SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
CMEI COLEMAR NATAL E SILVA

PROFESSORA: SANDRA APARECIDA DE MIRANDA NUNES

TURMA: “B” I (AGRUPAMENTO DE 01 ANO A 01 ANO E 11 MESES)




      PROJETO: BRINCANDO COM RECICLADOS




                   DEZEMBRO/2010
PROJETO: BRINCANDO COM RECICLADOS




                                 JUSTIFICATIVA:



   A idéia central do projeto “Brincando com reciclados” parte do pressuposto interesse
das crianças, pois entendemos que a confecção dos brinquedos contribuirá
significativamente para a interatividade e sociabilidade do grupo, além da alegria que
será proporcionada às crianças de terem a possibilidade de brincar com brinquedos
feitos por eles. Constatamos também que o brinquedo é de fato um subsídio importante
para o desenvolvimento das aprendizagens e/ou psicomotor.

  Segundo as concepções de VYGOTSKY “A imaginação depende da experiência, das
necessidades e dos interesses, assim como da capacidade combinatória e do exercício
contido nessa atividade e não podemos reduzir a imaginação às necessidades e
sentimentos do homem”. Uma prática pedagógica adequada, tanto do educador do
regular, como do educador dos apoios educativos passará não apenas por “deixar as
crianças brincar”, mas, sobretudo por “ajudar as crianças a brincar” e por “brincar com
as crianças”, ou até mesmo por “ensinar as crianças a brincar” (1999, p.12).

  Acreditamos que o papel do professor é de fundamental importância no que se refere
ao despertar das crianças para as brincadeiras/brinquedo e mais, cabe ao educador
orientar e dirigir as brincadeiras, e neste caso específico, ele deve ressaltar que tais
brinquedos podem ser construídos a partir de materiais reciclados e que já são materiais
conhecidos e apreciados nas brincadeiras do dia-a-dia das crianças.

  Posterior a esse momento de curiosidade, pensou – se então, na produção de
brinquedos aproveitando materiais reciclados conforme citado, e estes materiais serão
utilizados na construção de brinquedos diversos em sala de aula com a participação das
crianças.

 Neste sentido concordamos com CARVALHO, quando ele afirma que: "Ao professor
cabe organizar o brincar e, para isto, é necessário que ele conheça suas particularidades,
seus elementos estruturais, as premissas necessárias para seu surgimento e
desenvolvimento” (2000, p.48).
METODOLOGIAS:


  No primeiro momento faremos à exposição de materiais os quais já fazem parte do
convívio dos mesmos, observaremos às reações e motivações individuais, posterior ao
diagnóstico, iniciaremos a confecção dos brinquedos.

  No segundo momento às crianças serão estimuladas a participar da confecção do dos
brinquedos.
 Durante a confecção do brinquedo/jogo, será observado a disposição e o gosto de cada
um. Logo após terem participado das etapas acima referidas, o brinquedo será disposto
de forma acessível pra que todos possam brincar. Ressaltamos ainda, que na construção
de todos os brinquedos serão obedecidas às etapas mencionadas.




                       SITUAÇÕES DE APRENDIZAGEM:


       Noções de trajetória, força, espaço geográfico, corpo humano, equilíbrio,
       esquema corporal, memória e noção de lateralidade, noções de números e cores.
       Trabalharemos tais noções a partir da confecção do jogo de boliche e
       brincadeira. As crianças participarão da confecção do jogo de forma visual e
       oral, onde serão reforçadas as noções de cores: vermelha e amarela e dos
       números. A professora organizará as garrafas lado a lado e dispostas de 01 a , às
       crianças recebem uma bola e de um determinado local tentam acertar e derrubar
       o maior número de garrafas.


       Noções de grandezas (grande/pequeno). A partir da construção de diversos
       objetos onde serão utilizados materiais reciclados: O professor confeccionará
       com latas, caixas e tampas: Carrinhos, bonecos que enriquecerão o jogo de faz
       de conta, reforçando assim, as noções de grande e pequeno, através de
       questionamentos e comparações.




