SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
EXERCÍCIOS DE FINANÇAS EMPRESARIAIS 1
1. Depreciação e fluxo de caixa: uma empresa espera ter lucro, antes de juros e imposto de renda (Laji),
de $ 160.000 em cada um dos próximos seis anos. Ela paga juros anuais de $ 1.500. Esta pensando em
comprar um ativo que custa $ 140.000, exige despesas de instalação de 10.000 e tem prazo de
recuperação de cinco anos. Será o único ativo da empresa, e sua depreciação já esta reflectida nas
estimativas de Laji.
a. Calcule a depreciação anual do ativo usando as taxas do MACRS fornecidas na Tabela 3.2.
b. Calcule os fluxos de caixa operacionais em cada um dos seis anos, usando tanto a definição contabil como a
definição financeira de fluxo de caixa operacional. Suponha que a empresa esteja sujeita a uma aliquota de
imposto de renda de 40%.
c. Digamos que os Ativos permanentes líquidos, Ativos circulantes, contas a pagar e despesas a pagar da empresa
tivessem os valores mostrados na tabela, no inicio e no final do sexto ano. Calcule o fluxo de caixa livre (FCL)
da empresa para esse ano.
d. Compare e discuta o significado de cada valor obtido nos itens b e c.
2. Dados para orçamento de caixa e projecção de balanço: Jane McDonald, uma analista financeira
da Carroll Company, preparou as estimativas de venda e pagamentos para o período de Fevereiro a
Junho do ano corrente.
Mês Vendas Pagamentos
Fevereiro $ 500 $ 400
Marco 600 300
Abril 400 600
Maio 200 500
Junho 200 200
Já sabe que, no passado, 30% das vendas foram feitas a vista. Das vendas a prazo, 70% são recebidos um mês
após a venda e os 30% restantes, dois meses depois. A empresa deseja manter um saldo mínimo de caixa de $
25. Saldos superiores seriam aplicados em títulos públicos de curto prazo, ao passo que qualquer deficit seria
financiado com recursos bancários contra a emissão de notas promissórias de curto prazo. O saldo inicial de
caixa em 1° de Abril é de $ 115.
a. Prepare um orçamento de caixa para Abril, Maio e Junho.
b. Qual será o financiamento máximo (se houver algum) de que a empresa precisara para saldar seus
compromissos nesse período de três meses?
c. Deve ser preparada uma projecção do balanço para o final de Junho, com base nas informações
apresentadas forneça os valores das seguintes contas: caixa, instituições financeiras a pagar, aplicações
em títulos públicos e contas a receber.
3. Projecção da demonstração dos resultados do exercício: a Euro designs, Inc. espera que a sua
receita de vendas se eleve de $ 3.5 milhões, em 2003, para $ 3,9 milhões, em 2004. Por causa do
pagamento programado de um empréstimo, as despesas financeiras devem cair, em 2004, para $
325.000. A empresa planeja aumentar o pagamento de dividendos nesse mesmo ano para $ 320.000.
Segue a demonstração d resultado da empresa no exercício de 2003.
Exercícios Finanças Empresariais I Docente: Sergio Alfredo Macore UP-2013 Página 1
Conta Início do ano 6 Final do ano 6
Ativos permanentes Líquidos $ 7.500 $ 0
Ativos circulantes 90.000 110.000
Contas a pagar 40.000 45.000
Despesas a pagar 8.000 7.000
Receita de vendas 3,500,000.00$
Menos: Custo dos Produtos Vendidos 1,925,000.00$
