SlideShare uma empresa Scribd logo
Revisional PISM – II
Professor Rodolfo Alves Pereira
2016
Iluminismo (Século XVIII – Luzes)
• Movimento intelectual e político.
• Crítica ao Antigo Regime.
• Princípios gerais:
• Razão;
• Educação;
• Defesa dos direitos naturais.
• Liberdade de Pensamento;
• Tolerância Religiosa;
• Igualdade Jurídica;
• Liberdade Individual;
• Liberalismo Econômico;
• Busca da felicidade.
Liberalismo
• Origem da riqueza: trabalho (Adam Smith).
• Relações de trabalho: donos dos meios de produção x donos da força
de trabalho.
• Defesa da não intervenção do governo na economia.
• Mercado: regulado por uma mão invisível (lei da oferta e da procura).
• Serviu de base para o avanço do capitalismo.
Revolução Francesa (1789)
• Pôs fim ao Antigo Regime na
França.
• Princípios: Liberdade, Igualdade e
Fraternidade.
• Assembleia Nacional Constituinte
(1789-1791):
• Aprovou a Declaração dos direitos
do homem e do cidadão:
preservação dos direitos naturais
do indivíduo;
• Aboliu os privilégios da nobreza
(obrigações feudais e outros);
• 14/07/1789: Tomada da Bastilha.
Revolução Industrial
• Sistema produtivo antecedente: artesanato e manufatura.
• Começou na Inglaterra, séc. XVIII.
• Introdução da máquina a vapor (carvão).
• Impactos sociais, demográficos, agrários e urbanísticos.
• Grande mudança no sistema produtivo e nas relações de trabalho
(Trabalho assalariado, Divisão e Especialização do Trabalho, Linha de
Montagem, Alienação do Trabalho).
• Colônias: mercado consumidor e fornecimento de matéria-prima
(algodão).
• Capitalistas x proletários.
A classe operária inglesa -Séc. XIX
• A demanda fabril contribuiu para
a formação da classe operária.
• Organização do proletariado
(consciência de classe).
• Movimentos de resistência
(ludismo, cartismo).
• Risco de ruptura da ordem
vigente (Manifesto comunista,
Marx e Engels).
Liberalismo x Socialismo
• Defesa do livre mercado.
• Não interferência governamental
na economia.
• Proteção à propriedade privada.
• Pensadores: Adam Smith, David
Ricardo.
• Estatização da economia;
• Coletivização dos bens e das
riquezas;
• Fim da propriedade privada;
• Pensadores: Karl Marx, Frederich
Engels.
Resistência ao capitalismo – novas ideias
políticas no século XIX
• Socialismo utópico: esboço de modelos para um mundo melhor
(Saint-Simon, Charles Fourier, Robert Owen).
• Socialismo científico: materialismo histórico; luta de classes (Karl
Marx, Friderich Engels).
• Anarquismo: liberdade nas relações humanas; fim do Estado (Pierre
Joseph Proudhon, Mikhail Bakunin).
Período Napoleônico (1799-1815)
• Bloqueio Continental (1806): Debilitar economicamente a Inglaterra.
Consequências das Guerras Napoleônicas
• Independência das colônias espanholas (vácuo de poder no trono
espanhol).
• Congresso de Viena (1814-1815): restabelecer a ordem na Europa
passava pela contenção da Revolução Francesa.
• Restituir os monarcas aos tronos e as colônias para suas metrópoles.
• Formação da Santa Aliança: sufocar manifestação nacionalista ou
liberal. *Posição da Inglaterra era a favor do Liberalismo e da
independência das colônias.
Unificação da Itália
• Península itálica: divida em várias unidades independentes.
• Congresso de Viena: as regiões da península foram
dominadas por França, Áustria e Igreja Católica.
• Burguesia: desejava unificação para ampliar a industrialização
e o comércio no exterior.
• Nacionalismo: singularidades da história de um povo, se
opunha à internacionalização das doutrinas proletárias.
• 1848: Primeira tentativa de unificação pelo rei do Piemonte-
Sardenha, Carlos Alberto (sufocada por tropas austríacas e
francesas). Ideal de unificação se manteve vivo pelos grupos
nacionalistas.
• 1859: Camilo Benso, conde de Cavour e primeiro-ministro do
reino, liderou a unificação. No sul, Giuseppe Garibaldi formou
um exército de voluntários (camisas vermelhas) e avançou
pelo território.
• 1860: Vitor Emanuel II foi proclamado rei da Itália. Veneza e
Roma foram anexadas em 1866 e 1870, respectivamente.
• A questão romana: só foi resolvida em 1929 (Tratado de
Latrão) com a criação do Estado do Vaticano.
Unificação Alemã
• Alemanha: conjunto de 39 estados independentes.
• 1815 (Congresso de Viena): Confederação
Germânica – liderada pela Prússia e Áustria.
• 1834: Zollverein – forma de integração
econômica/eliminar impostos alfandegários.
• Nacionalismo: pregava a união étnica e cultural dos
povos germânicos.
• 1862: O chanceler da Prússia - Bismarck – iniciou o
processo de unificação investido em força bélica.
