SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 5
FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETRIZAÇÃO 01 – 2013 Página 1
FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETRIZAÇÃO 01 – 2013
01) Determine o número de elétrons existentes em uma carga de 1,0 C.
02) É dado um corpo eletrizado com carga 6,4 C.
a) Determine o número de elétrons em falta no corpo. A carga do elétron é -1,6. 10-19
C.
b) Quantos elétrons em excesso têm o corpo eletrizado com carga – 16nC.
03) Um corpo tem 3.1018
elétrons e 4.1018
prótons. Sendo a carga elétrica elementar 1,6. 10-19
C,
qual é a carga elétrica do corpo?
04)(Cesgranrio-RJ) Um pedaço de cobre eletricamente isolado contém 2.1022
elétrons livres,
sendo a carga de cada um igual a -1,6.10-19
C. Para que o metal adquira uma carga de 3,2. 10-9
C,
será preciso remover um em cada quantos elétrons livres?
05) Uma partícula apresenta carga elétrica negativa de -3,2. 10-15
C. Essa partícula está com
excesso ou falta de elétrons? Calcule a diferença.
06) De um corpo neutro retiramos 104
elétrons. Ele ficou com carga elétrica negativa ou positiva?
Qual é o valor de sua carga elétrica?
07) A esfera é constituída de ebonite, uma resina dura e negra. Atritando-a com um pedaço de
seda, arrancam-se dela aproximadamente 2.103
elétrons.
08) A unidade de carga elétrica no SI é o coulomb (C). Ele é definido a partir de duas outras
unidades básicas do SI: a de corrente elétrica, ou seja, o ampère (A) e a de tempo, o segundo (s).
Podemos afirmar que:
a) C = A . s b) C = A/s c) C = s/A d) C = A . s2
e) C = A/s2
09) (UFMG) Um isolante elétrico:
a) não pode ser carregado eletricamente;
b) não contém elétrons;
c) tem de estar no estado sólido;
10) (FCC - BA) Considere uma esfera metálica oca, inicialmente com carga elétrica nula.
Carregando a esfera com certo número N de elétrons verifica-se que:
a) N elétrons excedentes se distribuem tanto na superfície interna como na externa;
b) N elétrons excedentes se distribuem em sua superfície interna;
c) N elétrons excedentes se distribuem em sua superfície externa;
d) a superfície interna fica carregada com cargas positivas;
e) a superfície externa fica carregada com cargas positivas.
a) A esfera adquiriu carga positiva ou negativa?
b) Sabendo-se que a carga do elétron vale – 1,6. 10-19
C, qual é a carga elétrica
final da esfera?
d) tem, necessariamente, resistência elétrica
pequena;
e) não pode ser metálico.
FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETRIZAÇÃO 01 – 2013 Página 2
11) (UE - PI) Três corpos X, Y e Z estão eletrizados. Se X atrai Y e este repele Z, podemos
afirmar que certamente:
a) X e Y têm cargas positivas.
b) Y e Z têm cargas negativas.
c) X e Z têm cargas de mesmo sinal.
Observa-se então que ambas as esferas estão fortemente eletrizadas. Quando o sistema alcança
novamente o equilíbrio estático, podemos afirmar que as tensões nos fios:
a) aumentaram e as esferas se atraem;
b) diminuíram e as esferas se repelem;
c) aumentaram e as esferas se repelem;
13) (UNESP) Em 1990 transcorreu o cinqüentenário da descoberta dos "chuveiros penetrantes"
nos raios cósmicos, uma contribuição da física brasileira que alcançou repercussão
internacional. (O Estado de São Paulo, 21/10/90, p. 30).No estudo dos raios cósmicos são
observadas partículas chamadas píons. Considere um píon com carga elétrica +e se
desintegrando (isto é, se dividindo) em duas outras partículas: um múon com carga elétrica +e e
um neutrino. De acordo com o princípio de conservação da carga, o neutrino deverá ter carga
elétrica:
a) +e b) – e c) +2e d) -2e e) nula
14) (UNESP) De acordo com o modelo atômico atual, os prótons e nêutrons não são mais
considerados partículas elementares. Eles seriam formados de três partículas ainda menores, os
quarks. Admite-se a existência de 12 quarks na natureza, mas só dois tipos formam os prótons e
nêutrons, o quark up (u), de carga elétrica positiva, igual a 2/3 do valor da carga do elétron, e o
quark down (d), de carga elétrica negativa, igual a 1/3 do valor da carga do elétron. A partir
dessas informações, assinale a alternativa que apresenta corretamente a composição do próton e
do nêutron:
próton nêutron
a) d, d, d u, u, u
b) d, d, u u, u, d
c) d, u, u u, d, d
d) u, u, u d, d, d
e) d, d, d d, d, d
15) (FUND. CARLOS CHAGAS) Um bastão de vidro é atritado em certo tipo de tecido. O bastão,
a seguir, é encostado num eletroscópio previamente descarregado, de forma que as folhas do
mesmo sofrem uma pequena deflexão. Atrita-se a seguir o bastão novamente com o mesmo
tecido, aproximando-o do mesmo eletroscópio, evitando o contato entre ambos. As folhas do
eletroscópio deverão:
a) manter-se com a mesma deflexão, independente da polaridade da carga do bastão;
b) abrir-se mais, somente se a carga do bastão for negativa;
c) abrir-se mais, independentemente da polaridade da carga do bastão;