Lucro bruto 1,575,000.00$
Menos: despesas operacionais 420,000.00$
Resultado operacional 1,155,000.00$
Menos: despesas financeiras 400,000.00$
Lucro Liquido antes do imposto de renda 755,000.00$
Menos: Imposto da renda (40%) 302,000.00$
Lucro Liquido depois do imposto de renda 453,000.00$
Menos: Dividendos 250,000.00$
Transferencia para lucros retidos 203,000.00$
Euro designs. Inc
Demonstração do resultado do exercício em 31/12/2003
a) Use o método das percentagens das vendas para elaborar uma demonstração projectada do resultado
de 2004 da Euro Designs, Inc.
b) Explique por que a demonstração projectada poderá estar subestimando o resultado efectivo da
empresa em 2004.
4. Dada a tabela faça a projecção de vendas para 2011.
ANO 2006 2007 2008 2009 2010 2011
Rec. Liq 6.000.000 6.600.000 7.260.000 7.986.000 8.784.600 x
Suponha que para 2011 o crescimento económico do país poderá gerar um crescimento adicional das
receitas líquidas em mais 3%. Determine a projecção de vendas para 2011.
5. A tabela seguinte mostra as vendas líquidas da ABC, Lda nos anos 2005 `a 2009.
ANO 2005 2006 2007 2008 2009 2010
Rec. Liq 1.000 1.100 1.200 1.400 1.500 Y
Suponha que para 2010 o crescimento económico do país poderá gerar um crescimento adicional das
receitas líquidas da empresa em 2,3%. Determine a projecção de vendas para 2011.
6. Yuzina, uma analista financeira da Maikha Company, preparou as estimativas de venda e pagamentos
para o período de Fevereiro a Junho do ano corrente.
Mês Fevereiro Março Abril Maio Junho
Vendas $700 800 600 400 300
Pagtos $450 550 800 550 250
Já se sabe que, no passado, 40% das vendas foram feitas a vista. Das vendas a prazo, 70% são recebidos um
mês após a venda e os 30% restantes, dois meses depois. A empresa deseja manter um saldo mínimo de caixa
de $ 40. Saldos superiores seriam aplicados em títulos públicos de curto prazo, ao passo que qualquer deficit
seria financiado com recursos bancários contra a emissão de notas promissórias de curto prazo. O saldo inicial
de caixa em 1° de Abril é de $ 120.Prepare um orçamento de caixa para Abril, Maio e Junho. (5,5v)
Exercícios Finanças Empresariais I Docente: Sergio Alfredo Macore UP-2013 Página 2
BIOGRAFIA DO AUTOR
Nome: Sérgio Alfredo Macore
Formação: Gestão De Empresas e Finanças
Facebook: Helldriver Rapper ou Sergio Alfredo Macore
Nascido: 22 de Fevereiro de 1993
Província: Cabo Delgado – Pemba
Contacto: +258 846458829 ou +258 826677547
E-mail: Sergio.macore@gmail.com ou Helldriverrapper@hotmail.com
NB: Caso precisar de um trabalho, não hesite, não tenha vergonha. Me contacte logo, que eu dou.
‘’Informação é para ser passada um do outro’’
OBRIGADO
Exercícios Finanças Empresariais I Docente: Sergio Alfredo Macore UP-2013 Página 3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Controle o salário no MinhasEconomias e aproveite o benefício fiscal do PGBL.
Controle o salário no MinhasEconomias e aproveite o benefício fiscal do PGBL.Controle o salário no MinhasEconomias e aproveite o benefício fiscal do PGBL.
Controle o salário no MinhasEconomias e aproveite o benefício fiscal do PGBL.Minhas Economias
 
