebral, núcleos da base e
diencéfalo.
 (B)mesencéfalo, diencéfalo e núcleo
fastigial.
 (C)córtex cerebral, diencéfalo e
mesencéfalo.
 (D)diencéfalo, núcleos da base e
mesencéfalo
(polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
Questões selecionadas
O diencéfalo consiste das
seguintes estruturas:
 (A)tálamo, hipotálamo,
epitálamo e bulbo
 (B)hipotálamo, tálamo,
epitálamo e subtálamo.
 (C)tálamo, bulbo, subtálamo
e ponte.
 (D)ponte, bulbo, tálamo e
hipotálamo (polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
Questões selecionadas
São células responsáveis
pela formação da bainha
de mielina:
 (A)astrócitos e oligodendrócitos.
 (B)astrócitos e células de
Schwann.
 (C)oligodendrócitos e células de
Schwann.
 (D)células de Schwann e
micróglias
(polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia
neurológica)
Questões selecionadas
 São doenças desmielinizantes:
(A)síndrome de Guillain-Barré e
esclerose múltipla.
(B)esclerose múltipla e esclerose
lateralamiotrófica.
(C)síndrome de Guillain-Barré e
síndrome deArnold-Chiari.
(D)síndrome de Arnold-Chiari e
esclerose lateral amiotrófica.
(polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
Questões selecionadas
 O teste índex-nariz é útil para
diagnosticar alterações na
função do
 (A)tálamo.
 (B)cerebelo.
 (C)colículo superior.
 (D)feixe córtico-espinhal
 NEUROANATOMIA
FUNCIONAL
Núcleos de base
Cerebelo
Diencéfalo
Tronco encefálico
(polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
Questões selecionadas
 O local de fundamental
importância para o aprendizado
motor em que são feitas as
correções quando os movimentos
resultantes falham em relação às
expectativas é o(s)
 (A)bulbo.
 (B)córtex motor primário.
 (C)núcleos da base.
 (D)cerebelo.
• O cerebelo recebe informações
do córtex motor e dos gânglios
basais de todos os estímulos
enviados aos músculos.
• A partir das informações do
córtex motor sobre os
movimentos musculares que
pretende executar e de
informações proprioceptivas que
recebe diretamente do corpo
(articulações, músculos, áreas de
pressão do corpo, aparelho
vestibular e olhos), avalia o
movimento realmente
executado.
(polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
Questões específicas
Em relação ao comando neural da atividade muscular, é
INCORRETO afirmar que
 (A)os motoneurônios medulares estão situados no
corno ventral.
 (B)os motoneurônios mediais comandam os
movimentos finos dos membros.
(C)os motoneurônios gama inervam fibras
musculares modificadas que fazem parte
de receptores sensoriais - os fusos
musculares.
(D)os axônios dos motoneurônios, antes de
emergirem, fazem sinapse com interneurônios no
próprio corno ventral.
(polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Anatomia e Fisiologia Humana
Anatomia e Fisiologia HumanaAnatomia e Fisiologia Humana
Anatomia e Fisiologia Humana
Sou Enfermagem
 
Propedêutica do Aparelho locomotor
Propedêutica do Aparelho locomotorPropedêutica do Aparelho locomotor
Propedêutica do Aparelho locomotor
pauloalambert
 
Farmacologia para enfermagem
Farmacologia para enfermagemFarmacologia para enfermagem
Farmacologia para enfermagem
Ana Hollanders
 
Anamnese
AnamneseAnamnese
Anamnese
lacmuam
 
Exame físico do Tórax
Exame físico do TóraxExame físico do Tórax
Exame físico do Tórax
pauloalambert
 
Propedêutica pulmonar
Propedêutica pulmonarPropedêutica pulmonar
Propedêutica pulmonar
dapab
 
Arritimias cardíacas
Arritimias cardíacasArritimias cardíacas
Arritimias cardíacas
dapab
 
