SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Baixar para ler offline
Marxismo e
feminismo:
encontros e
desencontros
Curso Marxismo Feminista Hoje
Coletiva Marxismo Feminista
Profa. Isabella Meucci
Libertação social e
libertação feminina:
o primeiro encontro
Encontros e
desencontros da
primeira metade do
século XX: a classe
sem gênero
Uma união queer
entre marxismo e
feminismo
O novo feminismo a
partir dos anos
1960: gênero como
classe e gênero sem
classe
A autora e o livro
Cinzia Arruzza: tensão criativa entre a
filosofia antiga, marxismo e feminismo.
Ligações Perigosas (2010) e Feminismo
para os 99% (2019).
Ligações perigosas como resposta a “O
casamento infeliz entre marxismo e
feminismo” (1979), de Heidi Hartmann.
Libertação social e
libertação feminina
Libertação social: final do século XVIII e
início do XIX (socialismo utópico,
socialismo científico e anarquismo).
Libertação feminina: revoluções
Francesa e inglesa.
Olympe de Gouges e Mary
Wollstonecraft.
Flora Tristan: o primeiro encontro.
Encontros e desencontros da primeira
metade do século XX: a classe sem
gênero
Inglaterra: as sufragistas que abandonam a
classe e o sufrágio feminino como problema
para a esquerda marxista.
França: os avanços da Comuna e a família
como problema para o anarquismo.
Alemanha: Clara Zetkin, August Bebel e a
organização e emancipação das mulheres.
A defesa da família por Ferdinand de
Lassale.
Rússia: os primeiros anos após a
Revolução e o amor livre de Kollontai. A
burocratização stalinista e os retrocessos
nos direitos.
Cuba: a luta das mulheres pela participação
na Revolução e os primeiros anos. O
Código de Família (1975) e os retrocessos.
O novo feminismo a partir dos
anos 1960: classe como gênero e
gênero sem classe
A origem da opressão, o patriarcado e o
capitalismo.
A “segunda onda” feminista: diferença e
autodeterminação.
A Nova Esquerda: efervescência do marxismo.
Gênero como classe: Christine Delphy e o
feminismo materialista; o feminismo dos
“salários para o trabalho doméstico”.
Gênero sem classe: o feminismo radical, o
femismo da diferença (francês) e a teoria queer.
Uma união queer
entre marxismo e
feminismo
União queer e não mais um casamento
por conveniência.
O gênero que não é essencializado.
A importância da reprodução social da
vida.
A teoria unitária e a resposta a
Hartmann.
“Desenvolver uma visão que possa dar sentido às ligações e
decifrar a complexa relação entre os vestígios patriarcais que
se movem como fantasmas em um mundo capitalista
globalizado e estruturas patriarcais que, ao contrário, foram
integradas, usadas e transformadas pelo capitalismo exige
uma renovação do marxismo. [...] Nesse sentido, interessa
saber como a classe e o gênero podem ser combinados em um
projeto político capaz de agir evitando dois perigos: a tentação
de mesclar as duas realidades fazendo do gênero uma classe
ou da classe um gênero, e a tentação de pulverizar as relações
de poder e as relações de exploração em uma série de
opressões individuais alinhadas lado a lado e relutantes em ser
incluídas em um projeto de libertação abrangente”
(ARRUZZA, 2019, p.140)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Caderno Diário Portugal e o Estado Novo n.º 20 1415
Caderno Diário Portugal e o Estado Novo n.º 20 1415Caderno Diário Portugal e o Estado Novo n.º 20 1415
Caderno Diário Portugal e o Estado Novo n.º 20 1415Laboratório de História
 
O anarquismo, as ideias anarquistas
O anarquismo, as ideias anarquistasO anarquismo, as ideias anarquistas
O anarquismo, as ideias anarquistasalinesantana1422
 
Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415
Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415
Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415Laboratório de História
 
A afinidade do liberalismo com o fascismo
A afinidade do liberalismo com o fascismo A afinidade do liberalismo com o fascismo
A afinidade do liberalismo com o fascismo Fernando Alcoforado
 
Ideologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xixIdeologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xixPrivada
 
