SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_
1 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r
Exercícios de Eletrização
1-Um corpo inicialmente neutro recebe 10 milhões de
elétrons. Este corpo adquire uma carga de:
(e = 1,6 . 10
–19
C).
a) 1,6 . 10
–12
C
b) –1,6 . 10
–12
C
c) 16 . 10
–10
C
d) 16 . 10
7
C
2-Para praticar seus conhecimentos de Eletricidade, um
estudante dispõe de duas esferas metálicas A e B. A esfera
B possui volume 8 vezes maior que o de A e ambas estão
inicialmente neutras. Numa primeira etapa, eletriza-se a
esfera A com 4,0 μC e a B com 5,0 μC. Numa segunda
etapa, as esferas são colocadas em contato e atingem o
equilíbrio eletrostático. Após a segunda etapa, as cargas
elétricas das esferas serão, respectivamente:
a) QA = 1,0 μC e QB = 8,0 μC
b) QA = 8,0 μC e QB = 1,0 μC
c) QA = 4,5 μC e QB = 4,5 μC
d) QA = 6,0 μC e QB = 3,0 μC
e) QA = 3,0 μC e QB = 6,0 μC
3-Três esferas metálicas iguais, A, B e C, estão apoiadas em
suportes isolantes, tendo a esfera A carga elétrica
negativa. Próximas a ela, as esferas B e C estão em contato
entre si, sendo que C está ligada à terra por um fio
condutor, como na figura. A partir dessa configuração, o
fio é retirado e, em seguida, a esfera A é levada para muito
longe. Finalmente, as esferas B e C são afastadas uma da
outra. Após esses procedimentos, as cargas das três
esferas satisfazem as relações
a) QA < 0 QB > 0 QC >0
b) QA < 0 QB = 0 QC = 0
c) QA = 0 QB < 0 QC < 0
d) QA > 0 QB > 0 QC = 0
e) QA > 0 QB < 0 QC > 0
4- Uma pequena esfera de isopor B, pintada com tinta
metálica, é atraída por outra esfera maior A, também
metalizada. Tanto A como B estão eletricamente isoladas.
Este ensaio permite afirmar que:
a) a esfera A pode estar neutra.
b) a esfera B possui carga positiva.
c) as cargas elétricas em A e em B são de sinais opostos.
d) a esfera A possui carga positiva.
e) a esfera A não pode estar neutra.
5-Duas esferas A e B, metálicas e idênticas, estão car-
regadas com cargas respectivamente iguais a 16 μ C e 4 μ
C. Uma terceira esfera C, metálica e idêntica às anteriores,
está inicialmente descarregada. Coloca-se C em contato
com A. Em seguida, esse contato é desfeito e a esfera C é
colocada em contato com B. Supondo-se que não haja
troca de cargas elétricas com o meio exterior, a carga final
de C é de:
a) 8 μC
b) 6 μC
c) 4 μC
d) 3 μC
e) nula
6-No contato entre um condutor eletrônico A, eletrizado
positivamente, e outro B, neutro, haverá passagem de:
a) prótons de A para B.
b) elétrons de A para B.
c) elétrons de B para A.
d) prótons de B para A.
e) elétrons de A para B e de B para A.
7-Têm-se 4 esferas idênticas, uma carregada eletricamente
com carga Q e as outras eletricamente neutras. Colocando-
se, separadamente, a esfera eletrizada em contato com
cada uma das outras esferas, a sua carga final será de:
a) Q/4
b) Q/8
c) Q/16
d) Q/32
8-Três esferas condutoras A, B e C têm o mesmo diâmetro.
A esfera A está inicialmente neutra e as outras duas estão
carregadas com cargas QB = 1,2 μC e QC = 1,8 μC. Com a
esfera A, toca-se primeiramente a esfera B e depois C. As
cargas elétricas de A, B e C, depois desses contatos, são,
respectivamente:
a) 0,60 μC, 0,60 μC e 1,8 μC
b) 0,60 μC, 1,2 μC e 1,2 μC
c) 1,0 μC, 1,0 μC e 1,0 μC
d) 1,2 μC, 0,60 μC e 1,2 μC
e) 1,2 μC, 0,8 μC e 1,0 μC
9-Em uma atividade no laboratório de Física, um estu-
dante, usando uma luva de material isolante, encosta uma
esfera metálica A, carregada eletricamente com 8 μC, em
outra idêntica B, eletricamente neutra. Em seguida,
Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_
2 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r
encosta a esfera B em outra C, também idêntica e
eletricamente neutra. A carga adquirida pela esfera C é:
a) 2 μC
b) 4 μC
c) 6 μC
d) 8 μC
e) 9 μC
10-Três esferas condutoras de raio R, 3R e 5R e eletrizadas,
respectivamente, com quantidade de cargas iguais a – 10
μC, – 30 μC e + 13 μC estão muito afastadas entre si. As
esferas são, então, interligadas por fios metálicos de
capacitância desprezível até que o sistema atinja completo
equilíbrio. Nessa situação, o valor da quantidade de carga,
em microcoulombs, da esfera de raio 3R é:
a) – 9
b) – 3
c) 3
d) 9
11-Uma esfera condutora, eletricamente neutra, suspensa
por fio isolante, toca outras três esferas de mesmo
tamanho e eletrizadas com cargas Q, 3Q/2, e 3Q, res-
pectivamente. Após tocar na terceira esfera eletrizada, a
carga da primeira esfera é igual a:
a) Q/4
b) Q/2
c) 3Q/4
d) Q
e) 2Q
12-De acordo com o modelo atômico atual, os prótons e
nêutrons não são mais considerados partículas
elementares. Eles seriam formados de três partículas ainda
menores, os quarks. Admite-se a existência de 12 quarks
na natureza, mas só dois tipos formam os prótons e
nêutrons, o quark up (u), de carga elétrica positiva, igual a
2/3 do valor da carga do elétron, e o quark down (d), de
carga elétrica negativa, igual a 1/3 do valor da carga do
elétron. A partir dessas informações, assinale a alternativa
que apresenta corretamente a composição do próton e do
nêutron.
próton nêutron
a) d, d, d u, u, u
b) d, d, u u, u, d
c) d, u, u u, d, d
d) u, u, u d, d, d
e) d, d, d d, d, d
13-Duas esferas idênticas, com cargas Q e 3Q, estão
separadas por uma distância D. muito maior que o raio das
esferas. As esferas são postas em contato, sendo
posteriormente recolocadas nas suas posições iniciais.
Qual a razão entre as forças de repulsão que atuam nas
esferas depois e antes do contato?
a) 1/3
b) 4/3
c) 3/2
d) 2/3
e) 5/3
14-A superfície de uma esfera isolante é carregada com
carga elétrica positiva, concentrada em um dos seus
hemisférios. Uma esfera condutora descarregada é, então,
aproximada da esfera isolante. Assinale, entre as
alternativas abaixo, o esquema que melhor representa a
distribuição final de cargas nas duas esferas.