• 1871: após guerrear contra França, Áustria e
Dinamarca a Alemanha foi unificada.
• A industrialização acelerou e exigiu a busca de
novos mercados consumidores (disputa por
colônias com França e Inglaterra - IMPERIALISMO).
“América para os americanos”
• Doutrina Monroe (1823).
• Voltava-se contra a criação de novas
colônias na América.
• Reconhecia os Estados independentes.
• Não intervenção dos EUA em conflitos
dos países europeus e suas colônias na
América.
• Evidenciou o caráter agressivo da política
externa norte-americana.
• Transformou a América Central e o Caribe
em áreas sobre o controle dos EUA.
• Estabeleceu os EUA como “protetores da
América”.
Expansão territorial dos EUA
• “Marcha para o Oeste”; “Destino Manifesto”;
República Perfeita.
• 1803: Aquisição da Lousiana junto à França.
• 1818: Ocupação da Flórida/Pagamento à
Espanha.
• 1845-1848: Anexação do Texas, Califórnia e
do Novo México – Guerra contra o México.
• Incentivo à imigração para ocupar as terras.
• 1862: Homestead Act: garantia a posse da
terra para quem produzisse nela por cinco
anos consecutivos. (Motivar a imigração
europeia).
• Índios: massacrados ou confinados em
reservas. “Lei de remoção dos índios” (1830).
Guerra de Secessão
• Guerra Civil dos EUA (1861-1865).
• Norte (industrializado) X Sul
(escravocrata).
• 11 estados escravocratas criaram
os Estados Confederados da
América.
• 1865: os Confederados foram
derrotados pela União.
• Abolição da escravidão em todo o
país; Afirmação do modelo
capitalista e industrial.
Guerras de independência no Brasil (1822-
1824)
• Algumas regiões resistiram à proclamação da independência.
• Capitania do Grão-Pará e Maranhão: estava vinculada aos interesses
metropolitanos.
• Notícia da independência chegou tarde no Norte.
• Distúrbios no Piauí: saques, levantes civis e militares. Batalha de
Jenipapo: vitória das tropas pró-independência (1823).
• Bahia (1822-1823) também houve enfrentamento entre os que
apoiavam d. Pedro (incluindo homens livres pobres, libertos e
escravos) contra o grupo leal à Portugal. As forças portuguesas
também foram derrotadas.
Monarquia constitucional – Primeiro Reinado
(1822-1831)
• Elite (proprietários e comerciantes) do Centro-Sul: desejavam uma
monarquia constitucional. D. Pedro: era favorável ao império absolutista.
• 1823: D. Pedro dissolveu a Assembleia Constituinte.
• 1824: Outorgou a Constituição. Criou o poder Moderador. Estabeleceu o
voto censitário.
• 1824: Confederação do Equador – cunho republicano/contra a tirania do
Imperador.
• Guerra Cisplatina: derrota brasileira. Surgimento do Uruguai (1828).
• 1831: Noite das Garrafadas (conflitos entre portugueses e brasileiros).
Abdicação do trono e retorno de D. Pedro I para Portugal.
Construir a nação e identidade nacional
• Após a guerra de independência
era preciso construir a identidade
nacional.
• Povo brasileiro: heterogêneo.
• Índios: deveriam ser assimilados.
• Negros: abolição gradual.
• Brancos: incentivar a vinda de
europeus.
• Literatura romântica: exaltação da
natureza e idealização do índio. Ex:
Iracema e O Guarani, de José
Alencar. (Processo de longa
duração).
Período Regencial (1831-1840)
• Descentralização Política.
• Elites no Poder/Oligarquias.
• Guarda Nacional (ordem e unidade
nacional).
• Ato adicional de 1834.
• Assembleias Provinciais.
• Autonomia para as províncias.
• Instabilidade política / Disputa
entre Liberais e Conservadores.
• Rebeliões Regenciais.
• Golpe da Maioridade.
Segundo Reinado(1840-1889)
• Governo de D. Pedro II.
• Estabilidade política.
• Guerra do Paraguai (1864-1870).
• Campanha do Abolicionismo.
• 1889: Golpe civil militar.
• Razões para o fim da monarquia:
Questão militar, questão
religiosa, ideias republicanas,
insatisfação dos cafeicultores
com a abolição, isolamento do
monarca.
Sociedade e economia brasileira – final do XIX
• Marcha do café para o oeste
paulista.
• Lei de terras (1850)/Terras só
poderiam ser adquiridas por
compra.
• Exportação do café.
• Expansão do capitalismo e das
atividades industriais.
• Aumento da malha ferroviária.
• Urbanização.
• Substituição do trabalho escravo
por imigrantes, principalmente
europeus.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Era Napoleônica 2020
Era Napoleônica 2020Era Napoleônica 2020
Resumos de História 12ºano - Preparação para exame
Resumos de História 12ºano - Preparação para exameResumos de História 12ºano - Preparação para exame
Resumos de História 12ºano - Preparação para exame
Maria Rebelo
 
