SlideShare uma empresa Scribd logo
 Conceito: Conjunto de soluções
que possibilitam o planejamento e
acompanhamento
financeiro, logístico e produtivo de
uma empresa, de forma integrada e
interativa.
 Objetivo: Agregar e estabelecer
relações de informação entre todas
as áreas de uma empresa
 Evolução Histórica: Surgiram a partir da década de
90, derivado do MRP (Material Resource Planning ou
planejamento das requisições de materiais). O sistema de ERP
evoluiu ao longo das décadas ao acompanhar de perto as
mudanças na gestão das corporações, cujo conceito moderno
apareceu no final dos anos 50 e início da década de 60. No
entanto, foi apenas nos primeiros anos da década de 70 que a
expansão econômica e a maior disseminação computacional
geraram os MRPs.
Quando os
conceitos
modernos de
controle
tecnológico e
gestão corporativa
tiveram seu início.
Expansão
econômica e
computacional
geraram o MRP
O MRP transformou-se
em MRP II (Planejamento
dos recursos de
manufatura), que agora
também controlava
outras atividades como
mão de obra e
maquinário
A nomenclatura
ERP ganharia
muita força
DEC. 60
DEC. 70
DEC. 80
DEC.90
 Conceito: BI ou inteligência de negócios é uma
tecnologia que permite às empresas transformar
dados guardados em Informação qualitativa e
importante para a tomada de decisão.
 Objetivo: É um método que visa ajudar as
empresas a tomar as decisões
inteligentes, mediante dados e informações
recolhidas pelo ERP, planilhas de
Excel, informações em internet, além de dados
armazenados no próprio BI, os quais mostram em
tempo real qual a situação da empresa naquele
exato momento.
 Evolução Histórica: Foi feito com base em sistemas de informação de
decisão e só se tornou popular na década de 90 . Agora, no entanto
, está ganhando aceitação generalizada entre as organizações globais.
No ano de 2012 , as grandes organizações incorporados processos de
dados grandes de uma forma geral.
 Conceito: De acordo com o
International Center for
Competitive Excellence –
University of North
Caroline, 1994, SCM é a
integração dos processos de
negócios do usuário final através
de fornecedores (originais) que
fornecem produtos, serviços e
informações e agregam valor para
os consumidores. Objetivo: Maximizar e tornar realidade as potenciais sinergias das
partes envolvidas na cadeia produtiva, para que o consumidor
possa ser atendido de maneira mais eficiente e a um custo menor
para quem produz.
Anos 70
Administração de
Materiais
• Otimização do sistema de
transportes.
Anos 80
Logística Integrada
• Visão sistemica da
empresa;
• Integração por
sistemas de
informação;
Anos 90
Supply Chain
Management
• Visão sistêmica da
empresa, incluindo
fornecedores e
distribuidores;
• Amplo uso de alianças
estratégicas;
REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS
 http://www.slideshare.net/julianamarialop/erp-
conceito-e-evoluo
 http://www.gigatron.com.br/#!business-
inteligence/cpy9
 www.cin.ufpe.br/~ccc2/DW/Business%20Intelligence.
doc
 http://www.prodix.com.br/index.php/imprensa/15-
business-intelligence/43-inteligencia-de-negocios
 http://www.egafutura.com/pt/wiki/business-
intelligence
 ILOS – Instituto de Logística e Supply Chain
www.ilos.com.br
COMPONENTES
 Ana dos Santos Augusto Mat:201102260738
 Erika Patricia de Souza Domingos Mat:201102054496
 Lívia Teixeira Pinto Mat:201102054518
 Marisa Vitor Guedes de Souza Mat:201102054542
 Meriane dos Santos Mat: 200508025187
 Alex da Silva Carvalho Mat:

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Universo Totvs 2009 Fortaleza
Universo Totvs 2009 FortalezaUniverso Totvs 2009 Fortaleza
Universo Totvs 2009 Fortaleza
guest8b04951
 
SiG - Uma realidade à nossa frente
SiG - Uma realidade à nossa frenteSiG - Uma realidade à nossa frente
SiG - Uma realidade à nossa frente
Eng. Eduardo F. dos Santos
 
