SlideShare uma empresa Scribd logo
agenda
| 2019
• Sobre nós
• Por que?
• Para que?
• Como?
crescimento
nós entregamos
| 2019
Desde quando a inovação começou a
frequentar as pautas estratégicas na América
Latina nós temos ajudado negócios a se
reinventarem ou desenvolver outros novos.
A Inventta já trabalhou com as organizações
mais admiradas em seus segmentos ajudando
a superar seus desafios de crescimento
respondendo rapidamente a pressões de
mercado ou criando seus caminhos
estratégicos de futuro.
| 2019
A Inventta é uma
das mais
importantes
consultorias de
Inovação e
Estratégia no
Brasil e Colômbia.
quem
somos
quem
somos
| 2019
•Aconselhar líderes em questões de crescimento e inovação
•Facilitar o processo de planejamento estratégico do
negócio e das áreas
•Desenhar modelos de Corporate Venture e relacionamento
com startups
•Conduzir pesquisas qualitativas e quantitativas com
clientes e consumidores
•Desenhar, prototipar, refinar e lançar novos negócios,
produtos e serviços
•Aprimorar seu processo de desenvolvimento e lançamento
de produtos
•Desenhar e conectar sua estratégia de tecnologia à do
negócio e mercado
•Modelar e estruturar centros de pesquisa tecnológica
•Conduzir treinamentos para expandir a capacidade de
inovação das equipes
“…in 2000, Inseed
Investments, Inventta
consultancy, Tropos Lab
and a biotech firm called
Ecovec came together to
form the Instituto
Inovação Group, the
foremost business
generator in Brazilian
innovation.”
Fonte: TechCrunch - Brazil: A
look into Latin America’s largest
startup ecosystem (2017)
Anos de
mercado
Grandes
projetos
executados
Da lista das 100
empresas mais
inovadoras do Valor
Econômico são ou foram
nossos clientes
Setores
atendidos
A Inventta em alguns números
Organizações
com quem já
trabalhamos
15 1250%+300 +100
| 2019
A Inventta em alguns logos
| 2019
Com quem usualmente trabalhamos
Marketing,
Comercial
&
Produto
Pesquisa,
Desenvolvimento
&
Tecnologia
Novos
Negócios
Desenvolvimento
Organizacional
&
Liderança
Estratégia
&
Gestão
| 2019
Quero desenvolver
um novo segmento
de mercado.
Que mudanças devo
fazer no meu
produto e modelo de
negócio para
alcançar esse
objetivo?
“
| 2019
Meu produto está
perdendo
competitividade
para os asiáticos.
O que eu faço para
combater isso?
ABRASIVOS
“
| 2019
Lançamos produtos
que não atenderam
a nossa expectativa
de resultado. Qual
foi o problema? O
que devemos mudar
para resolver isso?
“
| 2019
Preciso acelerar o
crescimento do
mercado da solução
construtiva que
fabrico.
Como posso
alavancar esse
processo?
“
| 2019
Quero estruturar um
Centro de Inovação para
explorar as
oportunidades do Pré-Sal.
Como fazê-lo?
O que pesquisar?
Como interagir com os
sistema nacional de
inovação?
Onde buscar dinheiro
para isso?
“
| 2019
Preciso implantar uma
área de gestão da
inovação tecnológica
para a Cia.
Como devem ser os
macro-processos de
gestão da área?
Como alinhar P&D com
os objetivos do negócio?
| 2019
“
Estou perdendo
competitividade por
conta de câmbio.
Como a inovação
pode me ajudar a
reduzir meus
custos?
“
| 2019
Tenho uma fábrica
que não gera a
rentabilidade
adequada e quero
fechá-la.
A inovação pode
trazer uma
solução diferente
dessa decisão?
| 2019
“
Precisamos
encontrar novas
fontes de receita
com os ativos que
temos.
Como capacitar o
meu time para criar
novas
oportunidades de
negócios?
“
| 2019
Qual estratégia de
Corporate
Venturing devo
adotar frente aos
meus desafios de
diversificação?
“
| 2019
por quê?
inovação
| 2019
ANTES DE FALAR SOBRE O
MUNDO DA INOVAÇÃO
A INOVAÇÃO DO MUNDO.
SUCESSÃO DO
PAPA EM 2005
SUCESSÃO DO
PAPA EM 2013
FOTOGRAFIAS: LUCA BRUNO | MICHAEL SOHN
Migrantes africanos buscando
sinal de celular em Djibouti.
Fotografia de John Stanmeyer, National Geographic
BIOTECH
NEUROTECH
NANOTECH
NEW ENERGY
ICT & MOBILE
SENSORING
3D PRINTING
ARTIFICIAL INTELIGENCE
ROBOTICS
DRONES
TECNOLOGIAS
EXPONENCIAIS
FONTE:Yuri van Geest, Singularity University
THE MAKER MOVEMENT
HACKER SPACES |FAB LABS
"Garagem Fab Lab", São Paulo
Garagem Fab Lab, localizado no centro de São Paulo
THE MAKER MOVEMENT
HACKER SPACES |FAB LABS
"Garagem Fab Lab", São Paulo
BIOTECNOLOGIA
SINTÉTICAFONTE: http://www.glowingplant.com
Mungo Beans
(Vigna radiata)
Hampton Creek (2011)
NÓS,
HUMANOS
Fotografia de John Blanding
NOVAS ESTRUTURAS FAMILIARES
Além de casarem mais tarde, grande parte dos casais
se separam depois dos cinco primeiros anos. É
crescente também o número de casais de classe A/B
sem filhos, o que os americanos chamam de DINK's
(DOUBLE INCOME NO KIDS - "dupla renda com nenhum
filho").
http://www.fashionbubbles.com/2008/singles-dinks-nano-familias/
A família tradicional não é mais a
mesma. Nos grandes centros a
tendência é encontrar nos lares destas
famílias menos crianças.
http://www.vidafreedom.com.br
“O que para uns é preconceito,
para nos é negócio"
Romeo Deon Busarello,
diretor de marketing
GERAÇÃO ‘SYLO’
S T A Y I N G Y O U N G E R L O N G E R
Os idosos não estão mais
aceitando uma vida ociosa.
Eles querem atividades.
http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/expectativa-de-vida-no-brasileiro-
cresce-para-73-17-anos-diz-ibge
E estamos ficando mais velhos em
quantidade e por mais tempo.
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/908895-censo-2010-aponta-
envelhecimento-da-populacao-brasileira.shtml
Não estou pronto para sentar perto
de um rio, com uma cerveja na mão,
pensando no passado”.
“
Clint Eastwood - EUA
83 anos, casado com uma mulher de 45, uma filha de 14
anos, 66 filmes como ator, 35 filmes como diretor.
"Ainda tem muita
coisa pra fazer!"
José Alvaro Dornelas, Muriaé - MG - BRASIL
96 anos, casado com Ana (94 anos),13 filhos, oleiro,
marceneiro, músico, gerente de um asilo.
altamente conectados, querem compartilhar
na rede todas suas experiências da vida real
OFF AND ON
TUDO AO MESMO
TEMPO AGORA
a abundância de meios de comunicação e de informação
possibilita que façam parte de vários projetos ao mesmo tempo.
INFORMATION
OVERLOAD
Hoje em dia, pedir opiniões nas redes sociais
pode não ser a melhor coisa a fazer.
Equipes de prós e contras expressam gigabytes
de sugestões ou opiniões positivas e negativas,
aumentando o nível de insegurança e indecisão.
s o c i a l i z a ç ã o i s o l a d a | < d r o g a s | < b e b i d a s
UM NOVO SENTIDO
PARA O TRABALHO
A nova sociedade não entende
mais o trabalho como fonte de
acumulação de dinheiro ou status
social.
O trabalho é cada vez mais visto
como elemento de realização e
expressão pessoal.
http://www.osonhobrasileiro.com.br/
NOVA RELAÇÃO COM O EMPREGO
Novas profissões, novas maneiras de trabalhar, mais mudanças de emprego.
Empregos são temporários: não se sabe quanto tempo irão durar.
CARREIRAS “LEGO”
Grande variedade de habilidades e experiências que podem ser
montadas e desmontadas de acordo com a ocasião.
As pessoas estão criando estruturas impermanentes com
variações infinitas de como trabalhar.
NEGÓCIOS CONSCIENTES
A Gotham Greens produz produtos de qualidade premium e isentos
de pesticidas durante todo o ano na estufa de 20.000 pés
quadrados do Whole Foods Market Brooklyn, bem como em outras
localidades do Whole Foods Market em toda a cidade de Nova
York.
Com base na proximidade da fazenda às lojas Whole Foods Market
na cidade de Nova York, o projeto elimina o transporte de alimentos
a longa distância e suas emissões associadas, enquanto garante a
frescura, qualidade e nutrição do produto para milhares de clientes
na área.
Rooftop farm instalada na loja da Whole Foods em
Massachusetts. Mantido pela startup Green City
Growers, o telhado verde da Whole Foods fornece
cerca de 5.000 Kg de produtos orgânicos por ano
que são vendidos dentro da loja.
http://www.recovergreenroofs.com/whole-foods-market-rooftop-farm/
Schumacher College
Ciências Holísticas
Economia para a Transição
VIVEMOS EM UMA
SOCIEDADE LÍQUIDA COM
ORGANIZAÇÕES SÓLIDAS.
“
ZYGMUNT BAUMAN
“
Professor de Sociologia | Universidade de Leeds
20111985
Michael Porter
AS EMPRESAS NÃO CONSEGUEM
MAIS RESOLVER SEUS PROBLEMAS
DE CRESCIMENTO LUCRATIVO E
SUSTENTADO APENAS COM AS
TÉCNICAS TRADICIONAIS DE GESTÃO.
Fórum Econômico Mundial / Davos (2006)
OS MÉTODOS TRADICIONAIS DE
GESTÃO BASEIAM-SE EM ANÁLISES
DE DADOS DO PASSADO PARA TIRAR
CONCLUSÕES SOBRE O FUTURO.
World Economic Forum / Davos (2006)
PAPA EM 2005 PAPA EM 2016
SUCESSÃO DO
PAPA EM 2005
SUCESSÃO DO
PAPA EM 2013
FOTOGRAFIAS: LUCA BRUNO | MICHAEL SOHN
Essas tendências apontam
para o surgimento de uma
nova economia,
um novo mundo onde o jeito
de fazer negócios, formar
talentos, compartilhar valor e
exercer a liderança deverão
ser muito distintos dos
