SlideShare uma empresa Scribd logo
ESCOLA SECUNDÁRIA SEBASTIÃO DA GAMA
Discussão dos textos “Definições de arte” e “A experiência estética”
CLC.7 - Albertina Maria Seroido Branco Lima – N.º 1 – TAV – 1º Ano
1
1 – Partindo dos textos, explicite a seguinte afirmação: “ Aquilo que agrada ao nosso gosto
não é necessáriamente uma obra de arte”
Ao apreciarmos algo, despertam-se os nossos sentidos e as nossas emoções, que nos leva ao
nosso gosto próprio, pelo que o que eu acho belo, poderá não ser uma obra de arte, assim
como uma obra de arte poderá não ir ao encontro do meu gosto.
2 – Elabore um pequeno texto onde refira aquilo que é necessário para poder apreciar uma
obra de arte. Fundamente a sua resposta.
A arte é um conjunto de preceitos utilizados para a perfeita execução de qualquer coisa
que exija habilidade.
Os artistas conseguem ensinar-nos a ver na natureza belezas que nunca reparámos que
existiam, contudo uma obra de arte poderá também transmitir-nos idéias diferentes das
convencionais.
Para podermos apreciar uma obra de arte é necessário termos alguma sensibilidade e
estarmos abertos a novos conceitos.
3 – Defina e relacione experiência estética e arte.
A experiência estética está relacionada com a arte na medida em que a mesma é associada
ao estético, contudo é necessário desprendermo-nos deste conceito, sendo necessário
possuir uma mente “aberta a novos olhares”, deixando para trás as convenções do que é
belo, das cores ou formas ditas “normais”.
The Tour Fontana Arte Table by Gæ Aulent
Mona Lisa de Leonardo Da Vinci
ESCOLA SECUNDÁRIA SEBASTIÃO DA GAMA
Discussão dos textos “Definições de arte” e “A experiência estética”
CLC.7 - Albertina Maria Seroido Branco Lima – N.º 1 – TAV – 1º Ano
2
4 – Considera que a época, a sociedade e a cultura influenciam a arte? Justifique a sua
resposta.
A arte faz parte do património material e simbólico das sociedades e reflete a época, a
sociedade e a cultura do momento em que é criada, pelo que passo a enunciar alguns
exemplos de movimentos artísticos que sustentam esta idéia:
Arte Rupestre – Arte manifestada há milhares de anos, pelos
povos antigos que embora ainda não conhecessem a escrita, já
eram capazes de produzir obras de arte, compostas por
representações gráficas (desenhos, símbolos, sinais) feitas em
paredes de cavernas pelos homens da Pré-História. As suas
pinturas mostravam os animais e pessoas do período em que
vivia, assim como situações do seu cotidiano (caça, rituais, danças, alimentação, etc.).
Expressava-se ainda através de esculturas em madeira, osso e
pedra.
Barroco – Nasceu em Itália no século XVII, embora se espalhasse
por outros países europeus. Tendência artística que se
desenvolveu inicialmente nas artes plásticas e depois se
manifestou na literatura, no teatro e na música.
O barroco desenvolveu-se após o processo de Reformas
Religiosas, ocorrido no século XVI, onde a Igreja Católica perdeu
muito domínio e poder. Contudo, os católicos continuavam a
influenciar em grande escala a política e a economia na Europa,
pelo que surge a Arte Barroca, expressando todo o contraste
deste período: a espiritualidade e teocentrismo da Idade
Média com o racionalismo e antropocentrismo do Renascimento.
Woman with a flower de Pablo Picasso
ESCOLA SECUNDÁRIA SEBASTIÃO DA GAMA
Discussão dos textos “Definições de arte” e “A experiência estética”
CLC.7 - Albertina Maria Seroido Branco Lima – N.º 1 – TAV – 1º Ano
3
Os monarcas, burgueses e clero patrocionaram os artistas barrocos, onde as suas obras de
pintura e escultura se mostravam rebuscadas, detalhistas e expressam as emoções da vida e
do ser humano. A palavra barroco significa " pérola irregular" ou "pérola deformada" e
representa de forma pejorativa a idéia de irregularidade.
Arte Moderna - A Arte Moderna surgiu no final do século XIX,
em oposição às formas clássicas, retratada em várias
expressões artísticas como pintura, escultura, literatura,
arquitetura, fotografia e música. Os principais movimentos e
correntes artísticas da Arte Moderna são o Impressionismo, o
Pós-impressionismo, o Fauvismo, o Cubismo, o Expressionismo,
