SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 36
Agência STM – Um Caso Concreto de Produção de Conteúdo para Ambientes Web José Antônio Carlos E-mail: jcarlos@sp.gov.br
- Informações estratégicas da Secretaria dos transportes Metropolitanos - STM e suas empresas vinculadas - Informações e aplicações de vinculação da STM com as ações de Governo Eletrônico ESPAÇO WEB  INTERNO  DESTINADO A PUBLICAÇÃO DAS: - Informações e aplicações que facilitem o dia a dia das atividades da STM O que é a “Agência STM”
Cronograma de Implantação 2001 15 de outubro 15 de outubro 2002 15 de janeiro 15 de abril 15 de julho Início Versão  Beta 1 Versão  Beta 3 Operação em Regime Versão  Beta 2 2002 2002
Desafios associados à montagem do portal Definir, com clareza, a base de conhecimento da STM, holding do sistema de transporte de massa das regiões metropolitanas de São Paulo Criar uma metodologia de trabalho típica do século XXI, da era do conhecimento, enfim Adotar um conceito expandido de “e-learning”, no qual a TI fosse entendida como parte de um  espaço criativo de trabalho e os recursos humanos enxergados como agentes de mudança   Escolher os recursos tecnológicos mais adequados para o  desenvolvimento e operação do Portal
Definindo a base de conhecimento Informações não estruturadas Processos Típicos Conteúdo Diverso Estatísticas, Dados Tabulares, Registros Númericos em Geral
Qualificando a base de conhecimento Multimídia, envolvendo ambientes numéricos, textuais, gráficos, fotográficos, animados, sonoros e vídeográficos Favorável a recepção do conhecimento tácito Atenta às mudanças do ambiente externo que a influenciam Fortemente atrelada aos negócios da organização
Mapeando as informações Informações ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Módulos de Afinidade Sistemas Alimentadores Fontes Unidade Líder Saídas Previstas
Caracterizano o conhecimento Exemplo de Conteúdo de um Módulo
Caracterizano o conhecimento Processos Típicos – Alguns Exemplos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Caracterizano o conhecimento Conteúdo Diverso – Alguns Exemplos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
CONSELHO EDITORIAL Define a estrutura e o conteúdo do Portal. Formado pela alta administração da STM EDITOR   CHEFE  Implementa as decisões do Conselho Editorial Define e coordena as ações do administrador do Portal Define o designer-chefe do Portal Define o conteúdo da página inicial Define padrões para as páginas locais CHEFE DE UNIDADE  Define as informações da unidade a serem publicadas Define o responsável pelo fornecimento das informações a serem publicadas e sua periodicidade  Definindo a Produção
WEB DESIGNER Desenha as página inicial e internas, de acordo com os princípios definidos pela Editoria Define “gabaritos” para as páginas mais padronizadas  EDITOR LOCAL Fornece as informações definidas pelo chefe da unidade ao qual se subordina, segundo a periodicidade indicada Formata as informações para o padrão “web” ADMINISTRADOR Coloca o Portal em operação Implanta a estrutura do mesmo, definindo as diversos níveis de responsabilidade  Promove alterações na estrutura de funcionamento do Portal Dá suporte aos provedores de informação quanto a formatação das informações para o padrão “web” Dá apoio aos diversos agentes do Portal  Definindo a Produção
Ao Recurso Humano, o Centro do Universo Ouvir sugestões e valorizar a produção local Incorporar as chefias ao processo de produção Definir o Portal como um espaço coletivo de produção Divulgar, divulgar, divulgar, até a exaustão Qualificar os recursos humanos direta ou indiretamente envolvidos Criar o efeito bola de neve
O dia a dia da operação Criar, em cada editoria local, um aplicativo que facilite a produção do conteúdo publicável Estabelecer a periodicidade de atualização de cada conteúdo Detalhar, em cada unidade, quem irá se responsabilizar pela produção do conteúdo definido Definir  o conteúdo sob responsabilidade de cada unidade Monitorar a atualização da produção de conteúdo  Promover, periodicamente, a publicação de novos conteúdos
Fatores Críticos do Sucesso A atualização do portal não é um bico, a ser feito quando sobra tempo. Ela é uma atividade nobre típica da era do conhecimento. A linguagem de um portal não é  aquela super cifrada  da informática e sim a descomplicada da comunicação O portal é produto de um esforço coletivo, não devendo ser identificado como missão da unidade a ou b O projeto deve ter claramente o patrocínio do alto escalão da organização A tecnologia associada a um portal é fundamental para o sucesso da empreitada, mas vem a reboque dos fatores acima O conteúdo de um portal tem caráter dinâmico e deve refletir  a cada momento as necessidades da organização
Fatores Críticos do Sucesso Portanto, ela é que deve ser trabalhada a cada instante. Ela é que vai ditar o ritmo de avanço do projeto.
Versão Beta 1
Versão Beta 2
Versão Beta 3
Versão Atual
Menu principal, agrupado por temas
Display com  informações rápidas em movimento
Manchetes do dia – Transportes Metropolitanos na Mídia
Manchetes do dia – Assuntos Internos
Vídeo do Sr. Secretário , especialmente gravado para o Portal
Lista Telefônica Interna e  Dicas fornecidas pela Unidade de RH
Links com Intenets e Intranets de Órgãos e Empresas da STM
Serviço de Busca de Palavras e Contador de Visitantes
Estatíticas sobre as Regiões Metropolitanas de São Paulo
Informações Úteis sobre o Mercado Financeiro
“ Links para “sites” úteis
Enquete sobre temas da competência da STM
 
