Relatorio_TIC_2012

14 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relatorio_TIC_2012

  1. 1. 1 Realizações e Desafios TIC 2011>2012
  2. 2. Introdução 2
  3. 3. 3 Bem-vindo ao Realizações & Desafios TIC 2011-2012, uma iniciativadaunidadedeTecnologiada Informação e Telecomunicações da Petrobras. Em sua segunda edição, o relatório tem por objetivo descrever as principais iniciativas da unidade em 2011 e tudo que está por vir em 2012. Destinado à força de trabalho da unidade e às áreas-clientes da TIC, o material pretende também aproximar a unidade daqueles que são fundamentais para sua existência e para o aprimoramento constante de seu trabalho. Para facilitar a leitura, o relatório foi dividido em duas seções. A primeira mostra as realizações do último ano, subdivididas por área cliente, sendo o último item destinado às realizações internas à TIC para melhorar a gestão da unidade e seus resultados.Já a segunda seção exibirá os principais desafios da unidade para o ano que se inicia. Todas as realizações listadas neste material passaram por um minucioso critério de seleção e possuem, sem exceção, ao menos um dos atributos descritos nas próximas páginas. A TIC espera que você aprecie este material com o mesmo orgulho com o qual o desenvolvemos. Tenha uma ótima leitura.
  4. 4. 4 Cada projeto da seção de realizações possui um conjunto de atributos gráficos. Esses símbolos representam os benefícios que cada ação trouxe para a Petrobras. Todos os projetos possuem ao menos um atributo. São seis: Atributos
  5. 5. 5 Custos reduzidos Prazo otimizado Proatividade Relacionamento contínuo Atendimento eficiente Flexibilidade sob medida Iniciativas da TIC que proporcionaram redução e/ou otimização de custos na Petrobras. sempre Melhorias feitas por proatividade da TIC, sem solicitação prévia, e/ou que proporcionaram maior capacidade de decisão, conferindo proatividade ao cliente. Implantação de práticas que favoreceram o atendimento rápido e proativo. Iniciativas que contribuíram para estreitar e sistematizar o relacionamento. Iniciativas que resultaram aceleração de prazos e processos. Flexibilização dos padrões de TIC e/ou adoção de soluções customizáveis em atendimento às necessidades de cada negócio. A e
  6. 6. Índice 6
  7. 7. Principais Realizações 2011 > Abastecimento > Corporativo > Exploração & Produção > Área Financeira > Gás e Energia > Internacional > Serviços > Subsidiárias > Multiclientes > Toda a Petrobras > TIC > Pessoas > Processos > Negócios Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços > Função Estratégica > Gestão 7
  8. 8. 8 Principais Realizações Créditofoto:BrunoVeiga
  9. 9. 9 1. Simulação para construção da Unidade Offshore de Transferência e Exportação (UOTE) 2. Sila: melhoria no processo de decisão 3. Implantação do software GOMM (Gerenciador e Otimizador de Movimentações e Misturas) 4. Módulo de Riscos do Sistema Integrado de SMS do Abastecimento 5. Painel da Gerência Executiva de Programas de Investimento do Abastecimento – PPGI Abastecimento
  10. 10. 10 Principais Realizações > Abastecimento Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto. 1. SIMULAÇÃO PARA CONSTRUÇÃO DA UNIDADE OFFSHORE DE TRANSFERÊNCIA E EXPORTAÇÃO (UOTE)Ç ( ) Com a descoberta do pré-sal e a perspectiva de um aumento substancial na produção, cabotagem e exportação de petróleo, a TIC, através de seu setor de Pesquisa Operacional, utilizou a técnica de simulação estocástica para subsidiar as decisões da companhia. O modelo leva em conta diversos cenários e fatores que influenciam na operação logística do terminal como condições ambientais, geográficas e econômicas. A simulação apontou a construção de uma Unidade Offshore de Transferência e Exportação (UOTE), que entrará em operação em 2012, como alternativa viável e econômica à construção de um terminal terrestre e melhor opção para maximizar a capacidade de escoamento da produção e minimizar as paradas de produção nos campos petrolíferos servidos por esse terminal. Com as informações fornecidas pelo modelo de simulação, verificou- se que a construção da UOTE, que custará US$ 500 milhões, evitará perdas de até US$36 milhões por dia (considerando US$80/barril e capacidade de movimentação entre 400 e 500 mil barris diários). Além disso, definiu-se o porte do navio a ser adaptado como UOTE e estimar as tarifas que deverão ser cobradas de parceiros pelo uso do terminal.
  11. 11. 11 Principais Realizações > Abastecimento Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto. 2.SILA: MELHORIA NO PROCESSO DE DECISÃO Dando continuidade ao projeto Sila (Sistema de Informações Logísticas do Abastecimento), a TIC desenvolveu um conjunto de ferramentas para dar suporte aos novos desafios da Logística e apoiar o ambiente colaborativo implantado no Abastecimento.Dentreelas,destacam- se: Sistema de Alertas, Sistema de Qualidade de Informações, Sistema de MediçãodeDesempenhoOperacional, Sistema de Acompanhamento de Plataformas, Acompanhamento de Produção de Refinarias, Situação de Navios em Portos, Portal Sila e Painéis do Ambiente Colaborativo (PCLA). Essas iniciativas proporcionaram uma maior visibilidade das informações da Logística do Abastecimento, melhorando o processo de tomada de decisões e ampliando colaboração entre os processos de negócio. 3.IMPLANTAÇÃO DO SOFTWARE GOMM (GERENCIADOR E OTIMIZADOR DE MOVIMENTAÇÕES E MISTURAS)Ç A implantação do software GOMM (Gerenciador e Otimizador de Movimentações e Misturas) na Replan teve o objetivo de viabilizar o Sistema de Mistura em Linha de Diesel, composto por um conjunto de equipamentos como tanques, misturadores, analisadores em linha, computadores de aquisição de dados (SDCD) e válvulas automáticas de controle de vazão. Um algoritmo de otimização prevê a qualidade final do derivado e propõe a melhor proporção entre os produtos
  12. 12. 12 Principais Realizações > Abastecimento componentes durante a execução da mistura.Em2011,osprimeirostanques de diesel foram produzidos utilizando- se o GOMM. E seus benefícios logo foram constatados. O software possibilitou uma maior precisão nos cálculos da previsão da qualidade final. Além disso, com a diminuição do consumo de correntes nobres, como o querosene, e maximização do consumo de nafta, o ganho com a utilização do sistema foi projetado em até US$ 1 milhão por mês. 4. MÓDULO DE RISCOS DO SISTEMA INTEGRADO DE SMS DO ABASTECIMENTO O Sistema Integrado de SMS do Abastecimento, composto por seis módulos,permitiráadisseminaçãode conhecimento, unificando conceitos e adotando as melhores práticas de SMS. Por ele será possível fazer uma gestão integrada das informações de todas as Unidades Operacionais suportando o acompanhamento, o controle e a tomada de decisões. Este sistema é fruto do projeto Mapeamento do Fluxo de Informações de SMS, realizado em 2010, que gerou o Fluxo Integrado de Informações e o Modelo Conceitual de Dados. O Módulo de Riscos, o primeiro a ser desenvolvido,controlaeacompanhaos levantamentos de aspectos e impactos ambientais, de perigos e danos à saúde e segurança realizados pelas Unidades Operacionais. Associadas ao levantamento estão as ações de controle, a avaliação de severidade, a avaliação de risco, a proposta de Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  13. 13. 13 Principais Realizações > Abastecimento plano de ação e as observações. Permite melhor organização, integração e padronização das informações relativas ao Sistema de Gestão Ambiental, Segurança e Saúde Ocupacional. Este processo é de fundamental importância para a manutenção da certificação nas normas ISO 14001:2004 e OHSAS 18001:2007 pelo Abastecimento. 5.PAINEL DA GERÊNCIA EXECUTIVA DE PROGRAMAS DE INVESTIMENTO DO ABASTECIMENTO – PPGI O projeto PPGI (Painel da Gerência Executiva de Programas de Investimento do Abastecimento), desenvolvido pela TIC com o objetivo de apoiar o Abastecimento, evoluiu em 2011. Neste ano, foram atendidas as necessidades de coleta web das informações qualitativas e também a construção de novas visões. O Panorama de Investimentos apresenta as principais informações dos investimentos do Abastecimento, como, por exemplo, as da refinaria RNEST. A RAC DABAST proporciona agilidade na consulta aos dados dos projetos, apoiando a Unidade no monitoramento de informações de seus principais investimentos, e proporcionando maior dinamismo à Reunião de Análise Crítica de Investimentos junto ao Diretor do Abastecimento. Em 2011, o projeto também foi reconhecido através do recebimento do Prêmio Apoena, em âmbito nacional, vencedor na categoria Gestão de Processos e Negócios. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  14. 14. 14 Principais Realizações Créditofoto:ArquivoPetrobras
  15. 15. 15 1. Gestão de Efetivo no SAP 2. Evolução do Sistema Novo Gestinv 3. Novo Sistema de Inscrição e Triagem de Projetos da Seleção Pública Cultural 4. Novo PAN – onda 1 Corporativo
  16. 16. 16 Principais Realizações > Corporativo 1.GESTÃO DE EFETIVO NO SAP O principal objetivo do Projeto GES (Gestão de Efetivo no SAP) foi implantar o processo de Gestão do Efetivo da Petrobras de forma integrada no SAP. Com sua implantação, o RH garantiu a correta execução do processo, aprovado pela Diretoria Executiva em janeiro de 2008, viabilizando o acompanhamento das movimentações de empregados, o efetivo limite estabelecido pela Diretoria e a reposição automática dos desligamentos. Entre os principais benefícios estão o acompanhamento on- line do efetivo e das posições desocupadas, a visualização dos empregados cedidos nas lotações de origem, o suporte ao processo de Planejamento de Custo de Pessoal, os ajustes do cadastro de empregados e a garantia de que as movimentações de empregados ocorram de acordo com estabelecido na Norma de RH. 2.EVOLUÇÃO DO SISTEMA NOVO GESTINV O Novo Gestinv é um Sistema Integrado de Gestão de Projetos de Investimentos. Seu principal objetivo é suportar os processos de aprovação e acompanhamento de projetos, e integrarosprocessosdeplanejamento de curto e longo prazos. É a base única de informações para todos os processos de Gestão de Projetos de Investimento, consolidando informações de planejamento e acompanhamento de projetos, programas e portfólios. Introduz o código IUPI (Identificador Único Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  17. 17. 17 Principais Realizações > Corporativo de Projetos de Investimentos) que permite controle de abertura no PS e integração de outros processos de planejamento e controle. Em 2011, foram realizadas importantesintegraçõescomomódulo PS, com o processo de aprovação de projetos pelo Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica e com o sistema de Seletividade de Investimentos da Petrobras. A integração das informaçõesdeprojetocomoPlanode Negócios contribuiu para o processo de planejamento e monitoramento de projetos da companhia. Com o Novo Gestinv, 2.637 projetos foram imobilizados e 527 cancelados no PS, propiciando a redução do imposto de renda pago pela empresa a partir da imobilização do ativo e início de sua depreciação. 3.NOVO SISTEMA DE INSCRIÇÃO E TRIAGEM DE PROJETOS DA SELEÇÃO PÚBLICA CULTURAL O Petrobras Cultural, principal programa de patrocínios culturais do país,érealizadodesde2003.Até2011,o ProgramadestinouR$313,78milhões para seleções públicas de projetos. As edições anteriores foram suportadas por sistemas desenvolvidos pela TIC. No entanto, em função do processo de aperfeiçoamento do Programa, as mudanças nas aplicações eram constantes, gerando vulnerabilidades, decorrentes das mudanças de escopo e das restrições de prazo. Em 2011, foram desenvolvidos dois novos sistemas para as etapas de inscrição pública e triagem de projetos culturais. Estas soluções são mais robustas, flexíveis e melhor estruturadas para atender às mudançassemprepresentesnestetipo de programa. Com isso, garantimos Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  18. 18. 18 Principais Realizações > Corporativo maior agilidade no atendimento ao cliente e promovemos o reuso das soluções. 4.NOVO PAN – ONDA 1 O Projeto Novo PAN visa substituir a atual arquitetura tecnológica do PAN, constituída por componentes diversos(R/3,BW,Oracle,Hyperion), por uma plataforma única baseada em BW. O projeto foi divido em três “ondas” de entregas sucessivas, cada qual substituindo partes da solução antiga. Na primeira “onda”, finalizada em setembro de 2011, o processo de Fechamento do Planejado, que era efetuado no SAP R/3, passou a ser executado pelo Novo PAN. Com isso, o fechamento passou a ser executado diariamente, dando aos clientes (planejadores) mais oportunidades de verificar seus repasses de gastos, detectar eventuais problemas e melhorar a qualidade das informações. Além disso, com o Novo PAN, o próprio processo de fechamento ficou muito mais rápido: passou a levar cerca de cinco horas, enquanto na solução anterior chegava a durar nove horas. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  19. 19. 19