Anatomia do Sistema Nervoso
Anatomia do Sistema NervosoAnatomia do Sistema Nervoso
Anatomia do Sistema Nervoso
Ana Carolina Andrade
 
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologiaAula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Sensibilidade 14
Sensibilidade 14Sensibilidade 14
Sensibilidade 14
pauloalambert
 
Slides disfuncoes musculoesqueleticas
Slides disfuncoes musculoesqueleticasSlides disfuncoes musculoesqueleticas
Slides disfuncoes musculoesqueleticas
Secretaria Municipal da Cidade do Rio de Janeiro
 
Introdução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Introdução a Neuroanatomia e NeurofisiologiaIntrodução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Introdução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Alisson Vasconcelos Dos Anjos
 
instrumentos e técnicas na antropometria - ok!
instrumentos e técnicas na antropometria - ok!instrumentos e técnicas na antropometria - ok!
instrumentos e técnicas na antropometria - ok!
Amarildo César
 
Acidente vascular cerebral
Acidente vascular cerebralAcidente vascular cerebral
Acidente vascular cerebral
Universidade Federal Fluminense
 
Porto exame clinico (roteiros) - 7 ª ed
Porto    exame clinico (roteiros) - 7 ª edPorto    exame clinico (roteiros) - 7 ª ed
Porto exame clinico (roteiros) - 7 ª ed
Inglid Fontoura
 
Articulacoes cinesiologia
Articulacoes  cinesiologiaArticulacoes  cinesiologia
Articulacoes cinesiologia
Laine Costa
 
Fios cirurgicos
Fios cirurgicosFios cirurgicos
Fios cirurgicos
Eduardo Bernardino
 
Semiologia da dor
Semiologia da dorSemiologia da dor
Semiologia da dor
pauloalambert
 
Fibromialgia
Fibromialgia Fibromialgia
Fibromialgia
pauloalambert
 
Ferimento por arma de fogo
Ferimento por arma de fogoFerimento por arma de fogo
Ferimento por arma de fogo
Lawrence Caixeta
 

Mais procurados (20)

Anatomia e Fisiologia Humana
Anatomia e Fisiologia HumanaAnatomia e Fisiologia Humana
Anatomia e Fisiologia Humana
 
Propedêutica do Aparelho locomotor
Propedêutica do Aparelho locomotorPropedêutica do Aparelho locomotor
Propedêutica do Aparelho locomotor
 
Farmacologia para enfermagem
Farmacologia para enfermagemFarmacologia para enfermagem
Farmacologia para enfermagem
 
Anamnese
AnamneseAnamnese
Anamnese
 
Exame físico do Tórax
Exame físico do TóraxExame físico do Tórax
Exame físico do Tórax
 
Propedêutica pulmonar
Propedêutica pulmonarPropedêutica pulmonar
Propedêutica pulmonar
 
Arritimias cardíacas
Arritimias cardíacasArritimias cardíacas
Arritimias cardíacas
 
Anatomia do Sistema Nervoso
Anatomia do Sistema NervosoAnatomia do Sistema Nervoso
Anatomia do Sistema Nervoso
 
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologiaAula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
 
Sensibilidade 14
Sensibilidade 14Sensibilidade 14
Sensibilidade 14
 
Slides disfuncoes musculoesqueleticas
Slides disfuncoes musculoesqueleticasSlides disfuncoes musculoesqueleticas
Slides disfuncoes musculoesqueleticas
 
Introdução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Introdução a Neuroanatomia e NeurofisiologiaIntrodução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Introdução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
 
instrumentos e técnicas na antropometria - ok!
instrumentos e técnicas na antropometria - ok!instrumentos e técnicas na antropometria - ok!
instrumentos e técnicas na antropometria - ok!
 
