SlideShare uma empresa Scribd logo
BIOSSEGURANÇABIOSSEGURANÇA
Faculdade de Teologia , Filosofia e Ciências
Humanas Gamaliel - FATEFIG
Centro Cultural e Educacional da Amazônia - CECAM
Graduação em Enfermagem
Disciplina: BIOSSEGURANÇA
Docentes: Benedito Cantão
Acadêmicos:
Erick Bruno
Rosângela Alves
Elizângela Guedes
Soliane Silva;
Erlandi Lea
Marlinda Mattos
GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE
RESÍDUOS DE SERVIÇO DERESÍDUOS DE SERVIÇO DE
SAÚDESAÚDE
A expressão “Lixo Hospitalar”A expressão “Lixo Hospitalar”
deu lugar à “Resíduos dedeu lugar à “Resíduos de
Saúde”. As resoluções daSaúde”. As resoluções da
Agência Nacional deAgência Nacional de
Vigilância Sanitária (ANVISA)Vigilância Sanitária (ANVISA)
e do Conselho Nacional doe do Conselho Nacional do
Meio Ambiente (CONAMA)Meio Ambiente (CONAMA)
dispõem sobre o regulamentodispõem sobre o regulamento
técnico para o gerenciamentotécnico para o gerenciamento
de resíduos de serviços dede resíduos de serviços de
saúde.saúde.
GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE
RESÍDUOS DE SERVIÇO DERESÍDUOS DE SERVIÇO DE
SAÚDESAÚDE
OBJETIVOSOBJETIVOS
- Identificar os RSS.- Identificar os RSS.
- Analisar a disposição dos RSS em instalação- Analisar a disposição dos RSS em instalação
hospitalar.hospitalar.
- Preservar a saúde pública e a qualidade do
meio ambiente considerando os princípios da
biossegurança de empregar medidas técnicas,
administrativas e normativas para prevenir
acidentes, preservando a saúde pública e o
meio ambiente.
GERENCIAMENTO DE RESÍDUOSGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS
DE SERVIÇO DE SAÚDEDE SERVIÇO DE SAÚDE
 São os chamados Resíduos doSão os chamados Resíduos do
Serviço de Saúde (RSS), queServiço de Saúde (RSS), que
contêm ou potencialmentecontêm ou potencialmente
podem conter germespodem conter germes
patogênicos.patogênicos.
GERENCIAMENTO DE RESÍDUOSGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS
DE SERVIÇO DE SAÚDEDE SERVIÇO DE SAÚDE
Estes RSS precisam ser manuseados
com cuidado em razão do risco de provocar
danos à saúde humana e ao meio ambiente.
Ou seja, devem ser separados e
acondicionados corretamente já no ponto de
geração, para, posteriormente, receberem
manejo adequado, coleta e tratamento
essenciais.
GERENCIAMENTO DE RESÍDUOSGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS
DE SERVIÇO DE SAÚDEDE SERVIÇO DE SAÚDE
GERAÇÃOGERAÇÃO
SEGREGAÇÃOSEGREGAÇÃO
CLASSIFICAÇÃOCLASSIFICAÇÃO
ACONDICIONAMENTOACONDICIONAMENTO
COLETACOLETA
TRANSPORTETRANSPORTE
ARMAZENAMENTOARMAZENAMENTO
TRATAMENTOTRATAMENTO
Os
estabelecimentos
prestadores de
serviços de saúde,
são responsáveis
civil, administrativa e
criminalmente pelos
seus resíduos.
Sendo responsáveis
pela:
DISPOSIÇÃO
FINAL
GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE
RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE
GeraçãoGeração
É a produção de RSSÉ a produção de RSS
em estabelecimentosem estabelecimentos
de assistência ade assistência a
saúde humana ousaúde humana ou
animal.animal.
  
GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE
RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE
Identificação e ClassificaçãoIdentificação e Classificação
Consiste no conjunto de medidasConsiste no conjunto de medidas
que permite o reconhecimento dosque permite o reconhecimento dos
resíduos contidos nos sacos eresíduos contidos nos sacos e
recipientes, fornecendo informaçõesrecipientes, fornecendo informações
ao correto manejo dos RSS.ao correto manejo dos RSS.   
  