Supply Chain Management
Supply Chain ManagementSupply Chain Management
Supply Chain Management
Silvio Sousa Cabral
 
Sistemas de gestão
Sistemas de gestãoSistemas de gestão
Sistemas de gestão
Caroline Angulo Amador
 
E Business Brasil V.5
E Business Brasil V.5E Business Brasil V.5
E Business Brasil V.5
oburegio
 
GTI/ERP 07/12 Infraestrutura de TI
GTI/ERP 07/12 Infraestrutura de TIGTI/ERP 07/12 Infraestrutura de TI
GTI/ERP 07/12 Infraestrutura de TI
Felipe Pereira
 
ERP - CRM e SCM
ERP - CRM e SCMERP - CRM e SCM
ERP - CRM e SCM
Renan Rolim Walenczuk
 
Aula TI 7 TECNOLOGIA E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ERP,CRM, SCM, E-Business
Aula TI 7 TECNOLOGIA E SISTEMAS DE  INFORMAÇÃOERP,CRM, SCM, E-BusinessAula TI 7 TECNOLOGIA E SISTEMAS DE  INFORMAÇÃOERP,CRM, SCM, E-Business
Aula TI 7 TECNOLOGIA E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ERP,CRM, SCM, E-Business
sionara14
 
SIG: MRP, ERP, CRM e SCM
SIG: MRP, ERP, CRM e SCMSIG: MRP, ERP, CRM e SCM
SIG: MRP, ERP, CRM e SCM
Felipe Oliveira
 
Gestão Da Informação
Gestão Da InformaçãoGestão Da Informação
Gestão Da Informação
Felipe Goulart
 

Destaque (10)

Universo Totvs 2009 Fortaleza
Universo Totvs 2009 FortalezaUniverso Totvs 2009 Fortaleza
Universo Totvs 2009 Fortaleza
 
SiG - Uma realidade à nossa frente
SiG - Uma realidade à nossa frenteSiG - Uma realidade à nossa frente
SiG - Uma realidade à nossa frente
 
Supply Chain Management
Supply Chain ManagementSupply Chain Management
Supply Chain Management
 
Sistemas de gestão
Sistemas de gestãoSistemas de gestão
Sistemas de gestão
 
E Business Brasil V.5
E Business Brasil V.5E Business Brasil V.5
E Business Brasil V.5
 
GTI/ERP 07/12 Infraestrutura de TI
GTI/ERP 07/12 Infraestrutura de TIGTI/ERP 07/12 Infraestrutura de TI
GTI/ERP 07/12 Infraestrutura de TI
 
ERP - CRM e SCM
ERP - CRM e SCMERP - CRM e SCM
ERP - CRM e SCM
 
Aula TI 7 TECNOLOGIA E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ERP,CRM, SCM, E-Business
Aula TI 7 TECNOLOGIA E SISTEMAS DE  INFORMAÇÃOERP,CRM, SCM, E-BusinessAula TI 7 TECNOLOGIA E SISTEMAS DE  INFORMAÇÃOERP,CRM, SCM, E-Business
Aula TI 7 TECNOLOGIA E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO ERP,CRM, SCM, E-Business
 
SIG: MRP, ERP, CRM e SCM
SIG: MRP, ERP, CRM e SCMSIG: MRP, ERP, CRM e SCM
SIG: MRP, ERP, CRM e SCM
 
Gestão Da Informação
Gestão Da InformaçãoGestão Da Informação
Gestão Da Informação
 

Semelhante a ERP, BI e SCM

Sistemas de Gestão FEI
Sistemas de Gestão FEISistemas de Gestão FEI
Sistemas de Gestão FEI
Brunomaglione
 
Trabalho sistemas de gestão fei mateus_cozer 2012
Trabalho sistemas de gestão  fei mateus_cozer 2012Trabalho sistemas de gestão  fei mateus_cozer 2012
Trabalho sistemas de gestão fei mateus_cozer 2012
z133014
 
Artigo tgs - oficial 2011
  Artigo tgs - oficial 2011  Artigo tgs - oficial 2011
Artigo tgs - oficial 2011
afranio47
 
