SlideShare uma empresa Scribd logo
COLÉGIO TIRADENTES DA POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS-UBERABA
“Juntos na construção de um ensino eficaz ”
1ª Avaliação de FÍSICA – 3°ANO NNNNotaotaotaota
Aluno(a):__________________________________________________________________ Turma: ________
Professor(a): Thiago Miranda Data: ____/____/_____ 2º Etapa Valor: 10 pontos
Pessoas que têm cabelos secos observam que, em dias secos, quanto mais tentam assentar seus cabelos,
penteando-os, mais eles ficam eriçados. Isso pode ser explicado do seguinte modo:
a) Os cabelos ficam eletrizados por atrito.
b) Os cabelos ficam eletrizados por indução eletrostática.
c) Os cabelos ficam eletrizados por contato.
d) Os cabelos adquirem magnetismo.
e) Trata-se de um fenômeno puramente biológico.
Uma partícula de carga elétrica q = 3 . 10
-8
C, colocada num ponto P localizado a 3 m de uma carga Q, no vácuo,
sofre a ação de uma força de módulo F = 1,5 . 10
-2
N. (Dado: constante eletrostática do vácuo, kO = 9 . 10
9
Nm
2
C
-
2
.)
a) Qual o módulo do campo elétrico em P?
b) Admitindo-se que esse campo elétrico se deve exclusivamente a Q, qual o valor de Q?
(PUCC - SP) Três pequenas partículas, M, N e P, eletrizadas com cargas iguais, estão fixas nas posições
indicadas na figura.
A força de interação elétrica entre as partículas M e P tem intensidade 4 . 10
-4
N. Nessas condições, a força
elétrica resultante sobre a partícula N, em newtons, tem intensidade:
a) 3,6 . 10
-3
b) 2,7 . 10
-3
c) 1,8 . 10
-3
d) 9 . 10
-4
e) 4 . 10
-4
M N P
1 cm2 cm
1,0QUESTÃO 03
1,0QUESTÃO 02
1,0QUESTÃO 01
Uma carga positiva Q está fixa em um ponto no espaço como indica a
figura abaixo.
a) Represente o vetor campo elétrico em cada um dos pontos que
estão próximos a carga Q.
b) Colocando no ponto P1 uma carga de prova positiva q desenhe o
vetor força elétrica neste ponto.
Uma pequena esfera de isopor (B), pintada com tinta metálica, é atraída por uma outra esfera maior (A), também
metalizada. Tanto A como B estão eletricamente isoladas. Este ensaio permite afirmar que:
a) A pode estar neutra.
b) B possui carga positiva.
c) as cargas elétricas em A e B são de sinais opostos.
d) A possui carga positiva.
e) A não pode estar neutra.
(Mack-2004) A intensidade do vetor campo elétrico gerado por
uma carga Q puntiforme, positiva e fixa em um ponto do vácuo, em
função da distância (d) em relação a ela, varia conforme o gráfico
dado. A intensidade do vetor campo elétrico, no ponto situado a
6m da carga, é:
a) 2 x 10
5
N/C
b) 3 x 10
5
N/C
c) 4 x 10
5
N/C
d) 5 x 10
5
N/C
Observe a tabela ao lado denominada tribo-elétrica. Ela é uma seqüência ordenada de
algumas substancias e nos dá o sinal das cargas elétricas adquiridas por dois corpos
que se atritam, conforme indicam a regra das setas laterais.
a) Atritando-se um pedaço de vidro com um pano de algodão, o que ocorrerá?
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
