SlideShare uma empresa Scribd logo
Novos Projetos Políticos: Liberalismo,
socialismo e nacionalismo
O Pensamento Liberal (Economia  Ciência)
Iluminismo
+
fisiocratas
Bases do liberalismo
• propriedade privada
• Individualismo econômico
• Liberdade de comércio
• Liberdade de produção
• Liberdade de contrato de trabalho
Não intervenção estatal
Sem pressão sindical
Adam Smith (1723-1790)
• “A Riqueza das Nações”
 Divisão do trabalho
 Livre concorrência
 Estado 
- Produção
- mercado
essencial
- Novas técnicas
- Qualidade do produto
- Custos de produção
Lei natural da oferta e procura
Sucesso econômico geral
Bem-estar coletivo
- Zelar pela propriedade
- Manter a ordem
- Não intervir na economia
(“A mão invisível”)
Thomas Malthus(1766-1834)
• “Ensaio sobre o princípio da população”
• Influências sobre políticas nacionais
 Natureza  limites ao progresso material
 Pobreza e sofrimento: inerentes ao homem
Crescimento populacional  Progressão Geométrica
Produção de Alimentos  Progressão Aritmética
Guerras
Epidemias Equilíbrio temporário
Lei dos pobres (1834) - Inglaterra
 Criação de WORKHOUSES
Mendigos confinados
Condições precárias
Fonte de mão-de-obra barata
Exploração
do
trabalho
Kempthorne's plan for a workhouse for 300 paupers, from
the Annual Report of the Poor Law Commissioners (1835).
- Sem leis trabalhistas
- Jornada mais de 14h
- Ambiente insalubre
Movimento Luddita
Trade Unions
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
The Suffragettes also burned down churches as the Church of England was against
what they wanted; they vandalised Oxford Street, apparently breaking all the
windows in this famous street;
The suffragettes, founded in October 1903,
forced a social revolution to give women the
vote. Photographs uncovered by the National
Archives reveal hidden secrets of how the state
spied on what it regarded as a terrorist threat.
This first picture shows a suffragette caught in a
confrontation with opponents and the police.
As Doutrinas Socialistas
• Reação às crises sociais
• Propostas para um mundo
mais justo
 Interpretação socioeconômica da história
 Introdução de novos conceitos:
Karl Marx (1818-1883) & Friederich Engels (1820-1895) p.455
• “O Manifesto Comunista” (1848)  postulados do socialismo científico
• “O Capital”
Materialismo histórico
- Modo de produção
- Meio de produção
- Luta de classes
- Mais valia
- Luta de classes
- Capital
Revolução Socialista
Ditatura do proletariado
- Infraestrutura
- Superestrutura
Socialização dos meios de produção
Fim da propriedade privada
- Fim das desigualdades
- Fim do Estado
Comunismo
Pierre-Joseph Proudhon (1809-1865)
• “O que é a propriedade?”  anarquismo
 Defesa valores liberais e pequena propriedade
 Crítica ao capitalismo
 Propõe: Criação de cooperativas e bancos
Sociedade sem classes
Fim da exploração
Igualdade
- Empréstimos sem juros
- Crédito gratuito ao trabalhador
influenciou
Mikhail Bakunin(1814-1876)
• Líder do anarquismo terrorista p.456
• Defesa via revolucionária
• Transição comunista sem fase
intermediária
Proudhon e seus filhos, porGustave Courbet, 1865
Mandato de expulsão emitido pela prefeitura de polícia
de Paris a Mikhail Bakunin em 1847.
O Nacionalismo
• Origem: “Era das Revoluções”
• Princípio de autogoverno do povo
• Defesa de soberania sobre território
• Expande-se pelo mundo todo
• Primeiros museus  conceito de patrimônio (Françoise Choay – A alegoria do Patrimônio)
A Primavera dos Povos
• Primeira revolução potencialmente global
• Construção de nações soberanas  LIBERAIS X CONSERVADORES
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
• 1815: Congresso de Viena
• 1824: morte de Luis XVIII  Carlos X (ultrarrealista)
• Coroação de Felipe de Orleans (“o rei burguês”)
• Expansão da revolução pela Europa
 França  Luis XVIII
 Constituição outorgada (voto censitário)
- absolutista
- moderado
3 Partidos:  Constitucionalistas
 Liberais (princípios revolucionários)
 Ultrarrealistas (Absolutismo)
- A favor de Luis XVIII
- A favor de monarquia parlamentar
Reação Popular
 3 dias de conflitos
 Liderança burguesa
 Grécia
 Bélgica
 Holanda
 Polônia
 Itália
 Prússia
Revolução
de 1830
Governo de Luis Filipe de Orleans (Fr.)
• Industrialização
• Restrita participação popular
• Censura
• Repressão
• 3 partidos:
• Estopim: nomeação de Guizot para 1º Ministro
 Legitimista (por Bourbons)
 Bonapartista (sobrinho de Napoleão)
 Socialista (diferentes tendências
 Perseguição a opositores
 Proíbe festa de reunião socialista
Levante Popular
- Fev de 1848
- Felipe abdica
Vai fazer você cair em outro lugar!
A Segunda República
• República Social (caráter popular)
• Desemprego oficinas nacionais
• Abril: Assembleia Constituinte
• Dez/1848: Constituição  Eleições