o Surrealismo, o Concrestismo, o Futurismo, o Pop Art. Esta
nova arte teve como objetivo romper com os padrões antigos,
onde o artista moderno passou a procurar novas formas de
expressão, utilizando cores vivas, figuras deformadas, formas
sem lógica, o que inicialmente provocou alguma inaceitação por parte dos críticos habituados
aos padrões estéticos bem definidos, embora com o passar do tempo o público passasse a
aceitar e a entender as obras modernistas.
Surrealismo – Um dos movimentos da Arte Moderna,
surgiu em França na década de 1920, sendo um movimento
bastante influenciado pelas teses psicanalíticas de
Sigmund Freud, que valoriza a importância do inconsciente
na criatividade do ser humano, defendendo que o homem
deve libertar a sua mente da lógica imposta pelos padrões
de comportamento e de moral, estabelecidos pela
sociedade (status, a família e a pátria), dando lugar aos
sonhos e às informações do inconsciente. Os artistas
surrealistas rejeitam os valores impostos pela burguesia,
criando obras repletas de humor, sonhos, utopias e
qualquer informação contrária à lógica. O período de
expansão surrealista pelo mundo ocorreu na década de
1930 e até 1960, abrangendo artistas, cineastas, dramaturgos e escritores, os quais
assimilaram o estilo e as idéias do surrealismo. Foi através da pintura que as idéias do
surrealismo foram melhor expressadas, no entanto noutras áreas manifestaram-se da seguinte
forma: Na literatura os escritores do surrealismo substituiram a poesia e o romance
tradicionais (que representavam os valores sociais da burguesia), por textos e poesias
marcados por associação de idéias do inconsciente; No cinema os cineastas quebraram o
tradicionalismo cinematográfico, onde é demonstrada uma despreocupação total com o
enredo e com a história do filme, onde os ideais da burguesia são combatidos, dando lugar aos
desejos não racionais; No teatro o dramaturgo através das suas peças teatrais, livra o
espetador das regras impostas pela civilização, com o objetivo de despertar o inconsciente da
plateia.
ESCOLA SECUNDÁRIA SEBASTIÃO DA GAMA
Discussão dos textos “Definições de arte” e “A experiência estética”
CLC.7 - Albertina Maria Seroido Branco Lima – N.º 1 – TAV – 1º Ano
4
Expressionismo – Mais um dos movimentos da Arte Moderna, surge no
final no século XIX, em oposição ao Impressionismo, com características
que ressaltam a subjetividade. O artista tem como intenção recriar o
mundo e não apenas absorvê-lo da forma como é visto, opondo-se à
objetividade da imagem, destacando o subjetivismo da expressão. Foi
na Alemanha que ocorreu o seu marco, atingindo vários pintores num
momento em que o país atravessava um período de guerra, mostrando
as suas obras de arte expressionistas o estado psicológico de uma
sociedade que se considerava doente. O Expressionismo foi mais do que uma forma de
expressão, foi uma atitude em defesa dos valores humanos num momento em que
politicamente, esses valores não tinham qualquer interesse. Além da forte manifestação na
pintura, o expressionismo foi marcante também em outras manifestações artísticas: literatura,
cinema, teatro, etc..
5 – Considera que a cultura artística tem impacto nas sociedades? Porquê?
Sim porque a cultura artística é um conjunto de comportamentos, uma forma de transmitir
ideias e formas de pensar próprias que retratam cada época e cada sociedade, como
mencionado na questão anterior.
6 – A literatura é uma forma de consolidação do património cultural e artístico de um povo.
Porquê?
A literatura consolida o património cultural e artístico de um povo porque divulga a cultura e o
património desse povo, caraterizando uma determinada época e lugar.
Esta divulgação transmite-nos conhecimento que por vezes nos ajuda a compreender melhor a
nossa essência e consequentemente mais conscientes do mudo que nos rodeia e a sociedade
onde estamos inseridos.
Sitegrafia consultada:
http://www.arte-
coa.pt/index.php?Language=pt&Page=Saberes&SubPage=ComunicacaoELinguagemArte&Menu2=Autores&Slide=11888
http://criticanarede.com/est_dempster.htmll
http://www.suapesquisa.com/temas/historia_da_arte.htm