modelos e padrões vigentes.
NEGÓCIOS
CONSCIENTES
TECNOLOGIAS
TRANSFORMADORAS
PESSOAS
EMPODERADAS
George Bernard Shaw
Dramaturgo, romancista, contista, ensaísta e jornalista irlandês.
Cofundador da London School of Economics
“Aqueles que
não conseguem
mudar de idéia
não conseguem
mudar nada.”
para quê?
inovação
| 2019
| 2019
o mundo em
transformação Mercados e indústrias estão sendo
transformados por novos
comportamentos de consumo,
tecnologias emergentes e modelos
de negócio provocadores.
Diversos sinais do presente apontam
para o surgimento de uma nova
ordem, uma nova economia, um
novo mundo onde o jeito de fazer
negócios, formar talentos,
compartilhar valor e exercer a
liderança deverão ser muito distintos
dos modelos e padrões vigentes.
Adoption curve of new technologies / products
agility as a key factor in business
competitiveness
| 2019
new market dynamics
new business models challenge industry paradigms
| 2019
Top 10 Reasons Startups Fail
| 2019
“Innovate like
a startup…”
startups fail
9out of 10
Mostofthembecause
theyareworkingonthingsthat
customersdonotwantorneed
innovation committed
to real value generation
| 2019
Garantir o crescimento
sustentável de médio e longo
prazo tem sido um dos
maiores desafios das
organizações.
O pipeline futuro de produtos
relativos aos negócios atuais
das organizações não tem
sido mais suficiente para
suprir o chamado Gap
Estratégico de Crescimento
no médio e longo prazo.
VALOR
TARGET
VENDAS
PLANEJAMENTO
ATUAL
TEMPO
PRODUTOS
ATUAIS
NOVOS
PROJETOS
NO
PIPELINE
GAP ESTRATÉGICO
DE CRESCIMENTO
crescimento sustentável
o gap estratégico de crescimento
| 2019
Diante desse contexto, organizações bem
sucedidas tem se atrelado menos a suas
origens e mais a seus possíveis destinos, em
um movimento de busca por territórios
futuros de oportunidades no curto, médio e
longo prazo que possam ser explorados com
diferencial competitivo.
Nossa visão sobre a construção e execução de
estratégias de futuro pode ser divida em três
grandes tópicos:
1. Visão de futuro
2. Territórios estratégicos
3. Exploração de territórios
crescimento sustentável
estratégia de futuro
| 2019
cenário 1 cenário 2
cenário 3 cenário 4
TENDÊNCIAS
Identificação das tendências e
sinais de futuro dentro do escopo e
horizonte temporal estabelecidos
CENÁRIOS
Sistematização das tendências e sinais de futuro em
possíveis cenários como tratativa das incertezas,
facilitando a identificação e interpretação de
oportunidades
‣ Quais são as grandes tendências e
incertezas que podem impactar o
futuro do negócio?
‣ Quais serão os drivers de consumo
e como as tecnologias emergentes
os transformarão?
‣ Quais movimentos de mercado
podem surgir no médio e longo
prazo?
A metodologia de Cenários a partir de
sinais de futuro permite sistematizar
as tendências de forma a tornar mais
clara a identificação de possibilidades
de futuro no escopo analisado.
estratégia
de futuro
01
visão de futuro
| 2019
estratégia
de futuro
02
territórios de
oportunidade
Horizontes de oportunidades de crescimento da
organização
Mercado e Consumidores vs. Produtos e Ativos
→ Ambição Estratégica
Horizon 3
Opportunities
Horizon 2
Opportunities
Horizon 1
Opportunities
Exploration
In new
markets
Adjacent
growth
Next generation
of products for
core markets
Exploration
with new
solutions
New
Capabilities
Existing
Capabilities
not yet used
Existing
Capabilities
currently used
New need /
In new
markets
Existing needs
/
Markets not
yet addressed
Existing needs
/
Markets
already served
PRODUCTS & ASSETS
MARKETS&
CUSTOMERS
Garantir o crescimento sustentável de
médio e longo prazo tem sido um dos
maiores desafios das organizações.
As iniciativas de crescimento no
Horizonte 1 lidam com territórios
familiares aos negócios core da
organização.
Já as oportunidades dos Horizontes 2 e 3
envolvem novos mercados e/ou novas
soluções não familiares à organização,
com um grau de incerteza
consideravelmente maior.[
TERRITÓRIOS ESTRATÉGICOS DE
CRESCIMENTO=
| 2019
estratégia
de futuro
03
exploração de
territórios
Como garantir a excelência na execução do
negócio atual e ao mesmo tempo criar o futuro
da organização com consistência?
As chamadas organizações ambidestras
encaram esse desafio através de duas rotas
completamente distintas mas
complementares para o sucesso e
sustentabilidade da organização: Execução e
Exploração.
Cada território priorizado deve ser avaliado e
contar com a tratativa correta de acordo com
suas características para maior assertividade.
O R G A N I Z A Ç Õ E S A M B I D E S T R A S
Negócios existentes Novos negócios
Objetivo:
PERFORMANCE
Objetivo:
INOVAÇÃO
Atividade-chave:
EXECUÇÃO
Atividade-chave:
EXPERIMENTAÇÃO
Ferramentas características:
Forecasting + Business plan
Ferramentas características:
Agile & Lean Startup: Experiment, Learn
and Pivot + Business Models
H1
H2
H3
EXPLOIT
H1
H2
H3
EXPLORE
+
| 2019
organizações ambidestras
execução + exploração NEW
MARKETS
NEW
BUSINESSES
PERFORMANCE &
BUSINESS
REINVENTION
NEW PRODUCTS
& SERVICES
EXEC
U
TIO
N
EXPLO
R
ATIO
N
New need /
In new markets
Existing needs /
Markets not yet
addressed
Existing needs /
Markets already
served
New
Capabilities
Existing
Capabilities
not yet used
Existing
Capabilities
currently used
Territórios de crescimento em Organizações Ambidestras
Execução de iniciativas ligadas ao Core + Exploração de novas
oportunidades de crescimento em territórios não familiares.
PRODUCTS & ASSETSMARKETS&CUSTOMERS
As chamadas organizações ambidestras
encaram esse desafio através de duas rotas
completamente distintas mas
complementares para o sucesso e
sustentabilidade da organização: Execução
e Exploração.
O correto balanceamento do portfólio
entre iniciativas de inovação de Execução e
de Exploração é um fator-chave de sucesso
para as organizações atingirem seus
objetivos de crescimento.
A governança e processos envolvidos
nestas duas rotas devem ser distintos já que
o nível de risco e incerteza na Exploração é
consideravelmente maior.
| 2019
exploração através
de novos negócios
NOVOS
MERCADOS
NOVOS
NEGÓCIOS
PERFORMANCE
&
REINVENÇÃO
DO NEGÓCIO
NOVOS
PRODUTOS &
SERVIÇOS
Exploração de novos mercados com
novos produtos e serviços através de
novos modelos de negócio.
Nossa visão sobre a Exploração e Desenvolvimento
de Novos Negócios se baseia em alguns pilares:
A validação das hipóteses
de negócio realizada em
contato direto com
potenciais clientes e
parceiros a fim de se evitar
excessivos
desenvolvimentos de
soluções para problemas
que não existem.
Planos são importantes mas
não devem tirar a agilidade
do desenvolvimento do
negócio: grandes negócios
são construídos através da
tomada de pequenos e
sucessivos risco, com
baixos investimentos e
alta velocidade.
Antes do mergulho no produto e
tecnologia, é importante validar
se existe um segmento de
cliente realmente disposto a
pagar por uma determinada
proposta de valor através de
um modelo de negócio
rentável e escalável.
Muitos negócios falham por
explorarem conceitos com
os quais os clientes e
consumidores não se
importam: o foco deve ser
desde o início a jornada do
cliente e seus desejos,
hábitos e necessidades
não atendidas.
EVIDENCE-BASED
CUSTOMER
CENTRIC
AGILE AND
ITERATIVE
FOCUSED IN
THE BUSINESS
MODEL
| 2019
Exploration
Based on concrete
Evidence
Initiatives with a high degree of
uncertainty involved demand
processes of exploration of
opportunities based on concrete
evidence, seeking the real
perception of value of potential
customers, users and partners.
| 2019
Customer-centric
Exploration
“Get closer than ever to your
customers. So close that you tell
them what they need well before
they realize it themselves.”
Steve Jobs
| 2019
Agile and Interative
Exploration
“Get closer than ever to your
customers. So close that you tell
them what they need well before
they realize it themselves.”
Steve Blank
| 2019
Exploration
Focused on
Business
“a mediocre technology
pursued within a great business
model may be more valuable that
a great technology in a mediocre
business model”
Henry Chesbrough
| 2019
O mundo passa por profundas mudanças em
ciclos cada vez mais curtos. O “novo normal”
agora é volátil, incerto, complexo e ambíguo.
Mercados e indústrias são transformados por
novos comportamentos de consumo,
tecnologias emergentes e modelos de negócio
provocadores, de forma que as organizações
não conseguem mais responder a seus
desafios de crescimento e rentabilidade
através do business as usual.
crescimento sustentável
ambientes de incerteza
| 2019
Como orquestrar as
iniciativas de inovação?
| 2019
como?
inovação
| 2019
A jornada rumo a
inovação como
competência-chave
