SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 41
Baixar para ler offline
NEUROFISIOLOGIA

        -Introdução
   -Organização geral e
          Funções
         -Neurônio
-Potenciais de Repouso e de
            ação
         -Sinapses
       -Placa motora

 Fisiologia Humana
   Prof. Leandro
 Lourenção Duarte
Níveis de organização do SN
 Moléculas

 Células individuais
                                       Níveis de organização
                                       Em outros sistemas
 2 células conectadas
     por sinapses                               ?
 Redes neuronais

Sistemas neurais que
      regulam
  o comportamento

Comportamento animal
Sistema Nervoso
     Central
   Encéfalo
   Medula
ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO

                 SISTEMA NERVOSO


Sistema Nervoso Central   Sistema Nervoso Periférico



 Encéfalo      Medula     Nervos          Ganglios
              Espinhal
ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO

                  Sistema Nervoso Central


           Encéfalo                 Medula espinal


cérebro                 Cerebelo

           Tronco                           Cervicais
           Encefálico
                                            Torácicos
                                            Lombares
          Mesencéfalo
                                            Sacrais
          Ponte
          Bulbo
Organização geral do sistema nervoso


                                       RESPOSTA
                            S.M.     Músculo esquelético
Estímulo   Receptores SNC
                                     Músculo liso
                            S.N.V.
 Externo     Sistema                 Músculo cardíaco
    ou       Sensorial
 Interno                             Glândulas endócrinas
                                     Glândulas exócrinas

                                            Sitema Somático
                                        ?      E Sistema
                                            Neurovegetativo
Função do sistema nervoso
Função:
 Receber, analisar, integrar, armazenar informações do
 meio interno e do meio externo
                            E
 Emitir respostas adaptativas, ou seja comportamentos que
 visam manter a homeostase, e fazer face aos desafios do
 meio ambiente


          Sistema nervoso         Homeostase
Sistema nervoso: Sistema integrador

A. Integração de diferentes sistemas fisiológicos
     ex.: Reação de Defesa ou Reação de “Luta ou Fuga”


B. Integração do indivíduo ao meio ambiente
   SN permite a seleção do comportamento mais adequado
   para fazer face aos desafios ambientais

C. SN se modifica em função do meio em que o indivíduo
   está inserido. SN é plastico.
Histórico

      SÉC XIX: Franz Joseph Gall
                neurologista


             FRENOLOGIA



         Personologia anatômica
Paul Broca




Lobo frontal esquerdo    Área de Broca
Carl Wernicke




Área da compreensão da linguagem


Filósofos, médicos, neurofisiologistas e os primeiros psicólogos

             Doenças focais causam déficits específicos
CÓRTEX CEREBRAL

                                        LOBO FRONTAL: processamentos complexos
                                        (cognição, planejamento e iniciação dos
                                        movimentos voluntários)
                                        LOBO PARIETAL: área de projeção e
                                        processamento somestésico
                                        LOBO TEMPORAL: área de projeção e
                                        processamento auditivo.
                                        LOBO OCCIPITAL: área de projeção e
                                        processamento visual
                                        INSULA: fica oculto sob os lobos frontais e
                                        temporal. Processamento das emoções.




Cada hemisfério é dividido em 5 lobos
Vivemos uma           Reducionismo
“nova” Frenologia   ?        vs
                          Holismo
EIXO MOTOR                 EIXO SENSORIAL

CORTEX MOTOR               CORTEX SENSORIAL



NÚCLEOS DA BASE            TÁLAMO

                        TRONCO ENCEFÁLICO
TRONCO ENCEFÁLICO         (Formação reticular)


 CEREBELO                  CEREBELO

  MEDULA                   MEDULA

MOTONEURÔNIOS         NEURÔNIOS AFERENTES


 MUSCULOS           RECEPTORES SENSORIAIS
Principal unidade celular do sistema
              nervoso?
DENDRITOS


             CORPO CELULAR (SOMA)
            NÚCLEO

              AXÔNIO
Tipos de neurônios
• Sensoriais (aferente)
   -Veicula informações sensitivas
   – Transmite informação para o encéfalo ou medula


• Interneurônios (Neurônios associativos)
   – Ligação entre as vias sensoriais e motoras do SNC
   – 90% dos neurônios são interneurônios
   – processamento, armazenamento e recuperação de informação


• Neurônios motores (eferentes)
   – Enviam sinais para os músculos e glândulas
SNP   SNC
Potenciais de
Repouso e de Ação
NEURÔNIO