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Linha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da ArteLinha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da Arte
Jesrayne Nascimento
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
Paula Tomaz
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
Aline Corso
 
Transformações socioculturais dos inícios do século XX
Transformações socioculturais dos inícios do século XXTransformações socioculturais dos inícios do século XX
Transformações socioculturais dos inícios do século XX
Teresa Maia
 
ATIVIDADES PRÁTICAS NA DISCIPLINA DE ARTES VISUAIS NO ENSINO MÉDIO Um modo de...
ATIVIDADES PRÁTICAS NA DISCIPLINA DE ARTES VISUAIS NO ENSINO MÉDIO Um modo de...ATIVIDADES PRÁTICAS NA DISCIPLINA DE ARTES VISUAIS NO ENSINO MÉDIO Um modo de...
ATIVIDADES PRÁTICAS NA DISCIPLINA DE ARTES VISUAIS NO ENSINO MÉDIO Um modo de...
Vis-UAB
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
Rafael Lucas da Silva
 
A função da arte slide
A função da arte   slideA função da arte   slide
A função da arte slide
2011saletekm
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
Turmasthera
 
Avaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafiteAvaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafite
Casiris Crescencio
 
História da Arte
História da ArteHistória da Arte
História da Arte
Jaiza Nobre
 
O que é arte?!
O que é arte?!O que é arte?!
O que é arte?!
Mary Lopes
 
PROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENAPROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENA
Francisco Antonio Machado Araujo
 
Consumo e estilos de vida
Consumo e estilos de vidaConsumo e estilos de vida
Consumo e estilos de vida
catynes
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
Cristiane Seibt
 
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGNAvaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Casiris Crescencio
 
Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)
Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)
Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)
Secretaria de Educação do Maranhão e Imagética Consultoria e Design
 
Avaliação para o 7º ano
Avaliação para o 7º anoAvaliação para o 7º ano
Avaliação para o 7º ano
Andreza Andrade
 
CONCEITO DE ARTE
CONCEITO DE ARTE CONCEITO DE ARTE
CONCEITO DE ARTE
Scriba Digital
 
Pop art 9 questao 05
Pop art 9  questao 05Pop art 9  questao 05
Pop art 9 questao 05
julia beatriz dos santos araujo
 
Prova de Artes EJA Ensino Médio
Prova de Artes EJA Ensino MédioProva de Artes EJA Ensino Médio
Prova de Artes EJA Ensino Médio
dicionarista
 

Mais procurados (20)

Linha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da ArteLinha do Tempo - História da Arte
Linha do Tempo - História da Arte
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
 
Transformações socioculturais dos inícios do século XX
Transformações socioculturais dos inícios do século XXTransformações socioculturais dos inícios do século XX
Transformações socioculturais dos inícios do século XX
 
ATIVIDADES PRÁTICAS NA DISCIPLINA DE ARTES VISUAIS NO ENSINO MÉDIO Um modo de...
ATIVIDADES PRÁTICAS NA DISCIPLINA DE ARTES VISUAIS NO ENSINO MÉDIO Um modo de...ATIVIDADES PRÁTICAS NA DISCIPLINA DE ARTES VISUAIS NO ENSINO MÉDIO Um modo de...
ATIVIDADES PRÁTICAS NA DISCIPLINA DE ARTES VISUAIS NO ENSINO MÉDIO Um modo de...
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
 
A função da arte slide
A função da arte   slideA função da arte   slide
A função da arte slide
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
 
Avaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafiteAvaliação 9 ano grafite
Avaliação 9 ano grafite
 
História da Arte
História da ArteHistória da Arte
História da Arte
 
O que é arte?!
O que é arte?!O que é arte?!
O que é arte?!
 
PROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENAPROVA DE ARTE INDIGENA
PROVA DE ARTE INDIGENA
 
Consumo e estilos de vida
Consumo e estilos de vidaConsumo e estilos de vida
Consumo e estilos de vida
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
 
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGNAvaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
 
Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)
Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)
Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)
 
Avaliação para o 7º ano
Avaliação para o 7º anoAvaliação para o 7º ano
Avaliação para o 7º ano
 
CONCEITO DE ARTE
CONCEITO DE ARTE CONCEITO DE ARTE
CONCEITO DE ARTE
 
Pop art 9 questao 05
Pop art 9  questao 05Pop art 9  questao 05
Pop art 9 questao 05
 
Prova de Artes EJA Ensino Médio
Prova de Artes EJA Ensino MédioProva de Artes EJA Ensino Médio
Prova de Artes EJA Ensino Médio
 

Destaque

Picasso 1
Picasso 1Picasso 1
Alfabeto inglês
Alfabeto inglêsAlfabeto inglês
Alfabeto inglês
Andhré Mattos
 
Estética e Arte Contemporânea - Aulas 3 e 4
Estética e Arte Contemporânea - Aulas 3 e 4Estética e Arte Contemporânea - Aulas 3 e 4
Estética e Arte Contemporânea - Aulas 3 e 4
Fernando Alves
 
Artes 5 serie paralela
Artes 5 serie paralelaArtes 5 serie paralela
Artes 5 serie paralela
Denize Cristina Paiva
 
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Silvia Escobar
 
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Fabiola Oliveira
 
Avaliação de história 4º ano negros imigrantes
Avaliação de história   4º ano negros imigrantesAvaliação de história   4º ano negros imigrantes
Avaliação de história 4º ano negros imigrantes
Shirley Braga
 
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaCaderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Jairo Felipe
 

Destaque (8)

Picasso 1
Picasso 1Picasso 1
Picasso 1
 
Alfabeto inglês
Alfabeto inglêsAlfabeto inglês
Alfabeto inglês
 
Estética e Arte Contemporânea - Aulas 3 e 4
Estética e Arte Contemporânea - Aulas 3 e 4Estética e Arte Contemporânea - Aulas 3 e 4
Estética e Arte Contemporânea - Aulas 3 e 4
 
Artes 5 serie paralela
Artes 5 serie paralelaArtes 5 serie paralela
Artes 5 serie paralela
 
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
Avaliaçao vanguardas (recuperaçao)
 
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
Avaliação diagnóstica arte 8 ano 2013
 
Avaliação de história 4º ano negros imigrantes
Avaliação de história   4º ano negros imigrantesAvaliação de história   4º ano negros imigrantes
Avaliação de história 4º ano negros imigrantes
 
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da InfânciaCaderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
Caderno de atividade - 5º ano - Programa Primeiros Saberes da Infância
 

Semelhante a Definições de arte pergunta resposta

ARTES e LINGUAGENS NAS CIÊNCIAS HUMANAS
ARTES e LINGUAGENS  NAS CIÊNCIAS HUMANASARTES e LINGUAGENS  NAS CIÊNCIAS HUMANAS
ARTES e LINGUAGENS NAS CIÊNCIAS HUMANAS
HisrelBlog
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
Ana Barreiros
 
Panorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da HistóriaPanorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da História
Antonio Abreu
 
Arte e sua função - Alexandre Linares e Ana Paula Dibbern
Arte e sua função - Alexandre Linares e Ana Paula DibbernArte e sua função - Alexandre Linares e Ana Paula Dibbern
Arte e sua função - Alexandre Linares e Ana Paula Dibbern
Alexandre Linares
 
Introdução à arte
Introdução à arteIntrodução à arte
Introdução à arte
Ellen_A
 
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e EgitoRoteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
alinewar
 
Arte 1 médio slide
Arte 1 médio slideArte 1 médio slide
Arte 1 médio slide
Eponina Alencar
 
A Arte da Literatura.pdf
A Arte da Literatura.pdfA Arte da Literatura.pdf
A Arte da Literatura.pdf
EricaSudarioBodevan
 
Estética2
Estética2Estética2
Estética2
Jorge Barbosa
 
Educação visual e tecnológica a arte
Educação visual e tecnológica   a arteEducação visual e tecnológica   a arte
Educação visual e tecnológica a arte
p337
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
IF - Baiano
 
1 o que é arte- Texto-
1 o que é arte- Texto-1 o que é arte- Texto-
1 o que é arte- Texto-
ArtesElisa
 
O que é a arte (1)
O que é a arte (1)O que é a arte (1)
O que é a arte (1)
Vasco L
 
Apostila de Arte - EJA.pdf
Apostila de Arte - EJA.pdfApostila de Arte - EJA.pdf
Apostila de Arte - EJA.pdf
GustavoPaz34
 
Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...
Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...
Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...
CarlaKohlCamargo
 
Apostila de-arte-eja
Apostila de-arte-ejaApostila de-arte-eja
Apostila de-arte-eja
F Figueiredo Habyby
 
Power Point Pintura Modernista
Power Point Pintura ModernistaPower Point Pintura Modernista
Power Point Pintura Modernista
guestbdd8c1f
 
6 renascimento 2020
6 renascimento 20206 renascimento 2020
6 renascimento 2020
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Renascimento 2020
Renascimento 2020Renascimento 2020
Renascimento 2020
CLEBER LUIS DAMACENO
 
Aula iv estética
Aula iv   estéticaAula iv   estética
Aula iv estética
Anna Luiza Coli
 

Semelhante a Definições de arte pergunta resposta (20)

ARTES e LINGUAGENS NAS CIÊNCIAS HUMANAS
ARTES e LINGUAGENS  NAS CIÊNCIAS HUMANASARTES e LINGUAGENS  NAS CIÊNCIAS HUMANAS
ARTES e LINGUAGENS NAS CIÊNCIAS HUMANAS
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
 
Panorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da HistóriaPanorama Momentos Artísticos da História
Panorama Momentos Artísticos da História
 
Arte e sua função - Alexandre Linares e Ana Paula Dibbern
Arte e sua função - Alexandre Linares e Ana Paula DibbernArte e sua função - Alexandre Linares e Ana Paula Dibbern
Arte e sua função - Alexandre Linares e Ana Paula Dibbern
 
Introdução à arte
Introdução à arteIntrodução à arte
Introdução à arte
 
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e EgitoRoteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
Roteiro de Estudos - Introdução à História da Arte, Pré-História e Egito
 
Arte 1 médio slide
Arte 1 médio slideArte 1 médio slide
Arte 1 médio slide
 
A Arte da Literatura.pdf
A Arte da Literatura.pdfA Arte da Literatura.pdf
A Arte da Literatura.pdf
 
Estética2
Estética2Estética2
Estética2
 
Educação visual e tecnológica a arte
Educação visual e tecnológica   a arteEducação visual e tecnológica   a arte
Educação visual e tecnológica a arte
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
 
1 o que é arte- Texto-
1 o que é arte- Texto-1 o que é arte- Texto-
1 o que é arte- Texto-
 
O que é a arte (1)
O que é a arte (1)O que é a arte (1)
O que é a arte (1)
 
Apostila de Arte - EJA.pdf
Apostila de Arte - EJA.pdfApostila de Arte - EJA.pdf
Apostila de Arte - EJA.pdf
 
Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...
Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...
Apresentação sobre a arte, os conceitos, funções, experimentações, análise de...
 
Apostila de-arte-eja
Apostila de-arte-ejaApostila de-arte-eja
Apostila de-arte-eja
 
Power Point Pintura Modernista
Power Point Pintura ModernistaPower Point Pintura Modernista
Power Point Pintura Modernista
 
6 renascimento 2020
6 renascimento 20206 renascimento 2020
6 renascimento 2020
 
Renascimento 2020
Renascimento 2020Renascimento 2020
Renascimento 2020
 
Aula iv estética
Aula iv   estéticaAula iv   estética
Aula iv estética
 

Mais de Tina Lima

Meios de comunicação no trabalho
Meios de comunicação no trabalhoMeios de comunicação no trabalho
Meios de comunicação no trabalho
Tina Lima
 
Mass média manipulação
Mass média manipulaçãoMass média manipulação
Mass média manipulação
Tina Lima
 
Má arquitetura
Má arquiteturaMá arquitetura
Má arquitetura
Tina Lima
 
Formação profissional
Formação profissionalFormação profissional
Formação profissional
Tina Lima
 
Expressão de vivências para entregar
Expressão de vivências para entregarExpressão de vivências para entregar
Expressão de vivências para entregar
Tina Lima
 
Elementos do processo de comunicação texto
Elementos do processo de comunicação textoElementos do processo de comunicação texto
Elementos do processo de comunicação texto
Tina Lima
 
Diário
DiárioDiário
Diário
Tina Lima
 
Co incineração na arrábida
Co incineração na arrábidaCo incineração na arrábida
Co incineração na arrábida
Tina Lima
 