       Noções de agrupamento/cores, socialização e alegria. Utilizando tampinhas de
       garrafa PET, será confeccionado o palhacinho, o professor orientará as crianças
       a organizarem as tampinhas em grupos da mesma cor, posterior a disposição de
       cores, o professor confeccionará o palhacinho, durante a construção ressaltar o
       papel do palhaço no que se refere à alegria, motivando as crianças a sorrirem e
       brincarem.
OBJETIVOS:


 Orientar às crianças nas brincadeiras de forma a adquirirem hábitos saudáveis de
 comportamento;

 Desenvolver a coordenação motora, coordenação viso-motor, percepção tátil,
 visual e auditiva.
  Estimular a atenção, concentração, persistência e paciência;

 Apresentar brinquedos e brincadeiras a partir de material reciclado;

 Adquirir noções de respeito no manuseio de brinquedos e outros objetos de uso;

 Exercitar motricidade e linguagem oral, espaço geográfico, corpo humano,
 equilíbrio, esquema corporal, memória e noção de lateralidade quesitos que
 serão trabalhados durante a execução do projeto;

 Promover a socialização e a alegria.




RECURSOS: Garrafas PET, caixas, latas, tampas, bucha vegetal, lixa, plástico,
                tecidos, tinta guache, papéis, cola e EVA...




    TEMPO PREVISTO: Aproximadamente dois bimestres.
BIBLIOGRAFIA:

ALVES, Fátima. Psicomotricidade: corpo, ação e emoção. Rio de Janeiro: Wak,
2003.
SANTOS, Santa Marli Pires (Org.). Brinquedoteca: o lúdico em diferentes
contextos. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.
VYGOTSKY, L. S. O jogo (1999).
Internet – fonte: http://drang.com.br/blog/2009/09/hoje-tem-marmelada/
Internet – fonte: http//www.artequeensina.blogspot.com
ANEXOS:


ATIVIDADES:


1 – Boliche

As criançs com a ajuda da professora fazem montes de latas, recebem uma bola e de um
determinado local tentam acertar e derrubar a pilha de latas rolando a bola.

2 – Estafetas de bastões e latas

Os alunos em fila, o primeiro com dois bastões e uma lata, um em casa mão para
empurrar a lata que está no chão, devendo levá-los a um ponto predeterminado. Após ter
ido e voltado, entrega ao segundo da fila, continuando o jogo até que todos tenham
participado, a coluna que terminar primeiro vence.

3 – Estafetas de encher latas

O professor previamente colocará em uma das extremidades do espaço uma lata vazia
para casa grupo de participantes. Todas as latas deverão ser idênticas. No meio do
espaço, colocará um balde contendo água até sua metade (ou vários). Os participantes
estarão divididos em grupos. Cada grupo formará uma coluna, correrá até o balde e
encherá o sua lata pequena, correndo até a lata que está vazia, despejando a água sem
usar a outra mão (a que não segura o copo).feito isso, voltará para sua coluna. Ao passar
por seu colega, deverá tocá-lo e este partirá, repetindo as atitudes do anterior. Vencerá a
equipe que terminar primeiro.

4 – Lata Barulhenta

A uma distancia de da linha de saída coloca-se três cadeiras, uma distante da outra.
Ao sinal do professor, a primeira criança da fila sai chutando a lata com os pés, passa-a
por trás da primeira cadeira, passa por baixo da segunda cadeira e dá uma volta na
terceira cadeira, voltando pelo mesmo percurso até a linha de saída conduzindo a lata e
entregando ao amigo da fila.

5 - Pé de lata

O professora fará dois furos no fundo de duas latas de tamanhos iguais e prenderá o
barbante, de modo que dê altura aos braços da criança.
O aluno terá que se equilibrar sobre as latas e cumprir um percurso.

6 – Ache o par

A) percepção tátil: o professor confeccionará pares de latas com diferentes texturas e da
mesma cor, os alunos deverão encontrar o par correto por meio do tátil.