Europa no século xix
Europa no século xixEuropa no século xix
Europa no século xix
harlissoncarvalho
 
2˚ano independência eua cap28
2˚ano  independência eua cap282˚ano  independência eua cap28
2˚ano independência eua cap28
Kerol Brombal
 
Brasil: 2º Reinado (1840-1889)
Brasil: 2º Reinado (1840-1889)Brasil: 2º Reinado (1840-1889)
Brasil: 2º Reinado (1840-1889)
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
47 totalitarismos e holocausto 1
47   totalitarismos e holocausto 147   totalitarismos e holocausto 1
47 totalitarismos e holocausto 1
Carla Freitas
 
5 05 a o legado do liberalismo na primeira metade do seculo xix alunos
5 05  a o legado do liberalismo na primeira metade do seculo xix alunos5 05  a o legado do liberalismo na primeira metade do seculo xix alunos
5 05 a o legado do liberalismo na primeira metade do seculo xix alunos
Vítor Santos
 
Aulão história ufsc 2014 - história geral
Aulão história ufsc 2014 - história geralAulão história ufsc 2014 - história geral
Aulão história ufsc 2014 - história geral
Daniel Alves Bronstrup
 
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
Douglas Barraqui
 
BREVE HISTÓRIA DO BREVE SÉCULO XX (Início até a 2ª Guerra)
BREVE HISTÓRIA DO  BREVE SÉCULO XX (Início até a 2ª Guerra)BREVE HISTÓRIA DO  BREVE SÉCULO XX (Início até a 2ª Guerra)
BREVE HISTÓRIA DO BREVE SÉCULO XX (Início até a 2ª Guerra)
carlosbidu
 
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Resumo revoluoesinglesas
Resumo revoluoesinglesasResumo revoluoesinglesas
Resumo revoluoesinglesas
Claudenilson da Silva
 
6 03 evolucao democratica nacionalismo e imperialismo
6 03 evolucao democratica nacionalismo e imperialismo6 03 evolucao democratica nacionalismo e imperialismo
6 03 evolucao democratica nacionalismo e imperialismo
Vítor Santos
 
Rev franc
Rev francRev franc
Rev franc
cattonia
 
5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios
5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios
5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios
Vítor Santos
 
5 02 a revolucao francesa.pptx
5 02 a revolucao francesa.pptx5 02 a revolucao francesa.pptx
5 02 a revolucao francesa.pptx
Vítor Santos
 
3ão - Revoluções e Unificações na Europa séc XIX
3ão - Revoluções e Unificações na Europa séc XIX3ão - Revoluções e Unificações na Europa séc XIX
3ão - Revoluções e Unificações na Europa séc XIX
Daniel Alves Bronstrup
 
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
Daniel Alves Bronstrup
 
4 04 15_16 construção da modernidade europeia
4 04 15_16 construção da modernidade europeia4 04 15_16 construção da modernidade europeia
4 04 15_16 construção da modernidade europeia
Vítor Santos
 
Era napoleônica
Era napoleônica Era napoleônica
Era napoleônica
Carlos Zaranza
 

Mais procurados (20)

Era Napoleônica 2020
Era Napoleônica 2020Era Napoleônica 2020
Era Napoleônica 2020
 
Resumos de História 12ºano - Preparação para exame
Resumos de História 12ºano - Preparação para exameResumos de História 12ºano - Preparação para exame
Resumos de História 12ºano - Preparação para exame
 
Europa no século xix
Europa no século xixEuropa no século xix
Europa no século xix
 
2˚ano independência eua cap28
2˚ano  independência eua cap282˚ano  independência eua cap28
2˚ano independência eua cap28
 
Brasil: 2º Reinado (1840-1889)
Brasil: 2º Reinado (1840-1889)Brasil: 2º Reinado (1840-1889)
Brasil: 2º Reinado (1840-1889)
 
47 totalitarismos e holocausto 1
47   totalitarismos e holocausto 147   totalitarismos e holocausto 1
47 totalitarismos e holocausto 1
 