O neurônio possui tipicamente todos os
elementos de uma célula eucariótica
A maquinaria neuronal realiza suas funções metabólicas e sintetiza substâncias químicas
especificas = neurotransmissores, que são armazenadas em vesículas. As vesículas são
    transportadas e armazenadas nos terminais nervosos de onde são secretadas.
Secreção
Recaptaçâo
NEURÔNIOS                      CÉLULAS DA GLIA
   10%                              90%




                      ?
            O Mito dos 10% do Cérebro
ASTRÓCITO         OLIGODENDRÓCITO
CAPILAR



                                          NEURÔNIO




                                         AXÔNIO
                                       MIELINIZADO


                                              MIELINA



                                       MICRÓGLIA
                       AXÔNIO
                      AMIELÍNICO
K+
Na +,   Cl -,   Ca+
                      Na+, Cl-, Ca+
        K+
Cl-                      + -
           Na+          NaCl K+
           K+
 Na +                            +
   -        Na+       Cl-    Na
 Cl               +K +       Cl-
            K     ÂNIONS
                         +
                Na+
                    K +K          K+
     Na+        Cl-
                              -
                            Cl+
K+   Cl-        K+          Na
Neurofisiologia

 Sinais
Elétricos
Cl-                   +Cl-
        Na+             Na   K+
           K+
 Na+                               +
       -
                  Cl-
                     +K +       Na-
     Cl     Na+
                K           +   Cl
                ÂNIONS K
                         +K
             Na+
            Cl-                    K+
     Na+                       -
                             Cl
                              +
K+    Cl-       K+          Na
O papel do Potássio
Diferença de Potencial
POTENCIAL DE REPOUSO
Diferença no potencial de membrana na
ausência de estimulo




            Quem é o responsável
            Pela DDP de -65mv ?

       1) O efluxo de K

       2) A bomba de Na/K


     A face interna é negativa em relação à
     externa.
Propriedades do Potencial de Ação


              EVENTO TUDO-OU-NADA

              - Estímulo sublimiar (E1, E2): não causa PA
              - Estimulo limiar (E3): causa PA


              - Uma vez iniciado o PA, é impossível impedi-lo de
              acontecer.
POTENCIAL DE AÇÃO:
Resposta tudo ou nada: Um potencial de ação é gerado ou não.
Se a membrana não for despolarizada até seu limiar, não ocorre
potencial de ação.
BAINHA DE MIELINA

SNP: Células de Schwann
?
Óleo de Lorenzo
POTENCIAL DE AÇÃO




O PA é um evento elétrico transitório no
qual ocorre a completa inversão da
polaridade elétrica da membrana.

Etapas do PA
- Despolarização
- Inversão de polaridade da membrana
- Repolarização
- Hiperpolarizaçâo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

FORMAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO
FORMAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO FORMAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO
FORMAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO
Laiz Cristina
 
Sistema Nervoso Autônomo
Sistema Nervoso AutônomoSistema Nervoso Autônomo
Sistema Nervoso Autônomo
Olavo Valente
 
11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso
Simone Alvarenga
 
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia HumanaFisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Herbert Santana
 

Mais procurados (20)

7. Funções sensoriais
7. Funções sensoriais7. Funções sensoriais
7. Funções sensoriais
 
Sistema nervoso central
Sistema nervoso centralSistema nervoso central
Sistema nervoso central
 
Cortex cerebral
Cortex cerebralCortex cerebral
Cortex cerebral
 
Sistema nervoso
Sistema nervoso Sistema nervoso
Sistema nervoso
 
Aula de Revisão - Neuroanatomia
Aula de Revisão - NeuroanatomiaAula de Revisão - Neuroanatomia
Aula de Revisão - Neuroanatomia
 
Anatomia do diencéfalo
Anatomia do diencéfaloAnatomia do diencéfalo
Anatomia do diencéfalo
 
O cortex cerebral
 O cortex cerebral O cortex cerebral
O cortex cerebral
 
Agonista e antagonista colinérgico
Agonista e antagonista colinérgicoAgonista e antagonista colinérgico
Agonista e antagonista colinérgico
 
Sistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humanaSistema sensorial - anatomia humana
Sistema sensorial - anatomia humana
 
Anatomia - Sistema nervoso
Anatomia - Sistema nervosoAnatomia - Sistema nervoso
Anatomia - Sistema nervoso
 
FORMAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO
FORMAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO FORMAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO
FORMAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO
 
fisiologia da dor
fisiologia da dorfisiologia da dor
fisiologia da dor
 
Epilepsia
EpilepsiaEpilepsia
Epilepsia
 
Aula 03 sitema nervoso
Aula 03 sitema nervosoAula 03 sitema nervoso
Aula 03 sitema nervoso
 