IT Acronyms
IT AcronymsIT Acronyms
IT Acronyms
IT AcronymsIT Acronyms
5 sistema de informacao
5   sistema de informacao5   sistema de informacao
5 sistema de informacao
cefaprodematupa
 
Logistica
LogisticaLogistica
Logistica
ELINOTRAMPO
 
00 13092011-1600-governança-da-gestão-documental
00 13092011-1600-governança-da-gestão-documental00 13092011-1600-governança-da-gestão-documental
00 13092011-1600-governança-da-gestão-documental
guiabusinessmedia
 
ERP - Conceito e Evolução
ERP - Conceito e EvoluçãoERP - Conceito e Evolução
ERP - Conceito e Evolução
Juliana Maria Lopes
 
Supply Chain Management Professor Danilo Pires
Supply Chain Management Professor Danilo PiresSupply Chain Management Professor Danilo Pires
Supply Chain Management Professor Danilo Pires
Danilo Pires
 
Business Intelligence, a evolução e o futuro.
Business Intelligence, a evolução e o futuro.Business Intelligence, a evolução e o futuro.
Business Intelligence, a evolução e o futuro.
Pedro Batista
 
Prointer parcial
Prointer parcialProinter parcial
Prointer parcial
Ana Paula
 
Logística Aula 10
Logística Aula 10Logística Aula 10
Logística Aula 10
robsonnasc
 
Estudo de caso - implantacao de solucao para tratamento de informacoes logist...
Estudo de caso - implantacao de solucao para tratamento de informacoes logist...Estudo de caso - implantacao de solucao para tratamento de informacoes logist...
Estudo de caso - implantacao de solucao para tratamento de informacoes logist...
André Aranha
 
Inovacao Digital
Inovacao DigitalInovacao Digital
Inovacao Digital
J. C.
 
Business Analytics: empresas competitivas são orientadas por dados
Business Analytics: empresas competitivas são orientadas por dadosBusiness Analytics: empresas competitivas são orientadas por dados
Business Analytics: empresas competitivas são orientadas por dados
MJV Technology & Innovation Brasil
 
Trans4mar - Institucional
Trans4mar - InstitucionalTrans4mar - Institucional
Trans4mar - Institucional
Sérgio Pereira Do Valle
 
Aula 06.1 FSI - Papel da Informação nas Organizações
Aula 06.1 FSI - Papel da Informação nas OrganizaçõesAula 06.1 FSI - Papel da Informação nas Organizações
Aula 06.1 FSI - Papel da Informação nas Organizações
Messias Batista
 
0000000
00000000000000
0000000
aldinei274878
 
O abc do erp
O abc do erpO abc do erp
O abc do erp
Sasa102030
 

Semelhante a ERP, BI e SCM (20)

Sistemas de Gestão FEI
Sistemas de Gestão FEISistemas de Gestão FEI
Sistemas de Gestão FEI
 
Trabalho sistemas de gestão fei mateus_cozer 2012
Trabalho sistemas de gestão  fei mateus_cozer 2012Trabalho sistemas de gestão  fei mateus_cozer 2012
Trabalho sistemas de gestão fei mateus_cozer 2012
 
Artigo tgs - oficial 2011
  Artigo tgs - oficial 2011  Artigo tgs - oficial 2011
Artigo tgs - oficial 2011
 
IT Acronyms
IT AcronymsIT Acronyms
IT Acronyms
 
IT Acronyms
IT AcronymsIT Acronyms
IT Acronyms
 
5 sistema de informacao
5   sistema de informacao5   sistema de informacao
5 sistema de informacao
 
Logistica
LogisticaLogistica
Logistica
 
00 13092011-1600-governança-da-gestão-documental
00 13092011-1600-governança-da-gestão-documental00 13092011-1600-governança-da-gestão-documental
00 13092011-1600-governança-da-gestão-documental
 
ERP - Conceito e Evolução
ERP - Conceito e EvoluçãoERP - Conceito e Evolução
ERP - Conceito e Evolução
 
Supply Chain Management Professor Danilo Pires
Supply Chain Management Professor Danilo PiresSupply Chain Management Professor Danilo Pires
Supply Chain Management Professor Danilo Pires
 
Business Intelligence, a evolução e o futuro.
Business Intelligence, a evolução e o futuro.Business Intelligence, a evolução e o futuro.
Business Intelligence, a evolução e o futuro.
 
