SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
Obsidiada fui eu, é verdade.
JOVEM CAPRICHOSA, contrariada em meus
impulsos afetivos, acariciei a idéia da fuga,
menoscabando todos os favores que a Providência
Divina me concedera à estrada primaveril.
Acalentei a idéia do suicídio com volúpia.
Hilda – Vozes do Grande Além – Cap. 40 – Suicídio e obsessão
O suicídio alcança, na atualidade, cifras
assustadoras, e, nas faixas extremas da existência
humana – JUVENTUDE E VELHICE – revelam-se
como sendo os níveis de ocorrência acentuada.
Dias da Cruz - Reformador/Agosto/2005
FLAGELOS/EPIDEMIAS – “INVISÍVEIS”
?
SUICÍDIO
DEPRESSÃO
DROGAS
OBSESSÃO
Suicídio do “presente”
“Suicídio virtual”
Dependência “espiritual”
“Suicídio homeopático”
“Homicídios espirituais”
“Obscídio”
Obsessão comportamental
Obsessão cármica
Auto-Obsessão
Viver é um impositivo
biológico.
Viver, porém, com
elevação, na busca
de equilíbrio é um
desafio.
Marco Prisco
Luz Viva – Cap.22
ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - CAUSAS
Conflitos Familiares
Tendências Reincidentes
Depressão
Materialismo
Visão distorcida da Morte
Perdas
Isolamento Social/Tédio
OBSESSÃO
Saúde/Autonomia/Papel social
Desesperança, Desamparo,
Depressão e Desespero
Infanto-Juvenil
Terceira Idade
Porque o Obsessor estimula o Suicídio ?
Esse tipo de Suicídio tem atenuantes ?
4
SUICÍDIO INFANTO-JUVENIL - CAUSAS
CONFLITOS FAMILIARES
• Amadurecidas precipitadamente, em razão
dos lares desajustados e das famílias
desorganizadas.
• Vazias, desprotegidas do afeto que alimenta
os centros vitais de energia e beleza, vêem-se
sem rumo, fugindo, desditosas, pela porta
mentirosa do suicídio.
Manoel Philomeno de Miranda – Temas da Vida e da Morte – Pag. 97 - Suicídio solução insolvável
5
TENDÊNCIAS REINCIDENTES
•(...) grande número delas, suicidas
do passado, renascem com as
impressões do gesto anterior, e
porque desarmadas, na sua quase
totalidade, de equilíbrio.
SUICÍDIO INFANTO-JUVENIL - CAUSAS
Manoel Philomeno de Miranda – Temas da Vida e da Morte – Pag. 97 – Suicídio solução insolvável
6
DEPRESSÃO
• A depressão faz instalar no recôndito do ser desta
jovem criatura uma amargura profunda, uma dor
infinita, uma tristeza sem-fim. O Espírito adoece,
passo a passo.
• A depressão, portanto, pode ser comparada a um
suicídio psicológico, que se dá pela ausência de
valor moral para o enfrentamento das vicissitudes.
O depressivo não faz a opção por si mesmo, optando
pela derrocada e vendo no fracasso algo natural ou
inevitável.
Izaias Claro – Depressão Causas, Consequências e Tratamentos – Pag. 104
SUICÍDIO INFANTO-JUVENIL/TERCEIRA IDADE - CAUSAS
Dias da Cruz - Reformador/Agosto/2005– Suicídio na Adolescência
7
MATERIALISMO
• O adolescente, vivendo nesse clima de lutas acerbas
e não havendo recebido uma base moral de
sustentação segura, na vida física vê somente a
superficialidade, o prazer mentiroso, a ilusão que
comandam os comportamentos de todos.
• A propagação das idéias materialistas é, portanto, o
veneno que inocula em muitos a idéia do suicídio, e
os que se fazem seus apóstolos assumem uma
terrível responsabilidade.
SUICÍDIO INFANTO-JUVENIL/TERCEIRA IDADE - CAUSAS
Joanna de Angelis – Adolescência e Vida – Cap. 25 – O adolescente e o suicídio
Allan Kardec – O Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. 5
8
VISÃO DISTORCIDA DA MORTE
•A desinformação a respeito da
imortalidade do ser e da reencarnação
responde pela correria alucinada na
busca do suicídio.
•E essa falta de esclarecimento é maior
no período infanto-juvenil, (...)
facultando a fuga hedionda da existência
carnal.
SUICÍDIO INFANTO-JUVENIL/TERCEIRA IDADE - CAUSAS
Joanna de Angelis – Adolescência e Vida – Cap. 25 – O adolescente e o suicídio
9
PERDAS
• Quanto mais valorizamos algo, mais forte será
o vínculo, e maior consequentemente será o
sofrimento ao perdê-lo.
• A vida só nos tira o que não nos pertence e
de que não mais precisamos, ou que ainda
necessitamos, mas não valorizamos; e esta
última acontece para assimilarmos a lição da
valorização.
SUICÍDIO TERCEIRA IDADE - CAUSAS
Joanna de Angelis – Reformador – Dezembro/2006
10
ISOLAMENTO SOCIAL/TÉDIO
• A solidão pode ser considerada como uma das
principais causas da ocorrência do suicídio.
•Na fase da velhice que a solidão se
apresenta mais desesperadora, com
o passar dos anos, os sentimentos de
solidão e vazio existencial tornam-se