5 05 a o legado do liberalismo na primeira metade do seculo xix alunos
5 05  a o legado do liberalismo na primeira metade do seculo xix alunos5 05  a o legado do liberalismo na primeira metade do seculo xix alunos
5 05 a o legado do liberalismo na primeira metade do seculo xix alunos
 
Aulão história ufsc 2014 - história geral
Aulão história ufsc 2014 - história geralAulão história ufsc 2014 - história geral
Aulão história ufsc 2014 - história geral
 
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DA AMÉRICA ESPANHOLA
 
BREVE HISTÓRIA DO BREVE SÉCULO XX (Início até a 2ª Guerra)
BREVE HISTÓRIA DO  BREVE SÉCULO XX (Início até a 2ª Guerra)BREVE HISTÓRIA DO  BREVE SÉCULO XX (Início até a 2ª Guerra)
BREVE HISTÓRIA DO BREVE SÉCULO XX (Início até a 2ª Guerra)
 
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
GUERRA FRIA I, BASES, BIPOLARIDADE, MURO DE BERLIM, CORRIDAS ESPACIAL E ARMAM...
 
Resumo revoluoesinglesas
Resumo revoluoesinglesasResumo revoluoesinglesas
Resumo revoluoesinglesas
 
6 03 evolucao democratica nacionalismo e imperialismo
6 03 evolucao democratica nacionalismo e imperialismo6 03 evolucao democratica nacionalismo e imperialismo
6 03 evolucao democratica nacionalismo e imperialismo
 
Rev franc
Rev francRev franc
Rev franc
 
5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios
5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios
5 03 a geografia dos movimentos revolucionarios
 
5 02 a revolucao francesa.pptx
5 02 a revolucao francesa.pptx5 02 a revolucao francesa.pptx
5 02 a revolucao francesa.pptx
 
3ão - Revoluções e Unificações na Europa séc XIX
3ão - Revoluções e Unificações na Europa séc XIX3ão - Revoluções e Unificações na Europa séc XIX
3ão - Revoluções e Unificações na Europa séc XIX
 
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
3ão Resumão - Iluminismo - Rev Inglesa
 
4 04 15_16 construção da modernidade europeia
4 04 15_16 construção da modernidade europeia4 04 15_16 construção da modernidade europeia
4 04 15_16 construção da modernidade europeia
 
Era napoleônica
Era napoleônica Era napoleônica
Era napoleônica
 

Semelhante a Revisional pism II

Liberalismo, socialismo, nacionalismo
Liberalismo, socialismo, nacionalismoLiberalismo, socialismo, nacionalismo
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
Denis Gasco
 
2° ano - Processos de Independência na América
2° ano - Processos de Independência na América2° ano - Processos de Independência na América
2° ano - Processos de Independência na América
Daniel Alves Bronstrup
 
16
1616
Capitulo 08 indep da america espanhola
Capitulo 08  indep da america espanholaCapitulo 08  indep da america espanhola
Capitulo 08 indep da america espanhola
Educandário Imaculada Conceição
 
Independência América Espanhola
Independência América EspanholaIndependência América Espanhola
Independência América Espanhola
dmflores21
 
Processo de independência da américa espanhola
Processo de independência da américa espanholaProcesso de independência da américa espanhola
Processo de independência da américa espanhola
Louise Caldart Colombo
 
independencia da america latina slide de aula
independencia da america latina slide de aulaindependencia da america latina slide de aula
independencia da america latina slide de aula
MatheusMendona57
 
A independência da américa espanhola
A independência da américa espanholaA independência da américa espanhola
A independência da américa espanhola
Nelia Salles Nantes
 
Independências americanas
Independências americanasIndependências americanas
Independências americanas
Colégio Progresso Centro
 
Independência dos Países da América Espanhola
Independência dos Países da América EspanholaIndependência dos Países da América Espanhola
Independência dos Países da América Espanhola
Ricardo Diniz campos
 
A independência da américa espanhola
A independência da américa espanholaA independência da américa espanhola
A independência da américa espanhola
historiando
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
Luciano Emanuel Silva
 
História 2 em-independência-espanhola-2º-ano-em1
História 2 em-independência-espanhola-2º-ano-em1História 2 em-independência-espanhola-2º-ano-em1
História 2 em-independência-espanhola-2º-ano-em1
Privada
 
Processo de Independência da América
Processo de Independência da AméricaProcesso de Independência da América
Processo de Independência da América
Lú Carvalho
 
16- REVOLUCAO FRANCESA Slide, PDF, trabalho
16- REVOLUCAO FRANCESA Slide, PDF, trabalho16- REVOLUCAO FRANCESA Slide, PDF, trabalho
16- REVOLUCAO FRANCESA Slide, PDF, trabalho
2010beatrizfernandes
 
