SlideShare uma empresa Scribd logo
Imperialismo- Era dos Impérios.
Imperialismo é a prática através da qual,
nações poderosas procuram ampliar e
manter controle ou influência sobre povos
ou nações mais pobres. No século XIX
O imperialismo praticado pelos europeus e
pelos Estados Unidos demonstrou a sua
força ao dominar muitos países,
principalmente na América, África e
Ásia.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
O IMPERIALISMO TAMBÉM É CHAMADO DE NEOCOLONIALISMO OU NOVO
COLONIALISMO. ISSO PORQUE ELE FOI O RETORNO DO DOMINIO E
EXPLORAÇÃODE OUTROS PAISES E POVOS PELOS EUROPEUS.
BASTA SE RECORDAR DA CHEGADA DOS EUROPEUS A AMÉRICA E O INICIO DA
COLONIZAÇÃO DO NOSSO CONTINENTE. LEMBRA-SE DOS PORTUGUESESNO
BRASIL
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
NO SÉCULO XV SURGE A IDÉIA DO ACUMULO DE CAPITAL(CAPITALISMO)
E O INTERESSE DO ESTADO EM ACUMULAR OURO E PRATA.
METALISMO INDUSTRIA GLOBALIZAÇÃO
ENTÃO O CAPITALISMO EVOLUIU:
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
INÍCIO DA ERA IMPERIALISTA:
O capitalismo dos países europeus ficou mais agressivo com o
inicio da Segunda Revolução Industrial (1850-1950), isso porque
as inovações tecnológicas, com o motores elétricos e à explosão,
a indústria de aço, os barcos movidos à hélice, os sistemas
ferroviários e rodoviários, o telégrafo, o telefone, o automóvel e o
avião, permitiram um avanço e conquistas de novas terras para
retirar mateias primas e servir de mercado consumidor.
OS AVNANCOS (TECNOLOGICOS)
A LOCOMOTIVA1813
Liga o mundo mais rápido que o cavalo
FORD T -1908
Primeiro automóvel produzido em massa
PISTOLACOLT -1835
Primeiro revolver de tambor.
TELEFONE -1876
Comunicação em tempo real
A CAMERA REGISTRATUDO - 1827
A Fotografia mudou a forma de fazer noticia
O PRIMEIRO AVIÃO, 14 BIS- 1906
O ser humano domina os céus.
NESSE PERÍODO A EUROPA VIVIA
DICA:
MELHORE SEUS
CONHECIMENTOS
VEJA O FILME MOULINROUGE E
VEJA O PERÍODO CONHECIDO COM
BELLE EPOQUE NA VISÃO DO
CINEMA.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
MÁS A PAZ E PROSPERIDADE SE CONCENTROU NOS PAISES
RICOS.
O MUNDO SE DIVIDIA EM:
PAÍSES INDUSTRIALIZADOS E RICOS
PAÍSES POBRES E FORNECEDORES DE MATÉRIAS PRIMAS E CONSUMIDORES
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
A EXPANSÃO COLONIAL EUROPEIA
 ENTRE 1880 E 1914 POTÊNCIAS CAPITALISTAS
DIVIDIRAM ENTRE SI A MAIOR PARTE DAS TERRAS
DO PLANETA.
 CONFERÊNCIA DE BERLIM (1884 e 85)
 Partilha da África entre as potências europeias.
 Princípio de ocupação efetiva:
 Só os países que tivessem meios e possibilidades de explorar e
ocupar o território é que tinham direito a ter colónias.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
A EXPANSÃO COLONIAL NA AFRICA
Os europeus repartiram o território africano em mais de
50 Estados, cujas fronteiras foram demarcadas sem
respeitar critérios étnicos e culturais fundamentais
para evitar os futuros conflitos na região. Até o
presente, as fronteiras africanas, em muitos casos,
dividem uma única comunidade étnica em duas ou mais
nações, ou ao contrário, reúnem num mesmo
país diversas tribos rivais.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
A EXPANSÃO COLONIAL NA AFRICA
Exploradores franceses e alemães
procedem à demarcação de
fronteiras nas colónias africanas
ocupadas na sequênciada
Conferênciade Berlim.
Imagem de um jornal francês
de 1913.
DOMÍNIO DOS PAISES EUROPEUSAFRICA NO INÍCIO DO SÉCULO XVIII
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
A EXPANSÃO COLONIAL EUROPEIA
 Os europeus utilizaram da força para garantir o controle
destes povos, tornando-se comum o uso de armas de
fogo.
 No intuito de obter o máximo de lucro em seus
empreendimentos, os colonizadores exploraram de forma
exaustiva os recursos naturais e humanos do continente
 A ganância dos europeus teve uma de suas maiores
expressões no Congo Belga, onde o governo ordenou a
mutilação de indivíduos que não produzissem o que era
exigido pela coroa para que os condenados servissem
como exemplo.
Imperialismo- Era dos Impérios.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
A ÁSIA NÃO FICOU FORA DA COBIÇA EUROPEIA
 NA ÍNDIA, 290 MILHÕES DE INDIANOS VIAM O PAÍS
GOVERNADO POR UMA ELITE DE 5 MIL OFICIAIS
BRITÂNICOS.
 OCUPAÇÃO DE TERRITÓRIOS NA CHINA
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
GUERRA DO ÓPIO (1839-1869)
• O IMPERADOR CHINÊS DAOGUANG RESOLVEU PROIBIR O
COMÉRCIO E O CONSUMO DE ÓPIO
– o ópio é uma substância entorpecente, extraída da papoula que
causa dependência química em seus usuários, introduzido
fraudulentamente por comerciantes ingleses.
• OS INGLESES (QUE OBTINHAM MUITO LUCRO) NÃO
ACEITARAM A ORDEM DO IMPERADOR.
– o conflito foi vencido pelos ingleses que tiveram liberada a
comercialização do produto no território chinês e ainda receberam
como indenização a Ilha de Hong kong por 155 anos.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
IMPERIALISMO ESTADUNIDENSE: EXPANSÃO
PARA O OESTE
MOTIVOS QUE LEVARAM OS COLONOS NA BUSCA DE
NOVOS TERRITÓRIOS:
– Novas áreas de pastagens
– Aumento populacional nas terras que formavam as treze colônias
– Novos imigrantes
– Ouro na região da Califórnia.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
IMPERIALISMO ESTADUNIDENSE: EXPANSÃO
PARA O OESTE
O TERRITÓRIO ATUAL FOI CONQUISTADO POR MEIO:
R DA DIZIMAÇÃO DOS POVOS INDÍGENAS
b DA COMPRA DE TERRITÓRIOS
e DA CONQUISTA POR MEIO DE GUERRAS
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
IMPERIALISMO ESTADUNIDENSE: EXPANSÃO
PARA O OESTE
ESTA EXPANSÃO FOI BASEADA NA DOUTRINA DO
“O DESTINO MANIFESTO”.
– Esta doutrina afirmava que o povo dos estados unidos
Foi escolhido por deus para dominar.
– Justificou os massacres e extermínios em nome da
