SlideShare uma empresa Scribd logo
Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti
1. (Espcex (Aman) 2016) Em uma cidade, a distância entre as localidades X e Y é de 16 km
e entre as localidades X e Z é de 28 km. A distância no mapa entre X e Y é de 4 cm e
entre X e Z é de 7 cm. A escala desse mapa é de:
a) 1: 280.000
b) 1:160.000
c) 1: 40.000
d) 1:16.000
e) 1: 400.000
2. (Uerj 2016) Compare as imagens a seguir. Na Imagem 1, apresenta-se o desenho original
do perfil de uma cabeça humana sobre uma representação possível do globo terrestre. Na
Imagem 2, esse mesmo desenho é apresentado em um planisfério elaborado com a projeção
cartográfica de Mercator, que é utilizada desde o período das grandes navegações.
Com base na comparação entre essas imagens, conclui-se que o território das Américas que
tem a área mais ampliada com o uso da projeção de Mercator é:
a) Brasil
b) México
c) Argentina
d) Groenlândia
3. (Espcex (Aman) 2016) Em um exercício militar, ao planejar um deslocamento, o
comandante responsável identificou dois pontos para os quais deverá deslocar sua tropa.
Estes pontos apresentam as seguintes coordenadas geográficas:
Ponto “A” - Latitude: 29 49' 30"S Ponto “B” - Latitude: 29 45' 00"S
- Longitude: 54 54' 00" W - Longitude: 54 55' 30" W
Após a chegada ao ponto “A”, um grupo de militares dessa tropa será deslocado para o ponto
“B”, tendo que seguir em que direção?
a) leste
b) oeste
c) nordeste
d) sudeste
e) noroeste
4. (Unicamp 2016) A imagem abaixo corresponde a um fragmento de uma carta topográfica
em escala 1: 50.000. Considere que a distância entre A e B é de 3,5 cm.
Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti
A partir dessas informações, é correto afirmar que:
a) O rio corre em direção sudeste, sendo sua margem esquerda a de maior declividade.
Apresenta um comprimento total de 17.500 metros.
b) O rio corre em direção sudoeste, sendo a margem direita a de maior declividade. Apresenta
um comprimento total de 1.750 quilômetros.
c) O rio corre em direção sudeste, sendo sua margem esquerda a de maior declividade.
Apresenta um comprimento total de 1.750 metros.
d) O rio corre em direção sudoeste, sendo sua margem esquerda a de maior declividade.
Apresenta um comprimento total de 175 metros.
5. (Uel 2015) Analise o mapa de fusos horários do Brasil a seguir.
Supondo que um passageiro saia às 7h da manhã de Fernando de Noronha (PE) com destino
a Campo Grande (MS) para uma reunião e sabendo-se que a viagem teve duração de 6 horas
e 30 minutos, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o horário local em que o
passageiro deve chegar a Campo Grande (MS).
a) 05h30min
b) 09h30min
c) 10h30min
Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti
d) 11h30min
e) 13h30min
6. (Ueg 2015) Há uma relação direta entre a escala cartográfica e o detalhamento da
informação representada num mapa. Sobre essa relação, verifica-se que representações de
a) pequenas superfícies exigem uma pequena redução, o que resulta numa escala pequena e
num grande quantitativo de detalhes.
b) vastas superfícies exigem uma grande redução, o que resulta numa escala pequena e num
mapa com reduzido quantitativo de detalhes.
c) vastas superfícies exigem uma pequena redução, o que resulta numa escala grande e num
mapa com reduzido quantitativo de detalhes.
d) pequenas superfícies exigem uma grande redução, o que resulta numa escala grande e num
grande quantitativos de detalhes.
7. (Uemg 2015) ÁGUAS MANSAS
“No tempo sem tempo da infância, o trabalho dos relógios demarcando a vida é coisa dos
adultos, é a hora imposta de fora. Nós, entre os intervalos de correrias e agitação,
contemplamos.
Tudo é possível nessa fase: o tempo em curso, de que nos falam as vozes que parecem vir de
tão longe, pode ser apenas uma invenção malévola dos bem intencionados adultos para nos
controlar.
Só aos poucos o dentro e fora de nós assumirá desenhos e figuras, o fluir das águas se impõe
– e terá início a nossa história(...).”
LUFT, 2014, p. 23
Mesmo sem o saber, a criança do texto fala da invenção do controle tempo. Criamos, é claro,
as horas como uma forma de contar o tempo para podermos gerenciar nossas atividades
diárias.
Em 1883, numa conferência internacional, em Roma, foi elaborado um sistema de fusos
horários, conforme a representação no mapa abaixo:
Antes de esse sistema ser criado, o horário era definido pelo relógio de sol, onde o meio-dia
era observado, quando os raios solares estavam a pino.
Com relação aos fusos horários, é CORRETO afirmar que
Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti
a) mesmo tendo um total de 24 horas dentro do sistema de fusos, cada país,
independentemente de seu tamanho, possui um único horário.
b) usando-se o número de graus existentes nos meridianos, sabemos que a Terra gira 24
graus a cada 1 hora.
c) o uso do fuso horário é extremamente rígido em cada território, não sendo permitido adaptá-
lo às necessidades de sua população.
d) o sistema foi criado a partir da necessidade de se organizar as atividades humanas
relacionadas com as diferenças de horas geradas pelo movimento de rotação da Terra.
8. (Pucrj 2015)
Sabendo-se que a Federação da Rússia tem nove fusos horários, e que cada faixa
apresentada no cartograma corresponde a uma hora de diferença para a outra subsequente
(para Leste ou Oeste), é correto afirmar que, em relação às cidades russas apresentadas,
quando forem:
a) 11 horas em Moscou, serão 09 horas em Omsk e 07 horas em Irkutsk.
b) 23 horas em Magadan, serão 22 horas em Vladvostok e 16 horas em Moscou.
c) 15 horas em Kaliningrado, serão 16 horas em Moscou e 20 horas em Vladvostok.
d) 20 horas em Krasnoyarsk, serão 21 horas em Omsk e 22 horas em Ecaterimburgo.
e) 06 horas em Ecaterimburgo, serão 04 horas em Kaliningrado e 02 horas em Yakutsk.
9. (Ucs 2015) Um avião decolou em Porto Alegre (situada a 45 oeste do meridiano de
Greenwich) às 19 horas do dia 7 de março, com destino a Lisboa, em Portugal (situada na faixa
equivalente a 0 ). A duração do voo foi de 11 horas. Considerando o horário local, em que
horário e dia esse avião aterrissou em Lisboa?
a) Às 22 horas do mesmo dia.
b) Às 9 horas do mesmo dia.
c) Às 6 horas do dia seguinte.
d) Às 9 horas do dia seguinte.
e) Às 22 horas do dia seguinte.
10. (Ucs 2015) Analise as proposições a seguir, quanto à sua veracidade (V) ou falsidade (F).
( ) As longitudes variam de zero até 180 tanto para Leste quanto para Oeste.
( ) As latitudes variam de zero até 90 tanto para Norte como para Sul.
( ) Longitude é uma distância em quilômetros em relação ao Meridiano de Greenwich.