• 1851: Luis Bonaparte  projeto de reforma na Constituição
• PLEBISCITO:
 Controle Burguês (comercial/industrial)
- Encerra governo provisório
- Fechamento das oficinas nacionais
REVOLTA POPULAR
 REPRESSÃO
 3.000 fuzilados
 15.000 deportados
Luís Bonaparte X Gen. Cavaignac
- Coalisão com tendências
- 70% votos  4 anos gov.
- Conflito: Executivo X Legislativo
 Assembleia NEGA  dissolução
 Outorgar Constituição ao Estado
 Enfraquece legislativo
• 1852: 2º plebiscito  Retorno à monarquia
• 1870: Guerra Franco-prussiana
 Napoleão III
“salvador da pátria”
Segundo Império
 Fim do império
 Exilado
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
Formação Estado Nacional italiano
• 1815: Congresso de Viena  Itália dividida:
 Noroeste: Reino Sardo-Pemontês
 Lombardia/Veneza: Habsburgos
 Centro: Estados Pontifícios
 Sul – 2 Sicílias: Bourbon
Descentralização Política
(> Parte rural)
• Piemonte: início processo de unificação
• Jul/1848: Duas Sicílias  REVOLTA POPULAR
 Governo Liberal e parlamentar
 Burguesia industrial
 Apoio de Camilo de Cavour
 Giusepe Garibaldi / Giusepe Mazarini
- 1º Min. Piemontes
- RISORGIMENTO
- monarquista
- “camisas vermelhas” - “jovem itália”
- Vitórias rebeldes
- Republicanos
Tomam frente no governo
Vitor Emanuel II
Sem linha
de ação
definida
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
• Congresso de Viena  fim da Confederação do Reno
• 1834: criação do Zollverein (união alfandegária) pressão Austríaca
• 1860: programa de modernização militar
• 1866: criada Confederação Germânica do Norte
 39 Estados
 “tutela” austríaca
Confederação Germânica
 Otto Von Bismark
 Lutas pela unificação alemã  Espírito Nacionalista
 Guerra das Sete Semanas (1866)
 Kaiser: Guilherme I
 Pretensão ao trono espanhol (Napoleão III veta)
Guerra Franco-prussiana
 Consolida unificação alemã
 Queda da monarquia francesa (Alsácia-Lorena)
Segundo REICH
German Zollverein, 1834–1919.
Blue: Prussia in 1834.
Grey: Areas included until 1866.
Yellow: Areas excluded after 1866.
Red: Borders of the 1828 customs union.
Pink: Relevant others until 1834.[clarification
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
As Artes
• Artistas:
• Literatura: Dickens, Balzac, Gogol, Dostoievski
• Música: Beethoven, Chopin, Schumann  Ópera
• Pintura: Goya, W. Tunner, Delacroix, Gustave Courbet
• Construção de uma imagem burguesa
• Ascensão da fotografia
• Necessidade de pompa e esplendor
• “fé no destino burguês”
Inspirados e envolvidos em assuntos públicos
Acessíveis para burguesia
Dickens Gogol Delacroix
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
É bastante natural, que este nacionalismo encontrasse sua
expressão cultural mais obvia na literatura e na música, ambas
artes publicas, que podiam, além disso, contar com a poderosa
herança criadora do povo comum – a linguagem e as canções
folclóricas.
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
Delacroix
• Liberdade guiando o povo (1830)
• Contexto: Revolução de 1830
• 2m X 3,25m
• Características românticas:
• Barricada
• Personagens:
• Notre Dame  símbolo do povo
• PESADAS CRÍTICAS (considerada de mal gosto)
• Autor participa da proteção do Louvre nas barricadas
 Soldados da guarda real mortos
 Crianças
 Operário de manufatura
 Artesão de cartola
 Camponês moribundo
 Mulher com “barrete frígio - romano” (chapéu): Liberdade  Bandeira
 Disposição diagonal
 Contemplação impactante
- Traço impreciso
- Tensão emocional
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
Liberalismo, socialismo, nacionalismo
O Romantismo: “...mesmo as artes de uma pequena minoria social ainda podem fazer ecoar
o trovão dos terremotos que abalam toda a humanidade.” (Hobsbawn)
• Movimento burguês
• Reflexo da “revolução dupla”
• Revolta contra burguesia
• Engajamento político
• Agem como profissionais  “supremacia da bilheteria como
condição natural de sua arte”
• Introduz conceito de “gênio”
• Mulheres aparecem como artistas (predomínio na Inglaterra)
• Retomada de temas específicos:
 Jovens socialmente deslocados
 Artistas profissionais
Revolta contra os mais velhos
 Revolução Francesa
 Revolução Industrial
 Solidão (valor à subjetividade)
 Cria só o que leva dentro de si
 Maioria incompreendidos e pobres
 Idade média (formação das monarquias nacionais)
 “Folklore”  resgate de cultura das minorias do medievo
“Mal du sciècle”
- Tédio
- Escapismo
- Morte
“As sombras da prisão – o casamento, a carreira respeitável, a
absorsão pelo filisteísmo – envolvía-os, e os pássaros da noite
na forma de seus antecessores lhes agouravam (com frequente
precisão) sua invevitável sentença...” (Hobinho :P)
https://www.youtube.com/watch?v=FePbGS5NymM
Série Paletas: Delacroix