da organização
Gestão da
Inovação
| 2019
| 2019
| 2019
Entendemos que num
contexto de mundo de rápidas
mudanças e alto nível de
incerteza, as organizações tem
que ampliar a sua capacidade
de encontrar novas rotas de
crescimento, novas alavancas
de valor.
Inovar passa a ser uma
competência-chave para a
sobrevivência dos negócios.
inovação como
competência-chave
O caminho para a construção de
uma estratégia robusta de
negócio para adoção do esforço
inovativo como alavanca para a
geração de valor.
Entender o cenário presente,
construir os cenários futuros e
desenhar a proposta de valor
que o negócio quer entrega para
seus stakeholders são a base
para identificar as rotas
estratégicas.
| 2019
HOJE AMANHÃ
PROPOSTA DE
VALOR
PRESENTE
PROPOSTA DE
VALOR FUTURA &
TERRITÓRIOS
CENÁRIO
PRESENTE
CENÁRIOS
FUTUROS
INOVAÇÃO
1
2
5
3
4
inovação como
estratégia de
negócio
| 2019
não é o fim,
é o
meio.
Inovação
| 2019
| 2019
DATA
DRIVEN INNOVATION
Análise de dados e aplicação de
tecnologias cognitivas
TECHNOLOGY
DRIVEN INNOVATION
Esforços de pesquisa e
desenvolvimento de tecnologias
p&d . patentes . parceiros tecnológicos
prospecção . roadmap . novas tecnologias
tecnologia da informação . internet das coisas
tecnologias cognitivas . big data
DESIGN
DRIVEN INNOVATION
Conhecimento das pessoas e suas
motivações e comportamentos
mkt . design thinking . human centered
etnografia . comportamento . sociedade
NETWORK
DRIVEN INNOVATION
Acesso a conhecimento de
redes internos ou externos à
organização
programas de ideias .
crowdsourcing . parcerias . co-
criação . redes
PURPOSE
DRIVEN INNOVATION
VENTURE
DRIVEN INNOVATION
Contexto de novos negócios e
relação com startups
Propósito inspirador e
engajamento da organização
novos negócios . corporate
venture . startups . negócios
adjacentes . mercado
liderança . novos modelos
organizacionais
negócios conscientes .
empresas B . impacto
Existem diversas avenidas que
podem servir como base para o
esforço inovativo de uma
organização.
Cada uma delas se adequa de forma
específica para a realidade de cada
setor, de cada empresa.
Normalmente as empresas
inovadoras montam um blend das
frentes que lhe convêem.
drivers para o
esforço de
inovação
| 2019
Como tornar o
esforço inovativo
um processo de
negócio, uma
competência-chave
da Organização?
| 2019
Todossãoafavorda
inovação,
mascincodesafios
geralmente
acompanhamesse
discurso.
gestão da
inovação
desafios
para
inovar
| 2019
inovar:
verbo
transitivo
desafio
01
FONTES: AURÉLIO; WIKIPEDIA
propósito &
direcionamento
| 2019
desafio
02
é importante, mas
não é urgente
1 2
3 4
URGENTE
NÃO
URGENTE
IMPORTANTE
NÃO
IMPORTANTE
Fonte: Fundação Dom Cabral (2010)
Em pesquisa da Fundação Dom Cabral,
a maioria dos CEO’s de empresas
instaladas no Brasil concordam que
inovação é estrategicamente
importante para seus negócios. Mas
confessam que quando problemas
operacionais acontecem essa agenda é
postergada.
São ainda poucas as empresas que
possuem a prática de inovação como
uma atividade cotidiana e relacionada
com os processos de negócio da
empresa.
A INOVAÇÃO É UM PROCESSO DE
NEGÓCIO
| 2019
o dilema da
inovação
CLAYTON M.
CHRISTENSEN
‣ CULTURA E INCENTIVOS DE CURTO PRAZO;
‣ INOVAÇÕES DE IMPACTO MUITAS VEZES
NÃO FOCAM NOS CLIENTES ATUAIS DA
EMPRESA;
‣ MERCADOS PEQUENOS NÃO ATENDEM A
NECESSIDADE DE CRESCIMENTO DAS
GRANDES EMPRESAS;
‣ MERCADOS QUE NÃO EXISTEM NÃO PODEM
SER ANALISADOS.
por que as empresas têm
dificuldade de investir em
projetos de inovação que
questionam o status quo?
| 2019
Desenvolve produtos com código
aberto
Comunica ao mercado sobre projetos
em andamento
Permite ao cliente a utilização de
uma série de aplicativos sem cobrar
“Paparica” os funcionários com
massagens e espaços de lazer
Desenvolve produtos com código
fechado
Projetos em segredo até o
lançamento
Aposta na restrição de
compatibilidade
Administração rígida
Fonte: Wired; Ranking BCG
desafio
03
modelo único de
inovação
| 2019
Desenvolve produtos com código
aberto
Comunica ao mercado sobre projetos
em andamento
Permite ao cliente a utilização de
uma série de aplicativos sem cobrar
“Paparica” os funcionários com
massagens e espaços de lazer
Desenvolve produtos com código
fechado
Projetos em segredo até o
lançamento
Aposta na restrição de
compatibilidade
Administração rígida
Fonte: Wired; Ranking BCG
desafio
03
modelo único de
inovação
2ª 1ª
desafio
04
ritmo de inovação
”
“Rainha Vermelha, o que é isto? Nossos
pés se movem, mas nós não vamos
adiante!
No livro que segue “Alice no País das
Maravilhas” Lewis Carroll narra um
drama:
Não é possível superar a competição
mantendo um mesmo ritmo de sempre.
É preciso fazer com que toda a
organização se mova mais rápido que o
“vento contrário”.
ENQUANTO UMA EMPRESA ESTÁ
COMERCIALIZANDO SEU PRODUTO OU
SERVIÇO, OUTRA EMPRESA ESTÁ OCUPADA
EM TORNÁ-LO OBSOLETO.
”
“Alice, se você quer chegar a algum
outro lugar, você terá que correr duas
vezes mais rápido do que isso!
| 2019
desafio
05
cultura &
engajamento
TRANSFORMAÇÃO
ORGANIZACIONAL
IMPLICA EM
TRANSFORMAÇÃO
CULTURAL
TRANSFORMAÇÃO
CULTURAL
IMPLICA EM
TRANSFORMAÇÃO
PESSOAL
| 2019
o advogado do
diabo
(e asíndrome do“nãodá”)
Por trás desse problema está um importante
princípio do comportamento humano: somos
muito influenciados pelas nossas experiências
passadas, pelos nossos problemas e pelo
sucesso imediato; somos pouco inspirados pelo
que poderá nos acontecer em longo prazo.
Muitas vezes não é uma questão de viabilidade
técnica ou econômica, mas sim uma quebra de
paradigma que é necessária para que as
pessoas se abram ao novo.
É PRECISO CRIAR UM AMBIENTE PROPÍCIO E
FÉRTIL PARA A NUTRIÇÃO DE NOVAS IDÉIAS E
CONCEITOS.
| 2019
premissas para um bom modelo
de gestão da inovação
direcionamento
do esforço
apoio da
alta gestão
time
motivado e
capacitado
modelo de
governança
estabelecido
quick-wins
| 2019
TOMANDO
CONSCIÊNCIA
FAZENDO
ACONTECER
AMPLIANDO AS
COMPETÊNCIAS
ESCALA E
CONEXÃO
TRANSFORMANDO
MERCADOS
Conscientizar a
organização da
importância da
inovação
Criar a capacidade
para conduzir um
processo de inovação
Ampliar a capacidade
de inovar para toda a
Cia.
Conectar o processo
de inovação com o
ecossistema e ampliar
a escala
Tornar-se referência
em inovação no setor
de atuação. Inspirar
outros players.
JORNADAS DE
EXPERIÊNCIA
BENCHMARKING
SENSIBILIZAÇÃO
APOIO DA ALTA
GESTÃO
TIME DEDICADO
QUICK-WIN
DIRECIONAMENTO
MODELO DE
GOVERNANÇA
COMITÊ DE
INOVAÇÃO
KPI’S
SISTEMA DE GESTÃO
CAMPANHAS
ALAVANCAGEM DE
RECURSOS
ENDOMARKETING
ESTRATÉGIA DE
INOVAÇÃO
MODELO DE
RECONHECIMENTO
APROXIMAÇÃO DO
ECOSSISTEMA
INOVAÇÃO ABERTA
CO-CRIAÇÃO
STARTUPS
PARCERIAS
COWORKING
Características evolução (conceitual) do
modelo de governança
| 2019
Para se ter a inovação como
uma competência-chave do
negócio é preciso entender
as diferentes dimensões da
gestão da inovação nas
organizações.
As dimensões “soft” são
essenciais para orientar, dar
significado e engajar as
pessoas.
As dimensões “hard"
fornecem formas de apoiar a
execução.
Essas dimensões, bem
estabelecidas e gerenciadas
conferem ao processo de
inovação maior eficácia e
eficiência.
R E C U R S O S E I N F R A - E S T R U T U R A
E S T R U T U R A E P R O C E S S O S
C U L T U R A E E N G A J A M E N T O
V I S Ã O E D I R E C I O N A M E N T O
SOFTHARD
DIMENSÕESDIMENSÕES
TER
INSIGHTS
IDENTIFICAR
O PROBLEMA
GERAR
POSSIBILIDA-
DES
CRIAR
CONCEITOS &
SOLUÇÕES
DESENVOLVER ESCALAR P R O C E S S O
dimensões do modelo
de governança
| 2019
Há diversos caminhos para se estabelecer a inovação como competência-chave do negócio.
Independente do caminho escolhido, é importante observar as premissas para um bom modelo de
gestão da inovação.
Para organizações que querem adquirir a competência da inovação como alavanca para seu negócio,
propomos de forma esquemática uma jornada de inovação.
VISÃO DE
INOVAÇÃO
PARA A
ORGANIZAÇÃO
DESENHO DA
MACRO-
ESTRATÉGIA
SOLUÇÃO DE
DESAFIO
ESTRATÉGICO
MODELO DE
GOVERNANÇA
SETUP DO
TIME E
PROCESSOS
PORTIFOLIO DE
PROJETOS
APOIO DA
ALTA GESTÃO
ESTRATÉGIA
VALIDADA
SETUP
REALIZADO
PROJETOS
SELECIONADOS
DIRETRIZES PARA
MODELO
PLANO DE
INOVAÇÃO
PROGRAMA
DE IDÉIAS
DESAFIOS DO
DIA-A-DIA
DESAFIO
ESTRATÉGICO
GO
LIFE
EXECUÇÃO
UMA JORNADA
DE INOVAÇÃO
nossa
abordagem
| 2019
CAMPINAS
+55 19 3289 0353
BOGOTÁ
+ 571 702 7702
contato@inventta.net
www.inventta.net
obrigado!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os pilares de uma Cultura de Inovação. Saldo Positivo Maio 2016
Os pilares de uma Cultura de Inovação. Saldo Positivo Maio 2016Os pilares de uma Cultura de Inovação. Saldo Positivo Maio 2016
Os pilares de uma Cultura de Inovação. Saldo Positivo Maio 2016
Luis Rasquilha
 