15-Duas esferas metálicas, muito leves, estão penduradas
por fios perfeitamente isolantes, em um ambiente seco,
conforme mostra a figura a seguir. Uma barra metálica,
positivamente carregada, é encostada em uma das esferas
e depois afastada. Após o afastamento da barra, qual deve
ser a posição das esferas, sabendo que a carga inicial delas
é nula?
Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_
3 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r
16-A figura abaixo representa um condutor A, eletricamen-
te neutro, ligado à Terra. Aproxima-se de A um corpo B
carregado positivamente. Pode-se afirmar que:
a) os elétrons da Terra são atraídos para A.
b) os elétrons de A escoam para a Terra.
c) os prótons de A escoam para a Terra.
d) os prótons da Terra são atraídos para A.
e) há troca de prótons e elétrons entre A e B.
17-Dois copos A e B são aproximados sem que haja
contato. Sabendo-se que o corpo A está eletrizado
negativamente e o corpo B está neutro, podemos afirmar
que:
a) o corpo neutro fica com carga total negativa e é repelido
pelo outro corpo.
b) o corpo neutro fica com carga total nula e não é atraído
nem repelido pelo outro corpo
c) o corpo neutro fica com carga total nula mas é repelido
pelo outro corpo.
d) o corpo neutro fica com carga positiva e é atraído pelo
outro corpo.
e) o corpo neutro fica com carga total nula e é atraído pelo
outro corpo.
18-Nas figuras abaixo, representando situações inde-
pendentes entre si, as pequenas esferas metálicas,
pendentes de fios leves e flexíveis, podem ou não estar
carregadas. Considerando-se, portanto, a possibilidade de
haver indução todas as afirmações abaixo estão
absolutamente corretas, exceto uma. Assinale-a.
a) A situação I só ocorre quando ambas as esferas estão
carregadas com cargas do mesmo sinal.
b) A situação II só ocorre quando ambas as esferas estão
carregadas com cargas de mesmo sinal.
c) A situação III só ocorre quando ambas as esferas estão
descarregadas.
d) Em qualquer das esferas que esteja carregada, sua carga
estará sobre sua superfície
19-Sobre uma mesa isolante, colocam-se três corpos: A, B
e C, observando-se que os corpos se atraem mutuamente.
Pode-se afirmar corretamente que eles poderiam estar,
respectivamente, com cargas:
a) positiva, nula e negativa.
b) positiva, negativa e positiva.
c) positiva, negativa e negativa.
d) negativa, positiva e negativa.
20-Você dispõe de duas esferas metálicas, iguais e inicial-
mente descarregadas, montadas sobre pés isolantes, e de
um bastão de ebonite carregado negativamente. As
operações de I a IV seguintes podem ser colocadas numa
ordem que descreva uma experiência em que as esferas
sejam carregadas por indução.
I. Aproximar o bastão de uma das esferas.
II. Colocar as esferas em contato.
III. Separar as esferas.
IV. Afastar o bastão.
Qual é a opção que melhor ordena as operações?
a) I, II, IV, III
b) III, I, IV, II
c) IV, II, III, I
d) II, I, IV, III
e) II, I, III, IV
21-Considere dois corpos sólidos envolvidos em processos
de eletrização. Um dos fatores que pode ser observado
Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_
4 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r
tanto na eletrização por contato quanto na por indução é o
fato de que, em ambas:
a) torna-se necessário manter um contato direto entre os
corpos.
b) deve-se ter um dos corpos ligado temporariamente a
um aterramento.
c) ao fim do processo de eletrização, os corpos adquirem
cargas elétricas de sinais opostos.
d) um dos corpos deve, inicialmente, estar carregado
eletricamente.
e) para ocorrer, os corpos devem ser bons condutores
elétricos.
22-Uma esfera de isopor de um pêndulo elétrico é atraída
por um corpo carregado eletricamente. Afirma-se, então,
que:
I. o corpo está carregado necessariamente com cargas
positivas.
II. a esfera pode estar neutra.
III. a esfera está carregada necessariamente com cargas
negativas.
Está(ão) correta(s):
a) apenas I.
b) apenas II.
c) apenas III.
d) apenas I e II.
e) apenas I e III.
23-Um corpo A, eletricamente positivo, eletriza um corpo
B, que inicialmente estava eletricamente neutro, por
indução eletrostática. Nestas condições, pode-se afirmar
que o corpo B ficou eletricamente:
a) positivo, pois prótons da Terra são absorvidos pelo
corpo.
b) positivo, pois elétrons do corpo foram para a Terra.
c) negativo, pois prótons do corpo foram para a Terra.
d) negativo, pois elétrons da Terra são absorvidos pelo
corpo.
e) negativo, pois prótons da Terra são absorvidos pelo
corpo.
24-Uma esfera condutora está colocada em um campo
elétrico constante de 5,0 N/C produzido por uma placa
extensa, carregada com carga positiva distribuída
uniformemente. Se a esfera for ligada à Terra, conforme a
figura a seguir, e depois de algum tempo, for desligada,
pode-se dizer que a carga remanescente na esfera será:
a) positiva, não uniformemente distribuída.
b) positiva, uniformemente distribuída.
c) negativa, não uniformemente distribuída.
d) negativa, uniformemente distribuída.
e) nula.
25-Duas pequenas esferas metálicas, de massas despre-
zíveis, estão suspensas, em repouso, por fios leves e
isolantes. O sinal da carga de cada esfera está indicado na
figura, e a ausência de sinal indica que a esfera está
eletricamente neutra.
26-Uma estudante observou que, ao colocar sobre uma
mesa horizontal três pêndulos eletrostáticos idênticos,
eqüidistantes entre si, como se cada um ocupasse o vértice
de um triângulo eqüilátero, as esferas dos pêndulos se
atraíram mutuamente. Sendo as três esferas metálicas, a
estudante poderia concluir corretamente que:
a) as três esferas estavam eletrizadas com cargas do
mesmo sinal.
b) duas esferas estavam eletrizadas com cargas de mesmo
sinal e uma com carga de sinal oposto.
c) duas esferas estavam eletrizadas com cargas do mesmo
sinal e uma neutra.