( ) As latitudes variam de zero até 90 para Leste e para Oeste.
( ) Além da Linha do Equador, os principais paralelos são: os círculos polares Ártico e
Antártico e os trópicos de Câncer e de Capricórnio.
Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti
Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente os parênteses, de cima para
baixo.
a) V – V – F – F – V
b) V – F – F – V – V
c) F – F – V – V – V
d) F – V – F – V – F
e) V – F – V – F – V
11. (Ufrgs 2015) Trinta e duas seleções participaram da Copa do Mundo de Futebol da FIFA
no Brasil, nos meses de junho e julho de 2014, final do equinócio de outono e início do solstício
de inverno em quase a totalidade do território nacional.
Assinale a alternativa que contém os países cujas seleções vieram de uma condição de
iluminação solar oposta à que encontraram na maior parte do Brasil.
a) Holanda, Argentina e Argélia
b) Rússia, Alemanha e Croácia
c) Colômbia, México e Austrália
d) Chile, Gana e Costa do Marfim
e) Argentina, Camarões e Coreia do Sul
12. (Imed 2015) Rotação e translação são os movimentos da Terra. Dentre as consequências
do movimento de rotação da Terra estão:
I. A sucessão dos dias e das noites.
II. Os fusos horários.
III. A formação das correntes marinhas.
Quais estão corretas?
a) Apenas II.
b) Apenas I e II.
c) Apenas I e III.
d) Apenas II e III.
e) I, II e III.
Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti
Gabarito:
Resposta da questão 1:
[E]
A escala é obtida pela distância no terreno (exemplo, X Y :16 km ou 1.600.000 cm) dividida
pela distância no mapa (X Y : 4 cm). Portanto, a escala correta é 1: 400.000, ou seja, 1cm no
mapa equivale a 400.000 cm no terreno.
Resposta da questão 2:
[D]
A projeção de Mercator é adequada para a navegação e conforme, isto é, preserva as formas.
Entretanto, distorce as áreas proporcionais. Os territórios com maior latitude, distantes do
equador, apresentam áreas superdimensionadas. Na América, a Groenlândia (pertence à
Dinamarca) apresenta área mais ampliada.
Resposta da questão 3:
[E]
Conforme as coordenadas geográficas, posicionando os pontos A e B em um mapa, o ponto B
fica mais ao norte e a oeste em relação ao ponto A. Portanto, do ponto A para o ponto B, a
direção é noroeste.
Resposta da questão 4:
[C]
O rio corre na direção sudeste, uma vez que nasce em áreas com maior altitude (superiores a
curva de nível de 400 m) e se direciona para áreas com menor altitude (inferiores a curva de
nível de 300 m). A determinação das margens direita e esquerda dá-se da nascente para a
foz, portanto, a margem esquerda apresenta maior declividade (curvas mais próximas umas as
outras). Como a escala é de 1: 50.000, 1cm no mapa equivale a 50.000 cm ou 500 metros.
Como a distância é de 3,5 cm, tem-se 1.750 metros de distância entre os pontos A e B.
Resposta da questão 5:
[D]
Quando o passageiro embarcava às 7h em Fernando de Noronha, em Campo Grande (dois
fusos a oeste e, portanto, duas horas atrasadas) era 5h. Se a viagem durou 6 horas e 30
minutos, o passageiro chegou a Campo Grande 6 horas e 30 minutos depois e, portanto, as
11h30m, como mencionado corretamente na alternativa [D].
Resposta da questão 6:
[B]
Numa escala pequena são representadas superfícies mais amplas, ou seja, o mapa apresenta
generalização. Para este tipo de mapa é preciso uma expressiva redução da realidade,
portanto, o número de detalhes é menor.
Resposta da questão 7:
[D]
A padronização dos fusos horários em escala global no século 19 foi criada para facilitar as
diversas atividades humanas em um mundo que já apresentava interdependência do ponto de
vista econômico. O planeta apresenta circunferência de 360°, divididos por 24 horas
(movimento de rotação) dá origem a 24 fusos, cada um com 15° de espessura e valendo 1
hora.
Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti
Resposta da questão 8:
[B]
A Rússia é o mais extenso do mundo, então apresenta muitos fusos horários. Cada fuso
horário apresenta 15º e corresponde a 1 hora. Os horários em direção à leste estão adiantados
em relação aos horários à oeste. Assim, sendo 23 horas em Magadan (Sibéria), são 22 horas
em Vladivostok e 16 horas em Moscou.
Resposta da questão 9:
[D]
No momento da decolagem do avião em Porto Alegre (19 h – 07/março), o horário em Lisboa
(3 fusos a leste e, portanto, adiantados) era 22 h do dia 07/março. A duração da viagem foi de
11 horas e, portanto, soma-se 11h ao horário de Lisboa: 22 h 11h 33 h,  o que significa que
o avião aterrissou às 9h do dia 08/março (33 h 24 h 09 h),  como mencionado corretamente
na alternativa [D].
Resposta da questão 10:
[A]
VERDADEIRA – Os meridianos, 360 linhas imaginárias verticais, são utilizados para o cálculo
da longitude, que é a distância em graus de qualquer ponto da superfície da Terra até o
Meridiano de Greenwich e, portanto, 180° a leste e 180° a oeste.
VERDADEIRA – Os paralelos, 180 linhas imaginárias horizontais, são utilizados para o cálculo
da latitude, que é a distância em graus de qualquer ponto da superfície da Terra até a Linha do
Equador e, portanto, 90° a sul e 90° a norte.
FALSA – Longitude é a distância em graus de qualquer ponto da superfície da Terra até o
Meridiano de Greenwich.
FALSA – Latitude é traçada sobre os paralelos e, portanto, variam de 0° a 90° sul e 0° a 90°
norte.
VERDADEIRA – Os principais paralelos são a Linha do Equador, Trópicos de Câncer e
Capricórnio, Círculo Polar Ártico e Antártico.
Resposta da questão 11:
[B]
No dia 21 de junho ocorre o solstício de inverno no hemisfério sul, onde se localiza o Brasil
(somente 7% de seu território se encontra no hemisfério norte) e, portanto, solstício de verão
para o hemisfério norte. Dessa forma, como mencionado corretamente na alternativa [B],
Rússia, Alemanha e Croácia são os países que vieram de uma condição de iluminação oposta
ao Brasil, pois se localizam no hemisfério norte. Estão incorretas as alternativas seguintes
porque os países que se encontram no hemisfério sul são: em [A], a Argentina; em [C],
Colômbia e Austrália; em [D], Chile; em [E], Argentina.
Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti
Resposta da questão 12:
[E]
O movimento de rotação da Terra apresenta duração de 24 horas (um dia). Entre suas
consequências: a sucessão dos dias e noites e os diferentes fusos horários. O movimento de
rotação também exerce influência sobre o deslocamento das correntes marinhas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Atividades regiões geoeconômicas
Atividades regiões geoeconômicasAtividades regiões geoeconômicas
Atividades regiões geoeconômicas
Atividades Diversas Cláudia
 
