SlideShare uma empresa Scribd logo
SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO
_________________________
E.E.” ______________________________________________”
AVALIAÇÃO BIMESTRAL DEARTE
A dramatização acontece no espaço cênico que é o local onde a
encenação de um espetáculo acontece. A cenografia é de
extrema importância para o sucesso de um evento. Ela é
responsável pela criação do espaço cênico, pelo impacto e pelo
encantamento dos participantes de um evento, seja ele cultural
ou corporativo. O cenário pode ser formado por móveis, objetos
de cena que ajudam o público a reconhecer o lugar onde
acontece a encenação.
1. Qual é o tema central do texto acima?
a. A importância dos espaços cênicos para a arte.
b. A importância da dramatização para a arte.
c. A importância do figurino para a arte.
d. A importância da sonoplastia para a arte.
- ______________ são meios de expressividade nas
peças e, quando bem trabalhados, tornam-se canais
imediatos de comunicação com o público. Desde as
primeiras manifestações teatrais havia preocupação com
as vestimentas e os adereços utilizados. São peças
marcantes nos filmes, eles enriquecem a trama e ajudam na
composição dos personagens.
2. As palavras que completam corretamente as lacunas acima, são respectivamente...
a. Máscaras
b. Figurino
c. Cenário
d. Arte
A _________________foi uma vertente popular do teatro renascentista. A grande
diferença entre essa arte e o teatro que estava sendo produzido na renascença é o
caráter popular que ele possui. Ou seja, enquanto o teatro renascentista estava
apoiado nos ideais clássicos, essa arte esteve oposto ao modelo erudito. Além de
seu caráter popular ele era também itinerante, ou seja, a companhia teatral
apresentava em diversas cidades. Os personagens que faziam parte das comédias
desenvolvidas eram caricaturados, tipificados e estereotipados.
3. O trecho acima conceitua que tipo de arte
a. Teatro de fantoches
b. Teatro musical
c. Commedia Dell’arte
d. Espetáculos para a elite
Baseada no clássico da literatura ‘Romeu e Julieta’, de William
Shakespeare, esta releitura de Mauricio de Sousa foi adaptada ao
estilo narrativo do universo da Turma da Mônica, resultando em
um espetáculo musical embalado por 13 músicas que abusam de
ritmos brasileiros como forró, samba e xote. Atualmente, podemos
dizer que o figurino está presente em histórias em quadrinhos,
HQs, desenhos animados e até videogames. Os figurinos
ganharam o nome “Skin” que em inglês significa pele.
4. Sobre as informações acima, pode-se marcar como verdadeiras, exceto...
a. Apresenta uma releitura da obra de William Shakespeare
b. Foi uma criação de Maurício de Sousa
c. Chama a atenção para o figurino com parte presente em diversos tipos de srte.
d. Apresenta a arte original de William Shakespeare
NOTA:
DATA:
NÚMERO:
PROFESSOR (A): Série: 6 TURMA:
ALUNO (A)
A sonoplastia é uma reconstituição artificial de ruídos,
sejam eles naturais ou não e não devem ser
confundidos com o som da música, dos resmungos e,
sobretudo, do ruído gerado pela cena. A sonoplastia
surgiu nas radionovelas e estimulava a imaginação dos
ouvintes. Era a magia do rádio que permitia se
acompanhar uma boa história apenas por meio de vozes
e som ambiente. Os recursos eram poucos, apenas os
chamados radioatores protagonizando as tramas com a
utilização da voz e os criativos efeitos de sonoplastia.
Uma terrível tempestade, por exemplo, não passava de
uma folha de zinco balançando. Cavalos em galope
eram apenas cascas de coco batendo na mesa. Hoje, é
usado todo tipo de máquina para reproduzir os mais
diferentes tipos de sons.
5. Sobre a sonoplastia. Marque a alternativa incorreta.
a. Hoje, na sonoplastia é usado todo tipo de máquina para reproduzir os mais diferentes tipos de
sons. Antigamente eram usados apenas a voz do ator e alguns objetos para produzir os sons.
b. A sonoplastia surgiu nas radionovelas e estimulava a imaginação dos ouvintes. Era a magia do
rádio que permitia se acompanhar uma boa história apenas por meio de vozes e som ambiente.
c. A sonoplastia é uma reconstituição artificial de ruídos.
d. A sonoplastia é o som da música, dos resmungos e, sobretudo, do ruído e barulho comum gerado
pela cena.
Nos teatros gregos e romanos da antiguidade e durante a Idade Média
ainda, as representações teatrais só eram feitas à luz do dia e ao ar livre
e não se cogitava outra forma de ser .
A maioria das pessoas está acostumada com a iluminação comum,
presente em nossas casas, que não apresenta uma grande varieda de
nem dificuldades para manuseá-la. No entanto, a iluminação para teatro
possui uma infinidade de variações e cada uma tem uma utilização, tendo
um contexto mais artístico.
O profissional em iluminação cênica para teatro sabe exatamente qual a
luz apropriada utilizar em determinada cena.
6. Sobre a iluminação cênica é correto afirmar que:
