SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
ÉMILE DURKHEIM
(1858-1917)
Alexandre Rodrigues
Amanda Araújo
Eduarda Santos
Jaise Silva
BIOGRAFIA
Sociólogo francês que nasceu em 1858 e faleceu em 1917.
Considerado o pai da sociologia moderna, contribuindo para a
consolidação da Sociologia como ciência empírica (algo cultural, que
torna-se verdade a partir das experiências vividas), tornando-se o
primeiro professor universitário desta disciplina.
Viveu numa Europa conturbada em período por guerras e sua
produção reflete a situação entre valores e instituições corroídas.
Durkhein continuou o positivismo de augusto comte, para tentar
explicar o capitalismo
OBJETIVO: COMPREENDER A MANEIRA DE AGIR
DO INDIVÍDUO, DE ACORDO COM A COERÇÃO
EXTERIOR, DETERMINADA PELA SOCIEDADE.
Utilizando do método positivo, apoiado na observação, indução e
experimentação ele tenta formular proposições que estabeleçam
relações entre os fenômenos ocorridos, os “fatos sociais”.
MÉTODO POSITIVO
FALHA: ANALISAVA A SOCIEDADE PARTINDO DO
PRINCÍPIO QUE TODOS PENSAM DA MESMA
MANEIRA.
OBJETO DE ESTUDO: FATOS
SOCIAIS
A sociedade é semelhante a um corpo vivo, em que cada órgão
cumpre uma função, ou seja, as partes (os fatos sociais)
existem em função do todo (a sociedade).
Identifica dois estados em a sociedade pode se encontrar:
Estado normal: Fenômenos que ocorrem com regularidade na
sociedade.
Estado patológico: comportamentos que representam doenças
e devem ser isolados e tratados porque põem em risco a
harmonia e o consenso, estando fora dos limites permitidos
pela ordem social e pela moral vigente.
FATO SOCIAL: TUDO AQUILO QUE O HOMEM PRODUZ EM
PARA DURKHEIM...
A sociedade moderna se encontra em um estado doentio (anomia),
porque deixou de exercer o papel de freio moral sobre os indivíduos.
As paixões humanas só se detêm diante de uma força moral que elas
respeitam. Se qualquer autoridade desse gênero inexiste, é a lei do
mais forte que reina e, latente ou agudo, o estado de guerra é
necessariamente crônico. (DURKHEIM, VII: 2004)
Parte do prefácio de sua obra “Da divisão social do trabalho”.
FATOS MORAIS
Fatos= Situações que ocorrem.
Moral= o exercício da ética.
Fatos Morais: pode ser conceituado como o conjunto de regras de
conduta, consideradas válidas, quer de modo absoluto para qualquer
tempo ou lugar, quer para grupo ou pessoa determinada. Este
conjunto de normas, aceito livre e conscientemente, regula o
comportamento individual e social das pessoas.
Varia de cultura para cultura e se modifica com o tempo.
PARA DURKHEIM...
Acreditava que não educamos nossos filhos como queremos, e sim
como a sociedade admite.
A mudança, no entanto, é possível se houver uma ação combinada e
que consiga constituir um “fato social”.
SOLIDARIEDADE
Mecânica: Não há divisão social do trabalho, os indivíduos estão
integrados na coletividade pela tradição e pelo costume, ou seja,
por uma consciência coletiva que indicam suas formas
padronizadas de pensamento ou conduta. Antes do capitalismo.
Orgânica: Evolução da sociedade, com o capitalismo, que
promove a diferenciação social por meio da divisão social do
trabalho.
Para Dürkheim a divisão social do trabalho, irá ocupar o lugar da
Igreja, do Estado e das demais instituições sociais, na função de
integrar o indivíduo ao corpo social, promovendo a coesão
social, levando-a ao progresso.
COERÇÃO
Obrigado a fazer algo;
Coagido a fazer algo por determinada obrigação.
COESÃO
Interdependência humana – causa solidariedade entre os indivíduos.
Exercendo a ética entre eles (moral).
TEMA RELEVANTE DA OBRA DE
DURKHEIN.
1) Elevada diferenciação das atividades = solidariedade orgânica
2) Quanto maior, menos coordenação entre elas.
3) O individuo deixa de perceber a complementariedade entre eles.
4) Gera um forte sentimento de individualismo.
5) Individuo passa a orientar seus atos conforme suas próprias
intenções, deixando de lado os interesses coletivos.
6) Individualismo exacerbado = estado de anomia moral na sociedade
Ou seja, à perda de uma moral orientadora e disciplinadora dos
comportamentos.
7) Falta de regulamentação das atividades profissionais = divisão
anômica do trabalho. (estado doentio da divisão do trabalho)
GRANDE DESAFIO DAS CIÊNCIAS
SOCIAIS SEGUNDO DURKHEIN.
PRESERVAR A SOCIEDADE GARANTINDO ASSIM O SEU BOM
FUNCIONAMENTO!
E qual a proposta deste teórico para tal problema?
- A profissão, substituindo família, a religião e o Estado como
instituições integradoras.
A função da divisão social do trabalho, seria produzir a
solidariedade, dando sentido às ações dos trabalhadores. Ao
restabelecer a solidariedade entre os homens, a divisão social do
trabalho, assumiria seu caráter moral ampliando a harmonia, a
integração e a coesão na sociedade moderna.
CONTEXTUALIZAÇÃO COM A
ADMINISTRAÇÃO
Um indivíduo como administrador se torna cada vez mais dependente
da equipe. Ao estimular metas e possíveis objetivos e visões futuras é
necessário a confiabilidade nos companheiros de trabalho. Com isso
ele se torna membro de um todo com a junção das partes.
Cremos que isto era essencial a Durkhein, a necessidade de inteirar
os companheiros de trabalho uns com os outros. Ele tinha a visão de
que todos seguiam o que a sociedade busca “pregar” e “ensinar” e,
mesmo diante de todas as adversidades diárias, seguimos aquilo que
nos é imposto, sendo por parte de nossos chefes, pais, amigos e
sociedade. Sempre buscando nos adequar a determinado grupo para
viver em sociedade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile DurkheimA Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile Durkheim
guestdc18d25
 