d) X e Z têm cargas de sinais diferentes.
e) Y e Z têm cargas positivas.
12) (FUVEST) Duas pequenas esferas metálicas idênticas,
inicialmente neutras, encontram-se suspensas por fios
inextensíveis e isolantes.
Um jato de ar perpendicular ao plano da figura é lançado durante
certo intervalo de tempo sobre as esferas.
d) diminuíram e as esferas se atraem;
e) não sofreram alterações.
FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETRIZAÇÃO 01 – 2013 Página 3
d) abrir-se mais, somente se a carga do bastão for positiva;
e) fechar-se mais ou abrir-se mais, dependendo da polaridade da carga do bastão.
16) Uma pessoa penteia seus cabelos usando um pente de plástico. O que ocorre com o pente e
com o cabelo?
a) Ambos se eletrizam positivamente.
b) Ambos se eletrizam negativamente.
c) Apenas o pente fica eletrizado.
d) Apenas o cabelo fica eletrizado.
e) Um deles ficará positivo e o outro negativo
17) Duas esferas idênticas de alumínio estão eletrizadas com cargas elétricas Q1 = - 3nC e Q2 = +
7nC. Feito um contato entre elas, qual foi a carga resultante em cada uma delas? (Q’1 = Q’2 =
2nC).
18) Uma esfera de alumínio possui carga elétrica Q. Uma segunda esfera de alumínio, idêntica à
primeira, estando eletricamente neutra, é encostada a ela. A carga adquirida por essa segunda
esfera foi:
a) . b) . c) . d) Q. e) 2Q.
19) Têm-se três esferas condutoras idênticas: A, B e C. A primeira delas possui uma carga
elétrica positiva Q. As demais estão neutras. Tocando-se a primeira em B e depois em C, qual é a
carga adquirida pela última?
a) . b) . c) . d) . e) .
20) (FCC - BA) Considere duas esferas metálicas idênticas. A carga elétrica de uma é Q e a da
outra é -2Q. Colocando-se as duas esferas em contato, a carga elétrica da esfera que estava, no
início, carregada positivamente fica igual a:
a) 3 Q/2 b) Q/2 c) -Q/2 d) -3Q/2 e) -Q/4
III. Devido à indução eletrostática na esfera pendular, apareceram, no seu lado esquerdo, cargas
negativas e, no lado direito, cargas positivas.
IV. A interação eletrostática entre as cargas indutoras e as induzidas fez surgir uma força de
atração.
São verdadeiras apenas as frases:
a) I e II. b) II e III. c) I e IV. d) I, III e IV. e) III e IV.
21) Um bastão de vidro, eletrizado positivamente, foi aproximado de
um pêndulo constituído de um fio de náilon e de uma esfera metálica
oca muito leve, porém neutra. Verificou-se que o bastão atraiu a esfera
pendular. Analise cada uma das ,frases a seguir e assinale verdadeira
(V) ou falsa (F).
I. Houve indução eletrostática.
II. A esfera pendular tornou-se eletrizada negativamente.
FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETRIZAÇÃO 01 – 2013 Página 4
22) (PUC-SP) Pessoas que têm cabelos secos observam que, em dias secos, quanto mais
tentam assentar seus cabelos, penteando-os, mais eles ficam eriçados. Isso pode ser explicado
do seguinte modo:
a) Os cabelos ficam eletrizados por atrito.
b) Os cabelos ficam eletrizados por indução eletrostática.
c) Os cabelos ficam eletrizados por contato.
d) Os cabelos adquirem magnetismo.
e) Trata-se sim de um fenômeno puramente biológico.
23) (PUC) Os corpos eletrizados por atrito, contato e indução ficam carregados respectivamente
com cargas de sinais:
a) iguais, iguais e iguais;
b) iguais, iguais e contrários;
c) contrários, contrários e iguais;
24) (FGV - SP) Uma pequena esfera de isopor (B), pintada com tinta metálica, é atraída por outra
esfera maior (A), também metalizada. Tanto A como B estão eletricamente isoladas. Este ensaio
permite afirmar que:
25) (PUCCAMP-SP) Uma barra metálica isolada está próxima de um pêndulo esférico de isopor
com superfície metalizada, conforme mostra o esquema. Ambos estão inicialmente
descarregados. Uma carga elétrica positiva é aproximada do extremo M da barra, sem toca-la. A
esfera é atraída pelo extremo P. Após o contato da esfera com a barra, a carga positiva é
deslocada para longe. A nova situação é melhor apresentada por:
a) A pode estar neutra;
b) B possui carga positiva;
c) As cargas elétricas em A em B são de sinais opostos;
d) A possui carga positiva;
e) A não pode estar neutra.
d) contrários, iguais e iguais;
e) contrários, iguais e contrários.
FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETRIZAÇÃO 01 – 2013 Página 5
GABARITO - FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETROSTÁTICA 01 – 2013
01 - 6,25. 1018
02 - a) 4.1013
b) 1011
03 - 1,6. 10 C
04 - 1 em cada 1012
elétrons
05 – 2,0. 104
elétrons em excesso.
06 – positivas -1,6. 10-15
C
07 – a) Ao perder elétrons, o corpo adquire carga positiva. b) Q = - 3,2. 10-16
C
08 – A
09 – E
10 – C
11 – D
12 – C
13 – E
14 – C
15 – C
16 – E
17 – Q’1 = Q’2 = 2nC
18 – C
19 - C
20 – C
21 – D
22 – A
23 – E
24 – C
25 – E
FONTE:
http://www.cefetsp.br/edu/okamura/eletrostatica.htm
http://aulasparticulares.org/material-de-apoio/fisica/eletromagnetismo/processos-de-eletrizacao