Acidente vascular cerebral
Acidente vascular cerebralAcidente vascular cerebral
Acidente vascular cerebral
 
Porto exame clinico (roteiros) - 7 ª ed
Porto    exame clinico (roteiros) - 7 ª edPorto    exame clinico (roteiros) - 7 ª ed
Porto exame clinico (roteiros) - 7 ª ed
 
Articulacoes cinesiologia
Articulacoes  cinesiologiaArticulacoes  cinesiologia
Articulacoes cinesiologia
 
Fios cirurgicos
Fios cirurgicosFios cirurgicos
Fios cirurgicos
 
Semiologia da dor
Semiologia da dorSemiologia da dor
Semiologia da dor
 
Fibromialgia
Fibromialgia Fibromialgia
Fibromialgia
 
Ferimento por arma de fogo
Ferimento por arma de fogoFerimento por arma de fogo
Ferimento por arma de fogo
 

Destaque

Esclerose multipla
Esclerose multiplaEsclerose multipla
Esclerose multipla
GEDRBRASIL_ESTUDANDORARAS
 
Esclerose múltipla slides
Esclerose múltipla slidesEsclerose múltipla slides
Esclerose múltipla slides
kmillaalves
 
Esclerose Múltipla
Esclerose MúltiplaEsclerose Múltipla
Esclerose Múltipla
José Carlos Morais
 
Esclerose múltipla
Esclerose múltiplaEsclerose múltipla
Esclerose múltipla
PatriciaKarla
 
Aula de Revisão - Neuroanatomia
Aula de Revisão - NeuroanatomiaAula de Revisão - Neuroanatomia
Esclerose Multipla
Esclerose MultiplaEsclerose Multipla
Esclerose Multipla
marcusraspa
 
Esclerose multipla
Esclerose multiplaEsclerose multipla
Esclerose multipla
Natha Fisioterapia
 
Esclerose Múltipla
Esclerose Múltipla Esclerose Múltipla
Esclerose Múltipla
Layla Aquino
 
Esclerose multipla - escrito
Esclerose multipla - escritoEsclerose multipla - escrito
Esclerose multipla - escrito
12anogolega
 
EMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose Multipla
EMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose MultiplaEMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose Multipla
EMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose Multipla
SPEM - Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla
 
disturbios cerebelares
disturbios cerebelaresdisturbios cerebelares
disturbios cerebelares
Sebastiao Margarida
 
SISTEMA NERVOSO: NOÇÕES DE NEUROANATOMIA
SISTEMA NERVOSO: NOÇÕES DE NEUROANATOMIASISTEMA NERVOSO: NOÇÕES DE NEUROANATOMIA
SISTEMA NERVOSO: NOÇÕES DE NEUROANATOMIA
Cristiano Quintão
 
Fisioterapia neurologia
Fisioterapia neurologiaFisioterapia neurologia
Fisioterapia neurologia
Natha Fisioterapia
 
Neurofisiologia 1
Neurofisiologia 1Neurofisiologia 1
Neurofisiologia 1
Leandro Lourenção Duarte
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Catir
 
O que voce ve na foto
O que voce ve na fotoO que voce ve na foto
O que voce ve na foto
Mensagens Virtuais
 
Vamos rir um pouco
Vamos rir um poucoVamos rir um pouco
Vamos rir um pouco
Mensagens Virtuais
 
Preparatório cardio - Iapes
Preparatório cardio - IapesPreparatório cardio - Iapes
Preparatório cardio - Iapes
Iapes Ensino
 
Visão - NEUROANATOMIA
Visão - NEUROANATOMIAVisão - NEUROANATOMIA
Visão - NEUROANATOMIA
edhyelem
 
Questões comentadas aula neuro 2 - Dr. Daniel Xavier - Parte 1
Questões comentadas aula neuro 2 - Dr. Daniel Xavier - Parte 1Questões comentadas aula neuro 2 - Dr. Daniel Xavier - Parte 1
Questões comentadas aula neuro 2 - Dr. Daniel Xavier - Parte 1
Iapes Ensino
 

Destaque (20)