Ideologias do século XIX
Ideologias do século XIXIdeologias do século XIX
Ideologias do século XIXMarcos Torquato
 
Anarquismo,comunismo e socialismo
Anarquismo,comunismo e socialismo Anarquismo,comunismo e socialismo
Anarquismo,comunismo e socialismo Michele Macedo
 
As origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtAs origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtEdenilson Morais
 
Fascismo e nazismo Disma
Fascismo e nazismo Disma Fascismo e nazismo Disma
Fascismo e nazismo Disma Dismael Sagás
 
Basicão – 3ºano século xix
Basicão – 3ºano   século xixBasicão – 3ºano   século xix
Basicão – 3ºano século xixRafael Noronha
 
Liberdade ou segurança
Liberdade ou segurançaLiberdade ou segurança
Liberdade ou segurançaAldenei Barros
 
Regime totalitário na concepção de hannah arendt
Regime totalitário na concepção de hannah arendtRegime totalitário na concepção de hannah arendt
Regime totalitário na concepção de hannah arendtWesley Santos
 

Mais procurados (20)

Caderno Diário Portugal e o Estado Novo n.º 20 1415
Caderno Diário Portugal e o Estado Novo n.º 20 1415Caderno Diário Portugal e o Estado Novo n.º 20 1415
Caderno Diário Portugal e o Estado Novo n.º 20 1415
 
Anarquismo
AnarquismoAnarquismo
Anarquismo
 
Fundamentos nazifascistas
Fundamentos nazifascistasFundamentos nazifascistas
Fundamentos nazifascistas
 
O anarquismo, as ideias anarquistas
O anarquismo, as ideias anarquistasO anarquismo, as ideias anarquistas
O anarquismo, as ideias anarquistas
 
Ideologias do século XIX
Ideologias do século XIXIdeologias do século XIX
Ideologias do século XIX
 
Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415
Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415
Caderno diário A Filosofia das Luzes n.º7 1415
 
Iluminismo disma
Iluminismo dismaIluminismo disma
Iluminismo disma
 
A afinidade do liberalismo com o fascismo
A afinidade do liberalismo com o fascismo A afinidade do liberalismo com o fascismo
A afinidade do liberalismo com o fascismo
 
Slides fascismo
Slides fascismoSlides fascismo
Slides fascismo
 
Ideologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xixIdeologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xix
 
Totalitarismos
Totalitarismos Totalitarismos
Totalitarismos
 
Ideologias do século XIX
Ideologias do século XIXIdeologias do século XIX
Ideologias do século XIX
 
Anarquismo
AnarquismoAnarquismo
Anarquismo
 
Anarquismo,comunismo e socialismo
Anarquismo,comunismo e socialismo Anarquismo,comunismo e socialismo
Anarquismo,comunismo e socialismo
 
As origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendtAs origens do totalitarismo de hannah arendt
As origens do totalitarismo de hannah arendt
 
Fascismo e nazismo Disma
Fascismo e nazismo Disma Fascismo e nazismo Disma
Fascismo e nazismo Disma
 
Apresentação As opções totalitárias
Apresentação As opções totalitáriasApresentação As opções totalitárias
Apresentação As opções totalitárias
 
Basicão – 3ºano século xix
Basicão – 3ºano   século xixBasicão – 3ºano   século xix
Basicão – 3ºano século xix
 
Liberdade ou segurança
Liberdade ou segurançaLiberdade ou segurança
Liberdade ou segurança
 
Regime totalitário na concepção de hannah arendt
Regime totalitário na concepção de hannah arendtRegime totalitário na concepção de hannah arendt
Regime totalitário na concepção de hannah arendt
 

Semelhante a Marxismo e feminismo: encontros e desencontros

Durkheim y marx
Durkheim y marxDurkheim y marx
Durkheim y marxFelix
 
Feminismo e feminismo negro
Feminismo e feminismo negroFeminismo e feminismo negro
Feminismo e feminismo negroBianca Santana
 
Movimento Feminista nas Histórias em Quadrinhos
Movimento Feminista nas Histórias em QuadrinhosMovimento Feminista nas Histórias em Quadrinhos
Movimento Feminista nas Histórias em QuadrinhosTon Nascimento
 