What's Next 2020-2030. Trend Report Inova Consulting
What's Next 2020-2030. Trend Report Inova ConsultingWhat's Next 2020-2030. Trend Report Inova Consulting
What's Next 2020-2030. Trend Report Inova Consulting
Luis Rasquilha
 
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digitalO ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Global Trends 4 Business - Report Inova 2019
Global Trends 4 Business - Report Inova 2019Global Trends 4 Business - Report Inova 2019
Global Trends 4 Business - Report Inova 2019
Luis Rasquilha
 
Carreiras em Transformação - Estudo Page & Inova
Carreiras em Transformação - Estudo Page & InovaCarreiras em Transformação - Estudo Page & Inova
Carreiras em Transformação - Estudo Page & Inova
Luis Rasquilha
 
[Livro] Startup & Makers CPBR8
[Livro] Startup & Makers CPBR8[Livro] Startup & Makers CPBR8
[Livro] Startup & Makers CPBR8
Startupi
 
Framework de Inovação para Organizações Modernas - Free Model - para usar e c...
Framework de Inovação para Organizações Modernas - Free Model - para usar e c...Framework de Inovação para Organizações Modernas - Free Model - para usar e c...
Framework de Inovação para Organizações Modernas - Free Model - para usar e c...
PROF YOGUI, R
 
Book Inova Business School 2019
Book Inova Business School 2019Book Inova Business School 2019
Book Inova Business School 2019
Luis Rasquilha
 
Inovação: O caminho para o crescimento sustentável.
Inovação: O caminho para o crescimento sustentável.Inovação: O caminho para o crescimento sustentável.
Inovação: O caminho para o crescimento sustentável.
Rildo (@rildosan) Santos
 
O novo mundo do trabalho na sociedade 4.0
O novo mundo do trabalho na sociedade 4.0O novo mundo do trabalho na sociedade 4.0
O novo mundo do trabalho na sociedade 4.0
Conselho Regional de Administração de São Paulo
 
Os 8 Insights Estratégicos para o Futuro
Os 8 Insights Estratégicos para o FuturoOs 8 Insights Estratégicos para o Futuro
Os 8 Insights Estratégicos para o Futuro
Luis Rasquilha
 
Ferramentas de inovação aberta
Ferramentas de inovação abertaFerramentas de inovação aberta
Ferramentas de inovação aberta
Inventta
 
O Processo de Inovação nas Organizações - Inovar para Crescer
O Processo de Inovação nas Organizações - Inovar para CrescerO Processo de Inovação nas Organizações - Inovar para Crescer
O Processo de Inovação nas Organizações - Inovar para Crescer
João Gretzitz
 
Inovação e Sustentabilidade
Inovação e SustentabilidadeInovação e Sustentabilidade
Inovação e Sustentabilidade
Jorge Eduardo Pimentel da Lapa
 
Report Inova Whats Next 2021 - dir 2030
Report Inova Whats Next 2021 - dir 2030Report Inova Whats Next 2021 - dir 2030
Report Inova Whats Next 2021 - dir 2030
Luis Rasquilha
 
Workshop de Inovação - AMCHAM - SP
Workshop de Inovação - AMCHAM - SPWorkshop de Inovação - AMCHAM - SP
Workshop de Inovação - AMCHAM - SP
innoscience_
 
10 dimensões da gestão de inovação - síntese e perguntas para reflexão
10 dimensões da gestão de inovação - síntese e perguntas para reflexão10 dimensões da gestão de inovação - síntese e perguntas para reflexão
10 dimensões da gestão de inovação - síntese e perguntas para reflexão
Jose Claudio Terra
 
Artigo lr tendências e gestão da inovação ii - gestão da inovação (1)
Artigo lr   tendências e gestão da inovação ii - gestão da inovação (1)Artigo lr   tendências e gestão da inovação ii - gestão da inovação (1)
Artigo lr tendências e gestão da inovação ii - gestão da inovação (1)
Luis Rasquilha
 
Apresentação sobre Gestão da Inovação e da Criatividade
Apresentação sobre Gestão da Inovação e da CriatividadeApresentação sobre Gestão da Inovação e da Criatividade
Apresentação sobre Gestão da Inovação e da Criatividade
Levi Tancredo
 
Ciclo Palestras Cubo: Sessão 3, 4 Maio: Cultura de Inovação
 Ciclo Palestras Cubo: Sessão 3, 4 Maio: Cultura de Inovação Ciclo Palestras Cubo: Sessão 3, 4 Maio: Cultura de Inovação
Ciclo Palestras Cubo: Sessão 3, 4 Maio: Cultura de Inovação
Luis Rasquilha
 

Mais procurados (20)

Os pilares de uma Cultura de Inovação. Saldo Positivo Maio 2016
Os pilares de uma Cultura de Inovação. Saldo Positivo Maio 2016Os pilares de uma Cultura de Inovação. Saldo Positivo Maio 2016
Os pilares de uma Cultura de Inovação. Saldo Positivo Maio 2016
 
What's Next 2020-2030. Trend Report Inova Consulting
What's Next 2020-2030. Trend Report Inova ConsultingWhat's Next 2020-2030. Trend Report Inova Consulting
What's Next 2020-2030. Trend Report Inova Consulting
 
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digitalO ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
O ambiente de trabalho do futuro e a transformação digital
 
Global Trends 4 Business - Report Inova 2019
Global Trends 4 Business - Report Inova 2019Global Trends 4 Business - Report Inova 2019
Global Trends 4 Business - Report Inova 2019
 
Carreiras em Transformação - Estudo Page & Inova
Carreiras em Transformação - Estudo Page & InovaCarreiras em Transformação - Estudo Page & Inova
Carreiras em Transformação - Estudo Page & Inova
 
[Livro] Startup & Makers CPBR8
[Livro] Startup & Makers CPBR8[Livro] Startup & Makers CPBR8
[Livro] Startup & Makers CPBR8
 
Framework de Inovação para Organizações Modernas - Free Model - para usar e c...
Framework de Inovação para Organizações Modernas - Free Model - para usar e c...Framework de Inovação para Organizações Modernas - Free Model - para usar e c...
Framework de Inovação para Organizações Modernas - Free Model - para usar e c...
 
Book Inova Business School 2019
Book Inova Business School 2019Book Inova Business School 2019
Book Inova Business School 2019
 
Inovação: O caminho para o crescimento sustentável.
Inovação: O caminho para o crescimento sustentável.Inovação: O caminho para o crescimento sustentável.
Inovação: O caminho para o crescimento sustentável.
 
O novo mundo do trabalho na sociedade 4.0
O novo mundo do trabalho na sociedade 4.0O novo mundo do trabalho na sociedade 4.0
O novo mundo do trabalho na sociedade 4.0
 
Os 8 Insights Estratégicos para o Futuro
Os 8 Insights Estratégicos para o FuturoOs 8 Insights Estratégicos para o Futuro
Os 8 Insights Estratégicos para o Futuro
 
Ferramentas de inovação aberta
Ferramentas de inovação abertaFerramentas de inovação aberta
Ferramentas de inovação aberta
 
O Processo de Inovação nas Organizações - Inovar para Crescer
O Processo de Inovação nas Organizações - Inovar para CrescerO Processo de Inovação nas Organizações - Inovar para Crescer
O Processo de Inovação nas Organizações - Inovar para Crescer
 
Inovação e Sustentabilidade
Inovação e SustentabilidadeInovação e Sustentabilidade
Inovação e Sustentabilidade
 
Report Inova Whats Next 2021 - dir 2030
Report Inova Whats Next 2021 - dir 2030Report Inova Whats Next 2021 - dir 2030
Report Inova Whats Next 2021 - dir 2030
 
Workshop de Inovação - AMCHAM - SP
Workshop de Inovação - AMCHAM - SPWorkshop de Inovação - AMCHAM - SP
Workshop de Inovação - AMCHAM - SP
 
10 dimensões da gestão de inovação - síntese e perguntas para reflexão
10 dimensões da gestão de inovação - síntese e perguntas para reflexão10 dimensões da gestão de inovação - síntese e perguntas para reflexão
10 dimensões da gestão de inovação - síntese e perguntas para reflexão
 
Artigo lr tendências e gestão da inovação ii - gestão da inovação (1)
Artigo lr   tendências e gestão da inovação ii - gestão da inovação (1)Artigo lr   tendências e gestão da inovação ii - gestão da inovação (1)
Artigo lr tendências e gestão da inovação ii - gestão da inovação (1)
 
Apresentação sobre Gestão da Inovação e da Criatividade
Apresentação sobre Gestão da Inovação e da CriatividadeApresentação sobre Gestão da Inovação e da Criatividade
Apresentação sobre Gestão da Inovação e da Criatividade
 
Ciclo Palestras Cubo: Sessão 3, 4 Maio: Cultura de Inovação
 Ciclo Palestras Cubo: Sessão 3, 4 Maio: Cultura de Inovação Ciclo Palestras Cubo: Sessão 3, 4 Maio: Cultura de Inovação
Ciclo Palestras Cubo: Sessão 3, 4 Maio: Cultura de Inovação
 

Semelhante a Inovação: por quê, para quê e como

Humangext Magazine nº 15
Humangext Magazine nº 15Humangext Magazine nº 15
Incubadora Social Join.Valle
Incubadora Social Join.ValleIncubadora Social Join.Valle
Incubadora Social Join.Valle
Marcus Rodrigues Faust
 
EM BUSCA DE NOVOS MERCADOS - AGÊNCIA EXPLOSÃO DE EVENTOS
EM BUSCA DE NOVOS MERCADOS - AGÊNCIA EXPLOSÃO DE EVENTOSEM BUSCA DE NOVOS MERCADOS - AGÊNCIA EXPLOSÃO DE EVENTOS
EM BUSCA DE NOVOS MERCADOS - AGÊNCIA EXPLOSÃO DE EVENTOS
CURSO DE PP NA ZUMBI DOS PALMARES
 
Cria - Valor compartilhado
Cria - Valor compartilhadoCria - Valor compartilhado
Cria - Valor compartilhado
criaglobal
 
Espaço SINDIMETAL 49
Espaço SINDIMETAL 49Espaço SINDIMETAL 49
Espaço SINDIMETAL 49
SINDIMETAL RS
 