a. O profissional especializado em iluminação cênica para teatro sabe que a luz pouco contribui com a
encenação.
b. O profissional especializado em iluminação cênica para teatro sabe qual a luz apropriada utilizar em
determinada cena.
c. O profissional especializado em iluminação cênica para teatro sabe que é preciso estudar sobre a
teoria das cores e sobre artes plásticas para fazer uma boa iluminação.
d. O profissional especializado em iluminação cênica para teatro sabe que a luz pode causar
dramaticidade às cenas sem precisar de muita atuação dos personagens.
É sabido que o teatro tem sua origem na Grécia antiga, mas essa manifestação já
acontecia na pré-história.Imitavam gestos dos animais ecenas decaçacomoforma
de comunicação.
Na Grécia, o teatro surgiu a partir das celebrações ao deus Dionísio e mais tarde
desempenhou uma importante função social e cívica. Apenas os homens
representavam e este é um dos motivos do uso de pesados figurinos e máscaras.
7. QualDeus damitologia grega estárelacionado com festas ediversões e que foi associado ao teatro?
a. Dionísio.
b. Ares.
c. Ditirambo.
d. Zeus.
Na Roma antiga, o teatro sofreu modificações estruturais, como o
surgimento de arcos abóbadas. A temática deixa de ser religiosa e
passa a valorizar o entretenimento como as lutas de gladiadores.
Na idade média, a linguagem teatral foi banida na Europa, pois a igreja
considerava essa prática como pecaminosa e poderia ser utilizada
apenas para divulgação das histórias bíblicas.
Diferente do teatro medieval, que possuía um caráter mais religioso, o
teatro renascentista apostou no teatro popular de caráter cômico e
burlesco e na exploração de variados temas. É nesse período também
que surge a Commedia Dell’arte.
As peças (tragédias e comédias) de Shakespeare marcaram
decisivamente o período, das quais se destacam: Romeu e Julieta,
Macbeth, Hamlet, A Megera Domada, Sonhos de uma Noite de Verão.
8. Sobre o tema acima, pode-se concluir que
a. Os primeiros teatros foram com temática religiosa.
b. Os teatros da idade média era considerado como entretenimento para a elite.
c. O teatro renascentista foi banido porque era de caráter religioso
d. Na Antiga, os teatros deixaram de usar como entretenimento as lutas de gladiadores e passaram a
usar as historias bíblicas com entretenimento.
No início do século XIX, o teatro era uma das opções
favoritas de lazer de Edgar Degas (1834-1917). Pintor,
gravurista, escultor e fotógrafo francês, ele tinha seuateliê
próximo do teatro onde o Ballet da Ópera de Paris se
apresentava na época. Fascinado pelo movimento do
corpo, o artista gostava de observá-lo em atividade e em
repouso nos ensaios das bailarinas e nos palcos também.
Degas registrou mais de 1500 obras com o tema
bailarinas.
9. Podemos afirmar, observando essa obra que:
a. Na obra, as bailarinas estão em pose de descanso devido a sua postura corporal.
b. Na obra, o artista só consegue demonstrar que é um ensaio de balé através das roupas típicas.
c. Há na obra, sensação de movimento, pois os corpos foram representados dançando.
d. Na obra, Degas não tentava representar expressões corporais, somente o cenário para o balé.
A música nasceu com a natureza. Há mais de 50 mil anos, os seres humanos começarama desenvolver ações sonoras
baseadas na observaçãodosfenômenos da natureza, como, por exemplo, o farfalhar das folhas das árvores, sons do vento,
da águado rio e sons dos animais. Isso instigou as pessoas aexplorarem os sons que seus próprios corpos produziam, tal
como, os sons das palmas, dos pés batendo no chão, da própria voz, entre outros. No período rupestre, essas
experimentações não eram consideradas arte propriamente e estavam relacionadas à comunicação, aosritossagrados e à
dança. Muita pintura rupestre exibe várias pessoas dançando, o que sugere a presença de música. No Egito, a música
complementava os rituais sagrados como a colheita e as cheias do rio. Os instrumentos utilizados eram harpas, flautas,
instrumentos de percussão e cítara - que é um instrumento de cordas derivado da lira. Na Grécia antiga, funcionava
como uma espécie de elo entre os homens e as divindades. Na Idade Média, a música foi o Canto Gregoriano -
período marcado pelo cristianismo e o Papa Gregório I classificou e compilou as regras para o canto que deveria ser
entoado nas cerimônias da Igreja.
No renascimento - a música apresentava características mais universais e buscava se distanciar dos costumes da Igreja.
10. Observe as imagens referentes ás expressões de arte na música e identifique-as ao período correto,
relacionando o período à imagem:
( ) Grego.
( ) Canto gregoriano.
( ) Rupestre.
( ) Egito.
( ) Canto Renascentista
A alternativa que mostra a sequência correta dos períodos das artes é...
a. 1, 2, 3, 4, 5
b. 3, 4, 1, 2, 5
c. 5, 4, 3, 2, 1
d. 2, 3, 5, 1, 4
1 2 3 4 5
Gabarito
1.a
2b.
3c
4d
5. d
6.b
7. a
8.a
9.a
10. b