mais consistentes e angustiantes.
SUICÍDIO TERCEIRA IDADE - CAUSAS
Valdirene Alves de Lima - Suicídio na Terceira idade – Universidade Católica de Brasília – 2010
11
OBSESSÃO
• A obsessão na infância muitas vezes é
continuidade da ocorrência procedente da
Erraticidade.
• Acalentei a idéia do suicídio com volúpia e,
com isso, através dela, fortaleci as ligações
deploráveis com os desafetos de meu passado,
que falava mais alto no presente.
SUICÍDIO INFANTO-JUVENIL/TERCEIRA IDADE - CAUSAS
Manoel Philomeno de Miranda – Sexo e Obsessão – Cap. 4 – O drama da obsessão na infância
Hilda – Vozes do Grande Além – Cap. 40
ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PROCESSO
• Jovem caprichosa, contrariada em meus impulsos afetivos, acariciei
a idéia da fuga, menoscabando todos os favores que a Providência
Divina me concedera à estrada primaveril.
• Acalentei a idéia do suicídio com volúpia e, com isso, através dela,
fortaleci as ligações deploráveis com os desafetos de meu
passado, que falava mais alto no presente.
ObsCídio
Infanto-
Juvenil
ObsCídio
Terceira
Idade
1
• A busca da solução - a pessoa faz um inventário de soluções.
2
• A ideação suicida- uma imagem súbita, breve e passageira da
morte.
3
• A ruminação - o desconforto torna-se cada vez mais difícil de
suportar.
4
• A cristalização - a pessoa encontra-se imersa no desespero.
5
• O elemento desencadeante - um problema a mais – o ato.
Hilda – Vozes do Grande Além – Cap. 40
ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PROCESSO
Indução/Implantes/Obsessão profunda
Os suicídios que tiveram por causa a obsessão de um Espírito perverso, sobre o encarnado,
apresentam certa parcela de atenuantes para a vítima e agravantes para o algoz.
Bezerra de Meneses – Dramas da Obsessão – Cap. 6
(...) Operando sutilmente o perispírito, aquele pequeno dispositivo faria com que uma voz
lhe repetisse insistentemente a mesma ordem: "Você vai enlouquecer! Suicide-se".
Transcorridos dez minutos, a cirurgia estava concluída.
Manoel Philomeno de Miranda - Nos Bastidores da Obsessão – Cap. 8
(...) Quando das suas graves intervenções no psiquismo dos seus hospedeiros, suas energias
deletérias provocam taxas mais elevadas de serotonina e noradrenalina, produzidas pelos
neurônios, que contribuem para o surgimento do transtorno psicótico-maníaco-
depressivo, responsável pela diminuição do humor e desvitalização do paciente, que fica
ainda mais à mercê do agressor.
É nessa fase que se dá a indução ao suicídio, através de hipnose contínua.
Manoel Philomeno de Miranda – Nos Tormentos da Obsessão – Cap. 4
ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PROCESSO
“Homicídios” Espirituais
(...) O mesmo fenômeno ocorre quando se trata de determinados homicídios, que são
planejados no mundo espiritual, nos quais os algozes se utilizam de enfermos por obsessão,
armando-lhes as mãos para a consumpção dos nefastos crimes .
Manoel Philomeno de Miranda – Nos Tormentos da Obsessão – Cap. 4
A obsessão merece maior atenção por parte dos estudiosos da doutrina. Os processos
obsessivos podem ser responsabilizados por grande parte da violência praticada pelo
homem... “Existem crimes tão estarrecedores, que, sem duvida, não poderiam ser praticados
por uma só pessoa em ação; a gente fica com a nítida idéia de que foram muitos os que agiram
através do autor de determinada atitude de violência...”
Francisco Cândido Xavier - O Evangelho de Chico Xavier – Item 222
Naquele transe, sob a indução cruel, que me houvera conduzido ao transtorno psicótico-
maniaco-depressivo, em uma noite de alucinação, porquanto podia ver a mulher-verdugo de
minha existência e os seus asseclas, fui induzido a ingerir algumas drogas de sonífero, quase
automaticamente, sem qualquer reflexão. (...) À medida que se as substâncias passaram a
atuar no meu organismo, um cruel torpor e enregelamento tomou-me todo, produzindo-me a
parada cardíaca, e a desencarnação.
Manoel Philomeno de Miranda – Tormentos da Obsessão – Cap. 5
15
1
• Expressar a disponibilidade de escutá-lo sem julgamentos, evitar insultos,
culpabilização ou repreensões morais.
3 • Evitar minimizar os problemas do jovem.
4 • Deve-se ajudar o jovem a se acalmar e a aceitar a ajuda de um profissional.
5 • Não se deve deixá-lo sozinho até que passe o perigo.
6 • Ajudá-lo a avaliar a situação permitirá que ele descubra novas soluções.