Ampliação territorial.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)Ze d
b
b
d
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
IMPERIALISMO ESTADUNIDENSE: PRETENSÕES
DE DOMÍNIO NA AMÉRICA LATINA.
EM 1823, O PRESIDENTE JAMES MONROE CRIOU
A DOUTRINA MONROE:
– Slogan: “América para os Americanos”.
• Desejava diminuir a influência das potências europeias
sobre os países latino-americanos com o objetivo de tomar
tal posição
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
DOMÍNIO TOTAL
A EXPANSÃO IMPERIALISTA INCLUIA 3
FATORES:
ECONÔNICOS
POLÍTICOS
CULTURAIS
FATORES
ECONÔNICOS
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
DOMINAÇÃO ECONÔMICA:
CRESCIMENTO INDUSTRIAL E COLONIALISMO
A política colonial é filha da política industrial. Para os
Estados ricos, onde os capitais se acumulam e onde a
produção cresce continuamente […], a exportação é
absolutamente essencial. Sem ela não há prosperidade,
nem investimento de capitais, nem empregos[…]. Ora os
mercados europeus estão saturados; é necessário,
portanto, encontrar consumidores noutras partes do
mundo.
Jules Ferry, Tonquim e a Mãe-Pátria,1890.
Alegoriaà conquista de Tonquim,na
Indochina, por tropas francesas,em 1885.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
DOMINAÇÃO ECONÔMICA:
OS DONOS DO MUNDO
Grandes ou pequenos, antigos ou recentes, são cinco ou seis
países que detêm a maior parte da riqueza do mundo. O seu
grande negócio consiste em investir vultosos capitais nos outros
países, retirando daí enormes benefícios. Eles são senhores de
terras longínquas, donde lhes vêm lucros sem precisarem de lá
pôr os pés; […] fazem cultivar em seu proveito territórios imensos,
por legiões de negros, de chineses e até mesmo de brancos […];
possuem minas e fábricas de que recebem os dividendos sem
jamais as terem visto com os seus próprios olhos; numa palavra:
enriquecem com o trabalho dos outros.
Revista dos DoisMundos,1896.
Carregadorindiano transportando um fardo de
algodão.Pormenorde um mapa britânico de 1896.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
DOMINAÇÃO ECONÔMICA:
OS EUROPEUS CONSIDERAVAM QUE A
COLONIZAÇÃO ERA UM FATOR DE PROGRESSO E NÃO DE
EXPLORAÇÃO.
. Imagem de um jornal francês
de 1911.
FATORES
POLÍTICOS
Cecil Rhodes, empresário imperialistainglês
“Eu anexaria os planetas, se eu pudesse...”
O expansionismo
britânico em África.
Nesta caricatura de finais do
século XIX é representadoo
administrador colonial inglês Cecil
Rhodes com um pé no Cairo e
outro na Cidade do Cabo.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
DOMINAÇÃO POLÍTICA:
Os territórios coloniais eram
governados pelos próprios
colonizadores ou por dirigentes
locais da sua confiança.
Imagem de um jornal francês
de 1898.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
DOMINAÇÃO POLÍTICA:
Colonização Inglesano Egito.
“O rifle vence a espada”.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
“Propagandas políticas eramfeitas paraexaltar onacionalismodos
europeus paraobter o apoio da população.”
A SEGUIR Mapa britânicode 1896 glorificandooImpério
Colonial
DOMINAÇÃO POLÍTICA:
Imperialismo- Era dos Impérios.
FATORES
CULTURAIS
A França,simbolizadapela mulher comarmadura,
é recebida pelas populações coloniais.
Em seu escudo está escrito:
“progresso”, “civilização”e“comércio”.
Capa de livro escolar,ilustração deG. Dasher,1900
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
DUAS VISÕES DO COLONIALISMO
As raças superiores têm um direito em relação às raças inferiores. Têm um
direito e um dever. Têm o dever de as civilizar.
Discurso de Jules Ferry na Câmara dos Deputados, 1885
Raças superiores! Raças inferiores! Por mim rebato totalmente essa ideia […].
Não, não há qualquer direito das nações ditas superiores em relação às nações
ditas inferiores. Não tentemos disfarçar a violência sob o nome hipócrita de
civilização.
Georges Clemenceau, Jornal da Câmara dos Deputados, 1885
DOMINAÇÃO CULTURAL:
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
DOMINAÇÃO CULTURAL:
Imposição do traje
europeuentre as classes
dirigentes da China.
Imagem de um jornal
francês de 1912.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
DOMINAÇÃO CULTURAL:
Imposição da ordem colonial. Caricatura
de 1899 sobre o recente domínio pelos
EUA (representados pelo tio Sam) de
Cuba, Porto Rico, Havai e Filipinas.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
DOMINAÇÃO CULTURAL:
“O imperialismo do final do século XIX foi
indubitavelmente “novo”. Foi produto de uma era de
concorrência entre economias industrial-capitalistas rivais.
Fato novo e intensificado pela pressão em favor da
obtenção e da preservação de mercados num período de
incertezas econômicas, em suma foi uma era em que
tarifas alfandegárias e expansão tornam-se a
reivindicação comum ás classes dirigentes.”
(E. Hobsbawm,Era dos Impérios,2007)
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
MELHORE SEUS CONHECIMENTOS...
APÓS VER O VIDEO SOBRE O PERÍODO CONHECIDO
COMO IMPERIALISMO, RESUMA EM UM BREVE TEXTO
O QUE ENTENDEU SOBRE O ASSUNTO.
ERA DOS IMPÉRIOS
(IMPERIALISMO)
O IMPERILISMO LEVARIA A GUERRA TOTAL:
 Vários problemas atingiam as principais nações
europeias no início do século XX(20).
 Alemanha e Itália, por exemplo estavam
extremamente descontentes com a partilha da Ásia
e da África, ocorridano final do século XIX.
 Os conflitos e a ganancia dos países imperialistas
levariam eles a declararguerra.
TINHA INICIO A I GUERRA MUNDIAL!!!
MELHORE SEUS CONHECIMENTOS:
VEJA O FILME O GANDHI. E VEJA A LUTA PELA
LIBERDADE DA INDIA E A HISTÓRIA DE UM DOS
GRANDES PERSONAGENS DA HISTÓRIA HUMANA.
LEIA TAMBÉM O LIVRO:
A Volta ao Mundo em 80 dias
Autor: Julio Verne
Coração das Trevas
Autor: Joseph Conrad