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação arte musica
Avaliação arte musicaAvaliação arte musica
Avaliação arte musica
Atividades Diversas Cláudia
 
EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º E 7º ANO - O PONTO,PONTILHISMO E A SEMANA DA AR...
EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º  E 7º ANO - O PONTO,PONTILHISMO E A SEMANA DA AR...EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º  E 7º ANO - O PONTO,PONTILHISMO E A SEMANA DA AR...
EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º E 7º ANO - O PONTO,PONTILHISMO E A SEMANA DA AR...
Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino
 
PROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENAPROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENA
Francisco Antonio Machado Araujo
 
Prova de arte1 9 ano
Prova de arte1 9 anoProva de arte1 9 ano
Prova de arte1 9 ano
Bárbara Fonseca
 
Apostila de-arte-eja
Apostila de-arte-ejaApostila de-arte-eja
Apostila de-arte-eja
F Figueiredo Habyby
 
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Fabiola Oliveira
 
Linguagens da artes (conteudos )
Linguagens da artes (conteudos )Linguagens da artes (conteudos )
Linguagens da artes (conteudos )
graduartes
 
Avaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafiteAvaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafite
Casiris Crescencio
 
Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)
graduartes
 
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Fabiola Oliveira
 
Artes O Teatro e Atividades
Artes O Teatro e AtividadesArtes O Teatro e Atividades
Artes O Teatro e Atividades
Geo Honório
 
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembroAvaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Moesio Alves
 
Danças regionais
Danças regionaisDanças regionais
Danças regionais
Atividades Diversas Cláudia
 
Arte grega texto para atividade
Arte grega texto para atividadeArte grega texto para atividade
Arte grega texto para atividade
Casiris Crescencio
 
6º ano avaliação de arte 1º bimestre
6º ano avaliação de arte 1º bimestre6º ano avaliação de arte 1º bimestre
6º ano avaliação de arte 1º bimestre
Fabiola Oliveira
 
Avaliações artes-primeiro-bimestre-.
Avaliações artes-primeiro-bimestre-.Avaliações artes-primeiro-bimestre-.
Avaliações artes-primeiro-bimestre-.
Andreza Andrade
 
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide CarvalhoP rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
Leoneide Carvalho
 
Prova história do teatro
Prova   história do teatroProva   história do teatro
Prova história do teatro
Denise Compasso
 
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e AtividadesArtes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Geo Honório
 
Diagnóstico de Arte
Diagnóstico de Arte Diagnóstico de Arte
Diagnóstico de Arte
Mary Alvarenga
 

Mais procurados (20)

Avaliação arte musica
Avaliação arte musicaAvaliação arte musica
Avaliação arte musica
 
EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º E 7º ANO - O PONTO,PONTILHISMO E A SEMANA DA AR...
EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º  E 7º ANO - O PONTO,PONTILHISMO E A SEMANA DA AR...EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º  E 7º ANO - O PONTO,PONTILHISMO E A SEMANA DA AR...
EJA: AVALIAÇÃO DE ARTES - 6º E 7º ANO - O PONTO,PONTILHISMO E A SEMANA DA AR...
 
PROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENAPROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENA
 
Prova de arte1 9 ano
Prova de arte1 9 anoProva de arte1 9 ano
Prova de arte1 9 ano
 
Apostila de-arte-eja
Apostila de-arte-ejaApostila de-arte-eja
Apostila de-arte-eja
 
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
 
Linguagens da artes (conteudos )
Linguagens da artes (conteudos )Linguagens da artes (conteudos )
Linguagens da artes (conteudos )
 
Avaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafiteAvaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafite
 
Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)Entenda a arte (atividades)
Entenda a arte (atividades)
 
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
Avaliação diagnóstica arte 6 e 7 anos 2013
 
Artes O Teatro e Atividades
Artes O Teatro e AtividadesArtes O Teatro e Atividades
Artes O Teatro e Atividades
 
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembroAvaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
Avaliação de global de artes 6º e 7º ano setembro
 
Danças regionais
Danças regionaisDanças regionais
Danças regionais
 
Arte grega texto para atividade
Arte grega texto para atividadeArte grega texto para atividade
Arte grega texto para atividade
 
6º ano avaliação de arte 1º bimestre
6º ano avaliação de arte 1º bimestre6º ano avaliação de arte 1º bimestre
6º ano avaliação de arte 1º bimestre
 
Avaliações artes-primeiro-bimestre-.
Avaliações artes-primeiro-bimestre-.Avaliações artes-primeiro-bimestre-.
Avaliações artes-primeiro-bimestre-.
 
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide CarvalhoP rovas 6°ao 9º Ano- Artes  Professora Leoneide Carvalho
P rovas 6°ao 9º Ano- Artes Professora Leoneide Carvalho
 
Prova história do teatro
Prova   história do teatroProva   história do teatro
Prova história do teatro
 
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e AtividadesArtes Dança/ Danças Regionais e Atividades
Artes Dança/ Danças Regionais e Atividades
 
Diagnóstico de Arte
Diagnóstico de Arte Diagnóstico de Arte
Diagnóstico de Arte
 

Semelhante a Prova de arte 6ano 3b pronta 1

Prova de arte 6ano 3b pronta
Prova de arte 6ano 3b prontaProva de arte 6ano 3b pronta
Prova de arte 6ano 3b pronta
Atividades Diversas Cláudia
 
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Fabiola Oliveira
 
Simulado
Simulado Simulado
Atividades sobre teatro novinho rsr
Atividades sobre teatro novinho rsrAtividades sobre teatro novinho rsr
Atividades sobre teatro novinho rsr
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividades sobre teatro novinho rsr
Atividades sobre teatro novinho rsrAtividades sobre teatro novinho rsr
Atividades sobre teatro novinho rsr
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividade 3 ficha de apoio - história e matemática - normal
Atividade  3  ficha de apoio - história e matemática - normalAtividade  3  ficha de apoio - história e matemática - normal
Atividade 3 ficha de apoio - história e matemática - normal
antoniopedropinheiro
 
História do Teatro
História do TeatroHistória do Teatro
História do Teatro
Experiências Português
 
Teatro para iniciantes.
Teatro para iniciantes. Teatro para iniciantes.
Teatro para iniciantes.
Gerald Bourguignon
 
Atividade 3 ficha de apoio - apreciação , claúdia
Atividade  3  ficha de apoio - apreciação , claúdiaAtividade  3  ficha de apoio - apreciação , claúdia
Atividade 3 ficha de apoio - apreciação , claúdia
claudiapinto7a
 
Teatro origem e evolução
Teatro  origem e evoluçãoTeatro  origem e evolução
Teatro origem e evolução
josivaldopassos
 
2011 08-30 - teatro
2011 08-30 - teatro2011 08-30 - teatro
2011 08-30 - teatro
O Ciclista
 