d) duas esferas estavam eletrizadas com cargas de sinais
opostos e uma neutra.
e) uma esfera estava eletrizada e duas neutras.
Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_
5 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r
27-Das afirmativas a seguir, assinale a que for correta.
01. Um corpo eletricamente neutro é desprovido de carga
elétrica.
02. A carga elétrica é quantizada.
04. A carga elétrica de um elétron é, em módulo, menor
que a carga do próton.
08. Nos isolantes, os elétrons se deslocam livremente ao
longo do material que os constitui.
16. Sempre que um condutor for eletrizado por indução,
sua carga será de sinal oposto ao da carga do corpo
indutor.
32. Atritando-se corpos feitos do mesmo material, eles
adquirem cargas elétricas de mesmo sinal.
64. O nanocoulomb é um submúltiplo da unidade de carga
elétrica.
28-Aproximando-se uma barra eletrizada de duas esferas
condutoras, inicialmente descarregadas e encostadas uma
na outra, observa-se a distribuição de cargas
esquematizada na figura abaixo.
Em seguida, sem tirar do lugar a barra eletrizada, afasta-se
um pouco uma esfera da outra. Finalmente, sem mexer
mais nas esferas, move-se a barra, levando-a para muito
longe das esferas. Nessa situação final, a alternativa que
melhor representa a distribuição de cargas nas duas
esferas é:
29-Deseja-se carregar negativamente um condutor
metálico pelo processo de indução eletrostática. Nos
esquemas I e II, o condutor está fixado numa haste
isolante; F é um fio condutor que permite o contato com a
Terra dos pontos A, B e C do condutor.
Devemos utilizar:
a) o esquema I e ligar necessariamente F em C, pois as
cargas positivas aí induzidas atrairão elétrons da Terra,
enquanto, se ligarmos em A, os elétrons aí induzidos, pela
repulsão eletrostática, irão impedir a passagem de elétrons
para a região C.
b) o esquema II e ligar necessariamente F em A, pois as
cargas positivas aí induzidas atrairão elétrons da Terra,
enquanto, se ligarmos em C, os elétron saí induzidos, pela
repulsão eletrostática, irão impedir a passagem de elétrons
para a região A.
c) qualquer dos esquemas I ou II, desde que liguemos F,
respectivamente, em C e em A.
d) o esquema I, em que a ligação F com o condutor poderá
ser efetuada em qualquer ponto deste, pois os elétrons
fluirão da Terra para o condutor, até que o mesmo atinja o
potencial da Terra.
e) o esquema II, em que a ligação de F com o condutor
poderá ser efetuada em qualquer ponto deste, pois os
elétrons fluirão da Terra para o condutor, até que o
mesmo atinja o potencial da Terra.
30-Duas esferas metálicas A e B estão próximas uma da
outra. A esfera A está ligada à Terra, cujo potencial é nulo,
por um fio condutor. A esfera B está isolada e carregada
com carga + Q. Considere as seguintes afirmações:
I. O potencial da esfera A é nulo.
II. A carga total da esfera A é nula.
III. A força elétrica total sobre a esfera A é nula.
Está correto apenas o que se afirma em:
a) I
b) I e II
c) I e III
d) II e III
e) I, II e III
Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_
6 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r
Instruções para as questões 31 e 32.
A figura representa um eletroscópio de folhas, inicialmente
descarregado. A esfera E, o suporte S e as folhas F são
metálicos. Inicialmente, o eletroscópio está eletricamente
descarregado.
31-Uma esfera metálica, positivamente carregada, é
aproximada, sem encostar, da esfera do eletroscópio. Em
qual das seguintes alternativas melhor se representa a
configuração das folhas do eletroscópio, e suas cargas,
enquanto a esfera positiva estiver perto de sua esfera?
32-Uma esfera metálica, positivamente carregada, encosta
na esfera do eletroscópio e, em seguida, é afastada. Qual
das seguintes alternativas melhor representa a
configuração das folhas do eletroscópio, e suas cargas,
depois que isso acontece?
33- Dispõe-se de três esferas metálicas idênticas e isoladas
uma da outra. Duas delas A e B estão eletrizadas com
cargas iguais a Q e a terceira C está neutra. Coloca-se em
contato C com A e, a seguir, C com B. Determine, nestas
condições, a carga elétrica de C.
a) 9Q/4
b) 7Q/4
c) 5Q/4
d) 3Q/4
34- Três pequenas esferas metálicas idênticas, A, B e C,
estão suspensas, por fios isolantes, a três suportes. Para
testar se elas estão carregadas, realizam-se três
experimentos durante os quais se verifica com elas
interagem eletricamente, duas a duas:
Experimento 1:
As esferas A e C, ao serem aproximadas, atraem-se
eletricamente, como ilustra a figura 1:
Experimento 2:
As esferas B e C, ao serem aproximadas, também se
atraem eletricamente, como ilustra a figura 2:
Experimento 3:
As esferas A e B, ao serem aproximadas, também se
atraem eletricamente, como ilustra a figura 3:
Formulam-se três hipóteses:
I - As três esferas estão carregadas.
II - Apenas duas esferas estão carregadas com cargas de
mesmo sinal.
III - Apenas duas esferas estão carregadas, mas com cargas
de sinais contrários. Analisando os resultados dos três
experimentos, indique a hipótese correta.
35- Atritando vidro com lã, o vidro se eletriza com carga
positiva e a lã com carga negativa. Atritando algodão com
enxofre, o algodão adquire carga positiva e o enxofre,
negativa. Porém, se o algodão for atritado com lã, o
algodão adquire carga negativa e a lã, positiva. Quando
atritado com algodão e quando atritado com enxofre, o
vidro adquire, respectivamente, carga elétrica:
a) positiva e positiva.
b) positiva e negativa.
c) negativa e positiva.
d) negativa e negativa.
e) negativa e nula.
Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_
7 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r
GABARITO:
01-D
02-E
03-A
04-A
05-B
06-C
07-B
08-D
09-A
10-A
11-E
12-C
13-B
14-E
15-A
16-A
17-E
18-B
19-A
20-C
21-D
22-B
23-D
24-C
25-E
26-D
27-82
28-A
29-D
30-A
31-C
32-B
33-D
34-III
35-A