Aula 26 08-13 controle de contas a receber
Aula 26 08-13 controle de contas a receberAula 26 08-13 controle de contas a receber
Aula 26 08-13 controle de contas a receberotaviosneto
 
Exame Suficiência CFC 2017 Questão 04
Exame Suficiência CFC 2017 Questão 04Exame Suficiência CFC 2017 Questão 04
Exame Suficiência CFC 2017 Questão 04Thiago Chaim
 
Questionario contabilidade 01
Questionario contabilidade 01Questionario contabilidade 01
Questionario contabilidade 01razonetecontabil
 
Questões desafios do dia 21 de novembro 2016.
Questões desafios do dia 21 de novembro 2016. Questões desafios do dia 21 de novembro 2016.
Questões desafios do dia 21 de novembro 2016. Portal Silvio Sande
 
Material analise demonstracoes_contabeis
Material analise demonstracoes_contabeisMaterial analise demonstracoes_contabeis
Material analise demonstracoes_contabeiszeramento contabil
 
Exercicios resolvidos calculo ir
Exercicios resolvidos calculo irExercicios resolvidos calculo ir
Exercicios resolvidos calculo irsimuladocontabil
 
Apresentação para assembleia [2021]
Apresentação para assembleia [2021]Apresentação para assembleia [2021]
Apresentação para assembleia [2021]Equipe SíndicoNet
 
Empréstimos e financiamentos, dívidas
Empréstimos e financiamentos, dívidasEmpréstimos e financiamentos, dívidas
Empréstimos e financiamentos, dívidasMinhas Economias
 
Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00apostilacontabil
 

Mais procurados (19)

DFC QUINTA 20.04
DFC QUINTA 20.04DFC QUINTA 20.04
DFC QUINTA 20.04
 
Cartilha DIRF 2012
Cartilha DIRF 2012Cartilha DIRF 2012
Cartilha DIRF 2012
 
Controle o salário no MinhasEconomias e aproveite o benefício fiscal do PGBL.
Controle o salário no MinhasEconomias e aproveite o benefício fiscal do PGBL.Controle o salário no MinhasEconomias e aproveite o benefício fiscal do PGBL.
Controle o salário no MinhasEconomias e aproveite o benefício fiscal do PGBL.
 
Aula 3 - P&M
Aula 3 - P&MAula 3 - P&M
Aula 3 - P&M
 
DFC AULA 19.04.17
DFC AULA 19.04.17DFC AULA 19.04.17
DFC AULA 19.04.17
 
DFC MATERIAL 18.04.17
DFC MATERIAL 18.04.17DFC MATERIAL 18.04.17
DFC MATERIAL 18.04.17
 
Aula 26 08-13 controle de contas a receber
Aula 26 08-13 controle de contas a receberAula 26 08-13 controle de contas a receber
Aula 26 08-13 controle de contas a receber
 
Exame Suficiência CFC 2017 Questão 04
Exame Suficiência CFC 2017 Questão 04Exame Suficiência CFC 2017 Questão 04
Exame Suficiência CFC 2017 Questão 04
 
Questionario contabilidade 01
Questionario contabilidade 01Questionario contabilidade 01
Questionario contabilidade 01
 
DFC - SILVIO SANDE
DFC - SILVIO SANDEDFC - SILVIO SANDE
DFC - SILVIO SANDE
 
Questões desafios do dia 21 de novembro 2016.
Questões desafios do dia 21 de novembro 2016. Questões desafios do dia 21 de novembro 2016.
Questões desafios do dia 21 de novembro 2016.
 
Material analise demonstracoes_contabeis
Material analise demonstracoes_contabeisMaterial analise demonstracoes_contabeis
Material analise demonstracoes_contabeis
 
Exercicios resolvidos calculo ir
Exercicios resolvidos calculo irExercicios resolvidos calculo ir
Exercicios resolvidos calculo ir
 
Consolidacao
ConsolidacaoConsolidacao
Consolidacao
 
Apresentação para assembleia [2021]
Apresentação para assembleia [2021]Apresentação para assembleia [2021]
Apresentação para assembleia [2021]
 
Investimentos
InvestimentosInvestimentos
Investimentos
 
Apresentação seminario 4
Apresentação seminario 4Apresentação seminario 4
Apresentação seminario 4
 
Empréstimos e financiamentos, dívidas
Empréstimos e financiamentos, dívidasEmpréstimos e financiamentos, dívidas
Empréstimos e financiamentos, dívidas
 
Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00
 

Semelhante a Orcamento de caixa e projeccao de vendas

Projeção de Fluxo de Caixa Exemplo Teórico Empresa de Hardware Valor Economic...
Projeção de Fluxo de Caixa Exemplo Teórico Empresa de Hardware Valor Economic...Projeção de Fluxo de Caixa Exemplo Teórico Empresa de Hardware Valor Economic...
Projeção de Fluxo de Caixa Exemplo Teórico Empresa de Hardware Valor Economic...Pedro Luis Moraes
 