ATIVIDADE sobre Localização e territorialidade Aula G...
ATIVIDADE sobre Localização e territorialidade                         Aula G...ATIVIDADE sobre Localização e territorialidade                         Aula G...
ATIVIDADE sobre Localização e territorialidade Aula G...
AlessandraRibas7
 
Avaliação 5ª série Fuso horário
Avaliação 5ª série Fuso horárioAvaliação 5ª série Fuso horário
Avaliação 5ª série Fuso horário
Luciana Souza
 
Plantao 6 ano_ficha_03_geo_27_01
Plantao 6 ano_ficha_03_geo_27_01Plantao 6 ano_ficha_03_geo_27_01
Plantao 6 ano_ficha_03_geo_27_01
Mario Souza
 
Avaliação geografia
Avaliação geografia Avaliação geografia
Avaliação geografia
Isa ...
 
Estudos orientados 6º ano gabarito
Estudos orientados 6º ano gabaritoEstudos orientados 6º ano gabarito
Estudos orientados 6º ano gabarito
Atividades Diversas Cláudia
 
Correção dos Exercícios de Fuso horário.pptx
Correção dos Exercícios de Fuso horário.pptxCorreção dos Exercícios de Fuso horário.pptx
Correção dos Exercícios de Fuso horário.pptx
GiseleRibeiro99
 
Avaliação bimestral de geografia 6º ano
Avaliação bimestral de geografia 6º anoAvaliação bimestral de geografia 6º ano
Avaliação bimestral de geografia 6º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Avaliação 6º ano geografia
Avaliação 6º ano   geografiaAvaliação 6º ano   geografia
Avaliação 6º ano geografia
Luciano Cardoso Oliveira
 
CARTOGRAFIA BÁSICA 1
CARTOGRAFIA  BÁSICA 1CARTOGRAFIA  BÁSICA 1
CARTOGRAFIA BÁSICA 1
Gustavo Silva de Souza
 
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiarExercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Dayane Lopes
 
Prova de geografia 5ª série/6º ano- PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Prova de geografia 5ª série/6º ano-  PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...Prova de geografia 5ª série/6º ano-  PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Prova de geografia 5ª série/6º ano- PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Kilna Moura
 
Prova coordenada geografica- 1 ano
Prova   coordenada geografica- 1 anoProva   coordenada geografica- 1 ano
Prova coordenada geografica- 1 ano
Kilna Moura
 
Avaliação diagnóstica geografia
Avaliação diagnóstica geografiaAvaliação diagnóstica geografia
Avaliação diagnóstica geografia
Atividades Diversas Cláudia
 
A Terra no Sistema Solar
A Terra no Sistema SolarA Terra no Sistema Solar
A Terra no Sistema Solar
Gabrielly Peixoto
 
atividade de geografia
atividade de geografiaatividade de geografia
atividade de geografia
Broma Spazi
 
Orientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espacoOrientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espaco
Prof. Francesco Torres
 
Aula 01 introdução à cartografia
Aula 01   introdução à cartografiaAula 01   introdução à cartografia
Aula 01 introdução à cartografia
João Carlos Icone Tecnologia
 
Atividade escalas
Atividade escalasAtividade escalas
Atividade escalas
Alexandre Matos
 
Prova de geografia 1 bimestre 7 ano
Prova de geografia 1 bimestre 7 anoProva de geografia 1 bimestre 7 ano
Prova de geografia 1 bimestre 7 ano
Atividades Diversas Cláudia
 

Mais procurados (20)

Atividades regiões geoeconômicas
Atividades regiões geoeconômicasAtividades regiões geoeconômicas
Atividades regiões geoeconômicas
 
ATIVIDADE sobre Localização e territorialidade Aula G...
ATIVIDADE sobre Localização e territorialidade                         Aula G...ATIVIDADE sobre Localização e territorialidade                         Aula G...
ATIVIDADE sobre Localização e territorialidade Aula G...
 
Avaliação 5ª série Fuso horário
Avaliação 5ª série Fuso horárioAvaliação 5ª série Fuso horário
Avaliação 5ª série Fuso horário
 
Plantao 6 ano_ficha_03_geo_27_01
Plantao 6 ano_ficha_03_geo_27_01Plantao 6 ano_ficha_03_geo_27_01
Plantao 6 ano_ficha_03_geo_27_01
 
Avaliação geografia
Avaliação geografia Avaliação geografia
Avaliação geografia
 
Estudos orientados 6º ano gabarito
Estudos orientados 6º ano gabaritoEstudos orientados 6º ano gabarito
Estudos orientados 6º ano gabarito
 
Correção dos Exercícios de Fuso horário.pptx
Correção dos Exercícios de Fuso horário.pptxCorreção dos Exercícios de Fuso horário.pptx
Correção dos Exercícios de Fuso horário.pptx
 
Avaliação bimestral de geografia 6º ano
Avaliação bimestral de geografia 6º anoAvaliação bimestral de geografia 6º ano
Avaliação bimestral de geografia 6º ano
 
Avaliação 6º ano geografia
Avaliação 6º ano   geografiaAvaliação 6º ano   geografia
Avaliação 6º ano geografia
 
CARTOGRAFIA BÁSICA 1
CARTOGRAFIA  BÁSICA 1CARTOGRAFIA  BÁSICA 1
CARTOGRAFIA BÁSICA 1
 
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiarExercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
Exercício de-geografia-6º-ano-revisão-1ª-etapa - copiar
 
Prova de geografia 5ª série/6º ano- PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Prova de geografia 5ª série/6º ano-  PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...Prova de geografia 5ª série/6º ano-  PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
Prova de geografia 5ª série/6º ano- PLACAS TECTONICAS,LIMITES,AGENTES EXTERN...
 