 
 
Agência STM – Um Caso Concreto de Produção de Conteúdo para Ambientes Web José Antônio Carlos E-mail: jcarlos@sp.gov.br

Mais conteúdo relacionado

Destaque (20)

Ginseng Management
Ginseng Management Ginseng Management
Ginseng Management
 
Baldor
BaldorBaldor
Baldor
 
Presentación pays francophones
Presentación pays francophones Presentación pays francophones
Presentación pays francophones
 
Horarios 2012 2013
Horarios 2012 2013Horarios 2012 2013
Horarios 2012 2013
 
Video clip
Video clipVideo clip
Video clip
 
Ser Mujer, Viajante Y Mochilera (Y Iniciar A Viajar A Los diecinueve Años)
Ser Mujer, Viajante Y Mochilera (Y Iniciar A Viajar A Los diecinueve Años)
Ser Mujer, Viajante Y Mochilera (Y Iniciar A Viajar A Los diecinueve Años)
Ser Mujer, Viajante Y Mochilera (Y Iniciar A Viajar A Los diecinueve Años)
 
Mi presentación
Mi presentaciónMi presentación
Mi presentación
 
Inside Out
Inside OutInside Out
Inside Out
 
Estadística básica alex
Estadística básica alexEstadística básica alex
Estadística básica alex
 
13 texto - turboalimentadores
13 texto - turboalimentadores13 texto - turboalimentadores
13 texto - turboalimentadores
 
Chapter 06
Chapter 06Chapter 06
Chapter 06
 
Carta fidel
Carta fidelCarta fidel
Carta fidel
 
Amors de zeus
Amors de zeusAmors de zeus
Amors de zeus
 
camera raw
camera rawcamera raw
camera raw
 
Continguts 4t ei
Continguts 4t eiContinguts 4t ei
Continguts 4t ei
 
Herramientas
HerramientasHerramientas
Herramientas
 
Diapositivas de comercio2
Diapositivas de comercio2Diapositivas de comercio2
Diapositivas de comercio2
 
Karpov lead
Karpov leadKarpov lead
Karpov lead
 
Fotoalbum Lutz
Fotoalbum LutzFotoalbum Lutz
Fotoalbum Lutz
 
1- Bases d'un nou model universitari català.pdf
1- Bases d'un nou model universitari català.pdf1- Bases d'un nou model universitari català.pdf
1- Bases d'un nou model universitari català.pdf
 

Semelhante a Produção de Conteudo em Ambiente Web

ASI Para O Governo De Pernambuco
ASI Para O Governo De PernambucoASI Para O Governo De Pernambuco
ASI Para O Governo De PernambucoRomero Guimarães
 
PMO TI - Projeto de Implantação numa Agência Pública Federal - o caso Finep
PMO TI - Projeto de  Implantação numa Agência  Pública Federal - o caso FinepPMO TI - Projeto de  Implantação numa Agência  Pública Federal - o caso Finep
PMO TI - Projeto de Implantação numa Agência Pública Federal - o caso FinepRoberto Chiacchio
 