6982397 Origem E Evol Do Teatro
6982397  Origem E  Evol  Do  Teatro6982397  Origem E  Evol  Do  Teatro
6982397 Origem E Evol Do Teatro
Ricardo Araujo
 
3º Ano Ensino Médio.pdf
3º Ano Ensino Médio.pdf3º Ano Ensino Médio.pdf
3º Ano Ensino Médio.pdf
AndreySilva45
 
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.pptTEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
JoaoAlves319493
 
EvoluçãO Do Teatro Ao Longo Da HistóRia Da
EvoluçãO Do Teatro Ao Longo Da HistóRia DaEvoluçãO Do Teatro Ao Longo Da HistóRia Da
EvoluçãO Do Teatro Ao Longo Da HistóRia Da
mega
 
Slide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.ppt
Slide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.pptSlide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.ppt
Slide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.ppt
roberthysouza1
 
Artes cênicas
Artes cênicasArtes cênicas
Artes cênicas
Ana Beatriz Cargnin
 
Historia_do_Teatro.ppt
Historia_do_Teatro.pptHistoria_do_Teatro.ppt
Historia_do_Teatro.ppt
Elizeu filho
 
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.pptTEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
Suzy De Abreu Santana
 
Teatro
TeatroTeatro
Teatro
Diogo Cruz
 

Semelhante a Prova de arte 6ano 3b pronta 1 (20)

Prova de arte 6ano 3b pronta
Prova de arte 6ano 3b prontaProva de arte 6ano 3b pronta
Prova de arte 6ano 3b pronta
 
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
Questões do ENEM - Disciplina Arte 2009 a 2013
 
Simulado
Simulado Simulado
Simulado
 
Atividades sobre teatro novinho rsr
Atividades sobre teatro novinho rsrAtividades sobre teatro novinho rsr
Atividades sobre teatro novinho rsr
 
Atividades sobre teatro novinho rsr
Atividades sobre teatro novinho rsrAtividades sobre teatro novinho rsr
Atividades sobre teatro novinho rsr
 
Atividade 3 ficha de apoio - história e matemática - normal
Atividade  3  ficha de apoio - história e matemática - normalAtividade  3  ficha de apoio - história e matemática - normal
Atividade 3 ficha de apoio - história e matemática - normal
 
História do Teatro
História do TeatroHistória do Teatro
História do Teatro
 
Teatro para iniciantes.
Teatro para iniciantes. Teatro para iniciantes.
Teatro para iniciantes.
 
Atividade 3 ficha de apoio - apreciação , claúdia
Atividade  3  ficha de apoio - apreciação , claúdiaAtividade  3  ficha de apoio - apreciação , claúdia
Atividade 3 ficha de apoio - apreciação , claúdia
 
Teatro origem e evolução
Teatro  origem e evoluçãoTeatro  origem e evolução
Teatro origem e evolução
 
2011 08-30 - teatro
2011 08-30 - teatro2011 08-30 - teatro
2011 08-30 - teatro
 
6982397 Origem E Evol Do Teatro
6982397  Origem E  Evol  Do  Teatro6982397  Origem E  Evol  Do  Teatro
6982397 Origem E Evol Do Teatro
 
3º Ano Ensino Médio.pdf
3º Ano Ensino Médio.pdf3º Ano Ensino Médio.pdf
3º Ano Ensino Médio.pdf
 
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.pptTEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
 
EvoluçãO Do Teatro Ao Longo Da HistóRia Da
EvoluçãO Do Teatro Ao Longo Da HistóRia DaEvoluçãO Do Teatro Ao Longo Da HistóRia Da
EvoluçãO Do Teatro Ao Longo Da HistóRia Da
 
Slide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.ppt
Slide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.pptSlide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.ppt
Slide - A gênese ritual do Teatro na pre-história.ppt
 
Artes cênicas
Artes cênicasArtes cênicas
Artes cênicas
 
Historia_do_Teatro.ppt
Historia_do_Teatro.pptHistoria_do_Teatro.ppt
Historia_do_Teatro.ppt
 
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.pptTEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
TEATRO - O papel do teatro nas culturas.ppt
 
Teatro
TeatroTeatro
Teatro
 

Mais de Atividades Diversas Cláudia

Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividades Diversas Cláudia
 
FILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.docFILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.doc
Atividades Diversas Cláudia
 