Portugal um retrato social nós e os outros
Portugal um retrato social   nós e os outrosPortugal um retrato social   nós e os outros
Portugal um retrato social nós e os outros
Tina Lima
 
O realismo na literatura oitocentista
O realismo na literatura oitocentistaO realismo na literatura oitocentista
O realismo na literatura oitocentista
Tina Lima
 
Memórias e diário opinião sobre anne frank
Memórias e diário opinião sobre anne frankMemórias e diário opinião sobre anne frank
Memórias e diário opinião sobre anne frank
Tina Lima
 
Lendas síntese
Lendas sínteseLendas síntese
Lendas síntese
Tina Lima
 
Batalha de estalinegrado
Batalha de estalinegradoBatalha de estalinegrado
Batalha de estalinegrado
Tina Lima
 
áBaco
áBacoáBaco
áBaco
Tina Lima
 
Progresso ciêntifico no séc. xix
Progresso ciêntifico no séc. xixProgresso ciêntifico no séc. xix
Progresso ciêntifico no séc. xix
Tina Lima
 
Castelo de marialva cartolina
Castelo de marialva cartolinaCastelo de marialva cartolina
Castelo de marialva cartolina
Tina Lima
 
Trabalho grupo clc certificado
Trabalho grupo clc certificadoTrabalho grupo clc certificado
Trabalho grupo clc certificadoTina Lima
 
Preferências portugueses nas férias
Preferências portugueses nas fériasPreferências portugueses nas férias
Preferências portugueses nas férias
Tina Lima
 
Preferências estrangeiros nas férias em portugal
Preferências estrangeiros nas férias em portugalPreferências estrangeiros nas férias em portugal
Preferências estrangeiros nas férias em portugal
Tina Lima
 
Natur gâmbia
Natur gâmbiaNatur gâmbia
Natur gâmbia
Tina Lima
 

Mais de Tina Lima (20)

Meios de comunicação no trabalho
Meios de comunicação no trabalhoMeios de comunicação no trabalho
Meios de comunicação no trabalho
 
Mass média manipulação
Mass média manipulaçãoMass média manipulação
Mass média manipulação
 
Má arquitetura
Má arquiteturaMá arquitetura
Má arquitetura
 
Formação profissional
Formação profissionalFormação profissional
Formação profissional
 
Expressão de vivências para entregar
Expressão de vivências para entregarExpressão de vivências para entregar
Expressão de vivências para entregar
 
Elementos do processo de comunicação texto
Elementos do processo de comunicação textoElementos do processo de comunicação texto
Elementos do processo de comunicação texto
 
Diário
DiárioDiário
Diário
 
Co incineração na arrábida
Co incineração na arrábidaCo incineração na arrábida
Co incineração na arrábida
 
Portugal um retrato social nós e os outros
Portugal um retrato social   nós e os outrosPortugal um retrato social   nós e os outros
Portugal um retrato social nós e os outros
 
O realismo na literatura oitocentista
O realismo na literatura oitocentistaO realismo na literatura oitocentista
O realismo na literatura oitocentista
 
Memórias e diário opinião sobre anne frank
Memórias e diário opinião sobre anne frankMemórias e diário opinião sobre anne frank
Memórias e diário opinião sobre anne frank
 
Lendas síntese
Lendas sínteseLendas síntese
Lendas síntese
 
Batalha de estalinegrado
Batalha de estalinegradoBatalha de estalinegrado
Batalha de estalinegrado
 
áBaco
áBacoáBaco
áBaco
 
Progresso ciêntifico no séc. xix
Progresso ciêntifico no séc. xixProgresso ciêntifico no séc. xix
Progresso ciêntifico no séc. xix
 
Castelo de marialva cartolina
Castelo de marialva cartolinaCastelo de marialva cartolina
Castelo de marialva cartolina
 
Trabalho grupo clc certificado
Trabalho grupo clc certificadoTrabalho grupo clc certificado
Trabalho grupo clc certificado
 
Preferências portugueses nas férias
Preferências portugueses nas fériasPreferências portugueses nas férias
Preferências portugueses nas férias
 
Preferências estrangeiros nas férias em portugal
Preferências estrangeiros nas férias em portugalPreferências estrangeiros nas férias em portugal
Preferências estrangeiros nas férias em portugal
 