_______________________________________________________________________
b) Atritando-se dois pedaços de pano, um de lã e outro de seda, com que cargas estes se eletrizam?
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
(MACK – SP) No vácuo( ko = 9 . 10
9
Nm
2
/C
2
) são colocadas duas cargas elétricas puntiformes de 2 µC e 5 µC,
distantes 50 cm uma da outra. A força de repulsão entre essas duas cargas tem intensidade de quantos newtons?
Vidro
Mica
Lã
Seda
Algodão
Celulóide
REGRA
+
–
1,0QUESTÃO 09
1,0QUESTÃO 08
1,0QUESTÃO 07
1,0QUESTÃO 06
1,0QUESTÃO 05
1,0QUESTÃO 04
(Fatec-1997) Devido à presença das cargas elétricas Q1 e Q2, o vetor campo elétrico resultante no ponto P da
figura a seguir é melhor representada pela alternativa:
a)
b)
c)
d)
Com base na questão anterior, determine a intensidade do vetor campo elétrico resultante no ponto P, sabendo
que as cargas estão no vácuo onde k = 9 . 10
9
Nm
2
/C
2
. Considere a distância L = 2 . 10
-2
m.
Obs.: Para você realmente conseguir o ponto extra, deixe a resolução do desafio na Avaliação à caneta.
(Mack-2002) Nos pontos A e B da figura são colocadas, respectivamente, as cargas elétricas puntiformes -3Q e
+Q. No ponto P o vetor campo elétrico resultante tem intensidade:
a)
k 5Q .
12d
2
b)
k 2Q .
9d
2
c)
k Q .
12d
2
d)
k 4Q .
3d
2
e)
k 7Q .
18d
2
GABARITO (1ª avaliação de Física – Tipo II – 3°ano)
1,0DESAFIO!!! 1,0 ponto extra
1,0QUESTÃO 10
QUESTÃO 01
OPÇÃO A.
QUESTÃO 02
a) E = 1,5 . 10
-2
= 0,5 . 10
6
= 5 . 10
5
N/C
3 . 10
-8
b) 5 . 10
5
= 9 . 10
9
|Q| → |Q| = 5 . 10
5
→ |Q| = 5 . 10
-4
C
3
2
10
9
Assim Q = + 5 . 10
-4
C ou Q = - 5 . 10
-4
.
QUESTÃO 03
OPÇÃO B.
FMP = k . Q . Q = kQ
2
= 4 . 10
-4
N
d
2
d
2
FMN = k . Q . Q = kQ
2
= kQ
2
. 9 = 9 . kQ
2
= 9 . 4 . 10
-4
= 9 . 10
-4
N
(2/3d)
2
4/9d
2
1 4d
2
4 d
2
4
FPN = k . Q . Q = kQ
2
= kQ
2
. 9 = 9 . kQ
2
= 9 . 4 . 10
-4
= 36 . 10
-4
N
(d/3)
2
d
2
/9 1 d
2
1 d
2
FRP = FPN – FMN = 36 . 10
-4
– 9 . 10
-4
= 27 . 10
-4
= 2,7 . 10
-4
N
QUESTÃO 07
F = 9 . 10
9
. 2 . 10
-6
. 5 . 10
-6
= 90 . 10
-3
= 3,6 . 10
-1
N ou 0,36 N
(5 . 10
-1
)
2
25 . 10
-2
QUESTÃO 04
a) b)
QUESTÃO 05
OPÇÃO C.
QUESTÃO 06
OPÇÃO A.
QUESTÃO 07
a) O vidro ficará eletrizado positivamente pois, perderá elétrons, enquanto o algodão ficará eletrizado
negativamente pois, ganhará elétrons.
b) O pano de lã se eletriza com carga elétrica positiva e o pano de seda se eletriza com carga elétrica negativa.
QUESTÃO 08
F = 9 . 10
9
. 2 . 10
-6
. 5 . 10
-6
= 90 . 10
-3
= 3,6 . 10
-1
N ou 0,36 N
(5 . 10
-1
)
2
25 . 10
-2
QUESTÃO 09
OPÇÃO D.
M N P
1 cm2 cm
FMPFMNFPN
QUESTÃO 10
ER
2
= E1
2
+ E2
2
ER
2
= E
2
+ E
2
ER
2
= 2E
2
ER = √(2E
2
)
ER = E√2
ER = 4,5 . 10
8
√2
ER = 4,5√2 . 10
8
N/C
E1 = E2 = E
E = k.|Q|
d
2
E = 9. 10
9
20 . 10
-6
(2 . 10
-2
)
2
E = 180 . 10
3
4 . 10
-4
E = 45 . 10
7
E = 4,5 . 10
8
N/C
DESAFIO
OPÇÃO C.
EA = k . 3Q = 3kQ = kQ .
(3d)
2
9d
2
3d
2
EB = k . Q = kQ .
(2d)
2
4d
2
Para facilitar as contas vamos considerar kQ = x, assim teremos:
X
EA = x
3
EB = x
4
ERP = EA – EB = x – x = 4x – 3x = x .
3 4 12 12
ERP = 1 . kQ = kQ = k . Q .
12 d
2
12d
2
12d
2
90°
90°
E2
E1
ER
EA
EB