Prointer parcial
Prointer parcialProinter parcial
Prointer parcial
 
Logística Aula 10
Logística Aula 10Logística Aula 10
Logística Aula 10
 
Estudo de caso - implantacao de solucao para tratamento de informacoes logist...
Estudo de caso - implantacao de solucao para tratamento de informacoes logist...Estudo de caso - implantacao de solucao para tratamento de informacoes logist...
Estudo de caso - implantacao de solucao para tratamento de informacoes logist...
 
Inovacao Digital
Inovacao DigitalInovacao Digital
Inovacao Digital
 
Business Analytics: empresas competitivas são orientadas por dados
Business Analytics: empresas competitivas são orientadas por dadosBusiness Analytics: empresas competitivas são orientadas por dados
Business Analytics: empresas competitivas são orientadas por dados
 
Trans4mar - Institucional
Trans4mar - InstitucionalTrans4mar - Institucional
Trans4mar - Institucional
 
Aula 06.1 FSI - Papel da Informação nas Organizações
Aula 06.1 FSI - Papel da Informação nas OrganizaçõesAula 06.1 FSI - Papel da Informação nas Organizações
Aula 06.1 FSI - Papel da Informação nas Organizações
 
0000000
00000000000000
0000000
 
O abc do erp
O abc do erpO abc do erp
O abc do erp
 

Mais de Vicente Willians Nunes

Jogo da frutas
Jogo da frutasJogo da frutas
Jogo da frutas
Vicente Willians Nunes
 
Trabalhando com as vogais aluno
Trabalhando com as vogais alunoTrabalhando com as vogais aluno
Trabalhando com as vogais aluno
Vicente Willians Nunes
 
Aluno inf aplicada 20162 2
Aluno inf aplicada 20162 2Aluno inf aplicada 20162 2
Aluno inf aplicada 20162 2
Vicente Willians Nunes
 
Tecnologia da informação infraestrutura de ti
Tecnologia da informação   infraestrutura de tiTecnologia da informação   infraestrutura de ti
Tecnologia da informação infraestrutura de ti
Vicente Willians Nunes
 
Tecnologia da informação vicente willians aula 5
Tecnologia da informação vicente willians aula 5Tecnologia da informação vicente willians aula 5
Tecnologia da informação vicente willians aula 5
Vicente Willians Nunes
 
Tecnologia da informação aula 4
Tecnologia da informação   aula 4Tecnologia da informação   aula 4
Tecnologia da informação aula 4
Vicente Willians Nunes
 
Tecnologia da informação aula 3
Tecnologia da informação   aula 3Tecnologia da informação   aula 3
Tecnologia da informação aula 3
Vicente Willians Nunes
 
Apresentação soluções corporativas
Apresentação soluções corporativas Apresentação soluções corporativas
Apresentação soluções corporativas
Vicente Willians Nunes
 
Tecnologia da informação aula 2
Tecnologia da informação   aula 2Tecnologia da informação   aula 2
Tecnologia da informação aula 2
Vicente Willians Nunes
 
Aula 4 - Tecnologia da Informação AVM
Aula 4 - Tecnologia da Informação AVMAula 4 - Tecnologia da Informação AVM
Aula 4 - Tecnologia da Informação AVM
Vicente Willians Nunes
 
Aula 3 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - Prof.Vicente Willians
Aula 3 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - Prof.Vicente WilliansAula 3 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - Prof.Vicente Willians
Aula 3 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - Prof.Vicente Willians
Vicente Willians Nunes
 
Tecnologia da Informação AVM aula 2
Tecnologia da Informação AVM aula 2Tecnologia da Informação AVM aula 2
Tecnologia da Informação AVM aula 2
Vicente Willians Nunes
 