Prova coordenada geografica- 1 ano
Prova   coordenada geografica- 1 anoProva   coordenada geografica- 1 ano
Prova coordenada geografica- 1 ano
 
Avaliação diagnóstica geografia
Avaliação diagnóstica geografiaAvaliação diagnóstica geografia
Avaliação diagnóstica geografia
 
A Terra no Sistema Solar
A Terra no Sistema SolarA Terra no Sistema Solar
A Terra no Sistema Solar
 
atividade de geografia
atividade de geografiaatividade de geografia
atividade de geografia
 
Orientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espacoOrientacao e localizacao no espaco
Orientacao e localizacao no espaco
 
Aula 01 introdução à cartografia
Aula 01   introdução à cartografiaAula 01   introdução à cartografia
Aula 01 introdução à cartografia
 
Atividade escalas
Atividade escalasAtividade escalas
Atividade escalas
 
Prova de geografia 1 bimestre 7 ano
Prova de geografia 1 bimestre 7 anoProva de geografia 1 bimestre 7 ano
Prova de geografia 1 bimestre 7 ano
 

Destaque

Exercícios - Geologia e Geomorfologia Brasileira
Exercícios - Geologia e Geomorfologia BrasileiraExercícios - Geologia e Geomorfologia Brasileira
Exercícios - Geologia e Geomorfologia Brasileira
Rogério Bartilotti
 
Lista - Fatores e Elementos Climáticos
Lista - Fatores e Elementos ClimáticosLista - Fatores e Elementos Climáticos
Lista - Fatores e Elementos Climáticos
Rogério Bartilotti
 
Lista de Exercícos - Introdução Brasil
Lista de Exercícos - Introdução BrasilLista de Exercícos - Introdução Brasil
Lista de Exercícos - Introdução Brasil
Rogério Bartilotti
 
Divisão Regional Brasileira
Divisão Regional BrasileiraDivisão Regional Brasileira
Divisão Regional Brasileira
Rogério Bartilotti
 
Tabela de Eras Geológicas - Brasil
Tabela de Eras Geológicas - BrasilTabela de Eras Geológicas - Brasil
Tabela de Eras Geológicas - Brasil
Rogério Bartilotti
 
Classificação do Relevo Brasileiro
Classificação do Relevo BrasileiroClassificação do Relevo Brasileiro
Classificação do Relevo Brasileiro
Rogério Bartilotti
 
Roteiro básico - Domínio Amazônico
Roteiro básico - Domínio AmazônicoRoteiro básico - Domínio Amazônico
Roteiro básico - Domínio Amazônico
Rogério Bartilotti
 
Como analisar um climograma
Como analisar um climogramaComo analisar um climograma
Como analisar um climograma
Rogério Bartilotti
 
Porradão do Bartinho
Porradão do BartinhoPorradão do Bartinho
Porradão do Bartinho
Rogério Bartilotti
 
Áreas de Transição - Brasil
Áreas de Transição - BrasilÁreas de Transição - Brasil
Áreas de Transição - Brasil
Rogério Bartilotti
 
Porradão do Bartinho II
Porradão do Bartinho IIPorradão do Bartinho II
Porradão do Bartinho II
Rogério Bartilotti
 
Treinamento - Meio Ambiente
Treinamento - Meio AmbienteTreinamento - Meio Ambiente
Treinamento - Meio Ambiente
Rogério Bartilotti
 
Treinamento - Recursos Minerais e Fontes de Energia
Treinamento - Recursos Minerais e Fontes de EnergiaTreinamento - Recursos Minerais e Fontes de Energia
Treinamento - Recursos Minerais e Fontes de Energia
Rogério Bartilotti
 
Bacias Secundárias do Brasil
Bacias Secundárias do BrasilBacias Secundárias do Brasil
Bacias Secundárias do Brasil
Rogério Bartilotti
 
Recursos Minerais
Recursos MineraisRecursos Minerais
Recursos Minerais
Rogério Bartilotti
 
Bacia do São Francisco
Bacia do São FranciscoBacia do São Francisco
Bacia do São Francisco
Rogério Bartilotti
 
Migrações internacionais Teoria e Questões
Migrações internacionais Teoria e QuestõesMigrações internacionais Teoria e Questões
Migrações internacionais Teoria e Questões
Rogério Bartilotti
 
Treinamento - Demografia
Treinamento - DemografiaTreinamento - Demografia
Treinamento - Demografia
Rogério Bartilotti
 
Fases do crescimento populacional
Fases do crescimento populacionalFases do crescimento populacional
Fases do crescimento populacional
Rogério Bartilotti
 
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Rogério Bartilotti
 

Destaque (20)

Exercícios - Geologia e Geomorfologia Brasileira
Exercícios - Geologia e Geomorfologia BrasileiraExercícios - Geologia e Geomorfologia Brasileira
Exercícios - Geologia e Geomorfologia Brasileira
 
Lista - Fatores e Elementos Climáticos
Lista - Fatores e Elementos ClimáticosLista - Fatores e Elementos Climáticos
Lista - Fatores e Elementos Climáticos
 
Lista de Exercícos - Introdução Brasil
Lista de Exercícos - Introdução BrasilLista de Exercícos - Introdução Brasil
Lista de Exercícos - Introdução Brasil
 
Divisão Regional Brasileira
Divisão Regional BrasileiraDivisão Regional Brasileira
Divisão Regional Brasileira
 
Tabela de Eras Geológicas - Brasil
Tabela de Eras Geológicas - BrasilTabela de Eras Geológicas - Brasil
Tabela de Eras Geológicas - Brasil
 
Classificação do Relevo Brasileiro
Classificação do Relevo BrasileiroClassificação do Relevo Brasileiro
Classificação do Relevo Brasileiro
 
Roteiro básico - Domínio Amazônico
Roteiro básico - Domínio AmazônicoRoteiro básico - Domínio Amazônico
Roteiro básico - Domínio Amazônico
 
Como analisar um climograma
Como analisar um climogramaComo analisar um climograma
Como analisar um climograma
 
Porradão do Bartinho
Porradão do BartinhoPorradão do Bartinho
Porradão do Bartinho
 
Áreas de Transição - Brasil
Áreas de Transição - BrasilÁreas de Transição - Brasil
Áreas de Transição - Brasil
 
Porradão do Bartinho II
Porradão do Bartinho IIPorradão do Bartinho II
Porradão do Bartinho II
 
Treinamento - Meio Ambiente
Treinamento - Meio AmbienteTreinamento - Meio Ambiente
Treinamento - Meio Ambiente
 