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra MundialImperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Douglas Barraqui
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
marcosfm32
 
Conjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e BaianaConjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e Baiana
Aulas de História
 
Monarquias Nacionais
Monarquias NacionaisMonarquias Nacionais
Monarquias Nacionais
Aulas de História
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
Edenilson Morais
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
Janaína Tavares
 
1° ano - Grécia Antiga
1° ano -  Grécia Antiga1° ano -  Grécia Antiga
1° ano - Grécia Antiga
Daniel Alves Bronstrup
 
2° ano - Processos de Independência na América
2° ano - Processos de Independência na América2° ano - Processos de Independência na América
2° ano - Processos de Independência na América
Daniel Alves Bronstrup
 
9º ano história rafa - era vargas
9º ano   história   rafa  - era vargas9º ano   história   rafa  - era vargas
9º ano história rafa - era vargas
Rafael Noronha
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
Daniel Alves Bronstrup
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
Fabiana Tonsis
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
harlissoncarvalho
 
3º ano primeira guerra mundial
3º ano   primeira guerra mundial3º ano   primeira guerra mundial
3º ano primeira guerra mundial
Daniel Alves Bronstrup
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
Isaquel Silva
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
Portal do Vestibulando
 
Imperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIXImperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIX
Rodrigo Luiz
 
Imperialismo: A Partilha da África
Imperialismo: A Partilha da ÁfricaImperialismo: A Partilha da África
Imperialismo: A Partilha da África
Carlos Benjoino Bidu
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Victor Said
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
Daniel Alves Bronstrup
 
A primeira guerra mundial slides
A primeira guerra mundial   slidesA primeira guerra mundial   slides
A primeira guerra mundial slides
Juliana_hst
 

Mais procurados (20)

Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra MundialImperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
Imperialismo, Belle Époque e Primeira Guerra Mundial
 
Apresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução RussaApresentação Revolução Russa
Apresentação Revolução Russa
 
Conjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e BaianaConjuração Mineira e Baiana
Conjuração Mineira e Baiana
 
Monarquias Nacionais
Monarquias NacionaisMonarquias Nacionais
Monarquias Nacionais
 
Independência da América Espanhola
Independência da América EspanholaIndependência da América Espanhola
Independência da América Espanhola
 
Primeira guerra mundial
Primeira guerra mundialPrimeira guerra mundial
Primeira guerra mundial
 
1° ano - Grécia Antiga
1° ano -  Grécia Antiga1° ano -  Grécia Antiga
1° ano - Grécia Antiga
 
2° ano - Processos de Independência na América
2° ano - Processos de Independência na América2° ano - Processos de Independência na América
2° ano - Processos de Independência na América
 
9º ano história rafa - era vargas
9º ano   história   rafa  - era vargas9º ano   história   rafa  - era vargas
9º ano história rafa - era vargas
 
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
3º ano - Ditadura Militar e Redemocratização
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
 
Mercantilismo
MercantilismoMercantilismo
Mercantilismo
 
3º ano primeira guerra mundial
3º ano   primeira guerra mundial3º ano   primeira guerra mundial
3º ano primeira guerra mundial
 
Regimes totalitários
Regimes totalitáriosRegimes totalitários
Regimes totalitários
 
Independência dos EUA
Independência dos EUAIndependência dos EUA
Independência dos EUA
 
Imperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIXImperialismo do século XIX
Imperialismo do século XIX
 
Imperialismo: A Partilha da África
Imperialismo: A Partilha da ÁfricaImperialismo: A Partilha da África
Imperialismo: A Partilha da África
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)3º ano   Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
3º ano Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
 
A primeira guerra mundial slides
A primeira guerra mundial   slidesA primeira guerra mundial   slides
A primeira guerra mundial slides
 

Semelhante a Imperialismo- Era dos Impérios.

Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
Josué Ramos
 
3ª série–e
3ª série–e3ª série–e
3ª série–e
joadmo
 
Imperialismo e industrialização - 9º Ano
Imperialismo e industrialização - 9º AnoImperialismo e industrialização - 9º Ano
Imperialismo e industrialização - 9º Ano
Italo Colares
 
Imperialismo e Primeira Guerra
Imperialismo e Primeira GuerraImperialismo e Primeira Guerra
Imperialismo e Primeira Guerra
Alan
 
História e Cultura Africana - Aula 2 - Colonização da África
História e Cultura Africana - Aula 2 - Colonização da ÁfricaHistória e Cultura Africana - Aula 2 - Colonização da África
História e Cultura Africana - Aula 2 - Colonização da África
Mario Filho
 
Neocolonialismo
NeocolonialismoNeocolonialismo
Neocolonialismo
Edenilson Morais
 
Imperialismo E Colonialismo
Imperialismo E ColonialismoImperialismo E Colonialismo
Imperialismo E Colonialismo
luisant
 
Colonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismoColonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismo
borgia
 
Imperialismos - 2015
Imperialismos - 2015Imperialismos - 2015
Imperialismos - 2015
Zeze Silva
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Aula sobre imperialismo def
Aula sobre imperialismo defAula sobre imperialismo def
Aula sobre imperialismo def
CarlosNazar1
 
oimperialismonafricaenasia-150409172432-conversion-gate01.pdf
oimperialismonafricaenasia-150409172432-conversion-gate01.pdfoimperialismonafricaenasia-150409172432-conversion-gate01.pdf
oimperialismonafricaenasia-150409172432-conversion-gate01.pdf
Lídia Pereira Silva Souza
 
O imperialismo na àfrica e na ásia
O imperialismo na àfrica e na ásiaO imperialismo na àfrica e na ásia
O imperialismo na àfrica e na ásia
Josemiqueias Jesus Freitas
 
O IMPERIALISMO
O IMPERIALISMOO IMPERIALISMO
O IMPERIALISMO
Jorge Miklos
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
Marcos Mamute
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
Alan
 
Colonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismoColonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismo
Ovelha Ranhosa
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
Marco Santos
 
Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008
Lucileida Castro
 
Imperialismo 2013
Imperialismo   2013Imperialismo   2013
Imperialismo 2013
Profernanda
 

Semelhante a Imperialismo- Era dos Impérios. (20)

Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
3ª série–e
3ª série–e3ª série–e
3ª série–e
 
Imperialismo e industrialização - 9º Ano
Imperialismo e industrialização - 9º AnoImperialismo e industrialização - 9º Ano
Imperialismo e industrialização - 9º Ano
 
Imperialismo e Primeira Guerra
Imperialismo e Primeira GuerraImperialismo e Primeira Guerra
Imperialismo e Primeira Guerra
 
História e Cultura Africana - Aula 2 - Colonização da África
História e Cultura Africana - Aula 2 - Colonização da ÁfricaHistória e Cultura Africana - Aula 2 - Colonização da África
História e Cultura Africana - Aula 2 - Colonização da África
 
Neocolonialismo
NeocolonialismoNeocolonialismo
Neocolonialismo
 
Imperialismo E Colonialismo
Imperialismo E ColonialismoImperialismo E Colonialismo
Imperialismo E Colonialismo
 
Colonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismoColonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismo
 
Imperialismos - 2015
Imperialismos - 2015Imperialismos - 2015
Imperialismos - 2015
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Aula sobre imperialismo def
Aula sobre imperialismo defAula sobre imperialismo def
Aula sobre imperialismo def
 
oimperialismonafricaenasia-150409172432-conversion-gate01.pdf
oimperialismonafricaenasia-150409172432-conversion-gate01.pdfoimperialismonafricaenasia-150409172432-conversion-gate01.pdf
oimperialismonafricaenasia-150409172432-conversion-gate01.pdf
 
O imperialismo na àfrica e na ásia
O imperialismo na àfrica e na ásiaO imperialismo na àfrica e na ásia
O imperialismo na àfrica e na ásia
 
O IMPERIALISMO
O IMPERIALISMOO IMPERIALISMO
O IMPERIALISMO
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Colonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismoColonialismo e imperialismo
Colonialismo e imperialismo
 
Imperialismo
ImperialismoImperialismo
Imperialismo
 
Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008Partilha da áfrica 2008
Partilha da áfrica 2008
 
Imperialismo 2013
Imperialismo   2013Imperialismo   2013
Imperialismo 2013
 

Mais de Diego Bian Filo Moreira

Revolta federalista
Revolta federalistaRevolta federalista
Revolta federalista
Diego Bian Filo Moreira
 
GUERRAS MUNDIAIS - SEGUNDA GUERRA
GUERRAS MUNDIAIS - SEGUNDA GUERRAGUERRAS MUNDIAIS - SEGUNDA GUERRA
GUERRAS MUNDIAIS - SEGUNDA GUERRA
Diego Bian Filo Moreira
 
BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA
 BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA
BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA
Diego Bian Filo Moreira
 
ERA DAS REVOLUÇÕES - REVOLUÇÃO FRANCESA E ERA NAPOLEÔNICA
ERA DAS REVOLUÇÕES - REVOLUÇÃO FRANCESA E ERA NAPOLEÔNICAERA DAS REVOLUÇÕES - REVOLUÇÃO FRANCESA E ERA NAPOLEÔNICA
ERA DAS REVOLUÇÕES - REVOLUÇÃO FRANCESA E ERA NAPOLEÔNICA
Diego Bian Filo Moreira
 