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 eAtividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades Diversas Cláudia
 
Atividades sobre fake news
Atividades sobre fake newsAtividades sobre fake news
Atividades sobre fake news
Atividades Diversas Cláudia
 
1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor
Atividades Diversas Cláudia
 
2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha
Atividades Diversas Cláudia
 
3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo
Atividades Diversas Cláudia
 
4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje
Atividades Diversas Cláudia
 
5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios
Atividades Diversas Cláudia
 
6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestreProva de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestre
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 anoProva de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Atividades Diversas Cláudia
 

Mais de Atividades Diversas Cláudia (20)

Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.docAtividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre  familia.doc
Atividade interdisciplinar portugues ensino religioso sobre familia.doc
 
FILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.docFILME nao olhe para cima.doc
FILME nao olhe para cima.doc
 
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
1 guerra Russia Ucrania atividade interdisciplinar historia geografia portugu...
 
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 eAtividades campanha da fraternidade 2022 e
Atividades campanha da fraternidade 2022 e
 
Atividades sobre fake news
Atividades sobre fake newsAtividades sobre fake news
Atividades sobre fake news
 
1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor1 primeiro dia de aula novo melhor
1 primeiro dia de aula novo melhor
 
2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha2 primeiro dia de aula novo amanha
2 primeiro dia de aula novo amanha
 
3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo3 primeiro dia de aula novo
3 primeiro dia de aula novo
 
4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje4 primeiro dia de aula novo hoje
4 primeiro dia de aula novo hoje
 
5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios5 primeiro dia de aula novo desafios
5 primeiro dia de aula novo desafios
 
6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao6 primeiro dia de aula novo motivacao
6 primeiro dia de aula novo motivacao
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4 (1)
 
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
Prova de geografia 8 ano 4b pet 4
 
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
Prova de geografia 9 ano 4b pet 4
 
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
Prova de ensino religioso 8 ano 4b pet 4
 
Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4Prova historia 1ano pet4
Prova historia 1ano pet4
 
Prova de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestreProva de historia 2ano 4bimestre
Prova de historia 2ano 4bimestre
 
Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1Prova de arte 4b 9 ano1
Prova de arte 4b 9 ano1
 
Prova de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 anoProva de arte 4b 8 ano
Prova de arte 4b 8 ano
 
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
Prova de arte 4b 7 ano (reparado)
 

Último

MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
ALEXANDRODECASTRODOS
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptxSlides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
FredPaixaoeSilva
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdfPROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
MiriamCamily
 
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdfA justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
MarcoAurlioResende
 

Último (20)

MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
6_201___6o_ano_aula_01_2024_RESUMO_1_5.pptx
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptxSlides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
Slides Lição 13, CPAD, A Cidade Celestial, 2Tr24.pptx
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdfPROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
PROVA DE ARTE PARA IMPRESSÃO - CORRETA gabarito .pdf
 
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdfA justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
A justiça divina segundo o Espiritismo (V2).pdf
 