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Função quadrática resumo teórico e exercícios - celso brasil
Função quadrática   resumo teórico e exercícios - celso brasilFunção quadrática   resumo teórico e exercícios - celso brasil
Função quadrática resumo teórico e exercícios - celso brasil
Celso do Rozário Brasil Gonçalves
 
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOSAVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
Vyeyra Santos
 
2ª lista de exercícios 9º ano (eq. 2º grau)
2ª lista de exercícios   9º ano (eq. 2º grau)2ª lista de exercícios   9º ano (eq. 2º grau)
2ª lista de exercícios 9º ano (eq. 2º grau)
Ilton Bruno
 
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
Hélio Rocha
 
Lista de exercícios – sistema de equações do 1° grau
Lista de exercícios – sistema de equações do 1° grauLista de exercícios – sistema de equações do 1° grau
Lista de exercícios – sistema de equações do 1° grau
Everton Moraes
 
Mat pa pg exercicios gabarito
Mat pa  pg exercicios gabaritoMat pa  pg exercicios gabarito
Mat pa pg exercicios gabarito
trigono_metrico
 
4ª Lista de Exercícios – Logaritmos
4ª Lista de Exercícios – Logaritmos4ª Lista de Exercícios – Logaritmos
4ª Lista de Exercícios – Logaritmos
celiomelosouza
 
Exercícios extras_Termometria
Exercícios extras_TermometriaExercícios extras_Termometria
Exercícios extras_Termometria
O mundo da FÍSICA
 
Avaliação 1º ano 1º bimestre(física 1º c)
Avaliação 1º ano   1º bimestre(física 1º c)Avaliação 1º ano   1º bimestre(física 1º c)
Avaliação 1º ano 1º bimestre(física 1º c)
Vilmar Silva
 
Lista de Exercícios – Critérios de Divisibilidade
Lista de Exercícios – Critérios de DivisibilidadeLista de Exercícios – Critérios de Divisibilidade
Lista de Exercícios – Critérios de Divisibilidade
Everton Moraes
 
Movimento uniforme
Movimento uniformeMovimento uniforme
Movimento uniforme
Betine Rost
 
Lista de Exercícios 1 – Porcentagem
Lista de Exercícios 1 – PorcentagemLista de Exercícios 1 – Porcentagem
Lista de Exercícios 1 – Porcentagem
Everton Moraes
 
Lista de Exercícios – Juros Simples
Lista de Exercícios – Juros Simples Lista de Exercícios – Juros Simples
Lista de Exercícios – Juros Simples
Everton Moraes
 
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de TalesLista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
Everton Moraes
 
Prova do 8º ano do auzanir
Prova do 8º ano do auzanirProva do 8º ano do auzanir
Prova do 8º ano do auzanir
alunosderoberto
 
Exercicios de-semlhanca-e-teorema-de-tales
Exercicios de-semlhanca-e-teorema-de-talesExercicios de-semlhanca-e-teorema-de-tales
Exercicios de-semlhanca-e-teorema-de-tales
cleicia
 
Exercícios extras_processos de eletrização e lei de coulomb
Exercícios extras_processos de eletrização e lei de coulombExercícios extras_processos de eletrização e lei de coulomb
Exercícios extras_processos de eletrização e lei de coulomb
O mundo da FÍSICA
 
Lista de Exercícios – Equação do 1° grau
Lista de Exercícios – Equação do 1° grauLista de Exercícios – Equação do 1° grau
Lista de Exercícios – Equação do 1° grau
Everton Moraes
 
Questões média mediana e moda
Questões média mediana e modaQuestões média mediana e moda
Questões média mediana e moda
Keyla Christianne
 
9° ano equações do 2° grau incompletas
9° ano equações do 2° grau incompletas9° ano equações do 2° grau incompletas
9° ano equações do 2° grau incompletas
Hélio Rocha
 

Mais procurados (20)

Função quadrática resumo teórico e exercícios - celso brasil
Função quadrática   resumo teórico e exercícios - celso brasilFunção quadrática   resumo teórico e exercícios - celso brasil
Função quadrática resumo teórico e exercícios - celso brasil
 
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOSAVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
AVALIAÇÃO DE MATEMATICA 1 ANO CONJUNTOS
 
2ª lista de exercícios 9º ano (eq. 2º grau)
2ª lista de exercícios   9º ano (eq. 2º grau)2ª lista de exercícios   9º ano (eq. 2º grau)
2ª lista de exercícios 9º ano (eq. 2º grau)
 