REVOLUÇÃO FRANCESA - ENSINO FUNDAMENTAL
REVOLUÇÃO FRANCESA - ENSINO FUNDAMENTALREVOLUÇÃO FRANCESA - ENSINO FUNDAMENTAL
REVOLUÇÃO FRANCESA - ENSINO FUNDAMENTAL
Diego Bian Filo Moreira
 
INFOGRÁFICO- HISTÓRIA DA ESCRITA
INFOGRÁFICO- HISTÓRIA DA ESCRITAINFOGRÁFICO- HISTÓRIA DA ESCRITA
INFOGRÁFICO- HISTÓRIA DA ESCRITA
Diego Bian Filo Moreira
 
AS MÚMIAS - TEXTO COM EXERCÍCIOS DE INTERPRETAÇÃO
AS MÚMIAS - TEXTO COM EXERCÍCIOS DE INTERPRETAÇÃOAS MÚMIAS - TEXTO COM EXERCÍCIOS DE INTERPRETAÇÃO
AS MÚMIAS - TEXTO COM EXERCÍCIOS DE INTERPRETAÇÃO
Diego Bian Filo Moreira
 
INFOGRÁFICO - PRÉ-HISTÓRIA
INFOGRÁFICO - PRÉ-HISTÓRIAINFOGRÁFICO - PRÉ-HISTÓRIA
INFOGRÁFICO - PRÉ-HISTÓRIA
Diego Bian Filo Moreira
 
INFOGRÁFICO - ESTADOS MODERNOS
INFOGRÁFICO - ESTADOS MODERNOSINFOGRÁFICO - ESTADOS MODERNOS
INFOGRÁFICO - ESTADOS MODERNOS
Diego Bian Filo Moreira
 
Filosofia 05- Filosofia Moderna
Filosofia 05- Filosofia ModernaFilosofia 05- Filosofia Moderna
Filosofia 05- Filosofia Moderna
Diego Bian Filo Moreira
 
ÉTICA E AÇÃO MORAL - 3 ANO
ÉTICA  E AÇÃO MORAL - 3 ANOÉTICA  E AÇÃO MORAL - 3 ANO
ÉTICA E AÇÃO MORAL - 3 ANO
Diego Bian Filo Moreira
 
INFOGRÁFICO - REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
INFOGRÁFICO - REVOLUÇÃO INDUSTRIALINFOGRÁFICO - REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
INFOGRÁFICO - REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
Diego Bian Filo Moreira
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
Diego Bian Filo Moreira
 
PRÉ HISTÓRIA - Os Primeiros Homens - 6 ANO
PRÉ HISTÓRIA - Os Primeiros Homens - 6 ANOPRÉ HISTÓRIA - Os Primeiros Homens - 6 ANO
PRÉ HISTÓRIA - Os Primeiros Homens - 6 ANO
Diego Bian Filo Moreira
 
O Tempo e a Historia - Ensino Médio
O Tempo e a Historia - Ensino MédioO Tempo e a Historia - Ensino Médio
O Tempo e a Historia - Ensino Médio
Diego Bian Filo Moreira
 
O Tempo e a História - 6 ANO
O Tempo e a História - 6 ANOO Tempo e a História - 6 ANO
O Tempo e a História - 6 ANO
Diego Bian Filo Moreira
 
FILOSOFIA POLÍTICA - 3 ANO
FILOSOFIA  POLÍTICA - 3 ANOFILOSOFIA  POLÍTICA - 3 ANO
FILOSOFIA POLÍTICA - 3 ANO
Diego Bian Filo Moreira
 
BRASIL 07- DITADURA MILITAR NO BRASIL
BRASIL 07- DITADURA MILITAR NO BRASILBRASIL 07- DITADURA MILITAR NO BRASIL
BRASIL 07- DITADURA MILITAR NO BRASIL
Diego Bian Filo Moreira
 
Filosofia 03 - Helenismo
Filosofia 03 - HelenismoFilosofia 03 - Helenismo
Filosofia 03 - Helenismo
Diego Bian Filo Moreira
 
Filosofia 01 - Do mito aos Primeiros Filósofos
Filosofia 01 - Do mito aos Primeiros FilósofosFilosofia 01 - Do mito aos Primeiros Filósofos
Filosofia 01 - Do mito aos Primeiros Filósofos
Diego Bian Filo Moreira
 

Mais de Diego Bian Filo Moreira (20)

Revolta federalista
Revolta federalistaRevolta federalista
Revolta federalista
 
GUERRAS MUNDIAIS - SEGUNDA GUERRA
GUERRAS MUNDIAIS - SEGUNDA GUERRAGUERRAS MUNDIAIS - SEGUNDA GUERRA
GUERRAS MUNDIAIS - SEGUNDA GUERRA
 
BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA
 BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA
BRASIL 04- PRIMEIRA REPÚBLICA
 
ERA DAS REVOLUÇÕES - REVOLUÇÃO FRANCESA E ERA NAPOLEÔNICA
ERA DAS REVOLUÇÕES - REVOLUÇÃO FRANCESA E ERA NAPOLEÔNICAERA DAS REVOLUÇÕES - REVOLUÇÃO FRANCESA E ERA NAPOLEÔNICA
ERA DAS REVOLUÇÕES - REVOLUÇÃO FRANCESA E ERA NAPOLEÔNICA
 
REVOLUÇÃO FRANCESA - ENSINO FUNDAMENTAL
REVOLUÇÃO FRANCESA - ENSINO FUNDAMENTALREVOLUÇÃO FRANCESA - ENSINO FUNDAMENTAL
REVOLUÇÃO FRANCESA - ENSINO FUNDAMENTAL
 