Material produzido no primeiro encontro do BIG - Business Insights Group
Material produzido no primeiro encontro do BIG - Business Insights GroupMaterial produzido no primeiro encontro do BIG - Business Insights Group
Material produzido no primeiro encontro do BIG - Business Insights Group
Symnetics Business Transformation
 
Artemisia
ArtemisiaArtemisia
Artemisia
artemisianis
 
Programa GREENFEST
Programa GREENFESTPrograma GREENFEST
Programa GREENFEST
Sofia Cabral
 
Programa detalhado
Programa detalhadoPrograma detalhado
Programa detalhado
Sofia Cabral
 
Capital Seed do Governo de Minas Gerais para Startups
Capital Seed do Governo de Minas Gerais para StartupsCapital Seed do Governo de Minas Gerais para Startups
Capital Seed do Governo de Minas Gerais para Startups
Samir Iásbeck de Oliveira
 
Palestra sobre Empreendedorismo Digital - Semana Integradora na Impacta 2013
Palestra sobre Empreendedorismo Digital - Semana Integradora na Impacta 2013Palestra sobre Empreendedorismo Digital - Semana Integradora na Impacta 2013
Palestra sobre Empreendedorismo Digital - Semana Integradora na Impacta 2013
Flávio Pavanelli
 
Aula 03 empreendedorismo
Aula 03 empreendedorismoAula 03 empreendedorismo
Aula 03 empreendedorismo
NJS Consultoria
 
Festival internacional de novas economias colaboramerica (ouisharefest rio)
Festival internacional de novas economias   colaboramerica (ouisharefest rio)Festival internacional de novas economias   colaboramerica (ouisharefest rio)
Festival internacional de novas economias colaboramerica (ouisharefest rio)
Tomás de Lara
 
capa Boa Chance
capa Boa Chancecapa Boa Chance
capa Boa Chance
Julia Daniel
 
Apresentação-IV-Introdução-à-Gestão-e-Cultura-de-Inovação-CRI-Ceará-29.08.18.pdf
Apresentação-IV-Introdução-à-Gestão-e-Cultura-de-Inovação-CRI-Ceará-29.08.18.pdfApresentação-IV-Introdução-à-Gestão-e-Cultura-de-Inovação-CRI-Ceará-29.08.18.pdf
Apresentação-IV-Introdução-à-Gestão-e-Cultura-de-Inovação-CRI-Ceará-29.08.18.pdf
LeonardoRosa93
 
Outubro e novembro 2016
Outubro e novembro 2016Outubro e novembro 2016
Outubro e novembro 2016
Aportesol
 
Apresentaçao BIG - Business Insights Group
Apresentaçao BIG - Business Insights GroupApresentaçao BIG - Business Insights Group
Apresentaçao BIG - Business Insights Group
Symnetics Business Transformation
 
EB + EVP - a nova sopa de letrinhas de gente & gestão
EB + EVP - a nova sopa de letrinhas de gente & gestãoEB + EVP - a nova sopa de letrinhas de gente & gestão
EB + EVP - a nova sopa de letrinhas de gente & gestão
Somos Hub
 
Retomada crise Covid-19
Retomada crise Covid-19Retomada crise Covid-19
Retomada crise Covid-19
Luis Lobão
 
Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?
Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?
Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?
Rodrigo Vasconcelos
 

Semelhante a Inovação: por quê, para quê e como (20)

Humangext Magazine nº 15
Humangext Magazine nº 15Humangext Magazine nº 15
Humangext Magazine nº 15
 
Incubadora Social Join.Valle
Incubadora Social Join.ValleIncubadora Social Join.Valle
Incubadora Social Join.Valle
 
EM BUSCA DE NOVOS MERCADOS - AGÊNCIA EXPLOSÃO DE EVENTOS
EM BUSCA DE NOVOS MERCADOS - AGÊNCIA EXPLOSÃO DE EVENTOSEM BUSCA DE NOVOS MERCADOS - AGÊNCIA EXPLOSÃO DE EVENTOS
EM BUSCA DE NOVOS MERCADOS - AGÊNCIA EXPLOSÃO DE EVENTOS
 
Cria - Valor compartilhado
Cria - Valor compartilhadoCria - Valor compartilhado
Cria - Valor compartilhado
 
Espaço SINDIMETAL 49
Espaço SINDIMETAL 49Espaço SINDIMETAL 49
Espaço SINDIMETAL 49
 
Material produzido no primeiro encontro do BIG - Business Insights Group
Material produzido no primeiro encontro do BIG - Business Insights GroupMaterial produzido no primeiro encontro do BIG - Business Insights Group
Material produzido no primeiro encontro do BIG - Business Insights Group
 
Artemisia
ArtemisiaArtemisia
Artemisia
 
Programa GREENFEST
Programa GREENFESTPrograma GREENFEST
Programa GREENFEST
 
Programa detalhado
Programa detalhadoPrograma detalhado
Programa detalhado
 
Capital Seed do Governo de Minas Gerais para Startups
Capital Seed do Governo de Minas Gerais para StartupsCapital Seed do Governo de Minas Gerais para Startups
Capital Seed do Governo de Minas Gerais para Startups
 
Palestra sobre Empreendedorismo Digital - Semana Integradora na Impacta 2013
Palestra sobre Empreendedorismo Digital - Semana Integradora na Impacta 2013Palestra sobre Empreendedorismo Digital - Semana Integradora na Impacta 2013
Palestra sobre Empreendedorismo Digital - Semana Integradora na Impacta 2013
 
Aula 03 empreendedorismo
Aula 03 empreendedorismoAula 03 empreendedorismo
Aula 03 empreendedorismo
 
Festival internacional de novas economias colaboramerica (ouisharefest rio)
Festival internacional de novas economias   colaboramerica (ouisharefest rio)Festival internacional de novas economias   colaboramerica (ouisharefest rio)
Festival internacional de novas economias colaboramerica (ouisharefest rio)
 
capa Boa Chance
capa Boa Chancecapa Boa Chance
capa Boa Chance
 
Apresentação-IV-Introdução-à-Gestão-e-Cultura-de-Inovação-CRI-Ceará-29.08.18.pdf
Apresentação-IV-Introdução-à-Gestão-e-Cultura-de-Inovação-CRI-Ceará-29.08.18.pdfApresentação-IV-Introdução-à-Gestão-e-Cultura-de-Inovação-CRI-Ceará-29.08.18.pdf
Apresentação-IV-Introdução-à-Gestão-e-Cultura-de-Inovação-CRI-Ceará-29.08.18.pdf
 
Outubro e novembro 2016
Outubro e novembro 2016Outubro e novembro 2016
Outubro e novembro 2016
 
Apresentaçao BIG - Business Insights Group
Apresentaçao BIG - Business Insights GroupApresentaçao BIG - Business Insights Group
Apresentaçao BIG - Business Insights Group
 
EB + EVP - a nova sopa de letrinhas de gente & gestão
EB + EVP - a nova sopa de letrinhas de gente & gestãoEB + EVP - a nova sopa de letrinhas de gente & gestão
EB + EVP - a nova sopa de letrinhas de gente & gestão
 
Retomada crise Covid-19
Retomada crise Covid-19Retomada crise Covid-19
Retomada crise Covid-19
 
Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?
Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?
Inovação - Qual é o seu lugar na Economia Compartilhada?
 

Mais de Inventta

Escopo possível de uma área de inovação corporativa
Escopo possível de uma área de inovação corporativaEscopo possível de uma área de inovação corporativa
Escopo possível de uma área de inovação corporativa
Inventta
 
Small Data
Small DataSmall Data
Small Data
Inventta
 
Tendências em Neurociência e Neurotecnologia
Tendências em Neurociência e NeurotecnologiaTendências em Neurociência e Neurotecnologia
Tendências em Neurociência e Neurotecnologia
Inventta
 
Venture driven innovation
Venture driven innovationVenture driven innovation
Venture driven innovation
Inventta
 
Vaga para estágio na Inventta
Vaga para estágio na InventtaVaga para estágio na Inventta
Vaga para estágio na Inventta
Inventta
 
Corporate Venture Capital: contexto, conceitos e aplicações
Corporate Venture Capital: contexto, conceitos e aplicaçõesCorporate Venture Capital: contexto, conceitos e aplicações
Corporate Venture Capital: contexto, conceitos e aplicações
Inventta
 
Corporate Venturing
Corporate VenturingCorporate Venturing
Corporate Venturing
Inventta
 
Inovação para um mundo em transição: como fazer
Inovação para um mundo em transição: como fazerInovação para um mundo em transição: como fazer
Inovação para um mundo em transição: como fazer
Inventta
 
Empreendedorismo no mundo da inovação
Empreendedorismo no mundo da inovaçãoEmpreendedorismo no mundo da inovação
Empreendedorismo no mundo da inovação
Inventta
 
OneWeekDive
OneWeekDiveOneWeekDive
OneWeekDive
Inventta
 
Empreendedorismo e Inovação
Empreendedorismo e InovaçãoEmpreendedorismo e Inovação
Empreendedorismo e Inovação
Inventta
 
Workshop Business Design Inventta
Workshop Business Design InventtaWorkshop Business Design Inventta
Workshop Business Design Inventta
Inventta
 
Gestão da Inovação: o papel do líder
Gestão da Inovação: o papel do líderGestão da Inovação: o papel do líder
Gestão da Inovação: o papel do líder
Inventta
 
Processo seletivo inventta
Processo seletivo inventtaProcesso seletivo inventta
Processo seletivo inventta
Inventta
 
Inventta+ where innovation lives
Inventta+ where innovation livesInventta+ where innovation lives
Inventta+ where innovation lives
Inventta
 
Promovendo um ambiente propício a inovação
Promovendo um ambiente propício a inovaçãoPromovendo um ambiente propício a inovação
Promovendo um ambiente propício a inovação
Inventta
 
Palestra do Instituto Inovação no CaribeImpulsa
Palestra do Instituto Inovação no CaribeImpulsaPalestra do Instituto Inovação no CaribeImpulsa
Palestra do Instituto Inovação no CaribeImpulsa
Inventta
 
Worshop Co-criação Educação Corporativa
Worshop Co-criação Educação CorporativaWorshop Co-criação Educação Corporativa
Worshop Co-criação Educação Corporativa
Inventta
 
Inove Em Minas
Inove Em MinasInove Em Minas
Inove Em Minas
Inventta
 
Inventta institucional
Inventta institucionalInventta institucional
Inventta institucional
Inventta
 