Identificação eIdentificação e
Classificação dos ResíduosClassificação dos Resíduos
 Grupo “A” – BiológicosGrupo “A” – Biológicos
 Grupo “B” – QuímicosGrupo “B” – Químicos
 Grupo “C” – RadioativosGrupo “C” – Radioativos
 Grupo “D” – ComunsGrupo “D” – Comuns
 Grupo “E” – Perfuro cortantesGrupo “E” – Perfuro cortantes
((Resolução RDC ANVISA nº 306/04)Resolução RDC ANVISA nº 306/04)
Grupo “A” – BiológicosGrupo “A” – Biológicos
Resíduos que apresentam risco àResíduos que apresentam risco à
saúde pública e ao meio ambientesaúde pública e ao meio ambiente
devido à presença de agentesdevido à presença de agentes
biológicos.biológicos.
Classificação dos ResíduosClassificação dos Resíduos
Grupo “B” – Químicos
Classificação dosClassificação dos
ResíduosResíduos
 Resíduos que contém
substâncias químicas que
podem apresentar risco à
saúde pública e ao meio
ambiente devido as suas
características de
inflamabilidade, corrosividade,
reatividade e toxidade.
Grupo “C” – Radioativos
Classificação dosClassificação dos
ResíduosResíduos
 Resíduos que
apresentam risco à saúde
pública e ao meio
ambiente devido as suas
características de
radiações Ionizantes,
radiação cósmica;
radiação natural dos
Grupo “D” – Comuns
Classificação dosClassificação dos
ResíduosResíduos
 São todos os resíduos que não
oferecem qualquer tipo de
perigo à saúde ou ao meio
ambiente, equivalem-se ao lixo
doméstico ou os Resíduo Sólido
Urbanos RSU.
Grupo “E” – Perfuro cortantesGrupo “E” – Perfuro cortantes
São os objetos e instrumentos
contendo cantos, bordas, pontos
ou protuberâncias rígidas e
agudas, capazes de cortar ou
perfurar.
Classificação dosClassificação dos
ResíduosResíduos
Classificação dos ResíduosClassificação dos Resíduos
GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE
RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE
SEGREGAÇÃOSEGREGAÇÃO
Consiste na separaçãoConsiste na separação
dos resíduos no momentodos resíduos no momento
e local de sua geração,e local de sua geração,
de acordo com asde acordo com as
características físicas,características físicas,
químicas, biológicas, oquímicas, biológicas, o
seu estado físico e osseu estado físico e os
riscos envolvidos.riscos envolvidos.   
  
GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE
RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE
ACONDICIONAMENTOACONDICIONAMENTO
Ato de embalar os resíduosAto de embalar os resíduos
segregados, em sacos ousegregados, em sacos ou
recipientes que evitemrecipientes que evitem
vazamentos e resistam às açõesvazamentos e resistam às ações
de punctura e ruptura.de punctura e ruptura.
PLANO DE GERENCIAMENTOPLANO DE GERENCIAMENTO
DE RESÍDUOS DE SAÚDEDE RESÍDUOS DE SAÚDE
COLETA/TRANSPORTE
  Consiste na remoção dos RSS
do abrigo de resíduos
(armazenamento externo) até a
unidade de tratamento ou
disposição final, utilizando-se
técnicas que garantam a
preservação das condições de
acondicionamento e a
integridade dos trabalhadores,
da população e do meio
ambiente, devendo estar de
acordo com as orientações dos
órgãos de limpeza urbana. 
ArmazenamentoArmazenamento
Consiste na guarda temporáriaConsiste na guarda temporária
dos recipientes contendo osdos recipientes contendo os
resíduos já acondicionados, emresíduos já acondicionados, em
local próximo aos pontos delocal próximo aos pontos de
geração, destinados àgeração, destinados à
apresentação para a coletaapresentação para a coleta
externa.externa.
GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE
RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE
Disposição Final
Consiste na disposição deConsiste na disposição de
resíduos no solo, previamenteresíduos no solo, previamente
preparado para recebê-los,preparado para recebê-los,
obedecendo a critérios técnicosobedecendo a critérios técnicos
de construção e operação, e comde construção e operação, e com
licenciamento ambiental delicenciamento ambiental de
acordo com a Resoluçãoacordo com a Resolução
CONAMA 237/97.CONAMA 237/97.
GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE
RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE
Por que se preocupar com RSS ?Por que se preocupar com RSS ?
Estes RSS precisam serEstes RSS precisam ser
manuseados com cuidado emmanuseados com cuidado em
razão do risco de provocar danosrazão do risco de provocar danos
à saúde humana e ao meioà saúde humana e ao meio
ambiente.ambiente.
GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE
RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE
““ O poder de um ser humano nãoO poder de um ser humano não
esta na sua musculatura, mas naesta na sua musculatura, mas na
sua inteligência. Os fracos usamsua inteligência. Os fracos usam
a força, os fortes usama força, os fortes usam
sabedoria.”sabedoria.”
Augusto CuriAugusto Curi
Gerenciamento de rss