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestreFísica   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Marcelo Andrade
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...Física 1º ano   prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...
Física 1º ano prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...
Pedro Ivo Andrade Sousa
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
fisicaatual
 
Exercícios - ligações
Exercícios - ligaçõesExercícios - ligações
Exercícios - ligações
Isabella Silva
 
Atividade classificação dos carbonos na cadeia carbônica – 3º ano
Atividade classificação dos carbonos na cadeia carbônica – 3º anoAtividade classificação dos carbonos na cadeia carbônica – 3º ano
Atividade classificação dos carbonos na cadeia carbônica – 3º ano
Escola Pública/Particular
 

Mais procurados (20)

Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestreFísica   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
 
Exercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º anoExercícios de química - 9º ano
Exercícios de química - 9º ano
 
Eletrostática
EletrostáticaEletrostática
Eletrostática
 
Slides eletrostatica
Slides eletrostaticaSlides eletrostatica
Slides eletrostatica
 
Apostila eletrostática
Apostila eletrostáticaApostila eletrostática
Apostila eletrostática
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...Física 1º ano   prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...
Física 1º ano prof. pedro ivo - (encontro de dois móveis em movimento unifo...
 
Força elétrica
Força elétricaForça elétrica
Força elétrica
 
Força elétrica parte 1
Força elétrica parte 1Força elétrica parte 1
Força elétrica parte 1
 
Eletrização
EletrizaçãoEletrização
Eletrização
 
Lista de exercícios ligações químicas
Lista de exercícios   ligações químicasLista de exercícios   ligações químicas
Lista de exercícios ligações químicas
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
 
Exercícios - ligações
Exercícios - ligaçõesExercícios - ligações
Exercícios - ligações
 
Física vetores
Física  vetoresFísica  vetores
Física vetores
 
Introdução a eletrostática
Introdução a eletrostáticaIntrodução a eletrostática
Introdução a eletrostática
 
Física – eletricidade eletrização 00 – 2013
Física – eletricidade eletrização 00 – 2013Física – eletricidade eletrização 00 – 2013
Física – eletricidade eletrização 00 – 2013
 
Exercicios ondas
Exercicios ondasExercicios ondas
Exercicios ondas
 
Questões Corrigidas, em Word: Refração - Conteúdo vinculado ao blog ht...
Questões Corrigidas, em Word:  Refração  - Conteúdo vinculado ao blog      ht...Questões Corrigidas, em Word:  Refração  - Conteúdo vinculado ao blog      ht...
Questões Corrigidas, em Word: Refração - Conteúdo vinculado ao blog ht...
 