Aula 7 Sistema Nervoso
Aula 7 Sistema NervosoAula 7 Sistema Nervoso
Aula 7 Sistema Nervoso
 
Revisão neuroanatomia
Revisão neuroanatomia Revisão neuroanatomia
Revisão neuroanatomia
 
Sistema Nervoso Autônomo
Sistema Nervoso AutônomoSistema Nervoso Autônomo
Sistema Nervoso Autônomo
 
Transmissao sinaptica
Transmissao sinapticaTransmissao sinaptica
Transmissao sinaptica
 
11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso
 
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia HumanaFisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
Fisiologia Humana 1 - Introdução à Fisiologia Humana
 

Semelhante a Neurofisiologia 1

Fisiologia do sistema_nervoso_e_sistema_neuromuscular
Fisiologia do sistema_nervoso_e_sistema_neuromuscularFisiologia do sistema_nervoso_e_sistema_neuromuscular
Fisiologia do sistema_nervoso_e_sistema_neuromuscular
Raul Tomé
 
Vet Aula 6 Introducao a Fisiologia do Sistema Nervoso Animal PPT.pptx
Vet Aula 6 Introducao a Fisiologia do Sistema Nervoso Animal PPT.pptxVet Aula 6 Introducao a Fisiologia do Sistema Nervoso Animal PPT.pptx
Vet Aula 6 Introducao a Fisiologia do Sistema Nervoso Animal PPT.pptx
EsterCome1
 
Capítulo 07 - Sistema nervoso e órgãos sensoriais
Capítulo 07 - Sistema nervoso e órgãos sensoriaisCapítulo 07 - Sistema nervoso e órgãos sensoriais
Capítulo 07 - Sistema nervoso e órgãos sensoriais
Igor Brant
 
27 impulso nervoso
27 impulso nervoso27 impulso nervoso
27 impulso nervoso
Pelo Siro
 
Sistema nervoso 2011
Sistema nervoso 2011Sistema nervoso 2011
Sistema nervoso 2011
BriefCase
 

Semelhante a Neurofisiologia 1 (20)

Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
2S_Coordenação 26112012
2S_Coordenação 261120122S_Coordenação 26112012
2S_Coordenação 26112012
 
Fisiologia do sistema_nervoso_e_sistema_neuromuscular
Fisiologia do sistema_nervoso_e_sistema_neuromuscularFisiologia do sistema_nervoso_e_sistema_neuromuscular
Fisiologia do sistema_nervoso_e_sistema_neuromuscular
 
ANATOMOF neoa sabems daISIOLOGIA DSSO SNC.ppt
ANATOMOF neoa sabems daISIOLOGIA DSSO SNC.pptANATOMOF neoa sabems daISIOLOGIA DSSO SNC.ppt
ANATOMOF neoa sabems daISIOLOGIA DSSO SNC.ppt
 
Aula sobre sistema Neural - Fisiologia
Aula sobre sistema Neural - FisiologiaAula sobre sistema Neural - Fisiologia
Aula sobre sistema Neural - Fisiologia
 
Vet Aula 6 Introducao a Fisiologia do Sistema Nervoso Animal PPT.pptx
Vet Aula 6 Introducao a Fisiologia do Sistema Nervoso Animal PPT.pptxVet Aula 6 Introducao a Fisiologia do Sistema Nervoso Animal PPT.pptx
Vet Aula 6 Introducao a Fisiologia do Sistema Nervoso Animal PPT.pptx
 
Sistema_nervoso_----_corrigido_ (1).pptx
Sistema_nervoso_----_corrigido_ (1).pptxSistema_nervoso_----_corrigido_ (1).pptx
Sistema_nervoso_----_corrigido_ (1).pptx
 
Neurônio
NeurônioNeurônio
Neurônio
 
Sistema nervoso
Sistema nervoso Sistema nervoso
Sistema nervoso
 
SISTEMA NERVOSO: EVOLUÇÃO E ORGANIZAÇÃO
SISTEMA NERVOSO: EVOLUÇÃO E ORGANIZAÇÃOSISTEMA NERVOSO: EVOLUÇÃO E ORGANIZAÇÃO
SISTEMA NERVOSO: EVOLUÇÃO E ORGANIZAÇÃO
 
Introdução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Introdução a Neuroanatomia e NeurofisiologiaIntrodução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
Introdução a Neuroanatomia e Neurofisiologia
 
anatomia.ii.pdf
anatomia.ii.pdfanatomia.ii.pdf
anatomia.ii.pdf
 
Tecido nervoso aula 2
Tecido nervoso   aula 2Tecido nervoso   aula 2
Tecido nervoso aula 2
 
BioGeo10-coordenação nervosa
BioGeo10-coordenação nervosaBioGeo10-coordenação nervosa
BioGeo10-coordenação nervosa
 
Terminacões nervosas not.
Terminacões nervosas not.Terminacões nervosas not.
Terminacões nervosas not.
 