Prova de arte 6ano 3b pronta 1

  • 1. SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO _________________________ E.E.” ______________________________________________” AVALIAÇÃO BIMESTRAL DEARTE A dramatização acontece no espaço cênico que é o local onde a encenação de um espetáculo acontece. A cenografia é de extrema importância para o sucesso de um evento. Ela é responsável pela criação do espaço cênico, pelo impacto e pelo encantamento dos participantes de um evento, seja ele cultural ou corporativo. O cenário pode ser formado por móveis, objetos de cena que ajudam o público a reconhecer o lugar onde acontece a encenação. 1. Qual é o tema central do texto acima? a. A importância dos espaços cênicos para a arte. b. A importância da dramatização para a arte. c. A importância do figurino para a arte. d. A importância da sonoplastia para a arte. - ______________ são meios de expressividade nas peças e, quando bem trabalhados, tornam-se canais imediatos de comunicação com o público. Desde as primeiras manifestações teatrais havia preocupação com as vestimentas e os adereços utilizados. São peças marcantes nos filmes, eles enriquecem a trama e ajudam na composição dos personagens. 2. As palavras que completam corretamente as lacunas acima, são respectivamente... a. Máscaras b. Figurino c. Cenário d. Arte A _________________foi uma vertente popular do teatro renascentista. A grande diferença entre essa arte e o teatro que estava sendo produzido na renascença é o caráter popular que ele possui. Ou seja, enquanto o teatro renascentista estava apoiado nos ideais clássicos, essa arte esteve oposto ao modelo erudito. Além de seu caráter popular ele era também itinerante, ou seja, a companhia teatral apresentava em diversas cidades. Os personagens que faziam parte das comédias desenvolvidas eram caricaturados, tipificados e estereotipados. 3. O trecho acima conceitua que tipo de arte a. Teatro de fantoches b. Teatro musical c. Commedia Dell’arte d. Espetáculos para a elite Baseada no clássico da literatura ‘Romeu e Julieta’, de William Shakespeare, esta releitura de Mauricio de Sousa foi adaptada ao estilo narrativo do universo da Turma da Mônica, resultando em um espetáculo musical embalado por 13 músicas que abusam de ritmos brasileiros como forró, samba e xote. Atualmente, podemos dizer que o figurino está presente em histórias em quadrinhos, HQs, desenhos animados e até videogames. Os figurinos ganharam o nome “Skin” que em inglês significa pele. 4. Sobre as informações acima, pode-se marcar como verdadeiras, exceto... a. Apresenta uma releitura da obra de William Shakespeare b. Foi uma criação de Maurício de Sousa c. Chama a atenção para o figurino com parte presente em diversos tipos de srte. d. Apresenta a arte original de William Shakespeare NOTA: DATA: NÚMERO: PROFESSOR (A): Série: 6 TURMA: ALUNO (A)
  • 2. A sonoplastia é uma reconstituição artificial de ruídos, sejam eles naturais ou não e não devem ser confundidos com o som da música, dos resmungos e, sobretudo, do ruído gerado pela cena. A sonoplastia surgiu nas radionovelas e estimulava a imaginação dos ouvintes. Era a magia do rádio que permitia se acompanhar uma boa história apenas por meio de vozes e som ambiente. Os recursos eram poucos, apenas os chamados radioatores protagonizando as tramas com a utilização da voz e os criativos efeitos de sonoplastia. Uma terrível tempestade, por exemplo, não passava de uma folha de zinco balançando. Cavalos em galope eram apenas cascas de coco batendo na mesa. Hoje, é usado todo tipo de máquina para reproduzir os mais diferentes tipos de sons. 5. Sobre a sonoplastia. Marque a alternativa incorreta. a. Hoje, na sonoplastia é usado todo tipo de máquina para reproduzir os mais diferentes tipos de sons. Antigamente eram usados apenas a voz do ator e alguns objetos para produzir os sons. b. A sonoplastia surgiu nas radionovelas e estimulava a imaginação dos ouvintes. Era a magia do rádio que permitia se acompanhar uma boa história apenas por meio de vozes e som ambiente. c. A sonoplastia é uma reconstituição artificial de ruídos. d. A sonoplastia é o som da música, dos resmungos e, sobretudo, do ruído e barulho comum gerado pela cena. Nos teatros gregos e romanos da antiguidade e durante a Idade Média ainda, as representações teatrais só eram feitas à luz do dia e ao ar livre e não se cogitava outra forma de ser . A maioria das pessoas está acostumada com a iluminação comum, presente em nossas casas, que não apresenta uma grande varieda de nem dificuldades para manuseá-la. No entanto, a iluminação para teatro possui uma infinidade de variações e cada uma tem uma utilização, tendo um contexto mais artístico. O profissional em iluminação cênica para teatro sabe exatamente qual a luz apropriada utilizar em determinada cena. 6. Sobre a iluminação cênica é