Sociologia feminismo
Sociologia  feminismoSociologia  feminismo
Sociologia feminismoEdwin Juan
 
As três fontes _Lenin
As três fontes _LeninAs três fontes _Lenin
As três fontes _Leninujcpe
 
Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...
Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...
Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...moratonoise
 
Cultura e ação apresentação
Cultura e ação   apresentaçãoCultura e ação   apresentação
Cultura e ação apresentaçãoAna
 
215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...
215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...
215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...Alline Garcia
 
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICOA EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICODanillo Rodrigues
 
Movimentos do século xix
Movimentos do século xixMovimentos do século xix
Movimentos do século xixMax22Rodrigues
 
Anarquismo e Socialismo Utópico
Anarquismo e Socialismo UtópicoAnarquismo e Socialismo Utópico
Anarquismo e Socialismo UtópicoCarla Brígida
 

Semelhante a Marxismo e feminismo: encontros e desencontros (20)

Mulher cópia
Mulher   cópiaMulher   cópia
Mulher cópia
 
Durkheim y marx
Durkheim y marxDurkheim y marx
Durkheim y marx
 
O Feminismo
O FeminismoO Feminismo
O Feminismo
 
Feminismo e feminismo negro
Feminismo e feminismo negroFeminismo e feminismo negro
Feminismo e feminismo negro
 
Movimento Feminista nas Histórias em Quadrinhos
Movimento Feminista nas Histórias em QuadrinhosMovimento Feminista nas Histórias em Quadrinhos
Movimento Feminista nas Histórias em Quadrinhos
 
Sociologia feminismo
Sociologia  feminismoSociologia  feminismo
Sociologia feminismo
 
As três fontes _Lenin
As três fontes _LeninAs três fontes _Lenin
As três fontes _Lenin
 
Feminismo (2)
Feminismo (2)Feminismo (2)
Feminismo (2)
 
Feminismo (2)
Feminismo (2)Feminismo (2)
Feminismo (2)
 
Realismo
RealismoRealismo
Realismo
 
Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...
Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...
Margareth rago mujeres libres anarco feminismo e subjetividade na revolução e...
 
Cultura e ação apresentação
Cultura e ação   apresentaçãoCultura e ação   apresentação
Cultura e ação apresentação
 
Socialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismoSocialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismo
 
215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...
215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...
215820902 slavoj-zizek-crenca-na-utopia-ainda-a-melhor-forma-de-questionar-a-...
 
Socialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismoSocialismos e anarquismo
Socialismos e anarquismo
 
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICOA EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
A EVOLUÇÃO DA MULHER NO CENÁRIO POLÍTICO
 
Movimentos do século xix
Movimentos do século xixMovimentos do século xix
Movimentos do século xix
 
Doutrinas sociais do século XIX
Doutrinas sociais do século XIXDoutrinas sociais do século XIX
Doutrinas sociais do século XIX
 
A marca do batom
A marca do batomA marca do batom
A marca do batom
 
Anarquismo e Socialismo Utópico
Anarquismo e Socialismo UtópicoAnarquismo e Socialismo Utópico
Anarquismo e Socialismo Utópico
 

Mais de isameucci

ABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referências
ABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referênciasABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referências
ABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referênciasisameucci
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesaisameucci
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrialisameucci
 
Idade Antiga - América e África
Idade Antiga - América e ÁfricaIdade Antiga - América e África
Idade Antiga - América e Áfricaisameucci
 
Idade Antiga - Índia
Idade Antiga - ÍndiaIdade Antiga - Índia
Idade Antiga - Índiaisameucci
 
Extremo Oriente - China Antiga
Extremo Oriente - China AntigaExtremo Oriente - China Antiga
Extremo Oriente - China Antigaisameucci
 
Apogeu de desagregação do sistema colonial (Mineração)
Apogeu de desagregação do sistema colonial (Mineração)Apogeu de desagregação do sistema colonial (Mineração)
Apogeu de desagregação do sistema colonial (Mineração)isameucci
 