B) percepção auditiva: o professor confeccionará pares de latas com diferentes sons e da
mesma cor, os alunos deverão encontrar o par correto distinguindo o som.

7 – A boneca de lata

A)Primeiro dançar a música fazendo os movimentos pedidos.
B)Incentivar as crianças a construírem sua própria boneca. (esquema: cabeça: lata de
molho ou atum, corpo: lata de leite ou Nescau, pernas e braços barbante e lã para os
cabelos)

8 – Percurso

As crianças terão que andar por um percurso feito com a latas e ao comando da
professora irão para frente, para trás, pulando, engatinhando, sem encostar nas latas.

9 - Derruba latas

Sobre uma mesa estarão latas vazias de refrigerante formando uma pirâmide. Terá uma
linha de arremesso a cerca de 1,5 metros de distância. Cada participante recebe três
bolinhas, para fazer três tentativas. Será anotado o número de latas derrubadas em cada
tentativa.

10 - Acerte as tampinhas nas latas da mesma cor

Arruma-se as latas no chão com pelo menos um palmo de distância entre elas. Faz-se
uma linha de arremesso a cerca de 1,5 metros de distância. Cada participante terá várias
tampinhas para fazer tentativas. Vence quem acertar mais tampinhas dentro das latas da
mesma cor das tampinhas.

11 – Agrupamento

As crianças terão que verificar quantos grupos de tampinhas da mesma cor que poderão
ser agrupadas.



12 – Pegar a bola.

O aluno deverá pegar a bola com a lata, que o professor jogará sempre de maneira
diferente, ora de um lado, ora de outro, levando o aluno a ter movimentos diferentes.



13 – Empilhar latas

Os alunos deverão empilhar diferentes latas testando as diversas possibilidades.

14 – Faz de conta

O professor confeccionará com latas para os alunos:
Mesa, cadeira, armário, sofá e carrinhos que enriquecerão o jogo de faz de conta.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Planejamento educação infantil
Planejamento educação infantilPlanejamento educação infantil
Planejamento educação infantil
Claudia Ramos
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Araceli Kleemann
 
Plano de atendimento educacional especializado para aluno tgd
Plano de atendimento educacional especializado para aluno tgdPlano de atendimento educacional especializado para aluno tgd
Plano de atendimento educacional especializado para aluno tgd
Lucinaldo Tenório
 
Projeto música na educação infantil
Projeto música na educação infantilProjeto música na educação infantil
Projeto música na educação infantil
noely visconti
 
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
SimoneHelenDrumond
 
Projeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeirasProjeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeiras
Shirley Costa
 
Plano de aula dia das mães
Plano de aula dia das mãesPlano de aula dia das mães
Plano de aula dia das mães
André Moraes
 
Planejamento adaptação escolar por simone helen drumond
Planejamento adaptação escolar  por simone helen drumondPlanejamento adaptação escolar  por simone helen drumond
Planejamento adaptação escolar por simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 

Mais procurados (20)

Planejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantilPlanejamento bimestral ed. infantil
Planejamento bimestral ed. infantil
 
Planejamento educação infantil
Planejamento educação infantilPlanejamento educação infantil
Planejamento educação infantil
 
BNCC EDUCAÇÃO INFANTIL
BNCC EDUCAÇÃO INFANTILBNCC EDUCAÇÃO INFANTIL
BNCC EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Proposta do berçário educação infantil
Proposta do berçário   educação infantilProposta do berçário   educação infantil
Proposta do berçário educação infantil
 
Sequência chapeuzinho vermelho
Sequência chapeuzinho vermelhoSequência chapeuzinho vermelho
Sequência chapeuzinho vermelho
 
Pareceres do 1º ano 2º semestre
Pareceres do 1º ano    2º semestrePareceres do 1º ano    2º semestre
Pareceres do 1º ano 2º semestre
 
Plano de aula
Plano de aulaPlano de aula
Plano de aula
 
Planejamento páscoa simone helen drumond
Planejamento páscoa simone helen drumondPlanejamento páscoa simone helen drumond
Planejamento páscoa simone helen drumond
 