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exercícios eletrostática
Exercícios eletrostáticaExercícios eletrostática
Exercícios eletrostática
Victor Said
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
ISJ
 
Exercícios - aula 01 (1º ano Poliedro)
Exercícios -  aula 01 (1º ano Poliedro)Exercícios -  aula 01 (1º ano Poliedro)
Exercícios - aula 01 (1º ano Poliedro)
Professora Analynne Almeida
 
Exercícios Balanceamento
Exercícios BalanceamentoExercícios Balanceamento
Exercícios Balanceamento
Professora Analynne Almeida
 
Resolução do enem folia 2 parte leite
Resolução do enem folia 2 parte  leiteResolução do enem folia 2 parte  leite
Resolução do enem folia 2 parte leite
Klipton
 
Exercícios forca eletrica
Exercícios forca eletricaExercícios forca eletrica
Exercícios forca eletrica
Gabriel Valle
 
Introdução a eletrostática
Introdução a eletrostáticaIntrodução a eletrostática
Introdução a eletrostática
O mundo da FÍSICA
 
Lista de exercicios reações de oxidação e redução
Lista de exercicios   reações de oxidação e reduçãoLista de exercicios   reações de oxidação e redução
Lista de exercicios reações de oxidação e redução
Profª Alda Ernestina
 
Questões Corrigidas, em Word: Leis de Newton - Conteúdo vinculado ao blog ...
Questões Corrigidas, em Word:  Leis de Newton - Conteúdo vinculado ao blog   ...Questões Corrigidas, em Word:  Leis de Newton - Conteúdo vinculado ao blog   ...
Questões Corrigidas, em Word: Leis de Newton - Conteúdo vinculado ao blog ...
Rodrigo Penna
 
Exercicio de Funcoes Inorganicas
Exercicio de Funcoes InorganicasExercicio de Funcoes Inorganicas
Exercicio de Funcoes Inorganicas
Estude Mais
 
Lei de coulomb
Lei de coulombLei de coulomb
Lei de coulomb
Betine Rost
 
Propriedades físicas dos compostos orgânicos
Propriedades físicas dos compostos orgânicosPropriedades físicas dos compostos orgânicos
Propriedades físicas dos compostos orgânicos
Ana Luisa Santana
 
Campo MagnéTico
Campo MagnéTicoCampo MagnéTico
Campo MagnéTico
dalgo
 
Polímeros
PolímerosPolímeros
Polímeros
Kaires Braga
 
Dependência de química 1ª ano do ensino médio
Dependência de química 1ª ano do ensino médioDependência de química 1ª ano do ensino médio
Dependência de química 1ª ano do ensino médio
Escola Pública/Particular
 
Tecendo sobre a Inclusão Escolar
Tecendo sobre a Inclusão EscolarTecendo sobre a Inclusão Escolar
Tecendo sobre a Inclusão Escolar
Danielle Souza
 
Termoquímica 2015 exercicios ii unidade
Termoquímica 2015 exercicios ii unidadeTermoquímica 2015 exercicios ii unidade
Termoquímica 2015 exercicios ii unidade
Junior Dou
 
Experimentos 2019
Experimentos 2019Experimentos 2019
Experimentos 2019
angelogcorrea
 
Cadeias carbônicas
Cadeias carbônicasCadeias carbônicas
Cadeias carbônicas
Kamila Passos
 
13 forças da mecânica
13   forças da mecânica13   forças da mecânica
13 forças da mecânica
Bruno De Siqueira Costa
 

Mais procurados (20)

Exercícios eletrostática
Exercícios eletrostáticaExercícios eletrostática
Exercícios eletrostática
 
Funções inorgânicas
Funções inorgânicasFunções inorgânicas
Funções inorgânicas
 
Exercícios - aula 01 (1º ano Poliedro)
Exercícios -  aula 01 (1º ano Poliedro)Exercícios -  aula 01 (1º ano Poliedro)
Exercícios - aula 01 (1º ano Poliedro)
 
Exercícios Balanceamento
Exercícios BalanceamentoExercícios Balanceamento
Exercícios Balanceamento
 
Resolução do enem folia 2 parte leite
Resolução do enem folia 2 parte  leiteResolução do enem folia 2 parte  leite
Resolução do enem folia 2 parte leite
 
Exercícios forca eletrica
Exercícios forca eletricaExercícios forca eletrica
Exercícios forca eletrica
 
Introdução a eletrostática
Introdução a eletrostáticaIntrodução a eletrostática
Introdução a eletrostática
 
Lista de exercicios reações de oxidação e redução
Lista de exercicios   reações de oxidação e reduçãoLista de exercicios   reações de oxidação e redução
Lista de exercicios reações de oxidação e redução
 
Questões Corrigidas, em Word: Leis de Newton - Conteúdo vinculado ao blog ...
Questões Corrigidas, em Word:  Leis de Newton - Conteúdo vinculado ao blog   ...Questões Corrigidas, em Word:  Leis de Newton - Conteúdo vinculado ao blog   ...
Questões Corrigidas, em Word: Leis de Newton - Conteúdo vinculado ao blog ...
 
Exercicio de Funcoes Inorganicas
Exercicio de Funcoes InorganicasExercicio de Funcoes Inorganicas
Exercicio de Funcoes Inorganicas
 
Lei de coulomb
Lei de coulombLei de coulomb
Lei de coulomb
 
Propriedades físicas dos compostos orgânicos
Propriedades físicas dos compostos orgânicosPropriedades físicas dos compostos orgânicos
Propriedades físicas dos compostos orgânicos
 
Campo MagnéTico
Campo MagnéTicoCampo MagnéTico
Campo MagnéTico
 
Polímeros
PolímerosPolímeros
Polímeros
 
Dependência de química 1ª ano do ensino médio
Dependência de química 1ª ano do ensino médioDependência de química 1ª ano do ensino médio
Dependência de química 1ª ano do ensino médio
 
Tecendo sobre a Inclusão Escolar
Tecendo sobre a Inclusão EscolarTecendo sobre a Inclusão Escolar
Tecendo sobre a Inclusão Escolar
 
Termoquímica 2015 exercicios ii unidade
Termoquímica 2015 exercicios ii unidadeTermoquímica 2015 exercicios ii unidade
Termoquímica 2015 exercicios ii unidade
 
Experimentos 2019
Experimentos 2019Experimentos 2019
Experimentos 2019
 
Cadeias carbônicas
Cadeias carbônicasCadeias carbônicas
Cadeias carbônicas
 
13 forças da mecânica
13   forças da mecânica13   forças da mecânica
13 forças da mecânica
 

Destaque

Questões Corrigidas, em Word: Eletrostática - Conteúdo vinculado ao blog ...
Questões Corrigidas, em Word:  Eletrostática  - Conteúdo vinculado ao blog   ...Questões Corrigidas, em Word:  Eletrostática  - Conteúdo vinculado ao blog   ...
Questões Corrigidas, em Word: Eletrostática - Conteúdo vinculado ao blog ...
Rodrigo Penna
 