Esclerose multipla
Esclerose multiplaEsclerose multipla
Esclerose multipla
 
Esclerose múltipla slides
Esclerose múltipla slidesEsclerose múltipla slides
Esclerose múltipla slides
 
Esclerose Múltipla
Esclerose MúltiplaEsclerose Múltipla
Esclerose Múltipla
 
Esclerose múltipla
Esclerose múltiplaEsclerose múltipla
Esclerose múltipla
 
Aula de Revisão - Neuroanatomia
Aula de Revisão - NeuroanatomiaAula de Revisão - Neuroanatomia
Aula de Revisão - Neuroanatomia
 
Esclerose Multipla
Esclerose MultiplaEsclerose Multipla
Esclerose Multipla
 
Esclerose multipla
Esclerose multiplaEsclerose multipla
Esclerose multipla
 
Esclerose Múltipla
Esclerose Múltipla Esclerose Múltipla
Esclerose Múltipla
 
Esclerose multipla - escrito
Esclerose multipla - escritoEsclerose multipla - escrito
Esclerose multipla - escrito
 
EMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose Multipla
EMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose MultiplaEMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose Multipla
EMcontros: Papel do Enfermeiro na Esclerose Multipla
 
disturbios cerebelares
disturbios cerebelaresdisturbios cerebelares
disturbios cerebelares
 
SISTEMA NERVOSO: NOÇÕES DE NEUROANATOMIA
SISTEMA NERVOSO: NOÇÕES DE NEUROANATOMIASISTEMA NERVOSO: NOÇÕES DE NEUROANATOMIA
SISTEMA NERVOSO: NOÇÕES DE NEUROANATOMIA
 
Fisioterapia neurologia
Fisioterapia neurologiaFisioterapia neurologia
Fisioterapia neurologia
 
Neurofisiologia 1
Neurofisiologia 1Neurofisiologia 1
Neurofisiologia 1
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
O que voce ve na foto
O que voce ve na fotoO que voce ve na foto
O que voce ve na foto
 
Vamos rir um pouco
Vamos rir um poucoVamos rir um pouco
Vamos rir um pouco
 
Preparatório cardio - Iapes
Preparatório cardio - IapesPreparatório cardio - Iapes
Preparatório cardio - Iapes
 
Visão - NEUROANATOMIA
Visão - NEUROANATOMIAVisão - NEUROANATOMIA
Visão - NEUROANATOMIA
 
Questões comentadas aula neuro 2 - Dr. Daniel Xavier - Parte 1
Questões comentadas aula neuro 2 - Dr. Daniel Xavier - Parte 1Questões comentadas aula neuro 2 - Dr. Daniel Xavier - Parte 1
Questões comentadas aula neuro 2 - Dr. Daniel Xavier - Parte 1
 

Semelhante a Revisão e questões resolvidas e comentadas neurologia

Sistema nervoso e endócrino aprof.
Sistema nervoso e endócrino aprof.Sistema nervoso e endócrino aprof.
Sistema nervoso e endócrino aprof.
letyap
 
Sna by lazoinacio slide neuroliga 2011
Sna by lazoinacio slide neuroliga 2011Sna by lazoinacio slide neuroliga 2011
Sna by lazoinacio slide neuroliga 2011
neuroliga-nortemineira
 
Neurofisiologia
NeurofisiologiaNeurofisiologia
Neurofisiologia
Maíra Cerqueira
 
3ºaula tecido nervoso
3ºaula tecido nervoso3ºaula tecido nervoso
3ºaula tecido nervoso
ÁreadaSaúde
 
RM Protocolo Crânio.pdfi muito bom esse material estudem
RM Protocolo Crânio.pdfi muito bom esse material estudemRM Protocolo Crânio.pdfi muito bom esse material estudem
RM Protocolo Crânio.pdfi muito bom esse material estudem
LuizBritoBatista
 