Exame suficiencia 2013_1
Exame suficiencia 2013_1Exame suficiencia 2013_1
Exame suficiencia 2013_1HKlarck
 
Exame suficiencia 2013_1
Exame suficiencia 2013_1Exame suficiencia 2013_1
Exame suficiencia 2013_1Valéria Braga
 
Questoes contabeis resolvidas 00
Questoes contabeis resolvidas 00Questoes contabeis resolvidas 00
Questoes contabeis resolvidas 00capitulocontabil
 
Caderno de exercícios matematica para gestores unidade 2
Caderno de exercícios matematica para gestores unidade 2Caderno de exercícios matematica para gestores unidade 2
Caderno de exercícios matematica para gestores unidade 2Marcos Aleksander Brandão
 
Contabilidade fácil de entender
Contabilidade fácil de entenderContabilidade fácil de entender
Contabilidade fácil de entenderRodolfo Avona
 
200 questões comentadas contabilidade geral fcc
200 questões comentadas contabilidade geral   fcc200 questões comentadas contabilidade geral   fcc
200 questões comentadas contabilidade geral fccHigor Silva
 
Aula 04 contabilidade
Aula 04 contabilidadeAula 04 contabilidade
Aula 04 contabilidadecontacontabil
 
Financas gabarito complementar aula_8
Financas gabarito complementar aula_8Financas gabarito complementar aula_8
Financas gabarito complementar aula_8controladoriacontab
 
Estagio contabeis
Estagio contabeisEstagio contabeis
Estagio contabeisArleno
 
Apostila matemática financeira
Apostila matemática financeiraApostila matemática financeira
Apostila matemática financeiraWstallony Gomes
 
Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00apostilacontabil
 

Semelhante a Orcamento de caixa e projeccao de vendas (19)

Projeção de Fluxo de Caixa Exemplo Teórico Empresa de Hardware Valor Economic...
Projeção de Fluxo de Caixa Exemplo Teórico Empresa de Hardware Valor Economic...Projeção de Fluxo de Caixa Exemplo Teórico Empresa de Hardware Valor Economic...
Projeção de Fluxo de Caixa Exemplo Teórico Empresa de Hardware Valor Economic...
 
Atps cont int final.
Atps cont int final.Atps cont int final.
Atps cont int final.
 
Gestão financeira
Gestão financeiraGestão financeira
Gestão financeira
 
Exame suficiencia 2013_1
Exame suficiencia 2013_1Exame suficiencia 2013_1
Exame suficiencia 2013_1
 
Exame suficiencia 2013_1
Exame suficiencia 2013_1Exame suficiencia 2013_1
Exame suficiencia 2013_1
 
Questoes contabeis resolvidas 00
Questoes contabeis resolvidas 00Questoes contabeis resolvidas 00
Questoes contabeis resolvidas 00
 
Fluxo de Caixa no setor rural
Fluxo de Caixa no setor ruralFluxo de Caixa no setor rural
Fluxo de Caixa no setor rural
 
Caderno de exercícios matematica para gestores unidade 2
Caderno de exercícios matematica para gestores unidade 2Caderno de exercícios matematica para gestores unidade 2
Caderno de exercícios matematica para gestores unidade 2
 
Contabilidade fácil de entender
Contabilidade fácil de entenderContabilidade fácil de entender
Contabilidade fácil de entender
 
Contabilidade 15
Contabilidade 15Contabilidade 15
Contabilidade 15
 
200 questões comentadas contabilidade geral fcc
200 questões comentadas contabilidade geral   fcc200 questões comentadas contabilidade geral   fcc
200 questões comentadas contabilidade geral fcc
 
Aula 04 contabilidade
Aula 04 contabilidadeAula 04 contabilidade
Aula 04 contabilidade
 
Financas gabarito complementar aula_8
Financas gabarito complementar aula_8Financas gabarito complementar aula_8
Financas gabarito complementar aula_8
 