Atividade classificação dos carbonos na cadeia carbônica – 3º ano
Atividade classificação dos carbonos na cadeia carbônica – 3º anoAtividade classificação dos carbonos na cadeia carbônica – 3º ano
Atividade classificação dos carbonos na cadeia carbônica – 3º ano
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
 
Magnetismo
MagnetismoMagnetismo
Magnetismo
 

Destaque

Apostila de cálculo diferencial e integral 1
Apostila de cálculo diferencial e integral 1Apostila de cálculo diferencial e integral 1
Apostila de cálculo diferencial e integral 1
Gabriele Veleda
 
As primeiras descobertas no campo da eletricidade
As primeiras descobertas no campo da eletricidadeAs primeiras descobertas no campo da eletricidade
As primeiras descobertas no campo da eletricidade
Josi Martins
 
Introdução a eletrostática ppt
Introdução a eletrostática pptIntrodução a eletrostática ppt
Introdução a eletrostática ppt
Anselmo Roxa
 
919 questoes-de-fisica-resolvidas
919 questoes-de-fisica-resolvidas919 questoes-de-fisica-resolvidas
919 questoes-de-fisica-resolvidas
Thommas Kevin
 

Destaque (18)

Questões Corrigidas, em Word: Eletrostática - Conteúdo vinculado ao blog ...
Questões Corrigidas, em Word:  Eletrostática  - Conteúdo vinculado ao blog   ...Questões Corrigidas, em Word:  Eletrostática  - Conteúdo vinculado ao blog   ...
Questões Corrigidas, em Word: Eletrostática - Conteúdo vinculado ao blog ...
 
Apostila de cálculo diferencial e integral 1
Apostila de cálculo diferencial e integral 1Apostila de cálculo diferencial e integral 1
Apostila de cálculo diferencial e integral 1
 
Eletricista predial
Eletricista predialEletricista predial
Eletricista predial
 
Aula 4 Cálculo III Integral de linha :)
Aula 4   Cálculo III Integral de linha :)Aula 4   Cálculo III Integral de linha :)
Aula 4 Cálculo III Integral de linha :)
 
Calculo integral
Calculo integralCalculo integral
Calculo integral
 
Edo
EdoEdo
Edo
 
Matemática básica derivada e integral
Matemática básica   derivada e integralMatemática básica   derivada e integral
Matemática básica derivada e integral
 
As primeiras descobertas no campo da eletricidade
As primeiras descobertas no campo da eletricidadeAs primeiras descobertas no campo da eletricidade
As primeiras descobertas no campo da eletricidade
 
Calculo integral e_diferencial_3[1]
Calculo integral e_diferencial_3[1]Calculo integral e_diferencial_3[1]
Calculo integral e_diferencial_3[1]
 
Unidade i física 13
Unidade i física 13Unidade i física 13
Unidade i física 13
 
Aula4 derivadas integrais
Aula4 derivadas integraisAula4 derivadas integrais
Aula4 derivadas integrais
 
Tópico 09 - Integral
Tópico 09 - IntegralTópico 09 - Integral
Tópico 09 - Integral
 
Aplicação do Cálculo Diferencial e Integral no Estudo de Vigas Isostáticas
Aplicação do Cálculo Diferencial e Integral no Estudo de Vigas IsostáticasAplicação do Cálculo Diferencial e Integral no Estudo de Vigas Isostáticas
Aplicação do Cálculo Diferencial e Integral no Estudo de Vigas Isostáticas
 
Eletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulombEletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulomb
 
Introdução a eletrostática ppt
Introdução a eletrostática pptIntrodução a eletrostática ppt
Introdução a eletrostática ppt
 
Exercícios de eletrostática
Exercícios de eletrostáticaExercícios de eletrostática
Exercícios de eletrostática
 
Dicas para agilizar os cálculos matemáticos
Dicas para agilizar os cálculos matemáticosDicas para agilizar os cálculos matemáticos
Dicas para agilizar os cálculos matemáticos
 
919 questoes-de-fisica-resolvidas
919 questoes-de-fisica-resolvidas919 questoes-de-fisica-resolvidas
919 questoes-de-fisica-resolvidas
 

Semelhante a Física – eletricidade eletrização 01 – 2013

Eletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulombEletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulomb
rodrigoateneu
 
011 fisica eletrostatica_eletrizacao
011 fisica eletrostatica_eletrizacao011 fisica eletrostatica_eletrizacao
011 fisica eletrostatica_eletrizacao
Jardel da Rosa
 
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
Karla Kelli II
 
Questões 01 - 3ºANO
Questões 01 - 3ºANOQuestões 01 - 3ºANO
Questões 01 - 3ºANO
Betine Rost
 
Exercicio de condutores em equilibro eletrostatico
Exercicio de condutores em equilibro eletrostaticoExercicio de condutores em equilibro eletrostatico
Exercicio de condutores em equilibro eletrostatico
Estude Mais
 
