SlideShare uma empresa Scribd logo
Gestão de
resíduos num
hospital
Pedro Alves nº13
Renata Nogueira nº14 TAS 3
Uma gestão integrada de
resíduos hospitalares
garante a minimização do
risco humano e ambiental
associado.
Escola Secundária São Pedro da Cova
Resíduos resultantes de atividades de
prestação de cuidados de saúde a seres
humanos ou a animais, nas áreas da pre-
venção, diagnóstico, tratamento, reabili-
tação ou investigação e ensino, bem como
de outras atividades envolvendo procedi-
mentos
Os resíduos produzidos em unidades de
prestação de cuidados de saúde públicas
ou privadas, incluindo os cuidados domi-
ciliários, podem constituir um importan-
te problema ambiental e de saúde públi-
ca.
Classificação dos Resíduos Hospitalares Operações de Eliminação
Grupos I e II
Aterro, Incineração
Grupo III
Autoclavagem, Desinfecção Química,
Micro-Ondas, Incineração
Grupo IV
Incineração
Grupo I e II – resíduos equiparados a urba-
nos – aqueles que não apresentam exigências
especiais no seu tratamento. Integram-se neste
grupo:
 Resíduos provenientes de serviços gerais
(gabinetes, salas de reunião, salas de con-
vívio, instalações sanitárias, vestiários,
etc);
Grupo III – resíduos hospitalares de risco bioló-
gico – resíduos contaminados ou suspeitos de conta-
minação, suscetíveis de incineração ou de outro pré-
tratamento eficaz, permitindo posterior eliminação
como resíduo urbano. Inserem-se neste grupo:
 Material ortopédico: talas, gessos e ligaduras
gessadas contaminados ou com vestígios de
sangue; material de prótese retirado a doen-
tes;
Grupo IV – resíduos hospitalares específicos –
resíduos de vários tipos, de incineração obrigatória.
Integram-se neste grupo:
 Peças anatómicas identificáveis, fetos e pla-
centas, até publicação de legislação específica;
O que são resíduos hospitalares ?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Limpeza e higienização hospitalar
Limpeza e higienização hospitalarLimpeza e higienização hospitalar
Limpeza e higienização hospitalar
B&R Consultoria Empresarial
 
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Fonte Medicina Diagnóstica
 
Aula Central de material Esterilizado
Aula Central de material EsterilizadoAula Central de material Esterilizado
Aula Central de material Esterilizado
Conceição Quirino
 
PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira
PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira
PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira
GABRIELA ELISE
 
Central de Material e esterelização
 Central de Material e esterelização Central de Material e esterelização
Central de Material e esterelização
Gilson Betta Sevilha
 
PGRSS Plano de gerenciamento de resíduos dos serviços de saúde
PGRSS   Plano de gerenciamento de resíduos dos serviços de saúdePGRSS   Plano de gerenciamento de resíduos dos serviços de saúde
PGRSS Plano de gerenciamento de resíduos dos serviços de saúde
Rebeca Purcino
 
Higiene e profilaxia
Higiene e profilaxiaHigiene e profilaxia
Higiene e profilaxia
Soraya Lima
 
Biossegurança
BiossegurançaBiossegurança
Biossegurança
Janaína Lassala
 
Aula 01 (4)
Aula 01 (4)Aula 01 (4)
Aula 01 (4)
Nadja Martins
 
Isolamento
IsolamentoIsolamento
Isolamento
Rodrigo Abreu
 
Higiene hospitalar ieda
Higiene  hospitalar iedaHigiene  hospitalar ieda
Higiene hospitalar ieda
Ieda Noronha
 
Treinamento de CME
Treinamento de CMETreinamento de CME
Treinamento de CME
Gilson Betta Sevilha
 
Poluição Ambiental - Tema Lixo Hospitalar
Poluição  Ambiental - Tema Lixo HospitalarPoluição  Ambiental - Tema Lixo Hospitalar
Poluição Ambiental - Tema Lixo Hospitalar
Lukas Lima
 
Gerenciamento de resíduos
Gerenciamento de resíduosGerenciamento de resíduos
Gerenciamento de resíduos
Julia Martins Ulhoa
 
Aula de Artigos críticos, semi críticos e não críticos
Aula de Artigos críticos, semi críticos e não críticosAula de Artigos críticos, semi críticos e não críticos
Aula de Artigos críticos, semi críticos e não críticos
SMS - Petrópolis
 
Vigilância Sanitária
Vigilância SanitáriaVigilância Sanitária
Vigilância Sanitária
Ghiordanno Bruno
 
Aula esterilizacao
Aula esterilizacaoAula esterilizacao
Aula esterilizacao
Mario Santos Aguiar
 
Aula biossegurança
Aula biossegurançaAula biossegurança
Aula biossegurança
Renatbar
 
Aula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergênciaAula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergência
Ricardo Augusto
 
Perfurocortantes
PerfurocortantesPerfurocortantes
Perfurocortantes
Larissa Cardoso
 

Mais procurados (20)

Limpeza e higienização hospitalar
Limpeza e higienização hospitalarLimpeza e higienização hospitalar
Limpeza e higienização hospitalar
 
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
Plano de Gerenciamento de Resíduos de Saúde.
 