INFOGRÁFICO- HISTÓRIA DA ESCRITA
INFOGRÁFICO- HISTÓRIA DA ESCRITAINFOGRÁFICO- HISTÓRIA DA ESCRITA
INFOGRÁFICO- HISTÓRIA DA ESCRITA
 
AS MÚMIAS - TEXTO COM EXERCÍCIOS DE INTERPRETAÇÃO
AS MÚMIAS - TEXTO COM EXERCÍCIOS DE INTERPRETAÇÃOAS MÚMIAS - TEXTO COM EXERCÍCIOS DE INTERPRETAÇÃO
AS MÚMIAS - TEXTO COM EXERCÍCIOS DE INTERPRETAÇÃO
 
INFOGRÁFICO - PRÉ-HISTÓRIA
INFOGRÁFICO - PRÉ-HISTÓRIAINFOGRÁFICO - PRÉ-HISTÓRIA
INFOGRÁFICO - PRÉ-HISTÓRIA
 
INFOGRÁFICO - ESTADOS MODERNOS
INFOGRÁFICO - ESTADOS MODERNOSINFOGRÁFICO - ESTADOS MODERNOS
INFOGRÁFICO - ESTADOS MODERNOS
 
Filosofia 05- Filosofia Moderna
Filosofia 05- Filosofia ModernaFilosofia 05- Filosofia Moderna
Filosofia 05- Filosofia Moderna
 
ÉTICA E AÇÃO MORAL - 3 ANO
ÉTICA  E AÇÃO MORAL - 3 ANOÉTICA  E AÇÃO MORAL - 3 ANO
ÉTICA E AÇÃO MORAL - 3 ANO
 
INFOGRÁFICO - REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
INFOGRÁFICO - REVOLUÇÃO INDUSTRIALINFOGRÁFICO - REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
INFOGRÁFICO - REVOLUÇÃO INDUSTRIAL
 
Pré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino MédioPré História - Ensino Médio
Pré História - Ensino Médio
 
PRÉ HISTÓRIA - Os Primeiros Homens - 6 ANO
PRÉ HISTÓRIA - Os Primeiros Homens - 6 ANOPRÉ HISTÓRIA - Os Primeiros Homens - 6 ANO
PRÉ HISTÓRIA - Os Primeiros Homens - 6 ANO
 
O Tempo e a Historia - Ensino Médio
O Tempo e a Historia - Ensino MédioO Tempo e a Historia - Ensino Médio
O Tempo e a Historia - Ensino Médio
 
O Tempo e a História - 6 ANO
O Tempo e a História - 6 ANOO Tempo e a História - 6 ANO
O Tempo e a História - 6 ANO
 
FILOSOFIA POLÍTICA - 3 ANO
FILOSOFIA  POLÍTICA - 3 ANOFILOSOFIA  POLÍTICA - 3 ANO
FILOSOFIA POLÍTICA - 3 ANO
 
BRASIL 07- DITADURA MILITAR NO BRASIL
BRASIL 07- DITADURA MILITAR NO BRASILBRASIL 07- DITADURA MILITAR NO BRASIL
BRASIL 07- DITADURA MILITAR NO BRASIL
 
Filosofia 03 - Helenismo
Filosofia 03 - HelenismoFilosofia 03 - Helenismo
Filosofia 03 - Helenismo
 
Filosofia 01 - Do mito aos Primeiros Filósofos
Filosofia 01 - Do mito aos Primeiros FilósofosFilosofia 01 - Do mito aos Primeiros Filósofos
Filosofia 01 - Do mito aos Primeiros Filósofos
 

Último

UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Luzia Gabriele
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
Marcelo Botura
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
helenawaya9
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
Manuais Formação
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 

Último (20)

UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsxQue Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
Que Pena Amor! Eugénio de Sá - Soneto.ppsx
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?O que é  o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
O que é o programa nacional de alimentação escolar (PNAE)?
 
Festa dos Finalistas .
Festa dos Finalistas                    .Festa dos Finalistas                    .
Festa dos Finalistas .
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptxAdministração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
Administração Em Enfermagem.pptx caala - Cópia-1.pptx
 
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
UFCD_7224_Prevenção de acidentes em contexto domiciliário e institucional_índ...
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 

Imperialismo- Era dos Impérios.