Estagio contabeis
Estagio contabeisEstagio contabeis
Estagio contabeis
 
Contabilidade 03
Contabilidade 03Contabilidade 03
Contabilidade 03
 
Juro simples e compostos - definições e exercícios - AP 09
Juro simples e compostos - definições e exercícios - AP 09Juro simples e compostos - definições e exercícios - AP 09
Juro simples e compostos - definições e exercícios - AP 09
 
Apostila matemática financeira
Apostila matemática financeiraApostila matemática financeira
Apostila matemática financeira
 
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
 
Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00Contabilidade dicas concursos 00
Contabilidade dicas concursos 00
 

Mais de Universidade Pedagogica

Gestão de Pessoas na Administração Pública Uma Análise das Práticas de Gestão...
Gestão de Pessoas na Administração Pública Uma Análise das Práticas de Gestão...Gestão de Pessoas na Administração Pública Uma Análise das Práticas de Gestão...
Gestão de Pessoas na Administração Pública Uma Análise das Práticas de Gestão...Universidade Pedagogica
 
Importancia Da Gestao Participativa Como Pressuposto Para o Desenvolvimento D...
Importancia Da Gestao Participativa Como Pressuposto Para o Desenvolvimento D...Importancia Da Gestao Participativa Como Pressuposto Para o Desenvolvimento D...
Importancia Da Gestao Participativa Como Pressuposto Para o Desenvolvimento D...Universidade Pedagogica
 
Importncia da gestao participativa como pressuposto para o desenvolvimento da...
Importncia da gestao participativa como pressuposto para o desenvolvimento da...Importncia da gestao participativa como pressuposto para o desenvolvimento da...
Importncia da gestao participativa como pressuposto para o desenvolvimento da...Universidade Pedagogica
 
Gestao e Governacao Participativa Caso de Municipio Da Cidade de Pemba.docx
Gestao e Governacao Participativa Caso de Municipio Da Cidade de Pemba.docxGestao e Governacao Participativa Caso de Municipio Da Cidade de Pemba.docx
Gestao e Governacao Participativa Caso de Municipio Da Cidade de Pemba.docxUniversidade Pedagogica
 
Presenca do estado nas autarquias Mocambicanas...docx
Presenca do estado nas autarquias Mocambicanas...docxPresenca do estado nas autarquias Mocambicanas...docx
Presenca do estado nas autarquias Mocambicanas...docxUniversidade Pedagogica
 
Presenca Do Estado Nas Autarquias Mocambicanas.docx
Presenca Do Estado Nas Autarquias Mocambicanas.docxPresenca Do Estado Nas Autarquias Mocambicanas.docx
Presenca Do Estado Nas Autarquias Mocambicanas.docxUniversidade Pedagogica
 
Autarquias Locais Em Mocambique Um Olhar Sobre Sua Autonomia e Tutela Adminis...
Autarquias Locais Em Mocambique Um Olhar Sobre Sua Autonomia e Tutela Adminis...Autarquias Locais Em Mocambique Um Olhar Sobre Sua Autonomia e Tutela Adminis...
Autarquias Locais Em Mocambique Um Olhar Sobre Sua Autonomia e Tutela Adminis...Universidade Pedagogica
 
Desafios da sociologia geral em tempos de isolamento social em Moçambique.pdf
Desafios da sociologia geral em tempos de  isolamento social em Moçambique.pdfDesafios da sociologia geral em tempos de  isolamento social em Moçambique.pdf
Desafios da sociologia geral em tempos de isolamento social em Moçambique.pdfUniversidade Pedagogica
 
Importância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.pdf
Importância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.pdfImportância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.pdf
Importância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.pdfUniversidade Pedagogica
 
As Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).pdf
As Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).pdfAs Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).pdf
As Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).pdfUniversidade Pedagogica
 
Importância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.docx
Importância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.docxImportância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.docx
Importância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.docxUniversidade Pedagogica
 
Desafios da sociologia geral em tempos de isolamento social em Moçambique.docx
Desafios da sociologia geral em tempos de  isolamento social em Moçambique.docxDesafios da sociologia geral em tempos de  isolamento social em Moçambique.docx
Desafios da sociologia geral em tempos de isolamento social em Moçambique.docxUniversidade Pedagogica
 
As Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).docx
As Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).docxAs Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).docx
As Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).docxUniversidade Pedagogica
 
Horticultura de alface num ambiente controlado ou fechado
Horticultura de alface num ambiente controlado ou fechadoHorticultura de alface num ambiente controlado ou fechado
Horticultura de alface num ambiente controlado ou fechadoUniversidade Pedagogica
 
Tipos de relações nos projectos de desenvolvimento local (filantrópica, trans...
Tipos de relações nos projectos de desenvolvimento local (filantrópica, trans...Tipos de relações nos projectos de desenvolvimento local (filantrópica, trans...
Tipos de relações nos projectos de desenvolvimento local (filantrópica, trans...Universidade Pedagogica
 

Mais de Universidade Pedagogica (20)

Gestão de Pessoas na Administração Pública Uma Análise das Práticas de Gestão...
Gestão de Pessoas na Administração Pública Uma Análise das Práticas de Gestão...Gestão de Pessoas na Administração Pública Uma Análise das Práticas de Gestão...
Gestão de Pessoas na Administração Pública Uma Análise das Práticas de Gestão...
 
Sistema respiratório humano.docx
Sistema respiratório humano.docxSistema respiratório humano.docx
Sistema respiratório humano.docx
 
Importancia Da Gestao Participativa Como Pressuposto Para o Desenvolvimento D...
Importancia Da Gestao Participativa Como Pressuposto Para o Desenvolvimento D...Importancia Da Gestao Participativa Como Pressuposto Para o Desenvolvimento D...
Importancia Da Gestao Participativa Como Pressuposto Para o Desenvolvimento D...
 
Importncia da gestao participativa como pressuposto para o desenvolvimento da...
Importncia da gestao participativa como pressuposto para o desenvolvimento da...Importncia da gestao participativa como pressuposto para o desenvolvimento da...
Importncia da gestao participativa como pressuposto para o desenvolvimento da...
 
Gestao e Governacao Participativa Caso de Municipio Da Cidade de Pemba.docx
Gestao e Governacao Participativa Caso de Municipio Da Cidade de Pemba.docxGestao e Governacao Participativa Caso de Municipio Da Cidade de Pemba.docx
Gestao e Governacao Participativa Caso de Municipio Da Cidade de Pemba.docx
 
Presenca do estado nas autarquias Mocambicanas...docx
Presenca do estado nas autarquias Mocambicanas...docxPresenca do estado nas autarquias Mocambicanas...docx
Presenca do estado nas autarquias Mocambicanas...docx
 
Presenca Do Estado Nas Autarquias Mocambicanas.docx
Presenca Do Estado Nas Autarquias Mocambicanas.docxPresenca Do Estado Nas Autarquias Mocambicanas.docx
Presenca Do Estado Nas Autarquias Mocambicanas.docx
 
Autarquias Locais Em Mocambique Um Olhar Sobre Sua Autonomia e Tutela Adminis...
Autarquias Locais Em Mocambique Um Olhar Sobre Sua Autonomia e Tutela Adminis...Autarquias Locais Em Mocambique Um Olhar Sobre Sua Autonomia e Tutela Adminis...
Autarquias Locais Em Mocambique Um Olhar Sobre Sua Autonomia e Tutela Adminis...
 
Gestao participativa.docx
Gestao participativa.docxGestao participativa.docx
Gestao participativa.docx
 
Individual Evaluation Assessment.pdf
Individual Evaluation Assessment.pdfIndividual Evaluation Assessment.pdf
Individual Evaluation Assessment.pdf
 
Individual Evaluation Assessment.docx
Individual Evaluation Assessment.docxIndividual Evaluation Assessment.docx
Individual Evaluation Assessment.docx
 
Desafios da sociologia geral em tempos de isolamento social em Moçambique.pdf
Desafios da sociologia geral em tempos de  isolamento social em Moçambique.pdfDesafios da sociologia geral em tempos de  isolamento social em Moçambique.pdf
Desafios da sociologia geral em tempos de isolamento social em Moçambique.pdf
 