correto afirmar que: a. O profissional especializado em iluminação cênica para teatro sabe que a luz pouco contribui com a encenação. b. O profissional especializado em iluminação cênica para teatro sabe qual a luz apropriada utilizar em determinada cena. c. O profissional especializado em iluminação cênica para teatro sabe que é preciso estudar sobre a teoria das cores e sobre artes plásticas para fazer uma boa iluminação. d. O profissional especializado em iluminação cênica para teatro sabe que a luz pode causar dramaticidade às cenas sem precisar de muita atuação dos personagens. É sabido que o teatro tem sua origem na Grécia antiga, mas essa manifestação já acontecia na pré-história.Imitavam gestos dos animais ecenas decaçacomoforma de comunicação. Na Grécia, o teatro surgiu a partir das celebrações ao deus Dionísio e mais tarde desempenhou uma importante função social e cívica. Apenas os homens representavam e este é um dos motivos do uso de pesados figurinos e máscaras. 7. QualDeus damitologia grega estárelacionado com festas ediversões e que foi associado ao teatro? a. Dionísio. b. Ares. c. Ditirambo. d. Zeus.
  • 3. Na Roma antiga, o teatro sofreu modificações estruturais, como o surgimento de arcos abóbadas. A temática deixa de ser religiosa e passa a valorizar o entretenimento como as lutas de gladiadores. Na idade média, a linguagem teatral foi banida na Europa, pois a igreja considerava essa prática como pecaminosa e poderia ser utilizada apenas para divulgação das histórias bíblicas. Diferente do teatro medieval, que possuía um caráter mais religioso, o teatro renascentista apostou no teatro popular de caráter cômico e burlesco e na exploração de variados temas. É nesse período também que surge a Commedia Dell’arte. As peças (tragédias e comédias) de Shakespeare marcaram decisivamente o período, das quais se destacam: Romeu e Julieta, Macbeth, Hamlet, A Megera Domada, Sonhos de uma Noite de Verão. 8. Sobre o tema acima, pode-se concluir que a. Os primeiros teatros foram com temática religiosa. b. Os teatros da idade média era considerado como entretenimento para a elite. c. O teatro renascentista foi banido porque era de caráter religioso d. Na Antiga, os teatros deixaram de usar como entretenimento as lutas de gladiadores e passaram a usar as historias bíblicas com entretenimento. No início do século XIX, o teatro era uma das opções favoritas de lazer de Edgar Degas (1834-1917). Pintor, gravurista, escultor e fotógrafo francês, ele tinha seuateliê próximo do teatro onde o Ballet da Ópera de Paris se apresentava na época. Fascinado pelo movimento do corpo, o artista gostava de observá-lo em atividade e em repouso nos ensaios das bailarinas e nos palcos também. Degas registrou mais de 1500 obras com o tema bailarinas. 9. Podemos afirmar, observando essa obra que: a. Na obra, as bailarinas estão em pose de descanso devido a sua postura corporal. b. Na obra, o artista só consegue demonstrar que é um ensaio de balé através das roupas típicas. c. Há na obra, sensação de movimento, pois os corpos foram representados dançando. d. Na obra, Degas não tentava representar expressões corporais, somente o cenário para o balé. A música nasceu com a natureza. Há mais de 50 mil anos, os seres humanos começarama desenvolver ações sonoras baseadas na observaçãodosfenômenos da natureza, como, por exemplo, o farfalhar das folhas das árvores, sons do vento, da águado rio e sons dos animais. Isso instigou as pessoas aexplorarem os sons que seus próprios corpos produziam, tal como, os sons das palmas, dos pés batendo no chão, da própria voz, entre outros. No período rupestre, essas experimentações não eram consideradas arte propriamente e estavam relacionadas à comunicação, aosritossagrados e à dança. Muita pintura rupestre exibe várias pessoas dançando, o que sugere a presença de música. No Egito, a música complementava os rituais sagrados como a colheita e as cheias do rio. Os instrumentos utilizados eram harpas, flautas, instrumentos de percussão e cítara - que é um instrumento de cordas derivado da lira. Na Grécia antiga, funcionava como uma espécie de elo entre os homens e as divindades. Na Idade Média, a música foi o Canto Gregoriano - período marcado pelo cristianismo e o Papa Gregório I classificou e compilou as regras para o canto que deveria ser entoado nas cerimônias da Igreja. No renascimento - a música apresentava características mais universais e buscava se distanciar dos costumes da Igreja. 10. Observe as imagens referentes ás expressões de arte na música e identifique-as ao período correto, relacionando o período à imagem: ( ) Grego. ( ) Canto gregoriano. ( ) Rupestre. ( ) Egito. ( ) Canto Renascentista A alternativa que mostra a sequência correta dos períodos das artes é... a. 1, 2, 3, 4, 5 b. 3, 4, 1, 2, 5 c. 5, 4, 3, 2, 1 d. 2, 3, 5, 1, 4 1 2 3 4 5