Independência américa espanhola
Independência américa espanholaIndependência américa espanhola
Independência américa espanhola
Izaac Erder
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
espacoaberto
 
16. a américa no século xix
16. a américa no século xix16. a américa no século xix
16. a américa no século xix
José Augusto Fiorin
 
America colonial espanhola.filé
America colonial espanhola.filéAmerica colonial espanhola.filé
America colonial espanhola.filé
mundica broda
 
19 independência da américa latina 2016
19  independência da américa latina 201619  independência da américa latina 2016
19 independência da américa latina 2016
Denis Gasco
 

Semelhante a Revisional pism II (20)

Liberalismo, socialismo, nacionalismo
Liberalismo, socialismo, nacionalismoLiberalismo, socialismo, nacionalismo
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
 
2° ano - Processos de Independência na América
2° ano - Processos de Independência na América2° ano - Processos de Independência na América
2° ano - Processos de Independência na América
 
16
1616
16
 
Capitulo 08 indep da america espanhola
Capitulo 08  indep da america espanholaCapitulo 08  indep da america espanhola
Capitulo 08 indep da america espanhola
 
Independência América Espanhola
Independência América EspanholaIndependência América Espanhola
Independência América Espanhola
 
Processo de independência da américa espanhola
Processo de independência da américa espanholaProcesso de independência da américa espanhola
Processo de independência da américa espanhola
 
independencia da america latina slide de aula
independencia da america latina slide de aulaindependencia da america latina slide de aula
independencia da america latina slide de aula
 
A independência da américa espanhola
A independência da américa espanholaA independência da américa espanhola
A independência da américa espanhola
 
Independências americanas
Independências americanasIndependências americanas
Independências americanas
 
Independência dos Países da América Espanhola
Independência dos Países da América EspanholaIndependência dos Países da América Espanhola
Independência dos Países da América Espanhola
 
A independência da américa espanhola
A independência da américa espanholaA independência da américa espanhola
A independência da américa espanhola
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
História 2 em-independência-espanhola-2º-ano-em1
História 2 em-independência-espanhola-2º-ano-em1História 2 em-independência-espanhola-2º-ano-em1
História 2 em-independência-espanhola-2º-ano-em1
 
Processo de Independência da América
Processo de Independência da AméricaProcesso de Independência da América
Processo de Independência da América
 
16- REVOLUCAO FRANCESA Slide, PDF, trabalho
16- REVOLUCAO FRANCESA Slide, PDF, trabalho16- REVOLUCAO FRANCESA Slide, PDF, trabalho
16- REVOLUCAO FRANCESA Slide, PDF, trabalho
 
Independência américa espanhola
Independência américa espanholaIndependência américa espanhola
Independência américa espanhola
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 
16. a américa no século xix
16. a américa no século xix16. a américa no século xix
16. a américa no século xix
 
America colonial espanhola.filé
America colonial espanhola.filéAmerica colonial espanhola.filé
America colonial espanhola.filé
 
19 independência da américa latina 2016
19  independência da américa latina 201619  independência da américa latina 2016
19 independência da américa latina 2016
 

Mais de Acrópole - História & Educação

Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Acrópole - História & Educação
 
Aula sobre o Imperialismo Europeu no século XIX
Aula sobre o Imperialismo Europeu no século XIXAula sobre o Imperialismo Europeu no século XIX
Aula sobre o Imperialismo Europeu no século XIX
Acrópole - História & Educação
 
REVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIO
REVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIOREVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIO
REVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIO
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASIL
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASILAVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASIL
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASIL
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJA
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJAAVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJA
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJA
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO HISTÓRIA ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDO
AVALIAÇÃO HISTÓRIA  ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDOAVALIAÇÃO HISTÓRIA  ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDO
AVALIAÇÃO HISTÓRIA ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDO
Acrópole - História & Educação
 
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais EuropeusA Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
Acrópole - História & Educação
 
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano  - Renascimento CulturalProva de História 7º Ano  - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
Acrópole - História & Educação
 
Prova de História: Revolução Inglesa
Prova de História: Revolução InglesaProva de História: Revolução Inglesa
Prova de História: Revolução Inglesa
Acrópole - História & Educação
 
Exercícios sobre as ideologias do século XIX
Exercícios sobre as ideologias do século XIXExercícios sobre as ideologias do século XIX
Exercícios sobre as ideologias do século XIX
Acrópole - História & Educação
 