Treinamento - Recursos Minerais e Fontes de Energia
Treinamento - Recursos Minerais e Fontes de EnergiaTreinamento - Recursos Minerais e Fontes de Energia
Treinamento - Recursos Minerais e Fontes de Energia
 
Bacias Secundárias do Brasil
Bacias Secundárias do BrasilBacias Secundárias do Brasil
Bacias Secundárias do Brasil
 
Recursos Minerais
Recursos MineraisRecursos Minerais
Recursos Minerais
 
Bacia do São Francisco
Bacia do São FranciscoBacia do São Francisco
Bacia do São Francisco
 
Migrações internacionais Teoria e Questões
Migrações internacionais Teoria e QuestõesMigrações internacionais Teoria e Questões
Migrações internacionais Teoria e Questões
 
Treinamento - Demografia
Treinamento - DemografiaTreinamento - Demografia
Treinamento - Demografia
 
Fases do crescimento populacional
Fases do crescimento populacionalFases do crescimento populacional
Fases do crescimento populacional
 
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
Histórico da interferência humana nos ecossistemas e Conferências sobre o mei...
 

Semelhante a Lista inicial - Exercícios Recentes

Coletânea questões de geografia
Coletânea questões de geografiaColetânea questões de geografia
Coletânea questões de geografia
Maria Olandina Machado
 
Exercicios geografia geral_cartografia
Exercicios geografia geral_cartografiaExercicios geografia geral_cartografia
Exercicios geografia geral_cartografia
Vinícius Agner
 
Cartografia.lista 01
Cartografia.lista 01Cartografia.lista 01
Cartografia.lista 01
Camila Brito
 
Exercicios geografia geral_cartografia
Exercicios geografia geral_cartografiaExercicios geografia geral_cartografia
Exercicios geografia geral_cartografia
Camila Brito
 
Rafael
RafaelRafael
Tudo sobre Fuso Horário
Tudo sobre Fuso HorárioTudo sobre Fuso Horário
Tudo sobre Fuso Horário
joao paulo
 
BRASIL : CARACTERÍSTICAS GERAIS
BRASIL : CARACTERÍSTICAS GERAISBRASIL : CARACTERÍSTICAS GERAIS
BRASIL : CARACTERÍSTICAS GERAIS
Conceição Fontolan
 
Fusos horários
Fusos horáriosFusos horários
Fusos horários
Alexandre Gangorra
 
VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...
VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...
VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...
Maurilio Coimbra
 
Coordenadas geográficas
Coordenadas geográficasCoordenadas geográficas
Coordenadas geográficas
Alexandre Gangorra
 
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
Jose Fabio Melo Silva
 
Prova olimpíada de cartografia
Prova olimpíada de cartografiaProva olimpíada de cartografia
Prova olimpíada de cartografia
Francisco Oliveira
 
Simulado Enem 2009 Tema Cartografia
Simulado Enem 2009 Tema CartografiaSimulado Enem 2009 Tema Cartografia
Simulado Enem 2009 Tema Cartografia
ProfMario De Mori
 
Revisão1-7º ano Geografia
Revisão1-7º ano  GeografiaRevisão1-7º ano  Geografia
Revisão1-7º ano Geografia
Cristine Becker
 
Caderno de exercícios resolvidos
Caderno de exercícios resolvidosCaderno de exercícios resolvidos
Caderno de exercícios resolvidos
Simone Flores
 
Obg prova com_gabarito 2015
Obg prova com_gabarito 2015Obg prova com_gabarito 2015
Obg prova com_gabarito 2015
Francisco Oliveira
 
Lista de-exercc3adcios-de-cartografia-coordenadas-e-fusos-1
Lista de-exercc3adcios-de-cartografia-coordenadas-e-fusos-1Lista de-exercc3adcios-de-cartografia-coordenadas-e-fusos-1
Lista de-exercc3adcios-de-cartografia-coordenadas-e-fusos-1
marcos mendonça
 
Exercícios listão
Exercícios listãoExercícios listão
Exercícios listão
Gerson Coppes
 
Correção prova global
Correção prova globalCorreção prova global
Correção prova global
Henrique Castaldi
 
Prova do 1° ano coordenadas, movimentos e fusos horários
Prova do 1° ano   coordenadas, movimentos e fusos horáriosProva do 1° ano   coordenadas, movimentos e fusos horários
Prova do 1° ano coordenadas, movimentos e fusos horários
Sergiouesc
 

Semelhante a Lista inicial - Exercícios Recentes (20)

Coletânea questões de geografia
Coletânea questões de geografiaColetânea questões de geografia
Coletânea questões de geografia
 
Exercicios geografia geral_cartografia
Exercicios geografia geral_cartografiaExercicios geografia geral_cartografia
Exercicios geografia geral_cartografia
 
Cartografia.lista 01
Cartografia.lista 01Cartografia.lista 01
Cartografia.lista 01
 
Exercicios geografia geral_cartografia
Exercicios geografia geral_cartografiaExercicios geografia geral_cartografia
Exercicios geografia geral_cartografia
 
Rafael
RafaelRafael
Rafael
 
Tudo sobre Fuso Horário
Tudo sobre Fuso HorárioTudo sobre Fuso Horário
Tudo sobre Fuso Horário
 
BRASIL : CARACTERÍSTICAS GERAIS
BRASIL : CARACTERÍSTICAS GERAISBRASIL : CARACTERÍSTICAS GERAIS
BRASIL : CARACTERÍSTICAS GERAIS
 
Fusos horários
Fusos horáriosFusos horários
Fusos horários
 
VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...
VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...
VOD-geografia-Exercicios sobre Coordenadas e Fusos Horarios-2020-1659754ef530...
 