  20. 20. 20 Principais Realizações Créditofoto:ArquivoPetrobras(Thinkstock)
  21. 21. 21 1. Padronização dos Boletins de Produção de Óleo e Gás para ANP 2. Ferramenta de Priorização e Integração (FPI) 3. Cluster de workstations para processamento de dados sísmicos utilizando GPUs 4. Automação dos laboratórios de fluidos com integração de instrumentos 5. Centro Integrado de Monitoramento de Turbomáquinas 6. Conclusão do subtema INF07 7. Expansão do Parque de Processamento de Alto Desempenho para E&P 8. Implantação de estrutura OpenSpirit nas unidades BA, RNCE e BS 9. Soluções de comunicação via satélite para sondas terrestres 10. Soluções de Telecomunicação para a nova Unidade de Tratamento de Gás de Caraguatatuba (UTGCA) 11. Melhoria de Telecomunicações para o PROPOÇO Exploração e Produção
  22. 22. 22 Principais Realizações > Exploração e Produção 1.PADRONIZAÇÃO DOS BOLETINS DE PRODUÇÃO DE ÓLEO E GÁS PARA ANP Os Boletins de Medição de Óleo e Gás e o Boletim Diário Operacional (BDO) foram padronizados de forma a permitir ao E&P uma visão única dos dados de produção e, desta forma, evitar divergências entre as informações enviadas à Agência Nacional do Petróleo (ANP). Assim, as sanções, como multas para a Petrobras, são evitadas. Na implantação, a TIC enfrentou desafios como a mudança de cultura e a realização da atividade com o mínimo de impacto possível na rotina de trabalho do E&P. O projeto corporativo da padronização de boletins, para todas as unidades do E&P, consistiu na modelagem dos dados de produção de óleo e gás, formatação de metadados, instalação e configuração do sistema SINP-BC. Além de atender à ANP através das informações uniformizadas, também foi possível identificar diversos pontos de melhoria operacional que permitiram a minimização dos desvios nos dados de produção. 2.FERRAMENTA DE PRIORIZAÇÃO E INTEGRAÇÃO (FPI)Ç Ç Gerências que possuem prestação de serviços com as unidades operacionais necessitam de um planejamento minucioso e com disponibilidadeprévia,afimdeotimizar recursos e materiais, visto que o número de vagas disponíveis a bordo é limitado. Foi pensando nos benefícios para esse funcionamento prático que a Ferramenta de Priorização e Integração (FPI) foi desenvolvida. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  23. 23. 23 Principais Realizações > Exploração e Produção Com isso, também se pretende evitar riscos que venham a comprometer o desempenho das atividades a bordo. Para auxiliar nos resultados eficazes, o FPI gera cronogramas integrados por plataforma, de todos os serviços previstos, para curto, médio e longo prazo. A ferramenta emite relatórios e indicadores sobre o andamento e resultados dos serviços planejados. Também permite uma visão do portfólio de serviços em nível de gerência, plataforma, ativo e unidade de operação.. 3.CLUSTER DE WORKSTATIONS PARA PROCESSAMENTO DE DADOS SÍSMICOS UTILIZANDO GPUs A TIC, com apoio das gerências de Processamento Sísmico e Tecnologia Geofísica do E&P, implementou um cluster de workstations (agrupamento de máquinas que realizam processamento compartilhado) para aproveitar a capacidade ociosa das workstations da UO-ES para processamento de dados sísmicos usando suas GPUs (Graphic Processing Units) e software desenvolvido pela Petrobras. O principal ganho é o aumento da capacidade de processamento sem a necessidade de investimento, utilizando os recursos já disponíveis, com a pré-condição de não impactar as atividades dos usuários destas máquinas. O cluster de workstations usando GPUs permitiu ao cliente reduzir para menos da metade do tempo a etapa de migração de seus projetos. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  24. 24. 24 Principais Realizações > Exploração e Produção 4.AUTOMAÇÃO DOS LABORATÓRIOS DE FLUIDOS COM INTEGRAÇÃO DE INSTRUMENTOSÇ A solução de automação de laboratórios, com a implantação de um Laboratory Information Management System (LIMS) permitiu integrar todas as etapas do fluxo de serviços prestados pelo laboratório de fluidos da Unidade de Operações do Rio Grande do Norte e Ceará (UO-RNCE). A integraçãoengloboudesdearequisição de serviços, passando pela realização das análises das amostras e obtenção dos seus resultados, até a entrega final dos relatórios aos usuários. O pioneirismo desta solução, dentro do E&P, está na integração dos instrumentos de bancada ao sistema degestãodeinformaçõesdolaboratório. Os resultados das análises produzidas por estes instrumentos são enviados automaticamente, aumentando a confiabilidade das informações do processo. 5.CENTRO INTEGRADO DE MONITORAMENTO DE TURBOMÁQUINAS Visualizar e analisar, em tempo real, o que está acontecendo nas Turbomáquinas localizadas nas plataformas, evitando a queda da produção de óleo e gás - essas são ações possíveis com o projeto Centro Integrado de Monitoramento de Turbomáquinas (CIM-TBM). A TIC implantou o aplicativo na Unidade de Operações da Bacia de Campos (UO- BC) com prazo e custo reduzidos em relação aos oferecidos por empresas do mercado. A ferramenta auxilia na manutenção preditiva, permitindo análises constantes, mostra um histórico das Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  25. 25. 25 Principais Realizações > Exploração e Produção ocorrências nos equipamentos, emite relatórios e atua na interface com os operadores. Os usuários envolvidos recebem mensagens de alerta via correio eletrônico e conseguem abrir o aplicativo para tratar a demanda. 6.CONCLUSÃO DO SUBTEMA INF07 Para garantir a adequação dos Sistemas Padrões da Engenharia de Poço e bases de dados, conforme a definição de Conceitos e Convenções, a TIC conclui com sucesso mais um subtema do programa Propoço, o INF07. A iniciativa teve como principal benefício, além da padronização, a qualidade das informações e dos sistemas de Engenharia de Poço para atendimento a todas as unidades de operação. O projeto contemplou a criação de um novo modelo de dados da Engenharia de Poço (parte do projeto de reestruturação da Base de Dados Integrada do E&P) e a criação de novos sistemas: Acompanhamento de Intervenções de Perfuração em Poços Terrestres (AIP-WEB) e Painel de Indicadores da Engenharia de Poço (PIEP). Também foram implantados novos conceitos nos sistemas AIP-Desktop e OpenWells. Customizações foram realizadas nas camadas de serviços e conectores, assim como um plano de implantação altamente complexo. 7.EXPANSÃO DO PARQUE DE PROCESSAMENTO DE ALTO DESEMPENHO PARA E&P A expansão do Parque de Processamento de Alto Desempenho para E&P tem sido impulsionada não Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  26. 26. 26 Principais Realizações > Exploração e Produção só pelo contínuo crescimento de sua carteira de projetos, como também pela alta complexidade geológica das novas áreas de interesse. Para atender à demanda no processamento científico, a TIC instalou 14 novos multicomputadores, ou clusters científicos (agrupamento de máquinas que realizam processamento paralelo). O pacote também incluiu o mais poderoso equipamento da América Latina no quesito. Os novos multicomputadores adicionaram mais de 600 mil núcleos de processamento matemático e 30TB de memória RAM ao parque científico, atendendo a diversos processos críticos do E&P. Eles atuam no processamento geofísico, modelagem de poços e sistemas petrolíferos, simulação e engenharia de reservatórios, e imageamento sísmico da sub-superfície terrestre. As inovadoras tecnologias utilizadas permitiram economias superiores a R$ 160 milhões em equipamentos e 4 MVA em consumo de energia, além de reduzir em 90% o tempo para geração de imagens sísmicas. 8.IMPLANTAÇÃO DE ESTRUTURA OPENSPIRIT NAS UNIDADES BA, RNCE E BS, A TIC realizou a instalação de um ambiente para a execução das ferramentas OpenSpirit nas unidades de operações do Rio Grande do Norte e Ceará (UO-RNCE), Bahia (UO-BA) e Bacia de Santos (UO-BS). Em cada uma das UOs, a estrutura viabilizou a implantação de fluxos de trabalho de integraçãodedadosdeinterpretação, através do uso da ferramenta. Uma vez configurada, a aplicação permite a transferência de dados entre as principais aplicações utilizadas na atividade de interpretação de dados da companhia. Os profissionais da TIC receberam treinamento para dar suporte local no uso da ferramenta. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  27. 27. 27 Principais Realizações > Exploração e Produção 9.SOLUÇÕES DE COMUNICAÇÃO VIA SATÉLITE PARA SONDAS TERRESTRES As Unidades Móveis de Comunica- ção (UMCs) são veículos semi- reboque personalizados projetados para transmissão de voz, dados e imagem via satélite para atendimento às sondas terrestres do E&P Norte- Nordeste (E&P-NNE) e da Unidade de Operações do Rio Grande do Norte e Ceará (UO-RNCE). As UMCs consistem de sistema satélite e equipamento de transmissão de dados instalado em um veículo artesanal projetado para esse fim, e que podem ser deslocadas, acopladas em veículo com reboque, ou até içadas para serem transportadas em caminhões. Cada uma dispõe de quatro ramais de voz e até 16 pontos de rede para servidores e usuários, oferecendo alta disponibilidade e alcance em localidades que não dispõem de outro tipo de meio de comunicação. No total, foram instaladas 13 UMCs e disponibilizadas para a área de operações da TIC nas áreas geográficas Nordeste, Sergipe- Alagoas, Bahia e Espírito Santo. A definição das sondas a receberem as UMCs ficou a critério das próprias gerências de Sondagem Terrestre, gestora das estruturas. 10.SOLUÇÕES DE TELECOMUNICAÇÃO PARA A NOVA UNIDADE DETRATAMENTO DE GÁS DE CARAGUATATUBA (UTGCA))( A nova unidade Petrobras de Tratamento de Gás de Caraguatatuba (UTGCA) faz parte da Unidade de Operações de Exploração e Produção Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  28. 28. 28 Principais Realizações > Exploração e Produção da Bacia de Santos e é responsável pelo escoamento do gás do pós-sal e do pré-sal. A TIC instalou os mais avançados recursos tecnológicos necessários para a implementação de toda a solução de telecomunicações: sistema de telefonia, rede de dados, firewall, videoconferência, intercom, rádio digital de 34Mbps, rádio operacionalUHFeVHF,rádiomarítimo, rádio aeronáutico, rede satélite Gilat de 2Mbps, CFTV de processo e patrimonial,torredetelecomunicações, cabeamento de dados e telefonia, no-breaks para a rede de dados, fonte de corrente contínua para os equipamentos de telecomunicações e infraestrutura de telecomunicações. Esses recursos garantem a integração da UTGCA ao Polo de Mexilhão (PMXL), ao Terminal de São Sebastião (TBAR) e ao gasoduto Caraguatatuba- Taubaté (Gastau). 11. MELHORIA DE TELECOMUNICAÇÕES PARA O PROPOÇOÇ Desenvolvido pelo E&P, o Programa de Excelência de Engenharia do Poço - PROPOÇO visa melhorar o desempenho dos processos de construção, avaliação e manutenção de poços, alcançando níveis de excelência e garantindo a superação dos desafios associados às metas estratégicas da companhia. A TIC forneceu toda a infraestrutura de telecomunicações adequada para atender às necessidades do programa, suportando suas novas aplica ções e promovendo melhoria significativa dos serviços destinados aos profissionais daPetrobrasabordodessassondas.Assim, foram implantados novos sistemas Satélite (VSAT) com antenas autoestabilizadas, otimizadores de rede e videoconferência pessoal. O projeto envolveu complexa logística e a participação de diversas áreas dacompanhia,atendendoaumtotalde48 sondas tanto em operação quanto em fase decontratação. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  29. 29. 29