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

2º ano - Brasil segundo reinado
2º ano - Brasil segundo reinado2º ano - Brasil segundo reinado
2º ano - Brasil segundo reinado
Daniel Alves Bronstrup
 
Napoleão Bonaparte
Napoleão BonaparteNapoleão Bonaparte
Napoleão Bonaparte
Edenilson Morais
 
Colonização, revolução e desenvolvimento dos eua
Colonização, revolução e desenvolvimento dos euaColonização, revolução e desenvolvimento dos eua
Colonização, revolução e desenvolvimento dos eua
Paulo Alexandre
 
Segundo Reinado (1840-1889)
Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889)
Segundo Reinado (1840-1889)
Edenilson Morais
 
O brasil na primeira republica
O brasil na primeira republicaO brasil na primeira republica
O brasil na primeira republica
Simone P Baldissera
 
3° ano República da Espada
3° ano   República da Espada3° ano   República da Espada
3° ano República da Espada
Daniel Alves Bronstrup
 
Chegada da família real ao brasil
Chegada da família real ao brasilChegada da família real ao brasil
Chegada da família real ao brasil
Geová da Silva
 
A segunda revolução industrial
A segunda revolução industrialA segunda revolução industrial
A segunda revolução industrial
Nelia Salles Nantes
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
REVOLUÇÃO INDUSTRIALREVOLUÇÃO INDUSTRIAL
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
Franciny Wagner da Silva
 
Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro
Isabel Aguiar
 
Das Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Das Revoluções Inglesa à Revolução IndustrialDas Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Das Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Douglas Barraqui
 
9º ano história rafa - era vargas
9º ano   história   rafa  - era vargas9º ano   história   rafa  - era vargas
9º ano história rafa - era vargas
Rafael Noronha
 
Revolução russa slide
Revolução russa slideRevolução russa slide
Revolução russa slide
Isabel Aguiar
 
Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
Claudenilson da Silva
 
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
João Medeiros
 
A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA
A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA
A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA
Marcelo Celloto
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
Eduard Henry
 
A revolução haitiana
A revolução haitiana A revolução haitiana
A revolução haitiana
DeaaSouza
 
O ILUMINISMO
O ILUMINISMOO ILUMINISMO
O ILUMINISMO
Paulo Alexandre
 
Primavera dos Povos
Primavera dos PovosPrimavera dos Povos
Primavera dos Povos
Raphaelly Fernandes
 

Mais procurados (20)

2º ano - Brasil segundo reinado
2º ano - Brasil segundo reinado2º ano - Brasil segundo reinado
2º ano - Brasil segundo reinado
 
Napoleão Bonaparte
Napoleão BonaparteNapoleão Bonaparte
Napoleão Bonaparte
 
Colonização, revolução e desenvolvimento dos eua
Colonização, revolução e desenvolvimento dos euaColonização, revolução e desenvolvimento dos eua
Colonização, revolução e desenvolvimento dos eua
 
Segundo Reinado (1840-1889)
Segundo Reinado (1840-1889)Segundo Reinado (1840-1889)
Segundo Reinado (1840-1889)
 
O brasil na primeira republica
O brasil na primeira republicaO brasil na primeira republica
O brasil na primeira republica
 
3° ano República da Espada
3° ano   República da Espada3° ano   República da Espada
3° ano República da Espada
 
Chegada da família real ao brasil
Chegada da família real ao brasilChegada da família real ao brasil
Chegada da família real ao brasil
 
A segunda revolução industrial
A segunda revolução industrialA segunda revolução industrial
A segunda revolução industrial
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
REVOLUÇÃO INDUSTRIALREVOLUÇÃO INDUSTRIAL
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
 
Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro Slide imigração e fim trafico negreiro
Slide imigração e fim trafico negreiro
 
Das Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Das Revoluções Inglesa à Revolução IndustrialDas Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
Das Revoluções Inglesa à Revolução Industrial
 
9º ano história rafa - era vargas
9º ano   história   rafa  - era vargas9º ano   história   rafa  - era vargas
9º ano história rafa - era vargas
 
Revolução russa slide
Revolução russa slideRevolução russa slide
Revolução russa slide
 
Primeiro Reinado
Primeiro ReinadoPrimeiro Reinado
Primeiro Reinado
 
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
História do Brasil: A República Velha ou Primeira República (1889-1930) - Pro...
 