Teste de História: absolutismo e mercantilismo
Teste de História: absolutismo e mercantilismoTeste de História: absolutismo e mercantilismo
Teste de História: absolutismo e mercantilismo
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUA
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUAAVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUA
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUA
Acrópole - História & Educação
 
TESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
TESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMOTESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
TESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
Acrópole - História & Educação
 
Avaliação República Democrática no Brasil
Avaliação República Democrática no Brasil Avaliação República Democrática no Brasil
Avaliação República Democrática no Brasil
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS
AVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTASAVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS
AVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIA
AVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIAAVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIA
AVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIA
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOS
AVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOSAVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOS
AVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOS
Acrópole - História & Educação
 
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma AntigaAVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
Acrópole - História & Educação
 
Panfleto de Educação Fiscal
Panfleto de Educação FiscalPanfleto de Educação Fiscal
Panfleto de Educação Fiscal
Acrópole - História & Educação
 
Avaliação de História
Avaliação de HistóriaAvaliação de História
Avaliação de História
Acrópole - História & Educação
 

Mais de Acrópole - História & Educação (20)

Unificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da AlemanhaUnificação da Itália e a formação da Alemanha
Unificação da Itália e a formação da Alemanha
 
Aula sobre o Imperialismo Europeu no século XIX
Aula sobre o Imperialismo Europeu no século XIXAula sobre o Imperialismo Europeu no século XIX
Aula sobre o Imperialismo Europeu no século XIX
 
REVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIO
REVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIOREVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIO
REVISÃO 3º ANO ENSINO MÉDIO
 
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASIL
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASILAVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASIL
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA E I REINADO NO BRASIL
 
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJA
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJAAVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJA
AVALIAÇÃO DE HISTÓRIA EJA
 
AVALIAÇÃO HISTÓRIA ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDO
AVALIAÇÃO HISTÓRIA  ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDOAVALIAÇÃO HISTÓRIA  ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDO
AVALIAÇÃO HISTÓRIA ILUMINISMO E DESPOTISMO ESCLARECIDO
 
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais EuropeusA Formação dos Estados Nacionais Europeus
A Formação dos Estados Nacionais Europeus
 
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano  - Renascimento CulturalProva de História 7º Ano  - Renascimento Cultural
Prova de História 7º Ano - Renascimento Cultural
 
Prova de História: Revolução Inglesa
Prova de História: Revolução InglesaProva de História: Revolução Inglesa
Prova de História: Revolução Inglesa
 
Exercícios sobre as ideologias do século XIX
Exercícios sobre as ideologias do século XIXExercícios sobre as ideologias do século XIX
Exercícios sobre as ideologias do século XIX
 
Teste de História: absolutismo e mercantilismo
Teste de História: absolutismo e mercantilismoTeste de História: absolutismo e mercantilismo
Teste de História: absolutismo e mercantilismo
 
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUA
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUAAVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUA
AVALIAÇÃO INDEPENDÊNCIA DOS EUA
 
TESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
TESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMOTESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
TESTE- ABSOLUTISMO E MERCANTILISMO
 
Avaliação República Democrática no Brasil
Avaliação República Democrática no Brasil Avaliação República Democrática no Brasil
Avaliação República Democrática no Brasil
 
AVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS
AVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTASAVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS
AVALIAÇÃO HISTÓRIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS
 
AVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIA
AVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIAAVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIA
AVALIAÇÃO 1º ANO ENSINO MÉDIO - BAIXA IDADE MÉDIA
 
AVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOS
AVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOSAVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOS
AVALIAÇÃO ESTADOS MODERNOS
 
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma AntigaAVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
AVALIAÇÃO 6º ANO - Roma Antiga
 
Panfleto de Educação Fiscal
Panfleto de Educação FiscalPanfleto de Educação Fiscal
Panfleto de Educação Fiscal
 
Avaliação de História
Avaliação de HistóriaAvaliação de História
Avaliação de História
 

Último

Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
IslanderAndrade
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
sthefanydesr
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
Giovana Gomes da Silva
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
carlaslr1
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
jbellas2
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
RenanSilva991968
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 

Último (20)

Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
.Template .padrao .slides .TCC .2024 ppt
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdfEgito antigo resumo - aula de história.pdf
Egito antigo resumo - aula de história.pdf
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática0002_matematica_6ano livro de matemática
0002_matematica_6ano livro de matemática
 
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdfCaderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
Caderno de Formação_PORTUGUÊS ESTRAN.pdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slidesSócrates e os sofistas - apresentação de slides
Sócrates e os sofistas - apresentação de slides
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdfAPOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
APOSTILA DE TEXTOS CURTOS E INTERPRETAÇÃO.pdf
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 