Pierre bourdieu – uma introdução
Pierre bourdieu – uma introduçãoPierre bourdieu – uma introdução
Pierre bourdieu – uma introdução
Marcio Neske
 

Mais procurados (20)

Etnocentrismo e relativismo
Etnocentrismo e relativismoEtnocentrismo e relativismo
Etnocentrismo e relativismo
 
Capítulo 8 - Classe e Estratificação Social
Capítulo 8 - Classe e Estratificação SocialCapítulo 8 - Classe e Estratificação Social
Capítulo 8 - Classe e Estratificação Social
 
Mapa conceitual durkheim
Mapa conceitual durkheimMapa conceitual durkheim
Mapa conceitual durkheim
 
éMile durkheim
éMile durkheiméMile durkheim
éMile durkheim
 
Emile Durkheim
Emile DurkheimEmile Durkheim
Emile Durkheim
 
Karl Marx
Karl MarxKarl Marx
Karl Marx
 
Individuo sociedade
Individuo sociedadeIndividuo sociedade
Individuo sociedade
 
Suicidio Émile Durkheim
Suicidio Émile DurkheimSuicidio Émile Durkheim
Suicidio Émile Durkheim
 
Aula 03 - Instituições Sociais Num Mundo de Mudanças
Aula 03 - Instituições Sociais Num Mundo de MudançasAula 03 - Instituições Sociais Num Mundo de Mudanças
Aula 03 - Instituições Sociais Num Mundo de Mudanças
 
Relacao sociedade individuo
Relacao sociedade individuoRelacao sociedade individuo
Relacao sociedade individuo
 
A Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile DurkheimA Sociologia De Émile Durkheim
A Sociologia De Émile Durkheim
 
Clássicos da sociologia
Clássicos da sociologiaClássicos da sociologia
Clássicos da sociologia
 