Importância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.pdf
Importância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.pdfImportância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.pdf
Importância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.pdf
 
As Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).pdf
As Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).pdfAs Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).pdf
As Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).pdf
 
Importância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.docx
Importância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.docxImportância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.docx
Importância das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.docx
 
Desafios da sociologia geral em tempos de isolamento social em Moçambique.docx
Desafios da sociologia geral em tempos de  isolamento social em Moçambique.docxDesafios da sociologia geral em tempos de  isolamento social em Moçambique.docx
Desafios da sociologia geral em tempos de isolamento social em Moçambique.docx
 
As Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).docx
As Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).docxAs Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).docx
As Formas de tratamento no Português (Nominais, Pronominais e verbais).docx
 
Horticultura de alface num ambiente controlado ou fechado
Horticultura de alface num ambiente controlado ou fechadoHorticultura de alface num ambiente controlado ou fechado
Horticultura de alface num ambiente controlado ou fechado
 
Tipos de relações nos projectos de desenvolvimento local (filantrópica, trans...
Tipos de relações nos projectos de desenvolvimento local (filantrópica, trans...Tipos de relações nos projectos de desenvolvimento local (filantrópica, trans...
Tipos de relações nos projectos de desenvolvimento local (filantrópica, trans...
 
Teorias de desenvolvimento da leitura
Teorias de desenvolvimento da leituraTeorias de desenvolvimento da leitura
Teorias de desenvolvimento da leitura
 