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
SIMULADO: POTENCIAÇÃO E RADICIAÇÃO (8º ANO E H2)
 
Lista de exercícios – sistema de equações do 1° grau
Lista de exercícios – sistema de equações do 1° grauLista de exercícios – sistema de equações do 1° grau
Lista de exercícios – sistema de equações do 1° grau
 
Mat pa pg exercicios gabarito
Mat pa  pg exercicios gabaritoMat pa  pg exercicios gabarito
Mat pa pg exercicios gabarito
 
4ª Lista de Exercícios – Logaritmos
4ª Lista de Exercícios – Logaritmos4ª Lista de Exercícios – Logaritmos
4ª Lista de Exercícios – Logaritmos
 
Exercícios extras_Termometria
Exercícios extras_TermometriaExercícios extras_Termometria
Exercícios extras_Termometria
 
Avaliação 1º ano 1º bimestre(física 1º c)
Avaliação 1º ano   1º bimestre(física 1º c)Avaliação 1º ano   1º bimestre(física 1º c)
Avaliação 1º ano 1º bimestre(física 1º c)
 
Lista de Exercícios – Critérios de Divisibilidade
Lista de Exercícios – Critérios de DivisibilidadeLista de Exercícios – Critérios de Divisibilidade
Lista de Exercícios – Critérios de Divisibilidade
 
Movimento uniforme
Movimento uniformeMovimento uniforme
Movimento uniforme
 
Lista de Exercícios 1 – Porcentagem
Lista de Exercícios 1 – PorcentagemLista de Exercícios 1 – Porcentagem
Lista de Exercícios 1 – Porcentagem
 
Lista de Exercícios – Juros Simples
Lista de Exercícios – Juros Simples Lista de Exercícios – Juros Simples
Lista de Exercícios – Juros Simples
 
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de TalesLista de Exercícios - Teorema de Tales
Lista de Exercícios - Teorema de Tales
 
Prova do 8º ano do auzanir
Prova do 8º ano do auzanirProva do 8º ano do auzanir
Prova do 8º ano do auzanir
 
Exercicios de-semlhanca-e-teorema-de-tales
Exercicios de-semlhanca-e-teorema-de-talesExercicios de-semlhanca-e-teorema-de-tales
Exercicios de-semlhanca-e-teorema-de-tales
 
Exercícios extras_processos de eletrização e lei de coulomb
Exercícios extras_processos de eletrização e lei de coulombExercícios extras_processos de eletrização e lei de coulomb
Exercícios extras_processos de eletrização e lei de coulomb
 
Lista de Exercícios – Equação do 1° grau
Lista de Exercícios – Equação do 1° grauLista de Exercícios – Equação do 1° grau
Lista de Exercícios – Equação do 1° grau
 
Questões média mediana e moda
Questões média mediana e modaQuestões média mediana e moda
Questões média mediana e moda
 
9° ano equações do 2° grau incompletas
9° ano equações do 2° grau incompletas9° ano equações do 2° grau incompletas
9° ano equações do 2° grau incompletas
 

Destaque

Ejercicios de powerpoint
Ejercicios de powerpointEjercicios de powerpoint
Ejercicios de powerpoint
bibifausta
 
LT 02 - Rodrigo Kumpera - Rodando c sharp
LT 02 - Rodrigo Kumpera - Rodando c sharpLT 02 - Rodrigo Kumpera - Rodando c sharp
LT 02 - Rodrigo Kumpera - Rodando c sharp
DNAD
 
Memoria de Sostenibilidad 2008
Memoria de Sostenibilidad 2008Memoria de Sostenibilidad 2008
Memoria de Sostenibilidad 2008
Florida Universitaria
 
Gordo Henao
Gordo HenaoGordo Henao
Gordo Henao
guest57ddae
 
By farouk juwaidah
By farouk juwaidahBy farouk juwaidah
By farouk juwaidah
starfish4d
 
Accio Social I Ciutadania 2010
Accio Social I Ciutadania 2010Accio Social I Ciutadania 2010
Accio Social I Ciutadania 2010
Mari Carmen
 
Asumare salarii
Asumare salariiAsumare salarii
Asumare salarii
inpolitics
 

Destaque (9)

Ejercicios de powerpoint
Ejercicios de powerpointEjercicios de powerpoint
Ejercicios de powerpoint
 