Mais de Inventta (20)

Escopo possível de uma área de inovação corporativa
Escopo possível de uma área de inovação corporativaEscopo possível de uma área de inovação corporativa
Escopo possível de uma área de inovação corporativa
 
Small Data
Small DataSmall Data
Small Data
 
Tendências em Neurociência e Neurotecnologia
Tendências em Neurociência e NeurotecnologiaTendências em Neurociência e Neurotecnologia
Tendências em Neurociência e Neurotecnologia
 
Venture driven innovation
Venture driven innovationVenture driven innovation
Venture driven innovation
 
Vaga para estágio na Inventta
Vaga para estágio na InventtaVaga para estágio na Inventta
Vaga para estágio na Inventta
 
Corporate Venture Capital: contexto, conceitos e aplicações
Corporate Venture Capital: contexto, conceitos e aplicaçõesCorporate Venture Capital: contexto, conceitos e aplicações
Corporate Venture Capital: contexto, conceitos e aplicações
 
Corporate Venturing
Corporate VenturingCorporate Venturing
Corporate Venturing
 
Inovação para um mundo em transição: como fazer
Inovação para um mundo em transição: como fazerInovação para um mundo em transição: como fazer
Inovação para um mundo em transição: como fazer
 
Empreendedorismo no mundo da inovação
Empreendedorismo no mundo da inovaçãoEmpreendedorismo no mundo da inovação
Empreendedorismo no mundo da inovação
 
OneWeekDive
OneWeekDiveOneWeekDive
OneWeekDive
 
Empreendedorismo e Inovação
Empreendedorismo e InovaçãoEmpreendedorismo e Inovação
Empreendedorismo e Inovação
 
Workshop Business Design Inventta
Workshop Business Design InventtaWorkshop Business Design Inventta
Workshop Business Design Inventta
 
Gestão da Inovação: o papel do líder
Gestão da Inovação: o papel do líderGestão da Inovação: o papel do líder
Gestão da Inovação: o papel do líder
 
Processo seletivo inventta
Processo seletivo inventtaProcesso seletivo inventta
Processo seletivo inventta
 
Inventta+ where innovation lives
Inventta+ where innovation livesInventta+ where innovation lives
Inventta+ where innovation lives
 
Promovendo um ambiente propício a inovação
Promovendo um ambiente propício a inovaçãoPromovendo um ambiente propício a inovação
Promovendo um ambiente propício a inovação
 
Palestra do Instituto Inovação no CaribeImpulsa
Palestra do Instituto Inovação no CaribeImpulsaPalestra do Instituto Inovação no CaribeImpulsa
Palestra do Instituto Inovação no CaribeImpulsa
 
Worshop Co-criação Educação Corporativa
Worshop Co-criação Educação CorporativaWorshop Co-criação Educação Corporativa
Worshop Co-criação Educação Corporativa
 
Inove Em Minas
Inove Em MinasInove Em Minas
Inove Em Minas
 
Inventta institucional
Inventta institucionalInventta institucional
Inventta institucional
 