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
Waldir Montenegro
 
Atividade 01 lab inf 3º ano
Atividade 01 lab inf 3º anoAtividade 01 lab inf 3º ano
Atividade 01 lab inf 3º ano
Prof X
 
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdfslides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
Emerson Assis
 

Semelhante a Física – eletricidade eletrização 01 – 2013 (20)

Eletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulombEletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulomb
 
Eletricidade lista01
Eletricidade lista01Eletricidade lista01
Eletricidade lista01
 
011 fisica eletrostatica_eletrizacao
011 fisica eletrostatica_eletrizacao011 fisica eletrostatica_eletrizacao
011 fisica eletrostatica_eletrizacao
 
Lista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica totalLista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica total
 
Lista 01 eletrostatica
Lista 01 eletrostaticaLista 01 eletrostatica
Lista 01 eletrostatica
 
Lista de exercícios nº 01
Lista de exercícios nº 01Lista de exercícios nº 01
Lista de exercícios nº 01
 
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
 
Princípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estáticaPrincípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estática
 
Lista 01 fisica
Lista 01   fisicaLista 01   fisica
Lista 01 fisica
 
amanhaeletrizaçaoporatritocontatoinduçao.pdf
amanhaeletrizaçaoporatritocontatoinduçao.pdfamanhaeletrizaçaoporatritocontatoinduçao.pdf
amanhaeletrizaçaoporatritocontatoinduçao.pdf
 
Questões 01 - 3ºANO
Questões 01 - 3ºANOQuestões 01 - 3ºANO
Questões 01 - 3ºANO
 
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de CoulombLista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos Eletrostática
www.aulasdefisicaapoio.com -  Física -  Exercícios Resolvidos Eletrostáticawww.aulasdefisicaapoio.com -  Física -  Exercícios Resolvidos Eletrostática
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos Eletrostática
 
Exercicio de condutores em equilibro eletrostatico
Exercicio de condutores em equilibro eletrostaticoExercicio de condutores em equilibro eletrostatico
Exercicio de condutores em equilibro eletrostatico
 
Lista 2 danilo carga, força e campo elétrico
Lista 2 danilo   carga, força e campo elétricoLista 2 danilo   carga, força e campo elétrico
Lista 2 danilo carga, força e campo elétrico
 
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
 
Atividade 01 lab inf 3º ano
Atividade 01 lab inf 3º anoAtividade 01 lab inf 3º ano
Atividade 01 lab inf 3º ano
 
Exercícios eletrostática
Exercícios eletrostáticaExercícios eletrostática
Exercícios eletrostática
 
Exercício - 3° série - Vesp..doc
Exercício - 3° série - Vesp..docExercício - 3° série - Vesp..doc
Exercício - 3° série - Vesp..doc
 
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdfslides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
slides-eletrostatica-150808160826-lva1-app6892.pdf
 

Mais de Jakson Raphael Pereira Barbosa

Mais de Jakson Raphael Pereira Barbosa (20)

Cpm geo - bacias hidrográficas 00
Cpm   geo - bacias hidrográficas 00Cpm   geo - bacias hidrográficas 00
Cpm geo - bacias hidrográficas 00
 
Csc geo - áfrica socioeconômico
Csc   geo - áfrica socioeconômicoCsc   geo - áfrica socioeconômico
Csc geo - áfrica socioeconômico
 
Csc geo - áfrica aspectos físicos e naturais
Csc   geo - áfrica aspectos físicos e naturaisCsc   geo - áfrica aspectos físicos e naturais
Csc geo - áfrica aspectos físicos e naturais
 
Cpm geo - minérios
Cpm   geo - minériosCpm   geo - minérios
Cpm geo - minérios
 
Cpm geo - 2 ano - fontes de energia 03
Cpm   geo -  2 ano - fontes de energia 03Cpm   geo -  2 ano - fontes de energia 03
Cpm geo - 2 ano - fontes de energia 03
 
Cpm 3 ano - geo - urbanização brasileira e rede urbana
Cpm   3 ano - geo - urbanização brasileira e rede urbana Cpm   3 ano - geo - urbanização brasileira e rede urbana
Cpm 3 ano - geo - urbanização brasileira e rede urbana
 
Biomas mundo e brasil
Biomas    mundo e brasilBiomas    mundo e brasil
Biomas mundo e brasil
 
Csc 4 bim - geo - oriente médio - texto de apoio
Csc   4 bim - geo - oriente médio - texto de apoioCsc   4 bim - geo - oriente médio - texto de apoio
Csc 4 bim - geo - oriente médio - texto de apoio
 
Geografia mundial
Geografia mundialGeografia mundial
Geografia mundial
 
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
 
Cpm his 1 ano - antiguidade oriental 01
Cpm   his 1 ano - antiguidade oriental 01Cpm   his 1 ano - antiguidade oriental 01
Cpm his 1 ano - antiguidade oriental 01
 