A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA
A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA
A GUERRA DO PARAGUAI E CONFLITOS NO PRATA
 
Baixa idade média
Baixa idade médiaBaixa idade média
Baixa idade média
 
A revolução haitiana
A revolução haitiana A revolução haitiana
A revolução haitiana
 
O ILUMINISMO
O ILUMINISMOO ILUMINISMO
O ILUMINISMO
 
Primavera dos Povos
Primavera dos PovosPrimavera dos Povos
Primavera dos Povos
 

Destaque

Liberalismo e Socialismo no século XIX
Liberalismo e Socialismo no século XIXLiberalismo e Socialismo no século XIX
Liberalismo e Socialismo no século XIX
Edenilson Morais
 
Pré história (completo)
Pré história (completo)Pré história (completo)
Pré história (completo)
Kerol Brombal
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
Denis Gasco
 
Séc xix o mundo em transformação - socialismo - liberalismo
Séc xix   o mundo em transformação - socialismo - liberalismoSéc xix   o mundo em transformação - socialismo - liberalismo
Séc xix o mundo em transformação - socialismo - liberalismo
Douglas Barraqui
 
Liberalismo, neoliberalismo e globalização
Liberalismo, neoliberalismo e globalizaçãoLiberalismo, neoliberalismo e globalização
Liberalismo, neoliberalismo e globalização
Alan
 
O mundo industrializado no século xix
O mundo industrializado no século xixO mundo industrializado no século xix
O mundo industrializado no século xix
maria40
 
Movimentos do século xix
Movimentos do século xixMovimentos do século xix
Movimentos do século xix
Max22Rodrigues
 
América pré colombiana
América pré colombianaAmérica pré colombiana
América pré colombiana
PROFºWILTONREIS
 
Movimento operário do século XIX
Movimento operário do século XIXMovimento operário do século XIX
Movimento operário do século XIX
Edvaldo S. Júnior
 
Surgimento dos Sindicatos na Revolução Industrial
Surgimento dos Sindicatos na Revolução IndustrialSurgimento dos Sindicatos na Revolução Industrial
Surgimento dos Sindicatos na Revolução Industrial
Jeferson Romão
 
História
HistóriaHistória
História
dinicmax
 
Ideias sociais e políticas do Século XIX
Ideias sociais  e políticas do Século XIXIdeias sociais  e políticas do Século XIX
Ideias sociais e políticas do Século XIX
lourenco_comcedilha
 
Os povos pré colombianos
Os povos pré colombianosOs povos pré colombianos
Os povos pré colombianos
Professor Marcelo
 
Movimentos trabalhistas e doutrinas sociais do século xix
Movimentos trabalhistas e doutrinas sociais do século xixMovimentos trabalhistas e doutrinas sociais do século xix
Movimentos trabalhistas e doutrinas sociais do século xix
Zeze Silva
 
As revoluções liberais na europa no século xix
As revoluções liberais na europa no século xixAs revoluções liberais na europa no século xix
As revoluções liberais na europa no século xix
Nelia Salles Nantes
 
A organização dos trabalhadores na inglaterra século xix
A organização dos trabalhadores na inglaterra século xixA organização dos trabalhadores na inglaterra século xix
A organização dos trabalhadores na inglaterra século xix
marcelo lima
 
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no séculoMovimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Vagner Roberto
 
Anarquismo,comunismo e socialismo
Anarquismo,comunismo e socialismo Anarquismo,comunismo e socialismo
Anarquismo,comunismo e socialismo
Michele Macedo
 
Doutrinas sociais do séc xix
Doutrinas  sociais do séc xix Doutrinas  sociais do séc xix
Doutrinas sociais do séc xix
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Trabaho historia Movimento Operário -
Trabaho historia Movimento Operário - Trabaho historia Movimento Operário -
Trabaho historia Movimento Operário -
Simone Calil
 

Destaque (20)

Liberalismo e Socialismo no século XIX
Liberalismo e Socialismo no século XIXLiberalismo e Socialismo no século XIX
Liberalismo e Socialismo no século XIX
 
Pré história (completo)
Pré história (completo)Pré história (completo)
Pré história (completo)
 
Revolução francesa
Revolução francesaRevolução francesa
Revolução francesa
 
Séc xix o mundo em transformação - socialismo - liberalismo
Séc xix   o mundo em transformação - socialismo - liberalismoSéc xix   o mundo em transformação - socialismo - liberalismo
Séc xix o mundo em transformação - socialismo - liberalismo
 
Liberalismo, neoliberalismo e globalização
Liberalismo, neoliberalismo e globalizaçãoLiberalismo, neoliberalismo e globalização
Liberalismo, neoliberalismo e globalização
 
O mundo industrializado no século xix
O mundo industrializado no século xixO mundo industrializado no século xix
O mundo industrializado no século xix
 
Movimentos do século xix
Movimentos do século xixMovimentos do século xix
Movimentos do século xix
 
América pré colombiana
América pré colombianaAmérica pré colombiana
América pré colombiana
 
Movimento operário do século XIX
Movimento operário do século XIXMovimento operário do século XIX
Movimento operário do século XIX
 
Surgimento dos Sindicatos na Revolução Industrial
Surgimento dos Sindicatos na Revolução IndustrialSurgimento dos Sindicatos na Revolução Industrial
Surgimento dos Sindicatos na Revolução Industrial
 
História
HistóriaHistória
História
 
Ideias sociais e políticas do Século XIX
Ideias sociais  e políticas do Século XIXIdeias sociais  e políticas do Século XIX
Ideias sociais e políticas do Século XIX
 
Os povos pré colombianos
Os povos pré colombianosOs povos pré colombianos
Os povos pré colombianos
 
Movimentos trabalhistas e doutrinas sociais do século xix
Movimentos trabalhistas e doutrinas sociais do século xixMovimentos trabalhistas e doutrinas sociais do século xix
Movimentos trabalhistas e doutrinas sociais do século xix
 