7
• Intensificar a auto-estima, encorajando-o em seus progressos, em suas
habilidades.
8
• Desmentir os mitos que correm entre os jovens: que os adultos não os
podem ajudar, que não os levam a sério, que não serão capazes de entender
seu modo de ver as coisas, que se aproveitarão para punir seus erros, que
pensarão que está doente.
ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PREVENÇÃO
Infanto-Juvenil
16
O LAR EQUILIBRADO
• O lar erguido sobre as bases do Evangelho, é a
solução preventiva, a terapêutica antecipada
para a problemática do autocídio.
A VIDA REAL
• Através de uma visão correta sobre a
realidade do ser, do seu destino, dos seus
objetivos na Terra.
ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PREVENÇÃO
Infanto-Juvenil
17
ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PREVENÇÃO
Terceira Idade
1 • Estar Atento aos “sinais” de Depressão, de Ideação suicida.
2 • Estimular o aumento do nível de Espiritualidade.
3 • Manter, incrementar a Convivência social, ser voluntário.
4 • Trabalhar o nível e Aceitação, adaptalidade.
5 • Melhorar a auto-estima.
6 • Cultivar um “hobby”.
7 • Valorizar sempre o “milagre” da VIDA.
18
A RENOVAÇÃO PERMANENTE
• Os que desanimam de lutar e trabalhar, renovar
e evoluir são os que verdadeiramente morrem.
O VIVER EM EQUILÍBRIO
• Viver é um impositivo biológico.
•Viver, porém, com elevação, na busca de
equilíbrio é um desafio.
ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PREVENÇÃO
Terceira Idade
Marco Prisco – Luz Viva – Cap.22
André Luiz – Estude e Viva – Cap. 52
• Ore, pedindo a Deus mais luz para vencer as sombras e romperás as cadeias da
aflição
1. ORAR
INSISTENTEMENTE
• Leia uma página edificante, que lhe auxilie o raciocínio na mudança construtiva
de idéias.
2. LEITURAS ELEVADAS
• Tente contato de pessoas, cuja conversação lhe melhore o clima espiritual.
3. CONVERSAÇÃO
EDIFICANTE
• Procure um ambiente, no qual lhe seja possível ouvir palavras e instruções que
lhe enobreçam os pensamentos
4. APRENDIZADO
CONSTANTE
• Visite um enfermo, buscando reconforto naqueles que atravessam dificuldades
maiores que as suas.
5. TRABALHO
FRATERNAL
• Ouça uma música enriquecedora, que te leve a reminiscências agradáveis ou a
planificações animadoras.
6. DISTRAÇÃO
POSITIVA
• Pensa no teu futuro ditoso, que te aguarda.
7. MEDITAÇÃO
ADEQUADA
• Vigie os seus sentimentos, pensamentos e palavras nas relações com os outros. O
que damos, recebemos de volta.
8. VIGIAR
SENTIMENTOS
• Você pode estar sendo algoz sem perceber. Pense nisso constantemente, para
melhorar as suas relações com os outros.
9. CONVIVÊNCIA
HARMÔNICA
André Luiz – Busca e Acharás: Cap. 19 + Joanna de Ângelis – Momentos de Saúde e de Consciência: Cap. 14 + Herculano Pires - Obsessão, Passe, e Doutrinação – 1º Parte - Cap. 8
ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PREVENÇÃO
QUAIS AS ATITUDES PARA DIMINUIR AO MÁXIMO A INFLUÊNCIA DOS ESPÍRITOS LEVANDO AO SUICÍDIO?
Trabalhe. Não permaneça
Cozinhando a alma ferida,
Trabalho renova a mente,
A mente conduz a vida.
Estude. Não esmoreça,
Modifique a própria estrada,
Obsessor não aguenta
Nossa vida transformada.
A cura da obsessão
Na reforma se processa,
Mas pessoa que trabalha
Sara sempre mais
depressa.
Cornélio Pires –
Retratos da Vida - Cap. 17 - Cura de obsessão
TRABALHO
RENOVAÇÃO
+
=
Suicídio, não pense nisso
Nem mesmo por brincadeira...
Um ato desses resulta
Na dor de uma vida inteira.
Tolera com paciência
Qualquer problema ou pesar;
Não adianta morrer,
Adianta é se melhorar.
ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - SÍNTESE
Cornélio Pires –
Astronautas do Além - Cap. 3 - Suicídio
CURA
CORNÉLIO PIRES
 13/07/1884/Tiete
+ 17/01/1958/São Paulo
Poeta/Escritor/Jornalista
MATERIAL
DE
SUPORTE
Apresentação
Vídeo
Texto
Arquivo pdf
Link
Arquivo pdf
E-mail : adalberto.acsjr@gmail.com
YouTube – O Escriba Espírita : https://www.youtube.com/channel/UCj39fLNXa2nKXfVTNlZ_JGw
Blog – O Escriba Espírita : https://escribaespirita.blogspot.com/
Instagram: https://www.instagram.com/adalberto.coelho.silva/?hl=pt-br
A tragédia do suicídio na adolescência deve ser considerada com ênfase e relevância nos programas e planejamentos
da Casa Espírita, pois uma ação conjunta, fundamentada no amor legítimo, pode reverter esse quadro doloroso.
ESTE É O APELO DA NOSSAALMA!
Dias da Cruz – Revista Reformador/Junho/2005