Cpm his 2 ano - colonização da américa espanhola
Cpm   his 2 ano - colonização da américa espanholaCpm   his 2 ano - colonização da américa espanhola
Cpm his 2 ano - colonização da américa espanhola
 
Geografia cartografia
Geografia   cartografiaGeografia   cartografia
Geografia cartografia
 
Csc geo - industrialização jap aus
Csc   geo - industrialização jap ausCsc   geo - industrialização jap aus
Csc geo - industrialização jap aus
 
Cpm his 2 ano - reforma e contra reforma
Cpm   his 2 ano - reforma e contra reformaCpm   his 2 ano - reforma e contra reforma
Cpm his 2 ano - reforma e contra reforma
 
Cpm his 2 ano - grandes navegações
Cpm   his 2 ano - grandes navegaçõesCpm   his 2 ano - grandes navegações
Cpm his 2 ano - grandes navegações
 
Csc geo - industrialização eur eua-can - final
Csc   geo - industrialização eur eua-can - finalCsc   geo - industrialização eur eua-can - final
Csc geo - industrialização eur eua-can - final
 
Cpm his - 2 an0 - av grandes navegações
Cpm   his - 2 an0 - av grandes navegaçõesCpm   his - 2 an0 - av grandes navegações
Cpm his - 2 an0 - av grandes navegações
 
CSC - geo - industrialização eur_eua
CSC - geo - industrialização eur_euaCSC - geo - industrialização eur_eua
CSC - geo - industrialização eur_eua
 
Obj geo - socialismo e capitalismo
Obj   geo - socialismo e capitalismoObj   geo - socialismo e capitalismo
Obj geo - socialismo e capitalismo
 

Último

O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
azulassessoria9
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
azulassessoria9
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
Autonoma
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
azulassessoria9
 

Último (20)

M0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptxM0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
M0 Atendimento – Definição, Importância .pptx
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 2)
 
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
O estudo do controle motor nada mais é do que o estudo da natureza do movimen...
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João EudesNovena de Pentecostes com textos de São João Eudes
Novena de Pentecostes com textos de São João Eudes
 
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth RochaQuando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
Quando a escola é de vidro, de Ruth Rocha
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdfMissa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
Missa catequese para o dia da mãe 2025.pdf
 
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
Aprender as diferentes formas de classificar as habilidades motoras é de extr...
 
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
Apresentação | Dia da Europa 2024 - Celebremos a União Europeia!
 
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
Sopa de letras | Dia da Europa 2024 (nível 1)
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 3 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdfatividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
atividade-de-portugues-pontuação-4º-ou-5º-ano-respostas.pdf
 
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
ATIVIDADE 2 - DESENVOLVIMENTO E APRENDIZAGEM MOTORA - 52_2024
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptxProva nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
Prova nivel 3 da XXII OBA DE 2019 - GABARITO POWER POINT.pptx
 
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºanoCATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
CATEQUESE primeiro ano . CATEQUESE 1ºano
 