Aula Central de material Esterilizado
Aula Central de material EsterilizadoAula Central de material Esterilizado
Aula Central de material Esterilizado
 
PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira
PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira
PGRSS - PLANO DE GERENCIAMENTO DE RESIDUOS - Gabriela Elise / Enfermeira
 
Central de Material e esterelização
 Central de Material e esterelização Central de Material e esterelização
Central de Material e esterelização
 
PGRSS Plano de gerenciamento de resíduos dos serviços de saúde
PGRSS   Plano de gerenciamento de resíduos dos serviços de saúdePGRSS   Plano de gerenciamento de resíduos dos serviços de saúde
PGRSS Plano de gerenciamento de resíduos dos serviços de saúde
 
Higiene e profilaxia
Higiene e profilaxiaHigiene e profilaxia
Higiene e profilaxia
 
Biossegurança
BiossegurançaBiossegurança
Biossegurança
 
Aula 01 (4)
Aula 01 (4)Aula 01 (4)
Aula 01 (4)
 
Isolamento
IsolamentoIsolamento
Isolamento
 
Higiene hospitalar ieda
Higiene  hospitalar iedaHigiene  hospitalar ieda
Higiene hospitalar ieda
 
Treinamento de CME
Treinamento de CMETreinamento de CME
Treinamento de CME
 
Poluição Ambiental - Tema Lixo Hospitalar
Poluição  Ambiental - Tema Lixo HospitalarPoluição  Ambiental - Tema Lixo Hospitalar
Poluição Ambiental - Tema Lixo Hospitalar
 
Gerenciamento de resíduos
Gerenciamento de resíduosGerenciamento de resíduos
Gerenciamento de resíduos
 
Aula de Artigos críticos, semi críticos e não críticos
Aula de Artigos críticos, semi críticos e não críticosAula de Artigos críticos, semi críticos e não críticos
Aula de Artigos críticos, semi críticos e não críticos
 
Vigilância Sanitária
Vigilância SanitáriaVigilância Sanitária
Vigilância Sanitária
 
Aula esterilizacao
Aula esterilizacaoAula esterilizacao
Aula esterilizacao
 
Aula biossegurança
Aula biossegurançaAula biossegurança
Aula biossegurança
 
Aula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergênciaAula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergência
 
Perfurocortantes
PerfurocortantesPerfurocortantes
Perfurocortantes
 

Semelhante a Folheto - Gestão de resíduos hospitalares

Biossegurança gerenciamento de residuos 1.pdf
Biossegurança gerenciamento de residuos 1.pdfBiossegurança gerenciamento de residuos 1.pdf
Biossegurança gerenciamento de residuos 1.pdf
potgasAce
 
Avaliação da saúde ocupacional dos garis de hidrolândia
Avaliação da saúde ocupacional dos garis de hidrolândiaAvaliação da saúde ocupacional dos garis de hidrolândia
Avaliação da saúde ocupacional dos garis de hidrolândia
Cosmo Palasio
 
Gerenciamento dos resíduos de serviço de saúde em pinheiro
Gerenciamento dos resíduos de serviço de saúde em pinheiroGerenciamento dos resíduos de serviço de saúde em pinheiro
Gerenciamento dos resíduos de serviço de saúde em pinheiro
brenda diniz ferreira
 
Trab de biologia e saude
Trab de biologia e saudeTrab de biologia e saude
Trab de biologia e saude
Maria Menezes
 
Aula 1. simbologia definições rotulagem
Aula 1. simbologia definições rotulagemAula 1. simbologia definições rotulagem
Aula 1. simbologia definições rotulagem
Luiz Gonçalves Mendes Jr
 
Docslide.com.br aula 1-simbologia-definicoes-rotulagem
Docslide.com.br aula 1-simbologia-definicoes-rotulagemDocslide.com.br aula 1-simbologia-definicoes-rotulagem
Docslide.com.br aula 1-simbologia-definicoes-rotulagem
Paula Rocha
 
10 lixo hospitalar[1]
10 lixo hospitalar[1]10 lixo hospitalar[1]
10 lixo hospitalar[1]
Renatbar
 