  • 2. Imperialismo é a prática através da qual, nações poderosas procuram ampliar e manter controle ou influência sobre povos ou nações mais pobres. No século XIX O imperialismo praticado pelos europeus e pelos Estados Unidos demonstrou a sua força ao dominar muitos países, principalmente na América, África e Ásia.
  • 3. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) O IMPERIALISMO TAMBÉM É CHAMADO DE NEOCOLONIALISMO OU NOVO COLONIALISMO. ISSO PORQUE ELE FOI O RETORNO DO DOMINIO E EXPLORAÇÃODE OUTROS PAISES E POVOS PELOS EUROPEUS. BASTA SE RECORDAR DA CHEGADA DOS EUROPEUS A AMÉRICA E O INICIO DA COLONIZAÇÃO DO NOSSO CONTINENTE. LEMBRA-SE DOS PORTUGUESESNO BRASIL
  • 4. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) NO SÉCULO XV SURGE A IDÉIA DO ACUMULO DE CAPITAL(CAPITALISMO) E O INTERESSE DO ESTADO EM ACUMULAR OURO E PRATA. METALISMO INDUSTRIA GLOBALIZAÇÃO ENTÃO O CAPITALISMO EVOLUIU:
  • 5. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) INÍCIO DA ERA IMPERIALISTA: O capitalismo dos países europeus ficou mais agressivo com o inicio da Segunda Revolução Industrial (1850-1950), isso porque as inovações tecnológicas, com o motores elétricos e à explosão, a indústria de aço, os barcos movidos à hélice, os sistemas ferroviários e rodoviários, o telégrafo, o telefone, o automóvel e o avião, permitiram um avanço e conquistas de novas terras para retirar mateias primas e servir de mercado consumidor.
  • 6. OS AVNANCOS (TECNOLOGICOS) A LOCOMOTIVA1813 Liga o mundo mais rápido que o cavalo FORD T -1908 Primeiro automóvel produzido em massa PISTOLACOLT -1835 Primeiro revolver de tambor. TELEFONE -1876 Comunicação em tempo real A CAMERA REGISTRATUDO - 1827 A Fotografia mudou a forma de fazer noticia O PRIMEIRO AVIÃO, 14 BIS- 1906 O ser humano domina os céus.
  • 7. NESSE PERÍODO A EUROPA VIVIA
  • 8. DICA: MELHORE SEUS CONHECIMENTOS VEJA O FILME MOULINROUGE E VEJA O PERÍODO CONHECIDO COM BELLE EPOQUE NA VISÃO DO CINEMA.
  • 9. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) MÁS A PAZ E PROSPERIDADE SE CONCENTROU NOS PAISES RICOS. O MUNDO SE DIVIDIA EM: PAÍSES INDUSTRIALIZADOS E RICOS PAÍSES POBRES E FORNECEDORES DE MATÉRIAS PRIMAS E CONSUMIDORES
  • 10. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) A EXPANSÃO COLONIAL EUROPEIA  ENTRE 1880 E 1914 POTÊNCIAS CAPITALISTAS DIVIDIRAM ENTRE SI A MAIOR PARTE DAS TERRAS DO PLANETA.  CONFERÊNCIA DE BERLIM (1884 e 85)  Partilha da África entre as potências europeias.  Princípio de ocupação efetiva:  Só os países que tivessem meios e possibilidades de explorar e ocupar o território é que tinham direito a ter colónias.
  • 11. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) A EXPANSÃO COLONIAL NA AFRICA Os europeus repartiram o território africano em mais de 50 Estados, cujas fronteiras foram demarcadas sem respeitar critérios étnicos e culturais fundamentais para evitar os futuros conflitos na região. Até o presente, as fronteiras africanas, em muitos casos, dividem uma única comunidade étnica em duas ou mais nações, ou ao contrário, reúnem num mesmo país diversas tribos rivais.
  • 12. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) A EXPANSÃO COLONIAL NA AFRICA Exploradores franceses e alemães procedem à demarcação de fronteiras nas colónias africanas ocupadas na sequênciada Conferênciade Berlim. Imagem de um jornal francês de 1913.
  • 13. DOMÍNIO DOS PAISES EUROPEUSAFRICA NO INÍCIO DO SÉCULO XVIII
  • 14. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) A EXPANSÃO COLONIAL EUROPEIA  Os europeus utilizaram da força para garantir o controle destes povos, tornando-se comum o uso de armas de fogo.  No intuito de obter o máximo de lucro em seus empreendimentos, os colonizadores exploraram de forma exaustiva os recursos naturais e humanos do continente  A ganância dos europeus teve uma de suas maiores expressões no Congo Belga, onde o governo ordenou a mutilação de indivíduos que não produzissem o que era exigido pela coroa para que os condenados servissem como exemplo.
  • 16. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) A ÁSIA NÃO FICOU FORA DA COBIÇA EUROPEIA  NA ÍNDIA, 290 MILHÕES DE INDIANOS VIAM O PAÍS GOVERNADO POR UMA ELITE DE 5 MIL OFICIAIS BRITÂNICOS.  OCUPAÇÃO DE TERRITÓRIOS NA CHINA
  • 17. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) GUERRA DO ÓPIO (1839-1869) • O IMPERADOR CHINÊS DAOGUANG RESOLVEU PROIBIR O COMÉRCIO E O CONSUMO DE ÓPIO – o ópio é uma substância entorpecente, extraída da papoula que causa dependência química em seus usuários, introduzido fraudulentamente por comerciantes ingleses. • OS INGLESES (QUE OBTINHAM MUITO LUCRO) NÃO ACEITARAM A ORDEM DO IMPERADOR. – o conflito foi vencido pelos ingleses que tiveram liberada a comercialização do produto no território chinês e ainda receberam como indenização a Ilha de Hong kong por 155 anos.
  • 18. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) IMPERIALISMO ESTADUNIDENSE: EXPANSÃO PARA O OESTE MOTIVOS QUE LEVARAM OS COLONOS NA BUSCA DE NOVOS TERRITÓRIOS: – Novas áreas de pastagens – Aumento populacional nas terras que formavam as treze colônias – Novos imigrantes – Ouro na região da Califórnia.
  • 19. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) IMPERIALISMO ESTADUNIDENSE: EXPANSÃO PARA O OESTE O TERRITÓRIO ATUAL FOI CONQUISTADO POR MEIO: R DA DIZIMAÇÃO DOS POVOS INDÍGENAS b DA COMPRA DE TERRITÓRIOS e DA CONQUISTA POR MEIO DE GUERRAS
  • 20. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) IMPERIALISMO ESTADUNIDENSE: EXPANSÃO PARA O OESTE ESTA EXPANSÃO FOI BASEADA NA DOUTRINA DO “O DESTINO MANIFESTO”. – Esta doutrina afirmava que o povo dos estados unidos Foi escolhido por deus para dominar. – Justificou os massacres e extermínios em nome da Ampliação territorial.