As origens e os principais teóricos da sociologia
As origens e os principais teóricos  da sociologiaAs origens e os principais teóricos  da sociologia
As origens e os principais teóricos da sociologia
 
Durkheim
DurkheimDurkheim
Durkheim
 
Trabalho e sociedade
Trabalho e sociedadeTrabalho e sociedade
Trabalho e sociedade
 
Karl Marx
Karl MarxKarl Marx
Karl Marx
 
Sociologia espaco urbano_13
Sociologia espaco urbano_13Sociologia espaco urbano_13
Sociologia espaco urbano_13
 
Pierre bourdieu – uma introdução
Pierre bourdieu – uma introduçãoPierre bourdieu – uma introdução
Pierre bourdieu – uma introdução
 
Aula durkheim
Aula durkheimAula durkheim
Aula durkheim
 
Aula Émile Durkheim
Aula Émile DurkheimAula Émile Durkheim
Aula Émile Durkheim
 

Destaque

Quem foram karl marx,max weber e emile durkheim
Quem foram karl marx,max weber e emile durkheimQuem foram karl marx,max weber e emile durkheim
Quem foram karl marx,max weber e emile durkheim
sociologiacarlota1c
 

Destaque (10)

Émile Durkheim (Clássico da Sociologia)
Émile Durkheim (Clássico da Sociologia)Émile Durkheim (Clássico da Sociologia)
Émile Durkheim (Clássico da Sociologia)
 
emile durkhein
emile durkheinemile durkhein
emile durkhein
 
Aula 6 - Marcel Mauss
Aula 6 - Marcel MaussAula 6 - Marcel Mauss
Aula 6 - Marcel Mauss
 
Fato social epistemologia - apresentação Ana Luiza Monte
Fato social   epistemologia - apresentação Ana Luiza MonteFato social   epistemologia - apresentação Ana Luiza Monte
Fato social epistemologia - apresentação Ana Luiza Monte
 
Precedentes Administração
Precedentes AdministraçãoPrecedentes Administração
Precedentes Administração
 
Quem foram karl marx,max weber e emile durkheim
Quem foram karl marx,max weber e emile durkheimQuem foram karl marx,max weber e emile durkheim
Quem foram karl marx,max weber e emile durkheim
 
Durkheim, marx, weber
Durkheim, marx, weberDurkheim, marx, weber
Durkheim, marx, weber
 
A sociologia como ciência
A sociologia como ciênciaA sociologia como ciência
A sociologia como ciência
 
Karl marx: biografia, teoria e importância na sociologia
Karl marx: biografia, teoria e importância na sociologiaKarl marx: biografia, teoria e importância na sociologia
Karl marx: biografia, teoria e importância na sociologia
 
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIAEMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
EMILE DURKHEIM EDUCAÇÃO E SOCIOLOGIA
 

Semelhante a ÉMILE DURKHEIN

éMile durkheim web 1 e 2
éMile durkheim web 1 e 2éMile durkheim web 1 e 2
éMile durkheim web 1 e 2
Ivonete Machado
 
Trabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucionalTrabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucional
Daiane Pereira
 
Os classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheimOs classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheim
Lucio Braga
 
A Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile DurkheimA Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile Durkheim
Jorge Miklos
 
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensivaSociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Daniele Rubim
 
A Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile DurkheimA Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile Durkheim
guestca76e87
 
Miledurkheim 120918024516-phpapp01
Miledurkheim 120918024516-phpapp01Miledurkheim 120918024516-phpapp01
Miledurkheim 120918024516-phpapp01
Jose Fernando
 
Miledurkheim 120918024516-phpapp01
Miledurkheim 120918024516-phpapp01Miledurkheim 120918024516-phpapp01
Miledurkheim 120918024516-phpapp01
Jose Fernando
 

Semelhante a ÉMILE DURKHEIN (20)

Indivíduo e sociedade
Indivíduo e sociedadeIndivíduo e sociedade
Indivíduo e sociedade
 
