O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Professor Claudney S. dos Santos
Defesa da propriedade privada;Livre concorrência e a Lei da oferta e da procura;Estado mínimo( saúde, educação e segura...
“A judicialização da política alcançou patamares  alarmantes no Brasil. Sob o argumento de que vivemos  sob uma democracia...
No século XVIII, o liberalismo ganhou força. Para ele, deveria haver prosperidade econômica, acúmulo de riquezas, trabalh...
Período da economia mercantil, em que a produção se destina a trocas e não apenas a uso imediato. Não se generalizou o tr...
Apesar de predominar o produtor independente (artesão), generaliza-se o trabalho assalariado. A maior parte do lucro conc...
O trabalho assalariado se instala, em prejuízo dos artesãos, separando claramente os possuidores de meios de produção e o...
O sistema bancário e grandes corporações financeiras tornam-se dominantes e passam a controlar as demais atividades.
Fase atual. O capitalismo continua industrial e financeiro, mas sua característica principal é a importância do conhecime...
A EUROPA NO SÉCULO 19: SOCIALISMO UTÓPICOSOCIALISMO CIENTÍFICO     ANARQUISMO
-Revolução Industrial        * consolidação do capitalismo        * classes sociais: burguesia e proletariado             ...
-Operários = situação desumana   * até 18 hs de trabalho   * fábricas insalubres /sem segurança   * não havia legislação- ...
O SOCIALISMO                        Socialismo utópico                           * abrandar a exploração                  ...
O SOCIALISMO UTÓPICO     Robert Owen          Saint-Simon                 Charles Fourier-Busca de harmonia nas relações p...
PRINCIPAIS SOCIALISTAS                       UTÓPICOSRobert Owen = cooperativas (colocou em prática)  * classe operária na...
O SOcialiSmO científicO-Karl Marx e Friedrich Engels   * superação do capitalismo   * proletariado = revolucionário   * fi...
A tese marxista    - Homens abandonam o comunismo primitivo e passam a   desenvolver as forças produtivas    - Divisão da...
Marx e Engels-A dinâmica da transformação:  * modo de produção se desenvolve e cria contradições internas    irremediáveis...
ANARQUISMO-Organização social sem autoridade imposta  * inexistência de um Estado (opressor)-Duas correntes:  1 – Proudhon...
Ideologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xix
Ideologias políticas do século xix
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ideologias políticas do século xix

10.295 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Ideologias políticas do século xix

  1. 1. Professor Claudney S. dos Santos
  2. 2. Defesa da propriedade privada;Livre concorrência e a Lei da oferta e da procura;Estado mínimo( saúde, educação e segurança);Estado de Direito
  3. 3. “A judicialização da política alcançou patamares alarmantes no Brasil. Sob o argumento de que vivemos sob uma democracia de direitos, o sistema de justiça passou a tutelar todas as áreas, interferindo em políticas públicas, imiscuindo-se no mérito do ato administrativo, desbordando de suas competências para envolver-se com assuntos que violam assim a autonomia dos poderes políticos, tudo submetendo ao jurídico”. Judicialização da política no Brasil, por Luiz Moreira. http://www.diplomatique.org.br/artigo.php?id=1364
  4. 4. No século XVIII, o liberalismo ganhou força. Para ele, deveria haver prosperidade econômica, acúmulo de riquezas, trabalho livre e não deveria existir agente regulador e interventor
  5. 5. Período da economia mercantil, em que a produção se destina a trocas e não apenas a uso imediato. Não se generalizou o trabalho assalariado; trabalhadores independentes que vendiam o produto de seu trabalho, mas não seu trabalho. Os artesãos eram donos de suas oficinas, ferramentas e matéria-prima
  6. 6. Apesar de predominar o produtor independente (artesão), generaliza-se o trabalho assalariado. A maior parte do lucro concentrava-se na mão dos comerciantes, intermediários, não nas mãos dos produtores. Lucrava mais quem comprava e vendia a mercadoria, não quem produzia.
  7. 7. O trabalho assalariado se instala, em prejuízo dos artesãos, separando claramente os possuidores de meios de produção e o exército de trabalhadores.
  8. 8. O sistema bancário e grandes corporações financeiras tornam-se dominantes e passam a controlar as demais atividades.
  9. 9. Fase atual. O capitalismo continua industrial e financeiro, mas sua característica principal é a importância do conhecimento.
  10. 10. A EUROPA NO SÉCULO 19: SOCIALISMO UTÓPICOSOCIALISMO CIENTÍFICO ANARQUISMO
  11. 11. -Revolução Industrial * consolidação do capitalismo * classes sociais: burguesia e proletariado industrialização e assalariamento Controle sobre aburguesia produção e reprodução de capitalproletaria “riquezas” = força de do trabalho e a prole (filhos)
  12. 12. -Operários = situação desumana * até 18 hs de trabalho * fábricas insalubres /sem segurança * não havia legislação- reação: socialismo e anarquismo
  13. 13. O SOCIALISMO Socialismo utópico * abrandar a exploração * sociedade mais igualitária- Duas correntes Socialismo científico * solução radical * proposta de nova sociedade
  14. 14. O SOCIALISMO UTÓPICO Robert Owen Saint-Simon Charles Fourier-Busca de harmonia nas relações patrão / operário * criação de uma sociedade justa * não propunha um embate entre as classes sociais  burguesia se conscientizaria da exploração * sociedade mudaria sem a participação dos trabalhadores  passividade diante da implantação do socialismo
  15. 15. PRINCIPAIS SOCIALISTAS UTÓPICOSRobert Owen = cooperativas (colocou em prática) * classe operária na escola * jornada de trabalho reduzidaSaint-Simon = economia e política geridas coletivamenteCharles Fourier = Falanstérios = harmonia = talento/atividades prazerosas O Falanstério de Fourier Prof. Caco Cardozo
  16. 16. O SOcialiSmO científicO-Karl Marx e Friedrich Engels * superação do capitalismo * proletariado = revolucionário * fim da exploração do homem pelo homem * sociedade sem divisão de classes Marx e Engels
  17. 17. A tese marxista - Homens abandonam o comunismo primitivo e passam a desenvolver as forças produtivas - Divisão da sociedade em classes sociais - Classe dominante = proprietária dos meios de produção - Classe dominada = proprietária da força de trabalho - Estabelecimento do modo de produção (relação dos homens entre si e com a natureza) História da Humanidade: sucessão de vários modos de produção: primitivo, asiático(?), escravista, feudal, capitalista e comunista Superação do modo de produção se dá através do embate entre dominados e dominadores: a luta de classes (o motor da História)
  18. 18. Marx e Engels-A dinâmica da transformação: * modo de produção se desenvolve e cria contradições internas irremediáveis * contradições levam à organização da classe dominada * Classe dominada desaloja a dominante e dá origem a outro modo de produção-Para Marx e Engels esse processo se estabelece como norma, regra * daí o caráter científico de sua teoria
  19. 19. ANARQUISMO-Organização social sem autoridade imposta * inexistência de um Estado (opressor)-Duas correntes: 1 – Proudhon * mudança social pacífica 2 – Bakunin * revolução = destruição das estruturas vigentes-Anarco-Sindicalismo * sindicatos assumem o lugar do Estado

×