Ergonomia do trabalho fisioterapia preventiva
Ergonomia do trabalho fisioterapia preventivaErgonomia do trabalho fisioterapia preventiva
Ergonomia do trabalho fisioterapia preventiva
DeboraKaroline4
 
Coluna vertebral
Coluna vertebralColuna vertebral
Coluna vertebral
Sandrina Jesus
 
167682767 apostila-acupuntura-laser
167682767 apostila-acupuntura-laser167682767 apostila-acupuntura-laser
167682767 apostila-acupuntura-laser
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
dst
dstdst
Fundamentos da avaliação neurológica
Fundamentos da avaliação neurológicaFundamentos da avaliação neurológica
Fundamentos da avaliação neurológica
Faculdade Metropolitanas Unidas - FMU
 
AULA 7 sistema nervoso.pptx
AULA 7 sistema nervoso.pptxAULA 7 sistema nervoso.pptx
AULA 7 sistema nervoso.pptx
EdsondaRitaEgidioArm
 
Plasticidade e fisioterapia
Plasticidade e fisioterapiaPlasticidade e fisioterapia
Plasticidade e fisioterapia
juuliacarolina
 
Células-tronco do sangue de cordão umbilical
Células-tronco do sangue de cordão umbilicalCélulas-tronco do sangue de cordão umbilical
Células-tronco do sangue de cordão umbilical
Cryopraxis
 
Aula sm (sn)
Aula sm (sn)Aula sm (sn)
Aula sm (sn)
Carlos Andrade
 
Anatomia do sistema nervoso slides completos
Anatomia do sistema nervoso slides completosAnatomia do sistema nervoso slides completos
Anatomia do sistema nervoso slides completos
palommaviana12
 
Pontos-Gatilho......
Pontos-Gatilho......Pontos-Gatilho......
Pontos-Gatilho......
LuanaAlves187
 
Sistema_nervoso_----_corrigido_ (1).pptx
Sistema_nervoso_----_corrigido_ (1).pptxSistema_nervoso_----_corrigido_ (1).pptx
Sistema_nervoso_----_corrigido_ (1).pptx
GabrielaRodrigues515262
 
Manual de Condutas do Pronto Socorro Cirúrgico
Manual de Condutas do Pronto Socorro CirúrgicoManual de Condutas do Pronto Socorro Cirúrgico
Manual de Condutas do Pronto Socorro Cirúrgico
Larissa20088
 
Cartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de células
Cartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de célulasCartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de células
Cartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de células
Hugo Cabrera
 
Medicina regenerativa humana e veterinária no tratamento de lesões da medula ...
Medicina regenerativa humana e veterinária no tratamento de lesões da medula ...Medicina regenerativa humana e veterinária no tratamento de lesões da medula ...
Medicina regenerativa humana e veterinária no tratamento de lesões da medula ...
JULIO BUSIGNANI, MÉDICO VETERINÁRIO
 

Semelhante a Revisão e questões resolvidas e comentadas neurologia (20)

Sistema nervoso e endócrino aprof.
Sistema nervoso e endócrino aprof.Sistema nervoso e endócrino aprof.
Sistema nervoso e endócrino aprof.
 
Sna by lazoinacio slide neuroliga 2011
Sna by lazoinacio slide neuroliga 2011Sna by lazoinacio slide neuroliga 2011
Sna by lazoinacio slide neuroliga 2011
 
Neurofisiologia
NeurofisiologiaNeurofisiologia
Neurofisiologia
 
3ºaula tecido nervoso
3ºaula tecido nervoso3ºaula tecido nervoso
3ºaula tecido nervoso
 
RM Protocolo Crânio.pdfi muito bom esse material estudem
RM Protocolo Crânio.pdfi muito bom esse material estudemRM Protocolo Crânio.pdfi muito bom esse material estudem
RM Protocolo Crânio.pdfi muito bom esse material estudem
 