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Resíduos sólidos industrias
Resíduos sólidos industriasResíduos sólidos industrias
Resíduos sólidos industrias
Denise Marinho
 
Biossegurança
BiossegurançaBiossegurança
Biossegurança
Patrícia Tuneli
 
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Fonte Medicina Diagnóstica
 
Folheto - Gestão de resíduos hospitalares
Folheto - Gestão de resíduos hospitalares  Folheto - Gestão de resíduos hospitalares
Folheto - Gestão de resíduos hospitalares
Pedro Alves
 
Gerenciamento de resíduos biológicos
Gerenciamento de resíduos biológicosGerenciamento de resíduos biológicos
Gerenciamento de resíduos biológicos
Ricardo Alanís
 
PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira
PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira
PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira
GABRIELA ELISE
 
Seminário final - Resíduos - Semana do Meio Ambiente
Seminário final - Resíduos - Semana do Meio AmbienteSeminário final - Resíduos - Semana do Meio Ambiente
Seminário final - Resíduos - Semana do Meio Ambiente
Mardelene Gomes
 
Aula residuos de serviços da saúde
Aula   residuos de serviços da saúdeAula   residuos de serviços da saúde
Aula residuos de serviços da saúde
santhdalcin
 
Lixo Comum e Descarte do Lixo Hospitalar
Lixo Comum e Descarte do Lixo HospitalarLixo Comum e Descarte do Lixo Hospitalar
Lixo Comum e Descarte do Lixo Hospitalar
tammygerbasi
 
Lixo Hospitalar
Lixo HospitalarLixo Hospitalar
Lixo Hospitalar
ANDRÉA FERREIRA
 
Aula 3 gerenciamento
Aula 3 gerenciamentoAula 3 gerenciamento
Aula 3 gerenciamento
Giovanna Ortiz
 
Biossegurança nas ações de saúde
Biossegurança nas ações de saúdeBiossegurança nas ações de saúde
Biossegurança nas ações de saúde
Wheverton Teixeira
 
LATEC -UFF. PALESTRA - GESTÃO DE RESÍDUOS HOSPITALARES
LATEC -UFF. PALESTRA - GESTÃO DE RESÍDUOS HOSPITALARESLATEC -UFF. PALESTRA - GESTÃO DE RESÍDUOS HOSPITALARES
LATEC -UFF. PALESTRA - GESTÃO DE RESÍDUOS HOSPITALARES
LATEC - UFF
 
Biossegurança parte 1
Biossegurança parte 1Biossegurança parte 1
Biossegurança parte 1
clinicansl
 
Acidente hospitalar - Enfermagem
Acidente hospitalar -  EnfermagemAcidente hospitalar -  Enfermagem
Acidente hospitalar - Enfermagem
Tatiana Cavalcante
 
Cadeia de infecção e controle de infecção
Cadeia de infecção e controle de infecção Cadeia de infecção e controle de infecção
Cadeia de infecção e controle de infecção
Mariana Remiro
 
Poluição Ambiental - Tema Lixo Hospitalar
Poluição  Ambiental - Tema Lixo HospitalarPoluição  Ambiental - Tema Lixo Hospitalar
Poluição Ambiental - Tema Lixo Hospitalar
Lukas Lima
 