  30. 30. 30 Principais Realizações Créditofoto:RogérioReis
  31. 31. 31 1. Projeto 30 Dias – Redução do Prazo de Fechamento Contábil 2. Implantação do módulo de Denúncia Espontânea/Pagamento Espontâneo no Sistema ATICA 3. Novo WFAT (Sistema Web Fatura) 4. Previsão do fluxo de caixa para parcerias 5. Programa PGOV – Participações Governamentais Área Financeira
  32. 32. 32 Principais Realizações > Área Financeira 1.PROJETO 30 DIAS – REDUÇÃO DO PRAZO DE FECHAMENTO CONTÁBIL O Projeto 30 Dias surgiu da necessidade de a Contabilidade reduzir o prazo para conclusão do Fechamento Contábil, visando atender à Instrução CVM 480/2009, que estipula um prazo de 30 dias para divulgação das Demonstrações Financeiras a partir do exercício de 2012. O novo prazo representa uma redução de 1/3 em relação ao adotado anteriormente (45 dias). Para atingir a meta, foram identificados os processos sistê- micos mais críticos e estabelecidas ações para melhoria do seu desempenho, como resultado da parceria entre TIC, Contabilidade e SAP no acompanhamento mensal iniciado em janeiro de 2011. Essas ações já permitiram a redução de 1/3 no prazo de fechamento de gastos, que passou do 9º para o 6º dia útil do mês, e proporcionaram uma otimização significativa dos processos monitorados. 2.IMPLANTAÇÃO DO MÓDULO DE DENÚNCIA ESPONTÂNEA/PAGAMENTO ESPONTÂNEO NO SISTEMA ATICA O Sistema de Avaliação Tributária Integrada de Controle e Acompanhamento(ATICA)éutilizado na companhia para gerenciamento e monitoramento tempestivo dos riscos tributários, bem como controle e acompanhamento dos processos administrativos e judiciais tributários. Em 2011, o sistema ganhou mais um módulo, que permite recuperar informações estruturadas para Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  33. 33. 33 Principais Realizações > Área Financeira acompanhamento do processo de Pagamento espontâneo/Denúncia espontânea nos âmbitos federal, estadual e municipal, em razão de identificação pela Petrobras de divergência no cumprimento de obrigação tributária, evitando assim o pagamento de multas sobre o imposto devido. Onovomódulopossibilitaregistraros documentos digitalizados, trazendo maior confiabilidade e agilidade na obtenção de informações, e permite a geração de relatórios gerenciais. Adicionalmente, controla os prazos das etapas nos fluxos de trabalho envolvidos, tendo como benefício a diminuição do risco de perda de prazos e pagamento de multas. 3.NOVO WFAT (SISTEMA WEB FATURA)( ) O WFAT é o sistema de consultas de faturas disponível na internet para fornecedores nacionais e, na intranet, para colaboradores da companhia. A nova versão foi desenvolvida em tecnologia mais moderna, o que reduzirá o tempo necessário para eventuais adequações e atualizações no portal. Outros benefícios trazidos pela mudança são: melhoria na qualidade dos serviços, com informações completas e confiáveis de fatura; diminuição da quantidade de chamados ao Call Center de Finanças, com consequente redução de custos; melhoria dos controles de segurança, com a implantação Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  34. 34. 34 Principais Realizações > Área Financeira de sistemas aderentes às normas corporativas; ajuste da interface, tornando-a amigável para utilização; e redução do tempo de resposta, aumentando o nível de satisfação dos usuários 4.PREVISÃO DO FLUXO DE CAIXA PARA PARCERIAS A necessidade de um acompanhamento eficaz do fluxo de caixa das parcerias é cada vez maior, dada a ampliação da quantidade de projetos exploratórios geridos dessa forma e o aumento dos valores financeiros envolvidos nessas iniciativas. O projeto teve por objetivo adequar a ferramenta de fluxo de caixa utilizada na Petrobras (SAP CFM – Corporate Financial Management) para comportar o cenário de parcerias vigente na companhia, permitindo realizar previsões para as operadas pela Petrobras. Com a implantação, espera-se melhorar o processo de previsão dos desembolsos realizados pela parceria, com a finalidade de reduzir o carregamento dos parceiros por parte da Petrobras. 5.PROGRAMA PGOV – PARTICIPAÇÕES GOVERNAMENTAIS Desenvolvido em parceria com o Tributário, o programa PGOV visa otimizar a apuração das participações governamentais e de proprietários de terras, abrangendo a construção de uma solução sistêmica mais flexível, que possa atender ao novo cenário regulatório do setor de óleo e Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  35. 35. 35 Principais Realizações > Área Financeira gás. A iniciativa é formada por quatro projetos: Taxa de Retenção de Área, Preços e Royalties, Participações Especiais e Proprietários de Terras. Em 2011, foi concluída a solução voltada a otimizar o processo de apuração fiscal da Participação Governamental “Taxa pela Ocupação ou Retenção de Área”, paga anualmente à ANP (Agência Nacional de Petróleo) de acordo com contrato de concessão firmado entre as partes. O processo consiste na identificação dos blocos passíveis de recolhimento, no monitoramento de eventuais movimentações (anexações, devolu- ções, alterações de parceria etc) em cada bloco/campo, no cálculo do valor a ser provisionado mensalmente, na provisão contábil em si e, por último, no pagamento. O sistema busca trazer maior agilidade e confiabilidade ao processo de apuração, até então realizado através de planilhas eletrônicas. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  36. 36. 36 Principais Realizações Créditofoto::AndréValentim
  37. 37. 37 1. Modernização da Sala de Programação e Supervisão de Gás Natural 2. Integração da Área de Fertilizantes ao G&E 3. Implantação do Centro de Operações de Energia (COE) – Fase 2 Gás e Energia
  38. 38. 38 Principais Realizações > Gás e Energia 1.MODERNIZAÇÃO DA SALA DEPROGRAMAÇÃOESUPERVISÃO DE GÁS NATURAL A Sala de Programação e Supervisão de Gás Natural tem como objetivo a monitoração, em tempo real, das diver- sas malhas de gasodutos (GASBOL, Nordeste, Sudeste). Atendendo a uma demanda do G&E, a TIC executou um projeto para modernização do ambiente, que compreendeu a especificação e contratação de uma solução de infraestrutura, considerando servidor para visualização, tela e projetores. Além disso, o WebGás (software para captação, telemetria e exibição das informações operacionais como vazão, poder calorífico, pressão, entre outras), que contemplava apenas a Malha do Gasbol, passou a incorporar a Malha Sudeste, e já teve início a incorporação da Malha Nordeste. Desenvolvido internamente pela TIC, o software permitiu que o G&E ficasse indepen- dente do fornecedor internacional que proviaasoluçãoanteriormente,trazendo inúmeros benefícios para o cliente. 2.INTEGRAÇÃO DA ÁREA DE FERTILIZANTES AO G&E A consolidação do novo negócio na área de Gás e Energia, com a integração dasFábricasdeFertilizantesdaPetrobras (Fafens) situadas em Caçamari (BA) e Laranjeiras (SE), exigiu atuação da TIC Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  39. 39. 39 Principais Realizações > Gás e Energia em diversas frentes. O modelo lógico do Banco de Dados de Fertilizantes, concebido de forma associada à Base Informacional do G&E, viabilizou a integração entre o Planejamento de Operação e Vendas de fertilizantes (Planfert) com informações do SAP ERP, de sistemas legados e outras informações pulverizadas. O modelo é a base para a integração da cadeia de negócios de fertilizantes e para o suporte à tomada de decisão. Também foram identificadas e implementadas as adaptações necessárias nos sistemas de SMS e Gestão utilizados nas Fafens e na sede, garantindo continuidade operacional do negócio de fertilizantes. O PI da Fafen- SE foi adaptado ao modelo adotado pelo G&E, com armazenamento centralizado de informações. 3.IMPLANTAÇÃO DO CENTRO DE OPERAÇÕES DE ENERGIA (COE) – FASE 2 Foram incluídas as usinas da Petrobras UTE-Fernando Gasparian, UTE-Piratininga, UTE- Celso Furtado, UTE-Jesus Soares Pereira, UTE-Termoceará, UTE- Bahia1 e UTE-Juíz de Fora, além de outras 14 unidades de geração elétrica – termoelétricas e eólicas – coligadas. O COE faz parte da Gerência de Operações e Participações em Energia (GE-OPE) e suas princi- pais atividades são as autorizações para partidas e paradas de unidades geradoras, coordenação Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  40. 40. 40 Principais Realizações > Gás e Energia de manutenção em tempo real, monitoramento online dos desvios em relação ao programa diário de operação e emissão de boletins informativos sobre a operação.Essas atividades eram desenvolvidas pelas próprias usinas. Com a gestão centralizada a partir do COE, fica garantida a operação integrada do parque gerador da Petrobras e a homogeneidade no relacionamento com o Operador Nacional do Sistema (ONS), dando mais agilidade à gestão operacional da área de energia da companhia. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  41. 41. 41
  42. 42. 42 Principais Realizações Créditofoto:Keystone/ArquivoPetrobras
  43. 43. 43 1. Consolidação do Programa de Governança de TIC Internacional 2. Implantação do Banco de Dados da Área Internacional – BDI Inter 3. Integração de novas empresas e ativos do exterior à Rede Corporativa 4. Estabelecimento da Governança de Dados da Área Internacional 5. Projetos de Faturamento Eletrônico – Argentina e Chile Internacional
  44. 44. 44 Principais Realizações > Internacional 1.CONSOLIDAÇÃO DO PROGRAMA DE GOVERNANÇA DE TIC INTERNACIONAL Foi instituída uma rotina de reuniões mensais de alinhamento com as TIC do exterior para tratar de forma sistemática as demandas existentes. Além disso, a realização das reuniões permitiu o acompanhamento mais próximo dos projetos e planos de ação decorrentes da verificação de conformidade nas empresas. Essa iniciativa facilita o relacionamento entre as partes envolvidas na construção de soluções para a área internacional, além de possibilitar ajustes na carteira de projetos integrados de TIC para o exterior. Como parte dessa iniciativa, também foi realizado o VI Encontro de Gerentes de TIC Internacional, um momento para a interação e a troca de experiências entre os gerentes do Brasil e dos países nos quais atuamos. 2.IMPLANTAÇÃO DO BANCO DE DADOS DA ÁREA INTERNACIONAL – BDI INTER Esteprojetoteveoobjetivodeintegrar os processos de análise de carteira de negócio (que avaliam o risco e o retorno dos projetos) e de análise do plano de negócios (que insere os projetos no orçamento da área), e que hoje utilizam – respectivamente - os aplicativos ARI e Hyperion Planning. O projeto foi desenvolvido em duas etapas: a primeira, conceitual, contemplou a uniformização de conceitos e premissas entre a Petrobras e as empresas no exterior. E a segunda etapa, por sua vez, consistiu na construção da solução de Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  45. 45. 45 Principais Realizações > Internacional TIC.O resultado do projeto possibilitou maior robustez aos processos e segurança na tomada de decisão pelos gestores. 3. INTEGRAÇÃO DE NOVAS EMPRESASEATIVOSDOEXTERIOR À REDE CORPORATIVA Rotineiramente, novas empresas ou ativos são incorporados à gestão da Petrobras no exterior, em atendimento à estratégia da Internacional. Sempre que isso acontece, são iniciados os projetos responsáveis pela integração das novas unidades à rede corporativa. Essa integração é fundamental para que os novos usuários tenham acesso aos sistemas corporativos e aos recursos globais deTIC, como ramal Petrobras, internet e correio eletrônico. Em 2011, foram concluídos os projetos de integração de operações espalhadas por três continentes: na Europa, o novo escritório da Petrobras em Lisboa, as sondas exploratórias na Turquia e o escritório da PGT- BV na Holanda; na África, sondas exploratóriasemAngolaenaTanzânia; na América do Sul, foi integrado à rede Petrobras o ativo de produção de La Peruanita, no Peru. 4. ESTABELECIMENTO DA GOVERNANÇADEDADOSDAÁREA INTERNACIONAL Em 2011, foi formalizada a criação da estrutura de governança de dados da Área Internacional. Seu principal objetivo foi a classificação, Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  46. 46. 46 Principais Realizações > Internacional ordenamento e estabelecimento de diretrizes para gestão dos respectivos dados técnicos. Para isso, foram organizados diversos níveis de fóruns gerenciais, sob coordenação global da INTER- TEC, visando integrar a gestão dos dados existentes no exterior e atender às novas demandas de desenvolvimento da produção internacional, com o suporte da TIC. 5.PROJETOS DE FATURAMENTO ELETRÔNICO – ARGENTINA E CHILE Os projetos de faturamento eletrô- nico para a Argentina e Chile foram as maioresrealizaçõesde2011noâmbito do ProAni (Programa de Integração de Processos). O resultado foi a implantação da emissão de faturas, notas de crédito e outros documentos de forma eletrônica, a partir dos dados registrados no SAP. Os projetos foram motivados por imposição legal (como na Argentina) e pela busca de maior eficiência no processo (no Chile). Em ambos os casos, além de atender aos objetivos iniciais, houve a diminuição global do custo médio de faturamento, evitando perdas e multas por documentos extraviados, e permitindo descentralização do faturamento, melhor comunicação com órgãos governamentais e melhorias no ciclo de cobrança, além de melhorias de imagem junto aos clientes. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  47. 47. 47
  48. 48. 48 Principais Realizações Créditofoto:RobertoRosa
  49. 49. 49 1. Monitoramento de energia nos prédios Petrobras 2. S&S AG – Serviços e Soluções da Engenharia Serviços
  50. 50. 50 1.MONITORAMENTO DE ENERGIA NOS PRÉDIOS PETROBRAS Solução que permite a otimização da gestão da energia elétrica consumida nos 26 edifícios e instalações administrados pelos Serviços Compartilhados em todas asetapas,como–porexemplo–acompra da energia, implantação de projetos de eficiência energética e automação predial. No edifício Castelo, por exemplo, houve redução de 540 Mwh no consumo anual, gerando uma economia de mais de R$ 220 mil. Já no edifício Torre Almirante (Edita), foram consumidos menos 1.510Mwh, poupando cerca de R$ 620 mil. Além disso, houve uma queda de 15% no custo da energia comprada. Em 2010, houve uma economia de R$ 3,7 milhões, pela redução do consumo de energia, enquanto a estimativa para 2011 foi de R$ 10 milhões. 2.S&S AG – SERVIÇOS E SOLUÇÕES DA ENGENHARIAÇ O S&S AG é um sistema que apresenta todos os serviços e produtos de prateleira oferecidos pela gerência geral de Apoio à Gestão. Com ele, é possível obter um produto ou solicitar um serviço área da AG, de forma simples e rápida. Sua solicitação é automaticamente registradanoSispen(SistemadeSolicitações e Pendências) e os responsáveis pelo serviçosãonotificadospore-mail.Pormeio desta ferramenta é possível interagir com osresponsáveiseacompanhartodasas etapas do atendimento a uma demanda desde a criação até o encerramento. Principais Realizações > Serviços Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  51. 51. 51
  52. 52. 52 Principais Realizações Créditofoto:RogérioReis
  53. 53. 53 1. Implementação do Módulo SAP PM nas Usinas de Biodiesel da Petrobras Biocombustível 2. Integração do atendimento ao usuário na REFAP Subsidiárias
  54. 54. 54 Principais Realizações > Subsidiárias 1.IMPLEMENTAÇÃO DO MÓDULO SAP PM NAS USINAS DE BIODIESEL DA PETROBRAS BIOCOMBUSTÍVEL Aumentar a confiabilidade e a ras- treabilidade dos processos relacionados àproduçãodebiodiesel,esseéoobjetivo da implementação do Módulo SAP PM nas usinas de biodiesel da Petrobras Biocombustível. O Módulo PM do SAP E.C.C 6.0, que substituirá o software Prisma, permitirá melhor gestão dos procedimentos de manutenção e inspeção garantindo qualidadeemsegurança,meioambiente e saúde. Também reduzirá o tempo de manutenção dos equipamentos disponibilizando-os para operação em tempo hábil e colaborando para a redução de custos nas usinas. AUsinadeBiodieselDarcyRibeiroserá a pioneira na utilização do sistema. Em seguida, o módulo será implementado nas Usinas de Biodiesel de Quixadá e Candeias. 2.INTEGRAÇÃO DO ATENDIMENTO AO USUÁRIO NA REFAP O projeto integrou a REFAP – Refina- ria Alberto Pasqualini – ao modelo de atendimento ao usuário praticado nas demais áreas da companhia. Mesmo com pouco tempo de implantação (junho de 2011), os benefícios já são perceptíveis aos clientes: otimização do tempo de atendimento e maior qualidade no atendimento, já que agora as equipes Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  55. 55. 55 Principais Realizações > Subsidiárias detêm conhecimento especializado, o que facilita na resolução dos chamados. A equipe de qualidade que acompa- nha o projeto observou uma melhora nos indicadores. Em novembro, foram 94,5% de chamados resolvidos em até 9 horas, contra 63,5% em junho. Com a integração, a Refinaria passa a estar alinhada aos padrões, processos e ferramentas utilizadas corporativamente e poderá usufruir de toda a estrutura de atendimento disponibilizada pela TIC. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  56. 56. 56 Principais Realizações Créditofoto:LuísRiedlinger
  57. 57. 57 1. Relog – Redes Logísticas 2. BRAIN – Ferramenta de Redes Neuronais 3. IVA PIS e COFINS 4. Implantação de solução para acompanhamento orçamentário das Áreas de Negócio 5. Sistema Óptico na faixa do gasoduto Urucu-Coari-Manaus 6. GGAS - Sistema de Gestão Comercial de Gás Natural 7. ProRede - Projetos em distribuição de Gás Natural Multiclientes
  58. 58. 58 Principais Realizações > Multiclientes 1.RELOG – REDES LOGÍSTICAS Foi realizada a revisão da configuração da rede logística e da política de estoques de algumas das unidades de operação (UO) do E&P (SEAL, RNCE, BA e ES) com o objetivo de minimizar os custos de operação, produção, compras, manutenção de produtos em estoque, instalações (armazenagem, manuseio e demais custos fixos) tributos e transporte. Foi elaborado um diagnóstico sobre a política de estoques das unidades, com proposição de alternativas de remanejamento e consolidação de itens. O modelo de otimização desenvolvido apontou potencial de redução de até 25% dos custos atuais. 2.BRAIN – FERRAMENTA DE REDES NEURONAIS O BRAIN é uma ferramenta criada com o objetivo de dar suporte à gestão das Unidades de Processamento de Gás Natural. Consiste na geração de redesneuronaiscapazesdereproduzir modelos matemáticos usando dados de simulação.Suas respostas auxiliam nas tomadas de decisão no controle de unidades de processamento. Já proporcionou reduções na ordem de R$1 milhão por ano, por aplicação. Através de algoritmos estatísticos, as redes neuronais verificam quais variáveis controladas de um processo industrial(vazão,pressão,temperatura etc) têm mais impacto no resultado que se deseja controlar – pode ser o volumedegásproduzido,aquantidade de resíduo gerada, entre outros. Dentre os benefícios, pode-se destacar: redução de 20% no consumo de gás combustível pelos fornos, o que gera 20% a menos no Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  59. 59. 59 Principais Realizações > Multiclientes total de emissões nas unidades; redução de paradas emergenciais; aumento na produção na ordem de 2% a 19% e melhor estratégia de controle para minimizar queima na tocha, com redução da emissão de 230 toneladas, ao ano, de CO2 para o ambiente. 3.IVA PIS e COFINS O projeto foi criado com o objetivo de desonerar os créditos relativos ao PIS (Programa de Integração Social) e ao COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) incidentes nos processos de compras de bens e serviços do sistema Petrobras. Isso foi possível com a implantação da solução IVA do SAP ERP. O IVA é um código fiscal do SAP usado para identificar e contabilizar tributos no momento da aquisição. Através de um código IVA parametrizado, as operações geradoras de crédito são identificadas e os valores de PIS e COFINS são contabilizados de forma destacada do valor da aquisição no momento da entrada da fatura. Além da adequação dos gastos e indicadores de custos e investimentosdacompanhia,oprojeto restringiu a necessidade de ajustes manuais sobre estas informações, aperfeiçoando o aproveitamento de créditos tributários, com consequente maior rentabilidade para a Petrobras e com impactos positivos nos demonstrativos econômicos e financeiros na ordem de 140%. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  60. 60. 60 Principais Realizações > Multiclientes 4. IMPLANTAÇÃO DE SOLU- ÇÃO PARA ACOMPANHAMENTO ORÇAMENTÁRIO DAS ÁREAS DE NEGÓCIO O projeto consiste no desenvolvi- mento de uma solução para acompanhamento orçamentário, reunindo informações provenientes de sistemas existentes na companhia, como o PDG- Programa de Dispêndios Globais e o PAN – Plano Anual de Negócios, além de informações oriundas dos próprios clientes. A ferramenta oferece painéis gerenciais, criados sob medida, com diferentes visões e níveis de detalhamento, que podem ser configurados para apresentar as particularidades de cada cliente. Além disso, permite análise dinâmica e exploratória e contém recursos visuais sofisticados para utilização em reuniões e apresentações. 5.SISTEMA ÓPTICO NA FAIXA DO GASODUTO URUCU-COARI- MANAUS A Rede óptica de provimento de serviços de telecomunicações para Unidades da Petrobras localizadas na regiãoeatendidaspelogasodutoUrucu- Coari-Manaus. Instalada ao longo de 663 quilômetros de duto, atende aos tráfegos de automação e corporativo Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  61. 61. 61 Principais Realizações > Multiclientes com serviços de telecomunicações de alto desempenho e confiabilidade. Do ponto de vista operacional, o sistema óptico possibilitou o acesso remoto aos equipamentos de controle de automação, evitando o deslocamento de técnicos até o local e reduzindo os custos de operação, principalmente com logística. Foram também instaladas câmeras de CFTV (Circuito Fechado de TV) que permitem uma completa monitoração do sistema de segurança, viabilizando operações precisas e seguras no gasoduto e minimizando riscos humanos, do meio ambiente e do negócio. 6.GGAS-SISTEMADEGESTÃO COMERCIAL DE GÁS NATURAL O Sistema de Gestão Comercial de Gás Natural (GGAS) tem por objetivo auxiliar na gestão da área comercial das companhias distribuidoras. Permite o acompanhamento da medição de consumo, dos contratos de comercialização, faturamento, cobrança, arrecadação e cadastros dos clientes. O sistema também disponibiliza dados para integração com outros aplicativos de gestão. Dentreosbenefíciosdosistemaestão a racionalização e padronização de processos internos e o consequente retorno financeiro. Cabe destacar ainda, a melhoria do acesso aos dados e informações, permitindo a integração com a holding e maior controle por parte dos acionistas. 7.PROREDE - PROJETOS EM DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURALÇ Auxilia na gestão dos projetos de investimento das companhias distribuidoras de Gás Natural. Dentre os projetos acompanhados, Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  62. 62. 62 Principais Realizações > Multiclientes destacam-se: as expansões da rede de gasodutos de distribuição, as interligações de novos clientes e as modernizações dos ativos utilizados para a atividade fim das distribuidoras das quais a Petrobras tem participação acionária. Além disso, permite a geração de indicadores de referência de custos por tipo de projeto de investimento. O projeto está alinhado ao Plano Estratégico da Petrobras, divulgado em 2011, uma vez que a distribuição de Gás Natural foi contemplada com grande parte dos investimentos do Gás & Energia. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  63. 63. 63
  64. 64. 64 Principais Realizações Créditofoto:JuarezCavalcanti
  65. 65. 65 1. Implantação do CAR 2. Migração das aplicações não críticas para hosting externo 3. TIC conectada a você: informação para o público estratégico 4. Assinador digital de documentos na Intranet com Carimbo de Tempo 5. Incorporação de tablets na arquitetura de mobilidade da Petrobras Toda a Petrobras
  66. 66. 66 Principais Realizações > Toda a Petrobras 1.IMPLANTAÇÃO DO CARÇ O CAR - Controle e Auditoria de Acesso a Arquivos da Rede - é um sistema que possibilita que a força de trabalho da companhia solicite permissão ou revogação do acesso às pastas das gerências, sem que seja necessário utilizar o Botão TIC ou a Central de Serviços. O pedido é realizado pelo usuário e aprovado pelo gestor da pasta ou por um de seus delegados. Além de agilizar o dia a dia da força de trabalho permitindo a concessão, em minutos, de acesso a pastas na rede, o sistema elimina fontes de erro e atrasos na execução manual das solicitações. Também permite aos gerentes, coordenadores, delegados e administradores a emissão de relatórios sobre as permissões de acesso às pastas e os ajustes dessas permissões. 2. MIGRAÇÃO DAS APLICAÇÕES NÃO CRÍTICAS PARA HOSTING EXTERNO A TIC pôs em prática a primeira migração de aplicações não críticas para o hosting externo (repositório de tais aplicações) da Petrobras. Todas as dificuldades técnicas encontradas ao longo do projeto foram, uma a uma, superadas graças à dedicação, ao empenho e à competência dos técnicos das gerências envolvidas. O esforço valeu a pena. A primeira área geográfica a concluir, com muito sucesso, a migração de todas as aplicações identificadas no escopo do trabalho, possibilitando, assim, a almejada redução de custo de infraestrutura para a companhia, foi a de Sergipe-Alagoas. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  67. 67. 67 Principais Realizações > Toda a Petrobras 3.TIC CONECTADA A VOCÊ: INFORMAÇÃO PARA O PÚBLICO ESTRATÉGICO O espaço “TIC conectada a você” foi criado para apresentar ao público estratégico da Petrobras os serviços que a unidade provê, bem como a composição dos custos mensalmenterepassadosaosclientes. O site esclareceu todos os benefícios incluídosemcadaprodutoousolução. Outro objetivo era o de comparar os custos de TIC de empresas com porte semelhante ao da Petrobras com o que é praticado internamente ao ambiente Petrobras. A ferramenta também apresentou as iniciativas da TIC para reduzir seus custos ao longo do ano e sugestões para que os próprios clientes avaliassem suas demandas e, consequentemente, o custo relacionado. 4. ASSINADOR DIGITAL DE DOCUMENTOS NA INTRANET COM CARIMBO DE TEMPO Em 2011, a TIC desenvolveu o Assinador Digital Petrobras com interface web. O sistema provê tanto a assinatura digital quanto a sua validação. A interface web permite o uso do assinador sem a instalação prévia de aplicativos. O sistema é importantíssimo para diversos processosdenegóciodaPetrobrasque necessitam de que a assinatura digital de um documento seja comprovada mais tarde. Com o carimbo de tempo, Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  68. 68. 68 é possível identificar a data e a hora da assinatura segundo o Observatório Nacional. Seus principais benefícios são a drástica redução de papel, a autenticação e o reconhecimento de firma intrínsecos à solução. As vantagens não param por aí. O sistema dificulta falsificações, dá maior celeridade ao processo e é reconhecido pela Justiça Brasileira. 5. INCORPORAÇÃO DE TABLETS NA ARQUITETURA DE MOBILIDADE DA PETROBRAS A evolução da tecnologia de comunicação e de computação móvel impôs que a Petrobras revisse seus padrões de equipamentos para incorporar em sua arquitetura o uso de tablets – computadores em forma de prancheta eletrônica, sem teclado e com tela sensível ao toque.A novidade veio se somar aos smartphones e notebooks utilizados há algum tempo pela companhia.A interface multitoque dos tablets favorece a interação dos usuários, a velocidade no acesso aos serviços da rede e a riqueza visual das aplicações. Sem falar que são equipamentos mais fáceis e agradáveis de serem usados. Pensando nesses benefícios, a TIC viabilizou, com aprovação da Diretoria Executiva, sua incorporação na nossa arquitetura de mobilidade. Principais Realizações > Toda a Petrobras Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  69. 69. 69
  70. 70. 70 Principais Realizações > TIC Créditofoto:RogérioReis
  71. 71. 71 1. Destaques TIC: reconhecimento dos profissionais que fazem a unidade 2. Melhorias na gestão de treinamento e desenvolvimento 3. Diagnóstico qualitativo da ambiência: melhorias para o ISE 4. Gestão de competências: o que temos e o que precisamos ter Pessoas
  72. 72. 72 Principais Realizações > TIC > Pessoas 1. DESTAQUES TIC: RECO- NHECIMENTO DOS PROFISSIONAIS QUE FAZEM A UNIDADE O Programa Destaques TIC reconhece anualmente gestores, empregados e equipes que se destacaram na melhoria dos processos, da ambiência organizacional e dos resultados da TIC e de seus clientes no ano anterior. O programa, que está em sua sétima edição, além de motivar a força de trabalho, tem como objetivo contribuir para a melhoria da ambiência organizacional. Em 2011, tivemos 87 projetos inscritos e um total de 478 profissionais destacados nas sete categorias do programa. A novidade desta edição foi a criação da categoria Desempenho em Processos, que ampliou o escopo de reconhecimento ao premiar equipesquesesobressaíramnaexecução de processos da Cadeia deValor daTIC. 2. MELHORIAS NA GESTÃO DE TREINAMENTO E DESENVOLVI- MENTO A TIC desenvolveu uma ferramenta que trouxe melhorias na gestão orçamentária de treinamento e desenvolvimento da unidade. Isso se deve ao aperfeiçoamento do controle financeiro, propiciado pelas planilhas de controle e com a automatização dos relatórios dinâmicos de acompanhamento dos principais gastos (matrículas externas e viagens) com capacitação de todas as gerências da unidade. Tais relatórios permitem que o acompanhamento seja realizado a partir da análise do Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  73. 73. 73 Principais Realizações > TIC > Pessoas Programa de Desenvolvimento de Recursos Humanos (PDRH) de cada gerência, podendo refletir também no PlanodeDesenvolvimentoIndividual(PDI) com os custos de cada empregado, se assim o gestor desejar. 3.DIAGNÓSTICO QUALITATIVO DA AMBIÊNCIA:MELHORIAS PARA O ISE Com o objetivo de levantar as principais questões que afetam as relações de trabalho na TIC, a unidade realizou um diagnóstico qualitativo complementar nas gerências com resultados mais críticos na pesquisa de ambiência. Isto é, aquelas cujo Índice de Satisfação do Empregado (ISE) ficou abaixo do índice da unidade. Foram realizados 54 grupos de foco e 41 entrevistas individuais, envolvendo, ao todo, cerca de 580 empregados. O resultado desse trabalho foi analisado e foram feitas devolutivas aos gerentes e às suas respectivas equipes com a indicação dos principais pontos a serem tratados no plano de ação para melhoria da ambiência. 4. GESTÃO DE COMPETÊN- CIAS: O QUE TEMOS E O QUE PRE- CISAMOS TER Na primeira fase do programa Gestão de Competências, foi elaborado um “itinerárioformativo”,cujoobjetivofoiindicar caminhos para serem percorridos pelos empregados na busca de conhecimentos para sua atuação profissional. O Projeto vem sendo desenvolvido desde 2009 e o mapeamento das competências exigidas para cada cargo foi finalizado em janeiro de 2011. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  74. 74. 74 Principais Realizações > TIC Créditofoto:GettyImages/ArquivoPetrobras
  75. 75. 75 1. Desdobramento do PAN 2012 de forma integrada para o E&P 2. Implantação do Centro de Competência de Integração (CCI) 3. Implantação do MDM-BP 4. Contratação de Serviço Móvel Pessoal, o SMP- celular 5. Reestruturação da TIC 6. Governança de indicadores 7. Desenho e implantação do processo de Gestão de Bens Patrimoniais da TIC Processos
  76. 76. 76 1.DESDOBRAMENTO DO PAN 2012 DE FORMA INTEGRADA PARA O E&P Em 2011, novas diretrizes para levantamento do PAN 2012 foram estabelecidas. Todas as Agilidades foraminstruídasesuasespecificidades locaisacompanhadaspelagerênciade Integração de Demanda e Arquitetura de E&P. A forma padronizada com que o PAN foi realizado permitiu a formação de uma carteira única de demandas. A partir da análise dessas demandas, foram geradas diversas possibilidades de integração das novas solicitações de desenvolvimento de sistemas com o catálogo de aplicação e/ou entre as próprias demandas. 2.IMPLANTAÇÃO DO CENTRO DECOMPETÊNCIADEINTEGRAÇÃO (CCI)( ) O projeto consistiu na implantação de estrutura com a missão de governar e construir soluções de integração de aplicações. Para tanto, processos devidamente alinhados com a Cadeia de Valor da TIC foram definidos, o que viabilizou tanto a construção quanto os testes das soluções. A capacitação da força de trabalho para o uso destes procedimentos e técnicas, bem como a complemen- tação da infraestrutura necessária para o provimento do serviço também foram contemplados pelo projeto. Com o CCI, a TIC espera reduzir custo total de propriedade (TCO) e o tempo de entrega de soluções devido a real possibilidade de reuso de serviços e dados. Pretende ainda Principais Realizações > TIC > Processos Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  77. 77. 77 Principais Realizações > TIC > Processos melhorar a gestão das informações custodiadas pela unidade, utilizando ferramentas que permitam identificar, para uma determinada informação, as aplicações que a acessam, quem autorizou tal acesso, como e por que. 3.IMPLANTAÇÃO DO MDM-BP A implantação do Master Data Management - Business Partner (MDM-BP) foi importante para melhorar a governança dos dados mestres, informações essenciais para a gestão dos processos de negócio. Ocorrida em outubro de 2011, a implementação é pioneira no uso do MDM pela Petrobras no Brasil e, na primeira fase, teve como foco sanear o cadastro de BP para o SAP. A solução avalia a qualidade das informações cadastradas em diversos sistemas sobre clientes, fornecedores, funcionários etc e, quando necessário, harmoniza os dados, evitando cadastros múltiplos e diferentes para uma mesma entidade que, porventura, desempenhe mais de um papel. 4.CONTRATAÇÃO DE SERVIÇO MÓVEL PESSOAL, O SMP- CELULAR Foi realizado um processo de licitação entre todas as operadoras de celular atuantes no território nacional, visandodisponibilizarumcontratopara fornecimento de serviço de telefonia móvel pessoal. O resultado foi a redução de custos com o serviço da ordem de 40%, Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  78. 78. 78 Principais Realizações > TIC > Processos representados por uma economia prevista em mais de R$ 27 milhões ao longo do contrato, além da padronização do serviço para usuários de todo o país. 5.REESTRUTURAÇÃO DA TICÇ Desde a época da fusão das unidades deTecnologia da Informação e de Telecomunicações, ajustes na estruturadaTICsefaziamnecessários, mas foi em 2011 que o projeto de reorganizaçãofoiaprovadoeinstituído. A partir disso, a TIC passou a contar com uma estrutura organizacional mais ágil, focada em seus clientes e nos novos desafios da companhia. ComacriaçãodasÁreasGeográficas, dos Centros de Provimento de Soluções e das Gerências Gerais especializadas no atendimento ao E&P e ao Abastecimento, a TIC evidenciou seu objetivo de tornar-se ainda mais flexível, de melhorar seu atendimento, seus prazos e custos. 6.GOVERNANÇA DE INDICADORES A definição de governança de indicadores teve como objetivo determinar, controlar e monitorar os indicadores necessários para a gestão da TIC, levando em conta sua “Razão de ser”, os resultados do negócio, a visão dos clientes, o Mapa Estratégico, Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  79. 79. 79 Principais Realizações > TIC > Processos a Cadeia de Valor e o Catálogo de Serviços TIC. Dentre os benefícios alcançados estão a definição de hierarquia para os indicadores; a otimização das agendas das Reuniões de Análise Crítica (RACs); a definição de cronograma para tratamento dos indicadores;acomunicaçãoperiódica aos clientes dos resultados dos indicadores; a inclusão de atividades decomunicaçãonosprocedimentos dos indicadores; a definição de critérios de desdobramento por cliente;e o estabelecimento de padrão para governança de indicadores. 7.DESENHO E IMPLANTAÇÃO DO PROCESSO DE GESTÃO DE BENS PATRIMONIAIS DA TIC A iniciativa formalizou um processo para aprimoramento da gestão dos ativos da Petrobras sob responsabilidade da TIC, de modo que os bens estejam devidamente cadastrados no sistema de controle de ativos da companhia, o SAP. Com a implantação do processo, foi possível a redução dos erros de classificação contábil e da ociosidade no uso dos ativos, além do fortalecimento dos mecanismos de gestão para garantia do cumprimento das exigências legais nacionais e internacionais referentes à demonstração do Ativo Imobilizado da Petrobras - como normas contábeis, legislação do imposto de renda, regulação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e Lei Sarbanes- Oxley. Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  80. 80. 80 Principais Realizações > TIC Créditofoto:Thinkstock
  81. 81. 81 1. Consolidação da administração dos servidores de correio 2. Implantação do Harem sem token 3. Avaliação de sistemas através de Teste de Invasão e Teste de Recursos de TIC 4. Ações em resposta à Pesquisa DSERV 5. Novo projeto gráfico do Notícias TIC 6. Programa de Ocupação do CIPD 7. Implantação do serviço de acesso à rede da Petrobras por meio de smartphones e tablets do próprio usuário Negócios
  82. 82. 82 Principais Realizações > TIC > Negócios 1.CONSOLIDAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO DOS SERVIDORES DE CORREIO Oprojetoconsistiunaconsolidação da administração dos servidores de correio, concentrando toda a operação no Rio de Janeiro e em São Paulo, sem aumento das equipes envolvidas. Além de compartilhar a administração do serviço para mais de 115 mil usuários, as equipes também garantem a contingência do serviço de correio. O projeto trouxe grande redução do custo operacional de administração do serviço, uma economia da ordem de R$2,8 milhões anuais, e foi implantado de forma transparente aos usuários, ou seja, sem impacto na disponibilidade do correio eletrônico. 2.IMPLANTAÇÃO DO HAREM SEM TOKEN A implantação do Harem sem Token simplificou o acesso remoto aos recursos disponíveis na Rede Integrada Corporativa da Petrobras. O desafio era prover esse tipo de acesso sem perda de segurança, o que foi possível através do uso de certificados digitais. Estes certificados foram instalados em todos os notebooks corporativos, em substituição à numeração antes exibida no token. Dessa forma, foi mantida a “autenticação por dois fatores”, que requer do usuário algo que ele tem - o certificado- e algo que ele sabe: a combinação de chave e senha. Com repercussão favorável, essa foi mais Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  83. 83. 83 Principais Realizações > TIC > Negócios uma das iniciativas da TIC com foco em simplificação de processos e serviços, e evidencia o esforço da unidade em ser ainda mais flexível. 3. AVALIAÇÃO DE SISTEMAS ATRAVÉS DE TESTE DE INVASÃO E TESTE DE RECURSOS DE TIC Através dos testes de invasão, os sistemas são avaliados com relação a sua segurança. A partir da análise de vulnerabilidades,aequiperesponsável indica o risco potencial aos gestores dos sistemas. Também avalia se as normas Petrobras e as melhores práticas em segurança estão sendo consideradas. Similarmente, diversos recursos de TIC, como pastas na rede, Citrix e ambiente Active Directory – no qual estão as informações de controle do acesso de usuários à rede - são testados. Este tipo de trabalho permite uma ação pró-ativa da TIC, identificando vulnerabilidades nos sistemas e recursos de TIC antes mesmo que possam ser exploradas. 4. AÇÕES EM RESPOSTA À PESQUISA DSERV O tratamento dos resultados da Pesquisa da Satisfação dos Clientes Internos da Área de Serviços da Petrobras é fundamental para que a TIC possa verificar a percepção dos representantes das áreas de negócio nos níveis executivo, estratégico e tático. A unidade analisou e detalhou os resultados da última pesquisa, identificou críticas e sugestões e os temas que necessitam de tratamento. A partir disso, criou uma metodologia para elaboração de um plano de ação, Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  84. 84. 84 com participação de gerentes de nível estratégico e tático da TIC, e com a aprovação do nível executivo. Desenvolvido em 2011, o plano será conduzido ao longo deste ano, e teve como objetivo alinhar os esforços e projetos da unidade às necessidades reais dos clientes da TIC. 5.NOVO PROJETO GRÁFICO DO NOTÍCIAS TIC O segundo ano de veiculação da revista eletrônica Notícias TIC foi marcado por seu novo projeto gráfico. A revista ganhou novas editorias e nova diagramação, ficando ainda mais atrativa e representativa para a força de trabalho da TIC. Com as mudanças propostas no início de 2011, a revista passou a destacar ainda mais as pessoas que fazem a TIC e o conceito de uma unidade integrada, detalhando as soluções desenvolvidas para as unidades clientes. Além de ter tornado o Notícias TIC uma ferramenta de comunicação interna mais robusta, o novo projeto gráfico possibilitou às edições uma finalidade ainda mais estratégica. Desde setembro, o Notícias TIC é enviado mensalmente também a todo o corpo gerencial da Petrobras, divulgando as conquistas e realizações da TIC. Principais Realizações > TIC > Negócios Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  85. 85. 85 6.PROGRAMA DE OCUPAÇÃO DO CIPD O projeto atendeu à nova diretriz de centralização do processamento no CIPD, o Centro Integrado de Processamento de Dados. Toda a infraestrutura distribuída nos demais centros de processamento de dados de produção foram concentradas no novo ambiente da Petrobras. Exemplo disso é que houve migração dos serviços de TIC dos CPDs do Ouro Negro e do terceirizado CPTI-VP, com a desativação destes locais. A infraestrutura dos sistemas SAP também foi migrada, garantindo a hospedagem desses ambientes no novo CPD corporativo da TIC, o que resulta em maior confiabilidade e robustez para esses serviços. 7.IMPLANTAÇÃODOSERVIÇO DEACESSOÀREDEDAPETROBRAS POR MEIO DE SMARTPHONES E TABLETS DO PRÓPRIO USUÁRIO Desde que a febre “Bring Your Own Device” (em português, “Use seu próprio dispositivo”) se espalhou por empresas de todo o mundo, a TIC tem sido solicitada a autorizar o acesso de smartphones e tablets - como iPads e iPhones - à rede corporativa. O projeto de implantação consistiu na disponibilização da infraestrutura necessária para o acesso à RIC e ao correioeletrônicoparausuários,apartir de seus dispositivos particulares. Principais Realizações > TIC > Negócios Os profissionais fotografados representam a equipe da TIC envolvida no projeto.
  86. 86. 86 Créditofoto:iStock
  87. 87. 87 1. Provimento de Serviços 2. Função Estratégica 3. Gestão Desafios TIC 2012
  88. 88. 88 Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços Provimento de Serviços 1. Sadoc: melhorias para o processo de negócio 2. Inteligência de negócios na gestão do Investimento Social da companhia 3. Novo PAN onda 2 4. Painel de controle para a alta administração 5. Planejamento de Custo de Pessoal (PCP) 6. Implantação do Software Commodity XL (CXL) 7. Implantação de solução técnica para gestão contábil do regime de Partilha de Produção 8. Escrituração Fiscal Digital Social 9. Adequação do Fluxo Aduaneiro 10. Evolução do sistema Solicitações de Serviços Técnicos 11. Evolução do Sistema de Controle Logístico do Gás Natural (SICLO GN) - Visão Comercial 12. Soluções de TIC para o Mercado de Distribuição de Gás Natural 13. Soluções de TIC para os Negócios de Fertilizantes no G&E 14. Implantação do Sistema de Gestão da Operação do parque gerador elétrico 15. Comunicação de dados das usinas para o ONS através da Rede Integrada Corporativa (RIC) 16. Unificação dos portais de inteligência de negócios e do portal de aplicações 17. Suporte Informacional ao Sistema de Gerenciamento de Risco da Área Internacional 18. Incorporação da Petrobras Bolívia, PIBBV Portugal e outras cinco Empresas Exploratórias ao ProAni 19. Sistemas específicos e soluções especializadas para o Cenpes 20. Centralização das demandas de SMES 21. Implantação do Sistema de Gerenciamento de Frotas na Amazônia 22. Atendimento às demandas Planejadas do GIOP 23. Gestão de dados aeroportuários 24. Atualização do parque de estações científicas 25. PIS e Cofins e SAP Hana: novidades para a Área Financeira 26. Implantação de uma Arquitetura de TIC para a Logística do Abastecimento 27. Integração dos serviços de TIC da Refap à Petrobras 28. Projetos de TIC para os Novos Empreendimentos do Abastecimento 29. Arquitetura empresarial 30. Ambientes de Redes Sociais na Petrobras
  89. 89. 89 Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços 1.SADOC:MELHORIAS PARA O PROCESSO DE NEGÓCIO O Sistema de Atendimento das Demandas dos Órgãos de Controle (Sadoc) consiste no mapeamento e na automatizaçãodeumprocessodenegócio, provendo mais eficiência e controle na execução das atividades. A solução tecnológica terá o objetivo de aprimorar o atendimento aos órgãos de controle governamental, como oTCU e CGU. O trabalho poderá ser estruturado com recursos como numeração de processos e identificação de ofícios. O sistema também fortalecerá o atendimento do Gapre e da Auditoria Interna, servindo como canal centralizador, permitindo também a rastreabilidade das demandas. 2. INTELIGÊNCIA DE NEGÓCIOS NA GESTÃO DO INVESTIMENTO SOCIAL DA COMPANHIA Para estruturar o volume das ações sociais da companhia, a TIC desenvolverá a solução Business Inteligence (BI) do Investimento Social, integrando informações do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania. A solução viabilizará a análise estratégica dos dados. Os principais objetivos são fornecer informações detalhadas à presidência da Petrobras, apoiar decisões relativas às futuras contratações de projetos, aprimorar a gestão e adequar investimentos às necessidades identificadas pelo Governo Federal. 3. NOVO PAN ONDA 2 O projeto Novo PAN tem o objetivo de substituir a arquitetura tecnológica do PAN, oferecendo uma única plataforma, já que ele é constituído pelos componentes R/3, BW e Hyperion.O projeto foi dividido em três “ondas”sucessivas.Aprimeiraintegrou informações e processos em uma base abrangendo a implementação do fechamento (repasses). A Onda 2 irá além: substituirá as ferramentas de Planejamento e Acompanhamento de Gastos para usufruírem dessa nova base única.