Palestra Dariva Portais Corporativos
Palestra Dariva Portais CorporativosPalestra Dariva Portais Corporativos
Palestra Dariva Portais CorporativosRoberto Dariva
 
Currículo William Gonçalves
Currículo William GonçalvesCurrículo William Gonçalves
Currículo William GonçalvesWilliam Messias
 
PETIC 2.0 - GERTEC - SEFAZ/SE - 2009 - 2011
PETIC 2.0 - GERTEC - SEFAZ/SE - 2009 - 2011PETIC 2.0 - GERTEC - SEFAZ/SE - 2009 - 2011
PETIC 2.0 - GERTEC - SEFAZ/SE - 2009 - 2011luizrbs
 
Aspectos Atuais em Sistemas de Informação
Aspectos Atuais em Sistemas de InformaçãoAspectos Atuais em Sistemas de Informação
Aspectos Atuais em Sistemas de InformaçãoElvis Fusco
 
Ferramentas GP - Cleyton Santana
Ferramentas GP - Cleyton SantanaFerramentas GP - Cleyton Santana
Ferramentas GP - Cleyton SantanaCleyton De Sousa
 
CV Rogério Casimiro Reis 2015
CV Rogério Casimiro Reis 2015CV Rogério Casimiro Reis 2015
CV Rogério Casimiro Reis 2015Rog Casimiro Reis
 
Essentials - Sessão de Salesforce1 Platform
Essentials - Sessão de Salesforce1 PlatformEssentials - Sessão de Salesforce1 Platform
Essentials - Sessão de Salesforce1 PlatformSalesforce Brasil
 
Workshop sebrae 18-01-2011
Workshop sebrae 18-01-2011Workshop sebrae 18-01-2011
Workshop sebrae 18-01-2011Silvia Fugihara
 
Palestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementação
Palestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementaçãoPalestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementação
Palestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementaçãoAndré Lima
 
A Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e Telecom
A Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e TelecomA Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e Telecom
A Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e Telecomanderborges
 
Uma visão geral sobre a plataforma de aplicações
Uma visão geral sobre a plataforma de aplicaçõesUma visão geral sobre a plataforma de aplicações
Uma visão geral sobre a plataforma de aplicaçõesMarkus Christen
 
DevOps - Novos Desafios para TI
DevOps - Novos Desafios para TIDevOps - Novos Desafios para TI
DevOps - Novos Desafios para TICarlos Buzeto
 

Semelhante a Produção de Conteudo em Ambiente Web (20)

ASI Para O Governo De Pernambuco
ASI Para O Governo De PernambucoASI Para O Governo De Pernambuco
ASI Para O Governo De Pernambuco
 
Real World S O A
Real World S O AReal World S O A
Real World S O A
 
PMO TI - Projeto de Implantação numa Agência Pública Federal - o caso Finep
PMO TI - Projeto de  Implantação numa Agência  Pública Federal - o caso FinepPMO TI - Projeto de  Implantação numa Agência  Pública Federal - o caso Finep
PMO TI - Projeto de Implantação numa Agência Pública Federal - o caso Finep
 
Palestra Dariva Portais Corporativos
Palestra Dariva Portais CorporativosPalestra Dariva Portais Corporativos
Palestra Dariva Portais Corporativos
 
Currículo William Gonçalves
Currículo William GonçalvesCurrículo William Gonçalves
Currículo William Gonçalves
 
PETIC 2.0 - GERTEC - SEFAZ/SE - 2009 - 2011
PETIC 2.0 - GERTEC - SEFAZ/SE - 2009 - 2011PETIC 2.0 - GERTEC - SEFAZ/SE - 2009 - 2011
PETIC 2.0 - GERTEC - SEFAZ/SE - 2009 - 2011
 
Aspectos Atuais em Sistemas de Informação
Aspectos Atuais em Sistemas de InformaçãoAspectos Atuais em Sistemas de Informação
Aspectos Atuais em Sistemas de Informação
 
Ferramentas GP - Cleyton Santana
Ferramentas GP - Cleyton SantanaFerramentas GP - Cleyton Santana
Ferramentas GP - Cleyton Santana
 