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalarPrecauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Grupo Ivan Ervilha
 
Gerenciamento de resíduos
Gerenciamento de resíduosGerenciamento de resíduos
Gerenciamento de resíduos
Julia Martins Ulhoa
 
Slides nr-32-seguranca-e-saude-no-trabalho-em-servicos-de-saude
Slides nr-32-seguranca-e-saude-no-trabalho-em-servicos-de-saudeSlides nr-32-seguranca-e-saude-no-trabalho-em-servicos-de-saude
Slides nr-32-seguranca-e-saude-no-trabalho-em-servicos-de-saude
Veras Reis Reis
 

Mais procurados (20)

Resíduos sólidos industrias
Resíduos sólidos industriasResíduos sólidos industrias
Resíduos sólidos industrias
 
Biossegurança
BiossegurançaBiossegurança
Biossegurança
 
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
 
Folheto - Gestão de resíduos hospitalares
Folheto - Gestão de resíduos hospitalares  Folheto - Gestão de resíduos hospitalares
Folheto - Gestão de resíduos hospitalares
 
Gerenciamento de resíduos biológicos
Gerenciamento de resíduos biológicosGerenciamento de resíduos biológicos
Gerenciamento de resíduos biológicos
 
PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira
PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira
PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira
 
Seminário final - Resíduos - Semana do Meio Ambiente
Seminário final - Resíduos - Semana do Meio AmbienteSeminário final - Resíduos - Semana do Meio Ambiente
Seminário final - Resíduos - Semana do Meio Ambiente
 
Aula residuos de serviços da saúde
Aula   residuos de serviços da saúdeAula   residuos de serviços da saúde
Aula residuos de serviços da saúde
 
Lixo Comum e Descarte do Lixo Hospitalar
Lixo Comum e Descarte do Lixo HospitalarLixo Comum e Descarte do Lixo Hospitalar
Lixo Comum e Descarte do Lixo Hospitalar
 
Lixo Hospitalar
Lixo HospitalarLixo Hospitalar
Lixo Hospitalar
 
Aula 3 gerenciamento
Aula 3 gerenciamentoAula 3 gerenciamento
Aula 3 gerenciamento
 
Biossegurança nas ações de saúde
Biossegurança nas ações de saúdeBiossegurança nas ações de saúde
Biossegurança nas ações de saúde
 
LATEC -UFF. PALESTRA - GESTÃO DE RESÍDUOS HOSPITALARES
LATEC -UFF. PALESTRA - GESTÃO DE RESÍDUOS HOSPITALARESLATEC -UFF. PALESTRA - GESTÃO DE RESÍDUOS HOSPITALARES
LATEC -UFF. PALESTRA - GESTÃO DE RESÍDUOS HOSPITALARES
 
Biossegurança parte 1
Biossegurança parte 1Biossegurança parte 1
Biossegurança parte 1
 
Acidente hospitalar - Enfermagem
Acidente hospitalar -  EnfermagemAcidente hospitalar -  Enfermagem
Acidente hospitalar - Enfermagem
 
Cadeia de infecção e controle de infecção
Cadeia de infecção e controle de infecção Cadeia de infecção e controle de infecção
Cadeia de infecção e controle de infecção
 
Poluição Ambiental - Tema Lixo Hospitalar
Poluição  Ambiental - Tema Lixo HospitalarPoluição  Ambiental - Tema Lixo Hospitalar
Poluição Ambiental - Tema Lixo Hospitalar
 
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalarPrecauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
Precauções para prevenção de transmissão de agentes infecciosos intra-hospitalar
 
Gerenciamento de resíduos
Gerenciamento de resíduosGerenciamento de resíduos
Gerenciamento de resíduos
 
Slides nr-32-seguranca-e-saude-no-trabalho-em-servicos-de-saude
Slides nr-32-seguranca-e-saude-no-trabalho-em-servicos-de-saudeSlides nr-32-seguranca-e-saude-no-trabalho-em-servicos-de-saude
Slides nr-32-seguranca-e-saude-no-trabalho-em-servicos-de-saude
 