Revisional pism II

  • 1. Revisional PISM – II Professor Rodolfo Alves Pereira 2016
  • 2. Iluminismo (Século XVIII – Luzes) • Movimento intelectual e político. • Crítica ao Antigo Regime. • Princípios gerais: • Razão; • Educação; • Defesa dos direitos naturais. • Liberdade de Pensamento; • Tolerância Religiosa; • Igualdade Jurídica; • Liberdade Individual; • Liberalismo Econômico; • Busca da felicidade.
  • 3. Liberalismo • Origem da riqueza: trabalho (Adam Smith). • Relações de trabalho: donos dos meios de produção x donos da força de trabalho. • Defesa da não intervenção do governo na economia. • Mercado: regulado por uma mão invisível (lei da oferta e da procura). • Serviu de base para o avanço do capitalismo.
  • 4. Revolução Francesa (1789) • Pôs fim ao Antigo Regime na França. • Princípios: Liberdade, Igualdade e Fraternidade. • Assembleia Nacional Constituinte (1789-1791): • Aprovou a Declaração dos direitos do homem e do cidadão: preservação dos direitos naturais do indivíduo; • Aboliu os privilégios da nobreza (obrigações feudais e outros); • 14/07/1789: Tomada da Bastilha.
  • 5. Revolução Industrial • Sistema produtivo antecedente: artesanato e manufatura. • Começou na Inglaterra, séc. XVIII. • Introdução da máquina a vapor (carvão). • Impactos sociais, demográficos, agrários e urbanísticos. • Grande mudança no sistema produtivo e nas relações de trabalho (Trabalho assalariado, Divisão e Especialização do Trabalho, Linha de Montagem, Alienação do Trabalho). • Colônias: mercado consumidor e fornecimento de matéria-prima (algodão). • Capitalistas x proletários.
  • 6. A classe operária inglesa -Séc. XIX • A demanda fabril contribuiu para a formação da classe operária. • Organização do proletariado (consciência de classe). • Movimentos de resistência (ludismo, cartismo). • Risco de ruptura da ordem vigente (Manifesto comunista, Marx e Engels).
  • 7. Liberalismo x Socialismo • Defesa do livre mercado. • Não interferência governamental na economia. • Proteção à propriedade privada. • Pensadores: Adam Smith, David Ricardo. • Estatização da economia; • Coletivização dos bens e das riquezas; • Fim da propriedade privada; • Pensadores: Karl Marx, Frederich Engels.
  • 8. Resistência ao capitalismo – novas ideias políticas no século XIX • Socialismo utópico: esboço de modelos para um mundo melhor (Saint-Simon, Charles Fourier, Robert Owen). • Socialismo científico: materialismo histórico; luta de classes (Karl Marx, Friderich Engels). • Anarquismo: liberdade nas relações humanas; fim do Estado (Pierre Joseph Proudhon, Mikhail Bakunin).
  • 9. Período Napoleônico (1799-1815) • Bloqueio Continental (1806): Debilitar economicamente a Inglaterra.
  • 10. Consequências das Guerras Napoleônicas • Independência das colônias espanholas (vácuo de poder no trono espanhol). • Congresso de Viena (1814-1815): restabelecer a ordem na Europa passava pela contenção da Revolução Francesa. • Restituir os monarcas aos tronos e as colônias para suas metrópoles. • Formação da Santa Aliança: sufocar manifestação nacionalista ou liberal. *Posição da Inglaterra era a favor do Liberalismo e da independência das colônias.
  • 11. Unificação da Itália • Península itálica: divida em várias unidades independentes. • Congresso de Viena: as regiões da península foram dominadas por França, Áustria e Igreja Católica. • Burguesia: desejava unificação para ampliar a industrialização e o comércio no exterior. • Nacionalismo: singularidades da história de um povo, se opunha à internacionalização das doutrinas proletárias. • 1848: Primeira tentativa de unificação pelo rei do Piemonte- Sardenha, Carlos Alberto (sufocada por tropas austríacas e francesas). Ideal de unificação se manteve vivo pelos grupos nacionalistas. • 1859: Camilo Benso, conde de Cavour e primeiro-ministro do reino, liderou a unificação. No sul, Giuseppe Garibaldi formou um exército de voluntários (camisas vermelhas) e avançou pelo território. • 1860: Vitor Emanuel II foi proclamado rei da Itália. Veneza e Roma foram anexadas em 1866 e 1870, respectivamente. • A questão romana: só foi resolvida em 1929 (Tratado de Latrão) com a criação do Estado do Vaticano.