Administraçao de sistemas unidade vi governanca de ti parte 1
Administraçao de sistemas  unidade vi governanca de ti parte 1Administraçao de sistemas  unidade vi governanca de ti parte 1
Administraçao de sistemas unidade vi governanca de ti parte 1
Vicente Willians Nunes
 
Administraçao de sistemas aula 8 16 set
Administraçao de sistemas  aula 8 16 setAdministraçao de sistemas  aula 8 16 set
Administraçao de sistemas aula 8 16 set
Vicente Willians Nunes
 
Tecnologia Analítica
Tecnologia AnalíticaTecnologia Analítica
Tecnologia Analítica
Vicente Willians Nunes
 
O que é ERP?
O que é ERP?O que é ERP?
O que é ERP?
Vicente Willians Nunes
 
Supply Chain Management
Supply Chain ManagementSupply Chain Management
Supply Chain Management
Vicente Willians Nunes
 
Como escolher uma solução para sua empresa?
Como escolher uma solução para sua empresa?Como escolher uma solução para sua empresa?
Como escolher uma solução para sua empresa?
Vicente Willians Nunes
 
Business Intelligence
Business IntelligenceBusiness Intelligence
Business Intelligence
Vicente Willians Nunes
 
Administração de sistemas aula 7
Administração de sistemas  aula 7 Administração de sistemas  aula 7
Administração de sistemas aula 7
Vicente Willians Nunes
 

Mais de Vicente Willians Nunes (20)

Jogo da frutas
Jogo da frutasJogo da frutas
Jogo da frutas
 
Trabalhando com as vogais aluno
Trabalhando com as vogais alunoTrabalhando com as vogais aluno
Trabalhando com as vogais aluno
 
Aluno inf aplicada 20162 2
Aluno inf aplicada 20162 2Aluno inf aplicada 20162 2
Aluno inf aplicada 20162 2
 
Tecnologia da informação infraestrutura de ti
Tecnologia da informação   infraestrutura de tiTecnologia da informação   infraestrutura de ti
Tecnologia da informação infraestrutura de ti
 
Tecnologia da informação vicente willians aula 5
Tecnologia da informação vicente willians aula 5Tecnologia da informação vicente willians aula 5
Tecnologia da informação vicente willians aula 5
 
Tecnologia da informação aula 4
Tecnologia da informação   aula 4Tecnologia da informação   aula 4
Tecnologia da informação aula 4
 
Tecnologia da informação aula 3
Tecnologia da informação   aula 3Tecnologia da informação   aula 3
Tecnologia da informação aula 3
 
Apresentação soluções corporativas
Apresentação soluções corporativas Apresentação soluções corporativas
Apresentação soluções corporativas
 
Tecnologia da informação aula 2
Tecnologia da informação   aula 2Tecnologia da informação   aula 2
Tecnologia da informação aula 2
 
Aula 4 - Tecnologia da Informação AVM
Aula 4 - Tecnologia da Informação AVMAula 4 - Tecnologia da Informação AVM
Aula 4 - Tecnologia da Informação AVM
 
Aula 3 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - Prof.Vicente Willians
Aula 3 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - Prof.Vicente WilliansAula 3 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - Prof.Vicente Willians
Aula 3 TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - Prof.Vicente Willians
 
Tecnologia da Informação AVM aula 2
Tecnologia da Informação AVM aula 2Tecnologia da Informação AVM aula 2
Tecnologia da Informação AVM aula 2
 
Administraçao de sistemas unidade vi governanca de ti parte 1
Administraçao de sistemas  unidade vi governanca de ti parte 1Administraçao de sistemas  unidade vi governanca de ti parte 1
Administraçao de sistemas unidade vi governanca de ti parte 1
 
Administraçao de sistemas aula 8 16 set
Administraçao de sistemas  aula 8 16 setAdministraçao de sistemas  aula 8 16 set
Administraçao de sistemas aula 8 16 set
 
Tecnologia Analítica
Tecnologia AnalíticaTecnologia Analítica
Tecnologia Analítica
 
O que é ERP?
O que é ERP?O que é ERP?
O que é ERP?
 