As revoluções liberais na europa no século xix
As revoluções liberais na europa no século xixAs revoluções liberais na europa no século xix
As revoluções liberais na europa no século xix
 
A organização dos trabalhadores na inglaterra século xix
A organização dos trabalhadores na inglaterra século xixA organização dos trabalhadores na inglaterra século xix
A organização dos trabalhadores na inglaterra século xix
 
Movimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no séculoMovimentos sociais e politicos da europa no século
Movimentos sociais e politicos da europa no século
 
Anarquismo,comunismo e socialismo
Anarquismo,comunismo e socialismo Anarquismo,comunismo e socialismo
Anarquismo,comunismo e socialismo
 
Doutrinas sociais do séc xix
Doutrinas  sociais do séc xix Doutrinas  sociais do séc xix
Doutrinas sociais do séc xix
 
Trabaho historia Movimento Operário -
Trabaho historia Movimento Operário - Trabaho historia Movimento Operário -
Trabaho historia Movimento Operário -
 

Semelhante a Liberalismo, socialismo, nacionalismo

Revisional pism II
Revisional pism IIRevisional pism II
Atualidades
AtualidadesAtualidades
Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01
Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01
Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01
Daniel Alves Bronstrup
 
O embate entre as correntes liberaias e os socialismos no século xix ppt
O embate entre as correntes liberaias e os socialismos no século xix pptO embate entre as correntes liberaias e os socialismos no século xix ppt
O embate entre as correntes liberaias e os socialismos no século xix ppt
AliceLani
 
Basicão – 3ºano século xix
Basicão – 3ºano   século xixBasicão – 3ºano   século xix
Basicão – 3ºano século xix
Rafael Noronha
 
Revoluções liberais xix
Revoluções liberais xixRevoluções liberais xix
Revoluções liberais xix
Fernando Sergio Leão Castilho
 
As novas doutrinas sociais
As novas doutrinas sociaisAs novas doutrinas sociais
As novas doutrinas sociais
Professor Marcelo
 
18 história rafael - iluminismo e revolução francesa
18 história   rafael  - iluminismo e revolução francesa18 história   rafael  - iluminismo e revolução francesa
18 história rafael - iluminismo e revolução francesa
Rafael Noronha
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
eiprofessor
 
Segunda revolução industrial
Segunda revolução industrialSegunda revolução industrial
Segunda revolução industrial
Denis Gasco
 
Rev liberais
Rev liberaisRev liberais
Rev liberais
luizmourao23
 
Período entre guerras (1918 1939)
Período entre guerras (1918 1939)Período entre guerras (1918 1939)
Período entre guerras (1918 1939)
Denis Gasco
 
Revoluções de 1830 e 1848 2020
Revoluções de 1830 e 1848 2020Revoluções de 1830 e 1848 2020
Revoluções de 1830 e 1848 2020
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
Live int 07mai
Live int 07maiLive int 07mai
Live int 07mai
CarlosNazar1
 
Iluminismo rev. francesa - rev. industrial
Iluminismo   rev. francesa - rev. industrialIluminismo   rev. francesa - rev. industrial
Iluminismo rev. francesa - rev. industrial
Auxiliadora
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
Allan Almeida de Araújo
 
17. aula de história geral - revoluções liberais
17. aula de história geral - revoluções liberais17. aula de história geral - revoluções liberais
17. aula de história geral - revoluções liberais
Darlan Campos
 
17
1717
Fascismos e Segunda Guerra Mundial
Fascismos e Segunda Guerra MundialFascismos e Segunda Guerra Mundial
Fascismos e Segunda Guerra Mundial
Bárbara Araújo Machado
 
Século xix
Século xixSéculo xix
Século xix
Murilo Benevides
 

Semelhante a Liberalismo, socialismo, nacionalismo (20)

Revisional pism II
Revisional pism IIRevisional pism II
Revisional pism II
 
Atualidades
AtualidadesAtualidades
Atualidades
 
Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01
Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01
Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01
 
O embate entre as correntes liberaias e os socialismos no século xix ppt
O embate entre as correntes liberaias e os socialismos no século xix pptO embate entre as correntes liberaias e os socialismos no século xix ppt
O embate entre as correntes liberaias e os socialismos no século xix ppt
 
Basicão – 3ºano século xix
Basicão – 3ºano   século xixBasicão – 3ºano   século xix
Basicão – 3ºano século xix
 
Revoluções liberais xix
Revoluções liberais xixRevoluções liberais xix
Revoluções liberais xix
 
As novas doutrinas sociais
As novas doutrinas sociaisAs novas doutrinas sociais
As novas doutrinas sociais
 
18 história rafael - iluminismo e revolução francesa
18 história   rafael  - iluminismo e revolução francesa18 história   rafael  - iluminismo e revolução francesa
18 história rafael - iluminismo e revolução francesa
 
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas SociaisMovimento Operário e Doutrinas Sociais
Movimento Operário e Doutrinas Sociais
 
Segunda revolução industrial
Segunda revolução industrialSegunda revolução industrial
Segunda revolução industrial
 
Rev liberais
Rev liberaisRev liberais
Rev liberais
 
Período entre guerras (1918 1939)
Período entre guerras (1918 1939)Período entre guerras (1918 1939)
Período entre guerras (1918 1939)
 