CV Rogério Casimiro Reis 2015
CV Rogério Casimiro Reis 2015CV Rogério Casimiro Reis 2015
CV Rogério Casimiro Reis 2015
 
Essentials - Sessão de Salesforce1 Platform
Essentials - Sessão de Salesforce1 PlatformEssentials - Sessão de Salesforce1 Platform
Essentials - Sessão de Salesforce1 Platform
 
Workshop sebrae 18-01-2011
Workshop sebrae 18-01-2011Workshop sebrae 18-01-2011
Workshop sebrae 18-01-2011
 
Palestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementação
Palestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementaçãoPalestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementação
Palestra UNIBERO (SP) - SOA: Conceito e prática na implementação
 
A Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e Telecom
A Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e TelecomA Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e Telecom
A Relação da Gestão de Projetos com as Áreas de Ti e Telecom
 
Uma visão geral sobre a plataforma de aplicações
Uma visão geral sobre a plataforma de aplicaçõesUma visão geral sobre a plataforma de aplicações
Uma visão geral sobre a plataforma de aplicações
 
6381463 hhhghfdhdgfh
6381463 hhhghfdhdgfh6381463 hhhghfdhdgfh
6381463 hhhghfdhdgfh
 
Aula 1 dsi
Aula 1  dsiAula 1  dsi
Aula 1 dsi
 
Sap Forum 2011
Sap Forum 2011Sap Forum 2011
Sap Forum 2011
 
Relatorio_TIC_2012
Relatorio_TIC_2012Relatorio_TIC_2012
Relatorio_TIC_2012
 
DevOps - Novos Desafios para TI
DevOps - Novos Desafios para TIDevOps - Novos Desafios para TI
DevOps - Novos Desafios para TI
 
Apresentação do ASUG 2010
Apresentação do ASUG 2010Apresentação do ASUG 2010
Apresentação do ASUG 2010
 

Mais de Secretaria de Governo do Estado de São Paulo

Mais de Secretaria de Governo do Estado de São Paulo (20)

GCI SEFAZ SC
GCI SEFAZ SCGCI SEFAZ SC
GCI SEFAZ SC
 
Os Governos no Século 21 - A Difícil Transição
Os Governos no Século 21 - A Difícil TransiçãoOs Governos no Século 21 - A Difícil Transição
Os Governos no Século 21 - A Difícil Transição
 
Os Governos no Século 21
Os Governos no Século 21Os Governos no Século 21
Os Governos no Século 21
 
Radar da Inovação - O Que os Governos Precisam Enxergar - CONSAD 2015
Radar da Inovação - O Que os Governos Precisam Enxergar - CONSAD 2015Radar da Inovação - O Que os Governos Precisam Enxergar - CONSAD 2015
Radar da Inovação - O Que os Governos Precisam Enxergar - CONSAD 2015
 
I-Gov- O futuro é inovação CLAD 2006
I-Gov- O futuro é inovação CLAD 2006I-Gov- O futuro é inovação CLAD 2006
I-Gov- O futuro é inovação CLAD 2006
 
Prontidão para Inovação - CLAD 2007
Prontidão para Inovação - CLAD 2007Prontidão para Inovação - CLAD 2007
Prontidão para Inovação - CLAD 2007
 
O Setor Público na Era do Conhecimento - CONSAD 2014
O Setor Público na Era do Conhecimento - CONSAD 2014O Setor Público na Era do Conhecimento - CONSAD 2014
O Setor Público na Era do Conhecimento - CONSAD 2014
 
Capacitação 360°: Da Cultura Inovadora à Aplicação - CONSAD 2013
Capacitação 360°: Da Cultura Inovadora à Aplicação - CONSAD 2013Capacitação 360°: Da Cultura Inovadora à Aplicação - CONSAD 2013
Capacitação 360°: Da Cultura Inovadora à Aplicação - CONSAD 2013
 
Por que Os Governos Precisam Inovar
Por que Os Governos Precisam InovarPor que Os Governos Precisam Inovar
Por que Os Governos Precisam Inovar
 
Conhecimento e Inovação no Setor Público
Conhecimento e Inovação no Setor PúblicoConhecimento e Inovação no Setor Público
Conhecimento e Inovação no Setor Público
 
Os Novos Desafios dos Governos
Os Novos Desafios dos GovernosOs Novos Desafios dos Governos
Os Novos Desafios dos Governos
 