PROJETO DIA DAS CRIANÇAS
PROJETO DIA DAS CRIANÇASPROJETO DIA DAS CRIANÇAS
PROJETO DIA DAS CRIANÇAS
 
Dez indiozinhos 2
Dez indiozinhos 2Dez indiozinhos 2
Dez indiozinhos 2
 
Plano de atendimento educacional especializado para aluno tgd
Plano de atendimento educacional especializado para aluno tgdPlano de atendimento educacional especializado para aluno tgd
Plano de atendimento educacional especializado para aluno tgd
 
Projeto música na educação infantil
Projeto música na educação infantilProjeto música na educação infantil
Projeto música na educação infantil
 
Plano de aee
Plano de aeePlano de aee
Plano de aee
 
Projeto páscoa cmei2009 s imone drumond
Projeto páscoa cmei2009 s imone drumondProjeto páscoa cmei2009 s imone drumond
Projeto páscoa cmei2009 s imone drumond
 
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
Aluna com dificuldade e baixo rendimento escolar1
 
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
Materiais produzidos adaptados pela professora da sala de recursos multifunci...
 
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumond
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumondModelos de relatórios de alunos simone helen drumond
Modelos de relatórios de alunos simone helen drumond
 
Projeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeirasProjeto anual jogos e brincadeiras
Projeto anual jogos e brincadeiras
 
Plano de aula dia das mães
Plano de aula dia das mãesPlano de aula dia das mães
Plano de aula dia das mães
 
Planejamento adaptação escolar por simone helen drumond
Planejamento adaptação escolar  por simone helen drumondPlanejamento adaptação escolar  por simone helen drumond
Planejamento adaptação escolar por simone helen drumond
 

Semelhante a Projeto brincando com reciclados

Projeto interdisciplinar brincadeiras dia da criança, dia das mães, dia dos...
Projeto interdisciplinar brincadeiras   dia da criança, dia das mães, dia dos...Projeto interdisciplinar brincadeiras   dia da criança, dia das mães, dia dos...
Projeto interdisciplinar brincadeiras dia da criança, dia das mães, dia dos...
E.E.E.M. Adolfo Fetter - Pelotas RS
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
Raquel Barboza
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
Raquel Barboza
 
Recreação maternal
Recreação maternalRecreação maternal
Recreação maternal
Lu De Souza
 
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Aleinat
 
Projeto Alfabetizando em tempos Modernos com as Brincadeiras de Antigamente
Projeto Alfabetizando em tempos Modernos com as Brincadeiras de AntigamenteProjeto Alfabetizando em tempos Modernos com as Brincadeiras de Antigamente
Projeto Alfabetizando em tempos Modernos com as Brincadeiras de Antigamente
alaise18
 

Semelhante a Projeto brincando com reciclados (20)

Bncc na ed infantil]
Bncc na ed infantil]Bncc na ed infantil]
Bncc na ed infantil]
 
Projeto interdisciplinar brincadeiras dia da criança, dia das mães, dia dos...
Projeto interdisciplinar brincadeiras   dia da criança, dia das mães, dia dos...Projeto interdisciplinar brincadeiras   dia da criança, dia das mães, dia dos...
Projeto interdisciplinar brincadeiras dia da criança, dia das mães, dia dos...
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
 
Projeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinarProjeto interdisciplinar
Projeto interdisciplinar
 
Atividades-para-Berçário-1-e-2-em-PDF.pdf
Atividades-para-Berçário-1-e-2-em-PDF.pdfAtividades-para-Berçário-1-e-2-em-PDF.pdf
Atividades-para-Berçário-1-e-2-em-PDF.pdf
 
Sugestão de atividades para estimular a criança
Sugestão de atividades para estimular a criançaSugestão de atividades para estimular a criança
Sugestão de atividades para estimular a criança
 
brincadeiras infantis
brincadeiras infantisbrincadeiras infantis
brincadeiras infantis
 
Oficina de ludicidade grupo 2
Oficina de ludicidade grupo 2Oficina de ludicidade grupo 2
Oficina de ludicidade grupo 2
 
Apresentação1pais
Apresentação1paisApresentação1pais
Apresentação1pais
 
Recreação maternal
Recreação maternalRecreação maternal
Recreação maternal
 
Brinquedos antigos
Brinquedos antigosBrinquedos antigos
Brinquedos antigos
 
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
Projetos Brinquedos e Brincadeiras das Educadoras da 1ª fase do 1º ciclo da E...
 