Supply Chain Management
Supply Chain ManagementSupply Chain Management
Supply Chain Management
 
Como escolher uma solução para sua empresa?
Como escolher uma solução para sua empresa?Como escolher uma solução para sua empresa?
Como escolher uma solução para sua empresa?
 
Business Intelligence
Business IntelligenceBusiness Intelligence
Business Intelligence
 
Administração de sistemas aula 7
Administração de sistemas  aula 7 Administração de sistemas  aula 7
Administração de sistemas aula 7
 

Último

D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 

ERP, BI e SCM

  • 1.
  • 2.  Conceito: Conjunto de soluções que possibilitam o planejamento e acompanhamento financeiro, logístico e produtivo de uma empresa, de forma integrada e interativa.  Objetivo: Agregar e estabelecer relações de informação entre todas as áreas de uma empresa  Evolução Histórica: Surgiram a partir da década de 90, derivado do MRP (Material Resource Planning ou planejamento das requisições de materiais). O sistema de ERP evoluiu ao longo das décadas ao acompanhar de perto as mudanças na gestão das corporações, cujo conceito moderno apareceu no final dos anos 50 e início da década de 60. No entanto, foi apenas nos primeiros anos da década de 70 que a expansão econômica e a maior disseminação computacional geraram os MRPs.
  • 3. Quando os conceitos modernos de controle tecnológico e gestão corporativa tiveram seu início. Expansão econômica e computacional geraram o MRP O MRP transformou-se em MRP II (Planejamento dos recursos de manufatura), que agora também controlava outras atividades como mão de obra e maquinário A nomenclatura ERP ganharia muita força DEC. 60 DEC. 70 DEC. 80 DEC.90
  • 4.  Conceito: BI ou inteligência de negócios é uma tecnologia que permite às empresas transformar dados guardados em Informação qualitativa e importante para a tomada de decisão.  Objetivo: É um método que visa ajudar as empresas a tomar as decisões inteligentes, mediante dados e informações recolhidas pelo ERP, planilhas de Excel, informações em internet, além de dados armazenados no próprio BI, os quais mostram em tempo real qual a situação da empresa naquele exato momento.  Evolução Histórica: Foi feito com base em sistemas de informação de decisão e só se tornou popular na década de 90 . Agora, no entanto , está ganhando aceitação generalizada entre as organizações globais. No ano de 2012 , as grandes organizações incorporados processos de dados grandes de uma forma geral.
  • 5.  Conceito: De acordo com o International Center for Competitive Excellence – University of North Caroline, 1994, SCM é a integração dos processos de negócios do usuário final através de fornecedores (originais) que fornecem produtos, serviços e informações e agregam valor para os consumidores. Objetivo: Maximizar e tornar realidade as potenciais sinergias das partes envolvidas na cadeia produtiva, para que o consumidor possa ser atendido de maneira mais eficiente e a um custo menor para quem produz.
  • 6. Anos 70 Administração de Materiais • Otimização do sistema de transportes. Anos 80 Logística Integrada • Visão sistemica da empresa; • Integração por sistemas de informação; Anos 90 Supply Chain Management • Visão sistêmica da empresa, incluindo fornecedores e distribuidores; • Amplo uso de alianças estratégicas;
  • 7. REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS  http://www.slideshare.net/julianamarialop/erp- conceito-e-evoluo  http://www.gigatron.com.br/#!business- inteligence/cpy9  www.cin.ufpe.br/~ccc2/DW/Business%20Intelligence. doc  http://www.prodix.com.br/index.php/imprensa/15- business-intelligence/43-inteligencia-de-negocios  http://www.egafutura.com/pt/wiki/business- intelligence  ILOS – Instituto de Logística e Supply Chain www.ilos.com.br
  • 8. COMPONENTES  Ana dos Santos Augusto Mat:201102260738  Erika Patricia de Souza Domingos Mat:201102054496  Lívia Teixeira Pinto Mat:201102054518  Marisa Vitor Guedes de Souza Mat:201102054542  Meriane dos Santos Mat: 200508025187  Alex da Silva Carvalho Mat: