SlideShare uma empresa Scribd logo
Quem teme cobra e lagarto,
Quem passarinhos receia,
Perde a vida sem combate,
Não prepara, nem semeia.
Casimiro Cunha
Gotas de luz - Cap. 13 - Anexins de sempre
A Soma de todos os Medos
ESTA É UMA SOCIEDADE AMEDRONTADA.
O excesso de tecnicismo com a correspondente ausência de solidariedade humana produziram a
avalanche dos receios.
Joanna de Angelis - O Homem Integral - 1º Parte - Cap. 4 - Medo
OS MEDOS NA VIDA - A soma de todos os Medos
 Medo de cair, de sair, de se divertir, da felicidade, da
fatalidade, da bala perdida, da fome, de ter e de
perder, seja lá o que for!
 Medo de envelhecer, das rugas, dos cabelos brancos,
da osteoporose, da menopausa, da calvície, de virar
pó.
 Medo de olhar no espelho; do fracasso, da
decadência, da não-reação, do marasmo, da
acomodação.
 Medo de não ter o filho desejado, de não vê-lo
crescer, de vê-lo adoecer, de não vê-lo feliz.
 Medo do chefe que grita, que não elogia, que não
explica, que não brinca, que só xinga, que assedia.
E, por fim, o medo de não ter coragem para
enfrentar tudo isso, mesmo que isso não tenha fim...
Ana Beatriz Silva - Mentes com Medo: da compreensão à
superação – Introdução
Medo de trabalhar.
Medo de servir.
Medo de fazer amigos.
Medo de desapontar.
Medo de sofrer.
Medo da incompreensão.
Medo da alegria.
Medo da dor.
E alcançam o fim do corpo, como sensitivas
humanas, sem o mínimo esforço para enriquecer a
existência.
Na vida, agarram-se ao medo da morte.
Na morte, confessam o medo da vida.
Emmanuel – Fonte Viva – Cap. 132 – Tendo Medo
OS MEDOS NA VIDA – e o Evangelho do Cristo
Na Parábola dos Talentos, O SERVO NEGLIGENTE ATRIBUI AO
MEDO A CAUSA DO INSUCESSO em que se infelicita.
Recebera mais reduzidas possibilidades de ganho.
Contara apenas com um talento e temera lutar para valorizá-lo.
Quanto aconteceu ao servidor invigilante da narrativa
evangélica, há muitas pessoas que se acusam pobres de recursos
para transitar no mundo como desejariam.
E recolhem-se à ociosidade, alegando o MEDO DA AÇÃO.
E alcançam o fim do corpo, como sensitivas humanas, sem o
mínimo esforço para enriquecer a existência.
Na vida, agarram-se ao medo da morte.
Na morte, confessam o medo da vida.
Carregando débitos e inibições, contraídos em existências passadas ou adquiridos agora, proclamamos em palavras sentidas
que Jesus é o nosso DIVINO MÉDICO.
[...] mas é preciso considerar que o facultativo, mesmo sendo Nosso Senhor Jesus Cristo, não pode salvar o doente e nem
auxiliá-lo de todo, se o doente persiste em fugir do remédio
Emmanuel – Livro da Esperança – Cap. 78 – Ante o Divino Médico
 Medo de trabalhar.
 Medo de servir.
 Medo de fazer amigos.
 Medo de desapontar.
 Medo de sofrer.
 Medo da
incompreensão.
 Medo da alegria.
 Medo da dor
Mateus – 25:14-30
Parábola dos Talentos
Emmanuel – Fonte Viva – Cap. 132- Tendo Medo
Pedro
Nicodemos
Seguidores/crucificação
OS MEDOS NA VIDA - O que é o Medo?
É um sentimento de inquietação, de apreensão em
face de um perigo real ou imaginário
É uma reação em cadeia no cérebro que tem início
com um estímulo de estresse e termina com a
liberação de compostos químicos que causam
aumento da freqüência cardíaca, aceleração na
respiração e energização dos músculos.
Dicionário Caldas Aulete
Descrição Clinica
OS MEDOS NA VIDA - O que é o Medo?
A criatura passa a
ser "a opressora
de si própria"; há
um verdadeiro
"campo de
batalha" em seu
mundo interior,
provocando
alterações de
comportamento
físico, emocional
e mental.
Hammed - A Imensidão dos
Sentidos – Cap. 19 – Auto-Obsessão
O MEDO pode ser definido como um
estado psíquico de inquietação
constante, agitação ou
impaciência diante de um perigo
real ou imaginário.
Classificamos o MEDO como dos
piores inimigos da criatura, por
ALOJAR-SE NA CIDADELA DA ALMA,
atacando as forças mais profundas.
André Luiz – Nosso Lar – Cap. 42 – A Palavra do Governador
Hammed – As Dores da Alma – Cap. 6 - Medo
OS MEDOS NA VIDA - O que é o Medo?
É UM SENTIMENTO DE INQUIETAÇÃO,
de apreensão em face de um perigo
real ou imaginário
É UMA REAÇÃO EM CADEIA NO
CÉREBRO que tem início com um
estímulo de estresse e termina com a
liberação de compostos químicos que
causam aumento da freqüência cardíaca,
aceleração na respiração e energização
dos músculos.
É UM ESTADO PSÍQUICO de
inquietação constante, agitação ou
impaciência diante de um perigo real ou
imaginário.
Classificamos o MEDO como dos piores
inimigos da criatura, por ALOJAR-SE
NA CIDADELA DA ALMA, atacando
as forças mais profundas.
Aspecto Espiritual
Aspecto Psíquico
Aspecto Fisiológico
Aspecto Emocional
Variam ao infinito as consequências do medo: fuga, gestos de proteção, gritos, tremor, palidez, dilatação das pupilas, suores
frios, respiração ansiosa ou suspensa, palpitações cardíacas, suspensão da secreção salivar, lágrimas, imobilidade, mutismo.
Kleber Halfeld - Reformador - 1990 - Fevereiro – Medo – preconceito dos nervos
Enciclopédia Larousse Cultural
Hammed – As Dores da Alma – Cap. 6 - Medo André Luiz – Nosso Lar – Cap. 42 – A Palavra do Governador
O Homem =  Bio + Psico + Espiritual
O RESULTADO DO
MEDO em nossas vidas
SERÁ A PERDA DO
NOSSO PODER DE
PENSAR
E AGIR COM
ESPONTANEIDADE, pois
quem decidirá como e
quando devemos atuar será a
atmosfera do temor que nos
envolve.
Hammed – As Dores da Alma – Cap. 6
- Medo
OS MEDOS NA VIDA - O que é o Medo para Você?
MEDO
Escravidão Intermitente
Fardo Imensurável
Barreira Invisível
Poço Infinito
Inimigo Íntimo
O MEDO DESTRÓI
O FUTURO !!!
OS MEDOS NA VIDA - O que Temer?
PASSO A MÃO PELA TESTA
E SINTO O SUOR DA TENÇÃO
UM GRITO SECO E SURDO ME ATORDOA
O DESEQUILÍBRIO EXPANDE SUA FORÇA
PASSO A MÃO PELA TESTA
E O SUOR GOTEJA EM MEUS OLHOS
NA CRUZ QUE EU MESMO FIZ
COM PEDAÇOS DE DORES E APREENSÕES
PASSO A MÃO PELA TESTA
E O SANGUE DA IMAGEM MEDROSA
ABRE O SEU CIRCO DE HORRORES EM MIM
ACOVARDANDO-ME NO ÓDIO REPRIMIDO
PASSO A MÃO PELA TESTA
E ME OCORRE UM PENSAMENTO
"DEUS É A LUZ QUE AQUECE O DESALENTO
NO CONFORTO DA RIQUEZA UNIVERSAL"
PASSO A MÃO PELA TESTA
E O SUOR SECOU...
Luiz Antônio Gasparetto – Atitude – Pag. 100
Teme apenas a ti mesmo
Na esfera de teu dever.
Quem se amedronta consigo
Nada mais tem a temer.
Casimiro Cunha – Gotas de luz -
Cap. 20 - Sementes do caminho
OS MEDOS NA VIDA - A Soma de todos os Medos
MEDOS
NEURÓTICOS
MEDOS USUAIS
MEDOS NATURAIS

Eternidade
 Fobia de Animais
 Fobia de fenômenos atmosféricos
 Fobias de sangue, feridas, etc.
 Fobias de elevador/avião/escuro.
 Fobia Social/Crítica
 Síndrome do Pânico/ TOC
 Medo de Morrer
 Medo da Velhice
 Medo de Doença/Mutilação
 Medo da Pobreza
 Medo da Crítica/Desafios
 Medo da perda de afeto profundo/abandon
 Medo da Morte/Conservação
 Medo do Desconhecido
 Medo de Fogo, incêndios.
 Medo do Mar
 Medo de Escuro
 Medo de Tempestade
O medo patológico é
aquele no qual o indivíduo
se sente incapaz de se
conduzir e de se afirmar na
vida, com medo de tudo e
de todos.
Geralmente, esses
medos se
transformam em
manias, daí em
fobias, depois em
neuroses, podendo
evoluir para psicoses...
O medo normal/natural está ligado aos instintos primários de
sobrevivência, atuando como o principal agente da resposta de fuga ou luta.
OS MEDOS NA VIDA - CAUSAS PRINCIPAIS
MEDOS
NEURÓTICOS
MEDOS
USUAIS
Classificação
CAUSAS Características
1º - Conflitos herdados de existências
passadas infelizes.(ações negativas não
reparadas = consciência de culpa)
2º - Traumas vindas de
perseguição obsessiva na vida
espiritual e na Vida atual
(sofrimentos vivenciados no além-
túmulo e após a reencarnação
infringidos por desafetos)
3º - Vivências e experiências
conscienciais traumáticas desta
vida. (desequilíbrio da educação na
infância/juventude:
fantasmas/temores/violência)
1. Desproporcionais
2. Fuga
3. CONTROLE DIFÍCIL
4. Tratamento Psicológico
5. Tratamento Espiritual
6. PATOLÓGICOS
1. Proporcionais
2. Razões objetivas
3. PODE CONTROLAR
4. Tratamento do Auto-
esforço
5. Tratamento Espiritual
6. RACIONAIS/NORMAIS
Medo “Cármico”
Medo “Obsessor”
Medo “Opressor”
Fobias/Manias
Morrer/Velhice
Doenças/Perdas
Passado
Presente
AS EMOÇÕES REENCARNAM JUNTO
COM A PESSOA.
Na dinâmica emocional, as vidas passadas
respondem pelo maior acervo dos
desencontros emocionais reeditados na
vida atual.
Costumamos dizer que o que se apaga
das vidas passadas são os fatos, mas não
a memória emocional dos fatos.
Traumas de vidas anteriores reencarnam
junto no nível emocional.
Sérgio Luís da Silva Lopes – Revista A Reencarnação – No 425/2003: A Dinâmica Emocional nas Perturbações Obsessivas
OS MEDOS NA VIDA e as Emoções Passadas
INCONTÁVEIS
PESSOAS SE HÃO
SURPREENDIDO EM
FACE DAS
LEMBRANÇAS DAS
VIDAS PASSADAS, em
que mergulham
inconscientemente,
experimentando nas
evocações os estados
emocionais característicos
das personagens que antes
animaram.
Joanna de Ângelis –
Estudos Espíritas: Cap. 8 – Renascer
OS MEDOS NA VIDA - As Medos + Fobias Principais
MEDO de Morrer
MEDO da Velhice
MEDO da Doença
MEDO da Pobreza
MEDO da Crítica
MEDO da perda de afeto Profundo
FOBIA de Animais
FOBIAS de aspectos do ambiente natural
FOBIAS a sangue, injeções ou feridas
•FOBIAS a situações específicas (altura, andar de
avião/elevador, etc.)
•FOBIA Social
Síndrome do Pânico / Transtorno Obsessivo-Compulsivo
A criatura passa a
ser "a opressora
de si própria"; há
um verdadeiro
"campo de
batalha" em seu
mundo interior,
provocando
alterações de
comportamento
físico, emocional e
mental.
Hammed - A Imensidão dos
Sentidos – Cap. 19 – Auto-Obsessão
OS MEDOS NA VIDA - As Medos + Fobias Principais
MEDO de Morrer MEDO da Velhice MEDO da Doença
MEDO da Pobreza MEDO da Crítica
MEDO da perda de
afeto Profundo
FOBIA de Animais
FOBIAS de aspectos
do ambiente
natural
FOBIAS a sangue,
injeções ou feridas
•FOBIAS a situações
específicas (altura,
andar de avião /
elevador)
Síndrome de Pânico FOBIA Social
OS MEDOS NA VIDA - Qual o teu Medo Maior?
Medo da Morte
Medo da Velhice
Medo da Doença
Medo da Pobreza
Medo da Crítica
Medo da perda de
Afeto profundo
SAMPLING PESQUISA DE MERCADO - Painel de Consumo e Marcas
COMO
LIDAR
COM
ELES?
OS MEDOS NA VIDA - Os Medos Principais/Usuais
Medo da Morte Medo da Velhice
Medo da Doença
Medo da
Pobreza
Medo da Crítica
Medo da perda
de Afeto
profundo
OS MEDOS NA VIDA - Os Medos Principais/Usuais
O Medo da Morte é o medo da Vida não
vivida.
É o medo dos muitos débitos que temos
para com nossa própria vida, e que a
morte nos impedirá de saldar.
Eu não tenho medo dos anos e não penso
em velhice.
Sei que alguém vai ter que me enterrar,
mas eu não vou fazer isso comigo.
Só existe doenças porque há doentes.
No instante em que se renove
interiormente, o indivíduo não terá mais
doenças.
A maior pobreza não reside no cofre vazio
e,
sim, no coração ainda incapaz de abrir-
se à infinita riqueza do bem comum.
Quem não tem razão no que me crítica,
não merece resposta;
quem tem, está falando a verdade, e
contra a verdade ninguém nada pode.
Somente se perde o que realmente não
se tem.
Não existem afetos que se percam ou
desapareçam, mas fenômenos de
afetividade gerada por diversos motivos
que se alteram, se afastam, desaparecem,
não merecendo, portanto, maior aflição.
Medo da Morte Medo da Velhice
Medo da Doença Medo da Pobreza
Medo da Crítica
Medo da perda de Afeto profundo
Evaldo D`Assumpção – Sobre o Viver e o Morrer – Introdução/Cap. 4/Cap.6 Cora Coralina (1889/1985)
Divaldo Franco – Doenças e Curas – Grupo de Estudo Allan Kardec - Entrevista
Mariano José Pereira da Fonseca - Falando à Terra – Cap. 32 - Reflexões
Francisco Cândido Xavier – O Evangelho de Chico Xavier – Item 38 Joanna de Ângelis – Diretrizes para o Êxito – Cap. 6 – Medo e Autoconfiança
1. O instinto de conservação da vida
2. Predominância da Natureza Animal
3. Temporário olvido da vida espiritual
4. Receio de aniquilamento da vida
5. Terrorismo do modo de vida após a morte
6. Insuficiência de conhecimento sobre a
Vida Futura
1.7. Marketing negativo da Morte / Velório /
2.Enterro / Cemitério
8. Censura às comunicações entre mortos e
vivos
9. Apego as Coisas e/ou Pessoas
10. Temor de Você / do que Fez e/ou do que
Não Fez
MEDO DA MORTE – Por que? MEDO DA MORTE
• O MEDO DA MORTE É O MEDO DA
VIDA NÃO VIVIDA.
• É o medo dos muitos débitos que temos
para com nossa própria vida, e que a
morte nos impedirá de saldar.
• Reafirmamos, então, que quem teme a
morte teme a Vida. Em outras palavras;
quem não sabe Viver, certamente não
saberá morrer.
• Evaldo D`Assumpção – Sobre o Viver e o Morrer
• A morte é, por isso mesmo, o retrato da
vida.
• Emmanuel - Comandos do amor – Cap. 18
• A morte não seria problema se fosse o fim.
É problema grave porque significa vida,
recomeço e atividade nova.
• Emmanuel – Deus Conosco – item 336
• NÃO SUPERAÇÃO  Você pode se
transformar num PURITANO poluto, num
Beato falso, num Túmulo caiado.
O MEDO DA MORTE – É O MEDO DO “E AGORA JOSE?”
 E agora, José?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,
e agora, José?
e agora, você?
 Está sem mulher,
está sem discurso,
está sem carinho,
já não pode beber,
já não pode fumar,
cuspir já não pode,
a noite esfriou,
o dia não veio,
o bonde não veio,
o riso não veio,
não veio a utopia
e tudo acabou
e tudo fugiu
e tudo mofou,
e agora, José?
 Se você gritasse,
se você gemesse,
se você tocasse
a valsa vienense,
se você dormisse,
se você cansasse,
se você morresse...
Mas você não morre,
você é duro, José!
 Sozinho no escuro
qual bicho-do-mato,
sem teogonia,
sem parede nua
para se encostar,
sem cavalo preto
que fuja a galope,
você marcha, José!
José, para onde?
O Poema “José ”
de Carlos Drummond de
foi publicado originalmente em
na coletânea Poesias
1946
1981
1987
André Luiz
Evaldo Assumpção
Elisabeth Ross
2010
MEDO DA MORTE – Referências
MEDO DA VELHICE
• Eu não tenho medo dos anos e não
penso em velhice.
• Sei que alguém vai ter que me
enterrar, mas eu não vou fazer isso
comigo
• Cora Coralina (1889/1985)
• A velhice, pois, como índice de senilidade
improdutiva ou enfermiça, constitui,
portanto, apenas um estado provisório da
mente que desistiu de aprender e de
progredir nos quadros de luta redentora e
santificante que o mundo nos oferece.
• André Luiz
• A morte de um homem começa no instante em
que ele desiste de aprender.
• Mariano José Pereira da Fonseca
• NÃO SUPERAÇÃO  Você pode se
transformar num VELHOFÓBICO/NUM
VELHO IMPUBERE
Em todos os distritos da vida a criatura e tão jovem
quanto os ideais e esperanças que acalenta. E tão gasta
quanto o ceticismo ou o desanimo a que se entregue.
Emmanuel – Astronautas do Além – Cap. 26 - Idade
MEDO DA DOENÇA
A enfermidade ligeira É AVISO.
• A queda violenta das forças É ADVERTÊNCIA.
• A doença prolongada É SEMPRE RENOVAÇÃO DE
CAMINHO para o bem.
• A moléstia incurável no corpo É REAJUSTAMENTO
DA ALMA ETERNA.
• (..) tenho sido defrontado por grande número de ex-
tuberculosos e ex-leprosos, em lamentável posição
de desequilíbrio, afundados muitos deles em
charcos de treva, porque a moléstia lhes
constituiu tão somente motivo à insubmissão.
• Neio Lúcio
•Onde a cura para nossos males? Onde a maior terapia para os
nossos problemas? Na água fluidificada? Nos tratamentos espirituais?
(...) Diremos, em nossa pequenez, que estarão basicamente na
moralização do ser, sem qualquer menosprezo para com os
profissionais da cura.
•É pelo estudo e prática do Evangelho que nos tornamos os
agentes e os profissionais da nossa cura moral.
•Lentamente, através do tempo, camadas de erros e de crimes
serão dissolvidas pela dor e pelo sofrimento bem suportados, e
iremos progressivamente passando por etapas de soerguimento
moral, das quais nascerá o homem renovado para Jesus.
•Yvonne Pereira –
• NÃO SUPERAÇÃO  Você pode se transformar num
HIPOCONDRÍACO
MEDO DA POBREZA
• A maior pobreza não reside no cofre vazio e,
sim, no coração ainda incapaz de abrir-se à
infinita riqueza do bem comum.
•Mariano José Pereira da Fonseca
• Empobreçamo-nos de exclusivismo e
enriqueçamo-nos de fraternidade!
• Empobreçamo-nos de repouso indébito e
enriqueçamo-nos de serviço edificante!
• Atendendo a semelhante programa de sintonia
com o Alto, atingiremos, em breve tempo, os
tesouros da Glória Eterna
• Emmanuel
•"Valeu a pena?
• Tudo vale a pena
• Se a alma não é pequena”.
• Fernando Pessoa – Poema “Mar Portuguez”
•NÃO SUPERAÇÃO  Você pode se
transformar num SOVINA
São Contrabandistas na Vida Eterna...
Foram negociantes imprevidentes. Esqueceram de
cambiar as posses materiais em créditos espirituais. Não
aprenderam as mais simples operações de câmbio no mundo.
Quando iam a Londres, trocavam contos de réis por libras
esterlinas; entretanto, nem com a certeza matemática da
morte carnal se animaram a adquirir os valores da
espiritualidade.
Agora, que fazer? Temos os milionários das
sensações físicas transformados em mendigos da
alma.
MEDO DA CRÍTICA
• Quem não tem razão no que me crítica, não
merece resposta;
• Quem tem, está falando a verdade, e contra a
verdade ninguém nada pode.
• Francisco Cândido Xavier
• O anseio por conseguir o respeito da família e
da comunidade onde se movimenta, e as
dificuldades para permanecer irretocável
ensejam espaços emocionais para recear a
agressão inevitável da crítica pertinaz.
• Joanna de Ângelis
• Se trazes a consciência tranquila, as opiniões
negativas efetivamente não te alcançam.
• Diante de críticas recebidas, observa até que
ponto são verídicas e aceitáveis, para que
venhamos a retificar em nós aquilo que nos
desagrada nos outros
• Emmanuel
• NÃO SUPERAÇÃO  Você pode se
transformar num MELINDROSO/BIBELO
Toda vez que criticamos a experiência dos outros,
estamos apontando em nós mesmos os pontos fracos que
precisamos emendar em nossas próprias experiências.
André Luiz – Respostas da Vida – Cap. 15 - Viver
Sempre que a nossa palavra: censura, justifica, levanta,
rebaixa, deprecia, louva, depreda, restaura, complica, auxilia,
apoia, fere, abençoa ou condena seja a quem for, estamos
fazendo o nosso próprio retrato.
Albino Teixeira – Astronautas do Além – Cap. 21 – Auto-Retrato
MEDO DA PERDA DO AMOR PROFUNDO
• Somente se perde o que realmente não se
tem.
• Não existem afetos que se percam ou desapareçam, mas
fenômenos de afetividade gerada por diversos motivos
que se alteram, se afastam, desaparecem, não
merecendo, portanto, maior aflição.
• Joanna de Ângelis
• (...) Ama sempre libertando, sem impor teus conflitos e
anseios exorbitantes, a fim de que a tua presença seja
desejada e a tua ausência percebida.
• Joanna de Angelis
• Sê livre para amar, e não imponhas o domínio ou a posse
sobre ninguém, para poderes ser, não temido, mas,
realmente amado.
• Jacome Góes
• Não há ruptura de laços entre os que se amam no
infinito do espaço e na eternidade do tempo.
• Emmanuel
• NÃO SUPERAÇÃO  Você pode se
transformar num MISANTROPO/CIUMENTO
OBSESSIVO
Os que se casam, UNEM-SE E NÃO SE
FUNDEM, o que determina que cada qual
prosseguirá com suas conquistas e gostos,
preferências e realidades íntimas,
inteiramente “sui generis”.
Camilo - Educação e Vivências – Cap. 11
O labor fraternal,
o culto doméstico do Evangelho,
o pensamento de otimismo frequente e o
recolhimento da oração, a par do
uso da água magnetizada e do passe,
produzem expressiva terapêutica valiosa e de
imediatos resultados para a aquisição da saúde e da
renovação, COMBATENDO O MEDO.
Joanna de Angelis - Florações Evangélicas – Cap. 21 – Medo (1971)
“Silêncio + Oração + Serviço” - SOS
OS MEDOS NA VIDA - Diretrizes Evangélicas
“Sorrir + Orar + Trabalhar”
Fazer da queda um passo de dança,
DO MEDO UMA ESCADA,
do sonho uma ponte,
da procura um encontro.
Fernando Sabino – "O Encontro Marcado" – 1º Parte – A Procura
Teme apenas a ti mesmo
Na esfera de teu dever.
Quem se amedronta consigo
Nada mais tem a temer.
Casimiro Cunha – Gotas de luz - Cap. 20 - Sementes
do caminho
O correr da vida embrulha tudo, a Vida é
assim:
esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente É CORAGEM.
Guimarães Rosa – Grande Sertão Veredas – Pag. 334
Tive medo, não procurei esconder
Todos viram, fingiram
Pena de mim, não precisava
Ali onde eu tive medo
Qualquer um tinha.
Dar a volta por cima que eu dei
Quero ver quem dava.
Um homem de moral não fica no chão
Reconhece o medo e não desanima
Levanta, sacode a poeira.
E DÁ A VOLTA POR CIMA.
Paulo Vanzolini
Canção: Volta por cima (adaptado)
Enfrente o terrível de frente, mas não o enfrente só.
INIMIGO
ÍNTIMO
OS MEDOS NA VIDA - Os Medos Principais/Usuais
O Medo da Morte é o medo da Vida não vivida. É o medo dos muitos débitos que
temos para com nossa própria vida, e que a morte nos impedirá de saldar.
Eu não tenho medo dos anos e não penso em velhice.
Sei que alguém vai ter que me enterrar, mas eu não vou fazer isso comigo.
Só existe doenças porque há doentes. No instante em que se renove
interiormente, o indivíduo não terá mais doenças.
A maior pobreza não reside no cofre vazio e, sim, no coração ainda incapaz de
abrir-se à infinita riqueza do bem comum.
Quem não tem razão no que me crítica, não merece resposta; quem tem, está
falando a verdade, e contra a verdade ninguém nada pode.
Somente se perde o que realmente não se tem.
Não existem afetos que se percam ou desapareçam, mas fenômenos de
afetividade gerada por diversos motivos que se alteram, se afastam,
desaparecem, não merecendo, portanto, maior aflição
Medo da Morte
Medo da Velhice
Medo da Doença
Medo da Pobreza
Medo da Crítica
Medo da perda de
Afeto profundo
Evaldo D`Assumpção – Sobre o Viver e o Morrer – Introdução/Cap. 4/Cap.6
Divaldo Franco – Doenças e Curas – Grupo de Estudo Allan Kardec - Entrevista
Francisco Cândido Xavier – O Evangelho de Chico Xavier – Item 38
Cora Coralina (1889/1985)
Mariano José Pereira da Fonseca - Falando à Terra – Cap. 32 - Reflexões
Joanna de Ângelis – Diretrizes para o Êxito – Cap. 6 – Medo e Autoconfiança
OS MEDOS NA VIDA - As Fobias Principais
Fobias de animais
Fobias de aspectos do
ambiente natural
(trovoadas, enchentes,
terremotos)
Fobias a sangue,
injeções ou feridas
•Fobias a situações
específicas (altura,
andar de avião,
andar de elevador)
Transtornos de
Pânico
OS MEDOS NA VIDA - Medos x Fobias
Parâmetro MEDO FOBIA
Intensidade Temor PROPORCIONADO e
compreensível.
Temor DESPROPORCIONADO e irracional, apenas na aparência.
Causa Tem causas muito OBJETIVAS
quando analisado racionalmente.
Por exemplo: medo do futuro
devido à instabilidade econômica.
As causas quase sempre são TRANSPESSOAIS, isto é, vividas em
etapas da vida atual (gestação, primeira infância) ou em
EXISTÊNCIAS ANTERIORES.
Por exemplo: Fobia de animais, de altura, de lugar fechado.
Ação O indivíduo se defende com AÇÕES
E ARGUMENTOS LÓGICOS.
A defesa habitual é A FUGA, não enfrentar o objeto ou a
situação fóbica (mecanismo de prevenção e afastamento).
Controle O indivíduo PODE CONTROLÁ-LO de
alguma forma.
O indivíduo TEM DIFICULDADE DE CONTROLE, podendo ser
dominado completamente pelo medo.
Superação Pode-se superá-lo com ESFORÇOS
PESSOAIS, presididos pela vontade.
Para superá-la é necessário UM TRATAMENTO
PSICOLÓGICO/ESPIRITUAL.
Avaliação Muitos medos SÃO COMUNS E
FREQUENTES NA VIDA e vão sendo
vencidos com o tempo.
As fobias são SEMPRE PATOLÓGICAS. Para superá-las é
necessária uma terapia bem aplicada, especialmente a
psicoterapia transpessoal, onde são trabalhadas as causas
passadas geradoras da fobia.
Federação Espirita do Mato Grosso – Projeto Espiritizar – Cura Espiritual do Medo, das Fobias e do Pânico
OS MEDOS NA VIDA - As Fobias Principais
Transtornos de Pânico Fobia Social
Distúrbio de pânico encontra-se
enraizado no ser que desconsiderou
as Soberanas Leis e se reencarna com
predisposição fisiológica.
Imprimindo nos genes a necessidade
da reparação dos delitos transatos
que permaneceram sem justa
retificação, porque desconhecidos da
Justiça humana.
O fóbico social receia ser julgado e
avaliado pelos outros, pois os
comportamentos que mais temem são
falar, comer e beber diante das outras
pessoas, frequentar cursos, palestras,
festas cinemas, ou seja, qualquer
atividade social em lugares
movimentados.
O sentimento de inferioridade é o
grande dificultador da necessidade
dos relacionamentos seguros e sadios.
Esses desencadeadores dos transtornos neuróticos obsessivo-compulsivos, do ponto de vista
psicológico, encontram-se no inconsciente pessoal, como herança também de atos
transatos, sem dúvida, no qual estão inscritos igualmente os códigos das imagens
arquetípicas que permitem, por outro lado, vinculação com outras mentes ora
desencarnadas.
Transtornos Obsessivo-Compulsivo - TOC
Joanna de Angelis - Amor, Imbatível Amor - Cap. 48 - Síndrome do Pânico
Joanna de Angelis – Aspectos Psiquiátricos e Espirituais nos Transtornos Emocionais – Cap. 8 – TOC
Hammed – As Dores da Alma – Cap. 6 - Medo
OS MEDOS NA VIDA - Ideias Síntese
O MEDO ESTÁ NO ESPÍRITO
• Classificamos o medo como dos piores inimigos da criatura, por alojar-se na cidadela da alma,
atacando as forças mais profundas
O MEDO TRANSCENDE O TEMPO
• Transfere-se de uma vida para outra esse adversário do progresso humano, permanecendo até quando
a firme decisão de elevar-se e ser feliz propele o Espírito à luta sem quartel para superá-lo.
O MEDO ESVAZIA A VIDA
• O resultado do medo em nossas vidas será a perda do nosso poder de pensar e agir com
espontaneidade, pois quem decidirá como e quando devemos atuar será a atmosfera do temor que nos
envolve.
O MEDO É CONTAGIOSO
• O medo produz sintonia com aquilo que se teme, pela própria vibração que emite.
A VITÓRIA SOBRE O MEDO ESTÁ NA TUA LUTA
• O medo, portanto, oculta-se na fantasia de tudo muito fácil, sem suores nem lágrimas, sem
sofrimentos nem lutas, gerando incertezas em torno do ato de existir.
André Luiz – Nosso Lar – Cap. 42 – A Palavra do Governador
Manoel Philomeno de Miranda – Temas da Vida e da Morte – Cap. 9 - Medo e Responsabilidade
Hammed – As Dores da Alma – Cap. 6 - Medo
Vitor Hugo – Sublime Expiação – 1º Parte – Cap. 1 – A Carta
Joanna de Angelis - Conflitos Existenciais - Cap. 4 - Medo
AUTOCONSCIENTIZAÇÃO
• A coragem de manter contato com os próprios medos é recurso
terapêutico muito valioso para a sua erradicação, ou, pelo menos,
para a sua administração psicológica.
REEDUCAÇÃO MENTAL
• Se pensas no medo, ele assoma e te domina. Tudo pode ser
alterado sob a ação do pensamento.
ORAR/MEDITAR
• Considerando-se a possibilidade de alguns dos medos serem
inspirados por adversários desencarnados, a oração--terapia
gera um clima psíquico tão elevado que o opositor perde o
contato com a vítima.
LABORTERAPIA/AÇÃO ENOBRECEDORA
• O medo recua, na razão direta em que a disposição de atuar se
faz mais forte, da mesma maneira que o inverso é verdadeiro.
Herança moral jacente no Espírito, a este compete o dever de
considerar frontalmente a questão e empenhar-se por vencê-lo.
OS MEDOS NA VIDA - Superação - Diretrizes
Passo a mão pela testa
e o suor goteja em meus
olhos na cruz que eu
mesmo fiz com pedaços
de dores e apreensões.
Passo a mão pela testa
e me ocorre um
pensamento
“Deus é a luz que
aquece o desalento no
conforto da riqueza
universal”.
Passo a mão pela
testa
e o suor secou...
Antônio Luiz Gasparetto –
Atitude – Pag. 100: Dores e Apreensões
Joanna de Angelis - Conflitos Existenciais - Cap. 4 - Medo
Joanna de Angelis - Momentos de Felicidade – Cap. 5 – Pensamento e Vida
Joanna de Angelis - Conflitos Existenciais - Cap. 4 - Medo
Manoel Philomeno de Miranda – Temas da Vida e da Morte – Cap. 9 - Medo e Responsabilidade
OS MEDOS NA VIDA - Superação - Tratamentos
+
MATERIAIS ESPIRITUAIS
 Passes.
 Desobsessão.
 Entendimento das
causas espirituais.
 DEUS + TRABALHO +
RENOVAÇÃO.
 Farmacológico.
 Orientação Familiar.
 Psicoterapia.
 Terapia
comportamental.
Transfere-se de uma
vida para outra esse
adversário [o Medo] do
progresso humano,
permanecendo até quando
a firme decisão de elevar-
se e ser feliz propele o
Espírito À LUTA SEM
QUARTEL PARA
SUPERÁ-LO.
Manoel Philomeno
de Miranda – Temas da
Vida e da Morte – Cap. 9 -
Medo e Responsabilidade
OS MEDOS NA VIDA - Superação - Diretrizes - Síntese
DEUS
TRABALHO
RENOVAÇÃO
 DEUS: conhece você infinitamente, e é de bondade e sabedoria.
 EVOLUÇÃO: Estás fadado a Felicidade/ao Progresso.
 IMORTALIDADE: És eterno nas tua conquistas e vitórias.
 REENCARNAÇÃO: Tens inúmeras oportunidades de recomeçar/de Renovação
 JUSTIÇA DIVINA: O que plantares, colherás dentro dos méritos/do teu Trabalho.
 ÁRDUO: Disposição para um trabalho árduo e intimorato, confiança em Deus, afim de
enfrentar bem e ultimamente toda e qualquer coisa, fato, ocorrência, desdita...
 EDIFICANTE: O trabalho edificante constitui força de manutenção do equilíbrio.
 RENOVATÓRIO: Trabalhar é produzir transformação, oportunidade e movimento. Servir
é criar simpatia, fraternidade e luz.
 ORAR: Orar é como Arar. É agir, é atuar em favor do mundo, e de Si.
 TERAPEUTA: Auto analise-se com severidade. O que você vê fora, resulta do que você
cultiva por dentro.
 INFLUENCIAÇÕES: Nos dois planos da vida somos o que pensamos, os pensamentos
gerando vibrações que nos imantam fluidicamente às trevas ou à luz.
 VITÓRIAS: Mantém a tua confiança no ideal que abraças e não meças as vitórias do teu
espírito com a fita métrica dos triunfos terrestres transitórios.
O labor fraternal,
o culto doméstico do Evangelho,
o pensamento de otimismo frequente e o
recolhimento da oração, a par do
uso da água magnetizada e do passe,
produzem expressiva terapêutica valiosa e de imediatos
resultados para a aquisição da saúde e da renovação,
COMBATENDO O MEDO.
Joanna de Angelis - Florações Evangélicas – Cap. 21 – Medo
“Sorrir+Orar+Trabalhar”
Enfrente o terrível de frente
Escondendo a riqueza/talento – do Conhecimento Espírita – que te emprestei, não
só te perdeste pelo temor de sofrer e auxiliar, como também prejudicaste a obra
deficitária de teus irmãos, cujos dias no mundo teriam alcançado maior rendimento
no Bem Eterno, se houvessem recebido o quinhão de amor e serviço, humildade e
paciência que lhes negaste!…
Humberto de Campos – Entre Irmãos de Outras Terras – Cap. 30 – Estudo na Parábola
Fazer da queda um passo de dança,
do medo uma escada,
do sonho uma ponte,
da procura um encontro.
Fernando Sabino – "O Encontro Marcado" – 1º Parte – A Procura
Teme apenas a ti mesmo
Na esfera de teu dever.
Quem se amedronta consigo
Nada mais tem a temer.
Casimiro Cunha – Gotas de luz - Cap. 20 - Sementes do caminho
O correr da vida embrulha tudo, a Vida é assim:
esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem.
Guimarães Rosa – Grande Sertão Veredas – Pag. 334
Tive medo, não procurei esconder
Todos viram, fingiram
Pena de mim, não precisava
Ali onde eu tive medo
Qualquer um tinha.
Dar a volta por cima que eu dei
Quero ver quem dava.
Um homem de moral não fica no chão
Reconhece o medo e não desanima
Levanta, sacode a poeira.
E dá a volta por cima.
Paulo Vanzolini
Canção: Volta por cima (adaptado)
Casimiro Cunha
 14/04/1880 – Vassouras/RJ
 07/11/1914 – Vassouras/SP
Poeta/Escritor
“Fazer da queda um passo de
dança, do medo uma escada, do sonho
uma ponte, da procura um encontro”.
Fernando Sabino –
"O Encontro Marcado" – 1º Parte – A Procura
Teme apenas a ti mesmo
Na esfera de teu dever.
Quem se amedronta consigo
Nada mais tem a temer.
Casimiro Cunha –
Gotas de luz - Cap. 20 - Sementes do caminho
Escondendo a riqueza/talento – do Conhecimento Espírita – que te emprestei, não
só te perdeste pelo temor de sofrer e auxiliar, como também prejudicaste a obra
deficitária de teus irmãos, cujos dias no mundo teriam alcançado maior rendimento
no Bem Eterno, se houvessem recebido o quinhão de amor e serviço, humildade e
paciência que lhes negaste!…
Humberto de Campos – Entre Irmãos de Outras Terras – Cap. 30 – Estudo na Parábola
O labor fraternal, o culto doméstico do Evangelho, o pensamento de
otimismo frequente e o recolhimento da oração, a par do uso da água magnetizada
e do passe, produzem expressiva terapêutica valiosa e de imediatos resultados
para a aquisição da saúde e da renovação, COMBATENDO O MEDO.
Joanna de Angelis - Florações Evangélicas – Cap. 21 – Medo
Deus dá a terra, o clima, a semente, a fonte e o tempo, mas o trabalho da plantação e da
safra é merecimento do lavrador. Emmanuel – Seguindo Juntos – Cap. 7
“Sorrir+Orar+Trabalhar”
Enfrente o terrível de frente
O LIVRO ESPÍRITA, no entanto, não apenas auxilia a viver e acertar, mas
IGUALMENTE A VIVER PARA O BEM DE TODOS, o que significa acertar sempre mais na
conquista do próprio bem.
Emmanuel - Luz no Caminho – Cap. 5
OS MEDOS NA VIDA - Bibliografia Básica
E-mail : adalberto.acsjr@gmail.com
YouTube – O Escriba Espírita : https://www.youtube.com/channel/UCj39fLNXa2nKXfVTNlZ_JGw
Blog – O Escriba Espírita : https://escribaespirita.blogspot.com/
Instagram: https://www.instagram.com/adalberto.coelho.silva/?hl=pt-br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Causas do suicídio - Visão Espírita
Causas do suicídio - Visão EspíritaCausas do suicídio - Visão Espírita
Causas do suicídio - Visão Espírita
Laila Rúbia
 
Doenças do mundo moderno!
Doenças do mundo moderno!Doenças do mundo moderno!
Doenças do mundo moderno!
Leonardo Pereira
 
Sugadores de energias
Sugadores de energiasSugadores de energias
Sugadores de energias
Amadeu Wolff
 
Jornal do Espiritismo Edição Fevereiro/2012
Jornal do Espiritismo Edição Fevereiro/2012Jornal do Espiritismo Edição Fevereiro/2012
Jornal do Espiritismo Edição Fevereiro/2012
Associação Espírita Allan Kardec
 
Doenças da alma
Doenças da alma Doenças da alma
Doenças da alma
Victor Passos
 
Resenha espirita on line 125
Resenha espirita on line 125Resenha espirita on line 125
Resenha espirita on line 125
MRS
 
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vidaSuicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
Ricardo Azevedo
 
Prisões mentais
Prisões mentaisPrisões mentais
Prisões mentais
Leonardo Pereira
 
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
Izabel Cristina Fonseca
 
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Henrique Vieira
 
MEDO
MEDOMEDO
MEDO
Jo2016s
 
ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ObsCidio - A Obsessão e o SuicídioObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Depressão e Cura
Depressão e CuraDepressão e Cura
Depressão e Cura
Ricardo Azevedo
 
O Processo de Elaboração do Luto em Um Paciente com Diagnóstico de Esquizofre...
O Processo de Elaboração do Luto em Um Paciente com Diagnóstico de Esquizofre...O Processo de Elaboração do Luto em Um Paciente com Diagnóstico de Esquizofre...
O Processo de Elaboração do Luto em Um Paciente com Diagnóstico de Esquizofre...
Vida Mental Consultoria de Saúde Mental e Nutricional
 
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
NEPP- Estudos Em Psicanálise
 
Resenha espirita on line 126
Resenha espirita on line 126Resenha espirita on line 126
Resenha espirita on line 126
MRS
 
090211 desgosto da vida-suicídio – livro iv, cap.1
090211 desgosto da vida-suicídio – livro iv, cap.1090211 desgosto da vida-suicídio – livro iv, cap.1
090211 desgosto da vida-suicídio – livro iv, cap.1
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Transtornos emocionais e mentais e seus aspectos físicos e espirituais
Transtornos emocionais e mentais e seus aspectos físicos e espirituaisTranstornos emocionais e mentais e seus aspectos físicos e espirituais
Transtornos emocionais e mentais e seus aspectos físicos e espirituais
Dr. Walter Cury
 
Suicidio na visão espirita
Suicidio  na visão espiritaSuicidio  na visão espirita
Suicidio na visão espirita
Lisete B.
 
Abaixo a depressão, Richard Simonetti
Abaixo a depressão, Richard SimonettiAbaixo a depressão, Richard Simonetti
Abaixo a depressão, Richard Simonetti
Perillo José Nunes
 

Mais procurados (20)

Causas do suicídio - Visão Espírita
Causas do suicídio - Visão EspíritaCausas do suicídio - Visão Espírita
Causas do suicídio - Visão Espírita
 
Doenças do mundo moderno!
Doenças do mundo moderno!Doenças do mundo moderno!
Doenças do mundo moderno!
 
Sugadores de energias
Sugadores de energiasSugadores de energias
Sugadores de energias
 
Jornal do Espiritismo Edição Fevereiro/2012
Jornal do Espiritismo Edição Fevereiro/2012Jornal do Espiritismo Edição Fevereiro/2012
Jornal do Espiritismo Edição Fevereiro/2012
 
Doenças da alma
Doenças da alma Doenças da alma
Doenças da alma
 
Resenha espirita on line 125
Resenha espirita on line 125Resenha espirita on line 125
Resenha espirita on line 125
 
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vidaSuicídio - Dor dos dois lados da vida
Suicídio - Dor dos dois lados da vida
 
Prisões mentais
Prisões mentaisPrisões mentais
Prisões mentais
 
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
 
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
 
MEDO
MEDOMEDO
MEDO
 
ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ObsCidio - A Obsessão e o SuicídioObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
 
Depressão e Cura
Depressão e CuraDepressão e Cura
Depressão e Cura
 
O Processo de Elaboração do Luto em Um Paciente com Diagnóstico de Esquizofre...
O Processo de Elaboração do Luto em Um Paciente com Diagnóstico de Esquizofre...O Processo de Elaboração do Luto em Um Paciente com Diagnóstico de Esquizofre...
O Processo de Elaboração do Luto em Um Paciente com Diagnóstico de Esquizofre...
 
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
 
Resenha espirita on line 126
Resenha espirita on line 126Resenha espirita on line 126
Resenha espirita on line 126
 
090211 desgosto da vida-suicídio – livro iv, cap.1
090211 desgosto da vida-suicídio – livro iv, cap.1090211 desgosto da vida-suicídio – livro iv, cap.1
090211 desgosto da vida-suicídio – livro iv, cap.1
 
Transtornos emocionais e mentais e seus aspectos físicos e espirituais
Transtornos emocionais e mentais e seus aspectos físicos e espirituaisTranstornos emocionais e mentais e seus aspectos físicos e espirituais
Transtornos emocionais e mentais e seus aspectos físicos e espirituais
 
Suicidio na visão espirita
Suicidio  na visão espiritaSuicidio  na visão espirita
Suicidio na visão espirita
 
Abaixo a depressão, Richard Simonetti
Abaixo a depressão, Richard SimonettiAbaixo a depressão, Richard Simonetti
Abaixo a depressão, Richard Simonetti
 

Semelhante a Os Medos na Vida - A soma de todos os Medos

Suicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenirSuicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenir
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
Marcio Augusto Guariente
 
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além TúmuloO Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
Dinorah Pessoa da Costa
 
A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira).
A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira). A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira).
A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira).
Leonardo Pereira
 
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAISO TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
Dr. Walter Cury
 
Palestra sobre medo
Palestra sobre medo Palestra sobre medo
Palestra sobre medo
Sandra Cecília Rocha
 
Até que a morte nos separe
Até que a morte nos separeAté que a morte nos separe
Até que a morte nos separe
Adriana Soczek Sampaio
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Divulgador do Espiritismo
 
3 - Depressão - Tormentos da Alma.
3 - Depressão - Tormentos da Alma.3 - Depressão - Tormentos da Alma.
3 - Depressão - Tormentos da Alma.
JPS Junior
 
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismoTranstornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
Marlon Reikdal
 
Instituto Espírita de Educação - Depressão e alegria de viver
Instituto Espírita de Educação - Depressão e alegria de viverInstituto Espírita de Educação - Depressão e alegria de viver
Instituto Espírita de Educação - Depressão e alegria de viver
Instituto Espírita de Educação
 
Ansiedade e depressao
Ansiedade e depressaoAnsiedade e depressao
Ansiedade e depressao
Sergio Menezes
 
Medo
MedoMedo
Transtornos da mente e da alma
Transtornos da mente e da almaTranstornos da mente e da alma
Transtornos da mente e da alma
Dr. Walter Cury
 
Instituto Espírita de Educação - Perdas e Luto
Instituto Espírita de Educação - Perdas e LutoInstituto Espírita de Educação - Perdas e Luto
Instituto Espírita de Educação - Perdas e Luto
Instituto Espírita de Educação
 
A superação dos medos
A superação dos medosA superação dos medos
A superação dos medos
Ponte de Luz ASEC
 
Penas e gozos futuros - Wilma Badan
Penas e gozos futuros - Wilma BadanPenas e gozos futuros - Wilma Badan
Penas e gozos futuros - Wilma Badan
Instituto Espírita de Educação
 
Tempo de Recomeçar - 2023
Tempo de Recomeçar - 2023Tempo de Recomeçar - 2023
Tempo de Recomeçar - 2023
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição PlanetáriaInfluencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 

Semelhante a Os Medos na Vida - A soma de todos os Medos (20)

Suicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenirSuicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenir
 
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
 
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além TúmuloO Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
 
A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira).
A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira). A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira).
A morte e o morrer! ( Leonardo Pereira).
 
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAISO TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
 
Palestra sobre medo
Palestra sobre medo Palestra sobre medo
Palestra sobre medo
 
Até que a morte nos separe
Até que a morte nos separeAté que a morte nos separe
Até que a morte nos separe
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
 
3 - Depressão - Tormentos da Alma.
3 - Depressão - Tormentos da Alma.3 - Depressão - Tormentos da Alma.
3 - Depressão - Tormentos da Alma.
 
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismoTranstornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
 
Instituto Espírita de Educação - Depressão e alegria de viver
Instituto Espírita de Educação - Depressão e alegria de viverInstituto Espírita de Educação - Depressão e alegria de viver
Instituto Espírita de Educação - Depressão e alegria de viver
 
Ansiedade e depressao
Ansiedade e depressaoAnsiedade e depressao
Ansiedade e depressao
 
Medo
MedoMedo
Medo
 
Transtornos da mente e da alma
Transtornos da mente e da almaTranstornos da mente e da alma
Transtornos da mente e da alma
 
Instituto Espírita de Educação - Perdas e Luto
Instituto Espírita de Educação - Perdas e LutoInstituto Espírita de Educação - Perdas e Luto
Instituto Espírita de Educação - Perdas e Luto
 
A superação dos medos
A superação dos medosA superação dos medos
A superação dos medos
 
Penas e gozos futuros - Wilma Badan
Penas e gozos futuros - Wilma BadanPenas e gozos futuros - Wilma Badan
Penas e gozos futuros - Wilma Badan
 
Tempo de Recomeçar - 2023
Tempo de Recomeçar - 2023Tempo de Recomeçar - 2023
Tempo de Recomeçar - 2023
 
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição PlanetáriaInfluencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
 

Mais de ADALBERTO COELHO DA SILVA JR

As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTOAs Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃOAs Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOA Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfEnquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃOEnquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_ExposiçãoEsses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - textoEstes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTOLoucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Loucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anosLoucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anos
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_TextoSexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Sexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anosSexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anos
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTOO Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃOO Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoRelacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoO Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres ColetivosAs Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoAs Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 

Mais de ADALBERTO COELHO DA SILVA JR (20)

As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTOAs Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
 
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃOAs Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOA Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
 
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfEnquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
 
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃOEnquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
 
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_ExposiçãoEsses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
 
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - textoEstes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
 
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTOLoucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
 
Loucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anosLoucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anos
 
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_TextoSexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
 
Sexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anosSexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anos
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
 
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTOO Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
 
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃOO Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
 
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoRelacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
 
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoO Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres ColetivosAs Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoAs Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
 

Último

Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
Nilson Almeida
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
JaquelineSantosBasto
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
REFORMADOR PROTESTANTE
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
André Luiz Marques
 
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdfA Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 

Último (14)

Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdfA Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
 

Os Medos na Vida - A soma de todos os Medos

  • 1. Quem teme cobra e lagarto, Quem passarinhos receia, Perde a vida sem combate, Não prepara, nem semeia. Casimiro Cunha Gotas de luz - Cap. 13 - Anexins de sempre A Soma de todos os Medos ESTA É UMA SOCIEDADE AMEDRONTADA. O excesso de tecnicismo com a correspondente ausência de solidariedade humana produziram a avalanche dos receios. Joanna de Angelis - O Homem Integral - 1º Parte - Cap. 4 - Medo
  • 2. OS MEDOS NA VIDA - A soma de todos os Medos  Medo de cair, de sair, de se divertir, da felicidade, da fatalidade, da bala perdida, da fome, de ter e de perder, seja lá o que for!  Medo de envelhecer, das rugas, dos cabelos brancos, da osteoporose, da menopausa, da calvície, de virar pó.  Medo de olhar no espelho; do fracasso, da decadência, da não-reação, do marasmo, da acomodação.  Medo de não ter o filho desejado, de não vê-lo crescer, de vê-lo adoecer, de não vê-lo feliz.  Medo do chefe que grita, que não elogia, que não explica, que não brinca, que só xinga, que assedia. E, por fim, o medo de não ter coragem para enfrentar tudo isso, mesmo que isso não tenha fim... Ana Beatriz Silva - Mentes com Medo: da compreensão à superação – Introdução Medo de trabalhar. Medo de servir. Medo de fazer amigos. Medo de desapontar. Medo de sofrer. Medo da incompreensão. Medo da alegria. Medo da dor. E alcançam o fim do corpo, como sensitivas humanas, sem o mínimo esforço para enriquecer a existência. Na vida, agarram-se ao medo da morte. Na morte, confessam o medo da vida. Emmanuel – Fonte Viva – Cap. 132 – Tendo Medo
  • 3. OS MEDOS NA VIDA – e o Evangelho do Cristo Na Parábola dos Talentos, O SERVO NEGLIGENTE ATRIBUI AO MEDO A CAUSA DO INSUCESSO em que se infelicita. Recebera mais reduzidas possibilidades de ganho. Contara apenas com um talento e temera lutar para valorizá-lo. Quanto aconteceu ao servidor invigilante da narrativa evangélica, há muitas pessoas que se acusam pobres de recursos para transitar no mundo como desejariam. E recolhem-se à ociosidade, alegando o MEDO DA AÇÃO. E alcançam o fim do corpo, como sensitivas humanas, sem o mínimo esforço para enriquecer a existência. Na vida, agarram-se ao medo da morte. Na morte, confessam o medo da vida. Carregando débitos e inibições, contraídos em existências passadas ou adquiridos agora, proclamamos em palavras sentidas que Jesus é o nosso DIVINO MÉDICO. [...] mas é preciso considerar que o facultativo, mesmo sendo Nosso Senhor Jesus Cristo, não pode salvar o doente e nem auxiliá-lo de todo, se o doente persiste em fugir do remédio Emmanuel – Livro da Esperança – Cap. 78 – Ante o Divino Médico  Medo de trabalhar.  Medo de servir.  Medo de fazer amigos.  Medo de desapontar.  Medo de sofrer.  Medo da incompreensão.  Medo da alegria.  Medo da dor Mateus – 25:14-30 Parábola dos Talentos Emmanuel – Fonte Viva – Cap. 132- Tendo Medo Pedro Nicodemos Seguidores/crucificação
  • 4. OS MEDOS NA VIDA - O que é o Medo? É um sentimento de inquietação, de apreensão em face de um perigo real ou imaginário É uma reação em cadeia no cérebro que tem início com um estímulo de estresse e termina com a liberação de compostos químicos que causam aumento da freqüência cardíaca, aceleração na respiração e energização dos músculos. Dicionário Caldas Aulete Descrição Clinica
  • 5. OS MEDOS NA VIDA - O que é o Medo? A criatura passa a ser "a opressora de si própria"; há um verdadeiro "campo de batalha" em seu mundo interior, provocando alterações de comportamento físico, emocional e mental. Hammed - A Imensidão dos Sentidos – Cap. 19 – Auto-Obsessão O MEDO pode ser definido como um estado psíquico de inquietação constante, agitação ou impaciência diante de um perigo real ou imaginário. Classificamos o MEDO como dos piores inimigos da criatura, por ALOJAR-SE NA CIDADELA DA ALMA, atacando as forças mais profundas. André Luiz – Nosso Lar – Cap. 42 – A Palavra do Governador Hammed – As Dores da Alma – Cap. 6 - Medo
  • 6. OS MEDOS NA VIDA - O que é o Medo? É UM SENTIMENTO DE INQUIETAÇÃO, de apreensão em face de um perigo real ou imaginário É UMA REAÇÃO EM CADEIA NO CÉREBRO que tem início com um estímulo de estresse e termina com a liberação de compostos químicos que causam aumento da freqüência cardíaca, aceleração na respiração e energização dos músculos. É UM ESTADO PSÍQUICO de inquietação constante, agitação ou impaciência diante de um perigo real ou imaginário. Classificamos o MEDO como dos piores inimigos da criatura, por ALOJAR-SE NA CIDADELA DA ALMA, atacando as forças mais profundas. Aspecto Espiritual Aspecto Psíquico Aspecto Fisiológico Aspecto Emocional Variam ao infinito as consequências do medo: fuga, gestos de proteção, gritos, tremor, palidez, dilatação das pupilas, suores frios, respiração ansiosa ou suspensa, palpitações cardíacas, suspensão da secreção salivar, lágrimas, imobilidade, mutismo. Kleber Halfeld - Reformador - 1990 - Fevereiro – Medo – preconceito dos nervos Enciclopédia Larousse Cultural Hammed – As Dores da Alma – Cap. 6 - Medo André Luiz – Nosso Lar – Cap. 42 – A Palavra do Governador O Homem =  Bio + Psico + Espiritual
  • 7. O RESULTADO DO MEDO em nossas vidas SERÁ A PERDA DO NOSSO PODER DE PENSAR E AGIR COM ESPONTANEIDADE, pois quem decidirá como e quando devemos atuar será a atmosfera do temor que nos envolve. Hammed – As Dores da Alma – Cap. 6 - Medo OS MEDOS NA VIDA - O que é o Medo para Você? MEDO Escravidão Intermitente Fardo Imensurável Barreira Invisível Poço Infinito Inimigo Íntimo O MEDO DESTRÓI O FUTURO !!!
  • 8. OS MEDOS NA VIDA - O que Temer? PASSO A MÃO PELA TESTA E SINTO O SUOR DA TENÇÃO UM GRITO SECO E SURDO ME ATORDOA O DESEQUILÍBRIO EXPANDE SUA FORÇA PASSO A MÃO PELA TESTA E O SUOR GOTEJA EM MEUS OLHOS NA CRUZ QUE EU MESMO FIZ COM PEDAÇOS DE DORES E APREENSÕES PASSO A MÃO PELA TESTA E O SANGUE DA IMAGEM MEDROSA ABRE O SEU CIRCO DE HORRORES EM MIM ACOVARDANDO-ME NO ÓDIO REPRIMIDO PASSO A MÃO PELA TESTA E ME OCORRE UM PENSAMENTO "DEUS É A LUZ QUE AQUECE O DESALENTO NO CONFORTO DA RIQUEZA UNIVERSAL" PASSO A MÃO PELA TESTA E O SUOR SECOU... Luiz Antônio Gasparetto – Atitude – Pag. 100 Teme apenas a ti mesmo Na esfera de teu dever. Quem se amedronta consigo Nada mais tem a temer. Casimiro Cunha – Gotas de luz - Cap. 20 - Sementes do caminho
  • 9. OS MEDOS NA VIDA - A Soma de todos os Medos MEDOS NEURÓTICOS MEDOS USUAIS MEDOS NATURAIS  Eternidade  Fobia de Animais  Fobia de fenômenos atmosféricos  Fobias de sangue, feridas, etc.  Fobias de elevador/avião/escuro.  Fobia Social/Crítica  Síndrome do Pânico/ TOC  Medo de Morrer  Medo da Velhice  Medo de Doença/Mutilação  Medo da Pobreza  Medo da Crítica/Desafios  Medo da perda de afeto profundo/abandon  Medo da Morte/Conservação  Medo do Desconhecido  Medo de Fogo, incêndios.  Medo do Mar  Medo de Escuro  Medo de Tempestade O medo patológico é aquele no qual o indivíduo se sente incapaz de se conduzir e de se afirmar na vida, com medo de tudo e de todos. Geralmente, esses medos se transformam em manias, daí em fobias, depois em neuroses, podendo evoluir para psicoses... O medo normal/natural está ligado aos instintos primários de sobrevivência, atuando como o principal agente da resposta de fuga ou luta.
  • 10. OS MEDOS NA VIDA - CAUSAS PRINCIPAIS MEDOS NEURÓTICOS MEDOS USUAIS Classificação CAUSAS Características 1º - Conflitos herdados de existências passadas infelizes.(ações negativas não reparadas = consciência de culpa) 2º - Traumas vindas de perseguição obsessiva na vida espiritual e na Vida atual (sofrimentos vivenciados no além- túmulo e após a reencarnação infringidos por desafetos) 3º - Vivências e experiências conscienciais traumáticas desta vida. (desequilíbrio da educação na infância/juventude: fantasmas/temores/violência) 1. Desproporcionais 2. Fuga 3. CONTROLE DIFÍCIL 4. Tratamento Psicológico 5. Tratamento Espiritual 6. PATOLÓGICOS 1. Proporcionais 2. Razões objetivas 3. PODE CONTROLAR 4. Tratamento do Auto- esforço 5. Tratamento Espiritual 6. RACIONAIS/NORMAIS Medo “Cármico” Medo “Obsessor” Medo “Opressor” Fobias/Manias Morrer/Velhice Doenças/Perdas Passado Presente
  • 11. AS EMOÇÕES REENCARNAM JUNTO COM A PESSOA. Na dinâmica emocional, as vidas passadas respondem pelo maior acervo dos desencontros emocionais reeditados na vida atual. Costumamos dizer que o que se apaga das vidas passadas são os fatos, mas não a memória emocional dos fatos. Traumas de vidas anteriores reencarnam junto no nível emocional. Sérgio Luís da Silva Lopes – Revista A Reencarnação – No 425/2003: A Dinâmica Emocional nas Perturbações Obsessivas OS MEDOS NA VIDA e as Emoções Passadas INCONTÁVEIS PESSOAS SE HÃO SURPREENDIDO EM FACE DAS LEMBRANÇAS DAS VIDAS PASSADAS, em que mergulham inconscientemente, experimentando nas evocações os estados emocionais característicos das personagens que antes animaram. Joanna de Ângelis – Estudos Espíritas: Cap. 8 – Renascer
  • 12. OS MEDOS NA VIDA - As Medos + Fobias Principais MEDO de Morrer MEDO da Velhice MEDO da Doença MEDO da Pobreza MEDO da Crítica MEDO da perda de afeto Profundo FOBIA de Animais FOBIAS de aspectos do ambiente natural FOBIAS a sangue, injeções ou feridas •FOBIAS a situações específicas (altura, andar de avião/elevador, etc.) •FOBIA Social Síndrome do Pânico / Transtorno Obsessivo-Compulsivo A criatura passa a ser "a opressora de si própria"; há um verdadeiro "campo de batalha" em seu mundo interior, provocando alterações de comportamento físico, emocional e mental. Hammed - A Imensidão dos Sentidos – Cap. 19 – Auto-Obsessão
  • 13. OS MEDOS NA VIDA - As Medos + Fobias Principais MEDO de Morrer MEDO da Velhice MEDO da Doença MEDO da Pobreza MEDO da Crítica MEDO da perda de afeto Profundo FOBIA de Animais FOBIAS de aspectos do ambiente natural FOBIAS a sangue, injeções ou feridas •FOBIAS a situações específicas (altura, andar de avião / elevador) Síndrome de Pânico FOBIA Social
  • 14. OS MEDOS NA VIDA - Qual o teu Medo Maior? Medo da Morte Medo da Velhice Medo da Doença Medo da Pobreza Medo da Crítica Medo da perda de Afeto profundo SAMPLING PESQUISA DE MERCADO - Painel de Consumo e Marcas COMO LIDAR COM ELES?
  • 15. OS MEDOS NA VIDA - Os Medos Principais/Usuais Medo da Morte Medo da Velhice Medo da Doença Medo da Pobreza Medo da Crítica Medo da perda de Afeto profundo
  • 16. OS MEDOS NA VIDA - Os Medos Principais/Usuais O Medo da Morte é o medo da Vida não vivida. É o medo dos muitos débitos que temos para com nossa própria vida, e que a morte nos impedirá de saldar. Eu não tenho medo dos anos e não penso em velhice. Sei que alguém vai ter que me enterrar, mas eu não vou fazer isso comigo. Só existe doenças porque há doentes. No instante em que se renove interiormente, o indivíduo não terá mais doenças. A maior pobreza não reside no cofre vazio e, sim, no coração ainda incapaz de abrir- se à infinita riqueza do bem comum. Quem não tem razão no que me crítica, não merece resposta; quem tem, está falando a verdade, e contra a verdade ninguém nada pode. Somente se perde o que realmente não se tem. Não existem afetos que se percam ou desapareçam, mas fenômenos de afetividade gerada por diversos motivos que se alteram, se afastam, desaparecem, não merecendo, portanto, maior aflição. Medo da Morte Medo da Velhice Medo da Doença Medo da Pobreza Medo da Crítica Medo da perda de Afeto profundo Evaldo D`Assumpção – Sobre o Viver e o Morrer – Introdução/Cap. 4/Cap.6 Cora Coralina (1889/1985) Divaldo Franco – Doenças e Curas – Grupo de Estudo Allan Kardec - Entrevista Mariano José Pereira da Fonseca - Falando à Terra – Cap. 32 - Reflexões Francisco Cândido Xavier – O Evangelho de Chico Xavier – Item 38 Joanna de Ângelis – Diretrizes para o Êxito – Cap. 6 – Medo e Autoconfiança
  • 17. 1. O instinto de conservação da vida 2. Predominância da Natureza Animal 3. Temporário olvido da vida espiritual 4. Receio de aniquilamento da vida 5. Terrorismo do modo de vida após a morte 6. Insuficiência de conhecimento sobre a Vida Futura 1.7. Marketing negativo da Morte / Velório / 2.Enterro / Cemitério 8. Censura às comunicações entre mortos e vivos 9. Apego as Coisas e/ou Pessoas 10. Temor de Você / do que Fez e/ou do que Não Fez MEDO DA MORTE – Por que? MEDO DA MORTE • O MEDO DA MORTE É O MEDO DA VIDA NÃO VIVIDA. • É o medo dos muitos débitos que temos para com nossa própria vida, e que a morte nos impedirá de saldar. • Reafirmamos, então, que quem teme a morte teme a Vida. Em outras palavras; quem não sabe Viver, certamente não saberá morrer. • Evaldo D`Assumpção – Sobre o Viver e o Morrer • A morte é, por isso mesmo, o retrato da vida. • Emmanuel - Comandos do amor – Cap. 18 • A morte não seria problema se fosse o fim. É problema grave porque significa vida, recomeço e atividade nova. • Emmanuel – Deus Conosco – item 336 • NÃO SUPERAÇÃO  Você pode se transformar num PURITANO poluto, num Beato falso, num Túmulo caiado.
  • 18. O MEDO DA MORTE – É O MEDO DO “E AGORA JOSE?”  E agora, José? A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou, e agora, José? e agora, você?  Está sem mulher, está sem discurso, está sem carinho, já não pode beber, já não pode fumar, cuspir já não pode, a noite esfriou, o dia não veio, o bonde não veio, o riso não veio, não veio a utopia e tudo acabou e tudo fugiu e tudo mofou, e agora, José?  Se você gritasse, se você gemesse, se você tocasse a valsa vienense, se você dormisse, se você cansasse, se você morresse... Mas você não morre, você é duro, José!  Sozinho no escuro qual bicho-do-mato, sem teogonia, sem parede nua para se encostar, sem cavalo preto que fuja a galope, você marcha, José! José, para onde? O Poema “José ” de Carlos Drummond de foi publicado originalmente em na coletânea Poesias
  • 19. 1946 1981 1987 André Luiz Evaldo Assumpção Elisabeth Ross 2010 MEDO DA MORTE – Referências
  • 20. MEDO DA VELHICE • Eu não tenho medo dos anos e não penso em velhice. • Sei que alguém vai ter que me enterrar, mas eu não vou fazer isso comigo • Cora Coralina (1889/1985) • A velhice, pois, como índice de senilidade improdutiva ou enfermiça, constitui, portanto, apenas um estado provisório da mente que desistiu de aprender e de progredir nos quadros de luta redentora e santificante que o mundo nos oferece. • André Luiz • A morte de um homem começa no instante em que ele desiste de aprender. • Mariano José Pereira da Fonseca • NÃO SUPERAÇÃO  Você pode se transformar num VELHOFÓBICO/NUM VELHO IMPUBERE Em todos os distritos da vida a criatura e tão jovem quanto os ideais e esperanças que acalenta. E tão gasta quanto o ceticismo ou o desanimo a que se entregue. Emmanuel – Astronautas do Além – Cap. 26 - Idade
  • 21. MEDO DA DOENÇA A enfermidade ligeira É AVISO. • A queda violenta das forças É ADVERTÊNCIA. • A doença prolongada É SEMPRE RENOVAÇÃO DE CAMINHO para o bem. • A moléstia incurável no corpo É REAJUSTAMENTO DA ALMA ETERNA. • (..) tenho sido defrontado por grande número de ex- tuberculosos e ex-leprosos, em lamentável posição de desequilíbrio, afundados muitos deles em charcos de treva, porque a moléstia lhes constituiu tão somente motivo à insubmissão. • Neio Lúcio •Onde a cura para nossos males? Onde a maior terapia para os nossos problemas? Na água fluidificada? Nos tratamentos espirituais? (...) Diremos, em nossa pequenez, que estarão basicamente na moralização do ser, sem qualquer menosprezo para com os profissionais da cura. •É pelo estudo e prática do Evangelho que nos tornamos os agentes e os profissionais da nossa cura moral. •Lentamente, através do tempo, camadas de erros e de crimes serão dissolvidas pela dor e pelo sofrimento bem suportados, e iremos progressivamente passando por etapas de soerguimento moral, das quais nascerá o homem renovado para Jesus. •Yvonne Pereira – • NÃO SUPERAÇÃO  Você pode se transformar num HIPOCONDRÍACO
  • 22. MEDO DA POBREZA • A maior pobreza não reside no cofre vazio e, sim, no coração ainda incapaz de abrir-se à infinita riqueza do bem comum. •Mariano José Pereira da Fonseca • Empobreçamo-nos de exclusivismo e enriqueçamo-nos de fraternidade! • Empobreçamo-nos de repouso indébito e enriqueçamo-nos de serviço edificante! • Atendendo a semelhante programa de sintonia com o Alto, atingiremos, em breve tempo, os tesouros da Glória Eterna • Emmanuel •"Valeu a pena? • Tudo vale a pena • Se a alma não é pequena”. • Fernando Pessoa – Poema “Mar Portuguez” •NÃO SUPERAÇÃO  Você pode se transformar num SOVINA São Contrabandistas na Vida Eterna... Foram negociantes imprevidentes. Esqueceram de cambiar as posses materiais em créditos espirituais. Não aprenderam as mais simples operações de câmbio no mundo. Quando iam a Londres, trocavam contos de réis por libras esterlinas; entretanto, nem com a certeza matemática da morte carnal se animaram a adquirir os valores da espiritualidade. Agora, que fazer? Temos os milionários das sensações físicas transformados em mendigos da alma.
  • 23. MEDO DA CRÍTICA • Quem não tem razão no que me crítica, não merece resposta; • Quem tem, está falando a verdade, e contra a verdade ninguém nada pode. • Francisco Cândido Xavier • O anseio por conseguir o respeito da família e da comunidade onde se movimenta, e as dificuldades para permanecer irretocável ensejam espaços emocionais para recear a agressão inevitável da crítica pertinaz. • Joanna de Ângelis • Se trazes a consciência tranquila, as opiniões negativas efetivamente não te alcançam. • Diante de críticas recebidas, observa até que ponto são verídicas e aceitáveis, para que venhamos a retificar em nós aquilo que nos desagrada nos outros • Emmanuel • NÃO SUPERAÇÃO  Você pode se transformar num MELINDROSO/BIBELO Toda vez que criticamos a experiência dos outros, estamos apontando em nós mesmos os pontos fracos que precisamos emendar em nossas próprias experiências. André Luiz – Respostas da Vida – Cap. 15 - Viver Sempre que a nossa palavra: censura, justifica, levanta, rebaixa, deprecia, louva, depreda, restaura, complica, auxilia, apoia, fere, abençoa ou condena seja a quem for, estamos fazendo o nosso próprio retrato. Albino Teixeira – Astronautas do Além – Cap. 21 – Auto-Retrato
  • 24. MEDO DA PERDA DO AMOR PROFUNDO • Somente se perde o que realmente não se tem. • Não existem afetos que se percam ou desapareçam, mas fenômenos de afetividade gerada por diversos motivos que se alteram, se afastam, desaparecem, não merecendo, portanto, maior aflição. • Joanna de Ângelis • (...) Ama sempre libertando, sem impor teus conflitos e anseios exorbitantes, a fim de que a tua presença seja desejada e a tua ausência percebida. • Joanna de Angelis • Sê livre para amar, e não imponhas o domínio ou a posse sobre ninguém, para poderes ser, não temido, mas, realmente amado. • Jacome Góes • Não há ruptura de laços entre os que se amam no infinito do espaço e na eternidade do tempo. • Emmanuel • NÃO SUPERAÇÃO  Você pode se transformar num MISANTROPO/CIUMENTO OBSESSIVO Os que se casam, UNEM-SE E NÃO SE FUNDEM, o que determina que cada qual prosseguirá com suas conquistas e gostos, preferências e realidades íntimas, inteiramente “sui generis”. Camilo - Educação e Vivências – Cap. 11
  • 25. O labor fraternal, o culto doméstico do Evangelho, o pensamento de otimismo frequente e o recolhimento da oração, a par do uso da água magnetizada e do passe, produzem expressiva terapêutica valiosa e de imediatos resultados para a aquisição da saúde e da renovação, COMBATENDO O MEDO. Joanna de Angelis - Florações Evangélicas – Cap. 21 – Medo (1971) “Silêncio + Oração + Serviço” - SOS OS MEDOS NA VIDA - Diretrizes Evangélicas “Sorrir + Orar + Trabalhar”
  • 26. Fazer da queda um passo de dança, DO MEDO UMA ESCADA, do sonho uma ponte, da procura um encontro. Fernando Sabino – "O Encontro Marcado" – 1º Parte – A Procura Teme apenas a ti mesmo Na esfera de teu dever. Quem se amedronta consigo Nada mais tem a temer. Casimiro Cunha – Gotas de luz - Cap. 20 - Sementes do caminho O correr da vida embrulha tudo, a Vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente É CORAGEM. Guimarães Rosa – Grande Sertão Veredas – Pag. 334 Tive medo, não procurei esconder Todos viram, fingiram Pena de mim, não precisava Ali onde eu tive medo Qualquer um tinha. Dar a volta por cima que eu dei Quero ver quem dava. Um homem de moral não fica no chão Reconhece o medo e não desanima Levanta, sacode a poeira. E DÁ A VOLTA POR CIMA. Paulo Vanzolini Canção: Volta por cima (adaptado) Enfrente o terrível de frente, mas não o enfrente só. INIMIGO ÍNTIMO
  • 27. OS MEDOS NA VIDA - Os Medos Principais/Usuais O Medo da Morte é o medo da Vida não vivida. É o medo dos muitos débitos que temos para com nossa própria vida, e que a morte nos impedirá de saldar. Eu não tenho medo dos anos e não penso em velhice. Sei que alguém vai ter que me enterrar, mas eu não vou fazer isso comigo. Só existe doenças porque há doentes. No instante em que se renove interiormente, o indivíduo não terá mais doenças. A maior pobreza não reside no cofre vazio e, sim, no coração ainda incapaz de abrir-se à infinita riqueza do bem comum. Quem não tem razão no que me crítica, não merece resposta; quem tem, está falando a verdade, e contra a verdade ninguém nada pode. Somente se perde o que realmente não se tem. Não existem afetos que se percam ou desapareçam, mas fenômenos de afetividade gerada por diversos motivos que se alteram, se afastam, desaparecem, não merecendo, portanto, maior aflição Medo da Morte Medo da Velhice Medo da Doença Medo da Pobreza Medo da Crítica Medo da perda de Afeto profundo Evaldo D`Assumpção – Sobre o Viver e o Morrer – Introdução/Cap. 4/Cap.6 Divaldo Franco – Doenças e Curas – Grupo de Estudo Allan Kardec - Entrevista Francisco Cândido Xavier – O Evangelho de Chico Xavier – Item 38 Cora Coralina (1889/1985) Mariano José Pereira da Fonseca - Falando à Terra – Cap. 32 - Reflexões Joanna de Ângelis – Diretrizes para o Êxito – Cap. 6 – Medo e Autoconfiança
  • 28. OS MEDOS NA VIDA - As Fobias Principais Fobias de animais Fobias de aspectos do ambiente natural (trovoadas, enchentes, terremotos) Fobias a sangue, injeções ou feridas •Fobias a situações específicas (altura, andar de avião, andar de elevador) Transtornos de Pânico
  • 29. OS MEDOS NA VIDA - Medos x Fobias Parâmetro MEDO FOBIA Intensidade Temor PROPORCIONADO e compreensível. Temor DESPROPORCIONADO e irracional, apenas na aparência. Causa Tem causas muito OBJETIVAS quando analisado racionalmente. Por exemplo: medo do futuro devido à instabilidade econômica. As causas quase sempre são TRANSPESSOAIS, isto é, vividas em etapas da vida atual (gestação, primeira infância) ou em EXISTÊNCIAS ANTERIORES. Por exemplo: Fobia de animais, de altura, de lugar fechado. Ação O indivíduo se defende com AÇÕES E ARGUMENTOS LÓGICOS. A defesa habitual é A FUGA, não enfrentar o objeto ou a situação fóbica (mecanismo de prevenção e afastamento). Controle O indivíduo PODE CONTROLÁ-LO de alguma forma. O indivíduo TEM DIFICULDADE DE CONTROLE, podendo ser dominado completamente pelo medo. Superação Pode-se superá-lo com ESFORÇOS PESSOAIS, presididos pela vontade. Para superá-la é necessário UM TRATAMENTO PSICOLÓGICO/ESPIRITUAL. Avaliação Muitos medos SÃO COMUNS E FREQUENTES NA VIDA e vão sendo vencidos com o tempo. As fobias são SEMPRE PATOLÓGICAS. Para superá-las é necessária uma terapia bem aplicada, especialmente a psicoterapia transpessoal, onde são trabalhadas as causas passadas geradoras da fobia. Federação Espirita do Mato Grosso – Projeto Espiritizar – Cura Espiritual do Medo, das Fobias e do Pânico
  • 30. OS MEDOS NA VIDA - As Fobias Principais Transtornos de Pânico Fobia Social Distúrbio de pânico encontra-se enraizado no ser que desconsiderou as Soberanas Leis e se reencarna com predisposição fisiológica. Imprimindo nos genes a necessidade da reparação dos delitos transatos que permaneceram sem justa retificação, porque desconhecidos da Justiça humana. O fóbico social receia ser julgado e avaliado pelos outros, pois os comportamentos que mais temem são falar, comer e beber diante das outras pessoas, frequentar cursos, palestras, festas cinemas, ou seja, qualquer atividade social em lugares movimentados. O sentimento de inferioridade é o grande dificultador da necessidade dos relacionamentos seguros e sadios. Esses desencadeadores dos transtornos neuróticos obsessivo-compulsivos, do ponto de vista psicológico, encontram-se no inconsciente pessoal, como herança também de atos transatos, sem dúvida, no qual estão inscritos igualmente os códigos das imagens arquetípicas que permitem, por outro lado, vinculação com outras mentes ora desencarnadas. Transtornos Obsessivo-Compulsivo - TOC Joanna de Angelis - Amor, Imbatível Amor - Cap. 48 - Síndrome do Pânico Joanna de Angelis – Aspectos Psiquiátricos e Espirituais nos Transtornos Emocionais – Cap. 8 – TOC Hammed – As Dores da Alma – Cap. 6 - Medo
  • 31. OS MEDOS NA VIDA - Ideias Síntese O MEDO ESTÁ NO ESPÍRITO • Classificamos o medo como dos piores inimigos da criatura, por alojar-se na cidadela da alma, atacando as forças mais profundas O MEDO TRANSCENDE O TEMPO • Transfere-se de uma vida para outra esse adversário do progresso humano, permanecendo até quando a firme decisão de elevar-se e ser feliz propele o Espírito à luta sem quartel para superá-lo. O MEDO ESVAZIA A VIDA • O resultado do medo em nossas vidas será a perda do nosso poder de pensar e agir com espontaneidade, pois quem decidirá como e quando devemos atuar será a atmosfera do temor que nos envolve. O MEDO É CONTAGIOSO • O medo produz sintonia com aquilo que se teme, pela própria vibração que emite. A VITÓRIA SOBRE O MEDO ESTÁ NA TUA LUTA • O medo, portanto, oculta-se na fantasia de tudo muito fácil, sem suores nem lágrimas, sem sofrimentos nem lutas, gerando incertezas em torno do ato de existir. André Luiz – Nosso Lar – Cap. 42 – A Palavra do Governador Manoel Philomeno de Miranda – Temas da Vida e da Morte – Cap. 9 - Medo e Responsabilidade Hammed – As Dores da Alma – Cap. 6 - Medo Vitor Hugo – Sublime Expiação – 1º Parte – Cap. 1 – A Carta Joanna de Angelis - Conflitos Existenciais - Cap. 4 - Medo
  • 32. AUTOCONSCIENTIZAÇÃO • A coragem de manter contato com os próprios medos é recurso terapêutico muito valioso para a sua erradicação, ou, pelo menos, para a sua administração psicológica. REEDUCAÇÃO MENTAL • Se pensas no medo, ele assoma e te domina. Tudo pode ser alterado sob a ação do pensamento. ORAR/MEDITAR • Considerando-se a possibilidade de alguns dos medos serem inspirados por adversários desencarnados, a oração--terapia gera um clima psíquico tão elevado que o opositor perde o contato com a vítima. LABORTERAPIA/AÇÃO ENOBRECEDORA • O medo recua, na razão direta em que a disposição de atuar se faz mais forte, da mesma maneira que o inverso é verdadeiro. Herança moral jacente no Espírito, a este compete o dever de considerar frontalmente a questão e empenhar-se por vencê-lo. OS MEDOS NA VIDA - Superação - Diretrizes Passo a mão pela testa e o suor goteja em meus olhos na cruz que eu mesmo fiz com pedaços de dores e apreensões. Passo a mão pela testa e me ocorre um pensamento “Deus é a luz que aquece o desalento no conforto da riqueza universal”. Passo a mão pela testa e o suor secou... Antônio Luiz Gasparetto – Atitude – Pag. 100: Dores e Apreensões Joanna de Angelis - Conflitos Existenciais - Cap. 4 - Medo Joanna de Angelis - Momentos de Felicidade – Cap. 5 – Pensamento e Vida Joanna de Angelis - Conflitos Existenciais - Cap. 4 - Medo Manoel Philomeno de Miranda – Temas da Vida e da Morte – Cap. 9 - Medo e Responsabilidade
  • 33. OS MEDOS NA VIDA - Superação - Tratamentos + MATERIAIS ESPIRITUAIS  Passes.  Desobsessão.  Entendimento das causas espirituais.  DEUS + TRABALHO + RENOVAÇÃO.  Farmacológico.  Orientação Familiar.  Psicoterapia.  Terapia comportamental. Transfere-se de uma vida para outra esse adversário [o Medo] do progresso humano, permanecendo até quando a firme decisão de elevar- se e ser feliz propele o Espírito À LUTA SEM QUARTEL PARA SUPERÁ-LO. Manoel Philomeno de Miranda – Temas da Vida e da Morte – Cap. 9 - Medo e Responsabilidade
  • 34. OS MEDOS NA VIDA - Superação - Diretrizes - Síntese DEUS TRABALHO RENOVAÇÃO  DEUS: conhece você infinitamente, e é de bondade e sabedoria.  EVOLUÇÃO: Estás fadado a Felicidade/ao Progresso.  IMORTALIDADE: És eterno nas tua conquistas e vitórias.  REENCARNAÇÃO: Tens inúmeras oportunidades de recomeçar/de Renovação  JUSTIÇA DIVINA: O que plantares, colherás dentro dos méritos/do teu Trabalho.  ÁRDUO: Disposição para um trabalho árduo e intimorato, confiança em Deus, afim de enfrentar bem e ultimamente toda e qualquer coisa, fato, ocorrência, desdita...  EDIFICANTE: O trabalho edificante constitui força de manutenção do equilíbrio.  RENOVATÓRIO: Trabalhar é produzir transformação, oportunidade e movimento. Servir é criar simpatia, fraternidade e luz.  ORAR: Orar é como Arar. É agir, é atuar em favor do mundo, e de Si.  TERAPEUTA: Auto analise-se com severidade. O que você vê fora, resulta do que você cultiva por dentro.  INFLUENCIAÇÕES: Nos dois planos da vida somos o que pensamos, os pensamentos gerando vibrações que nos imantam fluidicamente às trevas ou à luz.  VITÓRIAS: Mantém a tua confiança no ideal que abraças e não meças as vitórias do teu espírito com a fita métrica dos triunfos terrestres transitórios.
  • 35. O labor fraternal, o culto doméstico do Evangelho, o pensamento de otimismo frequente e o recolhimento da oração, a par do uso da água magnetizada e do passe, produzem expressiva terapêutica valiosa e de imediatos resultados para a aquisição da saúde e da renovação, COMBATENDO O MEDO. Joanna de Angelis - Florações Evangélicas – Cap. 21 – Medo “Sorrir+Orar+Trabalhar” Enfrente o terrível de frente Escondendo a riqueza/talento – do Conhecimento Espírita – que te emprestei, não só te perdeste pelo temor de sofrer e auxiliar, como também prejudicaste a obra deficitária de teus irmãos, cujos dias no mundo teriam alcançado maior rendimento no Bem Eterno, se houvessem recebido o quinhão de amor e serviço, humildade e paciência que lhes negaste!… Humberto de Campos – Entre Irmãos de Outras Terras – Cap. 30 – Estudo na Parábola
  • 36. Fazer da queda um passo de dança, do medo uma escada, do sonho uma ponte, da procura um encontro. Fernando Sabino – "O Encontro Marcado" – 1º Parte – A Procura Teme apenas a ti mesmo Na esfera de teu dever. Quem se amedronta consigo Nada mais tem a temer. Casimiro Cunha – Gotas de luz - Cap. 20 - Sementes do caminho O correr da vida embrulha tudo, a Vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem. Guimarães Rosa – Grande Sertão Veredas – Pag. 334 Tive medo, não procurei esconder Todos viram, fingiram Pena de mim, não precisava Ali onde eu tive medo Qualquer um tinha. Dar a volta por cima que eu dei Quero ver quem dava. Um homem de moral não fica no chão Reconhece o medo e não desanima Levanta, sacode a poeira. E dá a volta por cima. Paulo Vanzolini Canção: Volta por cima (adaptado)
  • 37. Casimiro Cunha  14/04/1880 – Vassouras/RJ  07/11/1914 – Vassouras/SP Poeta/Escritor “Fazer da queda um passo de dança, do medo uma escada, do sonho uma ponte, da procura um encontro”. Fernando Sabino – "O Encontro Marcado" – 1º Parte – A Procura Teme apenas a ti mesmo Na esfera de teu dever. Quem se amedronta consigo Nada mais tem a temer. Casimiro Cunha – Gotas de luz - Cap. 20 - Sementes do caminho Escondendo a riqueza/talento – do Conhecimento Espírita – que te emprestei, não só te perdeste pelo temor de sofrer e auxiliar, como também prejudicaste a obra deficitária de teus irmãos, cujos dias no mundo teriam alcançado maior rendimento no Bem Eterno, se houvessem recebido o quinhão de amor e serviço, humildade e paciência que lhes negaste!… Humberto de Campos – Entre Irmãos de Outras Terras – Cap. 30 – Estudo na Parábola O labor fraternal, o culto doméstico do Evangelho, o pensamento de otimismo frequente e o recolhimento da oração, a par do uso da água magnetizada e do passe, produzem expressiva terapêutica valiosa e de imediatos resultados para a aquisição da saúde e da renovação, COMBATENDO O MEDO. Joanna de Angelis - Florações Evangélicas – Cap. 21 – Medo Deus dá a terra, o clima, a semente, a fonte e o tempo, mas o trabalho da plantação e da safra é merecimento do lavrador. Emmanuel – Seguindo Juntos – Cap. 7 “Sorrir+Orar+Trabalhar” Enfrente o terrível de frente
  • 38. O LIVRO ESPÍRITA, no entanto, não apenas auxilia a viver e acertar, mas IGUALMENTE A VIVER PARA O BEM DE TODOS, o que significa acertar sempre mais na conquista do próprio bem. Emmanuel - Luz no Caminho – Cap. 5 OS MEDOS NA VIDA - Bibliografia Básica
  • 39. E-mail : adalberto.acsjr@gmail.com YouTube – O Escriba Espírita : https://www.youtube.com/channel/UCj39fLNXa2nKXfVTNlZ_JGw Blog – O Escriba Espírita : https://escribaespirita.blogspot.com/ Instagram: https://www.instagram.com/adalberto.coelho.silva/?hl=pt-br