Reciclados
RecicladosReciclados
Reciclados
 
Articulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete Mantovani
Articulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete MantovaniArticulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete Mantovani
Articulação dos Eixos Temáticos - Pedagogia - Ivete Mantovani
 
ATividades para crianças de 1 a 3 anos
ATividades para crianças de 1 a 3 anosATividades para crianças de 1 a 3 anos
ATividades para crianças de 1 a 3 anos
 
Projeto Alfabetizando em tempos Modernos com as Brincadeiras de Antigamente
Projeto Alfabetizando em tempos Modernos com as Brincadeiras de AntigamenteProjeto Alfabetizando em tempos Modernos com as Brincadeiras de Antigamente
Projeto Alfabetizando em tempos Modernos com as Brincadeiras de Antigamente
 
Brinquedoteca
BrinquedotecaBrinquedoteca
Brinquedoteca
 
Unidade 4 - PNAIC - Ludicidade
Unidade 4 - PNAIC - LudicidadeUnidade 4 - PNAIC - Ludicidade
Unidade 4 - PNAIC - Ludicidade
 
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
Planejamento do 6ª encontro tarde  certoPlanejamento do 6ª encontro tarde  certo
Planejamento do 6ª encontro tarde certo
 

Mais de sandramirandan (8)

Projeto tarsila
Projeto tarsilaProjeto tarsila
Projeto tarsila
 
Projeto os três porquinhos
Projeto os três porquinhosProjeto os três porquinhos
Projeto os três porquinhos
 
Projeto branca de neve
Projeto branca de neveProjeto branca de neve
Projeto branca de neve
 