2. sociologia revisão
2. sociologia revisão2. sociologia revisão
2. sociologia revisão
 
éMile durkheim web 1 e 2
éMile durkheim web 1 e 2éMile durkheim web 1 e 2
éMile durkheim web 1 e 2
 
emiledurkheim-.ppt
emiledurkheim-.pptemiledurkheim-.ppt
emiledurkheim-.ppt
 
Trabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucionalTrabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucional
 
Trabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucionalTrabajo problemática institucional
Trabajo problemática institucional
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 
Facto social
Facto socialFacto social
Facto social
 
Cap 03 durkheim
Cap 03 durkheimCap 03 durkheim
Cap 03 durkheim
 
Os classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheimOs classicos da_sociologia_durkheim
Os classicos da_sociologia_durkheim
 
Aula 1 soc em
Aula 1   soc emAula 1   soc em
Aula 1 soc em
 
A Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile DurkheimA Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile Durkheim
 
Cap 03 durkheim
Cap 03 durkheimCap 03 durkheim
Cap 03 durkheim
 
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensivaSociologia   positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
Sociologia positivismo, marxismo e sociologia compreensiva
 
A Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile DurkheimA Sociologia De éMile Durkheim
A Sociologia De éMile Durkheim
 
4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt
4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt
4.-Emile-Durkheim-e-a-integracao-social.ppt
 
Miledurkheim 120918024516-phpapp01
Miledurkheim 120918024516-phpapp01Miledurkheim 120918024516-phpapp01
Miledurkheim 120918024516-phpapp01
 
Miledurkheim 120918024516-phpapp01
Miledurkheim 120918024516-phpapp01Miledurkheim 120918024516-phpapp01
Miledurkheim 120918024516-phpapp01
 