Slide blog
Slide blogSlide blog
Slide blog
 
LT 02 - Rodrigo Kumpera - Rodando c sharp
LT 02 - Rodrigo Kumpera - Rodando c sharpLT 02 - Rodrigo Kumpera - Rodando c sharp
LT 02 - Rodrigo Kumpera - Rodando c sharp
 
Memoria de Sostenibilidad 2008
Memoria de Sostenibilidad 2008Memoria de Sostenibilidad 2008
Memoria de Sostenibilidad 2008
 
Gordo Henao
Gordo HenaoGordo Henao
Gordo Henao
 
By farouk juwaidah
By farouk juwaidahBy farouk juwaidah
By farouk juwaidah
 
Event seminar
Event seminarEvent seminar
Event seminar
 
Accio Social I Ciutadania 2010
Accio Social I Ciutadania 2010Accio Social I Ciutadania 2010
Accio Social I Ciutadania 2010
 
Asumare salarii
Asumare salariiAsumare salarii
Asumare salarii
 

Semelhante a 2° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano

2° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
2° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano2° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
2° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
O mundo da FÍSICA
 
2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo I_3° ano
2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo I_3° ano2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo I_3° ano
2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo I_3° ano
O mundo da FÍSICA
 
2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo II_3° ano
2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo II_3° ano2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo II_3° ano
2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo II_3° ano
O mundo da FÍSICA
 
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
O mundo da FÍSICA
 
1° etapa 3° avaliação recuperação_3° ano
1° etapa 3° avaliação recuperação_3° ano1° etapa 3° avaliação recuperação_3° ano
1° etapa 3° avaliação recuperação_3° ano
O mundo da FÍSICA
 
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-201195916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
Edi Carlos M. de Lima
 
Exercícios extras_campo elétrico
Exercícios extras_campo elétricoExercícios extras_campo elétrico
Exercícios extras_campo elétrico
O mundo da FÍSICA
 
Exercicios
ExerciciosExercicios
Exercicios
Betine Rost
 
Exercicios resolução
Exercicios resoluçãoExercicios resolução
Exercicios resolução
Betine Rost
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
O mundo da FÍSICA
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
O mundo da FÍSICA
 
Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalhoExercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
O mundo da FÍSICA
 
www.aulaparticularonline.net.br - Física - Exercícios Resolvidos de Eletricidade
www.aulaparticularonline.net.br - Física - Exercícios Resolvidos de Eletricidadewww.aulaparticularonline.net.br - Física - Exercícios Resolvidos de Eletricidade
www.aulaparticularonline.net.br - Física - Exercícios Resolvidos de Eletricidade
Lucia Silveira
 
Exercícios Física - Monitoria
Exercícios Física - MonitoriaExercícios Física - Monitoria
Exercícios Física - Monitoria
Rodrigo Moysés
 
1° Bimestre_3° Avaliação_3° ano_A_B
1° Bimestre_3° Avaliação_3° ano_A_B1° Bimestre_3° Avaliação_3° ano_A_B
1° Bimestre_3° Avaliação_3° ano_A_B
O mundo da FÍSICA
 
www.AulasParticulares.Info - Física – Potencial Elétrico
www.AulasParticulares.Info - Física – Potencial Elétricowww.AulasParticulares.Info - Física – Potencial Elétrico
www.AulasParticulares.Info - Física – Potencial Elétrico
AulasParticularesInfo
 
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
www.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Complementares de Eletricidadewww.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
Videoaulas De Física Apoio
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
O mundo da FÍSICA
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
O mundo da FÍSICA
 
Revisão de eletrostática e campo elétrico
Revisão de eletrostática e campo elétricoRevisão de eletrostática e campo elétrico
Revisão de eletrostática e campo elétrico
Cleiton Rosa
 

Semelhante a 2° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano (20)

2° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
2° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano2° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
2° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
 
2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo I_3° ano
2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo I_3° ano2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo I_3° ano
2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo I_3° ano
 
2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo II_3° ano
2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo II_3° ano2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo II_3° ano
2° Etapa_1° Avaliação Substitutiva_Tipo II_3° ano
 
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
2° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
 
1° etapa 3° avaliação recuperação_3° ano
1° etapa 3° avaliação recuperação_3° ano1° etapa 3° avaliação recuperação_3° ano
1° etapa 3° avaliação recuperação_3° ano
 
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-201195916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
95916269 fisica-eletricidade-e-fis-moderna-questoes-de-vestibular-2011
 
Exercícios extras_campo elétrico
Exercícios extras_campo elétricoExercícios extras_campo elétrico
Exercícios extras_campo elétrico
 