Período Joanino e Independência do Brasil
Período Joanino e Independência do BrasilPeríodo Joanino e Independência do Brasil
Período Joanino e Independência do Brasilisameucci
 
História do Brasil - Primeiro Reinado
História do Brasil - Primeiro ReinadoHistória do Brasil - Primeiro Reinado
História do Brasil - Primeiro Reinadoisameucci
 
Liberalismo, socialismo e nacionalismo
Liberalismo, socialismo e nacionalismoLiberalismo, socialismo e nacionalismo
Liberalismo, socialismo e nacionalismoisameucci
 
Racismo no Brasil
Racismo no BrasilRacismo no Brasil
Racismo no Brasilisameucci
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundialisameucci
 
América, África e Ásia (Idade Média)
América, África e Ásia (Idade Média)América, África e Ásia (Idade Média)
América, África e Ásia (Idade Média)isameucci
 
Violência, crime e justiça no Brasil
Violência, crime e justiça no BrasilViolência, crime e justiça no Brasil
Violência, crime e justiça no Brasilisameucci
 
América Portuguesa - Expansão e diversidade econômica
América Portuguesa - Expansão e diversidade econômicaAmérica Portuguesa - Expansão e diversidade econômica
América Portuguesa - Expansão e diversidade econômicaisameucci
 
Imperialismo e Neocolonialismo
Imperialismo e NeocolonialismoImperialismo e Neocolonialismo
Imperialismo e Neocolonialismoisameucci
 
História do Brasil - Período Regencial (1831-1840)
História do Brasil - Período Regencial (1831-1840)História do Brasil - Período Regencial (1831-1840)
História do Brasil - Período Regencial (1831-1840)isameucci
 
Brasil Colônia - Séc. XVIII (Ciclo do Ouro)
Brasil Colônia - Séc. XVIII (Ciclo do Ouro)Brasil Colônia - Séc. XVIII (Ciclo do Ouro)
Brasil Colônia - Séc. XVIII (Ciclo do Ouro)isameucci
 

Mais de isameucci (20)

ABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referências
ABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referênciasABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referências
ABNT - Estrutura do trabalho acadêmico, citações e referências
 
Revolução Francesa
Revolução FrancesaRevolução Francesa
Revolução Francesa
 
Revolução Industrial
Revolução IndustrialRevolução Industrial
Revolução Industrial
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Idade Antiga - América e África
Idade Antiga - América e ÁfricaIdade Antiga - América e África
Idade Antiga - América e África
 
Idade Antiga - Índia
Idade Antiga - ÍndiaIdade Antiga - Índia
Idade Antiga - Índia
 
Extremo Oriente - China Antiga
Extremo Oriente - China AntigaExtremo Oriente - China Antiga
Extremo Oriente - China Antiga
 
Apogeu de desagregação do sistema colonial (Mineração)
Apogeu de desagregação do sistema colonial (Mineração)Apogeu de desagregação do sistema colonial (Mineração)
Apogeu de desagregação do sistema colonial (Mineração)
 
Período Joanino e Independência do Brasil
Período Joanino e Independência do BrasilPeríodo Joanino e Independência do Brasil
Período Joanino e Independência do Brasil
 
História do Brasil - Primeiro Reinado
História do Brasil - Primeiro ReinadoHistória do Brasil - Primeiro Reinado
História do Brasil - Primeiro Reinado
 
Liberalismo, socialismo e nacionalismo
Liberalismo, socialismo e nacionalismoLiberalismo, socialismo e nacionalismo
Liberalismo, socialismo e nacionalismo
 
Racismo no Brasil
Racismo no BrasilRacismo no Brasil
Racismo no Brasil
 
Era Vargas
Era VargasEra Vargas
Era Vargas
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
América, África e Ásia (Idade Média)
América, África e Ásia (Idade Média)América, África e Ásia (Idade Média)
América, África e Ásia (Idade Média)
 
Violência, crime e justiça no Brasil
Violência, crime e justiça no BrasilViolência, crime e justiça no Brasil
Violência, crime e justiça no Brasil
 