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaO Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaRicardo Azevedo
 
Capítulo vii – o orgulho e a humildade
Capítulo vii – o orgulho e a humildadeCapítulo vii – o orgulho e a humildade
Capítulo vii – o orgulho e a humildadealice martins
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitosPalestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitosDivulgador do Espiritismo
 
Suicidio na visão espirita
Suicidio  na visão espiritaSuicidio  na visão espirita
Suicidio na visão espiritaLisete B.
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros 01 conceitos fundamentais
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  01 conceitos fundamentaisEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  01 conceitos fundamentais
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros 01 conceitos fundamentaisJose Luiz Maio
 
O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"
O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"
O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"Jorge Luiz dos Santos
 
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECO CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECJorge Luiz dos Santos
 
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Graça Maciel
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)Jorge Luiz dos Santos
 

Mais procurados (20)

ESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADOESQUECIMENTO DO PASSADO
ESQUECIMENTO DO PASSADO
 
O Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro EspíritaO Papel do Centro Espírita
O Papel do Centro Espírita
 
Capítulo vii – o orgulho e a humildade
Capítulo vii – o orgulho e a humildadeCapítulo vii – o orgulho e a humildade
Capítulo vii – o orgulho e a humildade
 
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitosPalestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
Palestra Espírita - Bem aventurados os aflitos
 
Desobsessao
DesobsessaoDesobsessao
Desobsessao
 
Suicidio na visão espirita
Suicidio  na visão espiritaSuicidio  na visão espirita
Suicidio na visão espirita
 
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros 01 conceitos fundamentais
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  01 conceitos fundamentaisEstudando com Andre Luiz - Os Mensageiros  01 conceitos fundamentais
Estudando com Andre Luiz - Os Mensageiros 01 conceitos fundamentais
 
O homem no mundo
O homem no mundoO homem no mundo
O homem no mundo
 
O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"
O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"
O CÉU E O INFERNO "Visão Espírita"
 
Provas voluntárias
Provas voluntáriasProvas voluntárias
Provas voluntárias
 
Lei de sociedade - Wilma Badan
Lei de sociedade - Wilma BadanLei de sociedade - Wilma Badan
Lei de sociedade - Wilma Badan
 
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECO CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
 
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
Não basta não fazer o mal é preciso fazer o bem.
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
 
Meu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundoMeu reino não é deste mundo
Meu reino não é deste mundo
 
O Poder do Pensamento
O Poder do PensamentoO Poder do Pensamento
O Poder do Pensamento
 
MISSÃO DOS ESPÍRITAS
MISSÃO DOS ESPÍRITASMISSÃO DOS ESPÍRITAS
MISSÃO DOS ESPÍRITAS
 
A força do pensamento
A força do pensamentoA força do pensamento
A força do pensamento
 
Quem tem medo da morte
Quem tem medo da morte Quem tem medo da morte
Quem tem medo da morte
 
Suicídio
SuicídioSuicídio
Suicídio
 

Semelhante a ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio

Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2Marcio Augusto Guariente
 
Suicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevenção
Suicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevençãoSuicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevenção
Suicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevençãoWashington Costa
 
Depressão e suicidio seminario
Depressão e suicidio   seminarioDepressão e suicidio   seminario
Depressão e suicidio seminarioFlavio A. Zanetti
 
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17Henrique Vieira
 
Suicídio palestra cefa 7 dez 12
Suicídio   palestra cefa 7 dez 12Suicídio   palestra cefa 7 dez 12
Suicídio palestra cefa 7 dez 12balsense
 
1 a dimensao
1 a dimensao1 a dimensao
1 a dimensaoventofrio
 
Aula 13 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Suicídio Falsa Solução
Aula 13 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Suicídio Falsa SoluçãoAula 13 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Suicídio Falsa Solução
Aula 13 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Suicídio Falsa SoluçãoSergio Lima Dias Junior
 
Fixação mental slide1
Fixação mental  slide1Fixação mental  slide1
Fixação mental slide1bonattinho
 
Necessidade de valores espirituais
Necessidade de valores espirituaisNecessidade de valores espirituais
Necessidade de valores espirituaisHelio Cruz
 
Conceito,causas e graus da obsessão
Conceito,causas e graus da obsessãoConceito,causas e graus da obsessão
Conceito,causas e graus da obsessãojcevadro
 
Suicídio - Dor dos dois lados da vida - 5a. edição
Suicídio - Dor dos dois lados da vida - 5a. ediçãoSuicídio - Dor dos dois lados da vida - 5a. edição
Suicídio - Dor dos dois lados da vida - 5a. ediçãoRicardo Azevedo
 

Semelhante a ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio (20)

Suicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenirSuicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenir
 
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
 
Suicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevenção
Suicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevençãoSuicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevenção
Suicídio: aspectos gerais e o papel da psicologia na sua compreensão e prevenção
 
Depressão e suicidio seminario
Depressão e suicidio   seminarioDepressão e suicidio   seminario
Depressão e suicidio seminario
 
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
 
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além TúmuloO Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
 
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
 
Suicídio palestra cefa 7 dez 12
Suicídio   palestra cefa 7 dez 12Suicídio   palestra cefa 7 dez 12
Suicídio palestra cefa 7 dez 12
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
Você não esta sozinho
Você não esta sozinhoVocê não esta sozinho
Você não esta sozinho
 
1 a dimensao
1 a dimensao1 a dimensao
1 a dimensao
 
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
 
Aula 13 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Suicídio Falsa Solução
Aula 13 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Suicídio Falsa SoluçãoAula 13 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Suicídio Falsa Solução
Aula 13 - Mocidade Espírita Chico Xavier - Suicídio Falsa Solução
 
MORTE E MORRER
MORTE E MORRERMORTE E MORRER
MORTE E MORRER
 
Não se mate você não morre
Não se mate você não morreNão se mate você não morre
Não se mate você não morre
 
Fixação mental slide1
Fixação mental  slide1Fixação mental  slide1
Fixação mental slide1
 
Necessidade de valores espirituais
Necessidade de valores espirituaisNecessidade de valores espirituais
Necessidade de valores espirituais
 
Memórias de um suicida
Memórias de um suicidaMemórias de um suicida
Memórias de um suicida
 
Conceito,causas e graus da obsessão
Conceito,causas e graus da obsessãoConceito,causas e graus da obsessão
Conceito,causas e graus da obsessão
 
Suicídio - Dor dos dois lados da vida - 5a. edição
Suicídio - Dor dos dois lados da vida - 5a. ediçãoSuicídio - Dor dos dois lados da vida - 5a. edição
Suicídio - Dor dos dois lados da vida - 5a. edição
 

Mais de ADALBERTO COELHO DA SILVA JR

A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOA Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfEnquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoRelacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoO Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoAs Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 

Mais de ADALBERTO COELHO DA SILVA JR (20)

A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOA Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
 
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfEnquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
 
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃOEnquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
 
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_ExposiçãoEsses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
 
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - textoEstes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
 
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTOLoucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
 
Loucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anosLoucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anos
 
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_TextoSexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
 
Sexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anosSexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anos
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
 
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTOO Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
 
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃOO Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
 
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoRelacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
 
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoO Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres ColetivosAs Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoAs Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
 
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
 
Tempo de Recomeçar - 2023
Tempo de Recomeçar - 2023Tempo de Recomeçar - 2023
Tempo de Recomeçar - 2023
 

Último

Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxIgreja Jesus é o Verbo
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfFrancisco Baptista
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Nilson Almeida
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfDaddizinhaRodrigues
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaRicardo Azevedo
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxManoel Candido Pires Junior
 

Último (7)

Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Ezequiel - slides powerpoint.pptx
 
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Daniel - slide powerpoint.pptx
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da ProvidênciaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 133 - Lógica da Providência
 
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docxCulto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
Culto esboço de Pregação expositiva sermão em João.docx
 

ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio

  • 1. Obsidiada fui eu, é verdade. JOVEM CAPRICHOSA, contrariada em meus impulsos afetivos, acariciei a idéia da fuga, menoscabando todos os favores que a Providência Divina me concedera à estrada primaveril. Acalentei a idéia do suicídio com volúpia. Hilda – Vozes do Grande Além – Cap. 40 – Suicídio e obsessão O suicídio alcança, na atualidade, cifras assustadoras, e, nas faixas extremas da existência humana – JUVENTUDE E VELHICE – revelam-se como sendo os níveis de ocorrência acentuada. Dias da Cruz - Reformador/Agosto/2005
  • 2. FLAGELOS/EPIDEMIAS – “INVISÍVEIS” ? SUICÍDIO DEPRESSÃO DROGAS OBSESSÃO Suicídio do “presente” “Suicídio virtual” Dependência “espiritual” “Suicídio homeopático” “Homicídios espirituais” “Obscídio” Obsessão comportamental Obsessão cármica Auto-Obsessão Viver é um impositivo biológico. Viver, porém, com elevação, na busca de equilíbrio é um desafio. Marco Prisco Luz Viva – Cap.22
  • 3. ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - CAUSAS Conflitos Familiares Tendências Reincidentes Depressão Materialismo Visão distorcida da Morte Perdas Isolamento Social/Tédio OBSESSÃO Saúde/Autonomia/Papel social Desesperança, Desamparo, Depressão e Desespero Infanto-Juvenil Terceira Idade Porque o Obsessor estimula o Suicídio ? Esse tipo de Suicídio tem atenuantes ?
  • 4. 4 SUICÍDIO INFANTO-JUVENIL - CAUSAS CONFLITOS FAMILIARES • Amadurecidas precipitadamente, em razão dos lares desajustados e das famílias desorganizadas. • Vazias, desprotegidas do afeto que alimenta os centros vitais de energia e beleza, vêem-se sem rumo, fugindo, desditosas, pela porta mentirosa do suicídio. Manoel Philomeno de Miranda – Temas da Vida e da Morte – Pag. 97 - Suicídio solução insolvável
  • 5. 5 TENDÊNCIAS REINCIDENTES •(...) grande número delas, suicidas do passado, renascem com as impressões do gesto anterior, e porque desarmadas, na sua quase totalidade, de equilíbrio. SUICÍDIO INFANTO-JUVENIL - CAUSAS Manoel Philomeno de Miranda – Temas da Vida e da Morte – Pag. 97 – Suicídio solução insolvável
  • 6. 6 DEPRESSÃO • A depressão faz instalar no recôndito do ser desta jovem criatura uma amargura profunda, uma dor infinita, uma tristeza sem-fim. O Espírito adoece, passo a passo. • A depressão, portanto, pode ser comparada a um suicídio psicológico, que se dá pela ausência de valor moral para o enfrentamento das vicissitudes. O depressivo não faz a opção por si mesmo, optando pela derrocada e vendo no fracasso algo natural ou inevitável. Izaias Claro – Depressão Causas, Consequências e Tratamentos – Pag. 104 SUICÍDIO INFANTO-JUVENIL/TERCEIRA IDADE - CAUSAS Dias da Cruz - Reformador/Agosto/2005– Suicídio na Adolescência
  • 7. 7 MATERIALISMO • O adolescente, vivendo nesse clima de lutas acerbas e não havendo recebido uma base moral de sustentação segura, na vida física vê somente a superficialidade, o prazer mentiroso, a ilusão que comandam os comportamentos de todos. • A propagação das idéias materialistas é, portanto, o veneno que inocula em muitos a idéia do suicídio, e os que se fazem seus apóstolos assumem uma terrível responsabilidade. SUICÍDIO INFANTO-JUVENIL/TERCEIRA IDADE - CAUSAS Joanna de Angelis – Adolescência e Vida – Cap. 25 – O adolescente e o suicídio Allan Kardec – O Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. 5
  • 8. 8 VISÃO DISTORCIDA DA MORTE •A desinformação a respeito da imortalidade do ser e da reencarnação responde pela correria alucinada na busca do suicídio. •E essa falta de esclarecimento é maior no período infanto-juvenil, (...) facultando a fuga hedionda da existência carnal. SUICÍDIO INFANTO-JUVENIL/TERCEIRA IDADE - CAUSAS Joanna de Angelis – Adolescência e Vida – Cap. 25 – O adolescente e o suicídio
  • 9. 9 PERDAS • Quanto mais valorizamos algo, mais forte será o vínculo, e maior consequentemente será o sofrimento ao perdê-lo. • A vida só nos tira o que não nos pertence e de que não mais precisamos, ou que ainda necessitamos, mas não valorizamos; e esta última acontece para assimilarmos a lição da valorização. SUICÍDIO TERCEIRA IDADE - CAUSAS Joanna de Angelis – Reformador – Dezembro/2006