Semelhante a Gerenciamento de rss

ARTRITIS
ARTRITISARTRITIS
ARTRITIS
Giullia_10
 
Residuosdos servicosdesaude ebserh-see_15052014
Residuosdos servicosdesaude ebserh-see_15052014Residuosdos servicosdesaude ebserh-see_15052014
Residuosdos servicosdesaude ebserh-see_15052014
DanieladaGraadeOlive
 
Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.
Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.
Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.
Samira Rahaamid Paz
 
Cartilha pgrssa
Cartilha pgrssaCartilha pgrssa
Cartilha pgrssa
Raquel Braga
 
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUO DE SERVIÇOS DE SAÚDE
PROGRAMA  DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUO DE SERVIÇOS DE SAÚDEPROGRAMA  DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUO DE SERVIÇOS DE SAÚDE
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUO DE SERVIÇOS DE SAÚDE
Centro de Referência e Treinamento em DST/Aids
 
AULA 13.pptx
AULA 13.pptxAULA 13.pptx
AULA 13.pptx
VanessaPereira757054
 
BIOSSEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS.pdf
BIOSSEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS.pdfBIOSSEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS.pdf
BIOSSEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS.pdf
BRENORIBEIRO49
 
gerenciamento dos residuos dos serviços de saude
gerenciamento dos residuos dos serviços de saudegerenciamento dos residuos dos serviços de saude
gerenciamento dos residuos dos serviços de saude
sarabarbosa97
 
Folder de residuos de lixo hospitalar
Folder de residuos de lixo hospitalarFolder de residuos de lixo hospitalar
Folder de residuos de lixo hospitalar
ecologiaurbanacwb
 
Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01
Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01
Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01
NayaraOliver
 
Trab de biologia e saude
Trab de biologia e saudeTrab de biologia e saude
Trab de biologia e saude
Maria Menezes
 
Programa de Gerenciamento de Residuos de Saude - PGRSS
Programa de Gerenciamento de Residuos de Saude - PGRSSPrograma de Gerenciamento de Residuos de Saude - PGRSS
Programa de Gerenciamento de Residuos de Saude - PGRSS
Grazy Schneider
 
Resíduos hospitalares
Resíduos hospitalaresResíduos hospitalares
Resíduos hospitalares
william vilhena
 
Treinamento Sol PGRSS.ppt
Treinamento Sol PGRSS.pptTreinamento Sol PGRSS.ppt
Treinamento Sol PGRSS.ppt
CCIHCredeq
 
Apresentação5
Apresentação5Apresentação5
Gereciamento de residuos na area de saude grupo ii
Gereciamento de residuos na area de saude grupo iiGereciamento de residuos na area de saude grupo ii
Gereciamento de residuos na area de saude grupo ii
Tatiane Silva
 
Biossegurança gerenciamento de residuos 1.pdf
Biossegurança gerenciamento de residuos 1.pdfBiossegurança gerenciamento de residuos 1.pdf
Biossegurança gerenciamento de residuos 1.pdf
potgasAce
 
IFAM - SEDF12 - GESTÃO AMBIENTAL, GRUPO III: Gestão de Resíduos Hospitalares
IFAM - SEDF12 - GESTÃO AMBIENTAL, GRUPO III: Gestão de Resíduos HospitalaresIFAM - SEDF12 - GESTÃO AMBIENTAL, GRUPO III: Gestão de Resíduos Hospitalares
IFAM - SEDF12 - GESTÃO AMBIENTAL, GRUPO III: Gestão de Resíduos Hospitalares
Gabriel Almeida
 
A Influência da Gestão Ambiental na Segurança do Trabalho.ppt
A Influência da Gestão Ambiental na Segurança do Trabalho.pptA Influência da Gestão Ambiental na Segurança do Trabalho.ppt
A Influência da Gestão Ambiental na Segurança do Trabalho.ppt
FabioBellucio1
 
A Influência Da Gestão Ambiental Na Segurança Do Trabalho.ppt
A Influência Da Gestão Ambiental Na Segurança Do Trabalho.pptA Influência Da Gestão Ambiental Na Segurança Do Trabalho.ppt
A Influência Da Gestão Ambiental Na Segurança Do Trabalho.ppt
JulyanaPassos1
 

Semelhante a Gerenciamento de rss (20)

ARTRITIS
ARTRITISARTRITIS
ARTRITIS
 
Residuosdos servicosdesaude ebserh-see_15052014
Residuosdos servicosdesaude ebserh-see_15052014Residuosdos servicosdesaude ebserh-see_15052014
Residuosdos servicosdesaude ebserh-see_15052014
 
Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.
Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.
Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.
 