Ergonomia do trabalho fisioterapia preventiva
Ergonomia do trabalho fisioterapia preventivaErgonomia do trabalho fisioterapia preventiva
Ergonomia do trabalho fisioterapia preventiva
 
Coluna vertebral
Coluna vertebralColuna vertebral
Coluna vertebral
 
167682767 apostila-acupuntura-laser
167682767 apostila-acupuntura-laser167682767 apostila-acupuntura-laser
167682767 apostila-acupuntura-laser
 
dst
dstdst
dst
 
Fundamentos da avaliação neurológica
Fundamentos da avaliação neurológicaFundamentos da avaliação neurológica
Fundamentos da avaliação neurológica
 
AULA 7 sistema nervoso.pptx
AULA 7 sistema nervoso.pptxAULA 7 sistema nervoso.pptx
AULA 7 sistema nervoso.pptx
 
Plasticidade e fisioterapia
Plasticidade e fisioterapiaPlasticidade e fisioterapia
Plasticidade e fisioterapia
 
Células-tronco do sangue de cordão umbilical
Células-tronco do sangue de cordão umbilicalCélulas-tronco do sangue de cordão umbilical
Células-tronco do sangue de cordão umbilical
 
Aula sm (sn)
Aula sm (sn)Aula sm (sn)
Aula sm (sn)
 
Anatomia do sistema nervoso slides completos
Anatomia do sistema nervoso slides completosAnatomia do sistema nervoso slides completos
Anatomia do sistema nervoso slides completos
 
Pontos-Gatilho......
Pontos-Gatilho......Pontos-Gatilho......
Pontos-Gatilho......
 
Sistema_nervoso_----_corrigido_ (1).pptx
Sistema_nervoso_----_corrigido_ (1).pptxSistema_nervoso_----_corrigido_ (1).pptx
Sistema_nervoso_----_corrigido_ (1).pptx
 
Manual de Condutas do Pronto Socorro Cirúrgico
Manual de Condutas do Pronto Socorro CirúrgicoManual de Condutas do Pronto Socorro Cirúrgico
Manual de Condutas do Pronto Socorro Cirúrgico
 
Cartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de células
Cartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de célulasCartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de células
Cartilha de células-tronco, terapias celulares e bancos de células
 
Medicina regenerativa humana e veterinária no tratamento de lesões da medula ...
Medicina regenerativa humana e veterinária no tratamento de lesões da medula ...Medicina regenerativa humana e veterinária no tratamento de lesões da medula ...
Medicina regenerativa humana e veterinária no tratamento de lesões da medula ...
 

Mais de Iapes Ensino

Síndrome do desconforto respiratório agudo (sdra)
Síndrome do desconforto respiratório agudo (sdra)Síndrome do desconforto respiratório agudo (sdra)
Síndrome do desconforto respiratório agudo (sdra)
Iapes Ensino
 
Paciente oncológico
Paciente oncológicoPaciente oncológico
Paciente oncológico
Iapes Ensino
 
Raio x pós graduação
Raio   x pós graduaçãoRaio   x pós graduação
Raio x pós graduação
Iapes Ensino
 
Polineuropatia do paciente crítico
Polineuropatia do paciente críticoPolineuropatia do paciente crítico
Polineuropatia do paciente crítico
Iapes Ensino
 
A fisioterapia intensiva oncofuncional
A fisioterapia intensiva oncofuncional A fisioterapia intensiva oncofuncional
A fisioterapia intensiva oncofuncional
Iapes Ensino
 
Revisão e questões resolvidas e comentadas Dr Daniel Xavier - parte 1
Revisão e questões resolvidas e comentadas Dr Daniel Xavier - parte 1Revisão e questões resolvidas e comentadas Dr Daniel Xavier - parte 1
Revisão e questões resolvidas e comentadas Dr Daniel Xavier - parte 1
Iapes Ensino
 

Mais de Iapes Ensino (6)