Capítulo 07 - Sistema nervoso e órgãos sensoriais
Capítulo 07 - Sistema nervoso e órgãos sensoriaisCapítulo 07 - Sistema nervoso e órgãos sensoriais
Capítulo 07 - Sistema nervoso e órgãos sensoriais
 
SISTEMA NERVOSO HUMANO
SISTEMA NERVOSO HUMANOSISTEMA NERVOSO HUMANO
SISTEMA NERVOSO HUMANO
 
Aprendizagem e cognição neuroanatomia em necessidades especiais revisado
Aprendizagem e cognição neuroanatomia em necessidades especiais revisadoAprendizagem e cognição neuroanatomia em necessidades especiais revisado
Aprendizagem e cognição neuroanatomia em necessidades especiais revisado
 
27 impulso nervoso
27 impulso nervoso27 impulso nervoso
27 impulso nervoso
 
Sistema nervoso 2011
Sistema nervoso 2011Sistema nervoso 2011
Sistema nervoso 2011
 

Mais de Leandro Lourenção Duarte (10)

Cronobiologia 1
Cronobiologia 1Cronobiologia 1
Cronobiologia 1
 
metodologia do trabalho cientifico 5
metodologia do trabalho cientifico 5metodologia do trabalho cientifico 5
metodologia do trabalho cientifico 5
 
metodologia do trabalho científico 4
metodologia do trabalho científico 4metodologia do trabalho científico 4
metodologia do trabalho científico 4
 
metodologia do trabalho científico 3
metodologia do trabalho científico 3metodologia do trabalho científico 3
metodologia do trabalho científico 3
 
Deus ajuda quem cedo madruga
Deus ajuda quem cedo madrugaDeus ajuda quem cedo madruga
Deus ajuda quem cedo madruga
 
metodologia do trabalho científico 2
metodologia do trabalho científico 2metodologia do trabalho científico 2
metodologia do trabalho científico 2
 
Dia do Biomédico
Dia do BiomédicoDia do Biomédico
Dia do Biomédico
 
Metodologia trab científico
Metodologia trab científicoMetodologia trab científico
Metodologia trab científico
 
Neurofisiologia 2
Neurofisiologia 2Neurofisiologia 2
Neurofisiologia 2
 
Introdução à Fisiologia Humana
Introdução à Fisiologia HumanaIntrodução à Fisiologia Humana
Introdução à Fisiologia Humana
 