Revoluções de 1830 e 1848 2020
Revoluções de 1830 e 1848 2020Revoluções de 1830 e 1848 2020
Revoluções de 1830 e 1848 2020
 
Live int 07mai
Live int 07maiLive int 07mai
Live int 07mai
 
Iluminismo rev. francesa - rev. industrial
Iluminismo   rev. francesa - rev. industrialIluminismo   rev. francesa - rev. industrial
Iluminismo rev. francesa - rev. industrial
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 
17. aula de história geral - revoluções liberais
17. aula de história geral - revoluções liberais17. aula de história geral - revoluções liberais
17. aula de história geral - revoluções liberais
 
17
1717
17
 
Fascismos e Segunda Guerra Mundial
Fascismos e Segunda Guerra MundialFascismos e Segunda Guerra Mundial
Fascismos e Segunda Guerra Mundial
 
Século xix
Século xixSéculo xix
Século xix
 

Mais de Denis Gasco

O Marxismo
O MarxismoO Marxismo
O Marxismo
Denis Gasco
 
Estados Unidos
Estados UnidosEstados Unidos
Estados Unidos
Denis Gasco
 
10 Antigo Regime
10   Antigo Regime10   Antigo Regime
10 Antigo Regime
Denis Gasco
 
Brasil colônia
Brasil colônia Brasil colônia
Brasil colônia
Denis Gasco
 
19 independência da américa latina 2016
19  independência da américa latina 201619  independência da américa latina 2016
19 independência da américa latina 2016
Denis Gasco
 
Colonização Espanhola
Colonização EspanholaColonização Espanhola
Colonização Espanhola
Denis Gasco
 
Antiguidade oriental 2016
Antiguidade oriental 2016Antiguidade oriental 2016
Antiguidade oriental 2016
Denis Gasco
 
Introdução à História
Introdução à HistóriaIntrodução à História
Introdução à História
Denis Gasco
 
O feudalismo 2015
O feudalismo 2015O feudalismo 2015
O feudalismo 2015
Denis Gasco
 
Idade media - Bizantinos e Islã
Idade media - Bizantinos e IslãIdade media - Bizantinos e Islã
Idade media - Bizantinos e Islã
Denis Gasco
 
Roma império
Roma impérioRoma império
Roma império
Denis Gasco
 
Roma monarquia e república
Roma monarquia e repúblicaRoma monarquia e república
Roma monarquia e república
Denis Gasco
 
Hélade= o mundo grego
Hélade= o mundo gregoHélade= o mundo grego
Hélade= o mundo grego
Denis Gasco
 
A pré história
A pré históriaA pré história
A pré história
Denis Gasco
 
Animação e ideologia na Guerra Fria
Animação e ideologia na Guerra FriaAnimação e ideologia na Guerra Fria
Animação e ideologia na Guerra Fria
Denis Gasco
 
Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e Guerra Fria
Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e Guerra FriaSegunda Guerra Mundial (1939-1945) e Guerra Fria
Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e Guerra Fria
Denis Gasco
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
Denis Gasco
 
A Revolução Russa
A Revolução RussaA Revolução Russa
A Revolução Russa
Denis Gasco
 
A grande guerra
A grande guerraA grande guerra
A grande guerra
Denis Gasco
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
Denis Gasco
 

Mais de Denis Gasco (20)

O Marxismo
O MarxismoO Marxismo
O Marxismo
 
Estados Unidos
Estados UnidosEstados Unidos
Estados Unidos
 
10 Antigo Regime
10   Antigo Regime10   Antigo Regime
10 Antigo Regime
 
Brasil colônia
Brasil colônia Brasil colônia
Brasil colônia
 
19 independência da américa latina 2016
19  independência da américa latina 201619  independência da américa latina 2016
19 independência da américa latina 2016
 
Colonização Espanhola
Colonização EspanholaColonização Espanhola
Colonização Espanhola
 
Antiguidade oriental 2016
Antiguidade oriental 2016Antiguidade oriental 2016
Antiguidade oriental 2016
 
Introdução à História
Introdução à HistóriaIntrodução à História
Introdução à História
 
O feudalismo 2015
O feudalismo 2015O feudalismo 2015
O feudalismo 2015
 
Idade media - Bizantinos e Islã
Idade media - Bizantinos e IslãIdade media - Bizantinos e Islã
Idade media - Bizantinos e Islã
 
Roma império
Roma impérioRoma império
Roma império
 
Roma monarquia e república
Roma monarquia e repúblicaRoma monarquia e república
Roma monarquia e república
 
Hélade= o mundo grego
Hélade= o mundo gregoHélade= o mundo grego
Hélade= o mundo grego
 
A pré história
A pré históriaA pré história
A pré história
 
Animação e ideologia na Guerra Fria
Animação e ideologia na Guerra FriaAnimação e ideologia na Guerra Fria
Animação e ideologia na Guerra Fria
 
Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e Guerra Fria
Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e Guerra FriaSegunda Guerra Mundial (1939-1945) e Guerra Fria
Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e Guerra Fria
 