Síndrome do desconforto respiratório agudo (sdra)
Síndrome do desconforto respiratório agudo (sdra)Síndrome do desconforto respiratório agudo (sdra)
Síndrome do desconforto respiratório agudo (sdra)
 
Paciente oncológico
Paciente oncológicoPaciente oncológico
Paciente oncológico
 
Raio x pós graduação
Raio   x pós graduaçãoRaio   x pós graduação
Raio x pós graduação
 
Polineuropatia do paciente crítico
Polineuropatia do paciente críticoPolineuropatia do paciente crítico
Polineuropatia do paciente crítico
 
A fisioterapia intensiva oncofuncional
A fisioterapia intensiva oncofuncional A fisioterapia intensiva oncofuncional
A fisioterapia intensiva oncofuncional
 
Revisão e questões resolvidas e comentadas Dr Daniel Xavier - parte 1
Revisão e questões resolvidas e comentadas Dr Daniel Xavier - parte 1Revisão e questões resolvidas e comentadas Dr Daniel Xavier - parte 1
Revisão e questões resolvidas e comentadas Dr Daniel Xavier - parte 1
 

Último

Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
FernandaOliveira758273
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
samucajaime015
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
katbrochier1
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 

Último (20)

Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃOAUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
AUTISMO LEGAL - DIREITOS DOS AUTISTAS- LEGISLAÇÃO
 
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
Aula de fundamentos de Programação Orientada a Objeto na linguagem de program...
 
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTALPlanejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
Planejamento BNCC - 4 ANO -TRIMESTRAL - ENSINO FUNDAMENTAL
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 