Inovação: por quê, para quê e como

  • 1.
  • 2. agenda | 2019 • Sobre nós • Por que? • Para que? • Como?
  • 4. Desde quando a inovação começou a frequentar as pautas estratégicas na América Latina nós temos ajudado negócios a se reinventarem ou desenvolver outros novos. A Inventta já trabalhou com as organizações mais admiradas em seus segmentos ajudando a superar seus desafios de crescimento respondendo rapidamente a pressões de mercado ou criando seus caminhos estratégicos de futuro. | 2019 A Inventta é uma das mais importantes consultorias de Inovação e Estratégia no Brasil e Colômbia. quem somos
  • 5. quem somos | 2019 •Aconselhar líderes em questões de crescimento e inovação •Facilitar o processo de planejamento estratégico do negócio e das áreas •Desenhar modelos de Corporate Venture e relacionamento com startups •Conduzir pesquisas qualitativas e quantitativas com clientes e consumidores •Desenhar, prototipar, refinar e lançar novos negócios, produtos e serviços •Aprimorar seu processo de desenvolvimento e lançamento de produtos •Desenhar e conectar sua estratégia de tecnologia à do negócio e mercado •Modelar e estruturar centros de pesquisa tecnológica •Conduzir treinamentos para expandir a capacidade de inovação das equipes “…in 2000, Inseed Investments, Inventta consultancy, Tropos Lab and a biotech firm called Ecovec came together to form the Instituto Inovação Group, the foremost business generator in Brazilian innovation.” Fonte: TechCrunch - Brazil: A look into Latin America’s largest startup ecosystem (2017)
  • 6. Anos de mercado Grandes projetos executados Da lista das 100 empresas mais inovadoras do Valor Econômico são ou foram nossos clientes Setores atendidos A Inventta em alguns números Organizações com quem já trabalhamos 15 1250%+300 +100 | 2019
  • 7. A Inventta em alguns logos | 2019
  • 8. Com quem usualmente trabalhamos Marketing, Comercial & Produto Pesquisa, Desenvolvimento & Tecnologia Novos Negócios Desenvolvimento Organizacional & Liderança Estratégia & Gestão | 2019
  • 9. Quero desenvolver um novo segmento de mercado. Que mudanças devo fazer no meu produto e modelo de negócio para alcançar esse objetivo? “ | 2019
  • 10. Meu produto está perdendo competitividade para os asiáticos. O que eu faço para combater isso? ABRASIVOS “ | 2019
  • 11. Lançamos produtos que não atenderam a nossa expectativa de resultado. Qual foi o problema? O que devemos mudar para resolver isso? “ | 2019
  • 12. Preciso acelerar o crescimento do mercado da solução construtiva que fabrico. Como posso alavancar esse processo? “ | 2019
  • 13. Quero estruturar um Centro de Inovação para explorar as oportunidades do Pré-Sal. Como fazê-lo? O que pesquisar? Como interagir com os sistema nacional de inovação? Onde buscar dinheiro para isso? “ | 2019
  • 14. Preciso implantar uma área de gestão da inovação tecnológica para a Cia. Como devem ser os macro-processos de gestão da área? Como alinhar P&D com os objetivos do negócio? | 2019 “
  • 15. Estou perdendo competitividade por conta de câmbio. Como a inovação pode me ajudar a reduzir meus custos? “ | 2019
  • 16. Tenho uma fábrica que não gera a rentabilidade adequada e quero fechá-la. A inovação pode trazer uma solução diferente dessa decisão? | 2019 “
  • 17. Precisamos encontrar novas fontes de receita com os ativos que temos. Como capacitar o meu time para criar novas oportunidades de negócios? “ | 2019
  • 18. Qual estratégia de Corporate Venturing devo adotar frente aos meus desafios de diversificação? “ | 2019
  • 20. ANTES DE FALAR SOBRE O MUNDO DA INOVAÇÃO
  • 21. A INOVAÇÃO DO MUNDO.
  • 22. SUCESSÃO DO PAPA EM 2005 SUCESSÃO DO PAPA EM 2013 FOTOGRAFIAS: LUCA BRUNO | MICHAEL SOHN
  • 23. Migrantes africanos buscando sinal de celular em Djibouti. Fotografia de John Stanmeyer, National Geographic
  • 24. BIOTECH NEUROTECH NANOTECH NEW ENERGY ICT & MOBILE SENSORING 3D PRINTING ARTIFICIAL INTELIGENCE ROBOTICS DRONES TECNOLOGIAS EXPONENCIAIS FONTE:Yuri van Geest, Singularity University
  • 25. THE MAKER MOVEMENT HACKER SPACES |FAB LABS "Garagem Fab Lab", São Paulo
  • 26. Garagem Fab Lab, localizado no centro de São Paulo THE MAKER MOVEMENT HACKER SPACES |FAB LABS "Garagem Fab Lab", São Paulo
  • 27.
  • 28.
  • 30.
  • 31.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 38. Fotografia de John Blanding
  • 39. NOVAS ESTRUTURAS FAMILIARES Além de casarem mais tarde, grande parte dos casais se separam depois dos cinco primeiros anos. É crescente também o número de casais de classe A/B sem filhos, o que os americanos chamam de DINK's (DOUBLE INCOME NO KIDS - "dupla renda com nenhum filho"). http://www.fashionbubbles.com/2008/singles-dinks-nano-familias/ A família tradicional não é mais a mesma. Nos grandes centros a tendência é encontrar nos lares destas famílias menos crianças. http://www.vidafreedom.com.br “O que para uns é preconceito, para nos é negócio" Romeo Deon Busarello, diretor de marketing
  • 40. GERAÇÃO ‘SYLO’ S T A Y I N G Y O U N G E R L O N G E R Os idosos não estão mais aceitando uma vida ociosa. Eles querem atividades. http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/expectativa-de-vida-no-brasileiro- cresce-para-73-17-anos-diz-ibge E estamos ficando mais velhos em quantidade e por mais tempo. http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/908895-censo-2010-aponta- envelhecimento-da-populacao-brasileira.shtml
  • 41. Não estou pronto para sentar perto de um rio, com uma cerveja na mão, pensando no passado”. “ Clint Eastwood - EUA 83 anos, casado com uma mulher de 45, uma filha de 14 anos, 66 filmes como ator, 35 filmes como diretor. "Ainda tem muita coisa pra fazer!" José Alvaro Dornelas, Muriaé - MG - BRASIL 96 anos, casado com Ana (94 anos),13 filhos, oleiro, marceneiro, músico, gerente de um asilo.
  • 42.
  • 43. altamente conectados, querem compartilhar na rede todas suas experiências da vida real OFF AND ON
  • 44. TUDO AO MESMO TEMPO AGORA a abundância de meios de comunicação e de informação possibilita que façam parte de vários projetos ao mesmo tempo.
  • 45. INFORMATION OVERLOAD Hoje em dia, pedir opiniões nas redes sociais pode não ser a melhor coisa a fazer. Equipes de prós e contras expressam gigabytes de sugestões ou opiniões positivas e negativas, aumentando o nível de insegurança e indecisão.
  • 46. s o c i a l i z a ç ã o i s o l a d a | < d r o g a s | < b e b i d a s
  • 47. UM NOVO SENTIDO PARA O TRABALHO A nova sociedade não entende mais o trabalho como fonte de acumulação de dinheiro ou status social. O trabalho é cada vez mais visto como elemento de realização e expressão pessoal. http://www.osonhobrasileiro.com.br/
  • 48. NOVA RELAÇÃO COM O EMPREGO Novas profissões, novas maneiras de trabalhar, mais mudanças de emprego. Empregos são temporários: não se sabe quanto tempo irão durar. CARREIRAS “LEGO” Grande variedade de habilidades e experiências que podem ser montadas e desmontadas de acordo com a ocasião. As pessoas estão criando estruturas impermanentes com variações infinitas de como trabalhar.
  • 50. A Gotham Greens produz produtos de qualidade premium e isentos de pesticidas durante todo o ano na estufa de 20.000 pés quadrados do Whole Foods Market Brooklyn, bem como em outras localidades do Whole Foods Market em toda a cidade de Nova York. Com base na proximidade da fazenda às lojas Whole Foods Market na cidade de Nova York, o projeto elimina o transporte de alimentos a longa distância e suas emissões associadas, enquanto garante a frescura, qualidade e nutrição do produto para milhares de clientes na área. Rooftop farm instalada na loja da Whole Foods em Massachusetts. Mantido pela startup Green City Growers, o telhado verde da Whole Foods fornece cerca de 5.000 Kg de produtos orgânicos por ano que são vendidos dentro da loja. http://www.recovergreenroofs.com/whole-foods-market-rooftop-farm/
  • 52. VIVEMOS EM UMA SOCIEDADE LÍQUIDA COM ORGANIZAÇÕES SÓLIDAS. “ ZYGMUNT BAUMAN “ Professor de Sociologia | Universidade de Leeds
  • 54. AS EMPRESAS NÃO CONSEGUEM MAIS RESOLVER SEUS PROBLEMAS DE CRESCIMENTO LUCRATIVO E SUSTENTADO APENAS COM AS TÉCNICAS TRADICIONAIS DE GESTÃO. Fórum Econômico Mundial / Davos (2006)
  • 55. OS MÉTODOS TRADICIONAIS DE GESTÃO BASEIAM-SE EM ANÁLISES DE DADOS DO PASSADO PARA TIRAR CONCLUSÕES SOBRE O FUTURO. World Economic Forum / Davos (2006)
  • 56. PAPA EM 2005 PAPA EM 2016
  • 57. SUCESSÃO DO PAPA EM 2005 SUCESSÃO DO PAPA EM 2013 FOTOGRAFIAS: LUCA BRUNO | MICHAEL SOHN
  • 58. Essas tendências apontam para o surgimento de uma nova economia, um novo mundo onde o jeito de fazer negócios, formar talentos, compartilhar valor e exercer a liderança deverão ser muito distintos dos modelos e padrões vigentes. NEGÓCIOS CONSCIENTES TECNOLOGIAS TRANSFORMADORAS PESSOAS EMPODERADAS
  • 59. George Bernard Shaw Dramaturgo, romancista, contista, ensaísta e jornalista irlandês. Cofundador da London School of Economics “Aqueles que não conseguem mudar de idéia não conseguem mudar nada.”
  • 61. | 2019 o mundo em transformação Mercados e indústrias estão sendo transformados por novos comportamentos de consumo, tecnologias emergentes e modelos de negócio provocadores. Diversos sinais do presente apontam para o surgimento de uma nova ordem, uma nova economia, um novo mundo onde o jeito de fazer negócios, formar talentos, compartilhar valor e exercer a liderança deverão ser muito distintos dos modelos e padrões vigentes.
  • 62. Adoption curve of new technologies / products agility as a key factor in business competitiveness | 2019
  • 63. new market dynamics new business models challenge industry paradigms | 2019
  • 64. Top 10 Reasons Startups Fail | 2019 “Innovate like a startup…” startups fail 9out of 10 Mostofthembecause theyareworkingonthingsthat customersdonotwantorneed
  • 65. innovation committed to real value generation | 2019
  • 66. Garantir o crescimento sustentável de médio e longo prazo tem sido um dos maiores desafios das organizações. O pipeline futuro de produtos relativos aos negócios atuais das organizações não tem sido mais suficiente para suprir o chamado Gap Estratégico de Crescimento no médio e longo prazo. VALOR TARGET VENDAS PLANEJAMENTO ATUAL TEMPO PRODUTOS ATUAIS NOVOS PROJETOS NO PIPELINE GAP ESTRATÉGICO DE CRESCIMENTO crescimento sustentável o gap estratégico de crescimento | 2019
  • 67. Diante desse contexto, organizações bem sucedidas tem se atrelado menos a suas origens e mais a seus possíveis destinos, em um movimento de busca por territórios futuros de oportunidades no curto, médio e longo prazo que possam ser explorados com diferencial competitivo. Nossa visão sobre a construção e execução de estratégias de futuro pode ser divida em três grandes tópicos: 1. Visão de futuro 2. Territórios estratégicos 3. Exploração de territórios crescimento sustentável estratégia de futuro | 2019
  • 68. cenário 1 cenário 2 cenário 3 cenário 4 TENDÊNCIAS Identificação das tendências e sinais de futuro dentro do escopo e horizonte temporal estabelecidos CENÁRIOS Sistematização das tendências e sinais de futuro em possíveis cenários como tratativa das incertezas, facilitando a identificação e interpretação de oportunidades ‣ Quais são as grandes tendências e incertezas que podem impactar o futuro do negócio? ‣ Quais serão os drivers de consumo e como as tecnologias emergentes os transformarão? ‣ Quais movimentos de mercado podem surgir no médio e longo prazo? A metodologia de Cenários a partir de sinais de futuro permite sistematizar as tendências de forma a tornar mais clara a identificação de possibilidades de futuro no escopo analisado. estratégia de futuro 01 visão de futuro | 2019
  • 69. estratégia de futuro 02 territórios de oportunidade Horizontes de oportunidades de crescimento da organização Mercado e Consumidores vs. Produtos e Ativos → Ambição Estratégica Horizon 3 Opportunities Horizon 2 Opportunities Horizon 1 Opportunities Exploration In new markets Adjacent growth Next generation of products for core markets Exploration with new solutions New Capabilities Existing Capabilities not yet used Existing Capabilities currently used New need / In new markets Existing needs / Markets not yet addressed Existing needs / Markets already served PRODUCTS & ASSETS MARKETS& CUSTOMERS Garantir o crescimento sustentável de médio e longo prazo tem sido um dos maiores desafios das organizações. As iniciativas de crescimento no Horizonte 1 lidam com territórios familiares aos negócios core da organização. Já as oportunidades dos Horizontes 2 e 3 envolvem novos mercados e/ou novas soluções não familiares à organização, com um grau de incerteza consideravelmente maior.[ TERRITÓRIOS ESTRATÉGICOS DE CRESCIMENTO= | 2019