Avaliação
AvaliaçãoAvaliação
Avaliação
 
Humm
HummHumm
Humm
 
Leite Ninho
Leite NinhoLeite Ninho
Leite Ninho
 
Proj Radio
Proj RadioProj Radio
Proj Radio
 
Projeto Libras
Projeto LibrasProjeto Libras
Projeto Libras
 

Projeto brincando com reciclados

  • 1. CMEI COLEMAR NATAL E SILVA PROFESSORA: SANDRA APARECIDA DE MIRANDA NUNES TURMA: “B” I (AGRUPAMENTO DE 01 ANO A 01 ANO E 11 MESES) PROJETO: BRINCANDO COM RECICLADOS DEZEMBRO/2010
  • 2. PROJETO: BRINCANDO COM RECICLADOS JUSTIFICATIVA: A idéia central do projeto “Brincando com reciclados” parte do pressuposto interesse das crianças, pois entendemos que a confecção dos brinquedos contribuirá significativamente para a interatividade e sociabilidade do grupo, além da alegria que será proporcionada às crianças de terem a possibilidade de brincar com brinquedos feitos por eles. Constatamos também que o brinquedo é de fato um subsídio importante para o desenvolvimento das aprendizagens e/ou psicomotor. Segundo as concepções de VYGOTSKY “A imaginação depende da experiência, das necessidades e dos interesses, assim como da capacidade combinatória e do exercício contido nessa atividade e não podemos reduzir a imaginação às necessidades e sentimentos do homem”. Uma prática pedagógica adequada, tanto do educador do regular, como do educador dos apoios educativos passará não apenas por “deixar as crianças brincar”, mas, sobretudo por “ajudar as crianças a brincar” e por “brincar com as crianças”, ou até mesmo por “ensinar as crianças a brincar” (1999, p.12). Acreditamos que o papel do professor é de fundamental importância no que se refere ao despertar das crianças para as brincadeiras/brinquedo e mais, cabe ao educador orientar e dirigir as brincadeiras, e neste caso específico, ele deve ressaltar que tais brinquedos podem ser construídos a partir de materiais reciclados e que já são materiais conhecidos e apreciados nas brincadeiras do dia-a-dia das crianças. Posterior a esse momento de curiosidade, pensou – se então, na produção de brinquedos aproveitando materiais reciclados conforme citado, e estes materiais serão utilizados na construção de brinquedos diversos em sala de aula com a participação das crianças. Neste sentido concordamos com CARVALHO, quando ele afirma que: "Ao professor cabe organizar o brincar e, para isto, é necessário que ele conheça suas particularidades, seus elementos estruturais, as premissas necessárias para seu surgimento e desenvolvimento” (2000, p.48).
  • 3. METODOLOGIAS: No primeiro momento faremos à exposição de materiais os quais já fazem parte do convívio dos mesmos, observaremos às reações e motivações individuais, posterior ao diagnóstico, iniciaremos a confecção dos brinquedos. No segundo momento às crianças serão estimuladas a participar da confecção do dos brinquedos. Durante a confecção do brinquedo/jogo, será observado a disposição e o gosto de cada um. Logo após terem participado das etapas acima referidas, o brinquedo será disposto de forma acessível pra que todos possam brincar. Ressaltamos ainda, que na construção de todos os brinquedos serão obedecidas às etapas mencionadas. SITUAÇÕES DE APRENDIZAGEM: Noções de trajetória, força, espaço geográfico, corpo humano, equilíbrio, esquema corporal, memória e noção de lateralidade, noções de números e cores. Trabalharemos tais noções a partir da confecção do jogo de boliche e brincadeira. As crianças participarão da confecção do jogo de forma visual e oral, onde serão reforçadas as noções de cores: vermelha e amarela e dos números. A professora organizará as garrafas lado a lado e dispostas de 01 a , às crianças recebem uma bola e de um determinado local tentam acertar e derrubar o maior número de garrafas. Noções de grandezas (grande/pequeno). A partir da construção de diversos objetos onde serão utilizados materiais reciclados: O professor confeccionará com latas, caixas e tampas: Carrinhos, bonecos que enriquecerão o jogo de faz de conta, reforçando assim, as noções de grande e pequeno, através de questionamentos e comparações. Noções de agrupamento/cores, socialização e alegria. Utilizando tampinhas de garrafa PET, será confeccionado o palhacinho, o professor orientará as crianças a organizarem as tampinhas em grupos da mesma cor, posterior a disposição de cores, o professor confeccionará o palhacinho, durante a construção ressaltar o papel do palhaço no que se refere à alegria, motivando as crianças a sorrirem e brincarem.