Orcamento de caixa e projeccao de vendas

  • 1. EXERCÍCIOS DE FINANÇAS EMPRESARIAIS 1 1. Depreciação e fluxo de caixa: uma empresa espera ter lucro, antes de juros e imposto de renda (Laji), de $ 160.000 em cada um dos próximos seis anos. Ela paga juros anuais de $ 1.500. Esta pensando em comprar um ativo que custa $ 140.000, exige despesas de instalação de 10.000 e tem prazo de recuperação de cinco anos. Será o único ativo da empresa, e sua depreciação já esta reflectida nas estimativas de Laji. a. Calcule a depreciação anual do ativo usando as taxas do MACRS fornecidas na Tabela 3.2. b. Calcule os fluxos de caixa operacionais em cada um dos seis anos, usando tanto a definição contabil como a definição financeira de fluxo de caixa operacional. Suponha que a empresa esteja sujeita a uma aliquota de imposto de renda de 40%. c. Digamos que os Ativos permanentes líquidos, Ativos circulantes, contas a pagar e despesas a pagar da empresa tivessem os valores mostrados na tabela, no inicio e no final do sexto ano. Calcule o fluxo de caixa livre (FCL) da empresa para esse ano. d. Compare e discuta o significado de cada valor obtido nos itens b e c. 2. Dados para orçamento de caixa e projecção de balanço: Jane McDonald, uma analista financeira da Carroll Company, preparou as estimativas de venda e pagamentos para o período de Fevereiro a Junho do ano corrente. Mês Vendas Pagamentos Fevereiro $ 500 $ 400 Marco 600 300 Abril 400 600 Maio 200 500 Junho 200 200 Já sabe que, no passado, 30% das vendas foram feitas a vista. Das vendas a prazo, 70% são recebidos um mês após a venda e os 30% restantes, dois meses depois. A empresa deseja manter um saldo mínimo de caixa de $ 25. Saldos superiores seriam aplicados em títulos públicos de curto prazo, ao passo que qualquer deficit seria financiado com recursos bancários contra a emissão de notas promissórias de curto prazo. O saldo inicial de caixa em 1° de Abril é de $ 115. a. Prepare um orçamento de caixa para Abril, Maio e Junho. b. Qual será o financiamento máximo (se houver algum) de que a empresa precisara para saldar seus compromissos nesse período de três meses? c. Deve ser preparada uma projecção do balanço para o final de Junho, com base nas informações apresentadas forneça os valores das seguintes contas: caixa, instituições financeiras a pagar, aplicações em títulos públicos e contas a receber. 3. Projecção da demonstração dos resultados do exercício: a Euro designs, Inc. espera que a sua receita de vendas se eleve de $ 3.5 milhões, em 2003, para $ 3,9 milhões, em 2004. Por causa do pagamento programado de um empréstimo, as despesas financeiras devem cair, em 2004, para $ 325.000. A empresa planeja aumentar o pagamento de dividendos nesse mesmo ano para $ 320.000. Segue a demonstração d resultado da empresa no exercício de 2003. Exercícios Finanças Empresariais I Docente: Sergio Alfredo Macore UP-2013 Página 1 Conta Início do ano 6 Final do ano 6 Ativos permanentes Líquidos $ 7.500 $ 0 Ativos circulantes 90.000 110.000 Contas a pagar 40.000 45.000 Despesas a pagar 8.000 7.000
  • 2. Receita de vendas 3,500,000.00$ Menos: Custo dos Produtos Vendidos 1,925,000.00$ Lucro bruto 1,575,000.00$ Menos: despesas operacionais 420,000.00$ Resultado operacional 1,155,000.00$ Menos: despesas financeiras 400,000.00$ Lucro Liquido antes do imposto de renda 755,000.00$ Menos: Imposto da renda (40%) 302,000.00$ Lucro Liquido depois do imposto de renda 453,000.00$ Menos: Dividendos 250,000.00$ Transferencia para lucros retidos 203,000.00$ Euro designs. Inc Demonstração do resultado do exercício em 31/12/2003 a) Use o método das percentagens das vendas para elaborar uma demonstração projectada do resultado de 2004 da Euro Designs, Inc. b) Explique por que a demonstração projectada poderá estar subestimando o resultado efectivo da empresa em 2004. 4. Dada a tabela faça a projecção de vendas para 2011. ANO 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Rec. Liq 6.000.000 6.600.000 7.260.000 7.986.000 8.784.600 x Suponha que para 2011 o crescimento económico do país poderá gerar um crescimento adicional das receitas líquidas em mais 3%. Determine a projecção de vendas para 2011. 5. A tabela seguinte mostra as vendas líquidas da ABC, Lda nos anos 2005 `a 2009. ANO 2005 2006 2007 2008 2009 2010 Rec. Liq 1.000 1.100 1.200 1.400 1.500 Y Suponha que para 2010 o crescimento económico do país poderá gerar um crescimento adicional das receitas líquidas da empresa em 2,3%. Determine a projecção de vendas para 2011. 6. Yuzina, uma analista financeira da Maikha Company, preparou as estimativas de venda e pagamentos para o período de Fevereiro a Junho do ano corrente. Mês Fevereiro Março Abril Maio Junho Vendas $700 800 600 400 300 Pagtos $450 550 800 550 250 Já se sabe que, no passado, 40% das vendas foram feitas a vista. Das vendas a prazo, 70% são recebidos um mês após a venda e os 30% restantes, dois meses depois. A empresa deseja manter um saldo mínimo de caixa de $ 40. Saldos superiores seriam aplicados em títulos públicos de curto prazo, ao passo que qualquer deficit seria financiado com recursos bancários contra a emissão de notas promissórias de curto prazo. O saldo inicial de caixa em 1° de Abril é de $ 120.Prepare um orçamento de caixa para Abril, Maio e Junho. (5,5v) Exercícios Finanças Empresariais I Docente: Sergio Alfredo Macore UP-2013 Página 2
  • 3. BIOGRAFIA DO AUTOR Nome: Sérgio Alfredo Macore Formação: Gestão De Empresas e Finanças Facebook: Helldriver Rapper ou Sergio Alfredo Macore Nascido: 22 de Fevereiro de 1993 Província: Cabo Delgado – Pemba Contacto: +258 846458829 ou +258 826677547 E-mail: Sergio.macore@gmail.com ou Helldriverrapper@hotmail.com NB: Caso precisar de um trabalho, não hesite, não tenha vergonha. Me contacte logo, que eu dou. ‘’Informação é para ser passada um do outro’’ OBRIGADO Exercícios Finanças Empresariais I Docente: Sergio Alfredo Macore UP-2013 Página 3