  • 70. estratégia de futuro 03 exploração de territórios Como garantir a excelência na execução do negócio atual e ao mesmo tempo criar o futuro da organização com consistência? As chamadas organizações ambidestras encaram esse desafio através de duas rotas completamente distintas mas complementares para o sucesso e sustentabilidade da organização: Execução e Exploração. Cada território priorizado deve ser avaliado e contar com a tratativa correta de acordo com suas características para maior assertividade. O R G A N I Z A Ç Õ E S A M B I D E S T R A S Negócios existentes Novos negócios Objetivo: PERFORMANCE Objetivo: INOVAÇÃO Atividade-chave: EXECUÇÃO Atividade-chave: EXPERIMENTAÇÃO Ferramentas características: Forecasting + Business plan Ferramentas características: Agile & Lean Startup: Experiment, Learn and Pivot + Business Models H1 H2 H3 EXPLOIT H1 H2 H3 EXPLORE + | 2019
  • 71. organizações ambidestras execução + exploração NEW MARKETS NEW BUSINESSES PERFORMANCE & BUSINESS REINVENTION NEW PRODUCTS & SERVICES EXEC U TIO N EXPLO R ATIO N New need / In new markets Existing needs / Markets not yet addressed Existing needs / Markets already served New Capabilities Existing Capabilities not yet used Existing Capabilities currently used Territórios de crescimento em Organizações Ambidestras Execução de iniciativas ligadas ao Core + Exploração de novas oportunidades de crescimento em territórios não familiares. PRODUCTS & ASSETSMARKETS&CUSTOMERS As chamadas organizações ambidestras encaram esse desafio através de duas rotas completamente distintas mas complementares para o sucesso e sustentabilidade da organização: Execução e Exploração. O correto balanceamento do portfólio entre iniciativas de inovação de Execução e de Exploração é um fator-chave de sucesso para as organizações atingirem seus objetivos de crescimento. A governança e processos envolvidos nestas duas rotas devem ser distintos já que o nível de risco e incerteza na Exploração é consideravelmente maior. | 2019
  • 72. exploração através de novos negócios NOVOS MERCADOS NOVOS NEGÓCIOS PERFORMANCE & REINVENÇÃO DO NEGÓCIO NOVOS PRODUTOS & SERVIÇOS Exploração de novos mercados com novos produtos e serviços através de novos modelos de negócio. Nossa visão sobre a Exploração e Desenvolvimento de Novos Negócios se baseia em alguns pilares: A validação das hipóteses de negócio realizada em contato direto com potenciais clientes e parceiros a fim de se evitar excessivos desenvolvimentos de soluções para problemas que não existem. Planos são importantes mas não devem tirar a agilidade do desenvolvimento do negócio: grandes negócios são construídos através da tomada de pequenos e sucessivos risco, com baixos investimentos e alta velocidade. Antes do mergulho no produto e tecnologia, é importante validar se existe um segmento de cliente realmente disposto a pagar por uma determinada proposta de valor através de um modelo de negócio rentável e escalável. Muitos negócios falham por explorarem conceitos com os quais os clientes e consumidores não se importam: o foco deve ser desde o início a jornada do cliente e seus desejos, hábitos e necessidades não atendidas. EVIDENCE-BASED CUSTOMER CENTRIC AGILE AND ITERATIVE FOCUSED IN THE BUSINESS MODEL | 2019
  • 73. Exploration Based on concrete Evidence Initiatives with a high degree of uncertainty involved demand processes of exploration of opportunities based on concrete evidence, seeking the real perception of value of potential customers, users and partners. | 2019
  • 74. Customer-centric Exploration “Get closer than ever to your customers. So close that you tell them what they need well before they realize it themselves.” Steve Jobs | 2019
  • 75. Agile and Interative Exploration “Get closer than ever to your customers. So close that you tell them what they need well before they realize it themselves.” Steve Blank | 2019
  • 76. Exploration Focused on Business “a mediocre technology pursued within a great business model may be more valuable that a great technology in a mediocre business model” Henry Chesbrough | 2019
  • 77. O mundo passa por profundas mudanças em ciclos cada vez mais curtos. O “novo normal” agora é volátil, incerto, complexo e ambíguo. Mercados e indústrias são transformados por novos comportamentos de consumo, tecnologias emergentes e modelos de negócio provocadores, de forma que as organizações não conseguem mais responder a seus desafios de crescimento e rentabilidade através do business as usual. crescimento sustentável ambientes de incerteza | 2019
  • 78. Como orquestrar as iniciativas de inovação? | 2019
  • 80. A jornada rumo a inovação como competência-chave da organização Gestão da Inovação | 2019
  • 81. | 2019 | 2019 Entendemos que num contexto de mundo de rápidas mudanças e alto nível de incerteza, as organizações tem que ampliar a sua capacidade de encontrar novas rotas de crescimento, novas alavancas de valor. Inovar passa a ser uma competência-chave para a sobrevivência dos negócios. inovação como competência-chave
  • 82. O caminho para a construção de uma estratégia robusta de negócio para adoção do esforço inovativo como alavanca para a geração de valor. Entender o cenário presente, construir os cenários futuros e desenhar a proposta de valor que o negócio quer entrega para seus stakeholders são a base para identificar as rotas estratégicas. | 2019 HOJE AMANHÃ PROPOSTA DE VALOR PRESENTE PROPOSTA DE VALOR FUTURA & TERRITÓRIOS CENÁRIO PRESENTE CENÁRIOS FUTUROS INOVAÇÃO 1 2 5 3 4 inovação como estratégia de negócio | 2019
  • 83. não é o fim, é o meio. Inovação | 2019
  • 84. | 2019 DATA DRIVEN INNOVATION Análise de dados e aplicação de tecnologias cognitivas TECHNOLOGY DRIVEN INNOVATION Esforços de pesquisa e desenvolvimento de tecnologias p&d . patentes . parceiros tecnológicos prospecção . roadmap . novas tecnologias tecnologia da informação . internet das coisas tecnologias cognitivas . big data DESIGN DRIVEN INNOVATION Conhecimento das pessoas e suas motivações e comportamentos mkt . design thinking . human centered etnografia . comportamento . sociedade NETWORK DRIVEN INNOVATION Acesso a conhecimento de redes internos ou externos à organização programas de ideias . crowdsourcing . parcerias . co- criação . redes PURPOSE DRIVEN INNOVATION VENTURE DRIVEN INNOVATION Contexto de novos negócios e relação com startups Propósito inspirador e engajamento da organização novos negócios . corporate venture . startups . negócios adjacentes . mercado liderança . novos modelos organizacionais negócios conscientes . empresas B . impacto Existem diversas avenidas que podem servir como base para o esforço inovativo de uma organização. Cada uma delas se adequa de forma específica para a realidade de cada setor, de cada empresa. Normalmente as empresas inovadoras montam um blend das frentes que lhe convêem. drivers para o esforço de inovação | 2019
  • 85. Como tornar o esforço inovativo um processo de negócio, uma competência-chave da Organização? | 2019
  • 88. desafio 02 é importante, mas não é urgente 1 2 3 4 URGENTE NÃO URGENTE IMPORTANTE NÃO IMPORTANTE Fonte: Fundação Dom Cabral (2010) Em pesquisa da Fundação Dom Cabral, a maioria dos CEO’s de empresas instaladas no Brasil concordam que inovação é estrategicamente importante para seus negócios. Mas confessam que quando problemas operacionais acontecem essa agenda é postergada. São ainda poucas as empresas que possuem a prática de inovação como uma atividade cotidiana e relacionada com os processos de negócio da empresa. A INOVAÇÃO É UM PROCESSO DE NEGÓCIO | 2019
  • 89. o dilema da inovação CLAYTON M. CHRISTENSEN ‣ CULTURA E INCENTIVOS DE CURTO PRAZO; ‣ INOVAÇÕES DE IMPACTO MUITAS VEZES NÃO FOCAM NOS CLIENTES ATUAIS DA EMPRESA; ‣ MERCADOS PEQUENOS NÃO ATENDEM A NECESSIDADE DE CRESCIMENTO DAS GRANDES EMPRESAS; ‣ MERCADOS QUE NÃO EXISTEM NÃO PODEM SER ANALISADOS. por que as empresas têm dificuldade de investir em projetos de inovação que questionam o status quo? | 2019
  • 90. Desenvolve produtos com código aberto Comunica ao mercado sobre projetos em andamento Permite ao cliente a utilização de uma série de aplicativos sem cobrar “Paparica” os funcionários com massagens e espaços de lazer Desenvolve produtos com código fechado Projetos em segredo até o lançamento Aposta na restrição de compatibilidade Administração rígida Fonte: Wired; Ranking BCG desafio 03 modelo único de inovação | 2019
  • 91. Desenvolve produtos com código aberto Comunica ao mercado sobre projetos em andamento Permite ao cliente a utilização de uma série de aplicativos sem cobrar “Paparica” os funcionários com massagens e espaços de lazer Desenvolve produtos com código fechado Projetos em segredo até o lançamento Aposta na restrição de compatibilidade Administração rígida Fonte: Wired; Ranking BCG desafio 03 modelo único de inovação 2ª 1ª
  • 92. desafio 04 ritmo de inovação ” “Rainha Vermelha, o que é isto? Nossos pés se movem, mas nós não vamos adiante! No livro que segue “Alice no País das Maravilhas” Lewis Carroll narra um drama: Não é possível superar a competição mantendo um mesmo ritmo de sempre. É preciso fazer com que toda a organização se mova mais rápido que o “vento contrário”. ENQUANTO UMA EMPRESA ESTÁ COMERCIALIZANDO SEU PRODUTO OU SERVIÇO, OUTRA EMPRESA ESTÁ OCUPADA EM TORNÁ-LO OBSOLETO. ” “Alice, se você quer chegar a algum outro lugar, você terá que correr duas vezes mais rápido do que isso! | 2019
  • 94. o advogado do diabo (e asíndrome do“nãodá”) Por trás desse problema está um importante princípio do comportamento humano: somos muito influenciados pelas nossas experiências passadas, pelos nossos problemas e pelo sucesso imediato; somos pouco inspirados pelo que poderá nos acontecer em longo prazo. Muitas vezes não é uma questão de viabilidade técnica ou econômica, mas sim uma quebra de paradigma que é necessária para que as pessoas se abram ao novo. É PRECISO CRIAR UM AMBIENTE PROPÍCIO E FÉRTIL PARA A NUTRIÇÃO DE NOVAS IDÉIAS E CONCEITOS. | 2019
  • 95. premissas para um bom modelo de gestão da inovação direcionamento do esforço apoio da alta gestão time motivado e capacitado modelo de governança estabelecido quick-wins | 2019
  • 96. TOMANDO CONSCIÊNCIA FAZENDO ACONTECER AMPLIANDO AS COMPETÊNCIAS ESCALA E CONEXÃO TRANSFORMANDO MERCADOS Conscientizar a organização da importância da inovação Criar a capacidade para conduzir um processo de inovação Ampliar a capacidade de inovar para toda a Cia. Conectar o processo de inovação com o ecossistema e ampliar a escala Tornar-se referência em inovação no setor de atuação. Inspirar outros players. JORNADAS DE EXPERIÊNCIA BENCHMARKING SENSIBILIZAÇÃO APOIO DA ALTA GESTÃO TIME DEDICADO QUICK-WIN DIRECIONAMENTO MODELO DE GOVERNANÇA COMITÊ DE INOVAÇÃO KPI’S SISTEMA DE GESTÃO CAMPANHAS ALAVANCAGEM DE RECURSOS ENDOMARKETING ESTRATÉGIA DE INOVAÇÃO MODELO DE RECONHECIMENTO APROXIMAÇÃO DO ECOSSISTEMA INOVAÇÃO ABERTA CO-CRIAÇÃO STARTUPS PARCERIAS COWORKING Características evolução (conceitual) do modelo de governança | 2019
  • 97. Para se ter a inovação como uma competência-chave do negócio é preciso entender as diferentes dimensões da gestão da inovação nas organizações. As dimensões “soft” são essenciais para orientar, dar significado e engajar as pessoas. As dimensões “hard" fornecem formas de apoiar a execução. Essas dimensões, bem estabelecidas e gerenciadas conferem ao processo de inovação maior eficácia e eficiência. R E C U R S O S E I N F R A - E S T R U T U R A E S T R U T U R A E P R O C E S S O S C U L T U R A E E N G A J A M E N T O V I S Ã O E D I R E C I O N A M E N T O SOFTHARD DIMENSÕESDIMENSÕES TER INSIGHTS IDENTIFICAR O PROBLEMA GERAR POSSIBILIDA- DES CRIAR CONCEITOS & SOLUÇÕES DESENVOLVER ESCALAR P R O C E S S O dimensões do modelo de governança | 2019
  • 98. Há diversos caminhos para se estabelecer a inovação como competência-chave do negócio. Independente do caminho escolhido, é importante observar as premissas para um bom modelo de gestão da inovação. Para organizações que querem adquirir a competência da inovação como alavanca para seu negócio, propomos de forma esquemática uma jornada de inovação. VISÃO DE INOVAÇÃO PARA A ORGANIZAÇÃO DESENHO DA MACRO- ESTRATÉGIA SOLUÇÃO DE DESAFIO ESTRATÉGICO MODELO DE GOVERNANÇA SETUP DO TIME E PROCESSOS PORTIFOLIO DE PROJETOS APOIO DA ALTA GESTÃO ESTRATÉGIA VALIDADA SETUP REALIZADO PROJETOS SELECIONADOS DIRETRIZES PARA MODELO PLANO DE INOVAÇÃO PROGRAMA DE IDÉIAS DESAFIOS DO DIA-A-DIA DESAFIO ESTRATÉGICO GO LIFE EXECUÇÃO UMA JORNADA DE INOVAÇÃO nossa abordagem | 2019
  • 99. CAMPINAS +55 19 3289 0353 BOGOTÁ + 571 702 7702 contato@inventta.net www.inventta.net obrigado!