Os diferentes tipos de resíduos
Os diferentes tipos de resíduosOs diferentes tipos de resíduos
Os diferentes tipos de resíduos
Raúl Freitas
 
Lixo Comum e Descarte do Lixo Hospitalar
Lixo Comum e Descarte do Lixo HospitalarLixo Comum e Descarte do Lixo Hospitalar
Lixo Comum e Descarte do Lixo Hospitalar
tammygerbasi
 
Cartilha pgrssa
Cartilha pgrssaCartilha pgrssa
Cartilha pgrssa
Raquel Braga
 
Programa de gerenciamento de resíduos em serviço De saúde.
Programa de gerenciamento de resíduos em serviço De saúde.Programa de gerenciamento de resíduos em serviço De saúde.
Programa de gerenciamento de resíduos em serviço De saúde.
Luciane Santana
 
Folder de residuos de lixo hospitalar
Folder de residuos de lixo hospitalarFolder de residuos de lixo hospitalar
Folder de residuos de lixo hospitalar
ecologiaurbanacwb
 
LATEC - UFF. PALESTRA - RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE.
LATEC - UFF. PALESTRA - RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE.LATEC - UFF. PALESTRA - RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE.
LATEC - UFF. PALESTRA - RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE.
LATEC - UFF
 
Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01
Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01
Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01
NayaraOliver
 
Seminario residuos rejeitos apresentação power point
Seminario residuos rejeitos apresentação power pointSeminario residuos rejeitos apresentação power point
Seminario residuos rejeitos apresentação power point
Leandro Tomé
 
Gereciamento de residuos na area de saude grupo ii
Gereciamento de residuos na area de saude grupo iiGereciamento de residuos na area de saude grupo ii
Gereciamento de residuos na area de saude grupo ii
Tatiane Silva
 
Resíduos sólidos urbanos e de saúde e o gerenciamento dos resíduos e serviços...
Resíduos sólidos urbanos e de saúde e o gerenciamento dos resíduos e serviços...Resíduos sólidos urbanos e de saúde e o gerenciamento dos resíduos e serviços...
Resíduos sólidos urbanos e de saúde e o gerenciamento dos resíduos e serviços...
Aeb
 
Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.
Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.
Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.
Samira Rahaamid Paz
 
Links e Textos - Sustentabilidade Hospitalar
Links e Textos  - Sustentabilidade HospitalarLinks e Textos  - Sustentabilidade Hospitalar
Links e Textos - Sustentabilidade Hospitalar
Nathália Camargo
 
Resíduos de serviço de saúde e lixo hospitalar.pptx
Resíduos de serviço de saúde e lixo hospitalar.pptxResíduos de serviço de saúde e lixo hospitalar.pptx
Resíduos de serviço de saúde e lixo hospitalar.pptx
RaquelOlimpio1
 

Semelhante a Folheto - Gestão de resíduos hospitalares (20)

Biossegurança gerenciamento de residuos 1.pdf
Biossegurança gerenciamento de residuos 1.pdfBiossegurança gerenciamento de residuos 1.pdf
Biossegurança gerenciamento de residuos 1.pdf
 
Avaliação da saúde ocupacional dos garis de hidrolândia
Avaliação da saúde ocupacional dos garis de hidrolândiaAvaliação da saúde ocupacional dos garis de hidrolândia
Avaliação da saúde ocupacional dos garis de hidrolândia
 
Gerenciamento dos resíduos de serviço de saúde em pinheiro
Gerenciamento dos resíduos de serviço de saúde em pinheiroGerenciamento dos resíduos de serviço de saúde em pinheiro
Gerenciamento dos resíduos de serviço de saúde em pinheiro
 
Trab de biologia e saude
Trab de biologia e saudeTrab de biologia e saude
Trab de biologia e saude
 
Aula 1. simbologia definições rotulagem
Aula 1. simbologia definições rotulagemAula 1. simbologia definições rotulagem
Aula 1. simbologia definições rotulagem
 
Docslide.com.br aula 1-simbologia-definicoes-rotulagem
Docslide.com.br aula 1-simbologia-definicoes-rotulagemDocslide.com.br aula 1-simbologia-definicoes-rotulagem
Docslide.com.br aula 1-simbologia-definicoes-rotulagem
 
10 lixo hospitalar[1]
10 lixo hospitalar[1]10 lixo hospitalar[1]
10 lixo hospitalar[1]
 
Os diferentes tipos de resíduos
Os diferentes tipos de resíduosOs diferentes tipos de resíduos
Os diferentes tipos de resíduos
 
Lixo Comum e Descarte do Lixo Hospitalar
Lixo Comum e Descarte do Lixo HospitalarLixo Comum e Descarte do Lixo Hospitalar
Lixo Comum e Descarte do Lixo Hospitalar
 
Cartilha pgrssa
Cartilha pgrssaCartilha pgrssa
Cartilha pgrssa
 
Programa de gerenciamento de resíduos em serviço De saúde.
Programa de gerenciamento de resíduos em serviço De saúde.Programa de gerenciamento de resíduos em serviço De saúde.
Programa de gerenciamento de resíduos em serviço De saúde.
 