Coordenadas geográficas
Coordenadas geográficasCoordenadas geográficas
Coordenadas geográficas
 
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
1o em-cartografia-1a-rodada-exercicios (1)
 
Prova olimpíada de cartografia
Prova olimpíada de cartografiaProva olimpíada de cartografia
Prova olimpíada de cartografia
 
Simulado Enem 2009 Tema Cartografia
Simulado Enem 2009 Tema CartografiaSimulado Enem 2009 Tema Cartografia
Simulado Enem 2009 Tema Cartografia
 
Revisão1-7º ano Geografia
Revisão1-7º ano  GeografiaRevisão1-7º ano  Geografia
Revisão1-7º ano Geografia
 
Caderno de exercícios resolvidos
Caderno de exercícios resolvidosCaderno de exercícios resolvidos
Caderno de exercícios resolvidos
 
Obg prova com_gabarito 2015
Obg prova com_gabarito 2015Obg prova com_gabarito 2015
Obg prova com_gabarito 2015
 
Lista de-exercc3adcios-de-cartografia-coordenadas-e-fusos-1
Lista de-exercc3adcios-de-cartografia-coordenadas-e-fusos-1Lista de-exercc3adcios-de-cartografia-coordenadas-e-fusos-1
Lista de-exercc3adcios-de-cartografia-coordenadas-e-fusos-1
 
Exercícios listão
Exercícios listãoExercícios listão
Exercícios listão
 
Correção prova global
Correção prova globalCorreção prova global
Correção prova global
 
Prova do 1° ano coordenadas, movimentos e fusos horários
Prova do 1° ano   coordenadas, movimentos e fusos horáriosProva do 1° ano   coordenadas, movimentos e fusos horários
Prova do 1° ano coordenadas, movimentos e fusos horários
 

Mais de Rogério Bartilotti

Transportes
TransportesTransportes
Transportes
Rogério Bartilotti
 
Agentes externos e Relevo Brasileiro
Agentes externos e Relevo BrasileiroAgentes externos e Relevo Brasileiro
Agentes externos e Relevo Brasileiro
Rogério Bartilotti
 
Treinamento - Climatologia - parte II
Treinamento - Climatologia - parte IITreinamento - Climatologia - parte II
Treinamento - Climatologia - parte II
Rogério Bartilotti
 
Fatores e elementos do clima parte ii
Fatores e elementos do clima   parte iiFatores e elementos do clima   parte ii
Fatores e elementos do clima parte ii
Rogério Bartilotti
 
Treinamento blocos
Treinamento blocosTreinamento blocos
Treinamento blocos
Rogério Bartilotti
 
Treinamento: Geologia, Geomorfologia e Solos
Treinamento: Geologia, Geomorfologia e SolosTreinamento: Geologia, Geomorfologia e Solos
Treinamento: Geologia, Geomorfologia e Solos
Rogério Bartilotti
 
Pedologia
PedologiaPedologia
Revisao 2 - Aulas de Sexta
Revisao 2 - Aulas de SextaRevisao 2 - Aulas de Sexta
Revisao 2 - Aulas de Sexta
Rogério Bartilotti
 
Da URSS a Rússia
Da URSS a RússiaDa URSS a Rússia
Da URSS a Rússia
Rogério Bartilotti
 
Treinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. Ambientais
Treinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. AmbientaisTreinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. Ambientais
Treinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. Ambientais
Rogério Bartilotti
 
Treinamento Cartografia
Treinamento CartografiaTreinamento Cartografia
Treinamento Cartografia
Rogério Bartilotti
 
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do ClimaTreinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Rogério Bartilotti
 
Eras Geológicas
Eras GeológicasEras Geológicas
Eras Geológicas
Rogério Bartilotti
 
Ordens Mundiais
Ordens MundiaisOrdens Mundiais
Ordens Mundiais
Rogério Bartilotti
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
Rogério Bartilotti
 
Domínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, Transição
Domínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, TransiçãoDomínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, Transição
Domínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, Transição
Rogério Bartilotti
 
Focos de tensão na Áfrcia
Focos de tensão na ÁfrciaFocos de tensão na Áfrcia
Focos de tensão na Áfrcia
Rogério Bartilotti
 
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da ÁguaProblemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
Rogério Bartilotti
 
Treinamento: Cerrado, Caatinga e Mares de morro
Treinamento: Cerrado, Caatinga e Mares de morroTreinamento: Cerrado, Caatinga e Mares de morro
Treinamento: Cerrado, Caatinga e Mares de morro
Rogério Bartilotti
 

Mais de Rogério Bartilotti (19)

Transportes
TransportesTransportes
Transportes
 
Agentes externos e Relevo Brasileiro
Agentes externos e Relevo BrasileiroAgentes externos e Relevo Brasileiro
Agentes externos e Relevo Brasileiro
 
Treinamento - Climatologia - parte II
Treinamento - Climatologia - parte IITreinamento - Climatologia - parte II
Treinamento - Climatologia - parte II
 
Fatores e elementos do clima parte ii
Fatores e elementos do clima   parte iiFatores e elementos do clima   parte ii
Fatores e elementos do clima parte ii
 
Treinamento blocos
Treinamento blocosTreinamento blocos
Treinamento blocos
 
Treinamento: Geologia, Geomorfologia e Solos
Treinamento: Geologia, Geomorfologia e SolosTreinamento: Geologia, Geomorfologia e Solos
Treinamento: Geologia, Geomorfologia e Solos
 
Pedologia
PedologiaPedologia
Pedologia
 
Revisao 2 - Aulas de Sexta
Revisao 2 - Aulas de SextaRevisao 2 - Aulas de Sexta
Revisao 2 - Aulas de Sexta
 
Da URSS a Rússia
Da URSS a RússiaDa URSS a Rússia
Da URSS a Rússia
 
Treinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. Ambientais
Treinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. AmbientaisTreinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. Ambientais
Treinamento: Hidrografia, Pedologia e Prob. Ambientais
 
Treinamento Cartografia
Treinamento CartografiaTreinamento Cartografia
Treinamento Cartografia
 
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do ClimaTreinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
Treinamento do Bartinho - Fatores e Elementos do Clima
 
Eras Geológicas
Eras GeológicasEras Geológicas
Eras Geológicas
 
Ordens Mundiais
Ordens MundiaisOrdens Mundiais
Ordens Mundiais
 
Capitalismo
CapitalismoCapitalismo
Capitalismo
 
Domínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, Transição
Domínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, TransiçãoDomínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, Transição
Domínio: Caatinga, Araucária, Pradarias, Transição
 
Focos de tensão na Áfrcia
Focos de tensão na ÁfrciaFocos de tensão na Áfrcia
Focos de tensão na Áfrcia
 
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da ÁguaProblemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
Problemas Atmosféricos e Geopolítica da Água
 
Treinamento: Cerrado, Caatinga e Mares de morro
Treinamento: Cerrado, Caatinga e Mares de morroTreinamento: Cerrado, Caatinga e Mares de morro
Treinamento: Cerrado, Caatinga e Mares de morro
 

Último

Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 

Último (20)

Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 

Lista inicial - Exercícios Recentes

  • 1. Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti 1. (Espcex (Aman) 2016) Em uma cidade, a distância entre as localidades X e Y é de 16 km e entre as localidades X e Z é de 28 km. A distância no mapa entre X e Y é de 4 cm e entre X e Z é de 7 cm. A escala desse mapa é de: a) 1: 280.000 b) 1:160.000 c) 1: 40.000 d) 1:16.000 e) 1: 400.000 2. (Uerj 2016) Compare as imagens a seguir. Na Imagem 1, apresenta-se o desenho original do perfil de uma cabeça humana sobre uma representação possível do globo terrestre. Na Imagem 2, esse mesmo desenho é apresentado em um planisfério elaborado com a projeção cartográfica de Mercator, que é utilizada desde o período das grandes navegações. Com base na comparação entre essas imagens, conclui-se que o território das Américas que tem a área mais ampliada com o uso da projeção de Mercator é: a) Brasil b) México c) Argentina d) Groenlândia 3. (Espcex (Aman) 2016) Em um exercício militar, ao planejar um deslocamento, o comandante responsável identificou dois pontos para os quais deverá deslocar sua tropa. Estes pontos apresentam as seguintes coordenadas geográficas: Ponto “A” - Latitude: 29 49' 30"S Ponto “B” - Latitude: 29 45' 00"S - Longitude: 54 54' 00" W - Longitude: 54 55' 30" W Após a chegada ao ponto “A”, um grupo de militares dessa tropa será deslocado para o ponto “B”, tendo que seguir em que direção? a) leste b) oeste c) nordeste d) sudeste e) noroeste 4. (Unicamp 2016) A imagem abaixo corresponde a um fragmento de uma carta topográfica em escala 1: 50.000. Considere que a distância entre A e B é de 3,5 cm.
  • 2. Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti A partir dessas informações, é correto afirmar que: a) O rio corre em direção sudeste, sendo sua margem esquerda a de maior declividade. Apresenta um comprimento total de 17.500 metros. b) O rio corre em direção sudoeste, sendo a margem direita a de maior declividade. Apresenta um comprimento total de 1.750 quilômetros. c) O rio corre em direção sudeste, sendo sua margem esquerda a de maior declividade. Apresenta um comprimento total de 1.750 metros. d) O rio corre em direção sudoeste, sendo sua margem esquerda a de maior declividade. Apresenta um comprimento total de 175 metros. 5. (Uel 2015) Analise o mapa de fusos horários do Brasil a seguir. Supondo que um passageiro saia às 7h da manhã de Fernando de Noronha (PE) com destino a Campo Grande (MS) para uma reunião e sabendo-se que a viagem teve duração de 6 horas e 30 minutos, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o horário local em que o passageiro deve chegar a Campo Grande (MS). a) 05h30min b) 09h30min c) 10h30min
  • 3. Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti d) 11h30min e) 13h30min 6. (Ueg 2015) Há uma relação direta entre a escala cartográfica e o detalhamento da informação representada num mapa. Sobre essa relação, verifica-se que representações de a) pequenas superfícies exigem uma pequena redução, o que resulta numa escala pequena e num grande quantitativo de detalhes. b) vastas superfícies exigem uma grande redução, o que resulta numa escala pequena e num mapa com reduzido quantitativo de detalhes. c) vastas superfícies exigem uma pequena redução, o que resulta numa escala grande e num mapa com reduzido quantitativo de detalhes. d) pequenas superfícies exigem uma grande redução, o que resulta numa escala grande e num grande quantitativos de detalhes. 7. (Uemg 2015) ÁGUAS MANSAS “No tempo sem tempo da infância, o trabalho dos relógios demarcando a vida é coisa dos adultos, é a hora imposta de fora. Nós, entre os intervalos de correrias e agitação, contemplamos. Tudo é possível nessa fase: o tempo em curso, de que nos falam as vozes que parecem vir de tão longe, pode ser apenas uma invenção malévola dos bem intencionados adultos para nos controlar. Só aos poucos o dentro e fora de nós assumirá desenhos e figuras, o fluir das águas se impõe – e terá início a nossa história(...).” LUFT, 2014, p. 23 Mesmo sem o saber, a criança do texto fala da invenção do controle tempo. Criamos, é claro, as horas como uma forma de contar o tempo para podermos gerenciar nossas atividades diárias. Em 1883, numa conferência internacional, em Roma, foi elaborado um sistema de fusos horários, conforme a representação no mapa abaixo: Antes de esse sistema ser criado, o horário era definido pelo relógio de sol, onde o meio-dia era observado, quando os raios solares estavam a pino. Com relação aos fusos horários, é CORRETO afirmar que
  • 4. Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti a) mesmo tendo um total de 24 horas dentro do sistema de fusos, cada país, independentemente de seu tamanho, possui um único horário. b) usando-se o número de graus existentes nos meridianos, sabemos que a Terra gira 24 graus a cada 1 hora. c) o uso do fuso horário é extremamente rígido em cada território, não sendo permitido adaptá- lo às necessidades de sua população. d) o sistema foi criado a partir da necessidade de se organizar as atividades humanas relacionadas com as diferenças de horas geradas pelo movimento de rotação da Terra. 8. (Pucrj 2015) Sabendo-se que a Federação da Rússia tem nove fusos horários, e que cada faixa apresentada no cartograma corresponde a uma hora de diferença para a outra subsequente (para Leste ou Oeste), é correto afirmar que, em relação às cidades russas apresentadas, quando forem: a) 11 horas em Moscou, serão 09 horas em Omsk e 07 horas em Irkutsk. b) 23 horas em Magadan, serão 22 horas em Vladvostok e 16 horas em Moscou. c) 15 horas em Kaliningrado, serão 16 horas em Moscou e 20 horas em Vladvostok. d) 20 horas em Krasnoyarsk, serão 21 horas em Omsk e 22 horas em Ecaterimburgo. e) 06 horas em Ecaterimburgo, serão 04 horas em Kaliningrado e 02 horas em Yakutsk. 9. (Ucs 2015) Um avião decolou em Porto Alegre (situada a 45 oeste do meridiano de Greenwich) às 19 horas do dia 7 de março, com destino a Lisboa, em Portugal (situada na faixa equivalente a 0 ). A duração do voo foi de 11 horas. Considerando o horário local, em que horário e dia esse avião aterrissou em Lisboa? a) Às 22 horas do mesmo dia. b) Às 9 horas do mesmo dia. c) Às 6 horas do dia seguinte. d) Às 9 horas do dia seguinte. e) Às 22 horas do dia seguinte. 10. (Ucs 2015) Analise as proposições a seguir, quanto à sua veracidade (V) ou falsidade (F). ( ) As longitudes variam de zero até 180 tanto para Leste quanto para Oeste. ( ) As latitudes variam de zero até 90 tanto para Norte como para Sul. ( ) Longitude é uma distância em quilômetros em relação ao Meridiano de Greenwich. ( ) As latitudes variam de zero até 90 para Leste e para Oeste. ( ) Além da Linha do Equador, os principais paralelos são: os círculos polares Ártico e Antártico e os trópicos de Câncer e de Capricórnio.