Natur gâmbia
Natur gâmbiaNatur gâmbia
Natur gâmbia
 

Definições de arte pergunta resposta

  • 1. ESCOLA SECUNDÁRIA SEBASTIÃO DA GAMA Discussão dos textos “Definições de arte” e “A experiência estética” CLC.7 - Albertina Maria Seroido Branco Lima – N.º 1 – TAV – 1º Ano 1 1 – Partindo dos textos, explicite a seguinte afirmação: “ Aquilo que agrada ao nosso gosto não é necessáriamente uma obra de arte” Ao apreciarmos algo, despertam-se os nossos sentidos e as nossas emoções, que nos leva ao nosso gosto próprio, pelo que o que eu acho belo, poderá não ser uma obra de arte, assim como uma obra de arte poderá não ir ao encontro do meu gosto. 2 – Elabore um pequeno texto onde refira aquilo que é necessário para poder apreciar uma obra de arte. Fundamente a sua resposta. A arte é um conjunto de preceitos utilizados para a perfeita execução de qualquer coisa que exija habilidade. Os artistas conseguem ensinar-nos a ver na natureza belezas que nunca reparámos que existiam, contudo uma obra de arte poderá também transmitir-nos idéias diferentes das convencionais. Para podermos apreciar uma obra de arte é necessário termos alguma sensibilidade e estarmos abertos a novos conceitos. 3 – Defina e relacione experiência estética e arte. A experiência estética está relacionada com a arte na medida em que a mesma é associada ao estético, contudo é necessário desprendermo-nos deste conceito, sendo necessário possuir uma mente “aberta a novos olhares”, deixando para trás as convenções do que é belo, das cores ou formas ditas “normais”. The Tour Fontana Arte Table by Gæ Aulent Mona Lisa de Leonardo Da Vinci
  • 2. ESCOLA SECUNDÁRIA SEBASTIÃO DA GAMA Discussão dos textos “Definições de arte” e “A experiência estética” CLC.7 - Albertina Maria Seroido Branco Lima – N.º 1 – TAV – 1º Ano 2 4 – Considera que a época, a sociedade e a cultura influenciam a arte? Justifique a sua resposta. A arte faz parte do património material e simbólico das sociedades e reflete a época, a sociedade e a cultura do momento em que é criada, pelo que passo a enunciar alguns exemplos de movimentos artísticos que sustentam esta idéia: Arte Rupestre – Arte manifestada há milhares de anos, pelos povos antigos que embora ainda não conhecessem a escrita, já eram capazes de produzir obras de arte, compostas por representações gráficas (desenhos, símbolos, sinais) feitas em paredes de cavernas pelos homens da Pré-História. As suas pinturas mostravam os animais e pessoas do período em que vivia, assim como situações do seu cotidiano (caça, rituais, danças, alimentação, etc.). Expressava-se ainda através de esculturas em madeira, osso e pedra. Barroco – Nasceu em Itália no século XVII, embora se espalhasse por outros países europeus. Tendência artística que se desenvolveu inicialmente nas artes plásticas e depois se manifestou na literatura, no teatro e na música. O barroco desenvolveu-se após o processo de Reformas Religiosas, ocorrido no século XVI, onde a Igreja Católica perdeu muito domínio e poder. Contudo, os católicos continuavam a influenciar em grande escala a política e a economia na Europa, pelo que surge a Arte Barroca, expressando todo o contraste deste período: a espiritualidade e teocentrismo da Idade Média com o racionalismo e antropocentrismo do Renascimento. Woman with a flower de Pablo Picasso
  • 3. ESCOLA SECUNDÁRIA SEBASTIÃO DA GAMA Discussão dos textos “Definições de arte” e “A experiência estética” CLC.7 - Albertina Maria Seroido Branco Lima – N.º 1 – TAV – 1º Ano 3 Os monarcas, burgueses e clero patrocionaram os artistas barrocos, onde as suas obras de pintura e escultura se mostravam rebuscadas, detalhistas e expressam as emoções da vida e do ser humano. A palavra barroco significa " pérola irregular" ou "pérola deformada" e representa de forma pejorativa a idéia de irregularidade. Arte Moderna - A Arte Moderna surgiu no final do século XIX, em oposição às formas clássicas, retratada em várias expressões artísticas como pintura, escultura, literatura, arquitetura, fotografia e música. Os principais movimentos e correntes artísticas da Arte Moderna são o Impressionismo, o Pós-impressionismo, o Fauvismo, o