Neurofisiologia 1

  • 1. NEUROFISIOLOGIA -Introdução -Organização geral e Funções -Neurônio -Potenciais de Repouso e de ação -Sinapses -Placa motora Fisiologia Humana Prof. Leandro Lourenção Duarte
  • 2. Níveis de organização do SN Moléculas Células individuais Níveis de organização Em outros sistemas 2 células conectadas por sinapses ? Redes neuronais Sistemas neurais que regulam o comportamento Comportamento animal
  • 3.
  • 4. Sistema Nervoso Central Encéfalo Medula
  • 5. ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO SISTEMA NERVOSO Sistema Nervoso Central Sistema Nervoso Periférico Encéfalo Medula Nervos Ganglios Espinhal
  • 6. ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA NERVOSO Sistema Nervoso Central Encéfalo Medula espinal cérebro Cerebelo Tronco Cervicais Encefálico Torácicos Lombares Mesencéfalo Sacrais Ponte Bulbo
  • 7. Organização geral do sistema nervoso RESPOSTA S.M. Músculo esquelético Estímulo Receptores SNC Músculo liso S.N.V. Externo Sistema Músculo cardíaco ou Sensorial Interno Glândulas endócrinas Glândulas exócrinas Sitema Somático ? E Sistema Neurovegetativo
  • 8. Função do sistema nervoso Função: Receber, analisar, integrar, armazenar informações do meio interno e do meio externo E Emitir respostas adaptativas, ou seja comportamentos que visam manter a homeostase, e fazer face aos desafios do meio ambiente Sistema nervoso Homeostase
  • 9. Sistema nervoso: Sistema integrador A. Integração de diferentes sistemas fisiológicos ex.: Reação de Defesa ou Reação de “Luta ou Fuga” B. Integração do indivíduo ao meio ambiente SN permite a seleção do comportamento mais adequado para fazer face aos desafios ambientais C. SN se modifica em função do meio em que o indivíduo está inserido. SN é plastico.
  • 10. Histórico SÉC XIX: Franz Joseph Gall neurologista FRENOLOGIA Personologia anatômica
  • 11. Paul Broca Lobo frontal esquerdo Área de Broca
  • 12. Carl Wernicke Área da compreensão da linguagem Filósofos, médicos, neurofisiologistas e os primeiros psicólogos Doenças focais causam déficits específicos
  • 13.
  • 14. CÓRTEX CEREBRAL LOBO FRONTAL: processamentos complexos (cognição, planejamento e iniciação dos movimentos voluntários) LOBO PARIETAL: área de projeção e processamento somestésico LOBO TEMPORAL: área de projeção e processamento auditivo. LOBO OCCIPITAL: área de projeção e processamento visual INSULA: fica oculto sob os lobos frontais e temporal. Processamento das emoções. Cada hemisfério é dividido em 5 lobos
  • 15. Vivemos uma Reducionismo “nova” Frenologia ? vs Holismo
  • 16. EIXO MOTOR EIXO SENSORIAL CORTEX MOTOR CORTEX SENSORIAL NÚCLEOS DA BASE TÁLAMO TRONCO ENCEFÁLICO TRONCO ENCEFÁLICO (Formação reticular) CEREBELO CEREBELO MEDULA MEDULA MOTONEURÔNIOS NEURÔNIOS AFERENTES MUSCULOS RECEPTORES SENSORIAIS
  • 17. Principal unidade celular do sistema nervoso?
  • 18. DENDRITOS CORPO CELULAR (SOMA) NÚCLEO AXÔNIO
  • 19. Tipos de neurônios • Sensoriais (aferente) -Veicula informações sensitivas – Transmite informação para o encéfalo ou medula • Interneurônios (Neurônios associativos) – Ligação entre as vias sensoriais e motoras do SNC – 90% dos neurônios são interneurônios – processamento, armazenamento e recuperação de informação • Neurônios motores (eferentes) – Enviam sinais para os músculos e glândulas
  • 20. SNP SNC
  • 22. NEURÔNIO O neurônio possui tipicamente todos os elementos de uma célula eucariótica
  • 23. A maquinaria neuronal realiza suas funções metabólicas e sintetiza substâncias químicas especificas = neurotransmissores, que são armazenadas em vesículas. As vesículas são transportadas e armazenadas nos terminais nervosos de onde são secretadas.
  • 25. NEURÔNIOS CÉLULAS DA GLIA 10% 90% ? O Mito dos 10% do Cérebro
  • 26. ASTRÓCITO OLIGODENDRÓCITO CAPILAR NEURÔNIO AXÔNIO MIELINIZADO MIELINA MICRÓGLIA AXÔNIO AMIELÍNICO
  • 27. K+ Na +, Cl -, Ca+ Na+, Cl-, Ca+ K+
  • 28. Cl- + - Na+ NaCl K+ K+ Na + + - Na+ Cl- Na Cl +K + Cl- K ÂNIONS + Na+ K +K K+ Na+ Cl- - Cl+ K+ Cl- K+ Na
  • 30. Cl- +Cl- Na+ Na K+ K+ Na+ + - Cl- +K + Na- Cl Na+ K + Cl ÂNIONS K +K Na+ Cl- K+ Na+ - Cl + K+ Cl- K+ Na
  • 31. O papel do Potássio
  • 33. POTENCIAL DE REPOUSO Diferença no potencial de membrana na ausência de estimulo Quem é o responsável Pela DDP de -65mv ? 1) O efluxo de K 2) A bomba de Na/K A face interna é negativa em relação à externa.
  • 34.
  • 35. Propriedades do Potencial de Ação EVENTO TUDO-OU-NADA - Estímulo sublimiar (E1, E2): não causa PA - Estimulo limiar (E3): causa PA - Uma vez iniciado o PA, é impossível impedi-lo de acontecer.
  • 36. POTENCIAL DE AÇÃO: Resposta tudo ou nada: Um potencial de ação é gerado ou não. Se a membrana não for despolarizada até seu limiar, não ocorre potencial de ação.
  • 37.
  • 38. BAINHA DE MIELINA SNP: Células de Schwann
  • 40.
  • 41. POTENCIAL DE AÇÃO O PA é um evento elétrico transitório no qual ocorre a completa inversão da polaridade elétrica da membrana. Etapas do PA - Despolarização - Inversão de polaridade da membrana - Repolarização - Hiperpolarizaçâo