Cartilha pgrssa
Cartilha pgrssaCartilha pgrssa
Cartilha pgrssa
 
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUO DE SERVIÇOS DE SAÚDE
PROGRAMA  DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUO DE SERVIÇOS DE SAÚDEPROGRAMA  DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUO DE SERVIÇOS DE SAÚDE
PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUO DE SERVIÇOS DE SAÚDE
 
AULA 13.pptx
AULA 13.pptxAULA 13.pptx
AULA 13.pptx
 
BIOSSEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS.pdf
BIOSSEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS.pdfBIOSSEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS.pdf
BIOSSEGURANÇA E GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS.pdf
 
gerenciamento dos residuos dos serviços de saude
gerenciamento dos residuos dos serviços de saudegerenciamento dos residuos dos serviços de saude
gerenciamento dos residuos dos serviços de saude
 
Folder de residuos de lixo hospitalar
Folder de residuos de lixo hospitalarFolder de residuos de lixo hospitalar
Folder de residuos de lixo hospitalar
 
Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01
Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01
Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01
 
Trab de biologia e saude
Trab de biologia e saudeTrab de biologia e saude
Trab de biologia e saude
 
Programa de Gerenciamento de Residuos de Saude - PGRSS
Programa de Gerenciamento de Residuos de Saude - PGRSSPrograma de Gerenciamento de Residuos de Saude - PGRSS
Programa de Gerenciamento de Residuos de Saude - PGRSS
 
Resíduos hospitalares
Resíduos hospitalaresResíduos hospitalares
Resíduos hospitalares
 
Treinamento Sol PGRSS.ppt
Treinamento Sol PGRSS.pptTreinamento Sol PGRSS.ppt
Treinamento Sol PGRSS.ppt
 
Apresentação5
Apresentação5Apresentação5
Apresentação5
 
Gereciamento de residuos na area de saude grupo ii
Gereciamento de residuos na area de saude grupo iiGereciamento de residuos na area de saude grupo ii
Gereciamento de residuos na area de saude grupo ii
 
Biossegurança gerenciamento de residuos 1.pdf
Biossegurança gerenciamento de residuos 1.pdfBiossegurança gerenciamento de residuos 1.pdf
Biossegurança gerenciamento de residuos 1.pdf
 
IFAM - SEDF12 - GESTÃO AMBIENTAL, GRUPO III: Gestão de Resíduos Hospitalares
IFAM - SEDF12 - GESTÃO AMBIENTAL, GRUPO III: Gestão de Resíduos HospitalaresIFAM - SEDF12 - GESTÃO AMBIENTAL, GRUPO III: Gestão de Resíduos Hospitalares
IFAM - SEDF12 - GESTÃO AMBIENTAL, GRUPO III: Gestão de Resíduos Hospitalares
 
A Influência da Gestão Ambiental na Segurança do Trabalho.ppt
A Influência da Gestão Ambiental na Segurança do Trabalho.pptA Influência da Gestão Ambiental na Segurança do Trabalho.ppt
A Influência da Gestão Ambiental na Segurança do Trabalho.ppt
 
A Influência Da Gestão Ambiental Na Segurança Do Trabalho.ppt
A Influência Da Gestão Ambiental Na Segurança Do Trabalho.pptA Influência Da Gestão Ambiental Na Segurança Do Trabalho.ppt
A Influência Da Gestão Ambiental Na Segurança Do Trabalho.ppt
 