Últimas Tendências em Inovação em Governo - A Implantação do igovLab
Últimas Tendências em Inovação em Governo - A Implantação do igovLabÚltimas Tendências em Inovação em Governo - A Implantação do igovLab
Últimas Tendências em Inovação em Governo - A Implantação do igovLab
 
Projeto Transparência - Como melhorar o ambiente de negócios no Estado de São...
Projeto Transparência - Como melhorar o ambiente de negócios no Estado de São...Projeto Transparência - Como melhorar o ambiente de negócios no Estado de São...
Projeto Transparência - Como melhorar o ambiente de negócios no Estado de São...
 
Governos - A hora do Choque de Conhecimento
Governos - A hora do Choque de ConhecimentoGovernos - A hora do Choque de Conhecimento
Governos - A hora do Choque de Conhecimento
 
Edgar Morin Podemos Reformar A Administração Pública
Edgar Morin  Podemos Reformar A Administração PúblicaEdgar Morin  Podemos Reformar A Administração Pública
Edgar Morin Podemos Reformar A Administração Pública
 
Como Formar Servidores para o Governo do Século XXI
Como Formar Servidores para o Governo do Século XXIComo Formar Servidores para o Governo do Século XXI
Como Formar Servidores para o Governo do Século XXI
 
Gestão do Conhecimento e Inovação no Setor Público
Gestão do Conhecimento e Inovação no Setor PúblicoGestão do Conhecimento e Inovação no Setor Público
Gestão do Conhecimento e Inovação no Setor Público
 
Gestão Inovadora Para Empresas Públicas
Gestão Inovadora Para Empresas PúblicasGestão Inovadora Para Empresas Públicas
Gestão Inovadora Para Empresas Públicas
 
Novos Tempos, Novos Desafios
Novos Tempos, Novos DesafiosNovos Tempos, Novos Desafios
Novos Tempos, Novos Desafios
 
Inovar é Preciso, Senhores Prefeitos
Inovar é Preciso, Senhores PrefeitosInovar é Preciso, Senhores Prefeitos
Inovar é Preciso, Senhores Prefeitos
 

Último

Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfEditoraEnovus
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADOcarolinacespedes23
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdfJorge Andrade
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinhaMary Alvarenga
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.keislayyovera123
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 

Último (20)

Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdfSimulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
Simulado 1 Etapa - 2024 Proximo Passo.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADOactivIDADES CUENTO  lobo esta  CUENTO CUARTO GRADO
activIDADES CUENTO lobo esta CUENTO CUARTO GRADO
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
02. Informática - Windows 10 apostila completa.pdf
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Bullying - Texto e cruzadinha
Bullying        -     Texto e cruzadinhaBullying        -     Texto e cruzadinha
Bullying - Texto e cruzadinha
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 