América Portuguesa - Expansão e diversidade econômica
América Portuguesa - Expansão e diversidade econômicaAmérica Portuguesa - Expansão e diversidade econômica
América Portuguesa - Expansão e diversidade econômica
 
Imperialismo e Neocolonialismo
Imperialismo e NeocolonialismoImperialismo e Neocolonialismo
Imperialismo e Neocolonialismo
 
História do Brasil - Período Regencial (1831-1840)
História do Brasil - Período Regencial (1831-1840)História do Brasil - Período Regencial (1831-1840)
História do Brasil - Período Regencial (1831-1840)
 
Brasil Colônia - Séc. XVIII (Ciclo do Ouro)
Brasil Colônia - Séc. XVIII (Ciclo do Ouro)Brasil Colônia - Séc. XVIII (Ciclo do Ouro)
Brasil Colônia - Séc. XVIII (Ciclo do Ouro)
 

Último

Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxalessandraoliveira324
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
Combinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptxCombinatória.pptx
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 

Marxismo e feminismo: encontros e desencontros

  • 1. Marxismo e feminismo: encontros e desencontros Curso Marxismo Feminista Hoje Coletiva Marxismo Feminista Profa. Isabella Meucci
  • 2. Libertação social e libertação feminina: o primeiro encontro Encontros e desencontros da primeira metade do século XX: a classe sem gênero Uma união queer entre marxismo e feminismo O novo feminismo a partir dos anos 1960: gênero como classe e gênero sem classe
  • 3. A autora e o livro Cinzia Arruzza: tensão criativa entre a filosofia antiga, marxismo e feminismo. Ligações Perigosas (2010) e Feminismo para os 99% (2019). Ligações perigosas como resposta a “O casamento infeliz entre marxismo e feminismo” (1979), de Heidi Hartmann.
  • 4. Libertação social e libertação feminina Libertação social: final do século XVIII e início do XIX (socialismo utópico, socialismo científico e anarquismo). Libertação feminina: revoluções Francesa e inglesa. Olympe de Gouges e Mary Wollstonecraft. Flora Tristan: o primeiro encontro.
  • 5. Encontros e desencontros da primeira metade do século XX: a classe sem gênero Inglaterra: as sufragistas que abandonam a classe e o sufrágio feminino como problema para a esquerda marxista. França: os avanços da Comuna e a família como problema para o anarquismo. Alemanha: Clara Zetkin, August Bebel e a organização e emancipação das mulheres. A defesa da família por Ferdinand de Lassale. Rússia: os primeiros anos após a Revolução e o amor livre de Kollontai. A burocratização stalinista e os retrocessos nos direitos. Cuba: a luta das mulheres pela participação na Revolução e os primeiros anos. O Código de Família (1975) e os retrocessos.
  • 6. O novo feminismo a partir dos anos 1960: classe como gênero e gênero sem classe A origem da opressão, o patriarcado e o capitalismo. A “segunda onda” feminista: diferença e autodeterminação. A Nova Esquerda: efervescência do marxismo. Gênero como classe: Christine Delphy e o feminismo materialista; o feminismo dos “salários para o trabalho doméstico”. Gênero sem classe: o feminismo radical, o femismo da diferença (francês) e a teoria queer.
  • 7. Uma união queer entre marxismo e feminismo União queer e não mais um casamento por conveniência. O gênero que não é essencializado. A importância da reprodução social da vida. A teoria unitária e a resposta a Hartmann. “Desenvolver uma visão que possa dar sentido às ligações e decifrar a complexa relação entre os vestígios patriarcais que se movem como fantasmas em um mundo capitalista globalizado e estruturas patriarcais que, ao contrário, foram integradas, usadas e transformadas pelo capitalismo exige uma renovação do marxismo. [...] Nesse sentido, interessa saber como a classe e o gênero podem ser combinados em um projeto político capaz de agir evitando dois perigos: a tentação de mesclar as duas realidades fazendo do gênero uma classe ou da classe um gênero, e a tentação de pulverizar as relações de poder e as relações de exploração em uma série de opressões individuais alinhadas lado a lado e relutantes em ser incluídas em um projeto de libertação abrangente” (ARRUZZA, 2019, p.140)