Física – eletricidade eletrização 01 – 2013

  • 1. FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETRIZAÇÃO 01 – 2013 Página 1 FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETRIZAÇÃO 01 – 2013 01) Determine o número de elétrons existentes em uma carga de 1,0 C. 02) É dado um corpo eletrizado com carga 6,4 C. a) Determine o número de elétrons em falta no corpo. A carga do elétron é -1,6. 10-19 C. b) Quantos elétrons em excesso têm o corpo eletrizado com carga – 16nC. 03) Um corpo tem 3.1018 elétrons e 4.1018 prótons. Sendo a carga elétrica elementar 1,6. 10-19 C, qual é a carga elétrica do corpo? 04)(Cesgranrio-RJ) Um pedaço de cobre eletricamente isolado contém 2.1022 elétrons livres, sendo a carga de cada um igual a -1,6.10-19 C. Para que o metal adquira uma carga de 3,2. 10-9 C, será preciso remover um em cada quantos elétrons livres? 05) Uma partícula apresenta carga elétrica negativa de -3,2. 10-15 C. Essa partícula está com excesso ou falta de elétrons? Calcule a diferença. 06) De um corpo neutro retiramos 104 elétrons. Ele ficou com carga elétrica negativa ou positiva? Qual é o valor de sua carga elétrica? 07) A esfera é constituída de ebonite, uma resina dura e negra. Atritando-a com um pedaço de seda, arrancam-se dela aproximadamente 2.103 elétrons. 08) A unidade de carga elétrica no SI é o coulomb (C). Ele é definido a partir de duas outras unidades básicas do SI: a de corrente elétrica, ou seja, o ampère (A) e a de tempo, o segundo (s). Podemos afirmar que: a) C = A . s b) C = A/s c) C = s/A d) C = A . s2 e) C = A/s2 09) (UFMG) Um isolante elétrico: a) não pode ser carregado eletricamente; b) não contém elétrons; c) tem de estar no estado sólido; 10) (FCC - BA) Considere uma esfera metálica oca, inicialmente com carga elétrica nula. Carregando a esfera com certo número N de elétrons verifica-se que: a) N elétrons excedentes se distribuem tanto na superfície interna como na externa; b) N elétrons excedentes se distribuem em sua superfície interna; c) N elétrons excedentes se distribuem em sua superfície externa; d) a superfície interna fica carregada com cargas positivas; e) a superfície externa fica carregada com cargas positivas. a) A esfera adquiriu carga positiva ou negativa? b) Sabendo-se que a carga do elétron vale – 1,6. 10-19 C, qual é a carga elétrica final da esfera? d) tem, necessariamente, resistência elétrica pequena; e) não pode ser metálico.
  • 2. FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETRIZAÇÃO 01 – 2013 Página 2 11) (UE - PI) Três corpos X, Y e Z estão eletrizados. Se X atrai Y e este repele Z, podemos afirmar que certamente: a) X e Y têm cargas positivas. b) Y e Z têm cargas negativas. c) X e Z têm cargas de mesmo sinal. Observa-se então que ambas as esferas estão fortemente eletrizadas. Quando o sistema alcança novamente o equilíbrio estático, podemos afirmar que as tensões nos fios: a) aumentaram e as esferas se atraem; b) diminuíram e as esferas se repelem; c) aumentaram e as esferas se repelem; 13) (UNESP) Em 1990 transcorreu o cinqüentenário da descoberta dos "chuveiros penetrantes" nos raios cósmicos, uma contribuição da física brasileira que alcançou repercussão internacional. (O Estado de São Paulo, 21/10/90, p. 30).No estudo dos raios cósmicos são observadas partículas chamadas píons. Considere um píon com carga elétrica +e se desintegrando (isto é, se dividindo) em duas outras partículas: um múon com carga elétrica +e e um neutrino. De acordo com o princípio de conservação da carga, o neutrino deverá ter carga elétrica: a) +e b) – e c) +2e d) -2e e) nula 14) (UNESP) De acordo com o modelo atômico atual, os prótons e nêutrons não são mais considerados partículas elementares. Eles seriam formados de três partículas ainda menores, os quarks. Admite-se a existência de 12 quarks na natureza, mas só dois tipos formam os prótons e nêutrons, o quark up (u), de carga elétrica positiva, igual a 2/3 do valor da carga do elétron, e o quark down (d), de carga elétrica negativa, igual a 1/3 do valor da carga do elétron. A partir dessas informações, assinale a alternativa que apresenta corretamente a composição do próton e do nêutron: próton nêutron a) d, d, d u, u, u b) d, d, u u, u, d c) d, u, u u, d, d d) u, u, u d, d, d e) d, d, d d, d, d 15) (FUND. CARLOS CHAGAS) Um bastão de vidro é atritado em certo tipo de tecido. O bastão, a seguir, é encostado num eletroscópio previamente descarregado, de forma que as folhas do mesmo sofrem uma pequena deflexão. Atrita-se a seguir o bastão novamente com o mesmo tecido, aproximando-o do mesmo eletroscópio, evitando o contato entre ambos. As folhas do eletroscópio deverão: a) manter-se com a mesma deflexão, independente da polaridade da carga do bastão; b) abrir-se mais, somente se a carga do bastão for negativa; c) abrir-se mais, independentemente da polaridade da carga do bastão; d) X e Z têm cargas de sinais diferentes. e) Y e Z têm cargas positivas. 12) (FUVEST) Duas pequenas esferas metálicas idênticas, inicialmente neutras, encontram-se suspensas por fios inextensíveis e isolantes. Um jato de ar perpendicular ao plano da figura é lançado durante certo intervalo de tempo sobre as esferas. d) diminuíram e as esferas se atraem; e) não sofreram alterações.