Cubismo, o Expressionismo, o Surrealismo, o Concrestismo, o Futurismo, o Pop Art. Esta nova arte teve como objetivo romper com os padrões antigos, onde o artista moderno passou a procurar novas formas de expressão, utilizando cores vivas, figuras deformadas, formas sem lógica, o que inicialmente provocou alguma inaceitação por parte dos críticos habituados aos padrões estéticos bem definidos, embora com o passar do tempo o público passasse a aceitar e a entender as obras modernistas. Surrealismo – Um dos movimentos da Arte Moderna, surgiu em França na década de 1920, sendo um movimento bastante influenciado pelas teses psicanalíticas de Sigmund Freud, que valoriza a importância do inconsciente na criatividade do ser humano, defendendo que o homem deve libertar a sua mente da lógica imposta pelos padrões de comportamento e de moral, estabelecidos pela sociedade (status, a família e a pátria), dando lugar aos sonhos e às informações do inconsciente. Os artistas surrealistas rejeitam os valores impostos pela burguesia, criando obras repletas de humor, sonhos, utopias e qualquer informação contrária à lógica. O período de expansão surrealista pelo mundo ocorreu na década de 1930 e até 1960, abrangendo artistas, cineastas, dramaturgos e escritores, os quais assimilaram o estilo e as idéias do surrealismo. Foi através da pintura que as idéias do surrealismo foram melhor expressadas, no entanto noutras áreas manifestaram-se da seguinte forma: Na literatura os escritores do surrealismo substituiram a poesia e o romance tradicionais (que representavam os valores sociais da burguesia), por textos e poesias marcados por associação de idéias do inconsciente; No cinema os cineastas quebraram o tradicionalismo cinematográfico, onde é demonstrada uma despreocupação total com o enredo e com a história do filme, onde os ideais da burguesia são combatidos, dando lugar aos desejos não racionais; No teatro o dramaturgo através das suas peças teatrais, livra o espetador das regras impostas pela civilização, com o objetivo de despertar o inconsciente da plateia.
  • 4. ESCOLA SECUNDÁRIA SEBASTIÃO DA GAMA Discussão dos textos “Definições de arte” e “A experiência estética” CLC.7 - Albertina Maria Seroido Branco Lima – N.º 1 – TAV – 1º Ano 4 Expressionismo – Mais um dos movimentos da Arte Moderna, surge no final no século XIX, em oposição ao Impressionismo, com características que ressaltam a subjetividade. O artista tem como intenção recriar o mundo e não apenas absorvê-lo da forma como é visto, opondo-se à objetividade da imagem, destacando o subjetivismo da expressão. Foi na Alemanha que ocorreu o seu marco, atingindo vários pintores num momento em que o país atravessava um período de guerra, mostrando as suas obras de arte expressionistas o estado psicológico de uma sociedade que se considerava doente. O Expressionismo foi mais do que uma forma de expressão, foi uma atitude em defesa dos valores humanos num momento em que politicamente, esses valores não tinham qualquer interesse. Além da forte manifestação na pintura, o expressionismo foi marcante também em outras manifestações artísticas: literatura, cinema, teatro, etc.. 5 – Considera que a cultura artística tem impacto nas sociedades? Porquê? Sim porque a cultura artística é um conjunto de comportamentos, uma forma de transmitir ideias e formas de pensar próprias que retratam cada época e cada sociedade, como mencionado na questão anterior. 6 – A literatura é uma forma de consolidação do património cultural e artístico de um povo. Porquê? A literatura consolida o património cultural e artístico de um povo porque divulga a cultura e o património desse povo, caraterizando uma determinada época e lugar. Esta divulgação transmite-nos conhecimento que por vezes nos ajuda a compreender melhor a nossa essência e consequentemente mais conscientes do mudo que nos rodeia e a sociedade onde estamos inseridos. Sitegrafia consultada: http://www.arte- coa.pt/index.php?Language=pt&Page=Saberes&SubPage=ComunicacaoELinguagemArte&Menu2=Autores&Slide=11888 http://criticanarede.com/est_dempster.htmll http://www.suapesquisa.com/temas/historia_da_arte.htm