Lista 1 eletrostática
Lista 1   eletrostáticaLista 1   eletrostática
Lista 1 eletrostática
Jamilly Andrade
 
Lista de exercícios nº 01
Lista de exercícios nº 01Lista de exercícios nº 01
Lista de exercícios nº 01
Cristovao Nascimento
 
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-201195916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
Edi Carlos M. de Lima
 
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestreFísica   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Marcelo Andrade
 
Eletrostática fundamentos
Eletrostática   fundamentosEletrostática   fundamentos
Eletrostática fundamentos
Marco Antonio Sanches
 
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
Waldir Montenegro
 

Destaque (7)

Questões Corrigidas, em Word: Eletrostática - Conteúdo vinculado ao blog ...
Questões Corrigidas, em Word:  Eletrostática  - Conteúdo vinculado ao blog   ...Questões Corrigidas, em Word:  Eletrostática  - Conteúdo vinculado ao blog   ...
Questões Corrigidas, em Word: Eletrostática - Conteúdo vinculado ao blog ...
 
Lista 1 eletrostática
Lista 1   eletrostáticaLista 1   eletrostática
Lista 1 eletrostática
 
Lista de exercícios nº 01
Lista de exercícios nº 01Lista de exercícios nº 01
Lista de exercícios nº 01
 
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-201195916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
 
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestreFísica   lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
Física lista de exercícios 3 ano - 2º bimestre
 
Eletrostática fundamentos
Eletrostática   fundamentosEletrostática   fundamentos
Eletrostática fundamentos
 
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir  Montenegro 2014
Atividades de física 9° A e B ano prof: Waldir Montenegro 2014
 

Semelhante a 011 fisica eletrostatica_eletrizacao

Lista 01 eletrostatica
Lista 01 eletrostaticaLista 01 eletrostatica
Lista 01 eletrostatica
Nádia Preciso
 
Eletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulombEletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulomb
rodrigoateneu
 
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de CoulombLista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Gustavo Mendonça
 
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
Karla Kelli II
 
Lista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica totalLista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica total
Polivalente (Ubá) - E. E. Deputado Carlos Peixoto Filho
 
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
Waldir Montenegro
 
Lista 01 fisica
Lista 01   fisicaLista 01   fisica
Lista 01 fisica
universidade upt
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos Eletrostática
www.aulasdefisicaapoio.com -  Física -  Exercícios Resolvidos Eletrostáticawww.aulasdefisicaapoio.com -  Física -  Exercícios Resolvidos Eletrostática
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos Eletrostática
Videoaulas De Física Apoio
 
Física – eletricidade eletrização 00 – 2013
Física – eletricidade eletrização 00 – 2013Física – eletricidade eletrização 00 – 2013
Física – eletricidade eletrização 00 – 2013
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
amanhaeletrizaçaoporatritocontatoinduçao.pdf
amanhaeletrizaçaoporatritocontatoinduçao.pdfamanhaeletrizaçaoporatritocontatoinduçao.pdf
amanhaeletrizaçaoporatritocontatoinduçao.pdf
TopsAvakinImvu
 
Lista 2 danilo carga, força e campo elétrico
Lista 2 danilo   carga, força e campo elétricoLista 2 danilo   carga, força e campo elétrico
Lista 2 danilo carga, força e campo elétrico
Carlos Henrique Domingues dos Santos
 
Princípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estáticaPrincípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estática
Davi Oliveira
 
Eletricidade lista01
Eletricidade lista01Eletricidade lista01
Eletricidade lista01
Dorival Brito
 
Eletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga ElétricaEletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga Elétrica
Adna Myrella
 
Questões 01 - 3ºANO
Questões 01 - 3ºANOQuestões 01 - 3ºANO
Questões 01 - 3ºANO
Betine Rost
 
Atividade 01 lab inf 3º ano
Atividade 01 lab inf 3º anoAtividade 01 lab inf 3º ano
Atividade 01 lab inf 3º ano
Prof X
 
Exercícios de eletrostática
Exercícios de eletrostáticaExercícios de eletrostática
Exercícios de eletrostática
Roberto Bagatini
 
1ª lei de coulomb2
1ª lei de coulomb21ª lei de coulomb2
1ª lei de coulomb2
Fabiana Gonçalves
 
012 fisica eletrostatica_forca_de_coulomb
012 fisica eletrostatica_forca_de_coulomb012 fisica eletrostatica_forca_de_coulomb
012 fisica eletrostatica_forca_de_coulomb
JURANDIRBENTES
 

Semelhante a 011 fisica eletrostatica_eletrizacao (20)

Lista 01 eletrostatica
Lista 01 eletrostaticaLista 01 eletrostatica
Lista 01 eletrostatica
 
Eletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulombEletrostatica e lei de coulomb
Eletrostatica e lei de coulomb
 
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de CoulombLista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
Lista 1 - Processos de Eletrização e Lei de Coulomb
 
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
Física – eletricidade eletrização 01 – 2013
 
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_2_bim_do_2_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
 
Lista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica totalLista de exercício - Eletrostatica total
Lista de exercício - Eletrostatica total
 
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
1 lista de_exercicios_do_1_bim_do_3_ano_do_em_eletr_e_forca_de_coulomb
 
Lista 01 fisica
Lista 01   fisicaLista 01   fisica
Lista 01 fisica
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos Eletrostática
www.aulasdefisicaapoio.com -  Física -  Exercícios Resolvidos Eletrostáticawww.aulasdefisicaapoio.com -  Física -  Exercícios Resolvidos Eletrostática
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Exercícios Resolvidos Eletrostática
 
Física – eletricidade eletrização 00 – 2013
Física – eletricidade eletrização 00 – 2013Física – eletricidade eletrização 00 – 2013
Física – eletricidade eletrização 00 – 2013
 
amanhaeletrizaçaoporatritocontatoinduçao.pdf
amanhaeletrizaçaoporatritocontatoinduçao.pdfamanhaeletrizaçaoporatritocontatoinduçao.pdf
amanhaeletrizaçaoporatritocontatoinduçao.pdf
 
Lista 2 danilo carga, força e campo elétrico
Lista 2 danilo   carga, força e campo elétricoLista 2 danilo   carga, força e campo elétrico
Lista 2 danilo carga, força e campo elétrico
 
Princípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estáticaPrincípios de eletricidade estática
Princípios de eletricidade estática
 
Eletricidade lista01
Eletricidade lista01Eletricidade lista01
Eletricidade lista01
 
Eletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga ElétricaEletrostática - Carga Elétrica
Eletrostática - Carga Elétrica
 
Questões 01 - 3ºANO
Questões 01 - 3ºANOQuestões 01 - 3ºANO
Questões 01 - 3ºANO
 
Atividade 01 lab inf 3º ano
Atividade 01 lab inf 3º anoAtividade 01 lab inf 3º ano
Atividade 01 lab inf 3º ano
 
Exercícios de eletrostática
Exercícios de eletrostáticaExercícios de eletrostática
Exercícios de eletrostática
 
1ª lei de coulomb2
1ª lei de coulomb21ª lei de coulomb2
1ª lei de coulomb2
 
012 fisica eletrostatica_forca_de_coulomb
012 fisica eletrostatica_forca_de_coulomb012 fisica eletrostatica_forca_de_coulomb
012 fisica eletrostatica_forca_de_coulomb
 

Último

A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 

011 fisica eletrostatica_eletrizacao

  • 1. Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_ 1 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r Exercícios de Eletrização 1-Um corpo inicialmente neutro recebe 10 milhões de elétrons. Este corpo adquire uma carga de: (e = 1,6 . 10 –19 C). a) 1,6 . 10 –12 C b) –1,6 . 10 –12 C c) 16 . 10 –10 C d) 16 . 10 7 C 2-Para praticar seus conhecimentos de Eletricidade, um estudante dispõe de duas esferas metálicas A e B. A esfera B possui volume 8 vezes maior que o de A e ambas estão inicialmente neutras. Numa primeira etapa, eletriza-se a esfera A com 4,0 μC e a B com 5,0 μC. Numa segunda etapa, as esferas são colocadas em contato e atingem o equilíbrio eletrostático. Após a segunda etapa, as cargas elétricas das esferas serão, respectivamente: a) QA = 1,0 μC e QB = 8,0 μC b) QA = 8,0 μC e QB = 1,0 μC c) QA = 4,5 μC e QB = 4,5 μC d) QA = 6,0 μC e QB = 3,0 μC e) QA = 3,0 μC e QB = 6,0 μC 3-Três esferas metálicas iguais, A, B e C, estão apoiadas em suportes isolantes, tendo a esfera A carga elétrica negativa. Próximas a ela, as esferas B e C estão em contato entre si, sendo que C está ligada à terra por um fio condutor, como na figura. A partir dessa configuração, o fio é retirado e, em seguida, a esfera A é levada para muito longe. Finalmente, as esferas B e C são afastadas uma da outra. Após esses procedimentos, as cargas das três esferas satisfazem as relações a) QA < 0 QB > 0 QC >0 b) QA < 0 QB = 0 QC = 0 c) QA = 0 QB < 0 QC < 0 d) QA > 0 QB > 0 QC = 0 e) QA > 0 QB < 0 QC > 0 4- Uma pequena esfera de isopor B, pintada com tinta metálica, é atraída por outra esfera maior A, também metalizada. Tanto A como B estão eletricamente isoladas. Este ensaio permite afirmar que: a) a esfera A pode estar neutra. b) a esfera B possui carga positiva. c) as cargas elétricas em A e em B são de sinais opostos. d) a esfera A possui carga positiva. e) a esfera A não pode estar neutra. 5-Duas esferas A e B, metálicas e idênticas, estão car- regadas com cargas respectivamente iguais a 16 μ C e 4 μ C. Uma terceira esfera C, metálica e idêntica às anteriores, está inicialmente descarregada. Coloca-se C em contato com A. Em seguida, esse contato é desfeito e a esfera C é colocada em contato com B. Supondo-se que não haja troca de cargas elétricas com o meio exterior, a carga final de C é de: a) 8 μC b) 6 μC c) 4 μC d) 3 μC e) nula 6-No contato entre um condutor eletrônico A, eletrizado positivamente, e outro B, neutro, haverá passagem de: a) prótons de A para B. b) elétrons de A para B. c) elétrons de B para A. d) prótons de B para A. e) elétrons de A para B e de B para A. 7-Têm-se 4 esferas idênticas, uma carregada eletricamente com carga Q e as outras eletricamente neutras. Colocando- se, separadamente, a esfera eletrizada em contato com cada uma das outras esferas, a sua carga final será de: a) Q/4 b) Q/8 c) Q/16 d) Q/32 8-Três esferas condutoras A, B e C têm o mesmo diâmetro. A esfera A está inicialmente neutra e as outras duas estão carregadas com cargas QB = 1,2 μC e QC = 1,8 μC. Com a esfera A, toca-se primeiramente a esfera B e depois C. As cargas elétricas de A, B e C, depois desses contatos, são, respectivamente: a) 0,60 μC, 0,60 μC e 1,8 μC b) 0,60 μC, 1,2 μC e 1,2 μC c) 1,0 μC, 1,0 μC e 1,0 μC d) 1,2 μC, 0,60 μC e 1,2 μC e) 1,2 μC, 0,8 μC e 1,0 μC 9-Em uma atividade no laboratório de Física, um estu- dante, usando uma luva de material isolante, encosta uma esfera metálica A, carregada eletricamente com 8 μC, em outra idêntica B, eletricamente neutra. Em seguida,
  • 2. Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_ 2 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r encosta a esfera B em outra C, também idêntica e eletricamente neutra. A carga adquirida pela esfera C é: a) 2 μC b) 4 μC c) 6 μC d) 8 μC e) 9 μC 10-Três esferas condutoras de raio R, 3R e 5R e eletrizadas, respectivamente, com quantidade de cargas iguais a – 10 μC, – 30 μC e + 13 μC estão muito afastadas entre si. As esferas são, então, interligadas por fios metálicos de capacitância desprezível até que o sistema atinja completo equilíbrio. Nessa situação, o valor da quantidade de carga, em microcoulombs, da esfera de raio 3R é: a) – 9 b) – 3 c) 3 d) 9 11-Uma esfera condutora, eletricamente neutra, suspensa por fio isolante, toca outras três esferas de mesmo tamanho e eletrizadas com cargas Q, 3Q/2, e 3Q, res- pectivamente. Após tocar na terceira esfera eletrizada, a carga da primeira esfera é igual a: a) Q/4 b) Q/2 c) 3Q/4 d) Q e) 2Q 12-De acordo com o modelo atômico atual, os prótons e nêutrons não são mais considerados partículas elementares. Eles seriam formados de três partículas ainda menores, os quarks. Admite-se a existência de 12 quarks na natureza, mas só dois tipos formam os prótons e nêutrons, o quark up (u), de carga elétrica positiva, igual a 2/3 do valor da carga do elétron, e o quark down (d), de carga elétrica negativa, igual a 1/3 do valor da carga do elétron. A partir dessas informações, assinale a alternativa que apresenta corretamente a composição do próton e do nêutron. próton nêutron a) d, d, d u, u, u b) d, d, u u, u, d c) d, u, u u, d, d d) u, u, u d, d, d e) d, d, d d, d, d 13-Duas esferas idênticas, com cargas Q e 3Q, estão separadas por uma distância D. muito maior que o raio das esferas. As esferas são postas em contato, sendo posteriormente recolocadas nas suas posições iniciais. Qual a razão entre as forças de repulsão que atuam nas esferas depois e antes do contato? a) 1/3 b) 4/3 c) 3/2 d) 2/3 e) 5/3 14-A superfície de uma esfera isolante é carregada com carga elétrica positiva, concentrada em um dos seus hemisférios. Uma esfera condutora descarregada é, então, aproximada da esfera isolante. Assinale, entre as alternativas abaixo, o esquema que melhor representa a distribuição final de cargas nas duas esferas. 15-Duas esferas metálicas, muito leves, estão penduradas por fios perfeitamente isolantes, em um ambiente seco, conforme mostra a figura a seguir. Uma barra metálica, positivamente carregada, é encostada em uma das esferas e depois afastada. Após o afastamento da barra, qual deve ser a posição das esferas, sabendo que a carga inicial delas é nula?