Último

2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 

Gerenciamento de rss

  • 1. BIOSSEGURANÇABIOSSEGURANÇA Faculdade de Teologia , Filosofia e Ciências Humanas Gamaliel - FATEFIG Centro Cultural e Educacional da Amazônia - CECAM Graduação em Enfermagem Disciplina: BIOSSEGURANÇA Docentes: Benedito Cantão Acadêmicos: Erick Bruno Rosângela Alves Elizângela Guedes Soliane Silva; Erlandi Lea Marlinda Mattos
  • 2. GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇO DERESÍDUOS DE SERVIÇO DE SAÚDESAÚDE A expressão “Lixo Hospitalar”A expressão “Lixo Hospitalar” deu lugar à “Resíduos dedeu lugar à “Resíduos de Saúde”. As resoluções daSaúde”. As resoluções da Agência Nacional deAgência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)Vigilância Sanitária (ANVISA) e do Conselho Nacional doe do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA)Meio Ambiente (CONAMA) dispõem sobre o regulamentodispõem sobre o regulamento técnico para o gerenciamentotécnico para o gerenciamento de resíduos de serviços dede resíduos de serviços de saúde.saúde.
  • 3. GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇO DERESÍDUOS DE SERVIÇO DE SAÚDESAÚDE OBJETIVOSOBJETIVOS - Identificar os RSS.- Identificar os RSS. - Analisar a disposição dos RSS em instalação- Analisar a disposição dos RSS em instalação hospitalar.hospitalar. - Preservar a saúde pública e a qualidade do meio ambiente considerando os princípios da biossegurança de empregar medidas técnicas, administrativas e normativas para prevenir acidentes, preservando a saúde pública e o meio ambiente.
  • 4. GERENCIAMENTO DE RESÍDUOSGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇO DE SAÚDEDE SERVIÇO DE SAÚDE  São os chamados Resíduos doSão os chamados Resíduos do Serviço de Saúde (RSS), queServiço de Saúde (RSS), que contêm ou potencialmentecontêm ou potencialmente podem conter germespodem conter germes patogênicos.patogênicos.
  • 5. GERENCIAMENTO DE RESÍDUOSGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇO DE SAÚDEDE SERVIÇO DE SAÚDE Estes RSS precisam ser manuseados com cuidado em razão do risco de provocar danos à saúde humana e ao meio ambiente. Ou seja, devem ser separados e acondicionados corretamente já no ponto de geração, para, posteriormente, receberem manejo adequado, coleta e tratamento essenciais.
  • 6. GERENCIAMENTO DE RESÍDUOSGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SERVIÇO DE SAÚDEDE SERVIÇO DE SAÚDE GERAÇÃOGERAÇÃO SEGREGAÇÃOSEGREGAÇÃO CLASSIFICAÇÃOCLASSIFICAÇÃO ACONDICIONAMENTOACONDICIONAMENTO COLETACOLETA TRANSPORTETRANSPORTE ARMAZENAMENTOARMAZENAMENTO TRATAMENTOTRATAMENTO Os estabelecimentos prestadores de serviços de saúde, são responsáveis civil, administrativa e criminalmente pelos seus resíduos. Sendo responsáveis pela: DISPOSIÇÃO FINAL
  • 7. GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE GeraçãoGeração É a produção de RSSÉ a produção de RSS em estabelecimentosem estabelecimentos de assistência ade assistência a saúde humana ousaúde humana ou animal.animal.   
  • 8. GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE Identificação e ClassificaçãoIdentificação e Classificação Consiste no conjunto de medidasConsiste no conjunto de medidas que permite o reconhecimento dosque permite o reconhecimento dos resíduos contidos nos sacos eresíduos contidos nos sacos e recipientes, fornecendo informaçõesrecipientes, fornecendo informações ao correto manejo dos RSS.ao correto manejo dos RSS.      
  • 9. Identificação eIdentificação e Classificação dos ResíduosClassificação dos Resíduos  Grupo “A” – BiológicosGrupo “A” – Biológicos  Grupo “B” – QuímicosGrupo “B” – Químicos  Grupo “C” – RadioativosGrupo “C” – Radioativos  Grupo “D” – ComunsGrupo “D” – Comuns  Grupo “E” – Perfuro cortantesGrupo “E” – Perfuro cortantes ((Resolução RDC ANVISA nº 306/04)Resolução RDC ANVISA nº 306/04)
  • 10. Grupo “A” – BiológicosGrupo “A” – Biológicos Resíduos que apresentam risco àResíduos que apresentam risco à saúde pública e ao meio ambientesaúde pública e ao meio ambiente devido à presença de agentesdevido à presença de agentes biológicos.biológicos. Classificação dos ResíduosClassificação dos Resíduos