  • 22. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) IMPERIALISMO ESTADUNIDENSE: PRETENSÕES DE DOMÍNIO NA AMÉRICA LATINA. EM 1823, O PRESIDENTE JAMES MONROE CRIOU A DOUTRINA MONROE: – Slogan: “América para os Americanos”. • Desejava diminuir a influência das potências europeias sobre os países latino-americanos com o objetivo de tomar tal posição
  • 23. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) DOMÍNIO TOTAL A EXPANSÃO IMPERIALISTA INCLUIA 3 FATORES: ECONÔNICOS POLÍTICOS CULTURAIS
  • 25. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) DOMINAÇÃO ECONÔMICA: CRESCIMENTO INDUSTRIAL E COLONIALISMO A política colonial é filha da política industrial. Para os Estados ricos, onde os capitais se acumulam e onde a produção cresce continuamente […], a exportação é absolutamente essencial. Sem ela não há prosperidade, nem investimento de capitais, nem empregos[…]. Ora os mercados europeus estão saturados; é necessário, portanto, encontrar consumidores noutras partes do mundo. Jules Ferry, Tonquim e a Mãe-Pátria,1890. Alegoriaà conquista de Tonquim,na Indochina, por tropas francesas,em 1885.
  • 26. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) DOMINAÇÃO ECONÔMICA: OS DONOS DO MUNDO Grandes ou pequenos, antigos ou recentes, são cinco ou seis países que detêm a maior parte da riqueza do mundo. O seu grande negócio consiste em investir vultosos capitais nos outros países, retirando daí enormes benefícios. Eles são senhores de terras longínquas, donde lhes vêm lucros sem precisarem de lá pôr os pés; […] fazem cultivar em seu proveito territórios imensos, por legiões de negros, de chineses e até mesmo de brancos […]; possuem minas e fábricas de que recebem os dividendos sem jamais as terem visto com os seus próprios olhos; numa palavra: enriquecem com o trabalho dos outros. Revista dos DoisMundos,1896. Carregadorindiano transportando um fardo de algodão.Pormenorde um mapa britânico de 1896.
  • 27. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) DOMINAÇÃO ECONÔMICA: OS EUROPEUS CONSIDERAVAM QUE A COLONIZAÇÃO ERA UM FATOR DE PROGRESSO E NÃO DE EXPLORAÇÃO. . Imagem de um jornal francês de 1911.
  • 29. Cecil Rhodes, empresário imperialistainglês “Eu anexaria os planetas, se eu pudesse...” O expansionismo britânico em África. Nesta caricatura de finais do século XIX é representadoo administrador colonial inglês Cecil Rhodes com um pé no Cairo e outro na Cidade do Cabo. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) DOMINAÇÃO POLÍTICA:
  • 30. Os territórios coloniais eram governados pelos próprios colonizadores ou por dirigentes locais da sua confiança. Imagem de um jornal francês de 1898. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) DOMINAÇÃO POLÍTICA:
  • 31. Colonização Inglesano Egito. “O rifle vence a espada”. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) “Propagandas políticas eramfeitas paraexaltar onacionalismodos europeus paraobter o apoio da população.” A SEGUIR Mapa britânicode 1896 glorificandooImpério Colonial DOMINAÇÃO POLÍTICA:
  • 34. A França,simbolizadapela mulher comarmadura, é recebida pelas populações coloniais. Em seu escudo está escrito: “progresso”, “civilização”e“comércio”. Capa de livro escolar,ilustração deG. Dasher,1900 ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) DUAS VISÕES DO COLONIALISMO As raças superiores têm um direito em relação às raças inferiores. Têm um direito e um dever. Têm o dever de as civilizar. Discurso de Jules Ferry na Câmara dos Deputados, 1885 Raças superiores! Raças inferiores! Por mim rebato totalmente essa ideia […]. Não, não há qualquer direito das nações ditas superiores em relação às nações ditas inferiores. Não tentemos disfarçar a violência sob o nome hipócrita de civilização. Georges Clemenceau, Jornal da Câmara dos Deputados, 1885 DOMINAÇÃO CULTURAL:
  • 35. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) DOMINAÇÃO CULTURAL: Imposição do traje europeuentre as classes dirigentes da China. Imagem de um jornal francês de 1912.
  • 36. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) DOMINAÇÃO CULTURAL: Imposição da ordem colonial. Caricatura de 1899 sobre o recente domínio pelos EUA (representados pelo tio Sam) de Cuba, Porto Rico, Havai e Filipinas.
  • 38. “O imperialismo do final do século XIX foi indubitavelmente “novo”. Foi produto de uma era de concorrência entre economias industrial-capitalistas rivais. Fato novo e intensificado pela pressão em favor da obtenção e da preservação de mercados num período de incertezas econômicas, em suma foi uma era em que tarifas alfandegárias e expansão tornam-se a reivindicação comum ás classes dirigentes.” (E. Hobsbawm,Era dos Impérios,2007) ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO)
  • 39. MELHORE SEUS CONHECIMENTOS... APÓS VER O VIDEO SOBRE O PERÍODO CONHECIDO COMO IMPERIALISMO, RESUMA EM UM BREVE TEXTO O QUE ENTENDEU SOBRE O ASSUNTO.
  • 40. ERA DOS IMPÉRIOS (IMPERIALISMO) O IMPERILISMO LEVARIA A GUERRA TOTAL:  Vários problemas atingiam as principais nações europeias no início do século XX(20).  Alemanha e Itália, por exemplo estavam extremamente descontentes com a partilha da Ásia e da África, ocorridano final do século XIX.  Os conflitos e a ganancia dos países imperialistas levariam eles a declararguerra. TINHA INICIO A I GUERRA MUNDIAL!!!
  • 41. MELHORE SEUS CONHECIMENTOS: VEJA O FILME O GANDHI. E VEJA A LUTA PELA LIBERDADE DA INDIA E A HISTÓRIA DE UM DOS GRANDES PERSONAGENS DA HISTÓRIA HUMANA. LEIA TAMBÉM O LIVRO: A Volta ao Mundo em 80 dias Autor: Julio Verne Coração das Trevas Autor: Joseph Conrad