  • 3. Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_ 3 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r 16-A figura abaixo representa um condutor A, eletricamen- te neutro, ligado à Terra. Aproxima-se de A um corpo B carregado positivamente. Pode-se afirmar que: a) os elétrons da Terra são atraídos para A. b) os elétrons de A escoam para a Terra. c) os prótons de A escoam para a Terra. d) os prótons da Terra são atraídos para A. e) há troca de prótons e elétrons entre A e B. 17-Dois copos A e B são aproximados sem que haja contato. Sabendo-se que o corpo A está eletrizado negativamente e o corpo B está neutro, podemos afirmar que: a) o corpo neutro fica com carga total negativa e é repelido pelo outro corpo. b) o corpo neutro fica com carga total nula e não é atraído nem repelido pelo outro corpo c) o corpo neutro fica com carga total nula mas é repelido pelo outro corpo. d) o corpo neutro fica com carga positiva e é atraído pelo outro corpo. e) o corpo neutro fica com carga total nula e é atraído pelo outro corpo. 18-Nas figuras abaixo, representando situações inde- pendentes entre si, as pequenas esferas metálicas, pendentes de fios leves e flexíveis, podem ou não estar carregadas. Considerando-se, portanto, a possibilidade de haver indução todas as afirmações abaixo estão absolutamente corretas, exceto uma. Assinale-a. a) A situação I só ocorre quando ambas as esferas estão carregadas com cargas do mesmo sinal. b) A situação II só ocorre quando ambas as esferas estão carregadas com cargas de mesmo sinal. c) A situação III só ocorre quando ambas as esferas estão descarregadas. d) Em qualquer das esferas que esteja carregada, sua carga estará sobre sua superfície 19-Sobre uma mesa isolante, colocam-se três corpos: A, B e C, observando-se que os corpos se atraem mutuamente. Pode-se afirmar corretamente que eles poderiam estar, respectivamente, com cargas: a) positiva, nula e negativa. b) positiva, negativa e positiva. c) positiva, negativa e negativa. d) negativa, positiva e negativa. 20-Você dispõe de duas esferas metálicas, iguais e inicial- mente descarregadas, montadas sobre pés isolantes, e de um bastão de ebonite carregado negativamente. As operações de I a IV seguintes podem ser colocadas numa ordem que descreva uma experiência em que as esferas sejam carregadas por indução. I. Aproximar o bastão de uma das esferas. II. Colocar as esferas em contato. III. Separar as esferas. IV. Afastar o bastão. Qual é a opção que melhor ordena as operações? a) I, II, IV, III b) III, I, IV, II c) IV, II, III, I d) II, I, IV, III e) II, I, III, IV 21-Considere dois corpos sólidos envolvidos em processos de eletrização. Um dos fatores que pode ser observado
  • 4. Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_ 4 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r tanto na eletrização por contato quanto na por indução é o fato de que, em ambas: a) torna-se necessário manter um contato direto entre os corpos. b) deve-se ter um dos corpos ligado temporariamente a um aterramento. c) ao fim do processo de eletrização, os corpos adquirem cargas elétricas de sinais opostos. d) um dos corpos deve, inicialmente, estar carregado eletricamente. e) para ocorrer, os corpos devem ser bons condutores elétricos. 22-Uma esfera de isopor de um pêndulo elétrico é atraída por um corpo carregado eletricamente. Afirma-se, então, que: I. o corpo está carregado necessariamente com cargas positivas. II. a esfera pode estar neutra. III. a esfera está carregada necessariamente com cargas negativas. Está(ão) correta(s): a) apenas I. b) apenas II. c) apenas III. d) apenas I e II. e) apenas I e III. 23-Um corpo A, eletricamente positivo, eletriza um corpo B, que inicialmente estava eletricamente neutro, por indução eletrostática. Nestas condições, pode-se afirmar que o corpo B ficou eletricamente: a) positivo, pois prótons da Terra são absorvidos pelo corpo. b) positivo, pois elétrons do corpo foram para a Terra. c) negativo, pois prótons do corpo foram para a Terra. d) negativo, pois elétrons da Terra são absorvidos pelo corpo. e) negativo, pois prótons da Terra são absorvidos pelo corpo. 24-Uma esfera condutora está colocada em um campo elétrico constante de 5,0 N/C produzido por uma placa extensa, carregada com carga positiva distribuída uniformemente. Se a esfera for ligada à Terra, conforme a figura a seguir, e depois de algum tempo, for desligada, pode-se dizer que a carga remanescente na esfera será: a) positiva, não uniformemente distribuída. b) positiva, uniformemente distribuída. c) negativa, não uniformemente distribuída. d) negativa, uniformemente distribuída. e) nula. 25-Duas pequenas esferas metálicas, de massas despre- zíveis, estão suspensas, em repouso, por fios leves e isolantes. O sinal da carga de cada esfera está indicado na figura, e a ausência de sinal indica que a esfera está eletricamente neutra. 26-Uma estudante observou que, ao colocar sobre uma mesa horizontal três pêndulos eletrostáticos idênticos, eqüidistantes entre si, como se cada um ocupasse o vértice de um triângulo eqüilátero, as esferas dos pêndulos se atraíram mutuamente. Sendo as três esferas metálicas, a estudante poderia concluir corretamente que: a) as três esferas estavam eletrizadas com cargas do mesmo sinal. b) duas esferas estavam eletrizadas com cargas de mesmo sinal e uma com carga de sinal oposto. c) duas esferas estavam eletrizadas com cargas do mesmo sinal e uma neutra. d) duas esferas estavam eletrizadas com cargas de sinais opostos e uma neutra. e) uma esfera estava eletrizada e duas neutras.