Produção de Conteudo em Ambiente Web

  • 1. Agência STM – Um Caso Concreto de Produção de Conteúdo para Ambientes Web José Antônio Carlos E-mail: jcarlos@sp.gov.br
  • 2. - Informações estratégicas da Secretaria dos transportes Metropolitanos - STM e suas empresas vinculadas - Informações e aplicações de vinculação da STM com as ações de Governo Eletrônico ESPAÇO WEB INTERNO DESTINADO A PUBLICAÇÃO DAS: - Informações e aplicações que facilitem o dia a dia das atividades da STM O que é a “Agência STM”
  • 3. Cronograma de Implantação 2001 15 de outubro 15 de outubro 2002 15 de janeiro 15 de abril 15 de julho Início Versão Beta 1 Versão Beta 3 Operação em Regime Versão Beta 2 2002 2002
  • 4. Desafios associados à montagem do portal Definir, com clareza, a base de conhecimento da STM, holding do sistema de transporte de massa das regiões metropolitanas de São Paulo Criar uma metodologia de trabalho típica do século XXI, da era do conhecimento, enfim Adotar um conceito expandido de “e-learning”, no qual a TI fosse entendida como parte de um espaço criativo de trabalho e os recursos humanos enxergados como agentes de mudança Escolher os recursos tecnológicos mais adequados para o desenvolvimento e operação do Portal
  • 5. Definindo a base de conhecimento Informações não estruturadas Processos Típicos Conteúdo Diverso Estatísticas, Dados Tabulares, Registros Númericos em Geral
  • 6. Qualificando a base de conhecimento Multimídia, envolvendo ambientes numéricos, textuais, gráficos, fotográficos, animados, sonoros e vídeográficos Favorável a recepção do conhecimento tácito Atenta às mudanças do ambiente externo que a influenciam Fortemente atrelada aos negócios da organização
  • 7.
  • 8. Caracterizano o conhecimento Exemplo de Conteúdo de um Módulo
  • 9.
  • 10.
  • 11. CONSELHO EDITORIAL Define a estrutura e o conteúdo do Portal. Formado pela alta administração da STM EDITOR CHEFE Implementa as decisões do Conselho Editorial Define e coordena as ações do administrador do Portal Define o designer-chefe do Portal Define o conteúdo da página inicial Define padrões para as páginas locais CHEFE DE UNIDADE Define as informações da unidade a serem publicadas Define o responsável pelo fornecimento das informações a serem publicadas e sua periodicidade Definindo a Produção
  • 12. WEB DESIGNER Desenha as página inicial e internas, de acordo com os princípios definidos pela Editoria Define “gabaritos” para as páginas mais padronizadas EDITOR LOCAL Fornece as informações definidas pelo chefe da unidade ao qual se subordina, segundo a periodicidade indicada Formata as informações para o padrão “web” ADMINISTRADOR Coloca o Portal em operação Implanta a estrutura do mesmo, definindo as diversos níveis de responsabilidade Promove alterações na estrutura de funcionamento do Portal Dá suporte aos provedores de informação quanto a formatação das informações para o padrão “web” Dá apoio aos diversos agentes do Portal Definindo a Produção
  • 13. Ao Recurso Humano, o Centro do Universo Ouvir sugestões e valorizar a produção local Incorporar as chefias ao processo de produção Definir o Portal como um espaço coletivo de produção Divulgar, divulgar, divulgar, até a exaustão Qualificar os recursos humanos direta ou indiretamente envolvidos Criar o efeito bola de neve
  • 14. O dia a dia da operação Criar, em cada editoria local, um aplicativo que facilite a produção do conteúdo publicável Estabelecer a periodicidade de atualização de cada conteúdo Detalhar, em cada unidade, quem irá se responsabilizar pela produção do conteúdo definido Definir o conteúdo sob responsabilidade de cada unidade Monitorar a atualização da produção de conteúdo Promover, periodicamente, a publicação de novos conteúdos
  • 15. Fatores Críticos do Sucesso A atualização do portal não é um bico, a ser feito quando sobra tempo. Ela é uma atividade nobre típica da era do conhecimento. A linguagem de um portal não é aquela super cifrada da informática e sim a descomplicada da comunicação O portal é produto de um esforço coletivo, não devendo ser identificado como missão da unidade a ou b O projeto deve ter claramente o patrocínio do alto escalão da organização A tecnologia associada a um portal é fundamental para o sucesso da empreitada, mas vem a reboque dos fatores acima O conteúdo de um portal tem caráter dinâmico e deve refletir a cada momento as necessidades da organização
  • 16. Fatores Críticos do Sucesso Portanto, ela é que deve ser trabalhada a cada instante. Ela é que vai ditar o ritmo de avanço do projeto.
  • 22. Display com informações rápidas em movimento
  • 23. Manchetes do dia – Transportes Metropolitanos na Mídia
  • 24. Manchetes do dia – Assuntos Internos
  • 25. Vídeo do Sr. Secretário , especialmente gravado para o Portal
  • 26. Lista Telefônica Interna e Dicas fornecidas pela Unidade de RH
  • 27. Links com Intenets e Intranets de Órgãos e Empresas da STM
  • 28. Serviço de Busca de Palavras e Contador de Visitantes
  • 29. Estatíticas sobre as Regiões Metropolitanas de São Paulo
  • 30. Informações Úteis sobre o Mercado Financeiro
  • 31. “ Links para “sites” úteis
  • 32. Enquete sobre temas da competência da STM
  • 33.  
  • 34.  
  • 35.  
  • 36. Agência STM – Um Caso Concreto de Produção de Conteúdo para Ambientes Web José Antônio Carlos E-mail: jcarlos@sp.gov.br