  • 5. Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente os parênteses, de cima para baixo. a) V – V – F – F – V b) V – F – F – V – V c) F – F – V – V – V d) F – V – F – V – F e) V – F – V – F – V 11. (Ufrgs 2015) Trinta e duas seleções participaram da Copa do Mundo de Futebol da FIFA no Brasil, nos meses de junho e julho de 2014, final do equinócio de outono e início do solstício de inverno em quase a totalidade do território nacional. Assinale a alternativa que contém os países cujas seleções vieram de uma condição de iluminação solar oposta à que encontraram na maior parte do Brasil. a) Holanda, Argentina e Argélia b) Rússia, Alemanha e Croácia c) Colômbia, México e Austrália d) Chile, Gana e Costa do Marfim e) Argentina, Camarões e Coreia do Sul 12. (Imed 2015) Rotação e translação são os movimentos da Terra. Dentre as consequências do movimento de rotação da Terra estão: I. A sucessão dos dias e das noites. II. Os fusos horários. III. A formação das correntes marinhas. Quais estão corretas? a) Apenas II. b) Apenas I e II. c) Apenas I e III. d) Apenas II e III. e) I, II e III.
  • 6. Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti Gabarito: Resposta da questão 1: [E] A escala é obtida pela distância no terreno (exemplo, X Y :16 km ou 1.600.000 cm) dividida pela distância no mapa (X Y : 4 cm). Portanto, a escala correta é 1: 400.000, ou seja, 1cm no mapa equivale a 400.000 cm no terreno. Resposta da questão 2: [D] A projeção de Mercator é adequada para a navegação e conforme, isto é, preserva as formas. Entretanto, distorce as áreas proporcionais. Os territórios com maior latitude, distantes do equador, apresentam áreas superdimensionadas. Na América, a Groenlândia (pertence à Dinamarca) apresenta área mais ampliada. Resposta da questão 3: [E] Conforme as coordenadas geográficas, posicionando os pontos A e B em um mapa, o ponto B fica mais ao norte e a oeste em relação ao ponto A. Portanto, do ponto A para o ponto B, a direção é noroeste. Resposta da questão 4: [C] O rio corre na direção sudeste, uma vez que nasce em áreas com maior altitude (superiores a curva de nível de 400 m) e se direciona para áreas com menor altitude (inferiores a curva de nível de 300 m). A determinação das margens direita e esquerda dá-se da nascente para a foz, portanto, a margem esquerda apresenta maior declividade (curvas mais próximas umas as outras). Como a escala é de 1: 50.000, 1cm no mapa equivale a 50.000 cm ou 500 metros. Como a distância é de 3,5 cm, tem-se 1.750 metros de distância entre os pontos A e B. Resposta da questão 5: [D] Quando o passageiro embarcava às 7h em Fernando de Noronha, em Campo Grande (dois fusos a oeste e, portanto, duas horas atrasadas) era 5h. Se a viagem durou 6 horas e 30 minutos, o passageiro chegou a Campo Grande 6 horas e 30 minutos depois e, portanto, as 11h30m, como mencionado corretamente na alternativa [D]. Resposta da questão 6: [B] Numa escala pequena são representadas superfícies mais amplas, ou seja, o mapa apresenta generalização. Para este tipo de mapa é preciso uma expressiva redução da realidade, portanto, o número de detalhes é menor. Resposta da questão 7: [D] A padronização dos fusos horários em escala global no século 19 foi criada para facilitar as diversas atividades humanas em um mundo que já apresentava interdependência do ponto de vista econômico. O planeta apresenta circunferência de 360°, divididos por 24 horas (movimento de rotação) dá origem a 24 fusos, cada um com 15° de espessura e valendo 1 hora.
  • 7. Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti Resposta da questão 8: [B] A Rússia é o mais extenso do mundo, então apresenta muitos fusos horários. Cada fuso horário apresenta 15º e corresponde a 1 hora. Os horários em direção à leste estão adiantados em relação aos horários à oeste. Assim, sendo 23 horas em Magadan (Sibéria), são 22 horas em Vladivostok e 16 horas em Moscou. Resposta da questão 9: [D] No momento da decolagem do avião em Porto Alegre (19 h – 07/março), o horário em Lisboa (3 fusos a leste e, portanto, adiantados) era 22 h do dia 07/março. A duração da viagem foi de 11 horas e, portanto, soma-se 11h ao horário de Lisboa: 22 h 11h 33 h,  o que significa que o avião aterrissou às 9h do dia 08/março (33 h 24 h 09 h),  como mencionado corretamente na alternativa [D]. Resposta da questão 10: [A] VERDADEIRA – Os meridianos, 360 linhas imaginárias verticais, são utilizados para o cálculo da longitude, que é a distância em graus de qualquer ponto da superfície da Terra até o Meridiano de Greenwich e, portanto, 180° a leste e 180° a oeste. VERDADEIRA – Os paralelos, 180 linhas imaginárias horizontais, são utilizados para o cálculo da latitude, que é a distância em graus de qualquer ponto da superfície da Terra até a Linha do Equador e, portanto, 90° a sul e 90° a norte. FALSA – Longitude é a distância em graus de qualquer ponto da superfície da Terra até o Meridiano de Greenwich. FALSA – Latitude é traçada sobre os paralelos e, portanto, variam de 0° a 90° sul e 0° a 90° norte. VERDADEIRA – Os principais paralelos são a Linha do Equador, Trópicos de Câncer e Capricórnio, Círculo Polar Ártico e Antártico. Resposta da questão 11: [B] No dia 21 de junho ocorre o solstício de inverno no hemisfério sul, onde se localiza o Brasil (somente 7% de seu território se encontra no hemisfério norte) e, portanto, solstício de verão para o hemisfério norte. Dessa forma, como mencionado corretamente na alternativa [B], Rússia, Alemanha e Croácia são os países que vieram de uma condição de iluminação oposta ao Brasil, pois se localizam no hemisfério norte. Estão incorretas as alternativas seguintes porque os países que se encontram no hemisfério sul são: em [A], a Argentina; em [C], Colômbia e Austrália; em [D], Chile; em [E], Argentina.
  • 8. Lista Inicial – Integral, PONTOMED (Extensivo), Bernoulli (Ext e Int). Bartilotti Resposta da questão 12: [E] O movimento de rotação da Terra apresenta duração de 24 horas (um dia). Entre suas consequências: a sucessão dos dias e noites e os diferentes fusos horários. O movimento de rotação também exerce influência sobre o deslocamento das correntes marinhas.