  • 5. Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_ 5 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r 27-Das afirmativas a seguir, assinale a que for correta. 01. Um corpo eletricamente neutro é desprovido de carga elétrica. 02. A carga elétrica é quantizada. 04. A carga elétrica de um elétron é, em módulo, menor que a carga do próton. 08. Nos isolantes, os elétrons se deslocam livremente ao longo do material que os constitui. 16. Sempre que um condutor for eletrizado por indução, sua carga será de sinal oposto ao da carga do corpo indutor. 32. Atritando-se corpos feitos do mesmo material, eles adquirem cargas elétricas de mesmo sinal. 64. O nanocoulomb é um submúltiplo da unidade de carga elétrica. 28-Aproximando-se uma barra eletrizada de duas esferas condutoras, inicialmente descarregadas e encostadas uma na outra, observa-se a distribuição de cargas esquematizada na figura abaixo. Em seguida, sem tirar do lugar a barra eletrizada, afasta-se um pouco uma esfera da outra. Finalmente, sem mexer mais nas esferas, move-se a barra, levando-a para muito longe das esferas. Nessa situação final, a alternativa que melhor representa a distribuição de cargas nas duas esferas é: 29-Deseja-se carregar negativamente um condutor metálico pelo processo de indução eletrostática. Nos esquemas I e II, o condutor está fixado numa haste isolante; F é um fio condutor que permite o contato com a Terra dos pontos A, B e C do condutor. Devemos utilizar: a) o esquema I e ligar necessariamente F em C, pois as cargas positivas aí induzidas atrairão elétrons da Terra, enquanto, se ligarmos em A, os elétrons aí induzidos, pela repulsão eletrostática, irão impedir a passagem de elétrons para a região C. b) o esquema II e ligar necessariamente F em A, pois as cargas positivas aí induzidas atrairão elétrons da Terra, enquanto, se ligarmos em C, os elétron saí induzidos, pela repulsão eletrostática, irão impedir a passagem de elétrons para a região A. c) qualquer dos esquemas I ou II, desde que liguemos F, respectivamente, em C e em A. d) o esquema I, em que a ligação F com o condutor poderá ser efetuada em qualquer ponto deste, pois os elétrons fluirão da Terra para o condutor, até que o mesmo atinja o potencial da Terra. e) o esquema II, em que a ligação de F com o condutor poderá ser efetuada em qualquer ponto deste, pois os elétrons fluirão da Terra para o condutor, até que o mesmo atinja o potencial da Terra. 30-Duas esferas metálicas A e B estão próximas uma da outra. A esfera A está ligada à Terra, cujo potencial é nulo, por um fio condutor. A esfera B está isolada e carregada com carga + Q. Considere as seguintes afirmações: I. O potencial da esfera A é nulo. II. A carga total da esfera A é nula. III. A força elétrica total sobre a esfera A é nula. Está correto apenas o que se afirma em: a) I b) I e II c) I e III d) II e III e) I, II e III
  • 6. Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_ 6 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r Instruções para as questões 31 e 32. A figura representa um eletroscópio de folhas, inicialmente descarregado. A esfera E, o suporte S e as folhas F são metálicos. Inicialmente, o eletroscópio está eletricamente descarregado. 31-Uma esfera metálica, positivamente carregada, é aproximada, sem encostar, da esfera do eletroscópio. Em qual das seguintes alternativas melhor se representa a configuração das folhas do eletroscópio, e suas cargas, enquanto a esfera positiva estiver perto de sua esfera? 32-Uma esfera metálica, positivamente carregada, encosta na esfera do eletroscópio e, em seguida, é afastada. Qual das seguintes alternativas melhor representa a configuração das folhas do eletroscópio, e suas cargas, depois que isso acontece? 33- Dispõe-se de três esferas metálicas idênticas e isoladas uma da outra. Duas delas A e B estão eletrizadas com cargas iguais a Q e a terceira C está neutra. Coloca-se em contato C com A e, a seguir, C com B. Determine, nestas condições, a carga elétrica de C. a) 9Q/4 b) 7Q/4 c) 5Q/4 d) 3Q/4 34- Três pequenas esferas metálicas idênticas, A, B e C, estão suspensas, por fios isolantes, a três suportes. Para testar se elas estão carregadas, realizam-se três experimentos durante os quais se verifica com elas interagem eletricamente, duas a duas: Experimento 1: As esferas A e C, ao serem aproximadas, atraem-se eletricamente, como ilustra a figura 1: Experimento 2: As esferas B e C, ao serem aproximadas, também se atraem eletricamente, como ilustra a figura 2: Experimento 3: As esferas A e B, ao serem aproximadas, também se atraem eletricamente, como ilustra a figura 3: Formulam-se três hipóteses: I - As três esferas estão carregadas. II - Apenas duas esferas estão carregadas com cargas de mesmo sinal. III - Apenas duas esferas estão carregadas, mas com cargas de sinais contrários. Analisando os resultados dos três experimentos, indique a hipótese correta. 35- Atritando vidro com lã, o vidro se eletriza com carga positiva e a lã com carga negativa. Atritando algodão com enxofre, o algodão adquire carga positiva e o enxofre, negativa. Porém, se o algodão for atritado com lã, o algodão adquire carga negativa e a lã, positiva. Quando atritado com algodão e quando atritado com enxofre, o vidro adquire, respectivamente, carga elétrica: a) positiva e positiva. b) positiva e negativa. c) negativa e positiva. d) negativa e negativa. e) negativa e nula.
  • 7. Prof. André Motta - mottabip@hotmail.com_ 7 | P r o j e t o F u t u r o M i l i t a r – w w w . f u t u r o m i l i t a r . c o m . b r GABARITO: 01-D 02-E 03-A 04-A 05-B 06-C 07-B 08-D 09-A 10-A 11-E 12-C 13-B 14-E 15-A 16-A 17-E 18-B 19-A 20-C 21-D 22-B 23-D 24-C 25-E 26-D 27-82 28-A 29-D 30-A 31-C 32-B 33-D 34-III 35-A