  • 11. Grupo “B” – Químicos Classificação dosClassificação dos ResíduosResíduos  Resíduos que contém substâncias químicas que podem apresentar risco à saúde pública e ao meio ambiente devido as suas características de inflamabilidade, corrosividade, reatividade e toxidade.
  • 12. Grupo “C” – Radioativos Classificação dosClassificação dos ResíduosResíduos  Resíduos que apresentam risco à saúde pública e ao meio ambiente devido as suas características de radiações Ionizantes, radiação cósmica; radiação natural dos
  • 13. Grupo “D” – Comuns Classificação dosClassificação dos ResíduosResíduos  São todos os resíduos que não oferecem qualquer tipo de perigo à saúde ou ao meio ambiente, equivalem-se ao lixo doméstico ou os Resíduo Sólido Urbanos RSU.
  • 14. Grupo “E” – Perfuro cortantesGrupo “E” – Perfuro cortantes São os objetos e instrumentos contendo cantos, bordas, pontos ou protuberâncias rígidas e agudas, capazes de cortar ou perfurar. Classificação dosClassificação dos ResíduosResíduos
  • 16. GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE SEGREGAÇÃOSEGREGAÇÃO Consiste na separaçãoConsiste na separação dos resíduos no momentodos resíduos no momento e local de sua geração,e local de sua geração, de acordo com asde acordo com as características físicas,características físicas, químicas, biológicas, oquímicas, biológicas, o seu estado físico e osseu estado físico e os riscos envolvidos.riscos envolvidos.      
  • 17. GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE ACONDICIONAMENTOACONDICIONAMENTO Ato de embalar os resíduosAto de embalar os resíduos segregados, em sacos ousegregados, em sacos ou recipientes que evitemrecipientes que evitem vazamentos e resistam às açõesvazamentos e resistam às ações de punctura e ruptura.de punctura e ruptura.
  • 18. PLANO DE GERENCIAMENTOPLANO DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SAÚDEDE RESÍDUOS DE SAÚDE COLETA/TRANSPORTE   Consiste na remoção dos RSS do abrigo de resíduos (armazenamento externo) até a unidade de tratamento ou disposição final, utilizando-se técnicas que garantam a preservação das condições de acondicionamento e a integridade dos trabalhadores, da população e do meio ambiente, devendo estar de acordo com as orientações dos órgãos de limpeza urbana. 
  • 19. ArmazenamentoArmazenamento Consiste na guarda temporáriaConsiste na guarda temporária dos recipientes contendo osdos recipientes contendo os resíduos já acondicionados, emresíduos já acondicionados, em local próximo aos pontos delocal próximo aos pontos de geração, destinados àgeração, destinados à apresentação para a coletaapresentação para a coleta externa.externa. GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE
  • 20. Disposição Final Consiste na disposição deConsiste na disposição de resíduos no solo, previamenteresíduos no solo, previamente preparado para recebê-los,preparado para recebê-los, obedecendo a critérios técnicosobedecendo a critérios técnicos de construção e operação, e comde construção e operação, e com licenciamento ambiental delicenciamento ambiental de acordo com a Resoluçãoacordo com a Resolução CONAMA 237/97.CONAMA 237/97. GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE
  • 21. Por que se preocupar com RSS ?Por que se preocupar com RSS ? Estes RSS precisam serEstes RSS precisam ser manuseados com cuidado emmanuseados com cuidado em razão do risco de provocar danosrazão do risco de provocar danos à saúde humana e ao meioà saúde humana e ao meio ambiente.ambiente. GERENCIAMENTO DEGERENCIAMENTO DE RESÍDUOS DE SAÚDERESÍDUOS DE SAÚDE
  • 22. ““ O poder de um ser humano nãoO poder de um ser humano não esta na sua musculatura, mas naesta na sua musculatura, mas na sua inteligência. Os fracos usamsua inteligência. Os fracos usam a força, os fortes usama força, os fortes usam sabedoria.”sabedoria.” Augusto CuriAugusto Curi