Exercicios
ExerciciosExercicios
Exercicios
 
Exercicios resolução
Exercicios resoluçãoExercicios resolução
Exercicios resolução
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo I_3° Ano
 
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
3° Eetapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano
 
Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalhoExercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
Exercícios extras_Potencial elétrico e trabalho
 
www.aulaparticularonline.net.br - Física - Exercícios Resolvidos de Eletricidade
www.aulaparticularonline.net.br - Física - Exercícios Resolvidos de Eletricidadewww.aulaparticularonline.net.br - Física - Exercícios Resolvidos de Eletricidade
www.aulaparticularonline.net.br - Física - Exercícios Resolvidos de Eletricidade
 
Exercícios Física - Monitoria
Exercícios Física - MonitoriaExercícios Física - Monitoria
Exercícios Física - Monitoria
 
1° Bimestre_3° Avaliação_3° ano_A_B
1° Bimestre_3° Avaliação_3° ano_A_B1° Bimestre_3° Avaliação_3° ano_A_B
1° Bimestre_3° Avaliação_3° ano_A_B
 
www.AulasParticulares.Info - Física – Potencial Elétrico
www.AulasParticulares.Info - Física – Potencial Elétricowww.AulasParticulares.Info - Física – Potencial Elétrico
www.AulasParticulares.Info - Física – Potencial Elétrico
 
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
www.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Complementares de Eletricidadewww.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Complementares de Eletricidade
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_3° ano
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo II_3° ano
 
Revisão de eletrostática e campo elétrico
Revisão de eletrostática e campo elétricoRevisão de eletrostática e campo elétrico
Revisão de eletrostática e campo elétrico
 

Mais de O mundo da FÍSICA

3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
O mundo da FÍSICA
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
O mundo da FÍSICA
 
Potência e energia
Potência e energiaPotência e energia
Potência e energia
O mundo da FÍSICA
 
Espelho planos
Espelho planosEspelho planos
Espelho planos
O mundo da FÍSICA
 
Reflexão da luz
Reflexão da luzReflexão da luz
Reflexão da luz
O mundo da FÍSICA
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
O mundo da FÍSICA
 
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
O mundo da FÍSICA
 
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
O mundo da FÍSICA
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
O mundo da FÍSICA
 
Exercícios extras_calorimetria
Exercícios extras_calorimetriaExercícios extras_calorimetria
Exercícios extras_calorimetria
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
O mundo da FÍSICA
 
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
O mundo da FÍSICA
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
O mundo da FÍSICA
 
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
O mundo da FÍSICA
 
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
O mundo da FÍSICA
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
O mundo da FÍSICA
 
Exercícios extras - Leis de Ohm
Exercícios extras - Leis de OhmExercícios extras - Leis de Ohm
Exercícios extras - Leis de Ohm
O mundo da FÍSICA
 
Leis de Ohm
Leis de OhmLeis de Ohm
Leis de Ohm
O mundo da FÍSICA
 

Mais de O mundo da FÍSICA (20)

3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
3° etapa_3° avaliaçã_Tipo II_2° ano
 
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
3° etapa_3° avaliação_Tipo I_2° ano
 
Potência e energia
Potência e energiaPotência e energia
Potência e energia
 
Espelho planos
Espelho planosEspelho planos
Espelho planos
 
Reflexão da luz
Reflexão da luzReflexão da luz
Reflexão da luz
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
3° Etapa_2° Avaliação Simulado_3° Ano
 
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
3° Etapa_2° Avaliação_Simulado_2° Ano
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
 
Exercícios extras_calorimetria
Exercícios extras_calorimetriaExercícios extras_calorimetria
Exercícios extras_calorimetria
 
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
3° Bimestre_2° Avaliação_1° ano_A_B_C
 
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
3° Bimestre_2° Avaliação_2° ano EJA_AM
 
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
3° Bimestre_2° Avaliação_3° ano_A_B
 
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
3° Bimestre_2° Avaliação_3° Ano EJA_AM_BM
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_2° Ano
 
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
3° Etapa_1° Avaliação_Tipo I_2° Ano
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 
Exercícios extras - Leis de Ohm
Exercícios extras - Leis de OhmExercícios extras - Leis de Ohm
Exercícios extras - Leis de Ohm
 