  • 4. OBJETIVOS: Orientar às crianças nas brincadeiras de forma a adquirirem hábitos saudáveis de comportamento; Desenvolver a coordenação motora, coordenação viso-motor, percepção tátil, visual e auditiva. Estimular a atenção, concentração, persistência e paciência; Apresentar brinquedos e brincadeiras a partir de material reciclado; Adquirir noções de respeito no manuseio de brinquedos e outros objetos de uso; Exercitar motricidade e linguagem oral, espaço geográfico, corpo humano, equilíbrio, esquema corporal, memória e noção de lateralidade quesitos que serão trabalhados durante a execução do projeto; Promover a socialização e a alegria. RECURSOS: Garrafas PET, caixas, latas, tampas, bucha vegetal, lixa, plástico, tecidos, tinta guache, papéis, cola e EVA... TEMPO PREVISTO: Aproximadamente dois bimestres.
  • 5. BIBLIOGRAFIA: ALVES, Fátima. Psicomotricidade: corpo, ação e emoção. Rio de Janeiro: Wak, 2003. SANTOS, Santa Marli Pires (Org.). Brinquedoteca: o lúdico em diferentes contextos. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997. VYGOTSKY, L. S. O jogo (1999). Internet – fonte: http://drang.com.br/blog/2009/09/hoje-tem-marmelada/ Internet – fonte: http//www.artequeensina.blogspot.com
  • 6. ANEXOS: ATIVIDADES: 1 – Boliche As criançs com a ajuda da professora fazem montes de latas, recebem uma bola e de um determinado local tentam acertar e derrubar a pilha de latas rolando a bola. 2 – Estafetas de bastões e latas Os alunos em fila, o primeiro com dois bastões e uma lata, um em casa mão para empurrar a lata que está no chão, devendo levá-los a um ponto predeterminado. Após ter ido e voltado, entrega ao segundo da fila, continuando o jogo até que todos tenham participado, a coluna que terminar primeiro vence. 3 – Estafetas de encher latas O professor previamente colocará em uma das extremidades do espaço uma lata vazia para casa grupo de participantes. Todas as latas deverão ser idênticas. No meio do espaço, colocará um balde contendo água até sua metade (ou vários). Os participantes estarão divididos em grupos. Cada grupo formará uma coluna, correrá até o balde e encherá o sua lata pequena, correndo até a lata que está vazia, despejando a água sem usar a outra mão (a que não segura o copo).feito isso, voltará para sua coluna. Ao passar por seu colega, deverá tocá-lo e este partirá, repetindo as atitudes do anterior. Vencerá a equipe que terminar primeiro. 4 – Lata Barulhenta A uma distancia de da linha de saída coloca-se três cadeiras, uma distante da outra. Ao sinal do professor, a primeira criança da fila sai chutando a lata com os pés, passa-a por trás da primeira cadeira, passa por baixo da segunda cadeira e dá uma volta na terceira cadeira, voltando pelo mesmo percurso até a linha de saída conduzindo a lata e entregando ao amigo da fila. 5 - Pé de lata O professora fará dois furos no fundo de duas latas de tamanhos iguais e prenderá o barbante, de modo que dê altura aos braços da criança. O aluno terá que se equilibrar sobre as latas e cumprir um percurso. 6 – Ache o par A) percepção tátil: o professor confeccionará pares de latas com diferentes texturas e da mesma cor, os alunos deverão encontrar o par correto por meio do tátil. B) percepção auditiva: o professor confeccionará pares de latas com diferentes sons e da
  • 7. mesma cor, os alunos deverão encontrar o par correto distinguindo o som. 7 – A boneca de lata A)Primeiro dançar a música fazendo os movimentos pedidos. B)Incentivar as crianças a construírem sua própria boneca. (esquema: cabeça: lata de molho ou atum, corpo: lata de leite ou Nescau, pernas e braços barbante e lã para os cabelos) 8 – Percurso As crianças terão que andar por um percurso feito com a latas e ao comando da professora irão para frente, para trás, pulando, engatinhando, sem encostar nas latas. 9 - Derruba latas Sobre uma mesa estarão latas vazias de refrigerante formando uma pirâmide. Terá uma linha de arremesso a cerca de 1,5 metros de distância. Cada participante recebe três bolinhas, para fazer três tentativas. Será anotado o número de latas derrubadas em cada tentativa. 10 - Acerte as tampinhas nas latas da mesma cor Arruma-se as latas no chão com pelo menos um palmo de distância entre elas. Faz-se uma linha de arremesso a cerca de 1,5 metros de distância. Cada participante terá várias tampinhas para fazer tentativas. Vence quem acertar mais tampinhas dentro das latas da mesma cor das tampinhas. 11 – Agrupamento As crianças terão que verificar quantos grupos de tampinhas da mesma cor que poderão ser agrupadas. 12 – Pegar a bola. O aluno deverá pegar a bola com a lata, que o professor jogará sempre de maneira diferente, ora de um lado, ora de outro, levando o aluno a ter movimentos diferentes. 13 – Empilhar latas Os alunos deverão empilhar diferentes latas testando as diversas possibilidades. 14 – Faz de conta O professor confeccionará com latas para os alunos: Mesa, cadeira, armário, sofá e carrinhos que enriquecerão o jogo de faz de conta.