  • 12. Unificação Alemã • Alemanha: conjunto de 39 estados independentes. • 1815 (Congresso de Viena): Confederação Germânica – liderada pela Prússia e Áustria. • 1834: Zollverein – forma de integração econômica/eliminar impostos alfandegários. • Nacionalismo: pregava a união étnica e cultural dos povos germânicos. • 1862: O chanceler da Prússia - Bismarck – iniciou o processo de unificação investido em força bélica. • 1871: após guerrear contra França, Áustria e Dinamarca a Alemanha foi unificada. • A industrialização acelerou e exigiu a busca de novos mercados consumidores (disputa por colônias com França e Inglaterra - IMPERIALISMO).
  • 13. “América para os americanos” • Doutrina Monroe (1823). • Voltava-se contra a criação de novas colônias na América. • Reconhecia os Estados independentes. • Não intervenção dos EUA em conflitos dos países europeus e suas colônias na América. • Evidenciou o caráter agressivo da política externa norte-americana. • Transformou a América Central e o Caribe em áreas sobre o controle dos EUA. • Estabeleceu os EUA como “protetores da América”.
  • 14. Expansão territorial dos EUA • “Marcha para o Oeste”; “Destino Manifesto”; República Perfeita. • 1803: Aquisição da Lousiana junto à França. • 1818: Ocupação da Flórida/Pagamento à Espanha. • 1845-1848: Anexação do Texas, Califórnia e do Novo México – Guerra contra o México. • Incentivo à imigração para ocupar as terras. • 1862: Homestead Act: garantia a posse da terra para quem produzisse nela por cinco anos consecutivos. (Motivar a imigração europeia). • Índios: massacrados ou confinados em reservas. “Lei de remoção dos índios” (1830).
  • 15. Guerra de Secessão • Guerra Civil dos EUA (1861-1865). • Norte (industrializado) X Sul (escravocrata). • 11 estados escravocratas criaram os Estados Confederados da América. • 1865: os Confederados foram derrotados pela União. • Abolição da escravidão em todo o país; Afirmação do modelo capitalista e industrial.
  • 16. Guerras de independência no Brasil (1822- 1824) • Algumas regiões resistiram à proclamação da independência. • Capitania do Grão-Pará e Maranhão: estava vinculada aos interesses metropolitanos. • Notícia da independência chegou tarde no Norte. • Distúrbios no Piauí: saques, levantes civis e militares. Batalha de Jenipapo: vitória das tropas pró-independência (1823). • Bahia (1822-1823) também houve enfrentamento entre os que apoiavam d. Pedro (incluindo homens livres pobres, libertos e escravos) contra o grupo leal à Portugal. As forças portuguesas também foram derrotadas.
  • 17. Monarquia constitucional – Primeiro Reinado (1822-1831) • Elite (proprietários e comerciantes) do Centro-Sul: desejavam uma monarquia constitucional. D. Pedro: era favorável ao império absolutista. • 1823: D. Pedro dissolveu a Assembleia Constituinte. • 1824: Outorgou a Constituição. Criou o poder Moderador. Estabeleceu o voto censitário. • 1824: Confederação do Equador – cunho republicano/contra a tirania do Imperador. • Guerra Cisplatina: derrota brasileira. Surgimento do Uruguai (1828). • 1831: Noite das Garrafadas (conflitos entre portugueses e brasileiros). Abdicação do trono e retorno de D. Pedro I para Portugal.
  • 18. Construir a nação e identidade nacional • Após a guerra de independência era preciso construir a identidade nacional. • Povo brasileiro: heterogêneo. • Índios: deveriam ser assimilados. • Negros: abolição gradual. • Brancos: incentivar a vinda de europeus. • Literatura romântica: exaltação da natureza e idealização do índio. Ex: Iracema e O Guarani, de José Alencar. (Processo de longa duração).
  • 19. Período Regencial (1831-1840) • Descentralização Política. • Elites no Poder/Oligarquias. • Guarda Nacional (ordem e unidade nacional). • Ato adicional de 1834. • Assembleias Provinciais. • Autonomia para as províncias. • Instabilidade política / Disputa entre Liberais e Conservadores. • Rebeliões Regenciais. • Golpe da Maioridade.
  • 20. Segundo Reinado(1840-1889) • Governo de D. Pedro II. • Estabilidade política. • Guerra do Paraguai (1864-1870). • Campanha do Abolicionismo. • 1889: Golpe civil militar. • Razões para o fim da monarquia: Questão militar, questão religiosa, ideias republicanas, insatisfação dos cafeicultores com a abolição, isolamento do monarca.
  • 21. Sociedade e economia brasileira – final do XIX • Marcha do café para o oeste paulista. • Lei de terras (1850)/Terras só poderiam ser adquiridas por compra. • Exportação do café. • Expansão do capitalismo e das atividades industriais. • Aumento da malha ferroviária. • Urbanização. • Substituição do trabalho escravo por imigrantes, principalmente europeus.