  • 10. 10 ISOLAMENTO SOCIAL/TÉDIO • A solidão pode ser considerada como uma das principais causas da ocorrência do suicídio. •Na fase da velhice que a solidão se apresenta mais desesperadora, com o passar dos anos, os sentimentos de solidão e vazio existencial tornam-se mais consistentes e angustiantes. SUICÍDIO TERCEIRA IDADE - CAUSAS Valdirene Alves de Lima - Suicídio na Terceira idade – Universidade Católica de Brasília – 2010
  • 11. 11 OBSESSÃO • A obsessão na infância muitas vezes é continuidade da ocorrência procedente da Erraticidade. • Acalentei a idéia do suicídio com volúpia e, com isso, através dela, fortaleci as ligações deploráveis com os desafetos de meu passado, que falava mais alto no presente. SUICÍDIO INFANTO-JUVENIL/TERCEIRA IDADE - CAUSAS Manoel Philomeno de Miranda – Sexo e Obsessão – Cap. 4 – O drama da obsessão na infância Hilda – Vozes do Grande Além – Cap. 40
  • 12. ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PROCESSO • Jovem caprichosa, contrariada em meus impulsos afetivos, acariciei a idéia da fuga, menoscabando todos os favores que a Providência Divina me concedera à estrada primaveril. • Acalentei a idéia do suicídio com volúpia e, com isso, através dela, fortaleci as ligações deploráveis com os desafetos de meu passado, que falava mais alto no presente. ObsCídio Infanto- Juvenil ObsCídio Terceira Idade 1 • A busca da solução - a pessoa faz um inventário de soluções. 2 • A ideação suicida- uma imagem súbita, breve e passageira da morte. 3 • A ruminação - o desconforto torna-se cada vez mais difícil de suportar. 4 • A cristalização - a pessoa encontra-se imersa no desespero. 5 • O elemento desencadeante - um problema a mais – o ato. Hilda – Vozes do Grande Além – Cap. 40
  • 13. ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PROCESSO Indução/Implantes/Obsessão profunda Os suicídios que tiveram por causa a obsessão de um Espírito perverso, sobre o encarnado, apresentam certa parcela de atenuantes para a vítima e agravantes para o algoz. Bezerra de Meneses – Dramas da Obsessão – Cap. 6 (...) Operando sutilmente o perispírito, aquele pequeno dispositivo faria com que uma voz lhe repetisse insistentemente a mesma ordem: "Você vai enlouquecer! Suicide-se". Transcorridos dez minutos, a cirurgia estava concluída. Manoel Philomeno de Miranda - Nos Bastidores da Obsessão – Cap. 8 (...) Quando das suas graves intervenções no psiquismo dos seus hospedeiros, suas energias deletérias provocam taxas mais elevadas de serotonina e noradrenalina, produzidas pelos neurônios, que contribuem para o surgimento do transtorno psicótico-maníaco- depressivo, responsável pela diminuição do humor e desvitalização do paciente, que fica ainda mais à mercê do agressor. É nessa fase que se dá a indução ao suicídio, através de hipnose contínua. Manoel Philomeno de Miranda – Nos Tormentos da Obsessão – Cap. 4
  • 14. ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PROCESSO “Homicídios” Espirituais (...) O mesmo fenômeno ocorre quando se trata de determinados homicídios, que são planejados no mundo espiritual, nos quais os algozes se utilizam de enfermos por obsessão, armando-lhes as mãos para a consumpção dos nefastos crimes . Manoel Philomeno de Miranda – Nos Tormentos da Obsessão – Cap. 4 A obsessão merece maior atenção por parte dos estudiosos da doutrina. Os processos obsessivos podem ser responsabilizados por grande parte da violência praticada pelo homem... “Existem crimes tão estarrecedores, que, sem duvida, não poderiam ser praticados por uma só pessoa em ação; a gente fica com a nítida idéia de que foram muitos os que agiram através do autor de determinada atitude de violência...” Francisco Cândido Xavier - O Evangelho de Chico Xavier – Item 222 Naquele transe, sob a indução cruel, que me houvera conduzido ao transtorno psicótico- maniaco-depressivo, em uma noite de alucinação, porquanto podia ver a mulher-verdugo de minha existência e os seus asseclas, fui induzido a ingerir algumas drogas de sonífero, quase automaticamente, sem qualquer reflexão. (...) À medida que se as substâncias passaram a atuar no meu organismo, um cruel torpor e enregelamento tomou-me todo, produzindo-me a parada cardíaca, e a desencarnação. Manoel Philomeno de Miranda – Tormentos da Obsessão – Cap. 5