  90. 90. 90 Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços Outro grande desafio será o treinamento. Serão quase 4 mil usuários para capacitar, em dois meses. 4. PAINEL DE CONTROLE PARA A ALTA ADMINISTRAÇÃO O Dashboard para a Alta Administração possui valor estratégico para a companhia. Prioritário, ele permitirá que diretores e membros do Conselho de Administração acompanhem online os principais indicadores, através de diferentes dispositivos. O projeto inclui a contratação de licenças QlickView e de consultoria para o desenvolvimento dos dashboards. Inclui também o acompanhamento do projeto pela Petrobras para garantir que padrões e processos sejam seguidos. O conhecimentodaaplicaçãoseráabsorvido pela TIC para garantir a operação e evolução da aplicação. 5. PLANEJAMENTO DE CUSTO DE PESSOAL (PCP) Aumentaraprecisãodoplanejamento de custo de pessoal, através de melhorias no processo - esse é um dos principais objetivos do Planejamento de Custo de Pessoal (PCP). A nova solução está em conformidade com as diretrizes de gestão de capital. Disponibilizada no Portal SAP, ela irá melhorar a usabilidade para os planejadores de custo das áreas da companhia. Além disso, o PCP visa reduzir o esforço atual gasto no processo. Também pretende facilitar o acesso a informações precisas sobre o efetivo considerado para o PAN. 6. IMPLANTAÇÃO DO SOFTWARE COMMODITY XL (CXL) Avaliado com resultados positivos em 2011, o Software Commodity XL substituirá o Tempest, um sistema crítico para o Abastecimento e descontinuado pelo fornecedor. Por tratar-se de software do mesmo fornecedor do Tempest, estima- se menores custos de substituição tecnológica. Implantado, o software atenderá às necessidades de negócio de trading, gestãoderiscos,integraçãocomoSAP e apuração de resultados gerenciais
  91. 91. 91 Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços para as gerências executivas do Corporativo e de Marketing e Comercialização do Abastecimento. 7. IMPLANTAÇÃO DE SOLUÇÃO TÉCNICA PARA GESTÃO CONTÁBIL DO REGIME DE PARTI- LHA DE PRODUÇÃO A divulgação do novo marco regulatório trouxe grandes desafios para a Petrobras. A empresa, que investiu muito nos últimos anos para se adequar ao regime de concessão, agora precisa rever seus processos e se preparar para um novo regime de exploração e produção de hidrocarbonetos nas áreas estratégicas e de pré-sal no Brasil. Ainda não há uma previsão oficial para a realização da primeira licitação, entretanto, a TIC tem o desafio de viabilizar, de forma ágil e padronizada, uma solução sistêmica que atenda aos requisitos e aos prazos definidos pela União para operacionalização do novo regime. 8. ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL SOCIAL O projeto que atende o EFD Social, no âmbito do Programa SPED, compreende a geração e envio periódico de arquivos com infor- mações trabalhistas e previdenciárias, dentre outras, para a Receita Federal. Um dos principais desafios é a obtenção dos dados necessários que estão dispersos em diferentes plataformas tecnológicas e sistemas de informação. A adequação ao EFD Social pode contemplar alterações em processos e procedimentos da área de RH. Também deverá trazer benefícios em integridade e consistência de dados com outras obrigações acessórias atendidas pela Petrobras e subsi- diárias sem gestão tributária própria. 9. ADEQUAÇÃO DO FLUXO ADUANEIRO O objetivo do projeto é o de adequar o processo de pagamento de impor- tação de petróleo, derivados e Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), trazendo benefícios como o desmembramento do fluxo aduaneiro do financeiro, e a possibilidade de pagamento ao
  92. 92. 92 fornecedor sem obrigatoriedade do desembaraço da declaração de importação. Comaadequaçãodofluxoaduaneiro, também se espera maior prazo para negociação da taxa cambial pela Mesa de Operações, além da alteração de local de negócio, mesmo com fatura paga ao fornecedor. 10. EVOLUÇÃO DO SISTEMA SOLICITAÇÕES DE SERVIÇOS TÉCNICOS O sistema Solicitações de Serviços Técnicos (SST) é utilizado por toda a Área Financeira como ferramenta de registro e acompanhamento de solicitações técnicas. A Petrobras necessitou migrar o sistema para uma plataforma mais robusta e assimilar novas funcionalidades. O principal benefício para os clientes está na utilização de uma solução que atenda seus requisitos. O projeto de construção do novo SST é conduzido em Business Process Management System (BPMS), o “Sistema de Gerenciamento de Processos de Negócio”, como projeto piloto nesta arquitetura. Seu sucesso será um marco na adoção de uma nova tecnologia na Petrobras. 11. EVOLUÇÃO DO SIS- TEMA DE CONTROLE LOGÍSTICO DO GÁS NATURAL (SICLO GN) - VISÃO COMERCIAL SerãorealizadasmelhoriasnoSICLO GN para aprimorar e tornar mais flexível a recuperação e consolidação das informações dos contratos de venda de gás natural, com extensão das rotinas de extração de dados para o sistema BW. A solução também passará a agrupar as informações por tipo de cláusula contratual e segregará o acesso a grupos segundo os perfis da área comercial do G&E. O desafio é acrescentar atributos comerciais à solução de forma integrada e minimizando impactos, promovendo integração entre a logística e operação com a área comercial do G&E relacionada ao produto gás natural. Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços
  93. 93. 93 12.SOLUÇÕES DE TIC PA- RA O MERCADO DE DISTRIBUIÇÃO DE GÁS NATURAL A TIC vai dar suporte à ampliação do Mercado de Distribuição de Gás Natural através de iniciativas como: implantação de uma solução georreferenciada para o processo de distribuição, que contemplará todo o mercado atual e potencial das companhias distribuidoras de Gás Natural e incluirá a malha de gasodutos de distribuição, além das respectivas análises para prospecção de oportunidades de negócio; evolu- ção e ampliação do uso do Sistema de Gestão Comercial de Gás Natural (GGAS); consolidação do uso do Canal Cliente pelo G&E e suporte de TIC ao programa de relacionamento TOPGAS. 13. SOLUÇÕES DE TIC PARA OS NEGÓCIOS DE FERTILIZANTES NO G&E A TIC executará uma série de iniciativas voltadas à área de Fertilizantes: concepção e opera- cionalização do Sistema de Infor- mações de Fertilizantes com base no modelo já definido ao longo de 2010, que permitirá alimentação automática do otimizador PlanFert; suporte de TIC às três novas unidades de fertili- zantes; e desenvolvimento de solução para integrar as informações de Movi- mentação e Qualidade (BDEMQ) com o SAP ERP, trazendo benefícios ao processo de otimização das plantas. 14. IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA OPERAÇÃO DO PARQUE GERADOR ELÉTRICO A implantação do Sistema de Gestão da Operação vai aperfeiçoar a disponibilidade e eficiência na geração elétrica da Petrobras. O sistema permeará os processos das etapas de pré-operação, tempo real e pós-operação do parque gerador elétrico, abrangendo as áreas de Planejamento e Programação da Operação, Suporte à Manuten- ção de Turbomáquinas e Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços
  94. 94. 94 Contabilização e Liquidação de Energia e suportando funcionalidades como livro de ocorrências, programação de despacho elétrico, geração de vapor, titulação da energia gerada, planejamento e acompanhamento de intervenções e indisponibilidades, geração de dados de faturamento, comunicação com o PI e módulo PM. 15. COMUNICAÇÃO DE DADOS DAS USINAS PARA O ONS ATRAVÉS DA REDE INTEGRADA CORPORATIVA (RIC) O envio de dados de automação pelas usinas de geração elétrica para o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) passará a ser realizado através da Rede Integrada Corporativa (RIC) Petrobras. Dessa forma, o projeto trará mais segurança e confiabilidade ao tráfego de dados, redução de custos de conexão e centralização do suporte na área de infraestrutura da Petrobras. 16. UNIFICAÇÃO DOS POR- TAIS DE INTELIGÊNCIA DE NEGÓ- CIOS E DO PORTAL DE APLICAÇÕES A unificação dos Portais que concentram informações analíticas e aplicações transacionais vai oferecer aos usuários do Sistema Integrado de Gestão SAP ERP um ponto de acesso centralizado e organizado seguindo os preceitos da Cadeia de Valor da Petrobras. Pretende-se, deste modo, normalizar a organização de Relatórios, Painéis e Aplicações, diminuindo o esforço de localização de ferramentas e dos dados necessários para a condução dos processos organizacionais. 17. SUPORTE INFORMACIONAL AO SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE RISCO DA ÁREA INTERNACIONAL A TIC está apoiando a construção de um Sistema Integrado de Gerenciamento de Risco, com a disponibilização de um ambiente informacional comum a todos os Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços
  95. 95. 95 envolvidos nas discussões do tema, como forma de permitir a identificação rápida e eficiente dos fatores que podem comprometer o resultado esperado das operações da Área de Negócios Internacional (ANI). A iniciativa contribuirá para a consolidação da dimensão de Aprendizado & Crescimento do BSC (Mapa Estratégico) da ANI, alavancando o desenvolvimento dos processos de negócio, estimulando a integração de sistemas de informação e o compartilhamento de conhecimento. 18. INCORPORAÇÃO DA PETROBRAS BOLÍVIA, PIBBV PORTUGAL E OUTRAS CINCO EMPRESAS EXPLORATÓRIAS AO PROANI Atendendo à estratégia da Área Internacional de garantir a gestão empresarial alinhada às orientações corporativasdegovernança,padronização e implantação de processos, será implantado o Modelo de Negócios Internacional na Petrobras Bolívia e o Modelo Simplificado na PIBBV Portugal e outras cinco empresas em estágio exploratório (localizadas na Namíbia, Gabão, Benin, Nova Zelândia e Austrália). A iniciativa contribuirá para os resultados de negócio dessas empresas, ao permitir maior integração nas organizações, disponibilidade de informação única dos resultados das áreas de negócio e otimização de recursos. 19.SISTEMASCIENTÍFICOS E SOLUÇÕES ESPECIALIZADAS PARA O CENPES Entre os desafios da TIC para 2012 estão o provimento de sistemas computacionais científicos, em apoio às atividades fim da companhia; e soluções de visualização e imersão, que permitem a integração da Petrobras com o mundo acadêmico e demais áreas da companhia. Isso através de soluções de realidade e passeios virtuais, operação remota de plantas e centros de suporte à decisão. A análise de modelos usando ambientes virtuais – como o Núcleo de Visualização e Colaboração (NVC) Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços
  96. 96. 96 – facilita a troca de informações e a validaçãodedadosdeformaintegrada, o que otimiza tempo e custo. 20. CENTRALIZAÇÃO DAS DEMANDAS DE SMES Iniciar o processo de centralização das demandas de TIC na área de SMES por meio de uma parceria com a gerência de Desempenho em SMS e Eficiência Energética do SMES (SMES/DS).Apropostaéquequalquer demanda, inicialmente de soluções e serviços de software do SMES, seja direcionada para esta gerência – que será responsável por validá-la e verificar a aderência da solicitação às necessidades da área. 21. IMPLANTAÇÃO DO SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE FROTAS NA AMAZÔNIA A complexidade logística da Amazônia exige um controle eficiente de todas as formas de transporte utilizadas pela companhia naquela região. Para suprir essa dificuldade, a TIC implantará na UO-AM um sistema que permite à Área de Transportes visualizar informações como localização, velocidade, condutores e outros parâmetros do processo. Com ele, os gestores poderão controlar os recursos logísticos e aumentar a velocidade na tomada de decisão de priorização de cargas e veículos. 22. ATENDIMENTO ÀS DEMANDAS PLANEJADAS DO GIOp O crescimento acelerado e a complexidade das atividades de operações do E&P exigem permanente evolução na forma de executá-las. Para auxiliar nesse desafio será implantando pelo E&P, o Gerenciamento Integrado das Operações (GIOp), que busca definir uma nova forma de trabalhar com base nas pessoas, na melhoria dos processoseaaplicaçãodetecnologias. A TIC tem como desafio implementar as demandas do GIOp (BC, ES, RIO e BS) previstas, provendo os recursos necessários para sua realização no prazo e custo planejados. Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços
  97. 97. 97 23. GESTÃO DE DADOS AEROPORTUÁRIOS A área de Serviços de Logística do E&P conta com um total de 74 helicópteros para transportar, por ano, cerca de 800 mil colaboradores. Até 2013, o número de passageiros deve saltar para 1 milhão, por conta das atividades do pré-sal.Para automatizar e permitir uma visão unificada de todo processo de embarque e desembarque aéreo, além de garantir o fluxo de informações entre clientes, colaboradores e demais áreas, a TIC desenvolveu, no último ano, a ideia do projeto Gestão de Dados Aeroportuários (Gedae). O desafio de 2012 e dos anos seguintes será a implementação de todas as soluções de informática e telecomunicações indispensáveis para o projeto, como a instalação das redes de comunicações e de servidores; a aquisição de equipamentos para identificação biométrica e impressão de etiquetas e vouchers; o sistema de planejamento, gestão e controle do processo; e demais componentes necessários para um projeto desta magnitude. 24. ATUALIZAÇÃO DO PARQUE DE ESTAÇÕES CIENTÍFICAS A TIC tem ainda mais dois desafios a serem postos em prática no E&P. A atualização do parque das estações científicas do E&P, que permitirá aos clientes do serviço “Alto Desempenho” utilizar versões atualizadas de aplicações científicas. O segundo desafio é a contratação de recursos de infraestrutura para atender às demandas de processamento sísmico e de alto desempenho para um período de cinco anos.Com isso, será possível reduzir os custos com aquisições e também os riscos exploratórios. 25. PIS E COFINS E SAP HANA: NOVIDADES PARA A ÁREA FINANCEIRA Para a Área Financeira, a TIC tem pela frente três grandes metas. A implantação do programa PIS e COFINS para gerar arquivosquecompõemoSPED-EFD-PIS/ Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços
  98. 98. 98 Cofins.O programa também servirá como piloto para a implantação do SAP HANA, outrograndedesafiodaTIC.Atecnologiaé uma combinação de software e hardware dedicados e de alta performance, que possibilita a análise de grandes volumes de dados em tempo real. Por fim, será criado o Sistema de Extração e Geração de Arquivos de Escrituração Fiscal Digital do PIS/Pasep e da Cofins. 26. IMPLANTAÇÃO DE UMA ARQUITETURA DETIC PARA A LOGÍSTICA DO ABASTECIMENTO Para atender ao Plano de Investimentos da Petrobras e sua demanda por informações e recursos logísticos, será implantada uma arquitetura de TIC visando à redução da complexidade das soluções tecnológicas que permita a reutilização de seus componentes, atendendo com maior agilidade as demandas de informação. O consumo destas informações deverá ser realizado por um ponto único de acesso às aplicações, aos relatórios padronizados, às informações não- estruturadas e aos fluxos de tomadas de decisão, tornando transparente para o consumidor final da informação a solução tecnológica adotada. 27. INTEGRAÇÃO DOS SERVIÇOS DE TIC DA REFAP À PETROBRAS O projeto de integração da Refap à Petrobras visa ajustar as aplicações e os serviços de TIC para que a refinaria adote os mesmos padrões e definições atualmente aplicados às demais unidades de operações do Abastecimento, contemplando as seguintes atividades: integração da infraestrutura e atendimento de TIC; integração das aplicações SAP e não SAP; integração dos serviços de telecomunicações; cadastramento de micros, notebooks e impressoras no BDGC (Banco de Dados da Gerência de Configuração);migração do serviço de atendimento local. Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços
  99. 99. 99 28.PROJETOSDETICPARA OS NOVOS EMPREENDIMENTOS DO ABASTECIMENTO Com a entrada em operação da RNEST, prevista para dezembro, a implantação dos sistemas de telecomunicações e TI será um grande desafio. O mesmo acontecerá em algumas unidades do COMPERJ que operam a partir de 2012. No caso das refinarias Premium I e II, o desafio será apoiar as áreas do Abastecimento na análise do projeto básico de TIC destas unidades e o suprimento de infraestrutura de TIC. 29. ARQUITETURA EMPRESARIAL Desenvolver projeto de implantação de Arquitetura Empresarial que prima por evidenciar as arquiteturas tecnológicas, de processos e de aplicação,bemcomoumametodologia de governança dessas informações. Tudo isso baseado na metodologia TOGAF. Em resumo, o projeto pretende reunir em uma única base de informações o mapa de aplicações, processos e tecnologia, bem como todo o interelacionamento de seus componentes. Isto permitirá uma análise de impacto e risco detalhada, bem como a geração de relatórios consolidados do relacionamento dos diversos ativos de TI, provendo insumos para os gestores melhorarem seus processos de Governança de TI. 30.AMBIENTES DE REDES SOCIAIS NA PETROBRAS Estruturar a implantação de redes sociais na Petrobras, que contribuirá para a aceleração dos processos de negócioapartirdocompartilhamentode informações e boas práticas, formação de comunidades de especialistas e de interesse, acesso ao conhecimento e interação social. Por ser dinâmico, este ambiente se oferece como boa oportunidade para a contrataçãodeserviçosdecomputação em nuvem, permitindo maior agilidade na entrega dos serviços, além de melhor controle dos custos. Desafios TIC 2012 > Provimento de Serviços
  100. 100. 100 Função estratégica 1. Centralização dos CPDs da TIC 2. Login único 3. Ampliação do uso de dispositivos e soluções móveis 4. Gestão de Continuidade de TIC para os Negócios Críticos da Petrobras 5. RACE – Sistema de Revisão de Acessos 6. Novo Modelo de Gerência de Requisitos e Modelagem de Processo 7. Soluções de software com foco em reuso 8. Redução do acervo de soluções em plataformas tecnológicas em desuso 9. Implementar Tecnologia de Nuvem Privada no CIPD 10. Implantação do Projeto de Otimização de Impressão 11. Criação de ambiente integrado de gestão e controle de dados 12. Desenvolvimento da Arquitetura de Aplicações na TIC 13. Adoção do Gerenciamento Automatizado de Regras de Negócio (BRMS) Desafios TIC 2012 > Função Estratégica
  101. 101. 101 1. CENTRALIZAÇÃO DOS CPDs DA TIC Neste ano, temos também como desafio a finalização da segunda etapa da migração de todos os serviços e servidores hospedados no Centro de Contingência da TI no Rio de Janeiro para o Centro Integrado de Processamento de Dados (CIPD). Também será iniciada e concluída a terceira etapa de migração com a mudança de todos os serviços e servidores hospedados no Edise e a consolidação dos Centros de Processamentos de Dados (CPDs) das regionais no CIPD. 2.LOGIN ÚNICO A implantação do login único (funcionalidade também conhecida como Single Sign-On) permitirá que o usuário digite a senha uma única vez e se autentique em todos serviços na rede integrados à solução. Esta facilidade irá oferecer maior conforto aos usuários e também aumentará a segurança, uma vez que permite a propagação da identidade do usuário aos webservices invocados. A TIC realizaráaespecificaçãoeimplantação da infraestrutura necessária, definirá os padrões de desenvolvimento e a capacitação, além do treinamento das equipes de suporte na tecnologia e nos produtos envolvidos. 3. AMPLIAÇÃO DO USO DE DISPOSITIVOS E SOLUÇÕES MÓVEIS Seja com a tecnologia de voz sobre IP, seja com dispositivos móveis como smartphones e tablets, o objetivo é ampliar o conceito de mobilidade na Petrobras. Com a telefonia IP, será possível realizar e receber ligações através dos notebooks com softphone conectado à rede Petrobras de qualquer lugar do mundo, como se estivesse no seu ramal, com custos muito menores. Quanto aos dispositivos móveis, será criada a infraestrutura do serviço necessária ao provimento de tablets e smartphones corporativos – além da implantação da governança de Desafios TIC 2012 > Função Estratégica
  102. 102. 102 Desafios TIC 2012 > Função Estratégica desenvolvimento em aplicativos e ampliação do painel de liberações. 4.GESTÃO DE CONTINUIDADE DETIC PARA OS NEGÓCIOS CRÍTICOS DA PETROBRAS Com o objetivo de evitar a descontinuidade dos sistemas que apóiam os processos mais críticos da companhia, a TIC elaborará uma metodologiadegestãodecontinuidade de negócios baseada na norma ISO- 15999, com foco em TIC, e a aplicará em, ao menos, um processo crítico piloto. A metodologia será composta da identificação da solução de contingência operacional de negócio, que deverá operar até que o sistema volte ás condições normais de funcionamento, e critérios para identificação de requisitos de continuidade, análise de impacto no negócio, avaliação do risco e mitigação correspondente. 5. RACE – SISTEMA DE REVISÃO DE ACESSOS Os gerentes devem revisar periodicamente os direitos de acesso da equipe aos recursos da informação. Entretanto, não há ferramenta disponível para ajudá-lo nesta atividade. O RACE tem como objetivo facilitar a revogação destes direitos através do acesso a um único sistema que faz a interface com os diversos sistemas e serviços que revogam os acessos. Com o RACE, os gerentes poderão, ainda, incluir recursos extras para seu controle particular, ampliando a geração de valor deste tipo de sistema. 6. NOVO MODELO DE GERÊNCIA DE REQUISITOS E MODELAGEM DE PROCESSO O desafio será implementar o modelo conceitual definido no projeto Modelagem de Projeto e Gerência de Requisitos SAP. Uma das principais alterações propostas é trabalhar com uma base de requisitos e não de documentos. Isso reflete a expectativa de como a área de desenvolvimento SAP deseja trabalhar a gerência
  103. 103. 103 Desafios TIC 2012 > Função Estratégica de requisitos e a modelagem de processos. O objetivo é prover maior agilidade na especificação das funcionalidades e da rastreabilidade, desde o processo de negócio até os artefatos de especificação dos sistemas. Obtém-se, desta forma, uma análise de impacto e de risco mais rápida e consistente, além de possibilitar uma efetiva análise de redundância e saneamento dos desenvolvimentos. 7.SOLUÇÕES DE SOFTWARE COM FOCO EM REUSO Estudar e definir regras e diretrizes para softwares, tanto para aumentar o reuso dos já existentes quanto focar o desenvolvimento que permita o reuso. As vantagens esperadas de reuso são, naturalmente, a redução de prazos de entrega de soluções e a redução de custos pela redução do trabalho. Contudo, uma vantagem pouco visível, mas muito valiosa para a companhia, é o aumento da qualidade e confiabilidade das soluções, que passam a utilizar mais softwares já exaustivamente “testados pelo uso”. 8. REDUÇÃO DO ACERVO DE SOLUÇÕES EM PLATAFORMAS TECNOLÓGICAS EM DESUSO Analisar e repensar as aplicações desenvolvidas em plataformas em desuso. O objetivo é reduzir a variedadedoconjuntodeinfraestrutura e oferecer soluções mais modernas, com maior confiabilidade e funcionalidades. Será avaliada a possibilidade de reconstrução das aplicações em plataformas mais modernas ou sua eliminação, a partir da fusão com outras já existentes. 9. IMPLEMENTAR TECNOLOGIA DE NUVEM PRIVADA NO CIPD O serviço de orquestração de nuvem privada (Cloud Privada), no Centro Integrado de Processamento de Dados, permitirá maior agilidade no fornecimento de recursos de TIC às unidades clientes.Também contribuirá para a melhor aferição dos custos

×