A crise de 1929
A crise de 1929A crise de 1929
A crise de 1929
 
A Revolução Russa
A Revolução RussaA Revolução Russa
A Revolução Russa
 
A grande guerra
A grande guerraA grande guerra
A grande guerra
 
Era napoleônica
Era napoleônicaEra napoleônica
Era napoleônica
 

Último

Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 

Último (20)

Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p..._jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
_jogo-brinquedo-brincadeira-e-a-e-ducacao-tizuko-morchida-kishimoto-leandro-p...
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 

Liberalismo, socialismo, nacionalismo

  • 1. Novos Projetos Políticos: Liberalismo, socialismo e nacionalismo
  • 2. O Pensamento Liberal (Economia  Ciência) Iluminismo + fisiocratas Bases do liberalismo • propriedade privada • Individualismo econômico • Liberdade de comércio • Liberdade de produção • Liberdade de contrato de trabalho Não intervenção estatal Sem pressão sindical Adam Smith (1723-1790) • “A Riqueza das Nações”  Divisão do trabalho  Livre concorrência  Estado  - Produção - mercado essencial - Novas técnicas - Qualidade do produto - Custos de produção Lei natural da oferta e procura Sucesso econômico geral Bem-estar coletivo - Zelar pela propriedade - Manter a ordem - Não intervir na economia (“A mão invisível”)
  • 3. Thomas Malthus(1766-1834) • “Ensaio sobre o princípio da população” • Influências sobre políticas nacionais  Natureza  limites ao progresso material  Pobreza e sofrimento: inerentes ao homem Crescimento populacional  Progressão Geométrica Produção de Alimentos  Progressão Aritmética Guerras Epidemias Equilíbrio temporário Lei dos pobres (1834) - Inglaterra  Criação de WORKHOUSES Mendigos confinados Condições precárias Fonte de mão-de-obra barata Exploração do trabalho Kempthorne's plan for a workhouse for 300 paupers, from the Annual Report of the Poor Law Commissioners (1835). - Sem leis trabalhistas - Jornada mais de 14h - Ambiente insalubre Movimento Luddita Trade Unions
  • 5. The Suffragettes also burned down churches as the Church of England was against what they wanted; they vandalised Oxford Street, apparently breaking all the windows in this famous street; The suffragettes, founded in October 1903, forced a social revolution to give women the vote. Photographs uncovered by the National Archives reveal hidden secrets of how the state spied on what it regarded as a terrorist threat. This first picture shows a suffragette caught in a confrontation with opponents and the police.
  • 6. As Doutrinas Socialistas • Reação às crises sociais • Propostas para um mundo mais justo
  • 7.  Interpretação socioeconômica da história  Introdução de novos conceitos: Karl Marx (1818-1883) & Friederich Engels (1820-1895) p.455 • “O Manifesto Comunista” (1848)  postulados do socialismo científico • “O Capital” Materialismo histórico - Modo de produção - Meio de produção - Luta de classes - Mais valia - Luta de classes - Capital Revolução Socialista Ditatura do proletariado - Infraestrutura - Superestrutura Socialização dos meios de produção Fim da propriedade privada - Fim das desigualdades - Fim do Estado Comunismo
  • 8. Pierre-Joseph Proudhon (1809-1865) • “O que é a propriedade?”  anarquismo  Defesa valores liberais e pequena propriedade  Crítica ao capitalismo  Propõe: Criação de cooperativas e bancos Sociedade sem classes Fim da exploração Igualdade - Empréstimos sem juros - Crédito gratuito ao trabalhador influenciou Mikhail Bakunin(1814-1876) • Líder do anarquismo terrorista p.456 • Defesa via revolucionária • Transição comunista sem fase intermediária Proudhon e seus filhos, porGustave Courbet, 1865 Mandato de expulsão emitido pela prefeitura de polícia de Paris a Mikhail Bakunin em 1847.
  • 9. O Nacionalismo • Origem: “Era das Revoluções” • Princípio de autogoverno do povo • Defesa de soberania sobre território • Expande-se pelo mundo todo • Primeiros museus  conceito de patrimônio (Françoise Choay – A alegoria do Patrimônio)
  • 10. A Primavera dos Povos • Primeira revolução potencialmente global • Construção de nações soberanas  LIBERAIS X CONSERVADORES
  • 12. • 1815: Congresso de Viena • 1824: morte de Luis XVIII  Carlos X (ultrarrealista) • Coroação de Felipe de Orleans (“o rei burguês”) • Expansão da revolução pela Europa  França  Luis XVIII  Constituição outorgada (voto censitário) - absolutista - moderado 3 Partidos:  Constitucionalistas  Liberais (princípios revolucionários)  Ultrarrealistas (Absolutismo) - A favor de Luis XVIII - A favor de monarquia parlamentar Reação Popular  3 dias de conflitos  Liderança burguesa  Grécia  Bélgica  Holanda  Polônia  Itália  Prússia Revolução de 1830