  • 15. 15 1 • Expressar a disponibilidade de escutá-lo sem julgamentos, evitar insultos, culpabilização ou repreensões morais. 3 • Evitar minimizar os problemas do jovem. 4 • Deve-se ajudar o jovem a se acalmar e a aceitar a ajuda de um profissional. 5 • Não se deve deixá-lo sozinho até que passe o perigo. 6 • Ajudá-lo a avaliar a situação permitirá que ele descubra novas soluções. 7 • Intensificar a auto-estima, encorajando-o em seus progressos, em suas habilidades. 8 • Desmentir os mitos que correm entre os jovens: que os adultos não os podem ajudar, que não os levam a sério, que não serão capazes de entender seu modo de ver as coisas, que se aproveitarão para punir seus erros, que pensarão que está doente. ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PREVENÇÃO Infanto-Juvenil
  • 16. 16 O LAR EQUILIBRADO • O lar erguido sobre as bases do Evangelho, é a solução preventiva, a terapêutica antecipada para a problemática do autocídio. A VIDA REAL • Através de uma visão correta sobre a realidade do ser, do seu destino, dos seus objetivos na Terra. ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PREVENÇÃO Infanto-Juvenil
  • 17. 17 ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PREVENÇÃO Terceira Idade 1 • Estar Atento aos “sinais” de Depressão, de Ideação suicida. 2 • Estimular o aumento do nível de Espiritualidade. 3 • Manter, incrementar a Convivência social, ser voluntário. 4 • Trabalhar o nível e Aceitação, adaptalidade. 5 • Melhorar a auto-estima. 6 • Cultivar um “hobby”. 7 • Valorizar sempre o “milagre” da VIDA.
  • 18. 18 A RENOVAÇÃO PERMANENTE • Os que desanimam de lutar e trabalhar, renovar e evoluir são os que verdadeiramente morrem. O VIVER EM EQUILÍBRIO • Viver é um impositivo biológico. •Viver, porém, com elevação, na busca de equilíbrio é um desafio. ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PREVENÇÃO Terceira Idade Marco Prisco – Luz Viva – Cap.22 André Luiz – Estude e Viva – Cap. 52
  • 19. • Ore, pedindo a Deus mais luz para vencer as sombras e romperás as cadeias da aflição 1. ORAR INSISTENTEMENTE • Leia uma página edificante, que lhe auxilie o raciocínio na mudança construtiva de idéias. 2. LEITURAS ELEVADAS • Tente contato de pessoas, cuja conversação lhe melhore o clima espiritual. 3. CONVERSAÇÃO EDIFICANTE • Procure um ambiente, no qual lhe seja possível ouvir palavras e instruções que lhe enobreçam os pensamentos 4. APRENDIZADO CONSTANTE • Visite um enfermo, buscando reconforto naqueles que atravessam dificuldades maiores que as suas. 5. TRABALHO FRATERNAL • Ouça uma música enriquecedora, que te leve a reminiscências agradáveis ou a planificações animadoras. 6. DISTRAÇÃO POSITIVA • Pensa no teu futuro ditoso, que te aguarda. 7. MEDITAÇÃO ADEQUADA • Vigie os seus sentimentos, pensamentos e palavras nas relações com os outros. O que damos, recebemos de volta. 8. VIGIAR SENTIMENTOS • Você pode estar sendo algoz sem perceber. Pense nisso constantemente, para melhorar as suas relações com os outros. 9. CONVIVÊNCIA HARMÔNICA André Luiz – Busca e Acharás: Cap. 19 + Joanna de Ângelis – Momentos de Saúde e de Consciência: Cap. 14 + Herculano Pires - Obsessão, Passe, e Doutrinação – 1º Parte - Cap. 8 ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - PREVENÇÃO QUAIS AS ATITUDES PARA DIMINUIR AO MÁXIMO A INFLUÊNCIA DOS ESPÍRITOS LEVANDO AO SUICÍDIO?
  • 20. Trabalhe. Não permaneça Cozinhando a alma ferida, Trabalho renova a mente, A mente conduz a vida. Estude. Não esmoreça, Modifique a própria estrada, Obsessor não aguenta Nossa vida transformada. A cura da obsessão Na reforma se processa, Mas pessoa que trabalha Sara sempre mais depressa. Cornélio Pires – Retratos da Vida - Cap. 17 - Cura de obsessão TRABALHO RENOVAÇÃO + = Suicídio, não pense nisso Nem mesmo por brincadeira... Um ato desses resulta Na dor de uma vida inteira. Tolera com paciência Qualquer problema ou pesar; Não adianta morrer, Adianta é se melhorar. ObsCídio = SUICÍDIOS POR OBSESSÃO - SÍNTESE Cornélio Pires – Astronautas do Além - Cap. 3 - Suicídio CURA CORNÉLIO PIRES  13/07/1884/Tiete + 17/01/1958/São Paulo Poeta/Escritor/Jornalista
  • 22. E-mail : adalberto.acsjr@gmail.com YouTube – O Escriba Espírita : https://www.youtube.com/channel/UCj39fLNXa2nKXfVTNlZ_JGw Blog – O Escriba Espírita : https://escribaespirita.blogspot.com/ Instagram: https://www.instagram.com/adalberto.coelho.silva/?hl=pt-br A tragédia do suicídio na adolescência deve ser considerada com ênfase e relevância nos programas e planejamentos da Casa Espírita, pois uma ação conjunta, fundamentada no amor legítimo, pode reverter esse quadro doloroso. ESTE É O APELO DA NOSSAALMA! Dias da Cruz – Revista Reformador/Junho/2005