Revisão e questões resolvidas e comentadas neurologia

  • 2. Doutor em Terapia Intensiva pelo Instituto Brasileiro de Terapia Intensiva- IBRATI/SP. Mestre em Terapia intensiva pela IBRATI/SP. Pós graduado em Fisioterapia em UTI pela Fundação A/C Camargo-Hospital do Câncer de São Paulo, pós-graduado e residência em Neurologia pela UMESP, Fisioterapia Intensivista - SOBRATI/SP. Fisioterapeuta da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas(FCECON), atuando como responsável técnico da fisioterapia da UTI-Unidade de tratamento intensivo. Responsável pela implantação do centro de reabilitação em fisioterapia onco-funcional da Liga amazonense de combate ao câncer-LACC. Coordenador regional do curso de pós-graduação em fisioterapia intensiva. Proprietário da empresa FISIOCURSOS - Empresa de pós-graduação em fisioterapia e cursos de extensão e aprimoramento profissional. Membro ativo da ABFO - Associação Brasileira de Fisioterapia Onco-Fincional e da ABRAFI - Associação Brasileira de Fisioterapia Intensiva e atualmente Diretor Presidente da ASSAFI-Associação Amazonense de Fisioterapia Intensiva. Autor dos livros: “Hands-On – Fisioterapia intensiva e Fisioterapia oncofuncional para a graduação Dr. Daniel Xavier
  • 4. Questões específicas O sistema nervoso é composto de neurônios e células gliais (gliócitos).Marque a opção correta acerca da atividadedessas estruturas. (A) Os gliócitos produzem e veiculam potenciais de ação que funcionam como unidades de informação. (B) Os gliócitos lidam com sinais químicos de orientação do crescimento e de migração dos neurônios durante o desenvolvimento. (C) Os axônios correspondem a inúmeros prolongamentos do corpo neuronal que se ramificam múltiplas vezes. (D) Cada neurônio tem um único dendrito de onde emergem as informações eferentes dirigidas às outras células de um circuitoneuronal (polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
  • 5. CÉLULAS DA GLIA • São células capazes de exercer uma importância vital aos neurônios, sendo a principal função a Nutrição. • Não produzem potencial de ação. ASTRÓCITOS ....................... Nutrição e metabolismo MACRÓGLIA CÉLULAS EPENDIMÁRIAS ........Revestimento dos Ventrículos cerebrais e do canal espinhal OLIGODENDRÓLIA .................. Síntese de mielina MICRÓGLIA HORTEGÁGLIA .................. Células de limpeza
  • 6. Células do Sistema Nervoso: Glia Oligodendrócitos Bainha isolante (Bainha de mielina) das fibras nervosas no SNC Células de Schwann Bainha isolante (Bainha de mielina) das fibras nervosas no SNP Astrócitos Associado aos capilares  Suporte nutricional e físico aos neurônios
  • 8. ESTRUTURA BÁSICA DO NEURÔNIO CORPO CELULAR Núcleo DENDRITO S AXÔNIO Bainha de mielina Célula de Schwann Axônio Bainha de mielina Nódulo de Ranvier
  • 10. Neurociência aula 01 DIVISÃO DO SISTEMA NERVOSO Sistema Nervoso Central Sistema Nervoso Periférico encéfalo medula espinhal cérebro cerebelo tronco encefálico mesencéfalo ponte bulbo nervos gânglios terminações nervosas espinhais cranianos
  • 11.
  • 13. Questões específicas São estruturas neuroanatômicas que constituem o cérebro:  (A)córtex cerebral, núcleos da base e diencéfalo.  (B)mesencéfalo, diencéfalo e núcleo fastigial.  (C)córtex cerebral, diencéfalo e mesencéfalo.  (D)diencéfalo, núcleos da base e mesencéfalo (polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
  • 14. Questões selecionadas O diencéfalo consiste das seguintes estruturas:  (A)tálamo, hipotálamo, epitálamo e bulbo  (B)hipotálamo, tálamo, epitálamo e subtálamo.  (C)tálamo, bulbo, subtálamo e ponte.  (D)ponte, bulbo, tálamo e hipotálamo (polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
  • 15. Questões selecionadas São células responsáveis pela formação da bainha de mielina:  (A)astrócitos e oligodendrócitos.  (B)astrócitos e células de Schwann.  (C)oligodendrócitos e células de Schwann.  (D)células de Schwann e micróglias (polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
  • 16. Questões selecionadas  São doenças desmielinizantes: (A)síndrome de Guillain-Barré e esclerose múltipla. (B)esclerose múltipla e esclerose lateralamiotrófica. (C)síndrome de Guillain-Barré e síndrome deArnold-Chiari. (D)síndrome de Arnold-Chiari e esclerose lateral amiotrófica. (polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
  • 17. Questões selecionadas  O teste índex-nariz é útil para diagnosticar alterações na função do  (A)tálamo.  (B)cerebelo.  (C)colículo superior.  (D)feixe córtico-espinhal  NEUROANATOMIA FUNCIONAL Núcleos de base Cerebelo Diencéfalo Tronco encefálico (polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
  • 18. Questões selecionadas  O local de fundamental importância para o aprendizado motor em que são feitas as correções quando os movimentos resultantes falham em relação às expectativas é o(s)  (A)bulbo.  (B)córtex motor primário.  (C)núcleos da base.  (D)cerebelo. • O cerebelo recebe informações do córtex motor e dos gânglios basais de todos os estímulos enviados aos músculos. • A partir das informações do córtex motor sobre os movimentos musculares que pretende executar e de informações proprioceptivas que recebe diretamente do corpo (articulações, músculos, áreas de pressão do corpo, aparelho vestibular e olhos), avalia o movimento realmente executado. (polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)
  • 19. Questões específicas Em relação ao comando neural da atividade muscular, é INCORRETO afirmar que  (A)os motoneurônios medulares estão situados no corno ventral.  (B)os motoneurônios mediais comandam os movimentos finos dos membros. (C)os motoneurônios gama inervam fibras musculares modificadas que fazem parte de receptores sensoriais - os fusos musculares. (D)os axônios dos motoneurônios, antes de emergirem, fazem sinapse com interneurônios no próprio corno ventral. (polícia militar RJ/2013 – Prova específica fisioterapia neurológica)