  • 13. Governo de Luis Filipe de Orleans (Fr.) • Industrialização • Restrita participação popular • Censura • Repressão • 3 partidos: • Estopim: nomeação de Guizot para 1º Ministro  Legitimista (por Bourbons)  Bonapartista (sobrinho de Napoleão)  Socialista (diferentes tendências  Perseguição a opositores  Proíbe festa de reunião socialista Levante Popular - Fev de 1848 - Felipe abdica Vai fazer você cair em outro lugar!
  • 14. A Segunda República • República Social (caráter popular) • Desemprego oficinas nacionais • Abril: Assembleia Constituinte • Dez/1848: Constituição  Eleições • 1851: Luis Bonaparte  projeto de reforma na Constituição • PLEBISCITO:  Controle Burguês (comercial/industrial) - Encerra governo provisório - Fechamento das oficinas nacionais REVOLTA POPULAR  REPRESSÃO  3.000 fuzilados  15.000 deportados Luís Bonaparte X Gen. Cavaignac - Coalisão com tendências - 70% votos  4 anos gov. - Conflito: Executivo X Legislativo  Assembleia NEGA  dissolução  Outorgar Constituição ao Estado  Enfraquece legislativo
  • 15. • 1852: 2º plebiscito  Retorno à monarquia • 1870: Guerra Franco-prussiana  Napoleão III “salvador da pátria” Segundo Império  Fim do império  Exilado
  • 17. Formação Estado Nacional italiano • 1815: Congresso de Viena  Itália dividida:  Noroeste: Reino Sardo-Pemontês  Lombardia/Veneza: Habsburgos  Centro: Estados Pontifícios  Sul – 2 Sicílias: Bourbon Descentralização Política (> Parte rural)
  • 18. • Piemonte: início processo de unificação • Jul/1848: Duas Sicílias  REVOLTA POPULAR  Governo Liberal e parlamentar  Burguesia industrial  Apoio de Camilo de Cavour  Giusepe Garibaldi / Giusepe Mazarini - 1º Min. Piemontes - RISORGIMENTO - monarquista - “camisas vermelhas” - “jovem itália” - Vitórias rebeldes - Republicanos Tomam frente no governo Vitor Emanuel II Sem linha de ação definida
  • 20. • Congresso de Viena  fim da Confederação do Reno • 1834: criação do Zollverein (união alfandegária) pressão Austríaca • 1860: programa de modernização militar • 1866: criada Confederação Germânica do Norte  39 Estados  “tutela” austríaca Confederação Germânica  Otto Von Bismark  Lutas pela unificação alemã  Espírito Nacionalista  Guerra das Sete Semanas (1866)  Kaiser: Guilherme I  Pretensão ao trono espanhol (Napoleão III veta) Guerra Franco-prussiana  Consolida unificação alemã  Queda da monarquia francesa (Alsácia-Lorena) Segundo REICH German Zollverein, 1834–1919. Blue: Prussia in 1834. Grey: Areas included until 1866. Yellow: Areas excluded after 1866. Red: Borders of the 1828 customs union. Pink: Relevant others until 1834.[clarification
  • 22. As Artes • Artistas: • Literatura: Dickens, Balzac, Gogol, Dostoievski • Música: Beethoven, Chopin, Schumann  Ópera • Pintura: Goya, W. Tunner, Delacroix, Gustave Courbet • Construção de uma imagem burguesa • Ascensão da fotografia • Necessidade de pompa e esplendor • “fé no destino burguês” Inspirados e envolvidos em assuntos públicos Acessíveis para burguesia Dickens Gogol Delacroix
  • 24. É bastante natural, que este nacionalismo encontrasse sua expressão cultural mais obvia na literatura e na música, ambas artes publicas, que podiam, além disso, contar com a poderosa herança criadora do povo comum – a linguagem e as canções folclóricas.
  • 26. Delacroix • Liberdade guiando o povo (1830) • Contexto: Revolução de 1830 • 2m X 3,25m • Características românticas: • Barricada • Personagens: • Notre Dame  símbolo do povo • PESADAS CRÍTICAS (considerada de mal gosto) • Autor participa da proteção do Louvre nas barricadas  Soldados da guarda real mortos  Crianças  Operário de manufatura  Artesão de cartola  Camponês moribundo  Mulher com “barrete frígio - romano” (chapéu): Liberdade  Bandeira  Disposição diagonal  Contemplação impactante - Traço impreciso - Tensão emocional
  • 29. O Romantismo: “...mesmo as artes de uma pequena minoria social ainda podem fazer ecoar o trovão dos terremotos que abalam toda a humanidade.” (Hobsbawn) • Movimento burguês • Reflexo da “revolução dupla” • Revolta contra burguesia • Engajamento político • Agem como profissionais  “supremacia da bilheteria como condição natural de sua arte” • Introduz conceito de “gênio” • Mulheres aparecem como artistas (predomínio na Inglaterra) • Retomada de temas específicos:  Jovens socialmente deslocados  Artistas profissionais Revolta contra os mais velhos  Revolução Francesa  Revolução Industrial  Solidão (valor à subjetividade)  Cria só o que leva dentro de si  Maioria incompreendidos e pobres  Idade média (formação das monarquias nacionais)  “Folklore”  resgate de cultura das minorias do medievo “Mal du sciècle” - Tédio - Escapismo - Morte
  • 30. “As sombras da prisão – o casamento, a carreira respeitável, a absorsão pelo filisteísmo – envolvía-os, e os pássaros da noite na forma de seus antecessores lhes agouravam (com frequente precisão) sua invevitável sentença...” (Hobinho :P)