  • 3. FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETRIZAÇÃO 01 – 2013 Página 3 d) abrir-se mais, somente se a carga do bastão for positiva; e) fechar-se mais ou abrir-se mais, dependendo da polaridade da carga do bastão. 16) Uma pessoa penteia seus cabelos usando um pente de plástico. O que ocorre com o pente e com o cabelo? a) Ambos se eletrizam positivamente. b) Ambos se eletrizam negativamente. c) Apenas o pente fica eletrizado. d) Apenas o cabelo fica eletrizado. e) Um deles ficará positivo e o outro negativo 17) Duas esferas idênticas de alumínio estão eletrizadas com cargas elétricas Q1 = - 3nC e Q2 = + 7nC. Feito um contato entre elas, qual foi a carga resultante em cada uma delas? (Q’1 = Q’2 = 2nC). 18) Uma esfera de alumínio possui carga elétrica Q. Uma segunda esfera de alumínio, idêntica à primeira, estando eletricamente neutra, é encostada a ela. A carga adquirida por essa segunda esfera foi: a) . b) . c) . d) Q. e) 2Q. 19) Têm-se três esferas condutoras idênticas: A, B e C. A primeira delas possui uma carga elétrica positiva Q. As demais estão neutras. Tocando-se a primeira em B e depois em C, qual é a carga adquirida pela última? a) . b) . c) . d) . e) . 20) (FCC - BA) Considere duas esferas metálicas idênticas. A carga elétrica de uma é Q e a da outra é -2Q. Colocando-se as duas esferas em contato, a carga elétrica da esfera que estava, no início, carregada positivamente fica igual a: a) 3 Q/2 b) Q/2 c) -Q/2 d) -3Q/2 e) -Q/4 III. Devido à indução eletrostática na esfera pendular, apareceram, no seu lado esquerdo, cargas negativas e, no lado direito, cargas positivas. IV. A interação eletrostática entre as cargas indutoras e as induzidas fez surgir uma força de atração. São verdadeiras apenas as frases: a) I e II. b) II e III. c) I e IV. d) I, III e IV. e) III e IV. 21) Um bastão de vidro, eletrizado positivamente, foi aproximado de um pêndulo constituído de um fio de náilon e de uma esfera metálica oca muito leve, porém neutra. Verificou-se que o bastão atraiu a esfera pendular. Analise cada uma das ,frases a seguir e assinale verdadeira (V) ou falsa (F). I. Houve indução eletrostática. II. A esfera pendular tornou-se eletrizada negativamente.
  • 4. FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETRIZAÇÃO 01 – 2013 Página 4 22) (PUC-SP) Pessoas que têm cabelos secos observam que, em dias secos, quanto mais tentam assentar seus cabelos, penteando-os, mais eles ficam eriçados. Isso pode ser explicado do seguinte modo: a) Os cabelos ficam eletrizados por atrito. b) Os cabelos ficam eletrizados por indução eletrostática. c) Os cabelos ficam eletrizados por contato. d) Os cabelos adquirem magnetismo. e) Trata-se sim de um fenômeno puramente biológico. 23) (PUC) Os corpos eletrizados por atrito, contato e indução ficam carregados respectivamente com cargas de sinais: a) iguais, iguais e iguais; b) iguais, iguais e contrários; c) contrários, contrários e iguais; 24) (FGV - SP) Uma pequena esfera de isopor (B), pintada com tinta metálica, é atraída por outra esfera maior (A), também metalizada. Tanto A como B estão eletricamente isoladas. Este ensaio permite afirmar que: 25) (PUCCAMP-SP) Uma barra metálica isolada está próxima de um pêndulo esférico de isopor com superfície metalizada, conforme mostra o esquema. Ambos estão inicialmente descarregados. Uma carga elétrica positiva é aproximada do extremo M da barra, sem toca-la. A esfera é atraída pelo extremo P. Após o contato da esfera com a barra, a carga positiva é deslocada para longe. A nova situação é melhor apresentada por: a) A pode estar neutra; b) B possui carga positiva; c) As cargas elétricas em A em B são de sinais opostos; d) A possui carga positiva; e) A não pode estar neutra. d) contrários, iguais e iguais; e) contrários, iguais e contrários.
  • 5. FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETRIZAÇÃO 01 – 2013 Página 5 GABARITO - FÍSICA – ELETRICIDADE_ELETROSTÁTICA 01 – 2013 01 - 6,25. 1018 02 - a) 4.1013 b) 1011 03 - 1,6. 10 C 04 - 1 em cada 1012 elétrons 05 – 2,0. 104 elétrons em excesso. 06 – positivas -1,6. 10-15 C 07 – a) Ao perder elétrons, o corpo adquire carga positiva. b) Q = - 3,2. 10-16 C 08 – A 09 – E 10 – C 11 – D 12 – C 13 – E 14 – C 15 – C 16 – E 17 – Q’1 = Q’2 = 2nC 18 – C 19 - C 20 – C 21 – D 22 – A 23 – E 24 – C 25 – E FONTE: http://www.cefetsp.br/edu/okamura/eletrostatica.htm http://aulasparticulares.org/material-de-apoio/fisica/eletromagnetismo/processos-de-eletrizacao