Leis de Ohm
Leis de OhmLeis de Ohm
Leis de Ohm
 

Último

Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Falcão Brasil
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
Estuda.com
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdfIntendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
Intendência da Aeronáutica. Somos um, sou você Intendência!.pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
 
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdfO Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
O Ministério da Defesa e a Sociedade no Tema de Defesa Nacional.pdf
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 

2° Etapa_1° Avaliação_Tipo II_3° Ano

  • 1. COLÉGIO TIRADENTES DA POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS-UBERABA “Juntos na construção de um ensino eficaz ” 1ª Avaliação de FÍSICA – 3°ANO NNNNotaotaotaota Aluno(a):__________________________________________________________________ Turma: ________ Professor(a): Thiago Miranda Data: ____/____/_____ 2º Etapa Valor: 10 pontos Pessoas que têm cabelos secos observam que, em dias secos, quanto mais tentam assentar seus cabelos, penteando-os, mais eles ficam eriçados. Isso pode ser explicado do seguinte modo: a) Os cabelos ficam eletrizados por atrito. b) Os cabelos ficam eletrizados por indução eletrostática. c) Os cabelos ficam eletrizados por contato. d) Os cabelos adquirem magnetismo. e) Trata-se de um fenômeno puramente biológico. Uma partícula de carga elétrica q = 3 . 10 -8 C, colocada num ponto P localizado a 3 m de uma carga Q, no vácuo, sofre a ação de uma força de módulo F = 1,5 . 10 -2 N. (Dado: constante eletrostática do vácuo, kO = 9 . 10 9 Nm 2 C - 2 .) a) Qual o módulo do campo elétrico em P? b) Admitindo-se que esse campo elétrico se deve exclusivamente a Q, qual o valor de Q? (PUCC - SP) Três pequenas partículas, M, N e P, eletrizadas com cargas iguais, estão fixas nas posições indicadas na figura. A força de interação elétrica entre as partículas M e P tem intensidade 4 . 10 -4 N. Nessas condições, a força elétrica resultante sobre a partícula N, em newtons, tem intensidade: a) 3,6 . 10 -3 b) 2,7 . 10 -3 c) 1,8 . 10 -3 d) 9 . 10 -4 e) 4 . 10 -4 M N P 1 cm2 cm 1,0QUESTÃO 03 1,0QUESTÃO 02 1,0QUESTÃO 01
  • 2. Uma carga positiva Q está fixa em um ponto no espaço como indica a figura abaixo. a) Represente o vetor campo elétrico em cada um dos pontos que estão próximos a carga Q. b) Colocando no ponto P1 uma carga de prova positiva q desenhe o vetor força elétrica neste ponto. Uma pequena esfera de isopor (B), pintada com tinta metálica, é atraída por uma outra esfera maior (A), também metalizada. Tanto A como B estão eletricamente isoladas. Este ensaio permite afirmar que: a) A pode estar neutra. b) B possui carga positiva. c) as cargas elétricas em A e B são de sinais opostos. d) A possui carga positiva. e) A não pode estar neutra. (Mack-2004) A intensidade do vetor campo elétrico gerado por uma carga Q puntiforme, positiva e fixa em um ponto do vácuo, em função da distância (d) em relação a ela, varia conforme o gráfico dado. A intensidade do vetor campo elétrico, no ponto situado a 6m da carga, é: a) 2 x 10 5 N/C b) 3 x 10 5 N/C c) 4 x 10 5 N/C d) 5 x 10 5 N/C Observe a tabela ao lado denominada tribo-elétrica. Ela é uma seqüência ordenada de algumas substancias e nos dá o sinal das cargas elétricas adquiridas por dois corpos que se atritam, conforme indicam a regra das setas laterais. a) Atritando-se um pedaço de vidro com um pano de algodão, o que ocorrerá? _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ _______________________________________________________________________ b) Atritando-se dois pedaços de pano, um de lã e outro de seda, com que cargas estes se eletrizam? ___________________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________________ (MACK – SP) No vácuo( ko = 9 . 10 9 Nm 2 /C 2 ) são colocadas duas cargas elétricas puntiformes de 2 µC e 5 µC, distantes 50 cm uma da outra. A força de repulsão entre essas duas cargas tem intensidade de quantos newtons? Vidro Mica Lã Seda Algodão Celulóide REGRA + – 1,0QUESTÃO 09 1,0QUESTÃO 08 1,0QUESTÃO 07 1,0QUESTÃO 06 1,0QUESTÃO 05 1,0QUESTÃO 04
  • 3. (Fatec-1997) Devido à presença das cargas elétricas Q1 e Q2, o vetor campo elétrico resultante no ponto P da figura a seguir é melhor representada pela alternativa: a) b) c) d) Com base na questão anterior, determine a intensidade do vetor campo elétrico resultante no ponto P, sabendo que as cargas estão no vácuo onde k = 9 . 10 9 Nm 2 /C 2 . Considere a distância L = 2 . 10 -2 m. Obs.: Para você realmente conseguir o ponto extra, deixe a resolução do desafio na Avaliação à caneta. (Mack-2002) Nos pontos A e B da figura são colocadas, respectivamente, as cargas elétricas puntiformes -3Q e +Q. No ponto P o vetor campo elétrico resultante tem intensidade: a) k 5Q . 12d 2 b) k 2Q . 9d 2 c) k Q . 12d 2 d) k 4Q . 3d 2 e) k 7Q . 18d 2 GABARITO (1ª avaliação de Física – Tipo II – 3°ano) 1,0DESAFIO!!! 1,0 ponto extra 1,0QUESTÃO 10
  • 4. QUESTÃO 01 OPÇÃO A. QUESTÃO 02 a) E = 1,5 . 10 -2 = 0,5 . 10 6 = 5 . 10 5 N/C 3 . 10 -8 b) 5 . 10 5 = 9 . 10 9 |Q| → |Q| = 5 . 10 5 → |Q| = 5 . 10 -4 C 3 2 10 9 Assim Q = + 5 . 10 -4 C ou Q = - 5 . 10 -4 . QUESTÃO 03 OPÇÃO B. FMP = k . Q . Q = kQ 2 = 4 . 10 -4 N d 2 d 2 FMN = k . Q . Q = kQ 2 = kQ 2 . 9 = 9 . kQ 2 = 9 . 4 . 10 -4 = 9 . 10 -4 N (2/3d) 2 4/9d 2 1 4d 2 4 d 2 4 FPN = k . Q . Q = kQ 2 = kQ 2 . 9 = 9 . kQ 2 = 9 . 4 . 10 -4 = 36 . 10 -4 N (d/3) 2 d 2 /9 1 d 2 1 d 2 FRP = FPN – FMN = 36 . 10 -4 – 9 . 10 -4 = 27 . 10 -4 = 2,7 . 10 -4 N QUESTÃO 07 F = 9 . 10 9 . 2 . 10 -6 . 5 . 10 -6 = 90 . 10 -3 = 3,6 . 10 -1 N ou 0,36 N (5 . 10 -1 ) 2 25 . 10 -2 QUESTÃO 04 a) b) QUESTÃO 05 OPÇÃO C. QUESTÃO 06 OPÇÃO A. QUESTÃO 07 a) O vidro ficará eletrizado positivamente pois, perderá elétrons, enquanto o algodão ficará eletrizado negativamente pois, ganhará elétrons. b) O pano de lã se eletriza com carga elétrica positiva e o pano de seda se eletriza com carga elétrica negativa. QUESTÃO 08 F = 9 . 10 9 . 2 . 10 -6 . 5 . 10 -6 = 90 . 10 -3 = 3,6 . 10 -1 N ou 0,36 N (5 . 10 -1 ) 2 25 . 10 -2 QUESTÃO 09 OPÇÃO D. M N P 1 cm2 cm FMPFMNFPN
  • 5. QUESTÃO 10 ER 2 = E1 2 + E2 2 ER 2 = E 2 + E 2 ER 2 = 2E 2 ER = √(2E 2 ) ER = E√2 ER = 4,5 . 10 8 √2 ER = 4,5√2 . 10 8 N/C E1 = E2 = E E = k.|Q| d 2 E = 9. 10 9 20 . 10 -6 (2 . 10 -2 ) 2 E = 180 . 10 3 4 . 10 -4 E = 45 . 10 7 E = 4,5 . 10 8 N/C DESAFIO OPÇÃO C. EA = k . 3Q = 3kQ = kQ . (3d) 2 9d 2 3d 2 EB = k . Q = kQ . (2d) 2 4d 2 Para facilitar as contas vamos considerar kQ = x, assim teremos: X EA = x 3 EB = x 4 ERP = EA – EB = x – x = 4x – 3x = x . 3 4 12 12 ERP = 1 . kQ = kQ = k . Q . 12 d 2 12d 2 12d 2 90° 90° E2 E1 ER EA EB