Folder de residuos de lixo hospitalar
Folder de residuos de lixo hospitalarFolder de residuos de lixo hospitalar
Folder de residuos de lixo hospitalar
 
LATEC - UFF. PALESTRA - RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE.
LATEC - UFF. PALESTRA - RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE.LATEC - UFF. PALESTRA - RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE.
LATEC - UFF. PALESTRA - RESÍDUOS DE SERVIÇOS DA SAÚDE.
 
Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01
Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01
Aula residuosdeserviosdasade2-110528110549-phpapp01
 
Seminario residuos rejeitos apresentação power point
Seminario residuos rejeitos apresentação power pointSeminario residuos rejeitos apresentação power point
Seminario residuos rejeitos apresentação power point
 
Gereciamento de residuos na area de saude grupo ii
Gereciamento de residuos na area de saude grupo iiGereciamento de residuos na area de saude grupo ii
Gereciamento de residuos na area de saude grupo ii
 
Resíduos sólidos urbanos e de saúde e o gerenciamento dos resíduos e serviços...
Resíduos sólidos urbanos e de saúde e o gerenciamento dos resíduos e serviços...Resíduos sólidos urbanos e de saúde e o gerenciamento dos resíduos e serviços...
Resíduos sólidos urbanos e de saúde e o gerenciamento dos resíduos e serviços...
 
Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.
Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.
Aula 09 Administração de Recursos físicos e ambientais.
 
Links e Textos - Sustentabilidade Hospitalar
Links e Textos  - Sustentabilidade HospitalarLinks e Textos  - Sustentabilidade Hospitalar
Links e Textos - Sustentabilidade Hospitalar
 
Resíduos de serviço de saúde e lixo hospitalar.pptx
Resíduos de serviço de saúde e lixo hospitalar.pptxResíduos de serviço de saúde e lixo hospitalar.pptx
Resíduos de serviço de saúde e lixo hospitalar.pptx
 

Último

Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
AngelicaCostaMeirele2
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 

Último (20)

Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.Caça-palavras e cruzadinha -  Encontros consonantais.
Caça-palavras e cruzadinha - Encontros consonantais.
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
farmacologia-segura-em-mapas-mentais-reduzindo-os-riscos-da-terapeutica-24040...
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 

Folheto - Gestão de resíduos hospitalares

  • 1. Gestão de resíduos num hospital Pedro Alves nº13 Renata Nogueira nº14 TAS 3 Uma gestão integrada de resíduos hospitalares garante a minimização do risco humano e ambiental associado. Escola Secundária São Pedro da Cova
  • 2. Resíduos resultantes de atividades de prestação de cuidados de saúde a seres humanos ou a animais, nas áreas da pre- venção, diagnóstico, tratamento, reabili- tação ou investigação e ensino, bem como de outras atividades envolvendo procedi- mentos Os resíduos produzidos em unidades de prestação de cuidados de saúde públicas ou privadas, incluindo os cuidados domi- ciliários, podem constituir um importan- te problema ambiental e de saúde públi- ca. Classificação dos Resíduos Hospitalares Operações de Eliminação Grupos I e II Aterro, Incineração Grupo III Autoclavagem, Desinfecção Química, Micro-Ondas, Incineração Grupo IV Incineração Grupo I e II – resíduos equiparados a urba- nos – aqueles que não apresentam exigências especiais no seu tratamento. Integram-se neste grupo:  Resíduos provenientes de serviços gerais (gabinetes, salas de reunião, salas de con- vívio, instalações sanitárias, vestiários, etc); Grupo III – resíduos hospitalares de risco bioló- gico – resíduos contaminados ou suspeitos de conta- minação, suscetíveis de incineração ou de outro pré- tratamento eficaz, permitindo posterior eliminação como resíduo urbano. Inserem-se neste grupo:  Material ortopédico: talas, gessos e ligaduras gessadas contaminados ou com vestígios de sangue; material de prótese retirado a doen- tes; Grupo IV – resíduos hospitalares específicos – resíduos de vários tipos, de incineração obrigatória. Integram-se neste grupo:  Peças anatómicas identificáveis, fetos e pla- centas, até publicação de legislação específica; O que são resíduos hospitalares ?