éMile durkheim
éMile durkheiméMile durkheim
éMile durkheim
 
1369426780352
13694267803521369426780352
1369426780352
 

Último

ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 

ÉMILE DURKHEIN

  • 1. ÉMILE DURKHEIM (1858-1917) Alexandre Rodrigues Amanda Araújo Eduarda Santos Jaise Silva
  • 2. BIOGRAFIA Sociólogo francês que nasceu em 1858 e faleceu em 1917. Considerado o pai da sociologia moderna, contribuindo para a consolidação da Sociologia como ciência empírica (algo cultural, que torna-se verdade a partir das experiências vividas), tornando-se o primeiro professor universitário desta disciplina. Viveu numa Europa conturbada em período por guerras e sua produção reflete a situação entre valores e instituições corroídas. Durkhein continuou o positivismo de augusto comte, para tentar explicar o capitalismo
  • 3. OBJETIVO: COMPREENDER A MANEIRA DE AGIR DO INDIVÍDUO, DE ACORDO COM A COERÇÃO EXTERIOR, DETERMINADA PELA SOCIEDADE. Utilizando do método positivo, apoiado na observação, indução e experimentação ele tenta formular proposições que estabeleçam relações entre os fenômenos ocorridos, os “fatos sociais”. MÉTODO POSITIVO FALHA: ANALISAVA A SOCIEDADE PARTINDO DO PRINCÍPIO QUE TODOS PENSAM DA MESMA MANEIRA.
  • 4. OBJETO DE ESTUDO: FATOS SOCIAIS A sociedade é semelhante a um corpo vivo, em que cada órgão cumpre uma função, ou seja, as partes (os fatos sociais) existem em função do todo (a sociedade). Identifica dois estados em a sociedade pode se encontrar: Estado normal: Fenômenos que ocorrem com regularidade na sociedade. Estado patológico: comportamentos que representam doenças e devem ser isolados e tratados porque põem em risco a harmonia e o consenso, estando fora dos limites permitidos pela ordem social e pela moral vigente. FATO SOCIAL: TUDO AQUILO QUE O HOMEM PRODUZ EM
  • 5. PARA DURKHEIM... A sociedade moderna se encontra em um estado doentio (anomia), porque deixou de exercer o papel de freio moral sobre os indivíduos. As paixões humanas só se detêm diante de uma força moral que elas respeitam. Se qualquer autoridade desse gênero inexiste, é a lei do mais forte que reina e, latente ou agudo, o estado de guerra é necessariamente crônico. (DURKHEIM, VII: 2004) Parte do prefácio de sua obra “Da divisão social do trabalho”.
  • 6. FATOS MORAIS Fatos= Situações que ocorrem. Moral= o exercício da ética. Fatos Morais: pode ser conceituado como o conjunto de regras de conduta, consideradas válidas, quer de modo absoluto para qualquer tempo ou lugar, quer para grupo ou pessoa determinada. Este conjunto de normas, aceito livre e conscientemente, regula o comportamento individual e social das pessoas. Varia de cultura para cultura e se modifica com o tempo.
  • 7. PARA DURKHEIM... Acreditava que não educamos nossos filhos como queremos, e sim como a sociedade admite. A mudança, no entanto, é possível se houver uma ação combinada e que consiga constituir um “fato social”.
  • 8. SOLIDARIEDADE Mecânica: Não há divisão social do trabalho, os indivíduos estão integrados na coletividade pela tradição e pelo costume, ou seja, por uma consciência coletiva que indicam suas formas padronizadas de pensamento ou conduta. Antes do capitalismo. Orgânica: Evolução da sociedade, com o capitalismo, que promove a diferenciação social por meio da divisão social do trabalho. Para Dürkheim a divisão social do trabalho, irá ocupar o lugar da Igreja, do Estado e das demais instituições sociais, na função de integrar o indivíduo ao corpo social, promovendo a coesão social, levando-a ao progresso.
  • 9. COERÇÃO Obrigado a fazer algo; Coagido a fazer algo por determinada obrigação. COESÃO Interdependência humana – causa solidariedade entre os indivíduos. Exercendo a ética entre eles (moral).
  • 10. TEMA RELEVANTE DA OBRA DE DURKHEIN. 1) Elevada diferenciação das atividades = solidariedade orgânica 2) Quanto maior, menos coordenação entre elas. 3) O individuo deixa de perceber a complementariedade entre eles. 4) Gera um forte sentimento de individualismo. 5) Individuo passa a orientar seus atos conforme suas próprias intenções, deixando de lado os interesses coletivos. 6) Individualismo exacerbado = estado de anomia moral na sociedade Ou seja, à perda de uma moral orientadora e disciplinadora dos comportamentos. 7) Falta de regulamentação das atividades profissionais = divisão anômica do trabalho. (estado doentio da divisão do trabalho)
  • 11. GRANDE DESAFIO DAS CIÊNCIAS SOCIAIS SEGUNDO DURKHEIN. PRESERVAR A SOCIEDADE GARANTINDO ASSIM O SEU BOM FUNCIONAMENTO! E qual a proposta deste teórico para tal problema? - A profissão, substituindo família, a religião e o Estado como instituições integradoras. A função da divisão social do trabalho, seria produzir a solidariedade, dando sentido às ações dos trabalhadores. Ao restabelecer a solidariedade entre os homens, a divisão social do trabalho, assumiria seu caráter moral ampliando a harmonia, a integração e a coesão na sociedade moderna.
  • 12. CONTEXTUALIZAÇÃO COM A ADMINISTRAÇÃO Um indivíduo como administrador se torna cada vez mais dependente da equipe. Ao estimular metas e possíveis objetivos e visões futuras é necessário a confiabilidade nos companheiros de trabalho. Com isso ele se torna membro de um todo com a junção das partes. Cremos que isto era essencial a Durkhein, a necessidade de inteirar os companheiros de trabalho uns com os outros. Ele tinha a visão de que todos seguiam o que a sociedade busca “pregar” e “ensinar” e, mesmo diante de todas as adversidades diárias, seguimos aquilo que nos é imposto, sendo por parte de nossos chefes, pais, amigos e sociedade. Sempre buscando nos adequar a determinado grupo para viver em sociedade.